Bazar da Troc permite ajudar causas sociais e moda sustentável

Começa hoje (16) e vai até dia 21 a Semana Bazar em Sale na Troc, maior brechó online do Brasil. Os bazares de famosas em prol de causas sociais estarão com ofertas especiais com mais de mil e quinhentas peças com descontos de 50% e opções nas categorias fast fashion, premium e luxo. O lucro total das vendas será revertido às instituições de caridade e, ao comprar na Troc, o cliente ainda estimula o consumo sustentável da moda. Esta é uma oportunidade de fazer o bem duas vezes.

Entre os bazares está o da musa Sabrina Sato. A renda da venda das peças será revertida para o seu próprio instituto e para ajudar o @guerreirinhonicholas. O menino de 2 anos nasceu com anomalia anorretal e duplicidade de vários órgãos, usou bolsa de colostomia e vai passar por sua quinta cirurgia.

Outro bazar em destaque é do Instituto Luisa Mell, fundado em fevereiro de 2015, que atua principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. A ativista mantém um abrigo com cerca de 300 animais, entre cães e gatos, todos resgatados das ruas. Comprando as peças do Bazar da Luisa você possibilita que mais animais tenham uma vida feliz.

luisa-mell.png

A Fundação Amor Horizontal é uma iniciativa da Carol Celico que está há quase 5 anos ajudando crianças e adolescente em situação vulnerável em todo o país. A fundação trabalha com uma plataforma de e-donation (doações via web) para conectar diversas instituições. Hoje, a Amor Horizontal já ajudou milhares de crianças e com Bazar da Troc vai ajudar ainda mais. A ação conta com um time de mães influenciadoras que se propuseram a doar e ajudar com suas peças.

São elas: Mica Rocha, Lu Tranchesi, Dani Mattar e, é claro, da fundadora de todo o projeto, Carol Celico. Toda a renda arrecadada será revertida em doações para projetos e instituições que ajudam no desenvolvimento de crianças e adolescentes e no apoio a famílias que precisam de auxílio para a melhor criação dos seus filhos.

Para quem quer aproveitar as promoções e ainda ajudar os animais uma outra opção é comprar no Bazar dos Amigos de São Francisco, ONG destinada ao cuidados com os animais de qualquer raça e espécie e que acredita que uma sociedade só estará em equilíbrio quando souber tratar com dignidade seus animais.

Hoje, a Troc realiza por volta de 2 mil pedidos por mês e tem mais de 4 mil “lojinhas” ativas no site, páginas onde qualquer pessoa pode se tornar um vendedor. Já passaram pela plataforma nomes como Anitta, Bella Falconi, Flávia Pavanelli, Carol Celico, Dupla Carioca, Gabi Pugliesi e Ticiane Pinheiro. Segundo o CEO, Marcelo Iwakura, o objetivo é tornar a TROC o maior solucionador da moda consciente para o Brasil e para a América Latina.

Para quem quer vender, e mora em Curitiba ou São Paulo, a Troc retira as peças no local indicado, sem nenhum custo. Já para as outras regiões do país, é possível enviar por correio, também gratuitamente. As peças passam por uma curadoria e, se aprovadas, são incluídas na plataforma. “Um dos critérios para avaliação é analisar se você daria de presente para sua melhor amiga. Porque se tem algum defeito, um fio puxado, bolinha ou zíper emperrado, você não aceitaria como um presente para alguém especial”, explica Luanna Toniolo, fundadora da Troc, sobre o processo de seleção dos produtos.

Após aprovação final do valor sugerido pelas especialistas da startup, as peças ficam disponíveis para venda. Quando os itens não passam pela seleção – e os motivos vão desde mau estado, até mofo – , o cliente tem duas opções: pagar pelo frete de devolução ou autorizar a doação. Cerca de 12% das peças recebidas são destinadas para instituições de caridade.

luanna toniollo.jpg

Luanna é advogada e apaixonada pelo universo da moda. A ideia de iniciar esse negócio veio após realizar uma especialização em Marketing em Harvard. “Mais do que permitir que todas as usuárias tenham acesso aos produtos que sempre sonharam, a startup tem como objetivo educar as brasileiras para que cada vez mais apostem na economia circular. A nossa alta taxa de recorrência mostra que estamos no caminho certo. Quem conhece a Troc começa a confiar na roupa de segunda mão, entende que essa é uma alternativa e que a roupa usada não é mais um tabu”, finaliza.

Informações: Bazar da Troc

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s