São Paulo ganha sorveteria tipicamente francesa

A Jules Artisan Glacier, o mais novo empreendimento de Pascal Abadie, foi inaugurada no fim de dezembro, em Moema. Depois do sucesso na área dos pães de fermentação natural e na confeitaria, com doces típicos da pâtisserie francesa, o chef traz agora sua expertise para o universo dos sorvetes artesanais

Famosa pelas baguettes e croissants, que conquistaram o coração e o paladar dos paulistanos (e da comunidade francesa que vive no Brasil), a Jules L’art du Pain está se lançando agora no mundo dos sorvetes artesanais.

Batizada de Jules Artisan Glacier, a casa fica em ponto na mesma rua e quase vizinha da unidade da Jules de Moema, na Alameda dos Anapurus, na zona sul da capital paulista.

A ideia do local é confeccionar sorbets artesanais, seguindo o melhor da tradição francesa. Assim como na padaria e confeitaria Jules, na nova sorveteria, todos os processos de produção são artesanais e levam ingredientes frescos ou naturais, sendo totalmente livre de corantes, essências, conservantes ou gorduras.

“Os nossos sorbets são saudáveis e nutritivos, produzidos conforme a receita original francesa”, conta Abadie, acrescentando que as delícias são feitas a partir de frutas naturais e água e, em alguns casos, levam leite também.

Para garantir a excelência em qualidade e um paladar genuinamente francês, o chef importou da França os equipamentos da nova sorveteria. Um deles, por exemplo, faz a extração das frutas, preservando todos os seus nutrientes.

Na vitrine haverá sempre dezesseis sabores, que serão rotativos. Porém, a ideia é surpreender o público com versões diferentes, no decorrer do tempo. “As possibilidades são quase infinitas”, conta o chef. Na área dos sorbets de frutas, alguns dos destaques são maçã golden, cenoura com laranja, manga com maracujá e frutas vermelhas, além dos ultra refrescantes limão siciliano, mojito e abacaxi com hortelã, entre outros.

Entre os sorbets mais cremosos, que levam leite na receita, ótimas escolhas são caramelo com flor de sal, baunilha (feito com a fava), chocolate amargo, coco (queimado e fresco) e pistache.

E na hora da degustação, pode-se optar pelo copinho ou por uma original casquinha colorida. Disponíveis em três versões, as casquinhas apresentam crocância na medida certa e são tonalizadas e saborizadas naturalmente. Por exemplo, a cor de rosa é tingida com corante natural de beterraba e tem sabor de água de rosas. Já a preta é feita à base de carvão natural, com gostinho de flor de laranjeira. Por fim, a tradicional, é no sabor baunilha.

Além dos sorbets, a Jules Artisan Glacier dispõe de área de cafeteria, que oferece café expresso, expresso duplo, capuccino, café com leite e água (com ou sem gás). Como bebida especial, o Café Liegeois vem com uma bola de sorvete (baunilha ou chocolate) banhada em café.

Preços: Copinho: R$ 12,00 (com 1 sabor), R$ 14,00 (com 2 sabores), R$ 17,00 (com 3 sabores); Casquinha (artesanais com corantes naturais): R$ 13,00 (com 1 sabor); R$ 15,00 (com 2 sabores); Café Liegeois: R$ 14,90, Expresso: R$ 5,90; Duplo: R$ 7,90; Cappuccino, R$ 8,50; Café com leite, R$ 7,90; Água: R$ 5,50.

Jules Artisan Glacier: Alameda dos Anapurus, 970, Moema. Horário de atendimento: diariamente, das 12h às 20h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s