Arquivo da categoria: artes

Domingo tem encontro vegano de verão

No dia 19 de janeiro, domingo, será realizado o “Encontro Vegano de Verão JMA”, que reunirá expositores de diferentes segmentos, palestras, workshop, bazar e muito mais. O intuito é de promover uma tarde de muitas atrações e reforçar o compromisso com o Veganismo, preservação do meio ambiente, saúde e, principalmente proteção aos animais para que não sejam explorados.

Tradicionalmente, os eventos organizados pelo Encontro Vegano JMA J’adore Mes Amis começam com aulas de Yoga Clássico, que são ministradas pelo professor Cláudio Duarte. Este não será diferente, e os interessados podem ir direto à Sala Vegan, no segundo andar para participarem dos exercícios propostos. Horário das 10 às 12 horas.

A partir do meio-dia, o público terá acesso aos stands de marcas que prezam por promoverem produtos sem origem animal. Entre eles: maquiagens, roupas, acessórios, alimentos, utensílios, entre outros. Para conferir as novidades, os participantes só precisam circular pela área térrea do prédio para aproveitar diversas opções.

encontro vegano 2

Para complementar a tarde de contato direto com esse estilo de vida, os organizadores também prepararam duas palestras, uma roda de conversa e um workshop. Para que seja possível compartilhar conhecimento e esclarecer dúvidas, Renata Porto de Menezes, pós-graduada em Cosmetologia, ministrará a palestra “Proteção Solar com produtos veganos” para demonstrar como é possível aproveitar o clima tropical do Brasil sem deixar de lado o ativismo em prol dos animais.

encontro vegano 3

Na sequência, Yo Takase, samurai, atleta vegano e ativista, contará sua história de superação ao enfrentar 3 anos sem andar, após sofrer um acidente, bem como explanará sobre “Dieta Vegetariana e Desempenho no Esporte”. Ao lado dele, a nutricionista Ana Cláudia Abreu contribuirá com o tema proposto e demonstrará como é possível ser saudável e ter um alto desempenho no esporte.

Um tema de suma importância será tratado, durante a roda de conversa, entre a massagista Kau Murua e a jornalista Luciana Teixeira Moraes, que unirão a segunda profissão que exercem: ser doulas. A profissão traz conforto e orientação afetuosa para que as mães consigam ter um parto mas humanizado e tranquilo.

VEGANO ENCONTRO11

Para finalizar, a Sala Vegan receberá um workshop de maquiagem vegana com Juliana Santana, que desde 2016 somente utiliza produtos não testados em animais em seu salão de beleza. A ideia é demonstrar como é possível fazer uma maquiagem bonita, durável e com um excelente resultado.

Um destaque que vale a pena ressaltar é sobre a preocupação de realizar o Encontro Vegano de Verão de um modo acessível, por isso, todas as palestras terão a tradução em Libras.

cartaz encontro vegano

Encontro Vegano de Verão
Quando: 19/01 (domingo)
Horário: das 12h às 10 horas
Endereço: Rua Joaquim Távora, 605 – Vila Mariana
A maioria dos expositores aceita cartão de crédito
WhatsApp (11) 99656-4844

Apfel, restaurante vegetariano e orgânico, recebe mostra com 22 artistas

Uma apaixonada pelos mistérios da terra e de tudo o que pode nascer pela vontade da natureza, assim é Mylenne Signné, chilena radicada no Brasil há 30 anos. Ela propõe mais do que um modo saudável de se alimentar, apresentando, sobretudo, um estilo de vida e de nutrição.

Sua vida, desde maio de 2002, é dedicar carinho, amor e atenção ao restaurante vegetariano e orgânico Apfel, nos Jardins. Amante de cores, aromas e sabores, Mylenne aprecia substituir ingredientes. Como toda admiradora da nutrição orgânica, a chef sabe respeitar o tempo certo de cada safra, a colheita de cada legume ou verdura possui seu período certo na cozinha do restaurante.

Da cozinha de sua tia-avó no Chile, ela carrega as lembranças mais saborosas da infância. No Brasil, aprendeu a importância da cozinha vegetariana , com uma das precursoras deste tipo de alimentação ( Tia Lúcia, proprietária do primeiro vegetariano de Saõ Paulo) em um país ainda novato e pouco entusiasta deste tipo de culinária.

Seu restaurante, além de vegetariano e orgânico, é sustentável; a equipe cuida de uma horta própria, reusa a água e estimula o aproveitamento total dos alimentos. Seu lifestylle, carrega o conceito natural de seu comportamento, e esta definição é traduzida nos pratos que a chef prepara no Apfel.

apfel 2.png

São 18 opções de saladas e 17 de pratos quentes, além das sobremesas, que variam todos os dias. A estrela dos doces é a torta de frutas vermelhas, que está entre as mais pedidas pelos clientes e habitues. Além disso, a casa oferece alguns eleitos do público, como o nhoque de beterraba com pesto de brócolis, o risoto de quinoa com legumes e shitake e, claro, as empanadas chilenas na versão da chef.

apfel1

Para Mylenne, “nada é novo, tudo se reinventa”, e ela gosta mesmo é de “ brincar” com as alquimias deliciosas de uma cozinha rica em sabor, cor e textura. O restaurante também produz sob demanda, aceita pedidos de buffet em domicílio, previamente combinado com a chef, que poderá estabelecer as melhores opções de entradas, prato principal e sobremesa, de acordo com a ocasião.

Pet friendly e amante de bicicletas também possuem espaço no restaurante – vale conhecer o Apfel Bike, com localização privilegiada, o local traduz a convicção de que viver bem é apenas mudar hábitos e atitudes. Mylenne nos mostra, com sua casa, que reunir amigos e família ao redor de uma mesa, é apenas o reflexo de uma nova forma de viver .

Mostra Elementos

Hoje (11) ocorre a inauguração da mostra Elementos. Trata-se de uma coletiva com 22 artistas apresentando obras em diferentes estilos, técnicas e materiais, indo desde as tradicionais telas aos mais inusitados materiais, como os refugos da joalheria. As obras ficarão expostas até o dia 11 de maio. A abertura será realiza esta noite, das 18 às 21 horas.

apfel

Apfel Jardins – Rua Bela Cintra, 1343 – Jardins – São Paulo – SP – Horário de funcionamento: de segunda a sexta: das 11:30h às 15h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 16h. Valores: preço único R$ 37,90 de segunda a sexta-feira; e R$ 43,90 aos sábados, domingos e feriados. 

Japan House apresenta a mostra Architecture for Dogs: Arquitetura para cães

O centro cultural recebe peças assinadas por 15 renomados arquitetos e designers que criaram projetos arquitetônicos usando cães como inspiração em exposição com curadoria de Kenya Hara

De 19 de janeiro a 7 de abril de 2019, a Japan House São Paulo apresenta um novo viés da arquitetura e do design na exposição Architecture for Dogs: Arquitetura para cães com curadoria do designer japonês Kenya Hara e organização da Imprint Venture Lab, empresa americana de investimento e consultoria. A mostra apresenta, por meio do trabalho de renomados profissionais das áreas, irreverentes e conceituais casas de cachorros em um pioneiro exercício de escala que leva em conta as atuais relações da sociedade com esses bichos de estimação. Com passagens pelos Estados Unidos, Japão e China, esta é a primeira exibição no Brasil e inclui projeto inédito feito por um escritório brasileiro, a convite da Japan House São Paulo (JHSP).

projeto niku rug por ma yansong
Projeto Niku Rug por Ma Yansong – Crédito Hiroshi Yoda

Architecture for Dogs: Arquitetura para cães explora uma maneira original de pensar a arquitetura, por meio de casas de estética apurada para cães das mais diversas raças. Desenvolvidos por arquitetos e designers de diferentes partes do mundo, as 15 casas – que poderão ser vistas na mostra juntamente com diversos estudos – são inspiradas em especificidades de diferentes raças e assinadas por nomes como Kenya Hara, Kazuyo Sejima, Sou Fujimoto, Kengo Kuma, entre outros. Um projeto importante dentro da iniciativa é “O Casulo” (The Cocoon), trabalho inédito do escritório brasileiro FGMF Arquitetos que, a partir desta mostra em São Paulo, integrará o circuito Architecture for Dogs representando o Brasil. O FGMF é parceiro do arquiteto Kengo Kuma no projeto arquitetônico da Japan House São Paulo.

Ocupando todo o centro cultural, os projetos com as mais variadas formas, materiais e técnicas de construção retratam a inspiração e os desafios de se pensar propostas em uma nova escala, além de retratar a relação de afeto e a importância cada vez maior desses animais na vida contemporânea, o que representa inclusive mudanças de hábitos da sociedade.

A Japan House São Paulo deixará três desses projetos na área externa do piso térreo à disposição para experimentação por cachorros: Mount Pug (Kengo Kuma), Architecture for Long-bodied-short-legged Dog (Yoshiharu Tsukamoto e Momoyo Kajiima) e Beagle House (MVRDV). Como regra já estabelecida, é proibida a entrada de qualquer animal de estimação na área interna da Japan House São Paulo.

projeto wanmock por torafu architects
Projeto Wanmock por Torafu Architects – Crédito Hiroshi Yoda

A exposição apresenta também um banco de dados online que permite aos usuários o acesso a diagramas, imagens e vídeos das peças expostas para que sejam reproduzidas. Esta iniciativa torna acessível os projetos desses profissionais de reconhecimento internacional. A plataforma permite também que pessoas de todo o mundo compartilhem suas próprias propostas para o tema por meio do site e Instagram.

Sobre esta mostra, Natasha Barzaghi Geenen, Diretora Cultural da Japan House São Paulo, declara: “é uma forma inusitada de mostrar a capacidade criativa de grandes arquitetos, que são desafiados a pensar em uma escala totalmente nova – e a partir de premissas incomuns dentro de seu dia a dia de trabalho – fazendo com que uma mostra conceitual de design seja percebida pelo público de forma divertida e acessível”.

Como complemento da proposta de Architecture for Dogs: Arquitetura para cães, no dia 19 de janeiro, às 15 horas, a Japan House São Paulo realiza uma palestra especial com o designer Kenya Hara, que comentará sobre como surgiu a ideia desta exposição, seu desenvolvimento, principais conceitos, além de trazer um panorama sobre as novas relações da arquitetura.

projeto mount pug por kengo kuma
Projeto Mount Pug por Kengo Kuma – Crédito Hiroshi Yoda

A palestra contará ainda com a participação de Julia Huang, da Imprint Venture Lab, empresa que organizou a iniciativa Architecture for Dogs. O evento é aberto e gratuito e os interessados devem retirar senhas na recepção da casa uma hora antes da atividade. A apresentação será em japonês e contará com tradução simultânea para o português.

Projetos apresentados: *Cães em ordem alfabética
Mvrdv | Beagle (Holanda)
Kazuyo Sejima | Bichon Frise (Japão)
Sou Fujimoto | Boston Terrier (Japão)
Reiser + Umemoto | Chihuahua (Eua E Japão)
Atelier Bow-Wow |Dachshund De Pelo Longo (Japão)
Torafu Architects | Jack Russell Terrier (Japão)
Ma Yansong | Labrador Retriever (China)
Shigeru Ban | Papillon (Japão)
Kengo Kuma | Pug (Japão)
Toyo Ito | Shiba (Japão)
Hiroshi Naito | Spitz (Japão)
Konstantin Grcic | Poodle Toy (Alemanha)
Fgmf | Yorkshire Terrier (Brasil)
Hara Design Institute – Haruka Misawa | Terrier Japonês (Japão)
Kenya Hara | Poodle Teacup (Japão)

Palestra com Kenya Hara e Julia Huang
Quando: 19 de janeiro, às 15h
Local: Japan House São Paulo – Avenida Paulista, 52
Entrada gratuita
Senhas disponíveis uma hora antes da palestra devem ser retiradas na recepção.
Tradução simultânea

Architecture for Dogs: Arquitetura para cães
Japan House São Paulo
Endereço: Avenida Paulista, 52
De 19 de janeiro a 7 de abril de 2019
Horário de funcionamento:
Terça-feira a Sábado: das 10h às 20h
Domingos e feriados: das 10h às 18h
Entrada gratuita
Proibida a entrada de animais de estimação

Salão do Artesanato ocorrerá pela primeira vez em São Paulo

O evento tem a presença de artesãos de 25 estados, além de oficinas, shows e gastronomia típica

Entre os dias 7 e 11 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, será realizado o 11º Salão do Artesanato, maior vitrine do artesanato brasileiro. No encontro estão previstos cerca de 60 mil visitantes e mais de 1000 artesãos que estarão expondo e comercializando o que há de melhor na produção artesanal brasileira.

Serão milhares de produtos da mais alta qualidade e com grande valor cultural agregado, trabalhos executados em madeira, barro, cerâmica, fios, tecidos, sementes, fibras, capim, bambu, prata, metais, couro e muitos outros elementos transformados em objetos de decoração, utilitários, móveis, roupas, joias, bijuterias e acessórios, à disposição dos visitantes.

Além disso, o visitante poderá participar de oficinas, assistir aos shows de danças e músicas regionais, desfrutar os pratos da culinária típica de todas as partes do Brasil. A entrada é franca nas três primeiras horas do evento.

O evento, aberto ao público das 11h às 22h de quarta a domingo, contará com uma programação variada e atrativa. Destaque para as oficinas gratuitas, presença de mestres artesãos fazendo suas peças ao vivo, shows com artistas regionais, apresentações de danças tradicionais e folclóricas, e ainda gastronomia típica apresentada no Festival Brasil na Panela.

O 11º Salão do Artesanato, organizado pela Rome Eventos, promotora das maiores e mais tradicionais feiras comerciais de Brasília, Rio de Janeiro e de outros estados, tem como proposta valorizar a importância cultural do artesanato para a preservação das raízes históricas dos povos e incentivar a venda de produtos, colaborando assim para geração de emprego e renda de famílias que fazem do artesanato a única forma de subsistência.

De acordo com Rômulo Mendonça, diretor da Rome Eventos, 2018 é um ano de profundas mudanças e novas perspectivas para este segmento. “O salão pode contribuir significativamente para a comercialização de peças artesanais para lojistas e consumidores finais, já que este evento oferece, aos líderes de cada setor envolvido, todo o apoio necessário para que se mantenham no mercado e consigam expandir seus negócios”, reforça Rômulo.

O diretor aponta ainda que, por meio da realização em grande escala para lojistas, é possível firmar parcerias, fechar acordos comerciais e ampliar o networking. “O 11º Salão do Artesanato São Paulo chega para atender à demanda de boa parte dos artesãos que entendem que São Paulo é uma porta comercial importante. Nesta edição, contamos com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) para viabilizar o encontro na capital paulista”, afirma o dirigente.

Salão do Artesanato

Realizado há 10 anos consecutivos, o Salão do Artesanato reúne o que há de melhor na produção artesanal do Brasil. Com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o evento conta com a participação de 25 Estados e do DF, o que garante uma variedade significativa de produtos.

Em outras edições, a feira recebeu mais de 50 mil visitantes, cerca de 1500 artesãos e um volume de negócios superior a 3 milhões de reais. O evento já recebeu nomes famosos como Maria Rita, Arnaldo Antunes, Guilherme Arantes, Luiza Possi, Ellen Oléria, Sam Alves, Tiê, Ju Moraes, Monique Kessous, Bruna Viola, entre outros.

Os artesãos que participam do evento são selecionados em todos os Estados pela alta qualidade de suas peças e pelo valor cultural agregado à sua produção. São peças com grande identidade, geralmente confeccionadas com matérias primas de reaproveitamento, da natureza local e feitas de forma totalmente manual. A presença de Mestres Artesãos, alguns deles reconhecidos pelo IPHAN como patrimônio vivo de seus estados é outro grande atrativo do evento.

artesanato.png

11º Salão do Artesanato São Paulo 2018
Data: De 07 a 10 de novembro – das 11h às 22h / 11 de novembro – das 11h às 22h
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo/SP
Horários da Feira: das 11 às 22 horas
Entrada: Das 11h às 14h entrada franca após este horário haverá ingressos à venda.
Ingressos: R$20,00 inteira / R$10,00 meia

Começou hoje 2ª edição da Feira das Ideias no Shopping Vila Olímpia

Até domingo empreendimento traz evento que reúne artesãos e designers independentes

Com o intuito de contribuir com pequenos produtores e artistas, o Shopping Vila Olímpia realiza parceria com a Feira das Ideias, projeto que leva a espaços compartilhados e acessíveis produtos e artes de microempreendedores. O evento, que já teve uma edição no MIS (Museu da Imagem e do Som) acontecerá pela primeira vez no empreendimento, de hoje (19) a domingo (21), e contará com feira criativa, área gastronômica, oficinas, mostra de curtas, apresentações musicais e intervenções artísticas.

Serão mais de 30 marcas independentes, oficinas gratuitas, intervenções artísticas (live painting), massagem, tarot, pocket show, e muito mais atividades localizadas no Terraço do Shopping Vila Olímpia. Já a área gastronômica contará com 20 marcas de produtos naturais, pães e doces produzidos por pequenos fabricantes. Para quem quer colocar a mão na massa, haverão oito oficinas divididas entre sábado (20) e domingo (21).

“Para nós é um desafio realizar essa edição. Queremos mostrar que é possível unir a rua e os corredores do shopping, ampliando essa experiência para um número maior de pessoas”, disse Rara De Biase, produtora executiva da Feira das Ideias.

Entre outras as atividades que ocuparão todo o empreendimento, teremos intervenções artísticas espalhadas pelos corredores do Shopping e as salas de cinema Kinoplex exibirão um festival de curtametragens independentes.

“Encontramos na parceria com a Feira das Ideias uma forma de apoiar o trabalho de artistas e produtores independentes e oferecer mais uma nova história aos nossos clientes”, diz Emerson Lucas, gerente de marketing do Shopping Vila Olímpia.

347551_834626_screenshot__59_347551_834623_screenshot__62_347551_834622_screenshot__64_347551_834624_screenshot__61_347551_834625_screenshot__63_

Programação:

Feira Criativa
Ami Ateliê: @AMI.ATELIER
Ateliê Catorze: @ateliecatorze
Ateliê Elleven: @elleven.atelie
Ateliê Lu o Li: @atelieluoli
Bem Feito: @bemfeito_slowfashion
Bhava Cosméticos: @bhavabio
CarolW: @carolwmach
Casa Bast: @casabast
Carsol Design: @caroldesign
Collab Bl 2: @collabbl2
De Araque: @de_araque
Dalzzoto: @_dalzzoto
Farol Brasil: @farol.brasil
Fernando Cuccolo: @fernando.cuccolo
Gus Bassi: @gusbassi
Jardim de Perto: @jardimdeperto
Molsk: @molskdesign
Por Um Fio: @porumfio
Serei A Folha: @serei.a.folha
Unevie Cosméticos: @univecosmeticos
Vocativo: @sejavocativo
Zankasta: @zankasta

Área Gastronômica
I Tea: @iteachasorganico
Pet Delicia: @pet_delicia
P de Pimentas: @pdepimentas
Cumbuquinhas: @cumbuquinhas
Lá da Roça: @ladarocaprodutosmineiros
Jais Hand Made: @jaishandmade
Tamara Alimentos: @tamaalimentos

Oficinas
Todas as oficinas são gratuitas, mas deverão ser feitas inscrições previamente no site Sympla. Turmas de 10 pessoas cada.

347551_834627_screenshot__60_
1- Oficina de Orquídeas com a equipe da Tanooka
2- Oficina de Cerâmica com Ami Ateliê
3- Oficina de Minijardins com Jardim de Perto
4- Oficina de desenho e pintura livre com Serei A Folha
5- Oficina de técnicas de Desenho Realista com Duda Alelaf

ONGs – Haverá um espaço só com ongs vendendo seus produtos e tudo revertido a causas beneficentes.
Projeto Seramica
Pés Livres
OngrevivaUse Vox

Espaço Místico + Massagem:
Renata Carneiro – Tarot
Vivian Carneiro – Massagem

Intervenção Artística:
Leilão online no qual o dinheiro arrecadado será revertido para as ONGs.
1- Serei a folha – Artista Erika Ribeiro
2- Healing Grafitti- Artista Cacé

347551_830046_post_feira_das_ideias_final_infos.jpg

Serviço: Feira das Ideias no Shopping Vila Olímpia
Data: de 19 a 21 de outubro
Horário: 11h às 20h
Local: Shopping Vila Olímpia
Endereço: R. Olimpíadas, 360 – Vila Olímpia, São Paulo
Indicação de idade: livre
Entrada: gratuita
Informações: 4003-4173

 

Mercado Buenos Artes em edição especial na Praça Dom José Gaspar

A edição de outubro do MBA, que celebra o início da primavera no Brasil, promoverá distribuição de mudas de lavanda e de oficina de arranjos florais com direito a DJ. O evento, que é realizado hoje (7), conta com apoio da Biblioteca Mário de Andrade e do Paribar.

Com proposta itinerante, o Mercado Buenos Artes se firma na agenda cultural da cidade passeando por diferentes regiões da capital paulistana. Com curadoria de Mari Pini, realizadora cultural e pesquisadora do design público, a 31ª edição do MBA acontece na Praça Dom José Gaspar, no Centro de São Paulo, das 11 às 19 horas.

Cenário para a edição de outubro do MBA a Praça Dom José Gaspar é um dos marcos da arquitetura moderna e do urbanismo do Centro da capital paulistana. Tombada em 2013, a Praça é também o jardim de prédios históricos da região central, como a Biblioteca Mário de Andrade, o Paribar e a Galeria Metrópole, todos apoiadores desta edição de outubro.

Distribuição de mudas, oficinas de arranjos florais, DJs na Praça com set especial que brindará o início da estação mais florida do ano, além de um line-up de expositores que trará uma seleção especial de designers, artistas, ilustradores, artesãos, editoras de livros e produtores de comidas e bebidas artesanais, está programada para acontecer na região central.

mercado buenos aires 4mercado buenos aires 3mercado buenos aires 2mercado buenos aires 1

Incentivar o design brasileiro, o feito a mão, estimular o consumo responsável e a compra de pequenos produtores são premissas que fizeram surgir o Mercado Buenos Artes. Novidades para o dia 07/10 a presença da editora N-1 edições, da etiqueta infantil Mundo Pano, a marca de jóias Lascaa, os acessórios da Handmade Project, as roupas da Samambaia, além dos produtos gastronômicos da MeiMei, Quintal dos Pães e a da tapiocaria TupiOca.

“As feiras e mercado são motores de transformação das cidades. Além de trabalhar o livre comércio, impulsiona o empreendedorismo dos pequemos produtores, potencializa a economia em rede, o turismo, o convívio social e valoriza os espaços públicos”, afirma a curadora.

mercado buenos aires 5
Manuela Alvim e Mari Pini

 

31º edição do Mercado Buenos Artes na Praça Dom José Gaspar
07 de outubro, das 11h às 19 horas.
Praça Dom José Gaspar, s\nº , Centro
Próximo as estações de metrô República e Anhangabaú
*Evento gratuito
*Não conta com estacionamento no local. O evento sugere a utilização de transporte público. Venha a pé ou de bike.

Renata Patelli arma instalação com jaquetas Levi’s customizadas

A arquiteta Renata Patelli foi convidada pela Marché Art de Vie, na semana SP Design Weekend, a participar do evento com uma instalação baseada no tema “Para onde o mundo está indo?”. Para a arquiteta coube o subtema “Música” – combinação perfeita, já que Renata atua como DJ nas horas vagas.

Para criar sua instalação, Renata Patelli buscou material na Levi’s, marca intimamente ligada ao cenário musical mundial há décadas. “A Levi’s tem um histórico maravilhoso com a música. Há décadas é a marca escolhida por líderes de bandas como a roupa ideal para traduzir comportamento musical, estilo e atitude. A Levi’s® está em shows, capas de discos, festivais, guetos e palcos, sem distinção de gênero. A marca abraçou a música como inspiração para suas peças mais icônicas e vem trabalhando com artistas musicais em todo o mundo como incentivadora de diferentes estilos musicais”, afirma Renata.

levis2

Conhecedora da história da marca que inventou o jeans – Renata foi a responsável pelos projetos das Casas Levi’s em São Paulo e no Rio de Janeiro – a arquiteta escolheu trabalhar com a Levi’s Trucker Jacket Tipo III, que está completando 50 anos. Nascida no movimento rebelde Summer of Love e usada por George Harrison em Haight-Ashbury, em São Francisco, a Trucker Jacket Tipo III representa a voz da juventude, o estilo autêntico e a autoexpressão que abalou a cultura musical americana em 1967.

“Quando alguém pensa em jaqueta jeans, a imagem que surge é invariavelmente a Trucker Tipo III da Levi’s. É o modelo básico, desenhado por Jack Lucier com o número de lote original: 70505. O termo “Trucker” só passou a ser usado a partir dos anos 90″, conta Marina Kadooka, Gerente de Marketing da Levi’s® Brasil.

Os visitantes da SP Design Weekend poderão conferir a criação de Renata Patelli feita com dez Levi’s Trucker Jackets customizadas por diversos artistas.

levis1

“O que eu mais gostei nesse trabalho foi poder trabalhar com um tema que me toca muito e que faz parte de minha vida. A música tem o poder de mudar o mundo porque sua linguagem é universal. Música é atemporal, transformadora, lúdica e agregadora. A música cria tendências e movimentos. É difícil prever um futuro para a música já que ela está sempre à frente do tempo. Tudo isso é muito apaixonante e envolvente, e foi o que busquei transmitir com a instalação”, conclui Renata Patelli.

levis4

Serviço
SP Design Week
Instalação Renata Patelli
Data: 09 a 13 de agosto
Horário: Segunda a sexta, das 10h às 19h- Sábado, das 10h às 16h
Local: Marché Art de Vie
Endereço: Alameda Gabriel Monteira da Silva 1606
Entrada Gratuita

Segunda Edição do Lá na Vila Bazar

Evento acontece neste final de semana, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo

Nos dias 1 e 2 de julho (sábado e domingo), acontece a segunda edição do Lá na Vila Bazar. No espaço é possível encontrar artesanatos, joias, bijuterias, confecções, moda fitness, calçados, guloseimas, artigos infantis, bolsas e acessórios, decoração e presentes em geral.

“Além de ser um passeio divertido e agradável para toda a família, o Lá na Vila tem produtos diferenciados, exclusivos e de qualidade”, destaca a idealizadora do evento Fabíola Sarsano Ferreira.

Dentre os expositores estão: Capucine Cuisine, HB Joyeria en Plata, Jais Handmade, Meu Stillo, Maggie Feliz Cartonagem, Mania de Sabão, Cris Carvalho, Maris Vismar Aromas, Méia Shoes, Fun to Walk e Dona 7 Acessórios.

O evento acontece das 11h30 às 19h e a entrada é gratuita.


Lá na Vila Bazar
Espaço Tangram – Rua Fidalga, 184 – Vila Madalena
Telefone: (11) 96852-7844
Data: 1 e 2 de julho
Horário: das 11h30 às 19h
Grátis

MoDi Pátio Higienópolis apresenta exposição fotográfica I See Hearts

Criada pela fotógrada Caroline Vargas, a exposição tem 12 fotos com imagens de corações achados naturalmente em lugares inesperados

A partir do dia 7 de junho, o Modi – Shopping Pátio Higienópolis transforma em galeria a área de acesso ao restaurante (próximo à Livraria Saraiva), com I See Hearts, exposição que apresenta 12 fotos, de diversos formatos, clicadas pela fotógrafa Caroline Vargas, com imagens de coração, para celebrar o Dia dos Namorados. São imagens de nuvens, asas de pássaros, flores que refletem naturalmente contornos e desenhos em formatos de coração, encontrados em lugares inusitados e captados pelo olhar atento de Caroline. O projeto nasceu em 2010, em Paris, onde teve sua primeira exibição.

modi1modi2modi3

As fotos estarão à venda, a partir de R$ 220,00

Serviço
I See Hearts, Exposição Fotográfica
Caroline Vargas
De 7 a 30 de junho, MODI – Pátio Higienópolis
Piso Higienópolis (acesso pela Livraria Saraiva)
Visitação Gratuita, de segunda a domingo, das 12 às 22 horas.

 

 

 

ONG desenvolve produtos artesanais de Páscoa

Os valores arrecadados com a venda dos itens são uma importante fonte de renda para as mães atendidas pelo Instituto

Já estão à venda pelo Atelier C, projeto desenvolvido pelo Instituto C, destinado à criação e confecção de itens para diversas ocasiões, os novos produtos de Páscoa para esse ano.

Há diversas opções para presentear familiares e amigos fazendo o bem.Bolsinha em formato de coelhinho ou de ovinho, caixinha com ovos, saquinho em formato de cenoura, buquê de coelhinhos com três pirulitos de chocolate e cestinhas, todos recheados com chocolate ao leite ou belga.

As encomendas podem ser feitas por e-mail: atelierc@institutoc.org.br ou via Whatsapp 11 9 6520-4835.

O catálogo com os diversos produtos podem ser conhecidos na página da rede social do Instituto ou pessoalmente em seu atelier, na Rua Fortunato, 123 no bairro da Vila Buarque, em São Paulo.

As embalagens de Páscoa foram criadas pelo Atelier C e produzidas pelas mães atendidas pelo Instituto. Um dos objetivos desse trabalho é empoderar as artesãs das famílias atendidas assistidas pela ONG, proporcionando geração de trabalho e renda, melhora da autoestima e desenvolvimento do espírito empreendedor.

instituto c 4instituto cinstituto c 2instituto c 3

Sobre o Instituto C

O Instituto C assiste famílias com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social auxiliando-as na busca de sua autonomia e aumento de sua autoestima. A organização trabalha para garantir que todas as famílias tenham acesso e conhecimento sobre seus direitos, assegurando assim o pleno desenvolvimento de suas crianças e adolescentes.

PAF – Plano de Ação Familiar, projeto que trabalha com a metodologia licenciada da Associação Saúde Criança, acolhemos famílias de crianças com doenças graves, oferecendo atendimento multidisciplinar, com foco na orientação e encaminhamento para rede de serviços socioassistencial. Elas chegam até nós encaminhadas por hospitais públicos parceiros, passam por uma avaliação e depois disso são acompanhadas individualmente pelos nossos profissionais.

“Primeira Infância”, projeto criado pelo Instituto C, atuamos para minimizar os riscos que podem exercer impacto negativo no desenvolvimento infantil. Como resultado, esperamos que crianças entre 0 e 06 anos de idade estejam dentro das referências de desenvolvimento adequadas para sua faixa etária, respeitando limitações ou diagnósticos que possam apresentar.

As ações são financiadas por doações de pessoas físicas e empresas, por projetos aprovados na lei de incentivo do fundo dos direitos da criança e do adolescente e por recursos arrecadados pelo bingo beneficente que realizamos anualmente e que nesse ano será realizado no dia 28 de maio.