Festas julinas: especialistas alertam para o risco de brincadeiras com fogo

Ter conhecimento de primeiro socorros ajuda a evitar transtornos para as crianças neste período; veja cinco dicas essenciais

O tradicional dia de São João já passou, mas a folia das festas juninas e julinas ainda continua. Porém, entre as comemorações, é preciso ter prudência, principalmente com as crianças. Após alerta da Sociedade Brasileira de Dermatologia, especialistas de saúde estão prevenindo as famílias sobre os riscos de algumas brincadeiras comuns nesse período, como as bombinhas e as fogueiras. Não deixar que crianças menores de 2 anos manuseiem estalinhos e orientar os pequenos sobre os cuidados gerais podem fazer a diferença para passar as festividades com segurança.

A pediatra e pneumologista Natália Barbosa Gomes, do Grupo Prontobaby, orienta que os cuidados devem ser redobrados nessa época, pois é comprovado o aumento de casos de queimaduras. “A queimadura deve sempre ser considerada como grave, sempre sendo indicada a avaliação médica. Antes de se encaminhar para uma unidade hospitalar deve ser feita a lavagem com água corrente, sem utilizar água fria ou gelo, ou soluções caseiras”, orienta.

Veja cinco dicas de ouro para evitar os acidentes mais comuns entre as crianças.

chama gás fogão cozinha pixabay
Pixabay

Comidas – grande parte das queimaduras tem associação com a preparação de comidas. Podem ocorrer acidentes quando é acesa a churrasqueira ou colocado o alimento para cozinhar, porém, principalmente naqueles alimentos cozidos na água, que por algum descuido, a criança poderá puxar a panela e derrubar o líquido em sua pele, levando a uma queimadura por escaldadura;

pegadinha pinterest
Pinterest

Estalinhos – podem parecer inofensivos, porém são feitos de pólvora e podem causar acidentes como queimadura. Principalmente em menores de 1 ano e 6 meses até 3 anos, que são aqueles que estão na fase oral, sempre levando tudo a boca, o que pode ocasionar a ingestão do mesmo;

fogueira Duttasum
Foto: Duttasum/Morguefile

Fogueiras – são chamativas para os pequenos, e apenas um descuido é o suficiente para acontecerem queimaduras. Podem ser classificadas em 1, 2 e 3 graus. A queimadura de primeiro grau é a mais superficial, pois atinge somente a primeira camada da pele, gerando vermelhidão e dor local, não sangram e apresentam aspecto seco. Já as de segundo grau, apresentam bolhas e são bem doloridas, se caracterizam por aspecto úmido. No caso das de terceiro grau, há um acometimento das camadas mais profundas da pele como músculos e ossos, são indolores e podem causar deformidades;

balão criança pixabay
Pixabay

Balões – além de representarem um perigo para a nossa natureza, são um perigo importante para nossos filhos. Podem provocar graves acidentes e incêndios florestais, além de proibido, é considerado crime ambiental;

fogos
Foto: DuBoix / Morguefile

Fogos de artifícios – nunca devem ser manuseados por crianças. Mantenham-se alertas e orientem seus filhos, pois as queimaduras de fogos de artifícios são os mais graves (queimaduras de 3° grau), podendo causar lesões irreversíveis.

Fonte: Grupo Prontobaby

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s