Arquivo da categoria: APP

Rotina alimentar diferente para quem tem diabetes é mito?

Aplicativo mostra que alguns cuidados permitem uma vida sem restrições

Conviver com o diabetes atualmente já não é uma tarefa tão difícil quanto foi no passado. Com a ajuda da tecnologia, é possível monitorar índices de glicemia ao longo do dia e ajustar as doses de insulina de acordo com a alimentação e a rotina.

Segundo levantamento do aplicativo Glic, plataforma gratuita que conecta quem tem diabetes à equipe de saúde para facilitar a evolução da prescrição médica, o arroz, por exemplo, que já foi considerado um carboidrato vilão, é um dos alimentos mais consumidos pelos usuários da plataforma. Isso demonstra que, com os cuidados adequados, a rotina alimentar de quem tem diabetes não precisa ser diferente da rotina de quem não tem, sendo possível comer arroz, feijão, pão, queijos, ovos e frutas sem problemas. O importante é seguir monitorando em tempo real o que foi consumido para ajustar a glicemia.

Claudia Labate, CEO do Glic, defende que a educação em diabetes para quem recebeu o diagnóstico deve ser o mais humanizada possível, para evitar que a pessoa caia na desinformação ou deixe de se cuidar, piorando o quadro. “Quando a pessoa recebe a confirmação de diabetes, ela passa a acreditar que viverá uma vida de restrições por conta de algumas desinformações que são compartilhadas. Porém, fazendo alguns ajustes necessários, ter diabetes passa a ter menos impacto na rotina e a pessoa consegue comer e beber sem qualquer tipo de bloqueio”, reforça.

Pensando em facilitar a rotina de quem convive com o diabetes, para que o autocuidado se torne um hábito, Claudia traz algumas dicas:


Tecnologia como aliada
Aplicativos de saúde são uma ótima solução para quem quer ter uma rotina mais controlada com o diabetes. Dentro do Glic, por exemplo, é possível anotar tudo que é consumido durante o dia, identificando as glicemias por horário. Assim, o próprio app pode ajustar as doses de insulina. A ferramenta também permite compartilhar os relatórios com o médico a qualquer momento, sem a necessidade de uma consulta.



Calcular carboidratos
Arroz, feijão, batata, macarrão, ovos e legumes estão entre os alimentos mais consumidos por quem tem diabetes. Para que não seja preciso cortar nada da alimentação, uma sugestão é utilizar uma calculadora de carboidratos para adequar o consumo e torná-lo o mais saudável possível. Com pequenos ajustes, pode-se evitar qualquer restrição ao longo da vida.


Bebida alcoólica de forma moderada
Bebidas alcoólicas possuem altas calorias e podem prejudicar a rotina de quem tem diabetes. É importante manter um consumo social moderado e nunca de estômago vazio, para evitar hipossuficiência.

Sobre o Glic
O Glic é o primeiro app para diabetes e acompanhamento de glicemia do Brasil, desenvolvido para auxiliar a rotina de cuidados com o diabetes, por meio de diversas funcionalidades como: consulta e registro de carboidratos, cálculo de dose de insulina, lembretes de medicamentos e registro de glicemia. Além de participar do dia a dia de quem tem diabetes e seus cuidadores, ele se conecta com a equipe médica em tempo real, por um prontuário eletrônico, permitindo decisões mais esclarecidas para o tratamento do paciente.

App de relacionamento Inner Circle oferece selo que indica se o crush está vacinado

Iniciativa quer dar mais transparência para os membros decidirem sobre encontros presenciais

A pandemia está sendo um grande desafio para os solteiros. Os encontros em bares, as baladas e as idas a restaurantes foram substituídos por encontros virtuais e trocas de mensagens. Com a chegada do frio, a solidão e a carência aumentam enquanto as temperaturas caem. É o momento perfeito para encontrar seu cobertor de orelha, aquele alguém com quem dividir momentos de carinho. Mas como fazer isso com segurança?

A vacinação está avançando no Brasil, permitindo que os mais jovens sejam vacinados. Mas, até que a população esteja totalmente protegida com as duas doses da vacina, ainda existe um risco. Portanto, para ajudar os solteiros a tomar decisões seguras sobre encontrar ou não o crush, o Inner Circle , aplicativo global de relacionamento, criou um selo para ajudar a descobrir se a pessoa em quem você está interessado já foi vacinada.

O selo já está disponível e é o primeiro do tipo em aplicativos brasileiros. A iniciativa permitirá que os membros mostrem seu estado de vacinação em quatro opções: Estou totalmente vacinado, estou aguardando minha segunda dose, pretendo receber a vacina e não vou receber a vacina.

“O selo permite que os solteiros tenham mais transparência na hora de flertar com outras pessoas e possam tomar melhores decisões na hora de decidir se encontrar presencialmente. É um assunto sobre o qual eles estão falando. De abril para maio, percebemos um aumento de 35% nas menções à palavra ‘vacina’ nas conversas, justamente quando as gerações mais jovens estão tomando suas primeiras doses da vacina”, disse o CEO e fundador da Inner Circle, David Vermeulen.

Com mais pessoas sendo vacinadas, o otimismo com os encontros presenciais aumenta. O aplicativo também descobriu que os solteiros que mencionaram ter sido vacinados em seus perfis têm 45% a mais de chances de encontrar um match do que aqueles que ainda não foram imunizados. É o poder da vacina.

Mesmo com o aumento do otimismo, é importante seguir as recomendações dos órgãos de saúde: usar máscaras, lavar as mãos com frequência, utilizar álcool em gel e manter o distanciamento social.

Sobre o Inner Circle

Inner Circle é um aplicativo de relacionamentos diferente, criado a partir da crença de que qualidade é melhor do que quantidade. 3.5 milhões de solteiros focados em suas carreiras – de todas as esferas da vida – em 57 cidades de 27 países, formam a comunidade do Inner Circle. A equipe por trás do aplicativo analisa cada perfil através de critérios de segurança, esforço e mindset para que os membros vejam apenas perfis detalhados de pessoas com quem eles realmente gostariam de sair.

Os membros são incentivados a se encontrarem por meio do aplicativo, em eventos exclusivos do Inner Circle e na vida real. A empresa de tecnologia autônoma e independente foi fundada em 2012 em Amsterdã e foi classificada na lista FT 1000 2021 como uma das empresas de crescimento mais rápido na Europa.

Sexualidade prateada: a presença dos prateados nos aplicativos de relacionamento*

Tecnologia e relacionamentos têm tudo a ver com maturidade, aliás, são duas coisas que os maduros gostam e nas quais investem tempo e energia. A pandemia, com todo o contexto de isolamento e distanciamento social, contribuiu muito para o aumento nas buscas por aplicativos de relacionamentos. Confinadas em casa, pessoas de todas as idades passaram a procurar mais por esse recurso para se relacionar com o outro.

De acordo com dados divulgados pelas próprias plataformas, o Happn – aplicativo de paquera no estilo do Tinder –teve um aumento de 18% nas mensagens trocadas; The Inner Circle, também no mesmo estilo, mas com um posicionamento de mercado mais voltado para a qualidade dos matches e não para a quantidade, teve um aumento de 15% nas “curtidas” e 10% nas mensagens enviadas. O Par Perfeito, por sua vez, registrou um crescimento de 70% de novos usuários, além de um ganho de 20% no tempo médio gasto no aplicativo e no site.

Os maduros não ficam fora desses resultados. Parcela da população que ganhou holofotes nesta pandemia por causa da vulnerabilidade diante do vírus, os prateados também estão nesses aplicativos. No Coroa Metade, plataforma focada em pessoas a partir de 40 anos, houve um aumento de 17% nos cadastros entre abril e outubro de 2020 em comparação aos seis meses anteriores à pandemia.

A presença digital dos maduros não me espanta! Quando coordenei a pesquisa Tsunami 60+, em 2018, descobri que esse grupo tem uma presença forte e marcante em tecnologia. Para se ter uma ideia, somente 10% dos entrevistados – em um universo de quase três mil pessoas – disseram não estar em nenhuma rede social. E, uma vez conectados, 81% acessam redes sociais; 80% pesquisam na internet; 66% tiram e gerenciam fotos e vídeos; 64% checam e-mails e 61% assistem a vídeos.

Por isso, gosto de dizer que a internet, para eles, é a janela para o mundo. Nas entrevistas que fizemos, as pessoas afirmaram adorar receber de 50 a 60 “mensagens de bom-dia” a cada manhã. Para esse público, isso é um movimento ¬– uma pulsão da existência muito forte nessa fase da vida – quando a pessoa começa a trabalhar menos e ficar mais em casa. O que a internet tem feito é proporcionar que essa movimentação permeie diferentes áreas da vida. E o relacionamento é uma delas. Os maduros são um público que quer viver o agora e não têm mais tempo a perder. Relacionar-se com o outro, na forma de amizade ou amor, é fundamental para que mantenham a qualidade de vida.

No Coroa Metade, 69% dos homens procuram namoro; 54%, amizade; 21%, casamento; e 38%, sexo. Com relação às mulheres, 70% querem namoro; 51%, amizade; 20%, casamento; e 6%, sexo. Isso tem muito a ver com a liberdade que os maduros estão conquistando, seja na forma de procurar o relacionamento, seja na necessidade de não esconder mais a idade e os cabelos brancos. Grande parte dos usuários maduros quer mesmo é mostrar que aos 50, 60, 70 ou 80 anos ainda é possível namorar, ter uma vida sexual ativa, fazer novos amigos e se divertir.

Prova disso é que este público também está em sites de pornografia. Dados de 2019 do Pornhub – maior site de pornografia no mundo – apontam que os visitantes com idade entre 55 e 64 anos têm 83% mais probabilidade de assistir a vídeos na categoria “Vintage” e 65% acessam os da categoria “Maduros”, quando comparados a outras faixas etárias. Para visitantes seniores com mais de 65 anos, a categoria “Closed Captions” ganhou 77% de visualização e os vídeos “Vintage” foram duas vezes mais populares quando comparados aos visitantes mais jovens.

Esses dados revelam que tanto a pornografia quanto os aplicativos são recursos que estão presentes na realidade dos maduros, um grupo que cresce no mundo todo e tem como característica uma curiosidade de entender as novidades que o mundo oferece. Não é à toa que já existem diversas empresas focadas em oferecer encontros a esse público, como Coroa Metade, Solteiros 50 e OurTime Brasil. E, se o caminho para expandir as relações passa pela internet e pelos aplicativos, eles estão lá, curiosos para entender, aprender e utilizar essa ferramenta.

*Layla Vallias foi eleita, em 2021, pela Forbes Under 30, uma das jovens brasileiras mais influentes com menos de 30 anos – é cofundadora do Hype50+, consultoria de marketing especializada no consumidor sênior e da Janno – startup agetech que tem como missão apoiar brasileiros 50+ em seu novo plano de vida. Foi coordenadora do Tsunami60+, maior estudo sobre Economia Prateada e Raio-X do público maduro no Brasil, e diretora do Aging2.0 São Paulo, organização de apoio a empreendedores com soluções para o envelhecimento em mais de 20 países. Mercadóloga de formação, com especialização em marketing digital pela Universidade de Nova York, trabalhou com desenvolvimento de produto na Endeavor Brasil.

Liv Up lança opções de saladas com sabores cítricos para o verão

Embalada pelos recordes de venda em dias de calor, startup vai anunciar menu refrescante para época mais quente do ano

Recordes de temperatura e alta demanda por pedidos de saladas. Foi essa a tendência que permitiu a startup de alimentação saudável Liv Up confirmar a preferência dos paulistanos por alternativas mais leves e saudáveis no calor, e trazer ao cardápio a novidade do verão: sabores cítricos.

Além de não restarem dúvidas que são extremamente benéficas à saúde, as saladas são ótimas para driblar a sensação de calor, isso por que com a temperatura do ambiente muito próxima a temperatura corporal, o metabolismo não precisa gastar tantas calorias, o que acaba desestimulando o apetite e despertando o desejo por refeições mais leves, e em sua maioria, menos calóricas que possam facilitar o processo de digestão.

Com isso, a startup, que tem em seu propósito a missão de levar alimentação saudável ao maior número de pessoas, resolveu incrementar o cardápio de seu delivery de saladas que opera desde março na cidade de São Paulo e, desde 18 de novembro oferece também três novos sabores com um toque cítrico. As saladas, que são oferecidas pela empresa, como o prato principal, possuem equilíbrio nutricional desenvolvido pelos nutricionistas da empresa com um toque de chef, que garante os sabores exclusivos e gostosos na medida perfeita para lembrar que comer bem pode, sim, ser muito gostoso, e que a salada é um prato que se come cheio.

“Nos meses de setembro e outubro, quando a cidade de São Paulo atingiu o recorde de temperatura no ano, registramos um aumento médio de 38% em relação às vendas normais. Os picos foram exatamente nos dia 30 de agosto, 1 e 2 de setembro, quando os paulistanos tiveram que lidar com 37º de temperatura. Esses recordes de calor e as novas dinâmicas da cidade no contexto de pandemia vêm acelerando a tendência de delivery de comida leve e saudável e a maior preocupação com a saúde e o bem estar”, explica Tatiana Lanna.

Os novos sabores disponíveis no aplicativo da Liv Up ( iOS ou Android) para a região metropolitana de São Paulo são:

Salada de falafel (R$ 27,90)

Rica em fibras e com aquele frescor que o verão pede. Plant based, para agradar a vegetarianos e para quem gosta de provar novos sabores.
Ingredientes: mix de folhas orgânicas, falafel, tomate grape fruit orgânico, pepino, azeitona preta e hortelã fresco.

Salada de Frango Caprese (R$ 32,90)

Com ingredientes clássicos e um toque de chef, é uma salada diferente, rica em proteínas e cheia de sabor.
Ingredientes: mix de folhas, frango grelhado, mussarela de búfala, queijo minas, tomate confit orgânico e manjericão fresco.

Salada de Salmão Croc (R$ 35,90)

Refeição completa e uma combinação sem igual de sabores com salmão, gergelim e tomate orgânico confitado.
Ingredientes: salmão em lascas, gergelim preto, tomate orgânico confit, pepino, cebola roxa, dill fresco, limão fresco e chips de mandioquinha.

Informações: Liv Up

Dia do Idoso: é possível auxiliar a distância um que more sozinho?

Hoje é o Dia do Idoso, aproveitando a data,  uma novidade que pode ajudar muita gente: dispositivo inteligente permite que família acompanhe, em tempo real, os acontecimentos de um senhor que vive sozinho

Fernando Coutinho, 89 anos, compõe o grupo de 15,1% da população acima de 60 anos que vive sozinho. Segundo a filha, Catarina Coutinho, ele não quer mudar de casa e nem quer pessoas morando com ele, pois ainda é lúcido, ativo e independente. “A gente explica que seria mais seguro ele ficar com um cuidador ou vir morar conosco, mas ele não quer e temos que respeitar as vontades dele”, explica.

Procurando alternativas para conseguir estar sempre próxima ao pai, mesmo não morando na mesma casa, e ter informações diárias sobre ele, Catarina buscava na internet soluções que poderiam ajudar nessa tarefa e acabou encontrando a HelpBox, dispositivo inteligente, que otimiza o atendimento à pessoa idosa , com monitoramento 24 por 7, por meio de Inteligência Artificial.

“Fazia dias que estava buscando algo que pudesse me auxiliar no cuidado diário e ao me deparar com a HelpBox, enxerguei que era uma opção viável, interativa, de fácil acesso e por um preço que cabia no bolso. Pesquisei mais um pouco, para ter certeza, e fechei. Não me arrependo nem um pouco da decisão”, afirma Catarina.

A HelpBox é um conjunto de equipamentos que inclui uma caixa de resposta por voz e uma pulseira inteligente que permite o acompanhamento das atividades dos idosos em tempo real. Com fácil instalação e manuseio intuitivo, o senhor Fernando aprendeu rapidinho como colocar a pulseira, como se comunicar com a caixa e, também, como manusear os dois dispositivos.

Além de ter uma interação em tempo real com o idoso, a HelpBox também oferece um aplicativo, que permite a Catarina acompanhar, em tempo real, o que acontece com seu pai. “Com a visibilidade dos relatórios semanais que a empresa nos passa e, também, com o aplicativo, tenho a sensação que estou muito mais próxima dele e que ele está sendo muito bem cuidado, sem perder a independência que tanto ama”, comenta. “Eu descobri, com a ajuda da tecnologia, que ele andava dormindo muito tarde e eu não saberia dessa informação antes, pois ele não me contaria. Como toda filha, já peguei no pé dele”, afirma rindo.

Auxílio no Cuidado

O sistema da HelpBox é o único com monitoramento em tempo real, respeitando a privacidade e autonomia do idoso. Ele identifica se o paciente estiver muito agitado, realizar ou sofrer algum movimento brusco.

Ele também consegue analisar, em tempo real, a frequência cardíaca acima ou abaixo do esperado, medir a pressão para arterial garantindo o bem-estar do idoso e identificar se a pessoa saiu da normalidade aferindo se houve variações no seu histórico de atividade.

Para passar o máximo de informação possível para a família, o sistema também é capaz de mostrar a qualidade do sono, a temperatura corporal que ajuda a identificar doenças como, por exemplo, Covid-19, H1N1, influenza, entre outras e faz a medição do nível do oxigênio no sangue, visando identificar e prevenir doenças pulmonares.

Com o intuito de oferecer o melhor serviço e deixar a família despreocupada, o serviço de atendimento funciona 24 horas com monitoramento em tempo real. E, se algo acontecer com o paciente, o sistema consegue captar, mas o idoso também pode apertar o botão de emergência.

Situações de emergência

Hipertensão e diabetes são doenças que rodeiam a vida dos idosos e, com o senhor Coutinho não é diferente. Por conta delas, ele tem que tomar remédios todos os dias, mas, como qualquer pessoa, às vezes acaba esquecendo.

Em um dia que ele esqueceu, começou a se sentir tonto, se desequilibrou e acabou caindo. Por meio da identificação de atividade, que a pulseira inteligente consegue captar, a equipe da HelpBox percebeu que algo tinha acontecido com ele e entrou em contato, imediatamente.

Apesar da queda, ele estava lúcido e a equipe de atendimento conseguiu tranquilizá-lo enquanto ligava para a filha Catarina avisando do pequeno acidente. Ela, ao saber, se deslocou rapidamente à casa do pai para levá-lo ao hospital.

“Ele está bem, foi levado ao hospital, mas nada de grave. Apenas alguns hematomas no joelho. Mas, se não fosse a HelpBox, poderia ter sido bem pior, pois em nenhum momento ele acionou o botão de emergência, o sistema que identificou a queda por meio do aumento da frequência cardíaca e agiram rapidamente”, relata Catarina.

Após essa situação, a equipe da HelpBox implementou no sistema de inteligência artificial alguns comandos para lembrar Coutinho de tomar os seus remédios todos os dias e, assim, continuar ajudando a cuidar e prevenindo situações mais graves.

“Foi uma das melhores descobertas de 2020. Saber que tratam meu pai com carinho, que cuidam dele e dão toda atenção necessária é muito bom. Mas, melhor ainda é saber que ele está bem e vivendo com saúde e independência”, finaliza Catarina.

Sobre a HelpBox

A HelpBox é uma startup que fez a união entre conhecimentos de tecnologia e a área da saúde para ajudar a cuidar das pessoas. O objetivo da empresa é criar e desenvolver dispositivos inteligentes que otimizam o atendimento à pessoa idosa e, por meio da Inteligência Artificial, fornecer dados essenciais para a manutenção do cuidado e bem-estar do idoso.

Informações: HelpBox

Neurocientista lança Eita, um app para pessoas em estado de desespero

O aplicativo, que chega no Setembro Amarelo, foi criado a partir das vivências de Anaclaudia Zani Ramos em torno do seu próprio processo psicoterápico, em que teve que lidar com suicídios na sua família e com sua própria ideação suicida

Ela ainda era uma menina quando teve que lidar com um suicídio em sua família – não entendia, mas já sabia que algo ali estava errado. Ao longo dos anos, esse tema virou o cerne de suas questões e, ainda na adolescência, quando enfrentava ideações suicidas e maus pensamentos, Anaclaudia Zani Ramos foi levada a fazer um tratamento para um regime e lá descobriu, por meio do atendimento de uma psicóloga que, na verdade, o que ela tinha era depressão.

Essa história é o ponto de partida de Anaclaudia que, em seu próprio processo psicoterápico, vai buscar desde muito cedo respostas na neurociência para entender sua depressão hereditária e as mortes das mulheres de sua família. Essa jornada a levou às suas formações – 25 anos depois, Anaclaudia Zani Ramos é psicóloga e neurocientista, pesquisadora na área de Neurociência e Desenvolvimento Humano, e criadora de um método exclusivo de mensuração de resultados, o InLuc. Por meio do InLuc, Anaclaudia desenvolve, em cada atendimento que faz, um trabalho com a neurociência aplicada que, por meio de treinos mentais, ajuda as pessoas a promoverem mudanças significativas em suas vidas, trazendo resultados práticos e efetivos e mensuráveis.

tristeza-ansiedade-depressao

E agora Anaclaudia está lançando um aplicativo, também criado por ela, chamado EITA – Elevar a Inteligência a Treino de Autopercepção. O EITA, que chega em pleno Setembro Amarelo, é uma plataforma de treino de autopercepção que usa a inteligência de cada pessoa e que, a partir disto, auxilia quem estiver em situação de desespero, a fim de que não somatize suas emoções, adoecendo o corpo físico. “O EITA foi pensado para fazer a diferença no mundo a partir do universo de cada um”, conta Anaclaudia.

A neurocientista explica que a inteligência é uma habilidade de resolução de problemas, e que, por isso, e como outra habilidade qualquer, é fundamental treinála. “O EITA age de forma preventiva, uma vez que conseguimos prevenir doenças psicossomáticas através da autopercepção e da nossa resposta emocional a eventos que vivemos”, aponta a psicóloga. “A doença psicossomática acontece quando há desequilíbrio de emoções, gerando o adoecimento do corpo físico”, explica Anaclaudia.

Tecnologia aliada ao acolhimento

eita

O EITA chega justamente no Setembro Amarelo, como uma forma de ajudar a quem busca saídas. Por ser um aplicativo Web, é acessível em qualquer navegador e de fácil uso. Suas telas são intuitivas, e o usuário, que pode estar num momento de desespero, terá fácil compreensão dos comandos e botões.

O app tem interface intuitiva e o diferencial de não ter robôs na interação com os usuários. Todo o processo começa com a pergunta “Como você está se sentindo hoje?”, dando cinco opções de emoções básicas – feliz, triste, irritado, receoso e enojado. A partir da escolha de apenas uma emoção é que se inicia o diálogo com os facilitadores (psicólogos treinados por Anaclaudia para promoverem o atendimento inicial com o usuário). Esta primeira etapa treina cada um a nomear o que está sentindo. Isto é fundamental para que haja compressão daquilo que o afeta naquele dia ou momento.

Na sequência, o EITA pergunta “por que você está se sentindo assim?”, e abre uma caixa de diálogo para que cada pessoa possa, através da escrita, descrever com detalhes o que a levou a sentir aquela emoção. O objetivo é nomear o que sente, por meio do processo da escrita, administrando narrativa e percepção da emoção. Somente após duas horas é que um dos facilitadores irá responder. “Quando propomos a espera pela resposta, estamos treinando o controle da Ansiedade, e ansiedade nada mais é do que ansiar por algo, e essa espera precisa ter controle”, explica a Anaclaudia.

As conversas e interações acontecem sempre em ambiente seguro. Todos os dados e descrições de emoções permanecerão armazenados de forma segura e somente os facilitadores e a Anaclaudia terão acesso às informações. Com isso, eles poderão avaliar se o atendimento ajudou o usuário a lidar com a situação que ele estava passando. A partir dai, Anaclaudia conseguirá ter base para avaliar o andamento e o resultado.

O EITA oferecerá sete dias grátis de utilização para conhecer o aplicativo. Após esse prazo, haverá a cobrança, a partir da autorização prévia e via cartão de crédito, da utilização mensal, no valor promocional de lançamento de R$ 99,77, que dá direito a quatro soluções de problemas por mês, que se iniciam sempre a partir das escolhas das emoções, e finalizam quando o usuário sinaliza a compreensão do problema apresentado inicialmente. Para baixar o Eita, clique aqui.

Sobre Anaclaudia Zani Ramos

ana-editado-2

É pesquisadora na área de Neurociência e Desenvolvimento Humano há 25 anos, palestrante e escritora. Tem formação em Coaching pela International Association of Coaching Institutes-Europe.A partir de seu próprio processo psicoterápico contínuo, Anaclaudia tomou como desafio a busca pelo autoconhecimento, entendimento e aprimoramento pessoal. Durante o longo percurso, inserida num mundo de investigação do desenvolvimento humano, dedicou-se ao entendimento da complexidade do funcionamento cerebral, emocional e comportamental.

Por meio de estudos e pesquisa, criou o InLUC – método de mensuração de resultados criado por ela e que tem como objetivo promover a mudança de paradigmas, apresentando novos conhecimentos e significados sobre o comportamento humano a fim de que as pessoas possam olhar de uma forma diferente para as suas dificuldades diárias. O processo LUC foi inscrito no Internacional Congress of Applied Psychology em Paris e no V Congresso Latinoamericano – ULAPSE, Guatemala 2014. Anaclaudia também é fundadora da ONG Mães de Coração, em parceria com a APAE de Santo André (SP), e tem experiência na área de Gestão de Pessoas e Psicologia Jurídica Institucional junto à Delegacia da Mulher. Outra vertente que atua é na área de Sexualidade individual e conjugal sob o enfoque da Teoria Sistêmica e Processo LUC, dentro das metodologias criadas por ela.

Para saber mais sobre Anaclaudia Zani Ramos, acesse o perfil dela no Instagram  ou o canal no YouTube, com conteúdo sobre neurociência e sua aplicação, além de dicas e informações sobre saúde mental.

Campanha Doctoralia Solidária oferece teleconsultas sem custo

Pensando na importância da manutenção dos cuidados de saúde em tempos de isolamento social, a plataforma líder em agendamento de consultas lança a campanha Doctoralia Solidária. Com o lema “Cuide-se”, a ação irá oferecer atendimento sem custo a pacientes de todo o Brasil por telemedicina.

Mais de 100 profissionais de saúde de diversas especialidades, como psicologia, pediatria, cardiologia e ginecologia, estarão disponíveis para o atendimento remoto por vídeo, até o dia 31 de agosto. O agendamento da consulta é realizado pelo site da campanha.

A Doctoralia já oferece o serviço de telemedicina desde março deste ano, quando o Ministério da Saúde autorizou o exercício em caráter excepcional e temporário. Em cerca de 4 meses, quase 11 mil profissionais de saúde já aderiram à tecnologia e mais de 265 mil pessoas utilizaram a ferramenta para continuar cuidando da saúde.

Desde o início da pandemia, a Doctoralia vem buscando formas de ampliar o acesso da população ao atendimento especializado, respeitando o isolamento social. Assim, a empresa doou a tecnologia a 13 prefeituras, em cinco estados brasileiros (Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo), para que os cidadãos pudessem receber o atendimento necessário sem sair de casa.

doctoralia-solidaria

A campanha Doctoralia Solidária é outra iniciativa da empresa para ampliar o acesso à saúde de qualidade através da tecnologia. Com a ação, as pessoas poderão cuidar da saúde sem custo e sem correr o risco de se expor ao coronavírus em consultórios, clínicas ou hospitais. A expectativa é que mais de 500 pacientes sejam atendidos à distância por profissionais da plataforma.

Campanha Doctoralia Solidária
Data: até 31 de agosto
Agendamento: clique aqui

Três receitas de saladas quentes para manter a alimentação saudável no inverno

Com a chegada dos dias frios, o Freeletics Nutrition apresenta receitas que unem a leveza das saladas com o quentinho dos legumes cozidos

Chegou de novo aquela época do ano em que o friozinho começa a aparecer e comer saladas frias não é mais tão atrativo, mas, ainda assim, os dias de tempos mais amenos não pedem sopas todas as noites. Para manter a alimentação regrada, nesta época e aproveitar o melhor dos dois mundos, por que não uma salada quente?

Com todas as cores, verdes e leveza de uma salada tradicional e o bônus de alguns legumes da estação cozidos, as saladas quentes podem ser a refeição de transição perfeita na medida que passamos do tempo mais quente para o inverno. Por isso, os especialistas em nutrição do Freeletics Nutrition, aplicativo de nutrição com uso de inteligência artificial, criaram algumas receitas deliciosas de saladas quentes.

A grande vantagem de saladas quentes é que você não precisa seguir uma receita específica para garantir que seja saborosa. Que tal um pouco de proteínas extras hoje? Tente adicionar galinha, frango ou tofu. Quer um boost de vitaminas? Adicionar fatias de frutas vermelhas ou maçã? Precisa de algo que preencha mais? Adicione um punhado de nozes ou sementes. As possibilidades são infinitas.

Salada de lentilhas e cenoura assada

salada de lentilhas e cenoura assada

Uma refeição perfeita para quando ainda já há um friozinho pairando no ar, esta salada é uma base à qual você pode adicionar outros legumes da estação, nozes e até frutas!

Ingredientes
450g de cenoura
100g de lentilhas
3 colheres de sopa de óleo de coco
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
Um punhado de coentro

Modo de Preparo
Preaqueça o forno em 220 graus. Lave as lentilhas, ferva-as numa panela, por cerca de 20 minutos antes de drenar e reservar. Corte as cenouras em pedaços de grossura média, em torno de 3 centímetros de comprimento. Aqueça o óleo de coco em uma panela e jogue sobre as cenouras, garantindo que fiquem totalmente cobertas em óleo. Transfira a mistura para um prato próprio para forno e polvilhe com coentro picado e uma pitada de sal. Asse no forno durante 30 minutos ou até que as cenouras se amoleçam levemente.
Depois de retirar do forno, transfira a mistura de cenouras para um pote e misture com as lentilhas, o vinagre e as folhas de coentro até que a mistura fique homogênea.
Adicione tempero a gosto

Rendimento: 2 porções

Salada quente de queijo de cabra

salada quente de queijo de cabra

Essa é para os amantes de queijo. Coloque frutas secas para obter um gosto mais doce ou nozes para adicionar gorduras saudáveis.

Ingredientes
140g de folhas verdes (espinafre, couve ou alface funcionam muito bem)
Um punhado de repolho roxo picado
70g de mirtilos
250g de queijo de cabra
2 colheres de sopa de sementes de gergelim
2 colheres de sopa de cranberries secos
2 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colher de sopa de mel
1 colher de sopa de óleo de gergelim
1 colher de sopa de tahine sem açúcar
1 colher de sopa de vinagre balsâmico

Modo de Preparo
Pique bem fininho os cranberries secos, adicione-os a um pote com as sementes de gergelim e misture bem. Pegue 2 colheres de chá de queijo de cabra, faça uma bola com o queijo e role-o na mistura de cranberry/gergelim, cobrindo bem. Repita isso com todo o queijo e reserve as bolinhas. Para o molho, misture o óleo de gergelim, tahine, mel, vinagre balsâmico e óleo de oliva em uma xícara até que fiquem bem homogêneos.
Aqueça uma travessa não aderente em fogo bem baixo, coloque um fio de óleo de oliva e um fio de mel antes de colocar as bolinhas de queijo. Gire constantemente para garantir que cozinhem de forma homogênea e retire-as do calor logo antes que começarem a se desfazer. Lave o alface e o repolho e coloque-os em um pote de salada grande, junto com as bolinhas de queijo. Adicione os mirtilos e o molho e misture bem antes de servir.

Rendimento: 4 porções

Salada de berinjela e grão de bico

salada beringela grao de bico

Saladas nem sempre precisam significar grandes quantidades de folhas verdes! Nesta receita, as berinjelas e o grão de bico são a base, enquanto os tomates frescos dão um toque de sabor saudável.

Ingredientes
1 berinjela grande, picada em rodelas de 1 cm de espessura
1 lata de grão de bico, drenada
140g de iogurte grego
5 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
1 colher de chá de páprica defumada
1 colher de chá de cominho moído
Pitada de pimenta caiena
1 dente de alho pequeno, picadinho
600g de tomates maduros fatiados em rodelas de aprox. 0,5 cm
70g de sementes de romã
40g de folhas de coentro frescas
Pitada de sal a gosto

Modo de Preparo
Preaqueça o forno em 200 graus. Organize as berinjelas em camada única em uma assadeira com bordas, pincelando ambos os lados com azeite de oliva. Em um pote pequeno, misture a páprica, o cominho, a pimenta caiena e o sal. Polvilhe sobre as fatias de berinjela, junto com os grãos de bico drenados. Asse a mistura de berinjela e grãos de bico durante 30 minutos ou até que fique corada e macia, virando no meio do processo. Adicione os tomates nos últimos cinco minutos. Em um pote, misture o iogurte e o alho e tempere com sal. Depois de cozinhar, misture a berinjela, os grãos de bico e o tomate em um prato. Coloque um pouco de óleo na salada e tempere com romã, coentro e tempero a gosto. Sirva com o molho de iogurte.

Rendimento: 4 porções

Sobre o Freeletics

O Freeletics foi construído a partir de uma única visão: desafiar e inspirar pessoas para que se tornem a melhor versão delas mesmas. Freeletics é o criador de alguns dos principais aplicativos fitness da Europa, promovendo e aumentando a aptidão física, assim como força mental, força de vontade e autoconfiança – todas ferramentas vitais para seguir a vida de acordo com seus desejos e metas. Fundada em 2013, a companhia já criou um dos mais bem sucedidos movimentos fitness no mundo, com 34 milhões de usuários em 160 países diferentes.

Fábrica de Bolo Vó Alzira lança bolos com sabores juninos

Paçoca e doce de leite, fubá e goiabada; em comum, esses ingredientes caracterizam os tradicionais sabores das festas juninas, que em tempos de isolamento social não acontecerão como de costume. No entanto, o arraiá vai ser diferente, será em casa com os deliciosos lançamentos da Fábrica de Vó Alzira.

A rede reforça o cardápio com três combinações deliciosas para o período em todas as lojas do Brasil. São elas: bolo piscina* de Paçoca Caseira com Doce de Leite (R$ 25 pequeno e R$ 38 grande); bolo piscina de Fubá com Goiabada (R$ 25 pequeno e R$ 38 grande) e bolo tradicional de Fubá Cremoso (R$ 22 pequeno e R$ 30 grande).

Paçoca caseira - Menor (002)fubá cremoso (002)bolos

O cliente pode fazer os pedidos pelo próprio site da marca. Basta entrar, escolher o estado, clicar na loja e automaticamente o sistema leva o consumidor para um atendimento personalizado via WhatsApp com a unidade. E também pelas plataformas de delivery, que podem sofrer alteração de preços de acordo com cada aplicativo.

*Perfeito para quem gosta de muito recheio, proporciona um “mergulho” no recheio de sua preferência graças ao formato.

Informações:Fábrica de Bolo Vó Alzira