Arquivo da categoria: Cabelos

Filhas brasileiras relatam como a mãe africana as ensinou a valorizar cabelo crespo

Do Guiné-Bissau para o Brasil foi um choque para Felisberta Gomes. A africana, acostumada a celebrar os cabelos crespos, percebeu uma realidade um pouco diferente ao chegar em São Paulo. Para ela, a experiência das suas filhas, nascidas no Brasil, fez a distância cultural entre os dois países ficar ainda mais evidente. Ela notou que havia uma grande cultura de alisamento no país.

Felisberta conta que na África, onde as mulheres não costumam alisar as madeixas, o crespo é mais valorizado. E que algumas mulheres usam adereços coloridos. Para suas filhas brasileiras – Sheila, e as gêmeas Mara e Lara – houve um grande contraste entre a convivência com a mãe, que passava mensagens de valorização do cabelo natural, e o que vivenciavam no dia a dia. As três, porém, deram a volta por cima, como contam para o site Tudo pra Cabelo. De uma infância marcada por bullying, elas reconheceram o poder de seus cabelos e hoje são modelos.

Sheila comenta que ouvia muitos comentários negativos sobre os penteados que a mãe fazia no seu cabelo quando ia à escola. Mesmo gostando deles, ela era ‘obrigada’ a ficar mudando de penteados até que acabou optando pelas tranças. Aliás, hoje é o seu look do momento.

Felizberta acredita que o fato de ser cabeleireira – um ofício que veio de família – a tenha ajudado a passar confiança para as suas filhas aceitarem seus próprios cabelos e assumirem seus estilos. Opinião a qual, as filhas concordam. Sheila afirma que a mãe a ajudou a ganhar autoestima e a ver beleza nos seus cabelos de diversas formas. Mara concorda e Lara lembra do incentivo que a mãe deu a elas para aceitarem seus cabelos e buscarem diferentes inspirações.

As meninas também lembram de quando eram crianças e não havia bonecas de cabelo crespo no mercado. Felizberta saía a procura, mas não as encontrava. Porém elas comemoram o fato de hoje ser diferente e haver mais opções disponíveis, inclusive com aparência idêntica a elas. E com o dia das mães se aproximando, elas aproveitam para homenagear a mãe como fonte de suas inspirações.

Fonte: Tudo Pra Cabelo

Dicas infalíveis para manter a saúde dos cabelos com a mudança de estação

A chegada do outono é marcada pela oscilação da temperatura, que costuma ficar mais alta ao longo do dia e mais baixa no início da noite, e alteração no volume de chuva. A estação, que fica entre dois períodos de climas extremos, pode provocar ressecamento e queda capilar, exigindo um cuidado especial com os fios.

“As características típicas dessa época podem ser mais agressivas para os cabelos. O tempo seco e a poluição são alguns dos principais agentes externos, que potencializam os efeitos que podem prejudicar os fios. Eles tendem a sentir a mudança climática, por isso, é ideal que os cuidados sejam redobrados”, explica Gleyce Correa, gestora de produto e desenvolvimento da Aneethun.

Aderir a uma rotina de cuidados capilares é uma ação simples que possibilita que os cabelos mantenham a força e brilho em dia. A Aneethun, marca especialista em produtos de alto padrão direcionados para o segmento profissional de beleza e home care, traz algumas dicas infalíveis para ajudar nesse período. Confira:

Amenizar a queda capilar

É comum a queda dos fios acontecer durante o outono ou quando a raiz está enfraquecida, e de acordo com Gleyce é importante utilizar produtos específicos que auxiliam no controle da queda. “A microcirculação do couro cabeludo precisa ser ativada, para que o fio ganhe força e estimule a proliferação da fibra capilar. Para isso, é essencial optar por linhas completas que ofereçam um tratamento antiqueda, mas que também não resseque os fios”.

Evitar água quente

MyMedicineBox

Em estações como o outono e inverno, o banho mais quente passa a fazer parte da rotina com mais frequência e apesar de ser agradável, não é indicado para as madeixas. O calor da água remove a oleosidade natural do fio e segundo a gestora de PeD pode provocar um efeito rebote no couro cabeludo. “Não é necessário elevar a temperatura de forma extrema na hora de higienizar o cabelo, ela não traz nenhum benefício e pode causar um resultado negativo, deixando os fios secos e as raízes oleosas. A melhor opção é controlar entre as temperaturas morna e fria”.

Cuidado com o secador

Foto: NaturallyCurly

É comum nessa época do ano que o uso do secador aconteça mais vezes do que durante o verão. Apesar de não existir regras restritivas a utilização dessa ferramenta, é preciso ter cuidado e proteger os fios para usá-la. “É ideal aplicar produtos como leave-in ou protetor térmico antes de secar o cabelo, eles evitam o ressecamento e agem contra ativos poluentes. Vale lembrar que se utilizado todos os dias, ele pode retirar a umidade natural dos fios, o intervalo de dois dias com a temperatura morna é a alternativa ideal”, ressalta Gleyce Correa.

Dica infalível

A hidratação capilar é a melhor amiga das madeixas durante o outono, ela é uma aliada importante para fortalecer os fios e evitar que eles fiquem sem vida e sem brilho. “O cabelo danificado está com as cutículas abertas, o que não permite ao couro cabeludo reter água e proteínas, tirando o brilho e deixando o fio quebradiço. Neste momento, é melhor optar por produtos que tenham ativos hidratantes e que são específicos para o tipo de cabelo que será tratado”, destaca a gestora.

Conheça a linha AntiQuebra Therapy da Aneethun:

Shampoo Antiqueda R$ 65,60


Com pH 5,0 sua fórmula promove uma limpeza de forma eficiente e energizante, sem ressecar os fios, podendo ser usado diariamente.

Bálsamo Antiqueda R$ 68,80


Promove condicionamento suave e energizante, sem deixar o couro cabeludo oleoso. Possui o pH em 3,5.

Loção AntiQueda R$ 96,00


Grande concentração do ativo Pronaxil, sua fórmula possui pH 4,5 e deve ser usada pelo menos uma vez ao dia, sem necessidade de enxágue (não deixa resíduos no couro cabeludo e fios).

Fonte: Aneethun

Cabelos brancos: Suzana Alves conta o que a levou a assumir os fios grisalhos

Antigamente, quase todas mulheres, quando percebiam os primeiros fios de cabelo branco, os escondiam. O motivo geralmente passava por questões estéticas ou por não quererem ‘aparentar a idade’. E para manter a cor almejada, elas usavam os mais diferentes artifícios: naturais ou não. Para muitas, ir ao salão tingir os fios parecia ser a solução. Já para outras, a única saída era fazer por conta própria em casa.

Reprodução Instagram

Claro que hoje em dia muitas mulheres ainda pintam o cabelo e usam diversas formas de disfarçar os fios brancos. É uma opção e direito delas. Mas é bom lembrar que vem crescendo o número de mulheres que não querem esconder os fios brancos. Ao contrário, elas querem mostrá-los. O motivo pode ser desde uma melhor aceitação de si própria, a questões mais práticas, como se livrar das químicas e retoque periódicos.

Reprodução Instagram

Uma das atrizes que adotou o cabelo branco recentemente foi Suzana Alves, que ficou conhecida nos anos 1990 por interpretar a personagem Tiazinha em um programa de televisão. “As mulheres estão descobrindo novos caminhos. Por que o homem é charmoso de cabelo branco e a mulher não? Daqui a pouco as pessoas vão acostumar que tem muita gente com cabelo branco na rua, então isso também vai virando um hábito”, disse Suzana, em entrevista publicada recentemente no canal de cabelos All Things Hair.

Cuidados

Getty Images

Ter cabelos brancos não pode ser mais considerado um ato de desleixo e há várias formas para mantê-los estilosos, bonitos e bem hidratados. Como provavelmente você já sabe, o fio branco é mais seco e um pouco mais áspero que os demais. Isso ocorre devido a uma menor presença de melanina, substância que confere elasticidade e proteção aos fios. Portanto, para manter o cabelo hidratado, cremes, manteigas e ceramidas podem ser bons aliados.

Na hora de lavar, usar um shampoo desamarelador pode ser uma boa medida, pois, com menos pigmentos, os fios tendem a acumular mais resíduos. Com a exposição ao sol, esse problema tende a piorar. Por isso, ao sair de casa, a dica é sempre usar produtos com filtro UV, que protegem contras os raios ultravioletas.

Focar em uma boa alimentação também pode ser uma alternativa para fortalecer os fios. Investir, por exemplo, em alimentos como carne, fígado, ovos, queijos e vegetais folhosos, que ajudam na produção dos melanócitos, responsáveis pela produção da melanina.

Fonte: All Things Hair

Transição capilar para os fios grisalhos – passo a passo e os cuidados

Processo pode levar até 2 anos para finalizar, mas a moda já pegou

Cabelo natural é uma tendência que se intensificou com a pandemia e parece que vai ficar. Aderir aos fios naturais não se resume mais apenas em aceitar a textura e o formato dos fios, a cor também entrou nessa onda e os grisalhos estão cada vez mais em alta.

O Hair Stylist de SP, Luigi Moretto comenta que um fator importante para quem está decidido a embarcar nessa mudança é entender que durante esse processo haverá altos e baixos, e vale entender cada fase deste processo e os cuidados necessários para que as madeixas façam essa transição com saúde e beleza.

Grombre

1 – Transição inicial: de 1 a 8 meses
É a fase mais difícil, segundo o especialista. Já que é neste período que a maiorias das desistências acontecem. “Muitas mulheres tentam disfarçar ao máximo o crescimento de seu cabelo, mas quem vence essa etapa dificilmente desiste do processo”, afirma.

Shutterstock

2 – Transição intermediária: de 9 a 18 meses
Aqui já começa a aceitação e a maioria das mulheres começam a curtir todos os momentos e descobertas do cabelo. “A diferença de cor passa a não incomodar, mas começam as dificuldades no tratamento para deixar os brancos macios e sem friz, fala Luigi. A percepção do hair stylist é que aqui a mudança passa a ser interna, de aceitação, orgulho, deixa de ser uma ideia inicial e começa a se concretizar.

3 – Transição final: a partir dos 24 meses
Vencida essa etapa de transição, Luigi afirma que depois deste tempo é bem difícil alguém voltar atrás e abrir mão dos grisalhos. “Nessa fase a mulher já aprendeu a tratar dos fios brancos, aceitar suas fases naturais, suas formas que podem ser vistas em mechas, espalhadas ou ate mesmo localizadas em algumas regiões. O resultado é fantástico”, revela. Mas, para chegar lá, Luigi ensina algumas dicas de ouro, que todo mundo que deseja passar por esta importante transição precisa saber.

Corte
A sugestão do especialista pelos cortes mais curtos e com maior frequência, para retirar o mais rápido a química que ainda existe nos fios. “Os cortes desfiados também ficam bem legais, mas quanto mais curtinho, melhor”, ensina.

Pinterest

Cor
Optar pelas mechas em uma cor bem mais clara ajuda a diminuir o máximo a diferença que vai ficar no início do processo. “Fuja das cores mais escuras, se esse for o seu caso faca umas mechas bem clarinhas”, diz.

Cuidados Específicos
O tratamento com um shampoo específico para cabelo branco, que contenha um pH especifico para tratá-los é o que vai manter a cor bem clarinha evitando deixá-los amarelados.

Getty Images

Hidratação
Os fios brancos são mais porosos por isso não conseguem reter a água dentro do fio. “A regra é fazer uma hidratação a cada 15 dias”, alerta Luigi.

Umectação capilar frequente associada a nutrição:
Para potencializar a nutrição vale associar a umectação uma vez ao mês. “A nutrição é importante para criar uma barreira que auxilia na retenção da água no fio, devolvendo maleabilidade, umidade e mantendo a cutícula sempre fechada”.

Manutenção da cor:
É muito importante utilizar shampoo próprio para cabelos grisalhos geralmente são roxos, temos também totalizantes específicos para cabelos brancos para mantê-los sempre com brilho e bem clarinhos. “Se os fios amarelarem não é motivo de desespero, atualmente há muita solução para isso no mercado e nos salões de beleza”, finaliza Moretto.

Fonte: Luigi Moretto é hair stylist e já cursou aperfeiçoamento pela De La Lastra; Blond On Blond – ASK Academy Schwarzkopf The Box Workshop Live com Rafael Bertolucci da Loreal Professionel Paris; AlennMJ Collection By Allen Mujagic – AlennMJ Academy Italy; Cinderella Hair Extensions (Alongamento capilar 3 métodos) – Cinderella Hair USA; Oil Treatments – Moroccanoil USA Best Tool; Salon Centric USA Highlights – Product Club USA Colour Express; ASK Academy Schwarzkopf; Colour Expert – ASK Academy Schwarzkopf; Colour Master – ASK Academy Schwarzkopf; TBH True Beauty Honest – ASK Academy Schwarzkopf; Essencial Looks: Look&Learn – Schwarzkopf International French Balayage Mastercard Internacional by My Sasha – Loreal Professionel Paris; Segredos da neutralização – Loreal Professionel Paris; Color Discovery – Loreal Professionel Paris; Gênesis Atelier Kerastase – Loreal Paris; Blond Again Kerastase – Loreal Paris; Arte da Tricologia – Loreal Paris; Princípios da Cor – REDKEN 5th Avenue NY Academy.

Finalizadores da Clind Professional reparam e restauram os fios

A Clind Professional está lançando dois finalizadores capilares. O restaurador capilar multifuncional BB Cream Uso Obrigatório Clind Professional foi desenvolvido para reparação, hidratação, nutrição e reposição proteica dos cabelos. Sua fórmula traz praticidade e benefícios múltiplos, oferece condicionamento e desembaraço aos fios ressecados e danificados, devolvendo brilho e a maciez. Ele também controla o frizz e o volume, protege da ação térmica, contribuindo na manutenção da cor, tornando-os mais fortes, sedosos e vibrantes.

1 Repara fios danificados
2 Ação Termoativada
3 Controla o Frizz
4 Reposição de Proteínas
5 Reconstrutor da fibra
6 Fortalecedor Capilar
7 Hidratação Prolongada
8 Proteção UVA/UVB
9 Nutrição Lipídica
10 Intensificador de Brilho
11 Fios Leves e Soltos
12 Prolonga o Penteado
13 Revitalizante da Cor
14 Facilita a Escovação
15 Previne Pontas Duplas

Indicação: todos os tipos de cabelos.
Ativos: óleo Argan, óleo de macadâmia, manteiga de karité, colágeno hidrolisado, elastina
hidrolisada, queratina hidrolisada, silicones aminicos e PCA-Na.
Rendimento: 25 a 30 aplicações (podendo variar conforme o tamanho do cabelo).

Modo de usar
Agite antes de usar. Aplique o BB Cream Clind Professional sobre os cabelos úmidos e distribua ao longo dos fios, do comprimento até as pontas. Não enxágue. Se preferir, seque com o secador. Para maiores resultados de brilho e maciez, finalize com uma prancha de cerâmica.
Preço: R$ 95,00

O outro finalizador da marca é a Ampola Magic Cream Clind Prefessional. Ela age na fibra capilar reparando cada fio danificado pelo processo químico, proporcionando brilho intenso e selamento cuticular imediato. Com uma combinação de ativos extra emolientes e lubrificantes, promove uma nutrição disciplinante que resgata a flexibilidade natural dos fios.

Ampola Magic Cream Clind Professional 20ml

Indicação: todos os tipos de cabelos.
Ativos: formulação altamente condicionante e emoliente enriquecido com Semi de Lino.
Rendimento: 2 a 3 aplicações (conforme o tamanho do cabelo).

Modo de usar:
Despeje a ampola em água fria e misture até obter uma mousse ou aplique diretamente nos cabelos limpos e molhados. Deixe agir por 3 minutos. Em seguida, enxágue bem e finalize conforme o desejado.
Preço: R$ 30,00

Os produtos estão à venda no studio da empresa ou por meio de entregas online.

Informações: Clind Professional

Erros e acertos ao cuidar dos cabelos cacheados

Libertar-se do secador e assumir os cachos já é mais do que uma tendência, virou preferência entre muitas mulheres. Para manter os fios naturais e dar ainda mais leveza aos cabelos cacheados, o Hair Stylist de SP, Luigi Moretto revela algumas dicas assertivas e os principais erros que não podem ser cometidos.

ACERTOS

Sprays ativadores de cacho

Getty Images

Esse produto é desenvolvido especificamente para esse tipo de cabelo, por isso possibilita que os fios se definam naturalmente, além de promoverem um tratamento progressivo das madeixas, resultando em cachos mais definidos e menos ressecados, ou seja, com o volume e o frizz controlados.

Fitagem

Essa é uma técnica simples de texturização feita com os dedos e creme de pentear. Basicamente consiste em separar o cabelo em várias partes, distribuir o creme de pentear pelas mechas e amassá-las com as mãos em direção a raiz do cabelo.

Difusor

Foto: NaturallyCurly

O difusor é um acessório que pode ser comprado separadamente e encaixar no bocal do seu secador tradicional. “Por conta do seu formato, o difusor espalha o ar quente, que além de não queimar os fios, não desmancha os cachos, melhorando assim a definição, sem frizz e sem ressecamento”, ensina Luigi.

Secagem dos fios com uma toalha de microfibra

As toalhas convencionais podem ser muito prejudiciais aos cachos, que tendem naturalmente ao frizz por serem mais secos que os outros tipos de cabelo. A dica do especialista é enxugar os fios com uma toalha de microfibra que absorve a umidade e preserva as propriedades dos produtos após a higienização.

Trocar a escova por um pente de dentes largos

Foto: GoodHousekeeping

A probabilidade de quebra de cachos usando a escova é grande e o frizz pode ser aumentado. “Vale sempre pentear os cabelos molhados, evitar as escovas tradicionais e preferir ainda os pentes de dentes largos, que quebram menos os fios e ajudam a manter o formato do cabelo cacheado”, afirma.

ERROS

Dormir com os fios molhados

Esse é um dos erros que deve ser evitado por todas, independentemente da textura do cabelo. Isso porque além de acordarem amassados e desarrumados, essa prática ainda pode contribuir para o aumento da seborreia – e, consequentemente, o aparecimento de caspas. “Quando lavar o cabelo durante a noite é importante recorrer ao difusor em seguida”, avisa o hair stylist.

Esquecer de usar protetor térmico antes do difusor

Outro erro que deve ser evitado para deixar os cachos protegidos e saudáveis é ignorar o uso do protetor térmico antes de secar o cabelo com o aparelho. “Esse tipo de produto forma uma espécie de película protetora ao redor do fio que é ativada pelo calor para impedir que as temperaturas mais altas afetem a fibra capilar e o couro cabeludo”.

Usar creme de pentear em excesso

Shutterstock

Quem acabou de passar pela transição capilar ou ainda não descobriu a melhor maneira de cuidar dos cachos pode acabar cometendo o erro de exagerar na quantidade de creme de pentear. Quando isso acontece, além de deixar as madeixas com um aspecto sobrecarregado, a formação dos cachos também fica prejudicada e eles levam muito mais tempo para ficarem completamente secos. “Para evitar o problema na hora da finalização, o truque é sempre errar para menos – ou seja, aplicar uma pouca quantidade do produto no comprimento e, depois, ir retocando as partes em que sentir que o creme de pentear ainda está fazendo falta”, avisa Moretto.

Desembaraçar os cachos a partir da raiz

Just Curly

Esse é um erro que além de ser bem mais doloroso, desfazer os nós dessa maneira também é prejudicial porque aumenta a quebra. “A dica para deixar o cabelo desembaraçado sem passar por isso é sempre começar a desembaraçar na direção inversa – ou seja, das pontas para a raiz – e não esquecer de usar algum creme para que as partes emboladas fiquem mais maleáveis e sejam desfeitas com mais facilidade”, finaliza o especialista.

Fonte: Luigi Moretto

Cabelos brancos e grisalhos: cuidado com o alisamento dos fios

Progressiva, secador e chapinha: a cosmetóloga e especialista, Angela Vitalino de Farias, alerta sobre os riscos de alisar os cabelos quando se decide empoderar

Faz três anos que a cosmetóloga da Bambbu Cosméticos e especialista em brancos e grisalhos, Angela Vitalino de Farias, se dedica às mulheres que querem abandonar as tinturas e assumir a real identidade. Porém, por muitas vezes, elas querem assumir apenas a cor natural dos cabelos, mas não os fios como eles verdadeiramente são, ondulados, com volume ou mesmo cacheados. É possível fazer os dois?

Segundo a cosmetóloga, sim, no entanto, alguns cuidados a mais devem ser tomados. Com o processo de canície (perda da melanina dos fios) que ocorre ao longo de nossa vida, os melanócitos que ficam dentro do folículo piloso, deixam de produzir a melanina, pigmento que dá a cor aos cabelos, deixando-os sem proteção e expostos aos fatores da radiação solar, bem como aos danos de equipamentos de altas temperaturas e danos diários comuns.

No lugar da melanina, o espaço antes ocupado, será preenchido pelo oxigênio/ar, tornando-os leves e arrepiados (com alta incidência de frizz). Além disso, sem ela os fios também ficam expostos e sem proteção direta e indireta das proteínas capilares (aminoácidos), diversos nutrientes e vitaminas. Diante disso, se tornam muito suscetíveis ao amarelamento seja por radiação solar e muito mais quando expostos a altas temperaturas, são mais secos, ásperos, e acabam se tornando frágeis e até quebradiços.

Pronto. Já sabemos que eles ficam naturalmente amarelos, mais frágeis e desidratados, e o maior perigo é quando são expostos à químicas e altas temperaturas.

O que fazer? Primeiro, para desamarelar, é necessário usar um bom Kit Black, que além de manter e realçar a cor natural dos fios também vai hidratá-los e dar brilho.

“Para as mulheres que são fãs dos lisos, os cuidados são muito maiores e, caso o procedimento seja realizado em salão, isso deve ser passado aos cabeleireiros”, afirma Angela.

Angela ainda ressalta outras dicas muitos importantes:

Foto; Andreas Kuehn/GettyImages
  • Alerta para a temperatura! O grande vilão dos cabelos brancos e grisalhos. Eles tendem a ajudar no processo de amarelamento. Então preste a atenção.
  • Evite o use de chapinha. Esse processo vai danificar muito os cabelos, eliminar a água dos fios, deixá-los desidratados e, se usada em alta temperatura, com certeza o tom amarelado vai aparecer. E, quando usada com frequência, deixa os fios fragilizados e quebradiços.
  • Leave-in é obrigatório. É imprescindível usar um bom protetor térmico/leave-in black ou cinza, antes de utilizar equipamentos de altas temperaturas, aplique-os nos cabelos umedecidos após a lavagem e condicionamento. Procure pelos específicos para brancas e grisalhas, que vão aumentar ainda mais a proteção.
  • Alisamento ou redução de volume? Caso seja muito importante para a pessoa que os cabelos sejam lisos ou que tenham o seu volume reduzido e o fio se mantenha alinhado, não há outra forma a não ser partir para os alisamentos e redutores de volume, de preferência sem formol, pois estes são cancerígenos e não autorizados pela Anvisa. Escolha sempre os de ácidos orgânicos.
Getty Images
  • Antes do procedimento da progressiva, é importante lavar os cabelos com um shampoo de limpeza profunda, conhecidos como antirresíduos de 2 a 3 vezes, fazer o enxague e secar os fios 100%.

E se o cabeleireiro não souber disso, peça a ele para misturar um bom matizador black na máscara alisante para evitar o seu amarelamento. Evite matizadores de cores azuis ou violetas em fios brancos, pois estes podem manchar os fios. Após tempo de pausa, retire o excesso do produto dos fios, aplique um bom leave-in/protetor térmico e faça a escovação.

O correto é secar/escovar o cabelo em temperatura média no secador e a 10 cm de distância dos fios, de preferência não pranchar, assim se obtém uma excelente redução de volume sem amarelar. Mas, se a pessoa quiser o liso recomenda-se pranchar cada mecha de 2 a 3 vezes, aguardando o resfriamento do cabelo entre cada pranchada e, se houver a percepção de que o fio está amarelando, deve-se interromper o procedimento na hora, para evitar a oxidação do fio.

É necessário levar em conta que, se a chapinha queimar o fio branco, não é possível restaurar a cor, a não ser com o uso de produtos para esta finalidade.

Tudo dependerá do grau de oxidação, se ocorrer um amarelamento intenso, provavelmente desamareladores não funcionarão. Será necessário utilizar tonalizante para correção da cor, e há casos em que é preciso até descolorir o fio, procedimento esse, um tanto agressivo, para quem quer ter madeixas brancas naturais.

Portanto, todo cuidado é pouco quando se trata de “alisar ou reduzir o volume de fios brancos”.

Fonte: Angela Vitalino de Farias, química e cosmetóloga da Bambbu Cosméticos. É formada em gestão ambiental e pós-graduada em administração de empresas em 2014, técnica química e pós-graduada em cosmetologia .

Metade das mulheres afirma que já mudou o estilo de cabelo para ser mais aceita

Na hora de escolher um penteado ou estilo para o cabelo, muitos fatores estão em jogo na cabeça de uma mulher. E não é só julgar, por exemplo, se um determinado estilo combina com a anatomia do rosto ou personalidade. Mas também é possível dizer que pressões sociais também influenciam na hora de escolher um novo corte ou arrumar as madeixas.

Pesquisa do All Things Hair, canal de cabelos da Unilever, encomendada para a empresa Opinion Box, revela que quase 50% das mulheres afirmam que já foi necessário mudar o estilo de cabelo para se sentirem aceitas em um determinado ambiente. Precisamente, para 6%, essa situação sempre ocorre, acontece muitas vezes para 15%, e algumas vezes para 27%.

A mesma pesquisa revela que quando perguntadas, como o cabelo, de forma geral, as fazem sentir, ‘bem com elas mesmas’ foi a resposta que saiu disparadamente na frente, com 69%. O resultado mostra a importância do cabelo no componente visual da mulher.

Emponderadas também apareceu relativamente forte, com 19% das opções, mostrando que os cabelos podem ser usados para passar uma mensagem desafiadora, política ou social para uma considerável parcela da população feminina. Já se sentir fashion e profissional surgiram mais atrás, com, respectivamente, 7% e 3%.

Estilo predileto

O fato de quererem estar bem consigo mesmas provavelmente também reflete na predileção pelo cabelo solto, tanto para o ambiente profissional, dito por 45%, quanto no final de semana, afirmado por 71%. Já o rabo de cavalo e o coque parecem ser estilos de cabelos mais apropriados para situações profissionais. O rabo de cavalo, por exemplo, foi mencionado por 26% das mulheres como sendo o estilo favorito para o trabalho. Já como estilo favorito no fim de semana, apareceu com 9%. E o coque, por sua vez, é o favorito para o trabalho por 24%.

Shutterstock

A predileção por cabelo solto provavelmente tem a ver com questões de liberdade e por ser versátil. Ele pode cair bem dentro de casa, no fim de tarde na hora do lazer e mesmo num evento ligado ao trabalho. E combina com fios curtos e longos, assim como em todos os tipos de cabelos: liso, cacheado e crespo. E ele pode ser usado de formas diferentes, sendo dividido no meio, repartido para o lado e com volume.

Metodologia: para a pesquisa, foram entrevistadas 1.000 mulheres de todas as regiões brasileiras e classes sociais, entre 18 e 40 anos, em fevereiro.

Fonte: All Things Hair

Cabelo de verão: mantenha a saúde dos fios nesta época do ano

É uma delícia curtir o verão na praia, tomando banho de mar ou curtindo uma piscina. Mas, infelizmente, as altas temperaturas, a água salgada, o cloro e até mesmo o excesso de vento são fatores que danificam o cabelo.

Por isso, vale ter cuidado redobrado com os fios nesta época – atenção especial para aqueles que possuem tintura, progressiva, clareamento ou outros tipos de químicas, que os deixam ainda mais vulneráveis. E todos os tipos de cabelo estão sujeitos a esses agravantes – dos lisos aos cacheados, dos secos aos oleosos.

Apostar em rituais capilares é uma ótima forma de manter a saúde do cabelo em dia. É importante garantir a hidratação dos fios, evitar o uso de chapinhas e secadores nesta época e também prestar atenção no couro cabeludo. Ele é a “fonte de juventude” dos cabelos, responsável por novos fios e, por isso, merece atenção especial.

Sérum de Gengibre, da The Body Shop, é um produto-chave para o couro cabeludo. Ele não é oleoso e possui rápida absorção, ajuda a reequilibrar esta parte da cabeça e a controlar a oleosidade. Além de tudo contém em sua formulação casca de Bétula, uma fonte natural de vitamina C, conhecida por construir colágeno – um componente importante da estrutura do cabelo. O modo ideal de aplicação é de 2 a 3 gotas até 3 vezes por semana, para finalizar os cuidados capilares.

Além disso, o Shampoo Esfoliante de Chá Verde ajuda a estimular o fluxo sanguíneo e absorver as impurezas como resíduos de poeira, fumaça e suor. Indicado para ser usado 2 vezes por semana, é possível fazer uma massagem de purificação, que deixará com a sensação de couro cabeludo instantaneamente renovado, ajudando a reduzir o acúmulo de resíduos no cabelo e deixando-o com um brilho saudável.

E não pode faltar a nutrição dos fios, certo? A Máscara Capilar de Karité é enriquecida com manteiga de karité e manteiga de cacau do Comércio com Comunidades de Gana e óleo de coco orgânico do Comércio com Comunidades de Samoa, que promovem cabelos maleáveis, macios e saudáveis – e tudo feito com responsabilidade social. Ela é perfeita para cabelos secos e danificados e pode ser usada duas vezes na semana.

Informações: The Body Shop

Keune Haircosmetics sugere tratamento contra queda para quem viu o cabelo cair na pandemia

Pandemia, isolamento social, home office. Se você sentiu o cabelo cair além do comum nos últimos meses, saiba que não está sozinho. No Instagram da Keune Haircosmetics (@keunebrasil), 79% dos seguidores afirmaram sofrer com queda de cabelo. Em uma enquete realizada nos últimos dias, esse foi o principal problema relacionado ao couro cabeludo apontado por mais de duas mil pessoas.

Mas qual a relação do couro cabeludo com a queda de cabelo? “Toda! No couro cabeludo estão todas as células vivas que promovem o crescimento e nutrem o fio. Manter o couro cabeludo limpo e cuidado é essencial para a saúde da haste capilar”, explica Gilmayara Abreu, dermatologista capilar e estética.

“Queda é um sinal de que algo não está funcionando como deveria, então, é preciso sempre investigar a causa com o seu dermatologista. Ele vai tratar a causa. Os cosméticos vão tratar os efeitos”, alerta Pedro Henrique Guimarães, cosmetólogo e técnico homologado em produtos da Keune no Brasil. Felizmente, Keune se preocupou em criar uma solução ideal para quem sofre desse mal: a linha Keune Care Derma Activate, formulada seguindo os conceitos da tricologia.

Uma linha completa contra a queda

Nos três produtos da linha (shampoo, loção e spray), estão ativos poderosos como takanal, biotina e cafeína, que interrompem a queda ao mesmo tempo em que ativam o crescimento de novos fios. O Care Derma Activate Shampoo contém biotina e pró-vitamina B5, responsáveis por interromper a queda e aumentar a produção natural de queratinas, além de proteínas, que dão corpo e volume aos fios.

“A biotina é uma vitamina do complexo B muito importante para o crescimento das células e produção de anticorpos. Ela tem o papel de metabolizar as proteínas”, esclarece Marcela Buchaim, tricologista e especialista em queda capilar.

Já o takanal, presente na fórmula da Care Derma Activate Lotion, é usado para bloquear a ação da enzima que causa a queda capilar. Aliado à biotina e à cafeína, essa loção tonifica o couro cabeludo e estimula o crescimento dos fios. “A cafeína tem o poder de vasodilatar o folículo. E quanto mais dilatado, maior a oxigenação e menor o risco de queda capilar”, completa a tricologista que há 13 anos trabalha com foco em queda de cabelo.

Como acrescenta o cosmetólogo e técnico homologado em produtos da Keune no Brasil, por se tratar de uma loção lipossomada, a Activate Lotion consegue atravessar a pele e depositar os ingredientes ativos bem na raiz do cabelo. Com apenas 12 gotas por aplicação é possível ter um tratamento completo contra a queda, graças à alta concentração de nutrientes desse produto.

Para completar o tratamento antiqueda, Care Derma Activate Thickening Spray. Esse spray finalizador é indicado para cabelos finos e delicados e é enriquecido com ingredientes capazes de aumentar a espessura da fibra capilar instantaneamente. Se você deseja aquela sensação de cabelo cheio, é a melhor opção. Ainda assim, também contém biotina, que estimula o crescimento capilar.

Além de incluir na rotina de cuidados diários produtos específicos antiqueda, Marcela destaca outros cuidados que podem ser adotados no dia a dia para prevenir esse problema, entre os quais, estão: ingerir bastante água, ter uma alimentação saudável e equilibrada e até fazer uma massagem no couro cabeludo durante o banho. “O cabelo é o reflexo de como estamos por dentro. Todos os nossos hábitos influenciam na saúde do cabelo e do couro cabeludo”, conclui a tricologista.

Informações: Keune Brasil