Arquivo mensal: agosto 2018

Vinhos turcos para agradar o paladar

O Brasil é um país que ainda consome pouco vinho, se comparado com países europeus, mas, ano a ano, o consumo vem crescendo. Desde 2016, o país importa vinhos turcos que, segundo especialistas do setor, oferecem uma qualidade excepcional.

A Turquia ocupa o quarto lugar no ranking mundial de cultivo de uvas e na fabricação de vinhos. O clima e as questões geográficas de solo favorecem a produção, que tem nas uvas cultivadas ao sul do país as mais famosas e desejadas qualidades da fruta. Para quem pretende visitar o destino, há algumas dicas de roteiros e degustações imperdíveis para deixar o passeio ainda mais encantador. Confira:

A cidade de Istambul abrigou uma das maiores vinícolas do mundo nos tempos bizantinos e, ainda hoje, ostenta os melhores rótulos da Turquia. Em Izmir, grandes e pequenos produtores fabricam a bebida, onde vinhedos nas regiões de Manisa, Denizli, Aydin e Uşak, por exemplo, ainda permitem estender o passeio para conhecer as maravilhas naturais e histórias da cidade. Outras cidades que esbanjam riqueza na produção de uvas são Tekirdağ, Edirne, Kirklareli e Çanakkale, na região de Marmara e Trácia, maior região vinícola da Turquia.

Já na terra dos balões, Capadócia, é possível visitar produções com diferentes variedades de uvas pretas e brancas, além de receber informações sobre as práticas de viticultura modernas e tradicionais da cidade. Já em Trácia, o clima muito ensolarado, extremamente úmido e muitas vezes arejado do noroeste da Turquia é ideal para a produção de vinho. O charme dos vinhedos da região é um trunfo que encanta os turistas que os visitam. Já em Anatólia, a bebida ganha destaque em Ancara, Nevsehir, Kayseri e Tokat, que levam o título de produtoras de vinho.

vinho turquia gde

Não há forma melhor de conhecer a bebida do que participando de uma degustação em uma das vinícolas. É possível visitar os vinhedos, conhecer o processo de produção da bebida e experimentá-la. Seja do grande ao pequeno produtor, os rótulos são um convite para apreciar o vinho acompanhado de uma gastronomia fabulosa oferecida pelo país.

A Turquia desempenhou um papel fundamental no início da história do vinho e foi uma das primeiras regiões produtoras da bebida. Por onde há vinícolas, há produtos de boa qualidade e boas histórias para contar. A mistura perfeita para apreciadores e turistas que visitam a região.

Sobre a Turquia

Localizada no mediterrâneo, dividida entre os continentes asiático e o europeu e separada pelo famoso Estreito da Turquia, sua geografia é rica e permite diferentes modelos climáticos, que vão do oceânico ao mediterrâneo. A Turquia faz fronteira com 8 países e tem Ancara como capital, enquanto Istambul é a maior cidade e principal centro cultural e comercial, abrigando o Grand Bazaar, ponto turístico que reúne mais de 4 mil lojas e diversos visitantes por dia. Com uma população de aproximadamente 80 milhões, o país abriga diversas cidades encantadoras como Bodrum, Antália, Kusadasi, Göreme, além de ter um povo afetuoso e hospitaleiro e gastronomia riquíssima.

Informações: Descubra Turquia

Viena Delish oferece novos lanches

Novidades são assinadas por Paulo Yoller do Meats; entre os destaques está o Mush Burger, que estará disponível por tempo limitado

O Viena Delish, localizado no Shopping Iguatemi, lançou novos lanches em seu cardápio. As delícias são assinadas por Paulo Yoller, chef responsável e idealizador do Meats, que em parceria com a casa, desenvolveu cinco opções, que trarão um blend especial de carnes para deixar os hambúrgueres ainda mais saborosos.

Na chapa eles são prensados por meio da famosa técnica Smash Burger, garantindo assim a suculência e o ponto ideal da carne. Entre as opções estão o Delish Burger (R$ 28,00) – pão de batata, double smashburger de 110g, cebola chapeada, alface americana, queijo suíço e mostarda da casa; Original Cheese (R$ 20,00) – pão de batata, smashburger de 110g e cheddar brasileiro; Salad Burger (R$ 24,00) – pão de batata, smashburger de 110g, cheddar brasileiro, alface, tomate e bacon; e o Delish Dog (R$ 20,00) – pão de hot dog, salsicha, kimchi (famoso na culinária coreana) salteado e cebola crocante.

viena_delish___novos_lanches__viena_delish___novos_lanches

Além desses, estará disponível em edição limitada, o Mush Burger (R$ 32,00) , feito com pão de batata, smashburger de 110g, cebola roxa cortada bem fininha, cogumelos salteados, cheddar brasileiro e finalizado com ketchup de curry.

E as novidades não param por aí, a casa ainda apresenta duas novas opções de entrada. Deli Fries (R$ 21,00), que é uma batata bem fininha, acompanhada de sour cream e pastrami; e também a clássica Fries (R$ 9,00), batata frita cortada bem fininha. E para completar entre as pedidas está o Red Lemon (R$ 10,00), bebida refrescante feita à base de groselha e limão.

Inaugurado no fim de 2016, o Viena Delish comandado pelo chef Du Cabral, oferece além dos novos lanches, receitas como pizzas, massas, grelhados, sanduíches, drinks e deliciosas sobremesas.

Viena Delish: Shopping Iguatemi – Av. Brig. Faria Lima, 2232 – Jardim Paulistano, SP –
Horário de funcionamento: Segunda a quarta: 12h às 15h e das 18h às 22h. Quinta: 11h30 às 15h e das 18h às 22h. Sexta: 11h30 às 23h. Sábado: 12h às 23h. Domingo: 12h às 22h. Feriados: 12h às 21h

Conheça os oito erros mais comuns na hora da limpeza

Gostando ou não, a limpeza da casa é inevitável. E, para um bom resultado, é preciso ficar de olho para evitar alguns erros muito comuns. Certos tipos de materiais, como pisos, azulejos e acabamentos metálicos, por exemplo, exigem mais cuidados.

É necessário saber, então, quais os melhores utensílios e produtos mais apropriados para cada local. Para facilitar essa tarefa, Leonardo Castelo, CEO e um dos fundadores da Ecoville, primeira rede de lojas de produtos de limpeza do país, selecionou algumas regras importantes, para ajudar na hora da limpeza.

1. Cuidado com a palha de aço

Palha-de-Aco Usibem
Como o nome diz, ela contém aço de verdade e esse tipo de material enferruja. Usar uma palha enferrujada, além de sujar mais as superfícies, poderá riscá-las, danificando suas peças.

2. Separe as roupas

lavanderia maquina de lavar tabua de passar pixabay
Partindo do princípio que roupas podem conter bactérias, dependendo dos locais onde foram usadas, não parece bacana misturar tudo na mesma máquina, certo? Portanto, se a toalha é o primeiro item que toca o corpo após banho, elas não devem ser lavadas junto com outro tipo de roupa, para que não haja chances das bactérias serem transferidas de uma peça para a outra. O mesmo serve para as roupas íntimas.

3. Não misture as cores

maquina de lavar roupa pixabay
Pixabay

Quem já lavou roupas coloridas com brancas sabe bem o porquê de jamais misturar os dois tipos. Roupas coloridas costumam soltar tinta e isso pode fazer com que as peças brancas fiquem manchadas.

4. Limpe na ordem certa

limpeza notebook
A ordem da limpeza importa, sim! Ao começar a limpeza por cima, as sujeiras caem no chão e, em seguida, poderão ser limpas. Caso inverta a ordem, pode haver a necessidade de limpar a parte de baixo duas vezes, já que os resíduos cairão sobre o chão limpo.

5. Atenção com os produtos multiuso

balde-limpeza
Os produtos multiuso podem realmente ser utilizados em vários lugares, o que não quer dizer em todos. Superfícies como madeira, metal e tacos devem ser evitados, por não serem materiais laváveis. No caso de cerâmica, plástico e paredes, está liberado.

6. Um pano para cada ambiente

limpeza moveis papasemar
Usar o mesmo pano pode até ser mais prático, mas não é o mais recomendado. Quando isso é feito, as bactérias de um ambiente são passadas para o outro, o que pode ser prejudicial à saúde e bastante anti-higiênico.

7. Regue as plantas com cuidado

jarro flores regar plantas pixabay
Pixabay

Ao regar as plantas, a água que escorre dos vasos pode deixar marcas no chão. A ferrugem que sai do vaso pode sujar a superfície e, se não for limpa rapidamente, pode provocar manchas. Prefira, então, sempre molhar as plantas antes de lavar o chão.

8. Sabão em pó também é vilão

sabão em pó.png
Você sabia que a fórmula do sabão em pó, em geral, é muito alcalina e, por isso, pode corroer os pisos? Apesar de parecerem limpos na hora, microburacos são formados nas superfícies, o que ajuda a acumular sujeira.

Fonte: Ecoville

M.A.C Cosmetics promove master class com o maquiador Jr. Mendes em Recife

Alunos terão a oportunidade de aprender truques e técnicas do renomado beauty artist

A M·A·C Cosmetics, autoridade mundial em maquiagem, promove um tour de aulas especiais com o beauty artist Junior Mendes em várias cidades brasileiras, até o final do ano. A próxima Master Class será realizada no dia 3 de setembro, em Recife, direcionada para maquiadores e clientes finais.

Durante a demonstração, o maquiador Jr Mendes, referência nacional em maquiagem para noivas, compartilhará ao vivo suas dicas, técnicas e truques, explorando cores, texturas e tendências. Além disso, o artista irá apresentar os três kits que criou exclusivamente para a marca. Junior escolheu produtos desejo para lábios, olhos e acabamento para compor os kits, que prometem agradar tanto as noivas, como todos que possuem interesse no estilo de maquiagem glamorosa “a la” tapete vermelho do makeup artist.

O artista revela um pouco do conteúdo explorado nas Master Classes. “No curso, vou compartilhar minhas técnicas e segredos de maquiagem usando meus produtos favoritos da MAC, como Soft and Gentle, Studio Fix, Paleta de Sombras Burgundy Times 9, entre muitos outros”, explica Junior. O valor da master class para maquiadores, com certificado, é R$ 690,00 e 100% do valor investido pode ser revertido em produtos da marca.

mac class

Master Class M.A.C
Local: Nobile Suítes Executive Recife – Av. Boa Viagem, 344 – Pina, Recife – PE.
Participação: Jr. Mendes
Data: 3/9, segunda-feira
Valor: R$ 690,00 *Valor poderá ser convertido em produtos
Horários
1º Turma – 10h às 12h30
2º Turma – 16h30 às 19h
Inscrições: M.A.C Shopping Recife | M.A.C Shopping Rio Mar Recife

Technos promove maior sale do ano em sua loja online

A Technos promove uma grande liquidação em sua loja online. A maior representante nacional do setor relojoeiro oferece pela primeira vez preços especiais também para sua linha de clássicos. Entre os modelos há possibilidades para todos os estilos: femininos, masculinos, automáticos, digitais, analógico, pulseiras em aço com diversas tramas e banhos de metais variados: prata, preto, dourado, azul e rosé.

345134_820786_technos_ladies_de_509.90_por_399.90345134_820785_technos_riviera_de_789.90_por_629.90345134_820787_technos_trend_de_419.90_por_299.90345134_820784_technos_automatic_de_869.9_por_689.90

 

Essa é considerada a maior promoção do ano da Technos, com descontos que começam em 20%. Válida até o fim dos estoques. Confira clicando aqui.

Ricardo Eletro, C&C, Marisa, C&A e Renner no aniversário do Cuponomia

Marcas oferecem cupons de descontos de até 50% no e-commerce em comemoração ao aniversário do site

Para celebrar os seus 6 anos de operação no Brasil, o Cuponomia, portal que reúne ofertas e cupons de desconto para compras online, fechou parcerias com grandes marcas, como Ricardo Eletro, C&C, C&A, Marisa e Lojas Renner, que oferecem cupons exclusivos de até 50% de desconto.

O portal aniversariante ainda fez parcerias com as lojas online da Natura, Brastemp, Consul, Cobasi, Casas das Alianças, Netfarma, entre outras, com códigos promocionais exclusivos que garantem de 5% a 50% de desconto em produtos e serviços.

Com a necessidade de economizar nas compras em tempos de crise, os cupons de desconto caem nas graças do público brasileiro e são cada vez mais procurados pelos consumidores online. Segundo o Cuponomia, só em 2017 mais de 18 milhões de cupons de desconto foram resgatados na plataforma, e, geraram uma economia de mais de R$80 milhões para os usuários.

cra2
A C&A está entre as empresas participantes

A campanha de comemoração do aniversário Cuponomia vai até dia 9 de setembro. Os descontos oferecidos são válidos somente em compras feitas pela internet e estão disponíveis no site.

Exposição Pintando Gatos será inaugurada dia 1º de setembro em São Paulo

Os gatos são pura inspiração! É o que se poderá comprovar na Exposição “Pintando Gatos”, de 1º a 15 de setembro, na Cobasi Villa Lobos e de 17 a 30 do mesmo mês na Cobasi da Rua Augusta. A mostra reunirá obras de mais de 50 artistas plásticos, ilustradores e cartunistas renomados. Os trabalhos estarão à venda para ajudar a ONG Amanimal, de São Paulo, que tem sob seus cuidados mais de 200 gatinhos, vários deles abandonados com idade avançada, com sérios problemas de saúde e deficiências físicas.

O time de talentosos artistas que mergulhou no fantástico e sedutor universo felino inclui: Mauricio de Sousa, Laerte, Marcelo Lopes de Lopes, Clovis Vieira, João Alves, Lézio Júnior, Fernando Rodrigues, Junior Nascimento, Moacir Torres, Jal Lovetro, Vicky Von Dorff, e Pryscila Vieira, entre outros.

Mauricio de Sousa, inclusive, é um confesso apaixonado por animais, por isso, na exposição, estarão presentes desenhos do Bidu e do Mingau, personagens das consagradas histórias da Turma da Mônica e também um cenário criado para sessão de selfies.

Ilustração com a Magali e Mingau da Turma da Mônica

O artista plástico João Alves estará, na abertura da exposição, retratando a gatinha Ághata Borralheira, protagonista do livro “Ághata Borralheira & Amigos Tocando Corações”. Ela ganhou uma homenagem na mostra devido ao seu carisma e missão: chamar a atenção para o encanto dos gatos pretos que, infelizmente, ainda são os mais abandonados nas ruas e esquecidos nos abrigos.

joao alves

A homenagem à Ághata Borralheira inclui ainda exposição de fotos e respectivo figurino de seu livro, além da exibição de alguns de seus filminhos que fizeram grande sucesso no Facebook que leva seu nome.

aghata borralheira

Além desse rico cenário de cor e criatividade, os visitantes da exposição poderão conhecer, por meio de vídeo, os gatinhos da Amanimal que estão para adoção. A renda arrecadada com a venda das obras contribuirá para a construção de um abrigo com toda a estrutura necessária para dar qualidade de vida a tantos bichanos vítimas de maus-tratos e abandono que a fundadora da ONG, Doroti Bottoni, vem acolhendo ao longo da vida.

“Minha paixão por animais vem de família. Aprendi com meu pai a amar e respeitar os animais. Desde criança, por morar numa fazenda, convivi com cavalos, vacas, coelhos, cães e muitos outros animais. Com o passar do tempo fui me apaixonando pelos gatos. Hoje mantenho parte deles na minha casa e outra parte em lares temporários”, conta a protetora.

Para conhecer mais sobre a ONG clique aqui.

Exposição Pintando Gatos
Cobasi Villa Lobos
Data: 1º a 15 de setembro
Horário: das 10h às 18h

Cobasi Augusta
Data: 17 a 30 de setembro
Horário: das 10h às 18h

Eventos gratuitos. Classificação Livre. Sujeitos a lotação do espaço.

Você gosta de ouvir Bach? Os porcos também

Música diminuiu brigas entre os suínos em experimento; animais também consumiram menos ração mantendo ganho de peso normal
Por Ane Cristina – Editorias: Ciências Agrárias, Ciências Biológicas
porcos FotoHeribert Duling via Wikimedia Commons
A música foi escolhida com base em referencial teórico, o que era necessário por ser validação de um novo método – Foto:Heribert Duling via Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0 de

Suínos tiveram uma melhoria em seu bem-estar, algumas mudanças de comportamento e até apresentaram alterações alimentares ao ouvir música clássica. Esses foram os resultados da tese de doutorado Enriquecimento sensorial do ambiente buscando o bem-estar de suínos, realizada por Érica Harue Ito, com orientação de Késia Oliveira da Silva Miranda, na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba.

Segundo a zootecnista, houve uma diminuição dos comportamentos agonísticos (brigas e perseguições) e um aumento nos comportamentos lúdicos (brincadeiras e interações entre eles) nos animais que ouviram o prelúdio da Suíte nº1 em Sol Maior para Violoncelo (BWV 1007), composta pelo alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750). Você pode ouvir a versão tocada para os porquinhos clicando aqui.

Outro fator observado pela pesquisadora foi o consumo de ração e ganho de peso. Érica diz que ficou surpresa em perceber que os porcos que ouviram música tiveram o mesmo ganho de peso consumindo uma quantidade menor de ração. Ela ressalta a importância dessa descoberta para o produtor de suínos: “50% do custo da produção de suínos é a ração. A melhora de 1% disso faz uma diferença muito grande para produtores de animais, que ganham em centavos.”

50% do custo da produção de suínos é a ração. A melhora de 1% disso faz uma diferença muito grande para produtores de animais, que ganham em centavos.

O estudo buscou validar o uso em campo aberto do método conhecido como enriquecimento sonoro. Em ambiente fechado, essa técnica já é melhor pesquisada e oferece a possibilidade de controlar fatores como temperatura e umidade. Em um campo aberto, esses fatores podem apenas ser monitorados. A música foi escolhida com base em referencial teórico, o que era necessário por ser validação de um novo método. “Como eu estava validando uma metodologia em instalações abertas, eu tinha que seguir alguma coisa que já existia na literatura. Pesquisei sobre rock, pagode, mas não encontrei nada. Por mim, eu colocaria”, comenta a pesquisadora.

A pesquisa foi feita com os porcos divididos em duas baias, que ficavam lado a lado, separadas por uma parede. A baia tratamento ouvia música, enquanto a baia controle não. A intensidade e a frequência do som foram monitoradas e a temperatura dos animais também, para garantir que não estavam com nenhuma doença. Os suínos ouviram a música durante um mês e a pesquisadora coletava dados a cada hora.

Segundo a zootecnista, para entender o mecanismo que levou a música a influenciar no consumo de ração e consequente ganho de peso dos animais, seria necessária uma pesquisa multidisciplinar, com psicólogos e neurocientistas. “Nós sabemos como é que a música influencia os seres humanos. Mas como influencia os animais? Será que ativa as mesmas regiões cerebrais que ativa em nós? Não há pesquisas sobre isso.”

porcos_suinos FotoAlexas_FotosCC0 Creative Commons via Flickr
Porcos que ouviram música tiveram o mesmo ganho de peso consumindo uma quantidade menor de ração. Essa é uma importante descoberta para os produtores de suínos – Foto: Alexas_Fotos/CC0 Creative Commons via Flickr

Érica comenta que o estudo é apenas parte de um quebra-cabeça, pois além de faltar entender como a música afeta os animais, há também a possibilidade de se testar outros gêneros musicais e avaliar se possuem o mesmo efeito. Ela pretende continuar pesquisando, mas ressalta que provavelmente será mais difícil agora, por ser bolsista da Capes (Conselho Superior da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), que, no início deste mês anunciou uma possível suspensão no pagamento de bolsas e a interrupção de programas de fomento à pós-graduação no País. “É um pouco difícil, ainda mais agora, com os problemas de bolsa e financiamento. Então os recursos vão ser prioritários para a área de saúde, para o que é ‘considerado importante’. Eu sei que vai ficar mais difícil agora, mas o intuito é continuar”, avalia a pesquisadora.

A aplicação direta da pesquisa seria para os produtores de animais, que podem utilizar a música, um recurso barato, ao qual todo mundo tem acesso, e se mostrou eficiente. Para além disso, fica a reflexão para a sociedade: “É muito fácil alguém que é leigo no assunto ter um cachorro ou um gato de estimação e entender que aquele animal sofre, sente fome, precisa de carinho e tem sentimentos. Mas é muito difícil ainda, para a grande maioria das pessoas, entender que a vaca que dá leite, o porco que dá carne, a galinha que dá ovo, também têm esses mesmos sentimentos”, afirma Érica. Sendo assim, nada mais justo do que buscar situações que proporcionem aos bichos viverem, se reproduzirem e crescerem de maneira agradável e de forma ética.

Você pode ter acesso à versão simplificada da tese Enriquecimento sensorial do ambiente buscando o bem-estar de suínos clicando aqui.

Mais informações: e-mail ericaito@usp.br com Érica Harue Ito

Fonte: Jornal da USP

 

Fumantes passivos têm 30% a mais de chance de desenvolver câncer de pulmão

Dados indicam que mais de 14 milhões de brasileiros inalam involuntariamente a fumaça de cigarros; Efeitos nocivos das substâncias tóxicas aumentam risco de desenvolver tumores malignos

Ontem foi o Dia Nacional de Combate ao Fumo, e é importante lembrar que o Brasil conta com cerca de 21 milhões de fumantes, o que representa 12% da população, segundo dados do Ministério da Saúde. Na fumaça há de quatro a nove mil substâncias tóxicas das quais pelo menos 70 são altamente carcinogênicas.

O câncer de pulmão costuma ser o mais associado ao indivíduo tabagista, mas ele também pode ser o responsável pelo aparecimento de cânceres na boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim e bexiga. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil deve registrar 31.270 novos casos de câncer no pulmão em 2018, sendo que a maioria deles é provocada pelo fumo.

Os fumantes passivos, aqueles que involuntariamente inalam o fumo dos fumantes ativos próximos, também estão sujeitos a enfrentar os danos do tabagismo. Pesquisas apontam que a fumaça que sai do cigarro contém cerca de três vezes mais nicotina e monóxido de carbono.

“Estar em contato, mesmo que indiretamente, com essa fumaça pode aumentar em 30% os riscos de desenvolver câncer de pulmão. E as crianças constantemente expostas têm mais predisposição a desenvolver leucemia, linfoma e tumores cerebrais”, explica Mariana Laloni, oncologista do Centro Paulista de Oncologia, unidade São Paulo do Grupo Oncoclínicas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), há aproximadamente dois bilhões de pessoas que estão no grupo de fumantes passivos no mundo. No Brasil, estima-se que o contingente de indivíduos expostos ao problema chega a ser de 14,5 milhões – número que representa mais de 7% da população nacional. Além do aumentado risco de câncer de pulmão, de colo de útero e de câncer de pâncreas, o grupo ainda pode sofrer derrame cerebral, colite ulcerativa, alergia alimentar, asma e pneumonia. A oncologista ressalta que o risco de câncer de colo de útero chega a ser 73% maior em mulheres fumantes passivas, em comparação as mulheres não tabagistas.

medico mulher teste pulmão

Recentemente especialistas conseguiram provar que não estar em contato com a fumaça já não é o bastante para não sofrer com os malefícios. Um estudo publicado na revista Pediatrics mostrou que ambientes defumados pelo tabaco também estão repletos de partículas cancerígenas, que podem permanecer por até dois meses.

“O fumo de terceira mão, aquele cheiro forte que fica impregnado em almofadas, tapetes e cortinas, apenas para citar alguns exemplos, também representa riscos à saúde e evidencia o quanto o cigarro pode afetar o bem estar das pessoas que convivem em casa, no trabalho e em demais espaços coletivos com a fumaça gerada pelos fumantes ativos”, finaliza Laloni.

Fonte: Centro Paulista de Oncologia CPO

Lanches intermediários são importantes para uma alimentação equilibrada

Comer um lanche entre as refeições é uma boa opção para quem quer manter hábitos saudáveis. Não se alimentar entre esses intervalos aumenta o apetite e, na hora de escolher os alimentos, algumas pessoas acabam pensando apenas na praticidade e escolhem lanchinhos que não contribuem em nada para o bom funcionamento do organismo.

Os lanches intermediários devem ser práticos, saborosos e nutritivos, assim ajudam o corpo a funcionar da melhor maneira possível. “O ideal é não ficar muito tempo sem comer. Então, é fundamental fazer escolhas certas no dia a dia, esses lanchinhos leves promoverão a sensação de saciedade”, explica Jaqueline Matias, nutricionista da Equilibrium, consultoria da Adria, uma das principais marcas de massas, biscoitos e torradas do país.

Além disso, os lanchinhos de manhã ou de tarde podem ajudar a melhorar o desempenho no trabalho, segundo Jaqueline. “A fome dá sonolência, irritação e mau humor. Quando todas as refeições são feitas de forma adequada, há mais disposição nas atividades diárias”, completa a nutricionista.

Há diversas opções disponíveis nas prateleiras para proporcionar maior saciedade ao longo do dia, como a linha Adria Plus Life, que possui biscoitos doces e salgados, cookies, além da grande novidade no mercado: os Bits de Cereais. Todos os produtos são feitos com cereal integral como primeiro ingrediente da lista.

adria 1

Em embalagens individuais, são ótimas opções para você colocar na bolsa ou mochila e levar a qualquer lugar. A linha de salgado traz as versões Integral e Multigrãos. Os biscoitos doces apresentam quatro deliciosos sabores: aveia e mel, leite e cereais, frutas vermelhas e cacau e cereais. Além de muito gostosos, são boas fontes de fibras e vitaminas A, D e E.

Já os Bits, snacks feitos com flocos de arroz integral com adição de frutas e castanhas, podem ser encontrados nos sabores: cacau e castanhas, maçã e banana e castanha-do-pará e coco. Os produtos também são enriquecidos com as vitaminas A, D e E.

adria 2

“Os alimentos integrais quando consumidos com frequência, ajudam na prevenção e tratamento de doenças crônicas, como doença do coração, câncer, diabetes e pressão alta, além de proporcionar maior sensação de saciedade. Optando por essas versões fica mais fácil diversificar a alimentação e incluir ingredientes diferentes nas refeições ou lanches do dia a dia”, ressalta a nutricionista.

Fonte: Adria