Zumbido: grupo de apoio online oferece dicas e informações

Grupo retoma reuniões em formato atualizado, online, via redes sociais, aproximando especialistas e portadores de Zumbido e hipersensibilidade auditiva, com o objetivo de prover informação e estimular a busca por tratamento e cura

Batizado de G.A.N.Z. – Grupo de Apoio Nacional a Pessoas com Zumbido, este movimento retoma suas atividades, depois de quase 20 anos de sua criação, para atender à crescente população de portadores de zumbido – e outros incômodos auditivos como Misofonia e Hiperacusia – que tiveram sua qualidade de vida prejudicada, principalmente neste tempo de pandemia e isolamento social. Trata-se de encontros semanais, usando a ferramenta mais simples e democrática do momento, o Instagram, em formato live.

Iniciativa de uma das primeiras pesquisadoras do tema no Brasil e América Latina, Profª Drª Tanit Ganz Sanchez, teve a ideia de ajudar pacientes a entender o zumbido e dar apoio de forma gratuita em 1999, com o nome de GAPZ – Grupo de Apoio a Pessoas com Zumbido. Naquela época, os encontros eram mensais e restritos a 80 participantes por limitação do espaço. Hoje, depois do avanço de 20 anos de pesquisa, a especialista retoma o grupo de apoio com abrangência nacional para difundir o conhecimento do zumbido para o público, fator que considera fundamental para o paciente buscar diagnostico e tratamento e participar ativamente do próprio processo de melhora.

Tanit realiza, entre outras ações de conscientização e informação sobre os incômodos auditivos, as ´lives´ e algumas colabs com especialistas da área da saúde como otorrinos, fonoaudiólogos, psicólogos, dentistas, nutricionistas e fisioterapeutas – sempre com o objetivo de transmitir informações atualizadas, motivar a busca pelas várias opções de tratamentos, melhorar a qualidade de vida e estimular a esperança de melhora ou encontrar a cura do zumbido.

Acostumados a sofrer calados, os portadores do zumbido têm dificuldades para encontrar profissionais preparados para lidar com o problema, pois o tema não é difundido nem nas melhores faculdades. E é neste cenário que o G.A.N.Z. chega para exercer sua função de apoio por meio da troca de experiências positivas, o que transmite mais confiança na busca por tratamento e cura.

A médica há mais de 25 anos dedica a carreira a estudar o sintoma e difundir as possibilidades de tratamento e cura junto à comunidade médica mundial. Ela ressalta a importância da dedicação dos médicos: “o comprometimento do otorrino é determinante para o sucesso da investigação das causas e da definição da estratégia individual de tratamento, pois as causas do zumbido são muito variadas e uma consulta rápida geralmente não permite a avaliação real do seu impacto na qualidade de vida do paciente”.

Abrangência Internacional e acolhimento das dúvidas à distância

Para disseminar as informações em território nacional e internacional, e ainda estimular o acesso de todas as pessoas – que estão sendo cada vez mais acometidos pelo zumbido – as lives têm seu conteúdo transmitido em tempo real pelo Instagram (@zumbidonoouvido) e as dúvidas que não conseguem ser respondidas ao vivo são respondidas pela especialista que grava as explicações em vídeo e, além de postar nas redes sociais, ainda envia para o interessado via direct, o que ajuda ainda mais os interessados.

Os participantes recebem ´lições de casa´ ao final de cada encontro – são exercícios que podem ajudar a conhecer melhor o seu sintoma e aprender técnicas de amenizá-lo, em paralelo com o tratamento que fazem com seus respectivos profissionais de saúde. Eles funcionam como dicas que auxiliam no processo de melhora.

Os encontros acontecem semanalmente, sempre às 17h17 do domingo, e têm duração de uma hora. Além das perguntas e depoimentos da audiência, um dos participantes é escolhido para compartilhar sua história com o grupo. A participação de outros especialistas também enriquece a troca de informações, auxiliando com informações sobre o tema.

Toda transmissão fica gravada no IGTV e no canal do Youtube do Instituto Ganz Sanchez, em formato de capítulos, para que mais pessoas possam acessar seu conteúdo. O instituto  disponibiliza vídeos e depoimentos na TV Zumbido e no Canal Youtube.

Fonte: Tanit Ganz Sanchez é médica otorrinolaringologista formada pela Universidade de São Paulo. Profª Livre Docente e Associada da Otorrinolaringologia da Universidade de São Paulo. Fundadora e Diretora do Instituto Ganz Sanchez que há mais de 10 anos que é direcionado exclusivamente ao estudo e atendimento de pessoas com Zumbido, Misofonia e Hiperacusia. Criadora e coordenadora do GANZ: Grupo de Apoio Nacional a Pessoas com Zumbido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s