Microbioma: um novo mundo de cuidados com a pele

A pele é o maior órgão do corpo humano. Por estar constantemente exposta, sendo interface entre o meio externo e interno, é vulnerável e precisa de cuidados contínuos. Limpar, dormir sem maquiagem, usar produtos adequados por exemplo são maneiras para manter a beleza da pele. Mas é importante olhar também para a saúde dela. Para isso, os especialistas estão hoje atentos a um ponto até agora pouco falado: as bactérias que habitam nesse ecossistema.

“Assim como o intestino, a pele tem seu próprio ecossistema, composto por milhões de bactérias, fungos e vírus que compõem a sua flora”, diz a dermatologista Luciana Garbelini, de São Paulo. “Há tempos se fala sobre os benefícios para a saúde de manter o equilíbrio no microbioma intestinal, mas quando se trata de cuidados com a pele, as bactérias geralmente são percebidas como algo que precisa ser removido. Essa narrativa está começando a mudar nos círculos científicos”, diz Luciana.

PassionArtist/Shutterstock

Hoje se sabe que a pele é formada por bactérias “boas” que têm a função de protegê-la, como se fosse uma barreira. Esses microrganismos são os chamados comensais, e a presença deles previne o surgimento de germes causadores de doenças, além de manter o pH em equilíbrio. Esse ecossistema é chamado de microbioma. “Acredita-se que o microbioma é a chave para melhorar a aparência da pele, começando por abordar as causas de determinadas doenças da pele e não apenas os sintomas”, afirma Luciana.

A principal função das boas bactérias é apoiar a barreira protetora da pele e manter uma infinidade de problemas, como ressecamento, irritação, acne e eczema distantes. “Os ingredientes fermentados funcionam de maneira semelhante na pele como no sistema digestivo, mantendo o equilíbrio. Por esse motivo, um número crescente de marcas de beleza está se apoiando nesses ativos para criar cuidados para a pele que sejam amigáveis ao bioma, como os probióticos e prebióticos”, diz a médica.

Ela alerta que é importante estar sempre atento ao que se aplica na pele, e com que frequência, especialmente no uso de medicamentos tópicos, formulações caseiras ou produtos à base de ácidos. O uso excessivo de qualquer um deles pode alterar o equilíbrio do pH e perturbar o microbioma da pele. Por isso, é recomendado procurar um especialista para não acabar tendo um efeito contrário ao desejado”, diz.

Quando o microbioma está em desequilíbrio a pele costuma dar sinais como sensibilidade, coceira, vermelhidão, ressecamento. E algumas doenças podem estar relacionadas também com esse problema tais como dermatite atópica, dermatite seborreica, psoríase, acne e rosácea.

Como equilibrar o microbioma

=Cuidar da alimentação: diminuir o consumo de doces, frituras e comidas ultraprocessadas, normalmente carregadas de açúcar e gordura;
=Amenizar o estresse do dia a dia. Isso pode ser a causa do desequilíbrio no microbioma, piorando quadros de acne, psoríase e outras dermatites.
=Evitar ingredientes excessivamente agressivos ou uso exagerado de produtos, como esfoliantes, corticoides, antibióticos ou tratamentos com medicamentos tópicos que não sejam recomendados pelo dermatologista.

MyMedicineBox


=Tomar banho rápido e morno com sabonetes que respeitem o pH da pele.
=Manter a pele sempre hidratada. Assim se favorece um ambiente na pele favorável para os microrganismos bons.
=Apostar em um hidratante com ativos prebióticos que favorecem as bactérias boas do microbioma.

ThatSister


=Usar filtro solar com hidratantes para manter o equilíbrio.

Luciana Garbelini é dermatologista Formada pela Universidade de Santo Amaro. Residência médica em Dermatologia na Universidade de Santo Amaro, Pós-graduada em cosmiatria e estética no Instituto Superior de Medicina. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s