Artrose: cinco dicas que ajudam a prevenir a doença que acomete milhões de brasileiros

Hábitos de vida saudável, controle do peso, exercícios de baixo impacto e acompanhamento ortopédico em casos de predisposição podem retardar o diagnóstico e evolução dos desgastes nas articulações

Embora seja uma doença que acometa com mais frequência as pessoas acima dos 65 anos de idade, a artrose tem vitimado uma população cada vez mais jovem. Maus hábitos alimentares, obesidade e modalidades de exercícios físicos de alto impacto e consequente traumas provenientes dessas práticas têm feito com que pacientes na casa dos 30 aos 50 anos procurem ajuda profissional, relatando dores causadas pelo desgaste de articulações como as do joelho. De acordo com o último levantamento divulgado pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), cerca de 20% dos indivíduos na faixa dos 30 anos já sofrem com a doença no país.

Por se tratar de uma enfermidade degenerativa e irreversível, a melhor maneira de evitar um diagnóstico de artrose é seguir algumas medidas básicas de cuidados, voltadas aos hábitos de vida saudável, a prática regular de exercícios e o acompanhamento frequente com um médico ortopedista, especialmente em casos de predisposição por fatores hereditários. Veja, a seguir, algumas dicas que podem ajudar a preservar a saúde das articulações.

Mantenha uma alimentação saudável e equilibrada

Freepik

A escolha por alimentos naturais e saudáveis, refeições equilibradas em termos de grupos alimentares e na quantidade correta para atender as necessidades diárias de nutrientes e calorias, podem contribuir diretamente para o estado de saúde em geral, incluindo as cartilagens das extremidades ósseas. Excluir da dieta os alimentos processados e ultraprocessados como os industrializados e os fast-foods, ricos em sódio, açúcar e gorduras ruins também reduz o potencial de inflamação do organismo, que acomete diferentes órgãos e funções. A inflamação das articulações, conhecida como artrite, desencadeia, com o passar do tempo, a presença da artrose.

Controle constantemente seu peso corporal

Não se trata de uma obsessão com a balança, mas o acompanhamento nutricional e endócrino, com dietas equilibradas e a avaliação de algumas funções do corpo pode ser uma boa maneira de controlar o peso corporal e evitar a obesidade. O excesso de peso, com o passar do tempo, sobrecarrega e provoca o desgaste das articulações, levando precocemente ao diagnóstico da artrose.

Pratique exercícios que fortaleçam a musculatura e as articulações

Shutterstock

A prática regular de atividades como yoga, pilates, natação, exercícios aeróbicos e alongamentos ajudam a fortalecer a elasticidade das articulações. Alternar esses exercícios com os de fortalecimento muscular, como a musculação, evita a sobrecarga das extremidades ósseas, já que os músculos atuam de forma a absorver impactos e lesões na região.

Evite exercícios de repetição e de alto impacto

Freepik

Esportes como vôlei, futebol, basquete e o recente crossfit, que demandam esforços concentrados, repetitivos e de alto impacto, podem acabar lesionando articulações como as do joelho. É preciso ter cautela nessas práticas, garantindo o uso de equipamentos e acessórios adequados, assim como o acompanhamento de um instrutor ou educador físico capacitado.

Predisposição genética requer acompanhamento ortopédico

Este é um fator que jamais deve ser ignorado, inclusive, trata-se de um motivo importante para redobrar os cuidados com as articulações. A boa notícia é que como todo fator genético/ predisposição, é possível ser contornado ou, pelo menos, postergado, a partir dos cuidados básicos com alimentação e exercícios. Em todos os casos, o acompanhamento da saúde articular junto a um médico ortopedista pode fazer toda a diferença nessa rotina de prevenção e diagnósticos precoces.

Pensando em ajudar pacientes que sofrem com doenças ósseas ou articulares e têm interesse em saber mais sobre a saúde musculoesquelética, a Zimmer Biomet lançou recentemente o portal The Ready Patient. Por meio de diversos artigos publicados no canal é possível entender um pouco mais sobre a temática, diagnósticos, curiosidades, dicas de vida saudável, preparo e recuperação de cirurgias como as de quadril e joelho. Basta clicar aqui e conferir o conteúdo completo.

Fonte: Zimmer Biomet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s