Ichi: culinária japonesa, coquetelaria e música

Ichi, palavra de origem japonesa que pode ser traduzida como o início de algo, começo ou, simplesmente, 1. Esse é o nome de uma das mais novas casas dedicadas à gastronomia japonesa em São Paulo, em endereço nos Jardins que já abrigou outro restaurante com a mesma culinária, do mesmo grupo de sócios, o UN restaurante (fechado em agosto de 2017).

Com cardápio tradicional e uma ampla carta de drinques, a casa tem funcionamento somente durante à noite, o ambiente de 240 m² é ocupado por um bar de drinques, um de sushis, o salão com mesas e um espaço para DJ. Tudo com decoração moderna e iluminação planejada, que muda de cor de acordo com o set list do DJ convidado, e que fica mais noturna com o passar da hora.

ichiichi 2

ichi 3
Fotos: Ale Virgilio

“A ideia é ser uma experiência de entretenimento completa na noite paulistana, com gastronomia, coquetelaria e música num único ambiente”, conta o empresário Denis Nicollini, à frente do novo empreendimento.

Gastronomia e coquetelaria prometem compartilhar a atenção dos clientes. A primeira tem a consultoria da chef convidada Alice Celidônio, que desenvolveu um cardápio com base tradicional e apresentação moderna, unindo as culinárias japonesa e peruana, que será executado pela equipe de profissionais da casa. Já a carta de drinques fica sob os cuidados dos especialistas Fernando Spolaor e Leonardo Massoni, que destacam entre as opções os drinques vintages, os autorais e as opções para dividir. Saquês, gin, tequila, vinhos e cervejas completam o leque.

Destaque do cardápio e da carta de drinques

Bun de salmão, tartar de salmão cru, cebolinha, abacate e maionese de wasabi
Bun de salmão, tartar de salmão cru, cebolinha, abacate e maionese de wasabi – Foto: Giuliano Agneli
shissô tempurá com spicy tuna
Shissô tempurá com spicy tuna – Foto: Giuliano Agnelli
barriga de porco e misso do ichi
Barriga de porco e missô – Foto: Giuliano Agnelli

Alguns itens de destaque da antiga casa foram mantidos, assim como o Crispy Rice (bolinho de arroz frito crocante, servido com tartar de atum / salmão temperado com creamy spicy, gochujang e cebolinha – R$ 22,00 / R$ 18,00). Entre as entradas, uma boa pedida também são as Endívias (Endívias, tartar de peixe branco, salsa de pera e trufa com molho cítrico – R$ 32,00).

Os pratos passam pelo Hamachi com salsa de pera e trufa (fatias de olhete, salsa a base de pera, trufa negra e açúcar mascavo, cebolete e finalizado com molho à base de yuzu e shoyu – R$ 34,00), o Risoto de Ouriço (Arroz, ouriço do mar e parmesão, temperados com shoyu e katsuobushi – R$ 75,00) e a Barriga de porco e missô (Barriga de porco cozida lentamente e marinada em missô servida com arroz, batata doce glaceada e acelga chinesa – R$ 45,00).

Para encerrar o jantar, a aposta pode ser no tradicional Trio de choux (Carolinas recheadas com doce de leite e nozes, caramelo, chá verde e creme pâtisserie – R$ 20,00) ou então, no Whiskey cappuccino (Crumble de café, sorvete de nata, crème brulée de café e espuma de whiskey – R$ 18,00).

Os drinques autorais contêm referências diretas da cultura milenar japonesa, com itens que remetem ao Japão místico. Entre os de assinatura está o Ahashima (R$ 32,00), que leva J.W. Double Black, Sake Ju Daiti, Norishiroppu, Daidai, Supaishina awa (espuma de gengibre com wassabi), guarnecido com katsuobushi e smoke bitter.

cherry blossom
Cherry Blossom – Foto: Giuliano Agnelli
japanese cocktail
Japanese Cocktail – Foto: Giuliano Agnelli
million dolar
Million Dollar – Foto: Giuliano Agnelli

Já os  drinques vintages apresentados são inspirados no pai da coquetelaria japonesa, o alemão Louis Eppinger, se referem a coquetéis clássicos criados em solo japonês ou com a intenção de homenagear a troca de culturas com outros países. Por exemplo, o Bamboo Cocktail (R$ 36,00), combina vinho Jerrez, Noilly Prat, orange bitter, angostura bitter e twist de limão siciliano. O Million Dollar (R$ 36,00), outra indicação de Massoni e Spolaor, leva Gin Tanqueray, Carpano Clássico, Noilly Prat, abacaxi, clara de ovo e abacaxi desidratado.

Ichi: Rua Padre João Manoel, 1.050 – Cerqueira César, São Paulo. Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 19:30 à 1:00. Domingo das 19h30 às 24h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s