Sustentabilidade na cozinha: muito além do preparo dos alimentos

Especialista da Cruzeiro do Sul Virtual, Regina Costa, relata que a gastronomia sustentável representa direta ou indiretamente, um papel social, econômico, cultural e ambiental, cada vez mais necessário

Ao seguir uma receita e preparar um alimento com todos os ingredientes necessários, na maioria das vezes, parte da refeição acaba sendo desperdiçada ou eliminada durante o processo. Desta forma, é necessário realizar um planejamento desde a lista de compras até o seu consumo, pensando no melhor aproveitamento dos alimentos.

Segundo Regina Costa, coordenadora do curso de Gastronomia da Cruzeiro do Sul Virtual, o foco da gastronomia sustentável é se preocupar com práticas que vão além dos nutrientes que compõem as refeições, mas está relacionada à mudança nos impactos causados pelo consumo alimentar, como o desperdício de comida, o consumo consciente de produtos em risco de extinção, coleta seletiva e o reaproveitamento de alimentos.

Descartar partes de alimentos que poderiam ser consumidos, representa hoje no Brasil, um dos maiores hábitos de desperdício. Comportamentos como jogar fora as cascas, talos e sementes, simboliza uma ação natural durante o preparo de alimentos. Porém, vale destacar, que estas partes da comida também são ricas em vitaminas e podem possuir até 40 vezes mais nutrientes do que a própria polpa.

“O aproveitamento integral dos alimentos vêm ganhando cada vez mais espaço na mídia e isso representa uma mudança de hábito e um maior aproveitamento dos nutrientes disponíveis nesses alimentos, contribuindo com a redução de lixo e aumentando a economia doméstica”, alerta a profissional.

Regina explica que o desafio, porém, é conscientizar a população a vencer o preconceito acerca do uso integral de determinados alimentos nas refeições e entenderem que várias preparações podem ser desenvolvidas com aproveitamento de 100% dos ingredientes. Veja abaixo um exemplo:

Geleia de casca de banana (fonte: Mesa Brasil, SESC)

Foto: Territórios Gastronômicos

Ingredientes:
1 kg de casca de banana
1 kg de açúcar
1 colher (sopa) de caldo de limão
1 xícara (chá) de água

Modo de Preparo:
Levar para cozinhar as cascas com água e quando amolecer, bater no liquidificador. Depois, colocar em uma panela, acrescentar o açúcar e o limão e levar de volta ao fogo para cozinhar, mexendo de vez em quando no início, e depois mexer sempre até soltar do fundo da panela. Retirar da panela e deixar esfriar.

A docente finaliza destacando as maiores vantagens ao praticar a sustentabilidade dentro da cozinha: “A gastronomia sustentável representa direta ou indiretamente, um papel social, econômico, cultural e ambiental, onde podemos destacar vantagens como: Conservação da biodiversidade e proteção de espécies ameaçadas de extinção; Valorização e estímulo à agricultura e pecuária local; Redução da emissão de gases poluentes e da produção de resíduos; Estímulo à produção e ao consumo de alimentos mais saudáveis”.

Fonte: Cruzeiro do Sul Virtual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s