Especialista do Hcor dá dicas para manter a imunidade após onda de frio no Brasil

De boas noites de sono ao equilíbrio na alimentação, conheça hábitos que podem te ajudar a ficar com a saúde em dia

No início de agosto, o Brasil passou por uma onda histórica de frio, com várias cidades batendo recordes de baixas temperaturas, com direito até à neve. Dias depois, os termômetros voltaram a subir. Resultado: muita gente gripada, espirrando, tossindo e com crises de rinite. E esses problemas atingem em especial os mais vulneráveis, como crianças e idosos. O que pode ser perigoso em tempos de pandemia.

Para se manter saudável neste sobe e desce, quente e frio, só mesmo fortalecendo o sistema imunológico, principalmente após ter passado por uma gripe. Assim, o ideal é evitar locais fechados, nos quais o ar não circula. Já em casa, vale deixar os ambientes bem ventilados e sempre lavar as mãos ao chegar da rua, hábito que se intensificou na pandemia e que veio para ficar.

A seguir, listamos algumas dicas simples, mas que fazem a diferença quando se fala em incrementar o sistema imunológico, orientadas pelo líder médico da Infectologia do Hcor, Guilherme Furtado:

=Umidifique o ambiente: isso torna mais difícil para os vírus permanecerem no ar. Mas não exagere, pois muita umidade pode favorecer o surgimento de fungos.

=Durma bem: não dormir o suficiente, assim como ter um sono de má qualidade, pode afetar o sistema imunológico. As citocinas, proteínas liberadas durante o sono, desempenham um papel importante na capacidade do corpo de combater infecções.

pixabay

=Hidrate-se: beber muita água ajuda a eliminar as toxinas do corpo e mantém o muco do trato respiratório mais fluído.

=Adote uma alimentação balanceada: manter uma dieta saudável e equilibrada, rica em alimentos integrais, frutas e vegetais frescos, nozes e sementes é importante para um sistema imunológico saudável o ano inteiro. Uma grande parte do seu sistema imunológico está no trato digestivo, portanto, é essencial manter a flora intestinal saudável e funcionando bem.

Daniel Reche/Pixabay

=Pratique atividades físicas: exercícios leves e regulares são bons tanto para o sistema imunológico quanto para a saúde mental. Atividades físicas aumentam o fluxo sanguíneo fazendo os glóbulos brancos circularem melhor pelo corpo.

=Passe algum tempo ao ar livre: ficar confinado pode ajudar na transmissão de vírus, principalmente os respiratórios. Tome um pouco de ar fresco e reabasteça a reserva de vitamina D com o sol, mesmo que seja na varanda do apartamento ou no quintal de casa.

Foto: SelfSetFreeLiving


=Gerencie o estresse: sim, seu estado de espírito pode afetar a saúde do corpo todo, inclusive a mental. Se você estiver com problemas ou se sentindo deprimido, procure ajuda.

=Evite bebidas alcoólicas e cigarro: fumar pode deprimir o sistema imunológico ao suprimir os anticorpos criados pelo corpo para combater o vírus da gripe. Beber mais do que o limite diário recomendado de álcool pode levar ao ganho de peso, e também prejudica a imunidade. Além disso, o álcool desidrata o corpo e cria um ambiente atraente para os vírus.

Agora, se mesmo assim você ficar gripado e sentindo aqueles sintomas clássicos, como dor de cabeça, coriza e febre, você pode utilizar analgésicos e antitérmicos, para ajudar a reduzir a febre e dores no corpo, além de um descongestionante – para ajudar na coriza e nariz entupido. E, se você ficar constantemente gripado, procure um médico para uma melhor avaliação.

Fonte: HCor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s