Plataforma conecta pessoas e empresas a causas sociais e voluntariado

Com atuação em quatro estados, plataforma recebe quase 1 milhão de visitas por ano. “Em tempos de crise e pandemia, nossa maior ferramenta de impacto é a solidariedade”, afirma fundador.

Diante de um período tão complexo e incerto como o que vivemos, uma boa notícia ao menos: a solidariedade está em alta. Segundo a Associação Brasileira de Captadores de Recursos, mais de R﹩ 3 bilhões foram doados a iniciativas para combater o coronavírus e as suas implicações na economia e na saúde. A previsão é que, em até dois meses, o valor chegue a R﹩ 5 bilhões.

Empresas e pessoas, ainda bem, têm se unidos nessa luta. Mas em meio a tanta disposição, uma dúvida sempre surge. Como eu posso ajudar? É nesse contexto que surge o Atados, uma plataforma social que conecta pessoas e empresas a causas sociais e oportunidades de voluntariado.

“O Atados tem como propósito mobilizar pessoas e articular soluções e recursos para impulsionar transformações”, afirma Daniel Morais, fundador da plataforma. “Queremos fortalecer organizações, movimentos e coletivos, conectando-os a pessoas e empresas que querem e podem ajudar”.

Tem dado certo. Com atuação nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis, além de Brasília (DF), há oito anos, o Atados conta com 2.200 organizações sociais e 130 mil voluntários inscritos. A plataforma atrai 900 mil visitas ao ano e tem, no momento, mais de 300 vagas anunciadas em diversas causas – nove em cada dez dessas oportunidades são preenchidas. Dezenas das maiores empresas do Brasil já colaboram com a plataforma, entre elas: Nestlé, Coca-Cola, Telefônica, Via Varejo (Casas Bahia), Sky, Visa, Amil, entre outras.

mãos ajuda solidariedade

Com a pandemia do coronavírus, porém, as comunidades e as ONGs atendidas precisam ainda de mais apoio. Por isso, o Atados elencou os maiores desafios que a crise impõe e reuniu iniciativas especiais para superá-la. Eles estão divididos em cinco pilares:

• Acesso a necessidades básicas
• Geração de renda
• Educação
• Engajamento territorial
• Visibilidade e apoio ao idoso

Diversas ações já estão em andamento. A plataforma tem, por exemplo, conectado voluntários a pessoas que têm direito à Renda Básica Emergencial e não sabem como proceder. Também criou uma seção dedicada a oportunidades que podem ser executadas à distância , como captação de recursos ou companhia virtual para refugiados e idosos. “Mais do que nunca, nossa maior ferramenta de impacto social é a solidariedade. Como é bom ver que a sociedade tem despertado para isso”, diz Morais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s