Up na imunidade: boa alimentação é aquela que faz bem ao corpo e à mente*

Já faz um tempo que a nutrição está em evidência, sendo um dos assuntos mais comentados. Ao ligar a televisão, o rádio ou se conectar às mídias sociais, tem sempre alguém falando sobre comida, alimentação, nutrição e sobre como devemos ou não comer. O argumento é sempre o mesmo: a busca por uma vida saudável.

Atualmente o foco tem sido por uma alimentação que melhore nossa imunidade e o que vemos são dicas de alimentos milagrosos, “shots” de imunidade ou alimentos que “devemos” consumir, que prometem nos ajudar a manter a saúde e evitar doenças. Nesse momento tão atípico das nossas vidas é importante relembrar que uma boa alimentação é fundamental para a manutenção da saúde, seja para trazer energia e substratos para o bom funcionamento do corpo, seja para trazer prazer, memória, segurança, praticidade e até alívio para o estresse do dia a dia.

Logo podemos dizer que uma alimentação saudável é composta por alimentos nutritivos e comidas gostosas. Sim, para se ter uma alimentação saudável é preciso comer comidas gostosas.

E para melhorar a imunidade, o que devo comer?

jantar almoço comida vinho mulher

Você deve comer de tudo, de tudo mesmo. Uma dieta equilibrada é fundamental para manter nossa saúde e, como consequência, melhorar nossa imunidade. Não precisamos ter as “cinco cores no prato” em todas as refeições. Essa variedade pode acontecer ao longo do dia ou da semana. Uma refeição equilibrada é composta por alimentos de todos os grupos, sendo eles construtores, reguladores e energéticos.

prato-comida

Os alimentos construtores são os proteicos, como carnes, ovos, leite, feijões, grão de bico etc. Já os alimentos reguladores são as fontes de vitaminas e minerais, como os legumes, verduras e frutas. Os alimentos energéticos são os que nos trazem energia, como os pães, massas, cereais. Se a sua refeição é composta por pelo menos um alimento de cada grupo, ela está completa.

É importante saber também que dietas restritivas, sejam de calorias ou de grupos de alimentos não são bem-vindas nessa época ou quando pensamos na manutenção da imunidade. Comer menos do que nosso organismo precisa não ajuda em nada à nossa saúde, pelo contrário, atrapalha, pois podemos ficar mais cansados, desanimados, tristes e com fome.

lavando os legumes

Outro ponto que devemos lembrar é que uma alimentação saudável é composta por alimentos livres de doenças. Apesar de não haver evidências de transmissão de determinadas doenças por meio dos alimentos em si, devemos levar em consideração a manipulação que ele sofreu, sendo fundamental a realização da higienização dos alimentos e embalagens com hipoclorito de sódio antes do consumo.

mulher frutas alimentos FreeGreatPicture 3

Por fim, quero deixar claro que não existe alimento bom ou ruim, muito menos milagre. Existe apenas a comida e a forma como lidamos com ela, que deve ser sempre saudável!

*Maria Claudia Santos, coordenadora do curso de Nutrição da Universidade Anhembi Morumbi. Especialista em alimentação saudável e comportamento alimentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s