Arquivo da categoria: campanha

Campanha de entrega de painéis solares a pacientes com doenças respiratórias

Objetivo é reduzir gastos com o consumo de eletricidade e contribuir com o meio-ambiente

Com um nome que já diz tudo, a campanha ‘Sol-Ar: sol para respirar’ vai transformar a vida de dez famílias de pacientes de hipertensão pulmonar e de asma grave que dependem integralmente de equipamentos respiratórios para sobreviver. Criada pela Abraf (Associação Brasileira de Apoio à Família com Hipertensão Pulmonar e Doenças Correlatas), a iniciativa inédita vai entregar kits com quatro placas fotovoltaicas que vão gerar energia solar limpa e totalmente sustentável, contribuindo diretamente na redução do custo financeiro gerado pelo uso excessivo dessas máquinas.

Apenas no Brasil, cerca de 60 mil pessoas sofrem de hipertensão pulmonar e mais de quatro milhões de asma grave. Ambas as doenças são crônicas, progressivas e podem ser fatais, resultando em 100 mil internações anuais, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE, de 2013, e mais de 100 mortes por dia no país, de acordo com o DataSUS.

usando bombinha asma mulher

Essas doenças limitam a rotina do paciente, com sintomas como falta de ar crônica e cansaço. Em muitos casos, é recomendado o uso de oxigenoterapia, técnica que utiliza equipamentos que produzem oxigênio suplementar, que é utilizado para atividades específicas como dormir e caminhar ou até mesmo por 24 horas, fazendo com que esses pacientes sejam totalmente dependentes desses aparelhos.

“Foi pensando nisso que desenvolvemos a campanha Sol-Ar. A ação desonera o paciente socioeconomicamente vulnerável do alto gasto financeiro com energia elétrica, reduzindo pelo menos 30% dessa despesa, e ainda garante a tranquilidade de não precisar se preocupar com uma eventual queda de energia elétrica, o que poderia apresentar riscos a sua vida”, explica Paula Menezes, presidente da Abraf. Mediante análise socioeconômica e comprovação do aumento das contas de energia por conta das máquinas, a campanha vai beneficiar diretamente 50 pessoas, sendo 10 pacientes e 40 familiares, residentes nas cidades de São Paulo e São Bernardo do Campo.

A iniciativa também vai entregar um impacto socioambiental positivo. Além das famílias selecionadas, cerca de 190 mil habitantes das duas cidades serão beneficiados, uma vez que a energia solar é livre de geração de gases de efeito estufa, os principais responsáveis pelas mudanças climáticas.

“O benefício direto às famílias eletrodependentes e a disseminação do excedente à comunidade fazem parte da estratégia do projeto de firmar compromisso com os ‘Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)’ da ONU, aumentando o percentual da população com acesso primário a combustíveis e tecnologias limpos”, conta Paula. A campanha Sol-Ar é finalista do EyeforPharma Awards, premiação que reconhece as iniciativas com maior impacto social na área da saúde.

aquecedores

As inscrições para participar da iniciativa também já estão abertas. Os interessados podem clicar aqui para saber mais sobre as condições e realizar a inscrição.

Fonte: Abraf

Campanha do Agasalho: Pão de Açúcar, Extra, Assaí e CompreBem arrecadam doações

Cobertores e roupas em bom estado podem ser levados às lojas do GPA

O Pão de Açúcar, Extra, Assaí e CompreBem, por meio do Instituto GPA, junto às organizações Rotary, Cruz Vermelha, Exército da Salvação, Legião da Boa Vontade, Instituto SOS Gente, entre outras, anunciam a Campanha do Agasalho 2019, que será realizada até o dia 9 de junho (domingo).

A arrecadação de agasalhos faz parte da Agenda Solidária promovida anualmente, com o objetivo de mobilizar colaboradores(as) do GPA, clientes, fornecedores e organizações sociais, para atuarem como agentes de transformação social. Em 2018, cerca de 40 toneladas de roupas foram recolhidas em todo o Brasil, beneficiando mais de 29 mil pessoas vinculadas às instituições parceiras. Para este ano, a estimativa é arrecadar 50 toneladas. As doações podem ser realizadas no horário de funcionamento das lojas do Pão de Açúcar, Extra, Assaí e CompreBem de todo o Brasil.

GPA.png

“Essa é mais uma ação que une colaboradores e clientes do GPA em prol da solidariedade, com números surpreendentes de arrecadações de roupas e cobertores que melhoram a cada ano. É importante nos espelharmos em práticas positivas, aumentando o nível de conscientização coletiva”, afirma Thatiana Pereira Zukas, Gerente de Investimento Social.

Cruz Vermelha de São Paulo lança 10ª edição da Campanha do Agasalho

Uma das celebridades mais carismáticas atualmente na mídia, Sabrina Sato é a madrinha da ação e convida a população paulistana a compartilhar solidariedade para ajudar a quem precisa

A Cruz Vermelha Brasileira – Filial de São Paulo inicia, nesta segunda-feira, 27 de maio, a 10ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores. Intitulada “Aqueça São Paulo”, a ação tem como objetivo engajar a população para atingir a arrecadação de 17 toneladas de roupas e ajudar mais de 25 mil pessoas a enfrentarem as baixas temperaturas do outono/inverno paulistano.

A iniciativa pretende beneficiar 115 comunidades em situação de vulnerabilidade da capital e municípios próximos como Limão, Pedreira, São Miguel Paulista, Jardim Damasceno, Carapicuíba e Ribeirão Pires.

Carisma e solidariedade

Neste ano, a Cruz Vermelha de São Paulo ganha uma importante aliada: Sabrina Sato será madrinha da iniciativa. Ícone de moda, beleza e carisma, a apresentadora doou sua imagem para incentivar a população e seus seguidores a “viralizarem” o ato de doar.

“No inverno, tudo esfria! Mas o nosso coração tem que estar aquecido com o calor da solidariedade para ajudar quem precisa. Conto com a participação de cada um para que mais de 25 mil pessoas enfrentem o inverno que está chegando. Doe agasalho. Com a ajuda de todos, o frio fica mais quente”, disse Sabrina.

A simpatia da apresentadora e a sua força para engajar os mais diferentes tipos de público em prol de uma mesma causa, foi o que motivou a instituição a convidá-la para a campanha, segundo a Gerente de Projetos Sociais e Voluntariado da Cruz Vermelha de São Paulo, Aline Rosa.

“Doar é um ato que faz bem tanto para quem pratica quanto para quem recebe. Ficamos muito felizes com a participação da Sabrina porque ela tem esse espírito solidário que queremos incentivar. Com a alegria que ela desperta nas pessoas, temos certeza que vamos conseguir fazer ‘bombar’ essa campanha e compartilhar mais atenção e calor com todos que precisam”, disse Aline.

Em 2018, a Cruz Vermelha de São Paulo bateu recorde de arrecadação: 44 toneladas de roupas chegaram à instituição, possibilitando beneficiar 41.446 pessoas em situação de vulnerabilidade. O resultado foi possível também graças à solidariedade da população, que doou ativamente para ajudar as vítimas de um incêndio na capital paulista. O remanescente das doações foi revertido para ajudar quem precisa, na Campanha do Agasalho.

Atenção sob medida

Um dos diferenciais da campanha “Aqueça São Paulo” é a doação sob medida. Os voluntários da instituição visitam as comunidades para fazer um cadastro prévio dos moradores, levantando dados socioeconômicos das famílias e informações sobre o vestuário de cada um. Entre as informações estão gênero, tamanho e preferência por saia ou calça (em respeito à tradição de algumas religiões).

Conforme os donativos chegam à Cruz Vermelha, são montados kits com camiseta, agasalho e calça ou saia, no tamanho exato de cada membro da família cadastrada, garantindo, também, o maior aproveitamento da doação e evitando descartes de peças que não sirvam no corpo.

“É um processo que leva mais tempo, mas, que, para nós, é muito importante, porque é um cuidado a mais com essas pessoas. Pensando nesses detalhes, conseguimos transmitir para elas toda a nossa atenção e amor por meio das doações”, afirmou Aline.

O cadastramento das primeiras comunidades teve início em fevereiro, realizado pelos voluntários da instituição em parceria com organizações sociais localizadas nas regiões periféricas.

cruz vermelha1.png

Como doar

A Cruz Vermelha de São Paulo conta com a parceria de grandes empresas, shopping centers, escolas e universidades, instituições religiosas, clubes, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais para a arrecadação das doações. No site da campanha, é possível acessar a lista completa dos locais onde estão disponibilizadas as caixas de coleta.

As doações também podem ser entregues na sede da entidade, localizada na Av. Moreira Guimarães, 699 – Planalto Paulista.

Informações: Cruz Vermelha de São Paulo

 

Campanhas de inverno começam a movimentar vaquinhas na Internet

· ONG´s e grupos de apoio buscam doações para poder proteger moradores de rua e animais do frio
· Arrecadações virtuais são oportunidade para qualquer pessoa ajudar a diminuir o sofrimento e até salvar vidas
· Para escolher qual campanha ajudar, basta fazer uma busca com as palavras “frio” ou “inverno” no site Vakinha

Com a proximidade inverno, começam a surgir na internet vaquinhas virtuais que visam arrecadar dinheiro para poder ajudar a proteger cidadãos em situação de rua e animais do frio, que além de aumentar o sofrimento também é a causa de muitas mortes.

No site Vakinha, maior plataforma do país de vaquinhas online, ONG´s e grupos de apoio de várias cidades buscam recursos para comprar desde água e cobertores até luvas e kits de higiene para populações de rua.

“Essa é uma grande oportunidade de ajudar a quem ajuda, viabilizando ações de solidariedade capazes de salvar vidas e ainda poder acompanhar a chegada da doação ao seu destino por meio das redes sociais”, explica Cristiano Meditsh, diretor de marketing do Vakinha.

É o caso da Organização Bem da Madrugada, de São Paulo, que se define como uma ação social, dividida em equipes responsáveis por alimentos, bebidas, roupas, sapatos, higiene pessoal e rações para animais, destinadas a atender a população em situação de rua. Em sua campanha no Vakinha, o valor arrecadado será totalmente usado para a compra de água e cobertores a serem distribuídos nas ações de inverno.

Também para ajudar moradores de rua de São Paulo, o grupo Anjos da Leste, busca doações para a compra de itens como luvas, meias e kits de higiene. E a vaquinha do Família do Bem visa doar cobertor, casaco e um kit higiene a 250 pessoas atendidas pelo projeto no centro da capital paulista.

Moradores de rua também são o foco da campanha “São Sebá sem frio”, que pretende arrecadar dinheiro para comprar cobertores e alimentos para os moradores de rua de São Sebastião, no litoral de São Paulo, que se compromete a divulgar e comprovar todo a compra e entrega de todo o material.

Morte de animais por frio

cachorro de rua abandonado barkpost
BarkPost

Para ajudar animais, a campanha da ONG AuMigos pede doações para comprar cobertores para mais de 250 animais, que se encontram à espera de adoção em 120 canis localizados em Juquitiba, cidade do interior do Estado de São Paulo, conhecida por temperaturas muito baixas no inverno. Em sua página da campanha, a ONG explica que o objetivo é evitar que o frio mate os animais, algo que infelizmente já aconteceu.

Agasalhos novos para crianças

campanha-agasalho-122222

Com o título “inverno mais quentinho”, a vaquinha criada por Rossana Bruksch, de Porto Alegre (RS), pretende fazer agasalhos para crianças carentes. Segundo a criadora da campanha, essas peças são as menos doadas. “Estou aprendendo a costurar com o objetivo principal de fazer roupas de criança para doação (…). Gostaria de poder contar com a sua colaboração para confeccioná-las”, explica Rossana, que colocou a foto de um conjuntinho de blusa e calça feitos por ela, em malha colegial ao custo de R$ 35,00 de material.

Conheça as campanhas (clique sobre o nome):

Organização Bem da Madrugada

Anjos da Leste

Família do Bem

São Sebá sem frio

Aumigos

Inverno mais quentinho

Outras vaquinhas de inverno também podem ser encontradas clicando aqui.

209.png

Sobre o Vakinha

Criado em 2009 por empreendedores gaúchos, o Vakinha é o primeiro site de arrecadações online do país, inaugurando o sistema de crowdfunding, que só despontou no exterior meses depois. Ao longo de uma década se tornou líder no segmento de campanhas ligadas a solidariedade e causas sociais. Hoje ele é um diário de histórias contadas por milhares de pessoas que se juntam para salvar vidas e transformar sonhos em realidade.

Farmácias fazem campanha de vacinação contra a gripe

Droga Raia e Drogasil aplicam vacina contra gripe em 11 lojas da capital paulista desde 11 de abril

A Drogasil e a Droga Raia, que fazem parte da RD, estão aplicando a vacina contra a gripe em 11 lojas da capital paulista. Nas farmácias, a vacinação atende principalmente a população que não faz parte dos grupos de risco determinados pelo governo para receber a vacina gratuitamente. Dessa forma, o restante da população também pode se proteger da doença. As duas redes têm três tipos de vacina da gripe disponíveis: Influvac, Fluquadri e Fluarix.

De acordo com o diretor de novos negócios da RD, Dioscoro Gomes, as vantagens de optar por tomar a vacina nas farmácias são muitas. “O cliente que procura nossas farmácias para tomar vacina sabe que vai encontrar um ambiente moderno, seguro, dentro dos padrões mais avançados. Além disso, ele sabe que não enfrentará filas e vai pagar um preço justo por um produto de alta qualidade”, explica.

Apesar de estarem habilitadas a aplicar vacinas desde 2017, a Droga Raia e a Drogasil ainda não conseguiram ampliar o número de lojas certificadas para a aplicação por conta das dificuldades impostas pela legislação e fiscalização, não só na cidade e no Estado de São Paulo, mas em todo o Brasil. A expectativa era ter 90 lojas autorizadas para aplicar vacinas este ano, mas por causa dos requisitos dos órgãos reguladores, apenas 11 lojas foram habilitadas.

“As exigências são inúmeras, o investimento é alto. E, apesar de haver leis permitindo a vacinação em farmácias, temos de pedir licença específica para cada loja. Mesmo assim, queremos ampliar esse serviço para toda a população. Somente a nossa rede tem mais de 1.850 lojas em 22 Estados. Até o fim do ano teremos mais de 2 mil lojas no Brasil. Imaginem se estivermos autorizados a aplicar vacinas em uma boa parte desses pontos. Estaríamos ajudando o governo a controlar diversas doenças, aliviando o atendimento no sistema público saúde. Seria um bem muito grande para toda a sociedade”, afirma Gomes.

A vacina contra a gripe custa R$ 88,55 nas farmácias da rede e pode ser aplicada dentro dos horários de funcionamento das lojas, que ficam abertas de segunda a domingo, inclusive feriados, das 7 h às 23 h. Além disso, para dar mais comodidade aos clientes, as lojas têm estacionamento.

vacina gripe milton michida gov sp
Foto: Milton Michida / Governo do Estado de S. Paulo

Veja abaixo as lojas Droga Raia e Drogasil que aplicam a vacina contra a gripe:
· Rua Maranhão n.º 812, Higienópolis
· Rua Dr. Mario Ferraz n.º 247, Itaim Bibi
· Rua Sócrates n.ºs 240 e 250, Vila Sofia.
· Avenida Morumbi n.º 3.600, Jardim Leonor
· Avenida Barão de Melgaço n.º 214, 220 e 226, Real Parque
· Rua Afonso Sardinha n.º 13, Lapa
· Avenida Morumbi n.ºs , 7.898, 7.906, 7.912, 7.920, 7.920 A, Santo Amaro
· Rua Pamplona n.º 1.792, Jardins
· Rua Sabará nº 442, Higienópolis
· Rua João Lourenço n.ºs 331 e 343, Vila Nova Conceição
. Alameda Barão de Limeira n.ºs 1.087, 1.097 e 1.101, Campos Elísios

 

Campanha da Univali troca tampinhas por ração para animais de rua

Iniciativa do Colégio de Aplicação do Campus Tijucas também recolhe latas, lacres e esponjas

Sabe aquelas tampinhas de plástico (de garrafas pet, produtos de higiene, remédios, sucos, leite e iogurtes) que teriam como destino o lixo? Elas podem trocadas por ração animal e beneficiar cães de rua. É isso que está acontecendo no Colégio de Aplicação do Campus da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Tijucas (SC).

crianças reciclagem.png

Apenas na última semana, na Unidade de Ensino, foram recolhidas e encaminhadas, ao Abrigo de Animas Tijucas, mais de 70 quilos de tampinhas. Depois a organização se encarrega de vender o material para empresas de reciclagem e, com o dinheiro arrecadado, comprar ração para os animais abandonados.

Jonas Cadorin, diretor do Colégio de Aplicação da Univali em Tijucas, explica que a arrecadação de tampinhas elimina parte da dificuldade logística de armazenar garrafas. Além disso, existe a relevância comercial, uma vez que a tampinha é feita de polipropileno, um plástico que tem muita utilidade no mercado:

“O ganho com a ação vai além do financeiro. Há uma forte integração gerada pelo projeto que gera, também, uma grande consciência socioambiental. Em casa as crianças ficam de olho para que os pais não coloquem as tampinhas no lixo e isso tem um efeito multiplicador incrível”, resume Jonas Cadorin.

Lacres de alumínio, latas e esponjas também são reciclados

As tampinhas de plástico não são alvo exclusivo das ações de reciclagem no Colégio de Aplicação da Univali em Tijucas. Na unidade educacional também são arrecadadas esponjas de cozinha usadas e lacres e latas de alumínio. Cada 140 garrafas pet de dois litros cheia de lacres podem ser trocadas por uma cadeira de rodas.

latas.png

As latas também não deixam de ser aproveitadas. Elas são recolhidas, amassadas, vendidas e, nesse caso, o recurso é utilizado, inclusive, para a manutenção de outras campanhas de conscientização sobre reciclagem no Campus.

Já o recolhimento das esponjas de cozinha faz parte de uma campanha institucional da Univali que integra Programa Nacional de Reciclagem de Esponjas Scotch-Brite. A iniciativa proporciona destino adequado às esponjas descartadas. Para cada esponja arrecadada pelo Programa, R$0,02 são doados para o Hospital Infantil Pequeno Anjo, de Itajaí.

Para realizar a doação, basta entregar a esponja usada em um dos diversos pontos de coletas distribuídos pelos campi da Univali. É importante, no entanto, para evitar a proliferação de insetos e mau cheiro, que a esponja esteja limpa e seca antes de ser depositada nos coletores.

Todos os tipos de esponjas de uso doméstico são aceitos, independentemente da marca, cor ou tamanho. Após o envio para reciclagem, elas são reintroduzidas na cadeia produtiva como matéria prima e podem virar baldes, lixeiras, pás de lixo e outros materiais.

Fonte: Univali

 

Campanha da Petz incentiva adoção de animais resgatados

O filme “Não importa o quê, ele escuta você, adote um pet” mostra a dedicação dos bichinhos de estimação em qualquer situação

Para estimular a adoção, a Petz lançou a campanha “Não importa o quê, ele escuta você, adote um pet”. São quatro filmes de 30 segundos que mostram a companhia incondicional dos pets em qualquer situação. A ação faz parte do projeto Adote Petz, que incentiva que animais resgatados das ruas ganhem um lar em parceria com 34 ONGs.

Nos meses de novembro, dezembro e janeiro, cai o número de adoção. Muita gente deixa de adotar por causa das festas e viagens de fim de ano. Além disso, aumenta o índice de abandono. Os filmes, realizados pela Ogilvy, são veiculados nas redes sociais e televisão.

“Queremos mostrar que os pets são bons companheiros e quem adota ganha um amigo para todas as horas”, afirma a gerente de marketing da Petz, Cláudia Montini. A Petz intensifica nesta época a campanha de posse responsável, para a conscientização sobre a importância de cuidar de uma vida.

comercial petz.png

Vídeos

Pet Terapia Estacionamento

Pet Terapia Filho do Meio

SuperShopping Osasco traz campanha entre rodas para Feira Vegana Solidária

Durante todos os finais de semana do mês, os clientes do shopping center contribuem com a campanha que doa cadeiras de rodas para crianças entre 5 e 14 anos de idade

O SuperShopping Osasco encerrará o ano transformando o Natal de muitas crianças com a campanha Entre Rodas. Com a iniciativa social, o shopping center vira ponto de coleta de lacres de alumínio que serão convertidos em novas cadeiras de rodas para crianças de cinco a 14 anos. O melhor de tudo é que a programação do evento é estendida para dezembro e o espaço abre a partir de sexta-feira durante todo o mês, com mais dias para que todos possam colaborar.

sos rodas

“O espírito natalino invadiu o SuperShopping Osasco e convidamos as famílias que estiveram conosco ao longo desse ano para tornar o Natal inesquecível para todos. Com uma simples atitude de separar os lacres das latinhas, podemos fazer a diferença na vida de muitas crianças e ainda contribuir para o bem-estar do nosso planeta”, destaca Carolina Bonafé, gerente de Marketing do shopping center.

Para comprar uma cadeira de rodas nova e adaptada são necessários cerca de 800 quilos de lacres de alumínio. Por isso, o SuperShopping Osasco, o Instituto Surya Solidária, a ONG Entre Rodas e a Satsuma Artesanato uniram-se nessa parceria para oferecer mais mobilidade e conforto aos cadeirantes. O material arrecadado é vendido para cooperativas de reciclagem e as novas cadeiras são destinadas às crianças que tiveram o desenvolvimento motor afetado pela paralisia cerebral.

Os visitantes da Feira Vegana Solidária ainda aprendem com dicas sobre veganismo de uma forma leve e interativa. Cupcake, chocolates, bolos, coxinha de jaca, requeijão de amêndoas e salgados são algumas das opções gastronômicas. O evento fica completo com produtos naturais, cosméticos e artesanatos produzidos com matérias-primas orgânicas e que não agridem o meio ambiente.

SSO_EntreRodas.jpeg

Feira Vegana Solidária no SuperShopping Osasco
Datas: até 30 de dezembro
Horário: sexta-feira e sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 14h às 20h
Local: Loja C21, Entrada Principal – Piso Térreo
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Entrada gratuita

Coqueiro inova com a promoção ‘Recarga na Lata’

Campanha assinada pela TLC concederá recargas para os consumidores que comprarem três latas de sardinhas Coqueiro de 125 gramas

Até 15 de fevereiro de 2019, os consumidores que adquirirem três latas de sardinhas Coqueiro de 125 gramas serão premiados com recargas para o celular no valor de R$ 10,00. Participam da promoção as principais operadoras de telefonia móvel do país.

Intitulada ‘Promoção Recarga na Lata Coqueiro’ a ação conta com mecânica simples e é uma aposta da marca para fomentar as vendas de sardinha em praças estratégicas – Nordeste e Sul e nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e interior de São Paulo. Ao todo, a Coqueiro contará com mais de sete mil pontos de venda onde será possível adquirir os produtos para se cadastrar. Todos os canais participam.

“Estamos trazendo uma ação inovadora para a categoria de pescados, agregando um benefício direto para nossos consumidores, pois basta comprar três sardinhas Coqueiro e se cadastrar para poder usufruir do crédito de celular. Atualmente 83% dos celulares no país são pré-pagos, então, temos um público bem grande que pode usufruir dessa promoção”, explica Flavianna Rocha, gerente de trade marketing da Camil Alimentos.

A ação está alinhada com a estratégia anual da marca que tem como objetivo fomentar o consumo de pescados durante todo o ano. “O Brasil tem muito potencial para o crescimento da categoria. O consumo por pessoa ainda é abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde e acreditamos que temos um longo caminho pela frente. Por isso, buscamos sempre destacar em todas as nossas campanhas os benefícios nutricionais da sardinha e do atum e também a versatilidade dessas proteínas, que são muito mais do que um simples ingrediente. Garantem muito sabor e nutrientes para o dia a dia”, reforça Adriane Azevedo, gerente de marketing.

Para amplificar a comunicação no ponto de venda, a marca investiu na criação de um enxoval com peças que destacam a facilidade de cadastro e participação. Outro ponto importante é a aposta no sistema de QR code que também estará disponível em todas as peças.

sardinha coqueiro.jpg

“QR code é um facilitador para a participação e leva os consumidores direto para o site da promoção. Cada peça criada para os pontos de venda terá um QR code diferente. Assim, será possível entender qual peça tem mais impacto e atratividade para os consumidores e adquirir informações para nortear as para as próximas ações da marca”, explica Flavianna.

O crédito promocional para as principais operadoras de telefonia móvel do país será concedido por meio do cadastro da nota fiscal, emitida no ato da compra de três sardinhas. Cada cupom dá direito a um resgate por número de telefone. Para receber o benefício, basta acessar o site clicando aqui, preencher um formulário on-line e fazer o upload da imagem do cupom.

Após a realização do cadastro e upload do cupom fiscal, a Promotora TLC Marketing, validará as informações cadastradas no prazo de até 5 dias úteis, e caso estejam corretas, enviará um voucher para o e-mail cadastrado pelo participante, com um código promocional para resgate da recarga e todas as instruções necessárias para o uso do benefício. O consumidor terá 90 dias para concluir a operação. A promoção é válida nas regiões Nordeste e Sul e nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e interior de São Paulo em todos os canais de vendas.

coqueiro.png

Informações sobre a promoção ‘Recarga na Lata’ Coqueiro: 0800 772 3681

 

Equus lança campanha social que incentiva clientes a doarem jeans

A cada jeans entregue nas lojas participantes, o cliente terá R$100,00 na troca por um novo

A Equus Denim Brand iniciou a campanha Equus Pense Rosa. A cada jeans entregue nas lojas participantes, o cliente terá R$ 100,00 em desconto para trocar por um novo, basta que suas compras tenham um valor maior que R$ 300,00 . Todas as peças recebidas serão doadas para instituições de caridade nacionais. A promoção é válida durante todo mês de outubro.

Serviço
-Seu jeans usado vale R$ 100,00 em desconto em suas compras. Promoção válida apenas para lojas físicas participantes até o final de outubro; o jeans doado pode ser de qualquer marca; a cada R$ 300,00 em compras será aceito um jeans em bom estado para doação. As peças arrecadadas serão doadas a instituições de todo Brasil.

equus2equus3equus4

Lojas Equus participantes:
Palmas, Araguaina Maceió, Fortaleza, Recife, Natal, São José Rio Preto, Shopping Campinas, Jundiaí, Brasília Shopping, Brasília Terraço, Juiz de Fora, Moema, Anália, São Luis, Taubaté, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Cantareira e Rio de Janeiro.

equus