#pascoaatejunho garante ovos de chocolate para depois da festa religiosa

Dificuldade nas vendas une chocolateiras para evitar colapso

O movimento #pascoaatejunho foi criado pela chocolatier Renata Penido sugerindo que a movimentação do mercado seja estendida para além do domingo de Páscoa, especificamente até 14 de junho.

Grandes marcas como Chocolândia, Cromus, Loja Santo Antonio e Sodiê Doces aderiram ao movimento em apoio àqueles que sobrevivem da festividade, já que a data representa, só nas fábricas, um aumento de aproximadamente 16% de mão de obra no período, segundo dados da Abicab – Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Amendoim e Balas.

“É nessa hora que temos que apoiar de todas as formas o produtor familiar, aquele que conta com a sazonalidade para obter os ganhos do ano todo. Aderimos a campanha para ajudar a solidificar a mensagem de não cancelar a compra, apenas adiar a entrega. Temos a certeza que unidos, os danos poderão ser menores”, informa Eduardo Cincinato, presidente da Cromus Soluções, empresa de embalagens para presente, decoração de Natal e Páscoa.

Guloseima ovos chocolate páscoa

A campanha não tem nenhuma intenção de alterar a essência religiosa do domingo de Páscoa, e, sim, proporcionar uma alternativa para que o sustento de muitas famílias que dependem desse momento do ano sobreviva. A ideia é que as pessoas não cancelem as encomendas e sim adiem o recebimento delas, para tentar reduzir o saldo negativo para os microempreendedores, como também manter toda a cadeia produtiva.

Fonte: Cromus Soluções

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s