Covid, gripe ou resfriado: quando procurar atendimento médico?

Especialista comenta a diferença entre as infecções virais e quais sintomas merecem maior atenção

Com o início do inverno, as doenças respiratórias vêm à tona e qualquer espirro ou coriza logo nos faz questionar se estamos passando por um quadro gripal ou ainda se a Covid-19 é a responsável pelos sintomas. O que normalmente acontece é que utilizamos de forma geral o termo gripe para nomear toda e qualquer doença respiratória. Mas apesar da gripe, resfriado e da Covid provocarem sintomas parecidos, eles merecem atenção e exigem tratamento individualizados.

A coordenadora do curso de Enfermagem da Faculdade Anhanguera, Clarice Conceição salienta que conhecer as principais diferenças entre essas infecções virais pode ser uma boa forma de saber quando é preciso ir ao hospital ou fazer um tratamento mais direcionado e eficaz.

“A Covid-19, a gripe e o resfriado afetam nosso sistema respiratório e causam sintomas como cansaço, nariz entupido, dor de garganta e até febre, mas possuem características distintas que permitem a sua diferenciação”, explica Clarice.

Como diferenciar?

Nem sempre a doença se manifesta de forma igual, mas geralmente a evolução do quadro é um bom sinalizador:

-Gripe: os sintomas são mais agudos, surge de um dia para outro com sintomas fortes, como febre e intenso mal-estar.
-Resfriado: a evolução é lenta e os sintomas são mais leves, como uma febre baixa por exemplo. Costuma melhorar em poucos dias.
-Covid-19: a evolução geralmente é gradual, com uma piora do quadro clínico. Outro diferencial que podemos lembrar é a falta de olfato, muito comum em pessoas com Covid-19, mas rara nos demais casos.

É importante sempre ter a avaliação de um profissional médico, seja presencialmente ou em atendimento por telemedicina (neste caso, proporciona avaliação médica sem que o paciente precise se deslocar até um pronto-socorro). Na presença de sintomas de alerta, o atendimento presencial a nível hospitalar é o mais indicado.

Como identificar que é hora de procurar um hospital?

StockAdobe

Independente da causa, em caso de sintomas, cuidados como o uso de máscara, lavar as mãos e aplicar álcool gel com frequência, evitar contato próximo com outras pessoas, além de ficar de repouso e beber bastantes líquido, são recomendações gerais.

No entanto, é necessária uma avaliação hospitalar quando apresentamos os sintomas de alerta, que geralmente são sintomas são mais intensos, como febre persistente, dor muscular intensa e generalizada, sensação de falta de ar e dor no peito.

“Quando há suspeita de Covid, é preciso ficar atento à evolução dos sintomas, além da necessidade de confirmação do diagnóstico por meio do teste de RT-PCR. O isolamento social, para evitar a propagação da doença, também não pode ser esquecido”, finaliza a especialista.

Fonte: Anhanguera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s