Chandon apresenta seu novo espumante: Blanc de Noir

Com a expertise do enólogo chefe Philippe Mével. A Chandon, se dedica exclusivamente à elaboração de espumantes excepcionais de forma inovadora, corajosa, colaborativa, inspiradora e em busca de um futuro mais sustentável com o olhar para a preservação de suas terras e para a comunidade em seu entorno. 

O vinhedo próprio da marca, localizado em Encruzilhada do Sul, a partir de 2020, foi a primeira vinícola brasileira exclusivamente dedicada a elaboração de espumantes a receber a certificação PIUP (Produção Integrada de Uva para Processamento) de viticultura sustentável para elaboração de espumantes.

Esse vinhedo único, em Encruzilhada do Sul, dá origem ao Chandon Blanc de Noir. Em altitudes de 350 m são cultivados uvas Pinot Noir, em clima ameno e bem ventilado. Lá encontramos condições que combinadas a um manejo adequado e totalmente sustentável permitem obter uvas de alta qualidade, sãs, maduras, apresentando bons teores de acidez natural e aromas delicados, características essenciais para elaborar um excelente espumante, como o Chandon Blanc de Noir”, diz Philippe Mével, enólogo chefe da marca.

Em 2022, a Chandon lança seu primeiro espumante extra brut (6 g/L), 100% varietal com uvas Pinot Noir colhidas a mão, procedentes do nosso vinhedo certificado de Encruzilhada do Sul. O novo espumante apresenta um visual de cor amarelo claro, com reflexos esverdeados e prateados, de espuma em abundância e de borbulhas finas ativas e numerosas; no olfato têm aromas de frutas como morango, nectarina, damasco fresco e amora, com toque de amêndoa e pimenta rosa; e no paladar traz muito frescor, acidez marcante, equilíbrio, maciez e delicada estrutura.

“O Chandon Blanc de Noir traz inovação da Chandon no mercado de espumantes com um extra brut marcante e frutado, que alcança paladares diversos. Em um novo mundo de possibilidades, a empresa se posiciona como uma marca que pensa em seus consumidores, nas comunidades e em um futuro responsável e sustentável”, diz Catherine Petit, diretora geral da Chandon do Brasil.

E a marca conquistou a certificação PIUP colocando em prática técnicas de sustentabilidade no terroir único, as quais consistem em estimular as defesas naturais da videira, reduzindo o uso de produtos químicos, racionalizando o manejo do vinhedo e melhorando as condições para cobertura vegetal e o aumento da biodiversidade. Favorece, assim, a vida e a saúde do solo, aumentando sua fertilidade promovendo melhor drenagem e retenção da água. Estes fatores elevam o teor de matéria orgânica do solo, que, desta forma, sequestra o gás carbônico, um dos principais gases responsáveis pelo efeito estufa. Além disso, implementa um sistema de logística reversa que permite que os resíduos sejam revertidos à indústria e reutilizados. 

Hoje em dia, durante o processo produtivo na vinícola são reciclados e esforços constantes são destinados à melhoria contínua desses números. A empresa separa de acordo com cada categoria e o envia diretamente a fornecedores locais que o reciclam mais de 99,34% dos resíduos gerados.

Foto: @pridiabr.png

A Chandon acredita que o espumante é mais do que um produto agrícola, é a reunião de uma comunidade de talentos em busca de um resultado excepcional e sustentável; por isso, a saúde e a manutenção da terra, do meio ambiente e das pessoas são de extrema importância no processo de elaboração até a entrega dos seus espumantes excepcionais na casa de seus consumidores.

As garrafas de Chandon Blanc de Noir estarão disponíveis para vendas à partir de 20 de maio de 2022, no site da Wine.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s