Arquivo da categoria: banho

The Body Shop lança linha para banho com reaproveitamento de alimentos

The Body Shop, reconhecida mundialmente pelo incentivo a sustentabilidade e comércio justo com comunidades, apresenta um novo produto para quem ama um banho relaxante e valoriza momentos de autocuidado. A novidade é a espuma de banho, misturas com frutas e componentes hidratantes para o banho, que penetram na pele e oferecem alta durabilidade.

As espumas de banho são produzidas com frutas que seriam descartadas para a venda na indústria alimentícia. Alguns ingredientes são bananas e peras de segunda linha, ou seja, produtos que seriam inutilizados, e óleo de semente de morango e manga obtidos da fabricação de sucos. Além disso, os produtos são envasados em embalagens plásticas 50% recicláveis, que podem ser reutilizadas após o consumo para minimizar o impacto ambiental.

Além de hidratar e perfumar, o produto também é perfeito para acalmar peles ressecadas e repuxadas.

Sobre os lançamentos:

Espuma de banho Banana (250ml): enriquecido com óleo de coco, abacate e purê de banana. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Berry (250ml): enriquecido com extrato de mirtilo, beterraba e óleo de semente de morango. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Pera (250ml): enriquecido com aloe vera do Comércio justo com Comunidade do México e polpa da pera. Preço sugerido R$ 73,90 

Espuma de banho Manga (250ml): enriquecido com maracujá, extrato de cenoura e óleo de semente de manga. Preço sugerido R$ 73,90

Produtos podem ser encontrados nas lojas físicas e no site.

 

Banhos quentes e demorados + uso de máscaras potencializam doenças de pele

Aplicação de hidratantes ao sair do chuveiro, alimentação correta, ingestão de líquidos e higienização das máscaras com sabão neutro são alguns cuidados imprescindíveis na estação fria, afirma dermatologista

Embora relaxante, água quente e banho demorado no inverno são uma combinação nada recomendável para a saúde. Na estação fria, o hábito de demorar-se no chuveiro interfere drasticamente na saúde da pele. Um dos problemas imediatos é a diminuição da barreira hidrolipídica, um hidratante natural produzido pelo organismo que evita o ressecamento da pele.

Como consequência, há descamação, coceira, aparecimento de manchas vermelhas e o surgimento de doenças dermatológicas. Além desses efeitos, a dermatologista Anelise Dutra, da Clínica Unique, em Campinas, destaca o agravamento de patologias, em decorrência do uso de máscara durante a pandemia de Covid-19.

Em qualquer estação do ano, a manutenção da manta hidrolipídica é fundamental para a proteção natural da pele. No inverno, em especial, os cuidados devem ser redobrados. A dermatologista Anelise Dutra recomenda banhos curtos e mornos, sem o uso de bucha. “A aplicação de hidratante é indicada nos primeiros minutos pós-banho”, destaca.

mulher banho quente mymedicinebox
MyMedicineBox

Na estação fria, com baixa umidade relativa do ar, a pele se ressente mais intensamente com o ressecamento e a diminuição da oleosidade. “A condição é propícia ao aparecimento e ao agravamento de doenças dermatológicas”, afirma Anelise. No inverno, observa a médica, quadros de dermatite atópica, eczema, ictiose vulgar, dermatite seborreica e psoríase, entre outros, costumam piorar, segundo a médica.

Consultas a um especialista, essenciais para tratar causas e problemas, são acrescidas de cuidados no dia a dia. A dermatologista indica, como medidas de prevenção, ingerir pelo menos dois litros de água e líquidos por dia, usar hidratante, filtros solar e labial e cuidar da alimentação.

citricos citricas nicole franzen
Foto: Nicole Franzen

O ideal, destaca Anelise, é ingerir alimentos ricos em vitaminas E, C e em antioxidantes. Laranja, mexerica, limão, cereja, morango, brócolis, repolho e cenoura são recomendados no inverno. Da mesma forma, indica-se o consumo de castanhas, nozes e amêndoas. A soja, rica em isoflavona, evita o ressecamento e melhora a elasticidade da pele.

Máscara

mulher usando mascara cirurgica health magazine
Foto: Health Magazine

O uso de máscaras durante a pandemia de Covid-19 também é motivo de preocupação, ressalta a dermatologista Anelise Dutra, da Clínica Unique. “Algumas patologias se agravam bastante com o uso das máscaras. Podemos citar aqui acne, rosácea, dermatites seborreica e perioral”, diz. A ocorrência de dermatite de contato, também comum, está associada, segundo a médica, ao uso de sabões utilizados para higienizar as máscaras.

A hidratação da face com produtos específicos para cada tipo de pele é uma das recomendações da dermatologista. Também devem ser evitados os sabões perfumados. “E sempre que se notar alguma alteração, é importante buscar a orientação de um dermatologista”, afirma Anelise Dutra.

Saiba mais sobre algumas doenças de pele:

dermatite seborreica belgravia centre
Foto: Belgravia Centre

Dermatite seborreica – em geral, ocorre em regiões como face e couro cabeludo e é causada pela desregulação sebácea. Intensa produção de oleosidade, descamação e coceira são algumas características da doença.

dermatite_atopica
Dermatite atópica – coceira é o principal sintoma e pode começar antes mesmo das lesões cutâneas se manifestarem. Frequentemente, a dermatite ocorre na face, nos troncos e membros.

psoriase-maos
Psoriasis Hand

Psoríase – doença de pele crônica e não contagiosa caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas. Em boa parte dos casos, a causa está relacionada a fenômenos emocionais.

ictiose-vulgar

Ictiose vulgar – caracteriza-se por ressecamento da pele e descamação fina ou intensa de aspecto geométrico. As áreas mais atingidas são os membros, mas pode ocorrer também na face e no couro cabeludo.

Depilação com lâmina: especialista ensina como fazer corretamente

Esfoliar a pele, usar água quente, aplicar óleos vegetais e não insistir se houver sintomas de irritação são algumas das recomendações

Enquanto não surgem medicamentos eficazes para barrar a contaminação da Covid-19, atitudes simples, como cuidar da beleza em casa, devem ser incorporadas à rotina. Porém, quando o assunto é a depilação, algumas dúvidas surgem. Como usar a lâmina sem riscos? E o que fazer para evitar alergias?

Regina Jordão, fundadora do Instituto Pello Menos, com mais de 24 anos de atuação no ramo de depilação, dá algumas dicas, principalmente para as pessoas com pele mais sensíveis e que frequentemente ficam com bolinhas na pele, que nada mais são que foliculite após a depilação com lâmina. “Quando isso ocorre, recomendamos a suspensão imediata do procedimento, pois essa inflamação constante pode causar uma vasodilatação crônica da superfície da pele e até deixar cicatrizes”, avisa.

Entretanto, alguns tipos de pele suportam melhor o uso da lâmina, desde que o procedimento seja realizado com algumas precauções:

Esfoliação da pele

Closeup Photo Of Young Woman Making A Scrub Massage

A esfoliação vai retirar as células mortas da pele e minimizar as chances da lâmina causar irritações na superfície. “É indicado fazer esse procedimento duas vezes na semana, não mais do que isso, pois a pele pode ficar sensibilizada”, salienta Regina. “E não é recomendado fazer a depilação pouco antes ou logo depois do procedimento. O mais indicado é que essa esfoliação seja realizada três dias antes e três dias depois da remoção dos pelos”, comenta.

Evite produtos com álcool

mulher oleo

Produtos que contenham álcool ou ácidos em sua composição não devem ser utilizados, pois podem deixar a pele mais sensibilizada e suscetível a alergias. “Os óleos vegetais, por sua vez, não são nocivos e ajudam a preparar a pele para o procedimento”, indica Regina. E caso a região fique sensível após passar a lâmina, o óleo também pode ajudar a acalmar a pele.

Use hidratantes

hidratantes3

Durante o processo depilatório são removidos os queratinócitos assim como a camada superficial de oleosidade da pele; dois elementos que dão sustentação e proteção a esse órgão tão importante do corpo. Portanto, é preciso recuperar essa película protetora e a melhor forma de fazer isso é hidratando diariamente a região. “Desse modo, além de deixar a pele macia, isso irá ajudar o pelo em seu processo de crescimento”, explica Regina.

Água quente

mulher depilando pernas -royalty-free-image-
Royalt Free Images

A sugestão é fazer a depilação com lâmina no banho e com água quente. “A temperatura mais alta vai abrir os poros da pele, facilitando a eliminação dos pelos, e minimizando as chances de alergia. Mas, logo após o procedimento, o ideal é lavar a pele com água fria para fechar os poros”, finaliza a especialista.

Fonte: Pello Menos

Dicas de como se cuidar na volta ao trabalho após isolamento social

O governador de São Paulo, João Dória, divulgou a retomada gradual de algumas atividades comerciais. A capital paulista está na fase laranja do plano gradual de flexibilização. Na última semana, cinco setores foram autorizados a reabrir com restrições, dentre eles comércio de rua, imobiliárias e shoppings centers.

Mas e o Covid-19? Quais os cuidados devemos tomar? E na hora do almoço? É seguro ir aos restaurantes? E no trajeto casa trabalho, no ônibus e metrô, como devemos nos proteger já que agora com certeza eles estarão mais lotados.

A volta ao trabalho não significa que vencemos o inimigo invisível, pelo contrário, ele continua entre nós. Medidas como lavagem das mãos, uso de álcool gel, manter distanciamento de no mínimo um metro e meio, evitar aglomerações, aperto de mão, beijinhos, abraços e compartilhamento de copos e outros objetos pessoais, como copos, garrafas, talheres, continuam no topo dos cuidados quando o assunto é prevenção. Isso não se trata apenas de preservar a sua própria vida, é o respeito e consideração pelas pessoas que estão em nossa volta e que também precisam trabalhar.

Bom, vamos falar de um item básico, comida. É seguro almoçar em restaurante (em alguns estados já estão abertos)? Para a nutricionista Adriana Stavro, ainda não é o momento. Então você vai passar fome? Também não. Para a nutricionista o ideal é fazer marmita.

marmita saudável anediblemosaic

Para montar a marmita é fácil. Monte como se estivesse fazendo seu prato de comida em casa, assim fica mais fácil ajustar a quantidade. Pense na sua fome. É só um almoço.

A regra básica é a mesma: 50% da quantidade de comida deve der de verduras e legumes. A outra metade, divida em uma porção de carboidratos, uma de leguminosas e uma de proteínas.

Exemplo:

A salada deve sempre estar separada dos demais alimentos, uma boa opção é montar no pote (receita abaixo). As proteínas (carne, frango ou peixe) devem sempre ser grelhadas ou assadas. Pode ser ovo cozido também. O carboidrato pode ser uma porção de arroz (de preferência integral), batata doce cozida, abóbora cabotiá ou macarrão. As leguminosas podem ser feijão preto ou carioca, podendo ser substituída por ervilha, lentilha ou grão de bico.

São muitos os tipos de marmitas disponíveis para compra. Vidro, elétrica, plástico, vácuo, aço, com ou sem divisórias, coloridas etc. Tem para todos os gostos e bolsos. Eu recomendo sempre a de vidro. Muito prática, fácil de lavar, preserva as características do alimento como sabor e cor, não fica com cheiro e preserva o meio ambiente. Mas ela tem alguns inconvenientes. Para quem depende de ônibus ou metrô ela é pesada e quebra com facilidade.

A segunda opção são as de plástico. Mais leves e não quebram. Porém é necessário prestar atenção na hora da compra, o ideal é plástico livre de bisfenol (BPA) e próprio para aquecer. Eu não recomendo aquecer o alimento na marmita de plástico. O ideal é que o alimento seja colocado em um recipiente de vidro antes de ser levado ao micro ondas, assim, evita que a marmita fique manchada e com cheiro.

Para transportar o ideal é uma sacola térmica. Chegando no local de trabalho guarde na geladeira. Para quem não tem geladeira no trabalho, uma opção é usar cubos de gel congelados para conservar a comida até a hora do almoço. Parece óbvio, mas não guarde sua marmita na sacola térmica sem lavar, além da contaminação o cheiro fica insuportável.

Para transportar a salada, uma opção é montar no pote. Neste caso é importante seguir a ordem dos ingredientes:

salada no pote
1° – molho (pouco)
2° – legumes (pepino, cenoura, beterraba)
3° – leguminosas/grãos (feijão fradinho, grão-de-bico, lentilha, ervilha, feijão moyashi, quinoa, cevadinha, arroz 7 grãos, arroz negro, arroz vermelho)
4° – as folhas (sempre por último)

Mas se optar por comer em restaurantes, veja as recomendações:

lavando --mãos

-Lave as mãos na entrada do restaurante e use álcool gel (o restaurante deve fornecer);
-Respeite o distanciamento entre as pessoas (mínimo 1,5m);
-Sente à mesa respeitando o distanciamento (1,5m para a direita, esquerda e a sua frente);
-Entre um cliente e outro, verifique se o restaurante limpou e passou álcool na mesa e nas cadeiras;
-Evite falar durante as refeições;
-Não compartilhe talheres e copos;
-Não prove a sobremesa do amigo com seu talher usado (use uma limpa);
-Cubra boca e nariz com cotovelo ou lenço ao tossir ou espirrar (lave as mãos imediatamente);

Mircea Iancu-Pixabay - restaurante mulheres ar livre
Mircea Iancu/Pixabay

-Não falar em frente a comida;
-Usar um guardanapo para pegar os utensílios compartilhados (os utilizados para colocar comida no prato) e temperos (azeite, vinagre, pimenta, sal);
-Se for usar o banheiro, após a higiene das mãos abra a porta com o auxílio de um papel.

Muito importante

mascara social (002)

O uso de máscara é obrigatório. Porém ela não nos protege totalmente contra o vírus, apenas da exposição direta pela tosse ou espirro, ficando os olhos sem proteção. A máscara ainda nos faz levar as mãos mais vezes ao rosto, portanto é fundamental manter as mãos limpas e higienizadas.

alcool gel maos

=Ao entrar e sair do ônibus, metrô ou trem, a dica é sempre estar com as mãos higienizadas com álcool em gel. Tenha sempre na bolsa um higienizante, que ajuda a deixar as mãos limpas e protegidas, não só contra o novo coronavírus, mas de outros vírus e bactérias.
=Evite o contato das mãos com as superfícies do ônibus ou metrô e lave-as com álcool gel imediatamente após o uso do transporte público.
=O vírus não infecta as pessoas pelas mãos, e sim quando elas são levadas à boca, nariz, olhos, ouvidos por isso elas devem estar sempre limpas.

thinkstock mulher lenço espirro
Thinkstock

=Use lenços descartáveis, em caso de tosse ou espirro, e descarte-o imediatamente após o uso em lixeira adequada.
=Ao se apoiar nas barras de apoio, tomem cuidado, pois ali pode conter gotículas de tosse ou espirro, por isso use álcool gel antes e depois de andar em qualquer transporte público.
=Mantenha distância de pelo menos um metro da outra pessoa.
=A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda também que as pessoas evitem tocar os olhos, a boca ou o nariz, pois são as portas de entrada para o vírus. Assim como cobrir a boca com a parte de dentro do cotovelo ao tossir e espirrar.

Cuidados pessoais

NickyPe-pixabay mascara oculos virus

=Proteja as vias aéreas. O coronavírus é uma infecção que afeta o sistema respiratório.
=Evite tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas.
=Sempre que espirrar ou tossir, cubra o nariz e boca com um lenço de papel descartável, e logo em seguida descarte-o corretamente no lixo, e não esqueça de lavar as mãos.
=Evite contato próximo com pessoas infectadas ou com suspeita da doença.
=Lave as mãos frequentemente com água e sabão por 20 segundos (no mínimo) e use um antisséptico à base de álcool em gel.
=Use lenços descartáveis para higiene nasal.
=Não compartilhe objetos de uso pessoal, como copos, garrafas, talheres, cigarro, piteiras (narguilé), batom, chimarrão e tererê (bebida típica do Rio Grande do Sul e do Mato Grosso do Sul).
=Evite locais fechados e aglomerações (mesmo que seja na casa de amigos).

unhass
=Mantenha unhas curtas, cabelos sempre limpos e presos, e para os homens, se possível, sem barba.
=Higienize celular, notebook, fones de ouvidos e outros objetos pessoais. O celular deve ser higienizado três vezes ao dia, no mínimo. Quanto mais é usado, maior o risco de ser um condutor do vírus e, portanto, maior a necessidade da higienização. O fone de ouvido e o notebook devem ser higienizados sempre após o uso. Para os equipamentos. eletrônicos, o indicado é utilizar o álcool isopropílico 70% (não é a versão em gel). O ideal é desligar o celular, tire a capinha e aplique o produto com um pano macio ou algodão. =Limpe também a capinha. Faça o mesmo com o notebook.

Em casa

limpeza moveis papasemar

=Limpe frequentemente mesas, cadeiras, maçanetas, interruptores, pias e outras superfícies.
=Mantenha ambientes limpos e bem ventilado.
=Limpe e desinfete objetos e superfícies tocados com frequência.
=Use hipoclorito de sódio 12% na limpeza de superfícies, pois nem tudo pode ser limpado com água e sabão. Estudos apontam que o vírus pode ficar retido em superfícies por até 5 dias, e na falta de álcool nos estoques de supermercados e farmácias, o hipoclorito de sódio 12% (água sanitária) é uma boa alternativa. Dilua 200ml de água sanitária para 5 litros de água .
=Evite usar ventilador. Se uma pessoa contaminada tossir ou espirrar na frente dele, ele pode espalhar o vírus.
=Limpe os brinquedos das crianças no mínimo uma vez.

*Em casa os cuidados com higiene e limpeza são fundamentais, especialmente se há, entre os moradores, idosos acima de 60 anos e portadores de doenças crônicas como diabetes, hipertensão, asma entre outras.

Ao chegar em casa da rua

sapatos para fora nuzree pixabay
Foto: Nuzree/Pixabay

=É importante eliminar qualquer possibilidade de espalhar o vírus dentro da residência.
=Tire os sapatos do lado de fora da residência.
=Não encoste em nada sem antes lavar bem as mãos e os antebraços, com água e sabão.
=Deixe tudo o que estiver carregando na entrada da casa, como bolsas, mochilas, chaves, carteira.

depositphotos mulher banho cabelo chuveiro
Depositphotos

=Tire a roupa, tome um banho e lave o cabelo antes de fazer outras tarefas.
=Não ande pela casa com a roupa que estava na rua.
=Higienize as maçanetas de porta e interruptores que você possa ter tocado antes de lavar as mãos.
=Cuidados com uso da máscara. Não compartilhe com ninguém.
=Se estiver usando a máscara cirúrgica (branca) troque depois de 2h (tenha pelo menos 2 para intercalar) e ela deve ser descartada no lixo e nunca reutilizada.
=Não deixar a máscara pendurada no pescoço ou braço porque, assim, ela está suscetível à sujeira.

mascara facial varal lavando limpeza
Conger Design/Pixabay

=Sempre que precisar tirar a máscara, coloque em um saquinho individual. As máscaras de pano devem ser lavadas sempre que chegar em casa. Lavar com água, sabão e água sanitária apropriada. Deixar de molho de 20 a 30 minutos, depois esfregar, enxaguar e colocar para secar. Quando estiver seca passar ferro e guardá-la em um saquinho.

Fonte: Adriana Stavrov é formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo. Pós-graduada em Doenças Crônicas não Transmissíveis pelo Hospital Albert Einstein. Pós graduanda em Nutrição Clinica Funcional pela VP consultoria, pós graduanda em Fitoterapia pela Course4U.

Namorados: opte por um presente diferente e, de quebra, amigo da natureza

O Dia dos Namorados em 2020 vai ser diferente dos anos anteriores. Neste ano, a pandemia cancelou ideias de viagens, piqueniques no parque ou um cineminha.

Que tal aproveitar este momento de reflexão e incentivar o seu amor a ser mais consciente com o planeta? Além de dar um presente “verde”, ainda foge das sugestões tradicionais de flores, chocolates, camiseta, perfume e boné.

A Mapeei – Uma Vida Sem Plástico separou algumas ideias para tipos diferentes de par perfeito. Escolha qual combina mais com a sua cara-metade!

Kit Banho Zero Desperdício

banho

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como evitar os plásticos no banheiro, e este kit foi desenvolvido pela Mapeei para incentivar esta jornada com menos plástico na rotina diária de mais autocuidado: o banho. Todos os itens deste kit são veganos e livres de químicos, além de possuírem embalagens biodegradáveis (sim, dá pra compostar) ou reutilizáveis (e também passíveis de reciclagem).

O kit é composto* por um xampu sólido (nesta foto uma opção para cabelos normais); um condicionador sólido; um sabonete para corpo e rosto; uma esponja de juta e algodão, ótima para otimizar a utilização dos sabonetes; um desodorante cremoso indicado para todos os tipos de pele e um perfume sólido (nesta foto com a essência de Jasmim); e um saco em algodão como sugestão de embalagem, que pode ser reutilizado nas suas compras, na organização da casa, na divisão dos itens quando for fazer mala, ele é super versátil!

Valor: R$ 182,50 *itens vendidos separadamente

Kit Aromaterapia

aromaterapia

Este é o combo mais amado pelos adeptos da aromaterapia! Ele é composto por um colar de cerâmica com difusor pessoal, um óleo essencial de lavanda, uma latinha em alumínio com rosca e, como sugestão de embalagem, um guardanapo estampado 100% algodão. O óleo essencial de lavanda* é indicado contra insônia, ajuda no relaxamento mental e físico e em crises de ansiedade, sendo a tradução perfeita de cuidado para com seu parceiro/a em tempos de isolamento social e incertezas (consulte também outras opções de óleos essenciais na loja Mapeei caso queira um presente ainda mais pessoal para sua metade).

Valor: R$ 124,00 *cada óleo essencial, por suas propriedades de extração, possui um valor distinto, variando de R$ 25,00 a R$ 200,00.

Kit Barba

barba

Esse é o kit queridinho do público masculino. Ele é composto por produtos simples, funcionais e práticos, para evitar o uso do plástico no dia a dia no cuidado com o rosto e a barba.

O kit inclui*:

1 Barbeador de aço carbono com lâmina; 1 Pincel de barbear, para facilitar a espumação no rosto;
1 Sabão para Barba;
1 Latinha prata em alumínio para armazenamento e transporte do sabão de barba;
1 Hidrolato de Tea Tree com spray, ideal para o cuidado diário da pele do rosto, e ótimo pós barba;
1 Sabonete corporal e facial de Aveia, Cardamomo e Olíbano**;
1 Bag para Sabonetes em juta e algodão, que além de facilitar o transporte do seu sabonete, também tem a função de esponja levemente esfoliante para todos os tipos de pele;
1 Saquinho do Projeto Águas Limpas, focado em reciclagem de rede de pesca, que além de uma embalagem muito legal, também é ótimo para transportar frutas e legumes.

Valor: R$ 163,40
* Itens vendidos separadamente.
** Aromas variados disponíveis.

Kit Iniciante Mapeei

iniciante

Esse é o presente perfeito para quem quer começar a transição ecológica e se livrar do lixo. Esse kit é completo para você recusar todo o plástico e lixo gratuito que existe em apenas um almoço diário.

O kit inclui:

1 Garrafa térmica inox Mapeei;
1 Kit de talheres de bambu;
1 estojo de algodão com zíper;
1 Canudo inox M (universal) para bebidas como suco e também milkshake;
1 Escova para limpeza de canudos feita de bucha vegetal e alumínio, 100% reciclável;
1 Guardanapo Mapeei Marmita inox P (12cm);
1 Saquinho 100% algodão Bio é Pop Mapeei V.

Valor: R$ 290,00

Kit banheiro/viagem Zero Desperdício

banheiro viagem

Este kit foi desenvolvido pela Mapeei para você levar seus cosméticos e produtos de higiene de maneira organizada e compacta na sua bolsa ou mochila, em substituição ao usuais kits de viagem com embalagens de plástico. O kit é composto por uma nécessaire confeccionada com resíduo têxtil de estofado automotivo, um Mini Rollon transparente, uma mini espátula, uma mini latinha slide e 2 latas altas com rosca em alumínio, uma preta e outra prata. Compacto, prático e leve, cabe em qualquer cantinho da bolsa ou mochila, é ideal para viagens. Estes recipientes são perfeitos para levar seus cosméticos em viagens e também para o dia a dia em casa:

● A latinha slide é ótima para o seu lip balm ou creme dental caseiro;
● A mini espátula tem a função de retirar os cosméticos das latinhas, evitando ter contato direto com o produto, expondo a menos contaminação e trazendo mais durabilidade aos seus produtos;
● No minirroll-on você pode armazenar seu perfume natural ou óleo vegetal preferido;
●As duas latas maiores de alumínio podem ser usadas de diversas maneiras, como porta- sabonete, shampoo e condicionador sólidos durante viagens, como saboneteira no banheiro, para guardar as lâminas do aparelho de barbear/depilar, para armazenar o desodorante/creme dental/hidratante feito em casa, ou ainda como porta-joias, kits de costura, porta trecos…

Valor: R$ 70,00

Sugestões de embalagem

embalagem saco

A Mapeei – Uma Vida Sem Plástico acredita que a embalagem também pode ser um desperdício a menos e, além dos saquinhos acima que podem ser reutilizados, separou algumas sugestões para seu presente ser ainda mais zero waste:

embalagem guardanapo

Guardanapos: a partir de R$ 10,00

embalagem furadinho
Furoshikis: a partir de R$ 18,00

embalagens
Sacos em algodão: a partir de R$ 13,00

Informações: Mapeei – Uma vida sem plástico– SAC: (11) 97323-2670
online@umavidasemplastico.com.br – Instagram

 

Cuidados com cabelos, unhas e pele para evitar contaminação

O vírus da Covid-19 pode permanecer vivo mesmo fora do corpo humano e, como não sabemos ao certo o tempo que sobrevive, é importante mantermos os cuidados e as orientações que as autoridades de saúde recomendam: lavar as mãos frequentemente, manter o isolamento e o distanciamento social.

Cabelos

“Os cabelos têm papel de fômites na infecção pelo coronavírus, ou seja, objetos, locais ou superfícies que são capazes de absorver e carregar o vírus”, explica Paula Ferreira,
médica do corpo clínico do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

É importante entender que ao encostar a mão em alguma superfície que possa estar contaminada, como maçanetas, portas, itens do supermercado, maquininhas de cartão, e depois passar a mão nos cabelos, o vírus pode ser transferido para os cabelos. A médica alerta para o momento de distração: “é ao passar a mão nos fios contaminados e depois ter contato com alguma parte da face que a pessoa vai se contaminar com o coronavírus”.

Paula dá algumas orientações:

chuveiro banho mulher rosto

– Ao voltar da rua, busque ir direto para o banho. Não se esqueça de colocar toda a roupa que estava usando para lavar.
– Ao lavar os cabelos, deixe o xampu agir por, no mínimo, 30 segundos. Na hora do enxágue, procure inclinar a cabeça para trás ou para frente, evitando que o xampu entre em contato com seu rosto.
– Para pessoas com cabelos compridos, o ideal é prender os fios ao sair na rua, diminuindo a superfície que pode ser contaminada. Mesmo com os fios presos, é imprescindível lavar os cabelos.
– Caso seja extremamente necessário que você saia várias vezes no mesmo dia, o recomendado é tomar banho e lavar os cabelos em todas as vezes que retornar para casa, evitando o contato com objetos da residência antes do banho.

Pele

mulher bandaid curativo pele
Ainda não há confirmações de estudos médicos que comprovem a contaminação por feridas na pele. Isso porque a Covid-19 é uma doença nova, então o seu comportamento e as diferentes formas de contaminação ainda estão em fase de descoberta.

“Pesquisadores chineses descobriram e sequenciaram o genoma do vírus, identificando que o principal receptor do nosso corpo que permite a entrada no vírus no organismo é o receptor ACE II. Esse receptor está presente na mucosa oral, nasal e ocular e nas camadas mais profundas da pele”, comenta a especialista. Quando a pele está se regenerando de uma ferida, por exemplo, fica “mais fácil” de chegar a essa camada, explica a médica.

Por isso, mesmo que não haja relatos de contaminação dessa forma, as feridas na pele podem ser uma via de contágio. “É melhor que as feridas sejam protegidas quando houver exposição, descartando o risco de transmissão”, aconselha.

Unhas

unhass

Assim como os cabelos, as unhas também podem carregar o vírus. A principal medida que as autoridades mundiais de saúde estão orientando para evitar a contaminação da Covid-19 é lavar as mãos por, pelo menos, 20 segundos. “A atenção ao lavar as unhas é fundamental para garantir que o vírus não permaneça na região, e unhas compridas podem dificultar a limpeza total, por isso a recomendação é mantê-las curtas nesse momento”, ressalta Paula.

Sobre retirar as cutículas, a especialista afirma: “é um procedimento desnecessário e prejudicial à saúde das unhas”. Além disso, ela lembra ainda que como pode causar feridas na pele, torna-se um meio de contágio do coronavírus, mesmo que ainda não haja relatos de contaminação dessa forma.

Fonte: Libbs Farmacêutica

Como manter a região íntima feminina saudável durante outono e inverno

Clima frio favorece proliferação de microrganismos e queda da imunidade, fatores que podem levar ao surgimento de infecções vaginais. Ginecologista dá dicas para prevenir o problema

Com a chegada das estações frias, como outono e inverno, todos nós devemos nos atentar à saúde. Porém, mulheres devem tomar cuidados redobrados, principalmente no que diz respeito à higiene íntima. “Isso por que o clima frio é propício para a proliferação de microrganismos nocivos aos genitais. Além disso, durante o outono e o inverno, sofremos com queda da imunidade, o que nos torna mais suscetíveis a infecções bacterianas, fúngicas e até virais”, afirma Ana Carolina Lúcio Pereira, ginecologista membro da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia).

Para ajudar a evitar doenças e infecções genitais nesse período, a especialista listou quatro cuidados que as mulheres devem tomar para manter a saúde íntima em dia. Confira:

sabonete liquido

Faça uma boa higienização: é comum que durante o inverno, por suarmos e nos sujarmos menos, algumas pessoas não tomem banho diariamente. Porém, a higiene diária da região íntima é indispensável, principalmente no inverno. “O ideal é limpar a região no mínimo uma vez por dia para controlar a quantidade de fungos e bactérias causadores de corrimentos, coceiras e doenças do trato vaginal, como candidíase e vaginose”, destaca a médica. “Para isso, utilize sabonetes neutros, sem cor, sem perfume e ginecologicamente testados, que vão manter o pH vaginal equilibrado. Além disso, dê preferência aos sabonetes líquidos, que não ficam expostos a bactérias que podem estar presentes no ar”, recomenda. Mas tome cuidado para não higienizar a região íntima com muita frequência, pois o hábito, quando em excesso, pode causar o ressecamento da região. “Por fim, não se esqueça de secar bem o local para prevenir o crescimento de fungos.”

agua copo

Beba água: no frio, sentimos menos sede e, consequentemente, bebemos menos água. Porém, a água é fundamental para o bom funcionamento do organismo, visto que estimula a circulação de sangue e ajuda a prevenir a infecção urinária. “Então procure ingerir, no mínimo, dois litros de água por dia para permanecer hidratada e saudável”, diz a ginecologista. Durante o clima frio, uma boa dica é apostar nos chás, que, além de hidratar, também ajudam a aquecer.

 

Female bottom in tight jeans

Evite roupas apertadas: com a chegada das estações mais frias, começamos a utilizar roupas mais robustas para manter o corpo quente, como calças abafadas. O problema é que essas peças de roupas são inimigas da boa saúde íntima. “Isso porque abafam a região íntima e favorecem a proliferação de fungos e bactérias que podem causar infecções vaginais, como a candidíase”, alerta a especialista. “Por isso, evite usar calças muito apertadas com frequência e dê preferência aos tecidos mais leves e que permitem que o ar circule adequadamente. Se não for possível durante o dia, uma boa solução é usar peças mais leves na hora de dormir. Por exemplo, pijamas largos de algodão são uma boa substituição para o moletom.”

shutterstock calcinha regiao intima
Shutterstock

Opte por calcinhas de algodão: pode não parecer, mas a escolha da calcinha é fundamental para garantir uma região íntima saudável, visto que a peça está em contato direto com o local. “Geralmente, opta-se por calcinhas de tecidos sintéticos, já que tendem a ser mais baratas. Porém, esse tipo de tecido pode ser prejudicial para a genitália feminina, pois abafa a região, aumentando a transpiração e a umidade do local, o que, além de causar desconforto, favorece a proliferação de microrganismos responsáveis pelas infecções vaginais”, explica Ana. Por isso, dê preferência às calcinhas de algodão, tecido natural que permite que a região íntima respire adequadamente.

Por fim, caso você note algum tipo de alteração na região genital,  Ana Carolina recomenda que você consulte um ginecologista. “Apenas ele poderá realizar uma avaliação do quadro e dar um diagnóstico correto, indicando o melhor tratamento e as recomendações mais adequadas para lidar com cada caso”, finaliza a médica.

Fonte: Ana Carolina Lúcio Pereira é ginecologista, membro da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), especialista em Ginecologia Obstetrícia pela Associação Médica Brasileira e graduada em Medicina pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro em 2005. Especialista em Medicina do Tráfego pela Abramet, a médica realiza consultas ginecológicas, obstétricas e cirurgias, atuando na prevenção e tratamento de doenças gineco-obstétricas com foco em gestação de alto risco.

Lavar o rosto no chuveiro faz mal? Confira a melhor forma de limpar a pele

Paola Pomerantzeff desmistifica algumas questões relacionadas ao assunto e dá dicas de como higienizar a pele corretamente.

Sabemos que para uma pele impecável no rosto a higienização é uma das partes mais importantes, não é? E é muito provável que você já tenha ouvido que o rosto deve ser lavado na pia, nunca no chuveiro. Certo? Mas isso é realmente prejudicial? Segundo a Dra. Paola, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), não existe lugar certo ou errado para lavar o rosto.

“Lavar o rosto no chuveiro remove a sujeira, o sebo, a maquiagem, os detritos e a poluição, assim como seria caso fosse lavado em uma pia, por exemplo. Se a lavagem está sendo feita da forma adequada, não existe diferença”, afirma a médica.

banho cabelo agua chuveiro pixabay

Outras duas questões que circundam o tema são a regra dos 60 segundos e a temperatura ideal da água. “A regra dos 60 segundos não possui fundamento: não é necessário ficar por um minuto esfregando o rosto para que a pele fique limpa e hidratada. Se você estiver sendo cuidadosa e utilizando os produtos corretamente, não precisa ficar contando o tempo de lavagem do rosto, contanto que não haja fricção exagerada”, afirma.

E quanto à temperatura da água? Segundo ela, a água quente não necessariamente é responsável por abrir os poros, ao passo que a água fria não consegue fechar poros. Pior: uma temperatura muito quente pode desidratar a pele. “Para limpar as impurezas do rosto, o melhor é a água fria a morna. A água fria pode beneficiar quem sofre de vermelhidão ou inflamação na pele, já que ajuda a acalmar e reduzir a irritação ao contrair os vasos sanguíneos”, destaca.

Sobre a quantidade de vezes que devemos lavar o rosto por dia, Paola afirma que o ideal é duas vezes – de manhã e à noite. “Em nenhuma hipótese devemos dormir sem lavar o rosto, principalmente se fizermos uso de maquiagem. Isso por que a camada que se forma na sua pele ao longo do dia pode obstruir os poros, causando aumento da oleosidade e inflamações que se transformam em espinhas. Depois de dormir alguns dias de maquiagem pode acontecer o efeito contrário: a pele se tornar mais ressecada”, explica.

A lavagem pela manhã, segundo a médica, é tão importante quanto a noturna, principalmente para quem aplica cremes antes de dormir ou algum produto antienvelhecimento como é o exemplo do retinol.

“Lavar pela manhã remove os produtos noturnos, deixando a pele renovada para os produtos da manhã e para a aplicação da maquiagem, mas cuidado com os excessos. Se você costuma usar agentes muito secativos à noite, como retinoides, e faz a maioria dos tratamentos – máscaras, esfoliantes químicos, etc. – no período noturno, é necessário limpar o rosto pela manhã com um produto menos abrasivo”, complementa.

chuveiro banho mulher rosto

Por fim, a médica ressalta que só a lavagem não é suficiente para manter a pele firme, bonita e saudável. “Cada pele possui suas próprias demandas. Por isso, é ideal que as escolhas dos produtos utilizados na rotina de skincare sejam tomadas em conjunto com um dermatologista”, finaliza.

Fonte: Paola Pomerantzeff é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), tem mais de 10 anos de atuação em Dermatologia Clínica. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina Santo Amaro, a médica é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, e participa periodicamente de Congressos, Jornadas e Simpósios nacionais e internacionais.

Dicas de banhos para quem quer atrair boas energias em 2020

Professor Daniel Alan Costa ensina dicas para começar 2020 com tudo

Pular as sete ondinhas na virada do ano continua sendo um ritual para quem quer atrair boas energias para o ano que está por vir. Aqueles que não estão no litoral, não precisam se desesperar. O professor de Naturopatia Daniel Alan Costa fala sobre banhos terapêuticos para liberar o estresse e sentimentos ruins, limpar aura e mente.

Curtiu? Agora está fácil por em prática. Faça seus pedidos e que venha 2020!

Banho para liberar o estresse e sentimentos ruins

petalas de rosa branca
Lavanda, alecrim e rosas brancas fazem milagres. Pode-se utilizar tanto a infusão das pétalas, florações e folhas, quanto o óleo essencial dos mesmos produtos. A regra é a do punhado. Pegar o tanto de erva que cabe na sua mão fechada. O quartzo rosa é um excelente cristal com este objetivo, seu elixir pode ser usado nos banhos.

Banho para limpar a aura

obsidiana - pixabay
Pixabay

Uma receita excelente para limpeza da aura é um banho duplo. Um preparado de sal grosso diluído em dois litros de água, após o banho de higiene. Retire o excesso do sal com água corrente (pode ser do chuveiro mesmo) e aplique na sequência um banho feito com manjericão, de preferência fresco. As pedras escuras têm esta função, turmalina negra, ônix e obsidiana são excelentes para limpar o campo áurico, enquanto que ametistas e o quartzo transparente são excelentes para elevar o campo vibracional após esta limpeza.

Banho para limpeza profunda do corpo e da mente

Frontier-Co-op- aniz estrelado
Foto: Frontier-Co-op

Comece com uma fervura de anis-estrelado aliada a uma infusão de hortelã e alecrim. Essa combinação irá limpar completamente a sua mente. É uma limpeza tanto mental, quanto física. Olho de tigre, citrino, turquesa, lápis-lazuli são excelentes cristais para este fim.

Banho para atrair boas energias

aromaterapia
Um banho com sementes de girassol, pétalas de calêndula e manjericão, irá atrair boas energias. Mas um banho que é um coringa é sempre o banho de manjericão.

banho laranja.jpg

Dica: banhos aromáticos devem ser feitos sempre após o banho de limpeza e a temperatura da água ideal é aquela que te deixa confortável. Para quem deseja começar o novo ciclo em busca de harmonia, paz, amor e proteção, podemos preparar cada banho de acordo com o desejo que queremos:

Prosperidade: girassol e canela
Alegria: alecrim
Harmonia: lavanda
Paz: rosas brancas
Amor: rosas vermelhas
Proteção: arruda

Fonte: Daniel Alan Costa é fisioterapeuta pela Unip – Universidade Paulista; Professor dos cursos de Pós-Graduação em Acupuntura, Naturopatia, Massagens Ocidentais, Terapias Orientais, Yoga do Sol Instituto Terapêutico. Docente do curso de graduação em Fisioterapia da Unip. Especialista em Fisiologia Humana – Faculdade de Medicina do ABC. Acupunturista membro da WFCMS (World Federation Chinese Medicine Societies). Especialista em Psicologia Junguiana – FACIS; em Acupuntura, Naturopatia, Massagem, Estética e Yoga pela INESP. Formado em Massagem Ayurvédica, Thay Yoga Massage e Marmaterapia. Especialista em Bases de Medicina Integrativa IE Albert Einstein.

Cinco curiosidades surpreendentes sobre o banho

Tomar banho para manter a higiene, relaxar ou refrescar o corpo é fundamental. Você sabia que esse hábito corriqueiro praticamente obrigatório para alcançar a sensação de bem-estar da pele e manter a saúde do corpo nem sempre foi assim? Com o passar dos anos, os costumes relacionados ao banho foram mudando até chegarmos como é feito atualmente. E para deixar você por dentro dessas curiosidades, a Cloy separou as cinco mais interessantes:

Banho para quê?

pinterest india tomando banho
Pinterest

Antigamente os portugueses só tomavam um, no máximo, dois banhos por ano e ainda sob recomendação médica. Porém, na colonização do Brasil, os portugueses perceberam que os índios tomavam banho muitas vezes por dia e eram bem mais saudáveis que seu povo. Então, a partir daí eles introduziram essa atividade em sua rotina diária.

O primeiro sabonete

sabonete feito a mão pixabay
Pixabay

Por volta dos anos 600 a.C., os fenícios, uma civilização antiga localizada no território atualmente ocupado pelo Líbano, criaram uma substância pastosa com gordura de cabra, água e cinzas de madeira. Eles perceberam que a mistura ajudava a remover a gordura do corpo e dos objetos com mais facilidade. Contudo, foi apenas no século VII que o sabonete teve sua primeira forma sólida – parecida com a que conhecemos hoje em dia.

Eureka!

A_Coroa_do_Rei_Hierao_color_.jpg

Não só para limpar e beber serve a água. Foi durante um banho que matemático Arquimedes descobriu como calcular o volume de um objeto, após o rei Hierão lhe dar a missão de descobrir quanto tinha a sua coroa, sem que precisasse derretê-la para chegar ao resultado. Arquimedes foi tomar banho e, ao entrar na banheira, percebeu que a água subia, levando-o a concluir que para chegar ao resultado bastava colocar a coroa dentro da água e medir o volume deslocado. Foi depois dessa descoberta que ele soltou o grito do descobrimento: “Eureka!”

Uma água só para todos

banho em barril pinterest
Pinterest

Antigamente era comum os membros da família tomarem banho com a mesma água. Era despejada água dentro de barril e a ordem do banho começava sempre pelo pai, depois a mãe, e depois os filhos, do mais velho para o mais novo.

É muita luxúria

mulher banho quente chuveiro

Na Europa medieval houve um tempo em que as casas de banhos foram fechadas por incentivar a luxuria. Porém, na mesma época, a comunidade médica acreditava que por causa da abertura dos poros causada pelo banho, eles teriam mais facilidade para pegar doenças. Agora, depois desses maus hábitos superados pela humanidade, o banho se tornou tarefa obrigatória no nosso dia.

Pensando nesse momento gostoso de cuidado com o corpo, a Cloy, empresa 100% brasileira, desenvolveu produtos de beleza em formato de sabonetes em barra nas linhas Beauty Bar Ultra Hidratação, Glicerinados de luxo e Antibacteriano.

Disponíveis nas fragrâncias Aloe Vera Fresh, Aveia & Karité, Red Fruits, Milk Care, English Lavender, Argan Oil, Seduction e Fresh, todos possuem vitamina E em sua composição. Além disso, os produtos possuem complexo de creme hidratante que perfuma a pele sem ressecá-la, mantendo sua beleza natural.

cloy.png

Linha Beauty Bar Ultra Hidratação: R$ 3,99 (versão com 2 unidades), R$ 5,99 (versão com 3 unidades) e R$ 3,49 (versão glicerinado 1 unidade).

Os produtos Cloy podem ser encontrados nos grandes supermercados, drogarias e na loja virtual.

Informações: SAC: (19) 3800-3156