Arquivo da categoria: Bebidas

Bebida prebiótica auxilia no tratamento de distúrbios intestinais

Desenvolvida para auxiliar no tratamento de distúrbios intestinais, a bebida funcional prebiótica Pura Fibra chega ao mercado com o objetivo de oferecer uma experiência inovadora e positiva com as fibras, de forma prática, saborosa e eficaz, ajudando no consumo adequado dos prebióticos. Isso mesmo, prebióticos, ingredientes nutricionais que exercem um efeito direto e instantâneo sobre a saúde, pois estimulam o crescimento e as atividades das bactérias benéficas presentes no intestino, equilibrando e fortalecendo o sistema gastrointestinal e o sistema imunológico.

bebidas prebioticos 2

Pura Fibra foi desenvolvida após um de seus criadores e fundadores decidir encontrar alternativas para que as pessoas conseguissem suprir a carência diária de fibras de forma prática. A ideia se deu após ele mesmo precisar passar por uma delicada cirurgia intestinal, ocasionada devido ao baixo consumo de fibras.

Após 12 anos de intensos estudos em parceria com outros países, como Alemanha e Estados Unidos, eis que nasce a única bebida no mundo com prebiótico pronto para beber, com fibra plant based, natural, vinda da cana de açúcar, que chega intacta ao intestino. A ingestão diária da bebida equivale, em quantidade de fibras, a: 14 folhas de alface, 22 ameixas, 5 barrinhas de cereais ou 3,5 colheres de aveia.

Por ser uma bebida funcional e não possuir contraindicações, pode ser consumida por todos, incluindo intolerantes à lactose e glúten, por exemplo. Também pode ser consumida por gestantes e pessoas de qualquer idade. Outro diferencial é que ela pode ser armazenada e consumida em temperatura ambiente.

Seus benefícios para a saúde começam a ser sentidos em alguns dias após o início do consumo e há relatos de pessoas que já sentem melhorias no primeiro dia. Além de, a curto prazo, Pura Fibra fortalecer o sistema imunológico e digestivo, previne doenças inflamatórias e mantém a pele e cabelos mais saudáveis a médio e longo prazo. Além disso, pode auxiliar a minimizar risco de doenças graves, como o câncer de cólon.

pura fibra

Pura Fibra Prebiótico promete ser um produto que entrega o que promete, sendo 100% eficaz no fortalecimento da microbiota intestinal e, consequentemente, no fortalecimento da imunidade. A bebida pode ser encontrada em 4 sabores: limão, tangerina, pêssego e morango, em embalagens de 400ml.

Informações: Pura Fibra

Como harmonizar pratos típicos juninos com diferentes estilos de cerveja

Para quem quer ter uma experiência gastronômica diferenciada, o mestre cervejeiro da Ashby, Alexandre Vaz, explica como harmonizar diferentes estilos de cerveja com pratos clássicos do arraial

Uma das épocas mais aguardadas por aqueles que não dispensam uma boa quadrilha, tomar quentão e saborear um milho já chegou. Apesar das festas juninas serem tradicionalmente comemoradas do dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, até o dia 29 de junho, dia de São Pedro, hoje é possível aproveitar o arraial também no mês de julho. A festa tem origem nas comemorações de santos populares de Portugal como Santo Antônio, São João, São Paulo e São Pedro.

Além das gincanas clássicas como a pescaria, prisão e boca do palhaço, toda festa junina que se preze também possui um cardápio típico com pipoca, bolo de milho e curau. Para quem quer ter uma experiência gastronômica diferenciada, o mestre cervejeiro da Ashby, Alexandre Vaz, explica como harmonizar diferentes estilos de cerveja com pratos clássicos do arraial, confira:

– Milho

Receita Arno_Bolo Cremoso de Milho
Seja na espiga com manteiga ou preparado como sobremesa, o milho é algo que imediatamente nos remete às comemorações juninas. Na hora de saborear um bolo de milho cremoso, uma cerveja de trigo como a Weissbier combina perfeitamente. Com espuma cremosa e duradoura, possui aroma frutado e notas de cravo e banana.

– Cachorro quente

hot dog
Foto: Alvimann/Morguefile

Esse lanche democrático, que pode ser facilmente encontrado em qualquer região, foi ganhando novas formas de preparo com o decorrer dos anos, sendo que hoje em dia é possível encontrar desde a versão clássica até as mais elaboradas. Um cachorro quente gourmet com relish de cebola roxa harmoniza com o estilo Índia Pale Ale (IPA). Lupulada e encorpada, é produzida com quatro tipos de lúpulos que dão o aroma e sabor para quem gosta de amargor.

– Bolinho caipira com recheio de linguiça

bolinho caipiria
Como o próprio nome já diz, esse quitute é a cara das festas juninas. Na versão com recheio de linguiça, o brinde deve ser feito junto com uma American Pale Ale. Feita com lúpulos cítricos e florais, ela é refrescante e com amargor médio.

– Pé de moleque

pe-de-moleque
Quando falamos nos doces que são servidos durante o arraial, o pé de moleque é um dos que costumam ser presença obrigatória nas festas. O doce feito com amendoim e caramelo combina perfeitamente com uma Porter. Ela é feita com maltes torrados que transferem a cor escura e o malte Pilsen que traz dulçor, além de traços suaves de chocolate.

– Pipoca

pipoca
Em toda festa junina a pipoca marca presença, seja ela doce ou salgada. O ideal é que a cerveja seja leve, como é o caso da Pilsen. Com 100% malte de cevada, lúpulos aromáticos e água, possui sabor na medida.

Kits Juninos

Para quem não costuma encontrar com facilidade cervejas especiais nos estabelecimentos, a Ashby preparou alguns kits especialmente para a data, e pode ser encontrados na loja online da marca:

Kit Junino

cervejaria-ashby-kit-especial-junino
Esse kit possui seis coolers, além de um charmoso caixote. O Cooler lembra o vinho quente, porém, deve ser consumido gelado. É uma bebida alcoólica mista do suco das melhores uvas da fronteira do Brasil com o Uruguai e vinho tinto, com 5,5% de teor alcoólico. Preço: R$ 54,97

Kit Arraiá

cervejaria-ashby-kit-especial-arraia
Além de vir com dois copos tulipa Ashby e um abridor de brinde, o kit possui seis cervejas: duas cervejas Ashby Pilsen, produzida com a mais pura água do Circuito das Águas Paulista da Serra da Mantiqueira, e quatro coolers. Preço: R$ 71,91

Kit Festança Junina

cervejaria-ashby-kit-especial-festanca-junina
Ideal para explorar o universo das cervejas especiais, o kit ainda vem acompanhado de um livreto com receitas juninas e duas canecas da marca. As cervejas foram selecionadas especialmente para serem harmonizadas com pratos juninos: uma Weiss, uma IPA, uma Porter, uma American Pale Ale e duas latas da Pilsen Puro Malte. Preço: R$ 98,68

Onde encontrar: Loja Ashby

 

Entre telas e taças: bons vinhos acompanhados de excelentes filmes

Confira cinco bons filmes com vinhos no roteiro, para assistir no streaming ou na sua TV, em companhia de seu rótulo preferido ou de alguns da Concha Y Toro

Quem aí não ama um bom filme que gire em torno do universo dos vinhos? Principalmente agora, que estamos limitados a viajar para visitar vinícolas espetaculares mundo afora, vale se contentar com uma história fascinante e uma bela taça de vinho para acompanhar.

A VCT – Vinícola Concha Y Toro, que recentemente disponibilizou conteúdo gratuito de um curso EAD para amantes do vinho – clique aqui – e lançou em abril a campanha #continue , estimulando as pessoas a fazer o que mais gostam em companhia de seus rótulos preferidos, sugere cinco vinhos e cinco filmes para as semanas que ainda nos restam na quarentena.

um bom ano

1) Um bom ano – Russel Crowe interpreta um investidor da bolsa que herda de seu tio, o notável ator Albert Finney, uma bela vinícola na Provence. O filme ainda tem Marion Cotillard, para alegria dos fãs da bela atriz francesa. As paisagens são de tirar o fôlego, e a cada vez que uma taça de vinho aparece em cena, dá vontade de sair correndo abrir uma garrafa.

melchor
Vinho para acompanhar – Don Melchor, porque é um corte de grandes cepas francesas, é requintado e único, como a própria história deste filme adorável. Nada menos que o célebre enólogo Enrique Tirado está por trás deste grande rótulo! Foi produzido com 93% Cabernet Sauvignon, 3% Cabernet Franc, 3% Petit Verdot, 1% Merlot e descansou 14 meses em barris de carvalho francês (55% novos e 45% de segundo uso). Temperaturas inferiores às da anterior, marcaram esta safra, também influenciada pelo fenômeno El Niño. Os solos pedregosos de Puente Alto contribuíram para a drenagem das chuvas no período de colheita, permitindo um amadurecimento equilibrado. De vermelho escuro profundo, este vinho esbanja elegância e fineza, e apresenta importante expressão aromática, na qual se destacam notas de frutas vermelhas pequenas. Em boca, um ataque suave que se perpetua com um perfeito equilíbrio de sabores e um final de boa duração, com destaque para taninos delicados e equilibrados. Teor alcoólico de 14%.

sideways2

2) Sideways – Entre Umas e Outras – Não bastasse a carismática atuação de Paul Giamatti, o filme conta ainda com Thomas Haden Church, protagonista da série HBO Divorce, em interpretação hilária. O enredo se baseia na história de Miles Raymond, aspirante a escritor que presenteia seu amigo em sua despedida de solteiro com uma viagem enoturística pela Califórnia. Ambos se envolvem com duas mulheres, sendo uma delas tão apaixonada por vinho quanto Miles Raymond. O filme ganhou Oscar de melhor roteiro, inclusive. Vale a pena rever.

amelia chardo
Vinho para acompanhar – Amelia Chardonnay, porque traz uma emblemática cepa tão popular na California e evoca o fascínio de vinhos feitos com ela. Com o enólogo Marcelo Papa à frente deste premiado rótulo, Amelia tem um novo visual e uma nova origem para a produção de seu Chardonnay. A nova origem de Amelia é o resultado da busca da vinícola chilena Concha Y Toro por vinhos com caráter, que expressam as características únicas que o Vale de Limarí contribui para a Chardonnay, proporcionando grande frescura, mineralidade e acidez equilibrada aos vinhos. O vale de Limarí está localizado na região de Coquimbo, a cerca de 300 km ao norte de Santiago. De cor amarelo cristalino e brilhante, este vinho é complexo e possui várias camadas de aromas de flores branca e pêra, além de notas minerais predominantes. É refrescante e apresenta uma excelente combinação de estrutura e mineralidade, com um atraente nível de salinidade, em seu final fresco e longo.

o julgamento de paris

3) O Julgamento de Paris – O filme relata a impressionante performance dos vinhos californianos que desbancaram a supremacia francesa e colocaram produtores do Novo Mundo no Olimpo dos críticos e experts de vinhos. O famoso “Julgamento de Paris” aconteceu em 1976. No enredo, uma família de vinhateiros californianos à beira da falência, consegue colocar seu vinho nesta prova às cegas, arrematando a maior nota. E ainda tem os ótimos Bill Pullman e Chris Pinee o saudoso Alan Rickman no elenco. Imperdível.

Marques-de-Casa-Concha-Etiqueta-Negra-01
Vinho para acompanhar: Marques de Casa Concha Etiqueta Negra, porque traz na garrafa a elegância e a surpresa de um vinho complexo e notável, perfeito para acompanhar este filme intrigante. Elegante e complexo, com belos tons de vermelho escuro, o vinho tem corpo untuoso, com notas de cereja, salsaparrilha preta, cedro, amora e breu, além de um toque de grafite. Apresenta uma profunda concentração de sabores emoldurados por taninos intensos. Uma textura quase sedosa envolve sua estrutura tânica, que se destaca realmente no começo do longo final.

sob o sol da toscana 2

4) Sob o Sol da Toscana – Baseado em livro homônimo, o filme conta a história de Frances Maye, interpretada pela linda atriz Diane Lane, que foge para a Toscana ao descobrir que seu marido a trai. Além de belas paisagens desta região – uma das grandes produtoras de vinhos no mundo – as cenas sempre ganham a companhia de uma bela taça de vinho, elemento que compõe o pano de fundo e nos faz viajar pelo belo vilarejo toscano, em Cortona, onde as cenas são rodadas.

carmenere
Vinho para acompanhar: Casillero Carménère, pela suavidade e o pomar de frutas e especiarias que traz, é uma boa companhia para rever este filme e suas belas paisagens.
Guardado em barricas de carvalho americano, cor vermelho intenso, escuro e profundo sugere aroma de ameixas negras, especiarias e groselhas maduras, junto com chocolate, notas de café e tostado. Boa estrutura e suave na boca. Carménère é uma variedade de cepa que desapareceu de seu lugar de origem, o Médoc, ao norte de Bordeaux, depois da peste filoxera, reaparecendo depois no Chile no final do século XX. Taninos suaves e redondos, o fazem ideal para acompanhar queijos maduros.

walk-in-the-clouds-dinner

5) Caminhando nas Nuvens – Passados 4 anos da II Guerra Mundial, Keanu Reeves, que faz o papel de um vendedor de chocolates, se envolve com Vitoria Aragon, interpretada por Aitana Sanches Guijon. No cenário, o vinhedo Las Nubes se destaca, e o casal se apaixona durante a colheita de uvas. Ambos enfrentarão grandes desafios a partir daí para viver este grande amor. Destaque também para o ator Anthony Quin em um de seus últimos trabalhos.

Marques-de-Casa-Concha-Cabernet-Sauvignon-2015-New-Image--1-
Vinho para acompanhar: Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon, um vinho cheio de personalidade, com forte senso de origem, e que também passou por desafios de elaboração para chegar ao seu notável caráter. Outra obra prima de Marcelo Papa, este Cabernet Sauvignon descansa em 16 barris de carvalho francês e em fudre piemontês de 5 mil litros, por 16 meses. Tem potencial de guarda para ser consumido até 2024 ou pode ser bebido agora. De cor vermelho profundo, sugere nas notas de prova cereja untuosa, salsaparrilha, cedro, amora, alcatrão e presença de fumaça. Possui grande concentração de sabores moldurados por seus taninos firmes. Uma textura suave, quase sedosa, que cobre a firme estrutura tânica subjacente, que realmente aparece no início do seu longo final.

Fonte: Vinícola Concha Y Toro

A Tal da Castanha lança bebida ideal para tomar com café

Tal da Castanha, marca brasileira pioneira em bebidas naturais de origem vegetal, está aumentando a família com seu oitavo lançamento. Sempre apostando na inovação e seguindo novas tendências de mercado, a marca lançou em maio a bebida Barista. Desenvolvida exclusivamente para ser agregada ao café em diversas receitas e formas de preparo, a bebida chega para estabelecer um novo paradigma no mercado: a substituição do leite animal por uma bebida mais sustentável, com sabor e cremosidade inigualável.

Barista segue a mesma filosofia das demais bebidas da marca: é preparada de forma natural, sem soja, lácteos, glúten, conservantes, gomas, ou qualquer outro aditivo artificial. Com aromas naturais que remete à um delicado sabor de leite, não tem adição de açúcares e foi pensada e desenvolvida para ser a melhor opção para bebidas com café. Vaporizada, faz uma espuma perfeita para criar desenhos e servir, ou impressionar amigos ou clientes.

Com essa inovação, A Tal da Castanha traça uma entrada relevante no setor de food service por meio de uma distribuição focada em bares, cafés, hotéis e restaurantes, que usarão a bebida vegetal como opção para clientes em busca de mais saúde, bem-estar e sustentabilidade. “Barista não é sobre uma alternativa ao leite, ele foi feito para ser a melhor opção para bebidas à base de café. Nosso objetivo com ele é mostrar como uma bebida de base vegetal pode ser uma escolha fácil e responsável levando não só sabor e experiência, mas também um impacto positivo para as pessoas e o planeta”, afirma Felipe Carvalho, cofundador da marca.

Com apenas cinco ingredientes (água, aveia, amêndoa de castanha-de-cajú, sal marinho e aroma natural), a bebida desafia todas as características do leite animal e oferece com excelência o resultado que um bom café com leite precisa: espuma densa e cremosa. Embora seu grande potencial seja explorado por um barista profissional, qualquer pessoa pode usar e vaporizar com um espumador manual ou elétrico.

barista

Por ser totalmente vegetal, a bebida contribui para a redução do desmatamento, uso de água potável e emissão de gases de efeito estufa. Barista é um produto brasileiro com ingredientes provenientes de uma cadeia justa e responsável, gerando renda para pequenos agricultores brasileiros.

Informações: A Tal da Castanha

Quer saber como fazer releitura de vinho quente com cerveja em casa?

 Beer sommelière da Ambev ensina passo a passo da tradicional bebida de Festa Junina que ganha versão com cerveja frutada para dar ainda mais potência e trazer criatividade à receita

As comemorações de Festa Junina este ano estão diferentes, mas para te ajudar a celebrar a data em casa com um toque de criatividade, a beer sommelière da Ambev, Carolina Loureiro, traz a releitura de um dos maiores clássicos do período, o vinho quente. A nova versão da bebida ganha característica mais frutada e potência com a substituição do vinho pela cerveja. De família Ale, a cerveja Wäls Dubbel é feita a partir de cinco tipos de malte, levedura e lúpulo, apresentando sabor de malte torrado e aroma de especiarias.

Com seu tom variando entre avermelhado e marrom escuro, cervejas do estilo Belgian Dubbel apresentam corpo e amargor médios, aroma com notas de malte, caramelo, chocolate e até mesmo banana-passa em níveis mais delicados, originados pela levedura. “Uma dica para degustar a Wäls Dubbel é misturá-la a um bombom de chocolate macio e cremoso. A junção dos dois elementos ao mesmo tempo forma na boca um terceiro sabor: trufa com frutas passas. Se preferir pratos salgados, vá de carne suína”, sugere Carolina Loureiro.

Releitura da receita com cerveja campeã

O sabor e aroma potentes da Wäls Dubbel a levaram à conquista da medalha de ouro no World Beer Cup e ao posto de Country Winner no WBA 2019. Além da notória participação em concursos, o rótulo também levou a medalha de prata no South Beer Cup.

Confira abaixo a receita e modo de preparo:

Cerveja Quente

cerveja quente

Ingredientes
• 600 ml de cerveja Wäls Dubbel
• 300 ml de água
• 2 cravos
• 2 anis estrelados
• 4 unidades de canela em pau
• Casca de meia laranja
• Uma colher de gengibre ralado ou a gosto

Modo de preparo
Coloque em uma bolsa de chá todos os ingredientes secos. Leve-os à panela com a mistura da cerveja Wäls Dubbel e água, e aguarde ferver por cerca de 10 minutos. Deixe a bebida descansando por alguns minutos e ela estará pronta para ser servida quente. Use os cravos, a outra metade da laranja e a canela em pau para decorar como preferir.

Vinícola Góes e Vinã Santa Irene lançam Simis

Mais do que um novo rótulo, uma nova experiência ao consumidor

Ao longo dos seus 82 anos, a Vinícola Góes, sempre teve como princípio a qualidade para que seus clientes vivenciem experiências únicas. Surge assim o novo rótulo SIMIS, é elaborado em parceria com a Vinã Santa Irene (Chile), que tem uma trajetória similar à empresa, uma vinícola familiar, na quarta geração, que prioriza a excelência na elaboração dos produtos e respeito aos consumidores.

Em suas prioridades estratégicas, a Góes tem como propósito desvendar novos terroirs e castas para oferecer uma gama diversificada de produtos aos seus clientes, por isso, tem rótulos de vinhos finos produzidos em várias regiões, como, por exemplo, os rótulos Góes Tempos (SP), Casa Venturini (RS) e Míneres (MG).

Elaborados em conjunto pelos enólogos da Vinícola Góes e da Vinã Santa Irene, os vinhos SIMIS Grand Reserva Cabernet Sauvignon e SIMIS Reserva Carménère, tem essência e alma paulista, com produção em solo chileno. A parceria entre as vinícolas também a interação com um grande polo produtor mundial de vinhos – Chile, e acelera ainda mais o processo de internacionalização pleiteado pela Góes. Já para a Santa Irene, estreita laços com uma vinícola conceituada e forte no enoturismo, e permite a interação com um mercado em plena expansão para o consumo do vinho.

SIMIS CARBENET (002)

O Cabernet Sauvignon Grand Reserva 2017 – Simis é um vinho tinto seco feito em colheita manual na região do Vale do Curicó – Chile. O local é considerado um dos melhores terroirs para vinhos tintos, principalmente nesta variedade. Tem aspecto límpido e brilhante, uma cor vermelho rubi e seu aroma é intenso, com notas de cereja, figo e frutas negras madura como amora, tabaco, baunilha e chocolate meio amargo. No paladar tem muita estrutura, é saboroso e untuoso, ótimo corpo, taninos presentes mais redondos e maduros, com um final de boca agradável e persistente. Sua maturação é feita em 10 meses de carvalho francês e americano de 1º e 2º uso, mais 06 meses de garrafa.

SIMIS CARMENERE (002)
Já o Carménère 2018 – Simis é um vinho tinto seco feito em colheita mecânica, também na região do Vale do Curicó – Chile. Seu clima mediterrâneo influenciado pelas frias correntes que sopram do pacífico garantem a qualidade das castas. Seu aspecto é límpido e brilhante, sua cor é vermelho intenso com violáceo. Um vinho jovem, frutado com destaque para cereja bem madura, pimenta negra, especiarias, baunilha e chocolate ao leite. No paladar ele é equilibrado, com corpo médio a longo, tanino macio, de fácil consumo. É maturado 06 meses em carvalho americano 60% e francês 40%, mais 04 meses de garrafa.

“Vinhos tem corpo e alma, são diferentes entre eles, ter um portfólio com rótulos de várias regiões enriquece o conhecimento dos nossos clientes, solidifica nossa história em busca da qualidade. Estou muito feliz com mais essa conquista da nossa família”, comemora Fábio Góes, enólogo da vinícola.

Conceito e marca

simis (002)
O interessante nesta história são as similaridades entre as vinícolas. As duas têm mais de 80 anos, são familiares, estão na quarta geração, focam na qualidade dos vinhos, amam a terra e compactuam dos mesmos valores e filosofias.

Por isso os rótulos são referendados pelos diretores gerais e levam a marca SIMIS. Uma analogia a Simil, do latim que significa similares, iguais, parecidos, gêmeos. Além disso, o palíndromo (uma palavra que se pode ler da esquerda para a direita ou vice-versa) representa a interação, troca, uma verdadeira parceria. Já o S com a sobreposição dos dois “G”s descreve o nome das famílias: Góes e Gonzales. Para fechar essa comunhão, todos os clientes são contemplados com a descrição do rótulo em português e espanhol.

Especialista dá dicas de como escolher e comprar vinho online

Com a quarentena, o hábito de comprar vinho online tornou-se uma realidade. E junto com esse novo comportamento, surgiu uma infinidade de lojas virtuais especializadas em vinho. São tantas opções de e-commerces e rótulos que fica difícil decidir o que e onde comprar. Para ajudar nessa escolha, a especialista em vinhos Paula Daidone separou seis dicas para os consumidores fazerem bons negócios e não levarem “gato por lebre”. Confira:

Dica 1 – Escolha lojas confiáveis

dreamstime mulher madura computador
Dreamstime

Com o aumento na procura por vinhos, surgiram milhares de novas lojas virtuais. Por isso, tenha certeza que a escolhida é séria e cumpre o que promete. Vá atrás de informações legais, como o registro comercial; pergunte aos amigos como foi a experiência de compra ali e visite as redes sociais para ver como a empresa lida com os clientes ou se tem algum tipo de reclamação. Outra opção é comprar em e-commerce de lojas físicas. E aí vale incluir aquele comércio de bairro que você já conhece e sabe que está atendendo por delivery ou take away.

Dica 2 – Compre de vinícolas brasileiras

vinicola goes 2
Com a quarentena, as vinícolas brasileiras entraram para o ambiente virtual. Inclusive, pequenos produtores passaram a disponibilizar seus vinhos online. E muitos estão fazendo promoções para atrair a clientela e estimular o consumo. Desde desconto progressivo até frete grátis. Outra prática comum é oferecer desconto em caixa fechada, com seis ou doze garrafas. Dessa forma, a unidade sai muito mais barato do que comprando rótulos individuais. Isso também é um ótimo jeito de conhecer a produção nacional e ainda ajudar os nossos produtores.

Dica 3 – Crie grupos de compras

celular redes sociais
Monte um grupo no WhatsApp com amigos, colegas de trabalho, familiares e todas as pessoas interessadas em vinho e comprem juntos. Por exemplo, escolha uma única loja para fazer o pedido, assim o frete pode ser compartilhado entre todos. Ou então, adquira caixas fechadas nas vinícolas brasileiras, como vimos na dica dois, e dividam as garrafas. É um jeito de todo mundo economizar e sair ganhando.

Dica 4 – Faça escolhas certeiras

vinhos

O primeiro passo é definir o tipo de vinho que está procurando e quanto quer gastar. Com isso definido, leia a descrição completa dos produtos que te interessam. Opte por comprar vinhos que indicam em qual país ou região ele foi produzido e as uvas que compõe. Selos de Denominação de Origem, ou similares, trazem uma garantia extra, pois são exemplares que passaram por um sistema restrito de produção, e trazem a garantia de procedência. Evite exemplares com descrições muito genéricas como: Vinho da União Europeia ou vinho de uvas europeias. Isso revela que o vinho não tem procedência garantida, ou seja, não é originário de nenhum país ou região específica. Se não conhecemos o rotulo, fica difícil saber qual o perfil daquele vinho e nem precisar a qualidade dele.

Dica 5 – Superpromoções

celular dinheiro internet
Cuidado com as superpromoções! Desconfie se encontrar descontos muito agressivo. Por exemplo, se um vinho de R$ 300 estiver por R$ 90, pode haver alguma coisa escondida por trás disso. Como, por exemplo, o vinho pode ter sofrido algum problema no armazenamento; ou pode ser que o vinho esteja chegando ao fim do seu tempo ideal de consumo, ou, o pior, a loja superfaturou o valor apenas para criar uma “promoção imperdível”. Na verdade, está apenas enganado o consumidor. É o famoso a metade do dobro.

Dica 6 – Vinhos exclusivos

vinho celular pesquisa
Quando encontrar a palavra exclusivo, questione o que isso quer dizer. Se o exclusivo é referente a um produto que é importado ao Brasil ou revendido com exclusividade por determinado comerciante, ok. Temos referência dele no país de origem, sabemos seu perfil e valor. Agora se esse “exclusivo” quer dizer que só determinada loja tem aquele rótulo, ou seja, nenhum outro lugar do mundo vende aquele vinho, vá atrás de mais informações. Procure saber qual vinícola está por trás do projeto; ou qual enólogo assinou o vinho; ou qual a opinião das pessoas que já provaram esse vinho. Essas informações ajudam a criar uma certa segurança na hora de fazer a compra. Pois estamos falando de produtos que não possuem nenhuma referência, nem de qualidade, estilo ou preço. Não dá nem para saber se o que estão cobrando é justo.

“Essas dicas que são essenciais e valem para a vida toda, mesmo depois do isolamento social. Inclusive, eu sempre levo esses seis itens em consideração quando vou fazer as minhas compras. É uma forma de fazer escolhas mais acertadas”, revela a especialista.

Fonte: Paula Daidone é especialista em mercado e consumo de vinho, com mais de 12 anos de atuação, e idealizadora da plataforma de ensino Reserva85. Formada em Jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduada em Wine Marketing & Events, em Portugal. Foi premiada como Melhor profissional a serviço do vinho em Portugal, pela Associação dos Escanções de Portugal, em junho de 2019; e recebeu Menção Honrosa no 22° Troféu São Paulo

Festa junina em casa: aprenda a preparar quentão com a Água Doce

Estamos em uma época muito esperada do ano, especialmente por aqueles que adoram uma culinária caseira e interiorana. Em tempos normais, estaríamos participando de várias festas juninas, espalhadas por aí. Porém, mesmo em casa, não há motivo para deixar a tradição morrer. E a Água Doce ensina a preparar um clássico junino, o quentão. Confira abaixo como preparar:

Quentão da Água Doce

Ingredientes:
1 xícara de açúcar refinado
50g de gengibre cortado em rodelas
10g de cravo-da-índia
10g de canela em pau
Casca de 1 limão siciliano
3 laranjas cortadas em rodelas
250ml de água
150ml de cachaça neutra
150g de chocolate em gotas
2 anis estrelados

Modo de Preparo:
em uma panela, coloque o açúcar e deixe dar uma leve caramelizada. Acrescente o gengibre, o cravo, a canela, as cascas de limão siciliano e as laranjas em rodelas, deixe apurar o aroma. Coloque a água e deixe ferver. Em seguida, adicione a cachaça. Coe o líquido, volte para a panela e, por último, acrescente o chocolate em gotas. Deixe ferver por alguns minutos. Decore com cascas de limão, cravo, canela e o anis estrelado.

quentao
Foto: Bruno Marconato

Rendimento: 2 porções.
Tempo de preparo: 40 minutos.

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

 

Miolo Reserva Syrah chega modernizado

Com 30 anos no mercado, a mais tradicional linha de vinhos da Miolo acaba de passar por um processo de modernização. A transformação é visível na identidade, agora mais sofisticada, mas também nos próprios vinhos diante do resultado da Safra 2018. Outra novidade é o lançamento do Miolo Reserva Syrah, feito no Vale do São Francisco, disponível ainda este mês. Quem ganha é o consumidor que desde maio pode apreciar esta evolução com o relançamento da linha composta por vinhos de alta qualidade e com excelente custo-benefício para o dia a dia.

A mudança começa pelo rótulo que passa a exibir uma identidade moderna e ao mesmo tempo sóbria e luxuosa. “Depois de uma série de novos lançamentos e novos rótulos super premium e ultra premium, chegou a vez de incrementar e reapresentar a linha Reserva, a mais tradicional da Miolo, que iniciou com o Reserva Merlot Safra 1990”, destaca o diretor superintendente da empresa, Adriano Miolo.

O lançamento Miolo Reserva Syrah é único com uvas cultivadas nos vinhedos próprios da vinícola Terranova, na Bahia. Além deste, a linha possui outros oito rótulos, sendo cinco tintos (Cabernet Sauvignon, Tempranillo, Merlot, Tannat e Pinot Noir) e três brancos (Chardonnay, Pinot Grigio e Sauvignon Blanc), estes produzidos na vinícola Seival Estate, Campanha Meridional (RS).

A Linha foi criada para destacar a expressão máxima de cada variedade de uva. Para isso, a elaboração leva em conta cada particularidade, tudo para colocar no mercado vinhos mais elaborados, dentro da tradicional categoria Reserva, uma escolha segura para consumidores que buscam opções de qualidade na faixa de R$ 50,00.

Com a troca da roupagem, a Linha Reserva também incorpora no contra rótulo de seus vinhos o Selo da The Vegan Society, que certifica os produtos como 100% veganos e livres de alergênicos, mais um diferencial da marca que acompanha as tendências de consumo e o novo comportamento dos consumidores.

Miolo Reserva Syrah

Miolo Reserva Syrah (002)

De coloração violácea profunda, este vinho traz aromas de frutas vermelhas maduras como ameixa. Sua complexidade ganha nuances de defumado e especiarias, principalmente pimenta preta. Redondo com tanino persistente e baixa acidez. Um vinho de média estrutura e intensa presença em boca. Ideal ser degustado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Informações:Miolo

Aprenda a fazer três bebidas fáceis para fortalecer a imunidade

Neste momento é importante incrementar o cardápio incluindo ingredientes nutritivos e mais saudáveis para reforçar a imunidade. Na próxima compra de supermercado, aposte em alimentos ricos em vitaminas e minerais e diminua o consumo de fontes de gordura, açúcar e industrializados.

Consumir bebidas quentes preparadas com super alimentos é uma boa forma de cuidar da saúde. Pensando nisso, Amélia Whitaker, empresária e entusiasta da alimentação saudável, ensina como preparar três bebidas para fortalecer o sistema imunológico. Confira abaixo.

Golden Milk é uma tradicional bebida ayurvédica que ajuda a fortalecer o sistema imunológico, além de ser um poderoso anti-inflamatório e antioxidante.

golden-milk

Ingredientes:
• 1 copo de leite de castanha-de-caju (ou o leite vegetal de sua preferência)
• 1 colher de chá de cúrcuma em pó
• 1 colher de chá de gengibre em pó
• 1 pitada de pimenta do reino triturada
• 1/3 colher de chá de canela
• 1/3 colher de chá de noz-moscada
• 1/3 colher de chá de cardamomo
• 1 colher de sopa mel ou melado (opcional)

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes e leve ao fogo até engrossar. A sugestão é que a bebida seja servida quente.

Pink Latte é uma bebida à base de beterraba rica em vitaminas do complexo B, tais como B1, B2, B5, B6 e B9. O vegetal também apresenta boas doses de minerais e de vitamina C, que juntas contribuem para manter a imunidade mais forte. Outro poderoso ingrediente presente na bebida é o gengibre, que é popularmente conhecido por ser anti-inflamatório, além de ajudar a reduzir as dores musculares que podem ser ocasionadas por exercícios físicos.

pink

Ingredientes:
• 1 e 1/2 xícara de leite vegetal;
• 1 beterraba orgânica cozida;
• 2 cm de gengibre fresco;
• 1 colher de chá de canela em pó.

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador, passe na peneira e leve ao fogo por alguns minutos. A bebida pode ser tomada quente ou fria. Tudo depende da preferência individual de cada um.

O matcha é uma bebida japonesa rica em antioxidantes e capaz de controlar a pressão arterial, o envelhecimento precoce da pele e melhorar o humor e a concentração. Confira receita de Matcha Latte:

matcha latt

Ingredientes:
• 1 colher de chá de matcha em pó;
• 2 colheres de chá de açúcar de coco;
• 3 colheres de sopa de água morna;
• 300 ml de leite quente.

Modo de preparo:
Coloque o chá de matcha em pó e o açúcar de coco em uma caneca ou copo. Em seguida, adicione água morna e misture com uma colher ou um batedor. Pegue o leite quente e despeje na caneca até ficar quase cheia e misture tudo até ficar tudo obter uma cor lisa e verde clara. Pronto, o seu matcha quente já pode ser saboreado.

Os ingredientes podem ser adquiridos sem sair de casa pelo delivery do Armazém Cerealista. Gostou da dica? Amélia Whitaker compartilha essas outras dicas em seu perfil. As dicas podem ser acompanhadas também pela hashtag #melrecipe