Tecnologia permite provar perfumes pelo smartphone; Natura será primeira a oferecer

A tecnologia, que deixou de conseguir investidores pelo fato de a startup ser liderada por uma mulher, recebeu investimento de empresa líder nacional de embalagens de vidro e chega ao mercado por meio da maior representante de venda direta de cosméticos do mundo

Apesar da equalização ano a ano, a liderança nas startups brasileiras ainda é bastante desigual. De acordo com um levantamento da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), dos mais de 12 mil negócios no país, apenas 15,7% possuem mulheres na posição de CEO ou diretora. Os outros 84,3% são liderados por homens.

Entre as razões para essa disparidade está a própria entrada das mulheres no mercado. Outro fator é que a maioria esmagadora das startups atua no setor de tecnologia, ou pelo menos utiliza uma solução tecnológica para solucionar algum tipo de problema. E, segundo uma pesquisa da Microsoft, no mercado de Tecnologia da Informação (TI) somente 25% dos cargos são ocupados por mulheres.

Mesmo com esse cenário, empresárias em todos os cantos do país seguem quebrando barreiras e revolucionando vários setores do mercado. Esse é o caso de Cláudia Galvão, empresária há quase 10 anos, que idealizou a startup de scent tech Noar, empreendimento responsável pela invenção da tecnologia de “cheiro digital”.

A solução, que a princípio atenderá o setor de cosméticos, chega ao mercado no final de 2020 e torna possível sentir cheiros a partir de um dispositivo digital de maneira intuitiva e sustentável.

Jornada e desafios

Foto: Flávio Rodrigues

Cláudia lembra que começou a empreender em 2011, quando criou a Ananse, uma empresa de delivery de fragrâncias. A empresa fornece microcápsulas de perfume para catálogos impressos de grandes marcas que atuam no país. Depois de alguns anos, ela afirma que começou a refletir sobre o futuro desse setor da economia.

“Eu ficava pensando que algumas marcas de venda direta até tinham a estratégia de migrarem das revistas impressas para o meio digital, muito mais sustentável, mas perderiam uma ferramenta de demonstração importante, que é a página perfumada. Percebi que cabia a nós oferecer uma solução para viabilizar essa mudança”.

Cláudia relata que começou a pensar em alternativas que resolvessem um problema e, ao mesmo tempo, pudessem gerar uma demanda. A ideia era tentar modificar o mercado, pensando em uma solução que não tivesse concorrentes, já que isso poderia tornar a ideia inviável comercialmente. Este processo de criação resultou no conceito de um dispositivo eletrônico que emite cheiros. Nascia assim, em 2015, a Noar e começavam os desafios para tornar realidade este projeto.

Cláudia diz que, apesar da ideia ser bastante inovadora, a dificuldade prática de construir um produto inovador, a dúvida de sócios e até possíveis clientes, quase colocaram o projeto em cheque.

“Não tínhamos muito dinheiro para investir, então, foi uma luta para conseguir achar uma linha certa de trabalho. Eu só consegui levar a ideia adiante porque lutei bastante e acreditava que as coisas realmente poderiam dar certo”, diz.

Depois de superar as dificuldades em relação ao planejamento do projeto, Cláudia chegou a passar por uma situação que escancara os obstáculos para as mulheres na liderança de empresas e principalmente startups.

“Eu cheguei a buscar investidores fora do Brasil, em dois ou três países diferentes. Em um desses lugares, descobri que uma das alegações para que o projeto do cheiro digital não tivesse sido selecionado para receber investimentos, era que uma empresa liderada por uma CEO mulher não passava muita confiança. Foi um choque, porque além dos desafios profissionais eu também tive que lidar com o preconceito”, conta.

Parceria e investimentos

No ano passado, depois de cinco anos de desenvolvimento, o produto finalmente estava pronto e era hora de encontrar um investidor para conseguir fabricá-lo. No início de 2020 a Noar recebeu aporte da empresa líder nacional e uma das maiores fabricantes de embalagens de vidro para o segmento de perfumaria e cosméticos no mundo, o Grupo Wheaton.

“Assim como a Cláudia, a Wheaton enxergou na solução tecnológica do cheiro digital da Noar uma oportunidade de revolucionar em âmbito mundial tanto o mercado de venda direta, quanto o varejista de cosméticos”, destaca Renato Massara Júnior, diretor Comercial e de Marketing da Wheaton.

A fabricante de embalagens de vidro investe continuamente em pesquisa e desenvolvimento de produtos com foco no mercado internacional e a parceria com a Noar chega alinhada com este objetivo de internacionalização da empresa.

“A Wheaton foi visionária ao acreditar no projeto e a parceria nos trouxe o suporte de uma empresa com grande tradição no mercado. Além disso, temos valores em comum, como o foco em inovação e a preocupação com a sustentabilidade”, diz Cláudia Galvão.

Equipamento revolucionário e entrada no mercado com a Natura

Foto: Flávio Rodrigues

Dentro do portfólio de produtos da Noar que utilizam a tecnologia de cheiro digital, o primeiro a ser lançado no mercado é o MultiScent 20, um demonstrador digital de fragrâncias operado por meio de um aplicativo.

O device permite a experimentação de 20 fragrâncias diferentes, sendo que cada uma pode ser disparada 100 vezes. Depois de 100 disparos o cartucho do aparelho deve ser trocado. O acesso ao catálogo de produtos é feito por meio do escaneamento do QR Code que fica localizado no MultiScent 20.

Acionado por meio de um aplicativo, o dispositivo libera a fragrância usando uma tecnologia de “ar seco”, que não deixa resíduos de perfume seja no ar, no demonstrador ou no usuário. Sendo assim, o cheiro digital permite a experimentação de vários perfumes em sequência, sem confundir o cérebro.

Patenteado em vários países, o aparelho representará uma revolução no setor varejista e de venda direta de cosméticos. Além de ser mais sustentável ao substituir os tradicionais testadores e amostras, a tecnologia de cheiro digital representa uma inovação na forma dos consumidores se conectarem com as marcas e experimentarem as fragrâncias. Por causa da conectividade com smartphones, por exemplo, os clientes podem acessar vídeos e música que expliquem o conceito do produto que está sendo experimentado.

Para as empresas implementando o uso do MultiScent 20, ele representa ainda uma oportunidade de aprender mais sobre as preferências do consumidor, através de análises de Big Data e Data Science, já que permite coletar dados de navegação, experimentação e compra.

Nesse momento de pandemia, esse formato de experimentação de fragrâncias também representa uma forma mais segura devido ao fato de o aparelho emitir um cheiro seco, o que permite que o consumidor possa permanecer de máscara. Além disso, após o uso o dispositivo pode ser higienizado com álcool 70%.

O MultiScent 20 chegará ao mercado pela Natura, uma das maiores empresas do mundo de perfumaria e cosméticos e a líder no segmento de venda direta com mais de 1,2 milhão de consultoras de beleza só no Brasil.

De acordo com a Natura, o MultiScent 20 representa a oportunidade de acelerar a transformação digital dos canais da empresa e chegará ao varejo e para as consultoras de beleza até o final de 2020, no Brasil e América Latina.

Outro ponto citado pela gigante para justificar a aquisição da tecnologia foi a liderança feminina que a startup Noar possui. A Natura é uma empresa que possui em seus pilares valores como inovação, sustentabilidade e diversidade.

“É um orgulho muito grande fazer parte de um projeto como esse e receber o apoio de empresas importantes. Eu sempre encarei a Noar e o desenvolvimento da tecnologia de cheiro digital como um sonho e lutei para realizá-lo. Perceber que tudo valeu a pena e que nós podemos começar a gerar mudanças concretas na vida das pessoas é muito gratificante”, finaliza Cláudia Galvão.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s