O doce é o grande vilão do emagrecimento?*

Quando falamos sobre processo de emagrecimento logo nos vem à cabeça que, para termos resultados, será necessário passar por um longo período de privação em relação aos prazeres alimentares. Mas posso te garantir que este não é o melhor caminho.

Há comprovação que a restrição alimentar severa é a principal causadora da compulsão alimentar. Como nutricionista especialista em emagrecimento e ex-obesa, posso afirmar que é extremamente importante que continuemos sentindo prazer na alimentação para que consigamos manter um processo de emagrecimento. É durante a reeducação alimentar que você deve aprender quanto e como consumir os alimentos mais prazerosos para o seu paladar.

A grande maioria das pessoas considera que o doce é o grande vilão no processo de emagrecimento, é exatamente este tipo de crença limitante que trabalho para desconstruir no consultório. O doce, em quantidades adequadas, cabe diariamente na alimentação. A grande vantagem é que, atualmente, o mercado nos oferece uma vasta opção de doces saudáveis, sem adição de açúcares, os quais entregam um sabor igualmente gostoso aos tradicionais.

A ingestão consciente e equilibrada de doces saudáveis gera ao seu organismo prazer emocional e fisiológico, isto ocorre porque seu consumo está associado a memórias afetivas, além de causar liberação de neurotransmissores que nos dão a sensação de prazer e felicidade.

Se você já passou por diversas tentativas de emagrecimento e vive no efeito sanfona, este é o momento de você mudar a rota. “Escute” seu corpo! Faça as pazes com os alimentos, tornando-os seus maiores aliados. Desta forma você passará a entender sobre fome e saciedade, sobre respeitar seus desejos (sem exceder) e também sobre quais são os gatilhos que te fazem perder a adesão na sua transformação alimentar.

É importante que você saiba que nosso organismo pode oscilar, assim como o processo de emagrecimento. Então, caso algo não saia como o planejado, pare, reflita e recomece. A única maneira de modificar o seu padrão alimentar é, diariamente, querer e praticar uma alimentação consciente, saborosa e balanceada.

*Laura Calipo é nutricionista com experiência clínica voltada ao esporte, emagrecimento e fitoterapia. Formada pela Unicamp, possui pós-graduação em nutrição esportiva e em fitoterapia. Ela escreveu sobre reeducação alimentar a convite da Flormel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s