Arquivo da categoria: Bebidas

Almond Breeze amplia portfólio e lança primeiro Creme com Amêndoas do Brasil

O produto cumpre o papel do tradicional creme de leite

Estrogonofe, mousse, cobertura, goiabada com creme… essas e muitas outras receitas ganham, a partir de agora, uma nova opção de ingrediente saboroso e sem leite: o Creme com Amêndoas Almond Breeze, em embalagem de 200g. O produto é um lançamento da Blue Diamond, em parceria com o Laticínios Bela Vista, que licencia, no Brasil, a marca Almond Breeze.

Cremoso, naturalmente sem lactose e sem glúten, o lançamento apresenta alta performance em receitas doces e salgadas. O Creme com Amêndoas Almond Breeze é uma alternativa ao creme de leite de origem animal, tanto para receitas doces como salgadas, inclusive em preparos que precisam ser aquecidos.

“Em sua formulação, não há presença de amendoim, soja, leite ou qualquer outro tipo de proteína animal. Sendo assim, apresentamos um produto que é ideal para o público vegetariano, vegano ou alérgicos à proteína do leite, e que faz questão de apreciar preparos deliciosos. A performance deste creme sem leite em receitas é surpreendente!”, destaca o Diretor da Blue Diamond para a América Latina, Edgar Fernandes.

Novo sabor da Bebida com Amêndoas Almond BreezeTM

Além do lançamento inédito no Brasil, a marca oferece mais uma novidade na sua linha de bebidas vegetais: o Almond Breeze Amêndoa e Coco, uma inovadora e deliciosa combinação de ingredientes e sabores, disponível na embalagem de 1 litro. Além de ser naturalmente sem lactose e livre de proteínas de origem animal, o produto é rico em vitaminas e cálcio, sendo ideal para quem procura uma alimentação mais leve e saudável.

“Quando a Almond Breeze chegou ao Brasil, apresentamos para o público a bebida de amêndoas em três sabores: Original, Baunilha e Chocolate. Por ser uma opção de bebida saudável e ao mesmo tempo muito saborosa, ela caiu no gosto dos consumidores e, para atender diversos pedidos, desenvolvemos um novo produto, misturando as amêndoas da Califórnia com a brasilidade do coco. O resultado é um produto gostoso, saudável e refrescante, no ponto do paladar brasileiro”, conta Ricardo Ebel, Executivo da marca para o Brasil e o Cone Sul.

Os consumidores brasileiros poderão conhecer o primeiro Creme com Amêndoas do país e escolher o novo sabor da bebida vegetal Almond Breeze Amêndoa e Coco nas gôndolas dos principais pontos de vendas, além das opções de compra pelos sites de e-commerce, como Magazine Luiza, Extra, Amazon, Americanas.com.

Informações: Almond BreezeTM

Grupo Heineken anuncia a distribuição da cerveja Blue Moon no Brasil

Acordo de distribuição exclusiva com a cervejaria americana Molson Coors terá início no terceiro trimestre de 2021

O Grupo Heineken, segunda maior cervejaria do país, anuncia acordo de distribuição exclusiva da marca de cerveja Blue Moon no Brasil. O acordo, que terá início no terceiro trimestre de 2021, envolve a importação, venda e distribuição da cerveja em todo o território brasileiro, por meio da rota de distribuição do Grupo HEINEKEN, que inclui os centros de distribuição e rede de revendas exclusivas.

A Blue Moon é uma cerveja premiada, no estilo belga witbier – cerveja clara de trigo. A marca chega ao Grupo Heineken para fortalecer o portfólio de cervejas artesanais da Companhia, que também conta com as marcas Baden Baden, Lagunitas e Eisenbahn.

A força do modelo de distribuição do Grupo Heineken no Brasil, formado por mais de 30 centros de distribuição e uma rede de revendas exclusiva, aumentará a capilaridade da cerveja Blue Moon no País, que poderá ser encontrada em novas praças e mercados nacionalmente, nas versões lata e garrafa de 355ml.

“Nós celebramos muito a chegada da Blue Moon ao nosso portfólio, isso reforça o nosso compromisso de levar ainda mais qualidade para os consumidores e democratizar o acesso ao universo das cervejas artesanais, categoria com maior potencial de crescimento no Brasil. Temos uma ampla variedade de estilos e sabores, por isso a Blue Moon, que é uma cerveja premiada, com chancela de qualidade global, terá um papel fundamental em nosso portfólio, tornando-o ainda mais forte e completo, para apoiar o crescimento do grupo no Brasil”, afirma Mauricio Giamellaro, presidente do Grupo Heineken no Brasil.

Fonte: Grupo Heineken no Brasil

Conheça Carajillo, drinque feito com Licor 43 e café espresso

Que o café é uma paixão nacional, não há dúvidas. Em 2020, a receita de um drinque feito com Licor 43 e café espresso foi a mais procurada do ano no Difford’s Guide, um guia para amantes da coquetelaria que anualmente publica a lista das 20 receitas mais acessadas a partir dos dados de audiência coletados pelo Google Analytics.

Um clássico, Carajillo 43 apareceu pela primeira vez no guia em 2020 e foi direto para o primeiro lugar. O drinque nasceu na época da colonização de Cuba pelos espanhóis, que combinavam café com rum para ganhar coragem ou “Corage”, em espanhol, durante as batalhas. A partir daí, a palavra teve sua pronúncia modificada para “Corajillo” e, mais recentemente, “Carajillo”.

Relembrando o Dia Mundial do Café, comemorado em 14 de abril, confira como preparar o coquetel em casa:

Pinterest

=Coloque 3 pedras de gelo em um copo baixo
=Acrescente 50 ml de Licor 43 e 50 ml de café espresso
=Misture todos os ingredientes e complete com mais gelo.
=Para a versão batida, basta adicionar todos os ingredientes em uma coqueteleira e agite vigorosamente.

Licor 43 é uma marca importada e distribuída no Brasil com exclusividade pela Aurora Fine Brands.

A Tal da Castanha apresenta nova bebida de aveia

Marca líder em produtos de origem vegetal expande seu portfólio

Atendendo a pedidos, A Tal da Castanha apresenta sua nova bebida vegetal feita à base de aveia. O produto é composto apenas por quatro ingredientes, sendo água, farinha de aveia, carbonato de cálcio e sal marinho e não inclui oleaginosas na formulação.

A nova bebida não leva castanhas, soja, lácteos, glúten ou conservantes, sendo ideal para os simpatizantes do veganismo, os alérgicos a lactose e também para os que desejam diminuir o consumo de produtos de origem animal podendo substituir o leite de vaca no cafezinho, além de poder acrescentar em receitas e smoothies. A aveia utilizada na bebida é certificada sem glúten, portanto, é também uma opção para celíacos.

“Estamos empolgados com a chegada da nova bebida de aveia ao nosso portfólio. Criamos mais um produto que veio para transformar o cardápio do brasileiro ao oferecer uma bebida leve, nutritiva, cremosa e à base de ingredientes naturais”, afirma Rodrigo Carvalho, um dos diretores da A Tal da Castanha. “Temos ainda muitas novidades e vamos provar que é possível manter uma alimentação saborosa e saudável respeitando e cuidando do meio ambiente”, completa Carvalho.

A aveia contém fibras solúveis que auxiliam no controle da glicemia, sendo excelente para os diabéticos. Os cereais também são ricos em cálcio, ferro, magnésio e vitaminas do complexo B. Entre os benefícios para a saúde estão: controle da pressão arterial, redução do colesterol ruim, melhora na digestão e na saúde do coração, incluindo mais energia e diminuição do cansaço. A bebida é enriquecida com cálcio, entregando por copo de bebida 40% das recomendações diárias deste importante nutriente.

A bebida de aveia está nas gôndolas de todo o Brasil. Ela também pode ser adquirida pelo e-commerce da marca.

Dicas de Spencer Amereno para um coquetel perfeito

Head Bartender do Guilhotina bar sugere o passo a passo para caprichar e curtir com um dos drinks mais famosos

Em 9 de abril foi comemorado o Dia Nacional da Gim Tônica nos EUA. Não se sabe ao certo o motivo, mas podemos dizer que um coquetel tão saboroso e tradicional merece, sim, a própria data. E para aproveitar a comemoração, Spencer Amereno, premiado Head Bartender do Guilhotina Bar (eleito em 2019 o 15º melhor bar do mundo), sugere o passo a passo para montar o gin tônica perfeito.

Como montar o Gin & Tonic perfeito, por Spencer Amereno

=Primeiro, é preciso saber que um bom gin & tonic leva basicamente dois ingredientes, além do gelo e garnish – aquela guarnição que acompanha o coquetel. Então, certos detalhes do drinque vêm mais à tona do que em outras configurações de misturas. Pense nesta estrutura na hora de montar a sua combinação.

=Ao montar o coquetel, coloque primeiro o gelo. Sirva o gim em seguida e deixe a tônica para o final. Verta o líquido o mais perto possível do copo, sempre. A intenção é que, com gentileza, você não desperdice as microbolhas da tônica.

=Na hora de escolher o copo que será servido o drinque, lembre-se de que a taça bojuda (ou conhecida como taça balão) concentra mais os aromas do coquetel, mas na prática é mera questão cultural entre utilizar essa taça ou o copo highball, mais tradicional. Se for servir ou consumir o drinque na taça, é interessante carregar pela haste para não transferir calor com o copo e esquentar seu coquetel.

=O gelo é parte essencial do coquetel. Se quiser ser um ice expert, crie uma prateleira na parte superior da geladeira ou embaixo do freezer (algumas geladeiras já vêm com esse compartimento) para estocar suas pedras, esferas ou outros formatos. Use sempre fôrmas de silicone, pois, na mudança de estado físico de líquido para sólido, ocorre uma expansão e pode quebrá-las.

=Gosto de utilizar cítricos como garnish (casca ou fatia) nesse drinque, pois combinam super bem com gim e são muito aromáticos. Apenas tome cuidado, pois os óleos essenciais, por serem bem ácidos, podem eliminar algumas borbulhas da tônica. Use com moderação e criatividade.

Fonte: Guilhotina Bar

Especialista apresenta curiosidades sobre a bebida mais querida do mundo

Uma boa xícara de café pode ser preparada por diversos métodos. Se você tem esta bebida como a sua favorita, vale a pena conhecer as curiosidades sobre o assunto. Aliás, você sabia que o café é a segunda bebida mais consumida no mundo, ficando somente atrás da água?

Ontem, 14 de abril, foi o Dia Mundial do Café, e o especialista Ensei Neto, autor do livro Receitinhas para você – Café (Sesi-SP Editora), apresenta cinco importantes dicas aos apreciadores de um bom cafezinho, mas que valem para o ano todo. Afinal, qual o melhor café? Qual a melhor forma para apreciá-lo?

Adoçar ou não adoçar?

Pixabay

Um bom café é resultado da colheita de frutas maduras, portanto, ele deve ser naturalmente adocicado. Se há certeza sobre a boa qualidade do café, tente adoçar cada vez menos. O açúcar e os adoçantes, em geral, modificam o sabor original de qualquer bebida, inclusive do café. Entretanto, se a preferência é pelos cafés tradicionais e extrafortes, o açúcar minimiza o amargo medicinal.

Torrado em grãos ou moído?

O ideal é moer os grãos no momento em que o café é preparado. Uma vez moído, as partículas se oxidam mais facilmente, tornando o café menos saboroso, se tiver a torra muito intensa ou escura. Caso você não tenha um moedor em casa, compre o seu café predileto em menor quantidade.

Café se bebe apenas quente?

Um bom café fica melhor quando esfria. Na verdade, percebe-se melhor os sabores quando uma bebida ou comida fica morna, próximo à temperatura do corpo. E nada de garrafa térmica. É melhor que o café esfrie lentamente em um jarro, pois, se estiver quente em uma garrafa térmica, a bebida se oxida mais rapidamente, tornando-se menos saborosa.

Como conservar?

Pixabay

A melhor maneira de conservar o café, principalmente se ele for torrado e moído, é em local fresco e seco, sempre com a embalagem bem fechada. Fácil e prático.

Explore o desconhecido

Vale a pena experimentar café de diferentes origens ou produtores. Assim com o vinho, a produção do café é muito influenciada pelo clima, fazendo com que a bebida seja diferente a cada safra. Aproveite este dia para apreciar um bom café!

Sobre a obra e o autor

Todas estas dicas estão no livro Receitinhas para você – Café, que apresenta ainda informações importantes como: a seleção e o manejo, os sabores e os aromas, e a torra do café. Deliciosas e práticas receitas também integram esta obra.

No mundo do café há 30 anos, além de autor do livro Receitinhas para você – Café, Ensei Neto realiza consultoria na área de bebidas e alimentos, ministra cursos e treinamentos em análise sensorial de bebidas e alimentos, ciência da torra do café e processos industriais.

Título: Receitinhas para você – Café
Autor: Ensei Neto
Editora: Sesi-SP Editora
Ano: 2018
Páginas: 112

Comemore o Dia do Café preparando um Espresso Martini de primeira

Sócio-proprietário do Cafe Hotel, especializado em curadoria de cafés especiais, indica a receita deste novo clássico

Como todo bom amante de café sabe, todo dia é dia de curtir uma xícara de sua torra especial. Porém, 14 de abril é uma das muitas datas que celebram a bebida mais brasileira de todas. Além de vários benefícios para a saúde, o líquido que embala as nossas manhãs é extremamente saboroso e versátil. Prova disso é que a coquetelaria mundial considera incluir café em toda receita que for possível.

Assim, Caio Tucunduva, mestre de torra, especialista em cafés especiais e sócio-proprietário do Cafe Hotel, em São Paulo, sugere a combinação ideal para um dos coquetéis mais tradicionais dos bares: o Espresso Martini.

Inventado por Dick Bradsell em 1983, o drinque foi batizado, naquela época, de Vodka Espresso. De acordo com as lendas de balcão, a receita teria sido criada para uma garota, futura supermodel, que visitara Dick e pedira um coquetel que levasse café. “Como fazemos uma curadoria em cafés especiais brasileiros, sempre colhidos a mão e na safra do ano, gosto de usar gim premium nacional porque combina melhor com os os perfis que escolhemos, também brasileiros”, explica Tucunduva sobre a receita de Espresso Martini do Cafe Hotel.

Espresso Martini, por Caio Tucunduva do Cafe Hotel

Ingredientes

50 ml de gim premium nacional (recomendado Jardim Botânico)
50 ml de café espresso tirado na hora50 ml de licor de café artesanal (veja abaixo como preparar)

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira. Adicione gelo e bata vigorosamente. Em seguida, sirva em uma taça martini com a ajuda de um coador. Como preparar o licor de café artesanal: Em um pote de vidro, coloque 75 gramas de café especial moído, 300 ml de vodka orgânica (recomendada TIIV) e deixe infusionar por cerca de 60 min. Depois, passe a infusão por um filtro de café. Para finalizar, adicione o mesmo volume de xarope simples de açúcar e misture.

Fonte: Cafe Hotel

Plataforma de vinhos conta com tecnologia que auxilia na assertividade na hora da compra

Sistema ordena rótulos de acordo com o gosto pessoal dos usuários

Novamente com a necessidade de isolamento e fechamento temporário de estabelecimentos físicos, as compras online são opções seguras e atrativas. O mesmo acontece no mercado de vinhos, que ganhou 3 milhões de novos consumidores regulares entre 2019 e 2020, segundo dados da Wine Intelligence. Na onda da digitalização, uma plataforma brasileira de serviços e produtos para os amantes de vinho, a Eniwine.com, conta com uma tecnologia inovadora que ordena os rótulos de acordo com o gosto pessoal dos usuários para vinhos que eles sequer beberam ainda.

Atualmente, cerca de 15% dos mais de 2.200 vinhos ofertados na Eniwine.com já tiveram suas características mapeadas – estão diferenciados pela cor lilás. Foram um a um decupados em mais de 100 itens, tais como aromas, estrutura e potência. Ou seja, se passa por madeira ou não, se conta com notas aromáticas de maracujá ou de cerejas, e por aí em diante. Desta forma, mediante a pontuação prévia do consumidor em outros vinhos, o sistema reconhece com base nestas notas anteriores as preferências pessoais de cada um de seus clientes.

“A Eniwine é o único site do mundo que você compra vinhos por indicação de uma inteligência artificial”, explica Marcelo Abrileri, fundador e idealizador da plataforma. A funcionalidade, que faz com que as pessoas escolham vinhos sem sair de casa com mais chances de acerto, é o Digital Sommelier que consegue indicar avaliações para vinhos que ainda não foram tomados através do Enoperfil (características pessoais referente a vinhos) do usuário. Com ajuda das mais recentes tecnologias, o diferencial agora está na ordenação da vitrine, que ocorre com base no Enoperfil pessoal de cada um, que ordena os vinhos da vitrine de modo apresentar nas primeiras posições os vinhos que o usuário específico dará as notas mais altas.

Para criar o Enoperfil, basta acessar o aplicativo da Eniwine, fotografar o rótulo do vinho, experimentar e dar uma nota. Depois de umas 8 a 10 notas, o Enoperfil terá sido criado. Após isso, tanto pela vitrine do app quanto pela do desktop o usuário já poderá visualizar que nota ele dará para vinhos que ainda nem tomou e agora, pode ordenar a vitrine por estas notas e buscar os vinhos que aparecem com melhores notas.

Neste vídeo, Abrileri explica detalhadamente o funcionamento da tecnologia. “Importante dizer que, a ordenação pelo Enoperfil construirá uma vitrine diferente para cada pessoa que entrar no site da Eniwine. Ainda, importante ressaltar que estamos aumentando a quantidade de rótulos mapeados e nosso objetivo é ter 100% da vitrine mapeada até os próximos meses. Comprar orientado pelo Digital Sommelier aumenta as chances de não errar na hora da compra e melhora muito a experiência do mundo do vinho”.

Segundo pesquisa da Ideal Consulting, empresa de auditoria de importação e inteligência de mercado, especializada no segmento de bebidas e alimentos, o consumo de vinhos na quarentena foi de 72% em comparação com o primeiro trimestre de 2020. Em resumo, o consumo per capita de vinhos alcançou 2,37 litros por brasileiro com idade acima de 18 anos por ano. Para os próximos dias, a Eniwine.com pretende expandir a quantidade de rótulos mapeados e disponibilizá-los para compra. “Nós temos uma exclusividade no mundo do vinho e no mundo inteiro”, finaliza Abrileri.

Fonte: Eniwine

Berggren lança cerveja que leva em sua composição polpa natural de amora

A cerveja é uma Catharina Sour, primeiro estilo de cerveja brasileiro que foi aceito pelo BJCP (Beer Judge Certification Program), organização de certificação mundial para juízes de cerveja e bebidas fermentadas

Rica em vitamina C e vitamina A, e com propriedades antioxidante, anti-inflamatória e cicatrizante, além de minerais e ferro, a amora é uma fruta tropical encontrada na Ásia, África e América.

Utilizada em diversas receitas que vão desde sorvetes de frutas vermelhas até bolo, ela também pode ser uma ótima opção para quem quer se refrescar no calor com uma cerveja bem gelada que a leva em sua composição. Pensando nisso, a Berggren acaba de lançar a Sour Amora, uma cerveja que leva em sua receita uma carga generosa da polpa natural da fruta.

A Berggren Sour Amora possui uma cor roxa intensa e é levemente turva, uma característica do estilo, além do corpo leve, acidez lática presente e espuma branca. É uma bebida leve, saborosa, aromática e ideal para os dias quentes. O copo mais indicado para apreciar uma Catharina Sour é o flute, que também é utilizado para espumantes. A acidez presente nas cervejas Sour é capaz de limpar o paladar, então elas harmonizam com peixes, comidas mais gordurosas e frutos do mar.

A cerveja é uma Catharina Sour, primeiro estilo de cerveja brasileiro que foi aceito pelo BJCP (Beer Judge Certification Program), organização de certificação mundial para juízes de cerveja e bebidas fermentadas. Como o próprio nome já diz, o estilo foi criado por cervejarias de Santa Catarina em 2016, após um workshop com cervejarias locais. Porém, o estilo só foi reconhecido pelo BJCP em 2018.

Berggren Sour Amora garrafa de 355ml – Preço: R$ 15,00

Fonte: Berggren

Borbulhas com colágeno

Duas mulheres do mundo do vinho se unem num projeto pioneiro e ousado e lançam de forma inédita o primeiro espumante do Brasil com a proteína para rejuvenescimento

Se o espumante brasileiro já era considerado o ‘queridinho’ entre a maioria das mulheres, agora ele vai ganhar ainda mais atenção do público feminino. A nova marca Bella Wines, das sócias Regina Vanderlinde e Patrícia Possamai, estreia no mercado com o lançamento do primeiro espumante brasileiro com colágeno.

É o Bella Collagen Sparkling Pink, um espumante que resulta do corte de quatro vinhos base elaborados com uvas cultivadas no Vale dos Vinhedos, sendo duas brancas, a Chardonnay e a Riesling Itálico, e as tintas Pinot Noir e Merlot. Além das uvas, peptídeos ativos de colágeno Verisol são inseridos no processo de elaboração da bebida.

Em cada garrafa de 750 ml, 2,5 g de colágeno, justamente a dose diária recomendada para as mulheres. Além do prazer que alguns goles do espumante oferece, benefícios comprovados pela medicina incentivam ainda mais o consumo moderado da bebida, entre eles a prevenção contra o aparecimento da celulite e o envelhecimento precoce da pele, reduzindo o volume de rugas; o tratamento contra a flacidez, favorecendo a elasticidade; a melhora no aspecto da pele com uma melhor hidratação; o fortalecimento de unhas e cabelos; a proteção contra os desgastes das articulações e também o tratamento da osteoporose. Isso porque o colágeno é uma proteína de rápida absorção, naturalmente encontrada no organismo, mas que precisa de reposição conforme a idade. Pesquisas apontam que com apenas quatro semanas de utilização deste tipo de colágeno é possível perceber propriedades antienvelhecimento. O mesmo não pode ser afirmado para o restante dos colágenos hidrolisados.

Doutora em Enologia pela Universidade de Bordeaux (França), Regina acumula uma experiência que ultrapassa o Atlântico. Como presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), acompanha de perto tudo o que acontece no mundo em torno do setor, o que lhe dá uma visão ampliada do mercado, permitindo conciliar sua expertise com o amor pelo vinho.

“A minha dedicação ao vinho nunca foi somente uma questão profissional, sempre foi uma grande paixão. A beleza do vinho me encanta e me inspira leveza, diversão e imaginação. A ideia de criar o Bella surgiu da vontade de juntar o prazer com a beleza e poder compartilhar este sentimento materializado na forma desta bebida”, destaca. A enóloga e sommelière, Patrícia Possamai, acredita que todo enólogo sonha em elaborar um vinho para chamar de seu. “Sempre fiz vinho e testei técnicas para eu mesma beber. Hoje, com o lançamento do Bella, acho que consegui transcender o conhecimento acadêmico para ajudar a levar felicidade – sim, vinho é felicidade – para o mercado”, celebra.

O espumante

O Bella Collagen Sparkling Pink, que passa por um período médio de maturação de sete meses em tanques de aço inox, apresenta delicada coloração rosa salmão com reflexos dourados, realçados pelo perlage fino, longo e persistente. Seu aroma é fino com toques frutados que nuances de morango e framboesa, harmonizando com as notas de frutas tropicais. Em boca, destaca-se pela leveza e resfrescante acidez, revelando um agradável retrogosto frutado. O espumante, elaborado pelo método Charmat, tem 10,5% de graduação alcoólica, sendo indicado para consumo com temperatura entre 6°C a 8°C.

Versátil, o Bella Collagen Sparkling Pink harmoniza muito bem com carpaccio, lombo suíno ao molho agridoce, risoto de camarão, salada caprese, tomates recheados com salmão, sushi e sashimi, além de ser perfeito como aperitivo e para ser degustado na praia ou na beira da piscina.

O espumante está disponível na VinhosWeb.

As sócias

Regina e Patrícia

Regina Vanderlinde é formada em Farmácia Bioquímica – Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina, é Doutora em Enologia pela Universidade de Bordeaux (França). É proprietária da Vanderlinde Assessoria e Comércio de Vinhos – e sócia da Bella Wines. É presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), a mais importante instituição mundial do vinho, com sede em Paris.

Patrícia Possamai é enóloga formada pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, é Diretora Técnica da VinhosWeb Comércio de Bebidas e Alimentos. Sommelière pela ICIF – Itália, onde também se tornou Chef Master em Enogastronomia Italiana. Hoje é Diretora de Produção da Pimentaria Dedo de Moça Indústria de Alimentos e sócia na Bella Wines.

Fotos: Jeferson Soldi