Match sem passar pro lado: Poppin muda as regras do “jogo” da paquera

Com formato semelhante ao de um game, app torna seleção de perfis mais dinâmica e divertida

Recentemente, o Poppin, aplicativo de relacionamento brasileiro, apresentou uma novidade para os usuários. Não é apenas uma atualização, mas, sim, uma mudança de regras que resulta em um aplicativo mais interativo e divertido. Com aspectos emprestados de games, o aplicativo tornou a busca pelo “crush” ainda mais empolgante. O maior diferencial está na hora de selecionar perfis: o ato de arrastar para o lado ficou para trás com o Poppin Time.

O “jogo” funciona da seguinte maneira: nas rodadas, três por dia, os perfis surgem no formato de bolhas e seguem subindo na tela. Quando surgir alguém interessante, o usuário apenas deve tocar na bolha e o perfil será selecionado. Sendo assim, não é mais necessário deslizar para as laterais, inclusive para recusar um pretendente. Nesse caso, basta deixar a bolha seguir seu caminho e sumir após cruzar o topo da tela. É válido ressaltar que na etapa de estourar as bolhas, os usuários não dão likes de fato, e sim fazem uma pré-seleção de perfis que gostariam de ver melhor.

Após a seleção, a pessoa cadastrada pode conferir as fotos do perfil como se fossem stories do Instagram. Para saber mais sobre o potencial “crush”, o usuário pode acessar informações como emprego, escolaridade e atividades preferidas. Depois, é possível investir pesado no date e enviar todos os likes de uma vez para os perfis selecionados, o que aumentam as chances de matches.

unnamed.gif

O Poppin Time traz um modelo mais interativo, já que as rodadas e a corrida para estourar as bolhas lembram os joguinhos de smartphone. Mas o bom é, que nesse game, ninguém sai perdendo. Agora, as combinações podem ser feitas com mais rapidez e mais diversão. Assim, a preguiça de ter que deslizar várias e várias vezes até achar alguém interessante acabou. Com esse modelo mais “jogável”, os usuários têm uma busca mais prazerosa e eficiente. As chances de arranjar um contatinho aumentam, assim como a vontade de sair estourando as bolhas.

A mudança no aplicativo é justificada no comportamento do usuário. “Nos aplicativos de relacionamento, deslizar entre os perfis se tornou o padrão. O porém é que, com o passar dos anos, esse formato ficou saturado. Nós acreditamos que tudo evolui, inclusive a forma como as pessoas se conhecem na internet”, comenta Guilherme Ebisui, CEO do Poppin. Apesar das mudanças, o aplicativo continua fiel em sua missão: ajudar a criar os melhores encontros na vida real.

Informações: Poppin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s