Tirolez ensina como harmonizar queijos e cervejas

Entenda sobre o amargor de cada opção para identificar o queijo mais adequado

Na gastronomia, a harmonização de ingredientes realça os sabores de uma degustação, tornando o momento em uma experiência única. Com os queijos, as possibilidades de harmonizações são infinitas, desde frutas a bebidas alcoólicas. Mas quais combinações fazem a diferença no paladar? A Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do país, ensina como harmonizar adequadamente queijos com cervejas.

Para acertcar na harmonização de queijos e cervejas, é necessário entender sobre o amargor da bebida, que é medida em IBU (International Bitterness Units). Quanto maior o número, mais amarga a cerveja será: de 10 a 15 IBU terá amargor leve; com aproximadamente 35 IBU, aparecerá um agradável realce lúpulo; e até 60 IBU, será uma cerveja bem amarga.

Os queijos mais suaves combinam com cervejas mais leves, enquanto os intensos harmonizam com cervejas mais fortes, com teor alcoólico elevado e mais amargor. O ideal da degustação  é contar com mais de um tipo de queijo, por isso, sirva água a vontade, pois ajuda a limpar o paladar e ameniza os efeitos do álcool.

Agora, aprenda um pouco mais sobre as harmonizações de queijos e cervejas:

Cervejas Pale Ale e Brown Ale: essas cervejas artesanais são fortes em teor alcoólico, porém, ligeiramente adocicadas, maltadas e de sabor mais intenso. Combine as bebidas com Queijo Emmental e Queijo Gouda, de textura semidura, com tempo menor de maturação, sabor pronunciado e quase sempre levemente adocicado.

Cervejas Pilsen e Lager: ambas as cervejas são suaves e refrescantes. Então, combine-as com queijos leves, como o Queijo Mussarela e os Queijos frescos como a Ricota. Já a Rauchbier, a cerveja defumada mais conhecida no mundo, também é Lager e combina bem com Queijo Provolone.

Cervejas Witbier e a Saison: cervejas frutadas e suaves casam com os Queijos Brie e Camembert, com sabores um pouco mais intensos.

Cervejas IPAS e Cervejas Escuras: cervejas escuras, como Belgian Strong Ale, Porter, Stout e Tripel, têm o malte torrado como principal matéria-prima, responsável por dar aroma e sabor variado à bebida, que chama a atenção por ser doce e amarga ao mesmo tempo. São potentes e têm um sabor marcante, então, a harmonização fica perfeita com queijos intensos e salgados, como o Queijo Parmesão, o Queijo Gorgonzola e o Queijo Provolone defumado. A Cerveja IPA também harmoniza com os mesmos queijos.

Para saber mais sobre como harmonizar perfeitamente queijos e cervejas, confira videoaula gratuita sobre o assunto na Escola do Queijo, um projeto da Tirolez no Youtube, que visa tornar consumidores em especialistas em queijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s