Lançado primeiro clube de assinatura para auxiliar mulheres com endometriose

Projeto EndoConectadas trará conteúdo com curadoria especial de Caroline Salazar, ativista responsável pela EndoMarcha Time Brasil e autora do blog A Endometriose e Eu

O EndoConectadas será lançado no dia 3 de agosto, como o primeiro Clube de Assinaturas para mulheres portadoras de endometriose no Brasil. A ideia do projeto é de Caroline Salazar, ativista da endometriose, autora do blog pioneiro sobre o assunto, A Endometriose e Eu, e capitã da EndoMarcha Time Brasil (Marcha Mundial de Conscientização sobre a Endometriose).

“O EndoConectadas surgiu para informar e empoderar as mulheres com endometriose e auxiliá-las na busca por um tratamento completo e eficiente”, afirma Caroline, que compartilha sua história e fatos científicos sobre a endometriose desde 2010 com suas seguidoras.

As assinantes do EndoConectadas terão acesso a conteúdo exclusivo preparado por Caroline em vídeos semanais, que contarão com especialistas e serão separados em editorias, entre eles o EndoCiência – Descomplicando a Endometriose, Superando a EndoInfertilidade, Sendo Mãe de uma EndoMenina, Como Apoiar uma EndoMulher e Entrevistas ao Vivo – as lives especiais que contarão com a participação das assinantes.

low-fodmap-diet- endometriose

O valor da assinatura é de R$ 39,90 mensais, mas o pré-lançamento – entre os dias 31 de julho e 2 de agosto – contará com um condições especiais para as assinantes. Para se associar, visite o site A Endometriose e Eu a partir do dia 30 de julho.

Sobre Caroline Salazar e o blog A Endometriose e Eu

Caroline Salazar é jornalista, autora do blog A Endometriose e Eu e ativista pela conscientização da endometriose. A partir da criação do blog, em 2010, Caroline se tornou referência no assunto entre pacientes, familiares de pacientes e especialistas sobre a doença em todo o mundo. O blog A Endometriose e Eu traz entrevistas e artigos exclusivos, com pesquisadores nacionais e internacionais sobre a doença.

Em 2014, Caroline Salazar capitaneou a primeira edição da EndoMarcha Brasil – a Marcha Mundial de Conscientização Sobre a Endometriose. O Brasil, desde então, lidera a marcha com o maior número de cidades participantes. Em 2019 foram 20 cidades participantes. A Marcha de 2020 foi adiada em decorrência da pandemia da Covid-19.

Caroline, a partir do blog, foi a pioneira no Brasil a abordar assuntos como a dispareunia (dor durante a relação sexual) e seu tratamento, além de disseminar no país o uso do termo Março Amarelo. Também colaborou com a criação do texto do PL 3047/19, apresentado pela deputada federal Daniela do Waguinho (RJ) e que prevê a instituição do dia 13 de março como o Dia Nacional de Luta Contra a Endometriose e a Semana Nacional de Luta Contra a Endometriose.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s