Especialista desvenda mitos e verdades sobre a kombucha

A expert Ju Fuscaldo, da Experiências do Chá, empresa especializada na produção de kombuchas artesanais, esclarece as principais dúvidas sobre a bebida probiótica que ajuda a saúde

De origem chinesa, kombucha é uma bebida que vem se popularizando entre as pessoas que buscam uma vida mais saudável. A Experiências do Chá, empresa brasileira especializada na cultura do chá e na fabricação de kombucha, aposta em uma base de chás importados da Europa que, junto com a fermentação feita pelo S.C.O.B.Y, colônia de bactérias e leveduras, traz uma saborização única.

A bebida probiótica fermentada é feita de forma artesanal, sem nenhum aditivo químico e com muitos benefícios para o organismo. Dentre os principais estão: a ajuda na regulação do intestino; o auxílio no processo de emagrecimento; a colaboração com o sistema imunológico, melhorando a absorção de nutrientes, entre outros.

De acordo com Ju Fuscaldo, especialista em chás e fundadora da Experiências do Chá, existem muitas incertezas sobre essa bebida, que devem ser explicadas de forma clara. “Para esclarecer as dúvidas sobre a kombucha, reuni as questões que mais surgem quando se trata dos benefícios para aqueles que buscam perder peso, melhorar a saúde ou até mesmo um substituto saudável para o refrigerante”.

Foto: iStock

A bebida é realmente probiótica
Verdade.
De acordo com a Anvisa, para uma bebida ser probiótica, ela precisa ser fermentada por bactérias probióticas. É o que acontece com a kombucha, fermentada pelo SCOBY, conjunto de leveduras e bactérias. É uma bebida perfeita para o equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.

Kombucha traz muitos benefícios para a saúde
Verdade.
A kombucha tem diversos benefícios para a saúde. Dentre os principais estão: ajuda a regular o intestino, ajuda no processo de emagrecimento, ajuda no sistema imunológico, melhora a absorção de nutrientes, entre outros.

Pixabay

A Kombucha possui teor alcoólico
Mito.
A bebida possui um teor bem leve de açúcar, o que sobrou e não foi ingerido pelo SCOBY. A kombucha artesanal não possui teor alcoólico se produzida de forma controlada, mas atenção nos rótulos, pois alguns produtores menos especializados não conseguem ter esse controle já que estamos falando de uma bebida viva e pode acabar contendo traço de álcool.

Kombucha não pode ser consumida por crianças
Mito. Crianças podem consumir a kombucha, mas de forma controlada e iniciando aos poucos. Já gestantes, lactantes e pessoas que têm doenças crônicas devem consultar seus respectivos médicos antes de iniciar o consumo. Para os adultos, sem essas restrições, o indicado é consumir inicialmente em média 200 ml por dia da kombucha, porém após o organismo estar acostumado o consumo é livre e quanto mais melhor.

Getty Images

Dá para fazer kombucha em casa?
Verdade.
Existem muitas pessoas que preparam a própria kombucha em casa. Mas é necessário estar atento aos processos e estudar bastante sobre como preparar corretamente, pois como são bactérias que têm fácil contaminação na hora da fabricação, se não usada a assepsia correta. O sabor pode ficar avinagrado, e isso é normal para quem não tem experiência na produção, mas é uma delícia realizar todo esse processo de descobrimento.

Foto: BenefitsHeader

Kombucha é uma bebida sem conservantes?
Verdade.
A autêntica kombucha não possui conservantes. Porém fique atento a quem a produz pois dependendo da forma como é preparada, algumas indústrias utilizam. As produzidas no Experiências do Chá não adicionam nenhum tipo de conservante em suas bebidas. Elas são totalmente naturais e respeitam o processo milenar de fabricação.

Kombucha não é indicada para quem pratica atividade física?
Mito.
É comum entre os atletas a busca por terapias alternativas e saudáveis para encontrar novas propostas de soluções para suas lesões e limitações, seja massagem ou terapia com óleos essenciais. Por isso, cada vez mais atletas descobriram e estão consumindo a kombucha. Um dos maiores atrativos de seus benefícios para esse grupo de pessoas está na capacidade energizante da kombucha. Que é atribuída à formação de ferro, libertado durante a fermentação do chá e de uma pequena quantidade de cafeína naturalmente presente. Além da absorção de nutrientes que aumenta no organismo de quem a consome.

Fonte: Experiências do Chá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s