Câncer de boca é silencioso e reforça a importância de visitas regulares ao dentista

Confira os principais fatores de risco que potencializam o desenvolvimento da doença

Em 25 de outubro é celebrado o Dia Nacional da Saúde Bucal, data para conscientizar a população sobre a importância da higiene bucal para prevenção de doenças. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de boca é o 5° tipo de tumor maligno mais comum entre homens brasileiros.

Foto: Zahnreinigung/Pixabay

É importante ficar alerta a alguns sinais, como dor, dificuldade na alimentação, mau hálito, manchas, feridas e inchaços na região da boca. “Na fase inicial, o câncer de boca não provoca sintomas, fazendo com que a maioria dos casos sejam identificados em estágios avançados”, explica Leandro Toyoji Kawata, cirurgião dentista estomatologista do Cejam.

Por isso, o dentista recomenda que a população mantenha as consultas periódicas nas UBS. “Se o cirurgião dentista observar alguma lesão na boca, o paciente será encaminhado ao Centro de Especialidades Odontológicas para consulta com o especialista”, pontua.

Evitar o tabagismo, bebidas alcoólicas e exposição solar dos lábios, além de ter cuidados para não se infectar pelo vírus HPV, auxiliam na prevenção da doença. “Estudos indicam que há uma relação entre o HPV e o câncer de orofaringe, região posterior da boca”, contextualiza.

Em 2019, foram realizados mais de 114 mil atendimentos e 372 mil procedimentos odontológicos nos consultórios das Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) gerenciados pelo Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim” (Cejam) nos distritos do Jardim Ângela e Capão Redondo, na zona sul de São Paulo.

Prevenção é o caminho

A prevenção é a forma mais simples para evitar problemas bucais. “Ter uma boa higiene bucal, implica em uma técnica de escovação correta pelo menos 3 vezes ao dia, com a utilização de escovas adequadas para cada tipo de boca”, orienta Francis Tsurumaki, Supervisor de Saúde Bucal do Cejam.

Confira algumas dicas importantes:

• Visite regularmente o cirurgião dentista;

• Escove os dentes e uso o fio dental após cada refeição;

Foto: Pablo Merchan Montes/Unsplash

• Tenha uma alimentação saudável;

• Evite ingerir alimentos açucarados a todo momento;

• Troque a escova de dente a cada três meses ou quando as cerdas deformarem;

iStock

• Realize o autoexame bucal.

Fonte: Cejam (Centro de Estudos e Pesquisas “Dr. João Amorim”)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s