Erros que você pode estar cometendo na hora de aplicar um creme corporal

Cuidar da pele é algo fundamental, mas muita gente ainda só lembra do rosto ou dedica maior parte do tempo a essa área, esquecendo dos cuidados com a pele do corpo. “Especialmente agora que temos mais tempo devido ao isolamento, podemos transformar pequenos momentos de cuidado em verdadeiros momentos de spa. O creme corporal deve fazer parte da nossa rotina diária durante todo o ano, pois ele ajuda a manter a pele hidratada e cuidada, prevenindo também as estrias”, afirma Isabel Piatti, especialista em Estética e Cosmetologia e conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita.

Mas ainda que esse cuidado corporal possa parecer um ritual básico e fácil, existem alguns erros comuns que podem comprometer a eficiência deste cuidado. “Se mesmo usando hidratante diariamente, você continuar a sentir a pele muito seca e pouco saudável, talvez esteja a cometer alguns desses erros”, completa Isabel.

Seu creme conta com óleos minerais: os usados em cosméticos atrapalham a ação dos ativos de tratamento, já que eles não são completamente absorvidos. “Além disso, não são biodegradáveis e proporcionam um grande risco, pois podem causar sérios problemas ambientais, além de riscos à saúde de quem utiliza. A substituição por óleos vegetais garante absorção total (portanto, proporciona também melhores resultados), não passando o sensorial “grudento”, o que por si só dispensa a utilização de papel toalha para retirada ou mesmo o banho”, afirma Isabel.

Existem cremes com bases biocompatíveis (óleos vegetais), como o Bio Lift, da Buona Vita. O creme corporal mantém a firmeza e elasticidade da pele, reduz flacidez e previne contra estrias, podendo ser utilizado em gestantes.

Não escolheu o creme correto: as peles são todas diferentes, daí haver vários cremes com ingredientes e funcionalidades distintas para cada uma delas. “Para pele mais seca ou mais sensível, mais alérgica ou oleosa, há muitas opções e é importante saber o tipo de pele que tem para poder adaptar melhor o produto às necessidades. Ainda que existam algumas soluções mais neutras, que tendam a dar para todas as pessoas, é importante ter atenção a estados hormonais, gravidez, entre outros fatores que podem influenciar as necessidades do momento”, diz a especialista. A Buona Vita conta com uma linha de produtos para peles mais ressecadas e sensibilizadas, e que podem ser utilizados inclusive para pacientes que fazem tratamentos quimio e radioterápicos contra o câncer.

A Loção Corporal Reviver, por exemplo, apresenta um conjunto de ômegas para a reparação e proteção da pele, agindo como uma segunda pele. “A composição traz ácido hialurônico, promovendo a hidratação, o preenchimento cutâneo e a elasticidade, além de permitir a passagem de água para o interior das células, deixando a pele com um toque macio e suave”, afirma.

Royalt Free Image

Você não espalha o produto direito: sim, pode parecer super fácil, mas há muitas pessoas que acabam por espalhar o creme de forma incorreta e não uniforme, o que acaba por diminuir a sua eficácia. “Se deixar de lado alguns pontos como os joelhos e os cotovelos, é normal que sinta a pele muito mais ressecada nessas zonas. É importante que uniformize a sua aplicação, sempre com movimentos circulares e uma leve massagem”, diz Isabel.

Não aplica a quantidade correta: há muitas pessoas que acabam por querer poupar no produto e economizar na quantidade de creme colocado no corpo. “Mas a verdade é que é importante deixar uma camada generosa sob a pele, para que o produto seja corretamente absorvido e penetre bem nas suas camadas”, explica a especialista.

Pinterest

Você não aplica com delicadeza: sabemos que tendemos a ser mais cuidadosos com a pele do rosto do que com a do corpo, especialmente pela sua robustez. “Mas não se engane, movimentos demasiado bruscos e repetitivos podem irritar a pele, fazendo com que o produto perca o seu efeito. Faça antes pequenos movimentos circulares em manobras de massagem. Lembre-se também de aplicar o produto após o banho para melhorar a penetração dos ingredientes cosméticos”, finaliza Isabel.

Fonte: Isabel Luiza Piatti é especialista em estética e cosmetologia, conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita, embaixadora do CIA – Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, e Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC. Profissional Aisthesis. Tecnóloga em Estética e Imagem Pessoal. Pós-Graduanda em Estética e Exercício Físico na Saúde da Mulher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s