Arquivo da categoria: chá

Aprenda diferentes receitas que harmonizam laranja com café ou chá

Inove seu cardápio de bebidas com essas sugestões práticas e saborosas

Você sabia que os sabores das cápsulas Dolce Gusto podem servir de preparo para diversas receitas saborosas, diferentes e refrescantes? Além do tradicional cafezinho ou chá, é possível experimentar bebidas super diferentes e que agradam a todos os gostos!

Ficou curioso? Confira na lista abaixo feita pelo time Receitas Nestlé o preparo de cada uma dessas delícias! Elas podem ser acompanhadas da laranja, fruta da época, que pode ser encontrada por um preço mais baixo nos mercados.

O Espresso com Geleia Cremosa de Laranja é a bebida ideal para um café da tarde. Seu preparo é muito rápido e sem dificuldades. Para os fãs de cremosidade e sabor adocicado da laranja, essa é a escolha perfeita. Receitas Nestlé / Sheila Oliveira

expresso geleia laranja.png

Ingredientes

1 colher (sopa) de geleia de laranja

2 colheres (sopa) de Leite Líquido Ninho Forti + Integral

1 cápsula de Nescafé Dolce Gusto Espresso

Modo de preparo

Em uma xícara, coloque a geleia de laranja e misture com o Leite Ninho. Prepare a cápsula de Espresso conforme orientações da embalagem. Sirva a seguir.

Café au lait e laranja é o tipo de bebida ideal para sair do tradicional café com leite e é um sucesso certeiro para os dias frios. Receitas Nestlé / Luna Garcia

café au leite

Ingredientes

2 colheres (sopa) de Nestlé Creme de Leite

1 cápsula de Nescafé Dolce Gusto Café au Lait

meia colher (chá) de raspas da casca de laranja

Modo de preparo

Em uma xícara grande, coloque o Nestlé Creme de Leite decorando as laterais. Prepare a cápsula de Nescafé Dolce Gusto, conforme as instruções da embalagem. Polvilhe as raspas de laranja e sirva.

O Marrakesh com framboesa e suco de laranja é a bebida ideal para quem busca frescor e sabor na hora de preparar um chá diferente. Simples e rápido de se fazer, a opção é certeira na hora de agradar os fãs do tradicional suco de laranja com o frescor da framboesa. Receitas Nestlé / Marcelo Resende.

marrakesh framboesa

Ingredientes

4 framboesas maceradas

suco de meia laranja

4 cubos de gelo

1 cápsula de Nescafé Dolce Gusto Marrakesh Style Tea

Modo de preparo

Em um copo, coloque as framboesas, o suco de laranja e o gelo. Prepare a cápsula de Marrakesh conforme instruções da embalagem e sirva a seguir.

Lungo Refrescante, como o próprio nome já diz, é a bebida mais refrescante feita com laranja e maçã. Ideal para servir em um almoço de domingo ensolarado para toda a família. Seu preparo é muito rápido e é uma receita bem prática e saborosa. Receitas Nestlé / Luna Garcia

lungo

Ingredientes

meia xícara (chá) de suco de maçã integral

1 cápsula de Nescafé Dolce Gusto Lungo

4 cubos de gelo

1 rodela de laranja

Modo de preparo

Em uma xícara, coloque o suco de maçã. Prepare a cápsula de Lungo, coloque os cubos de gelo e a rodela de laranja. Sirva a seguir.

Fonte: Nestlé

 

 

Corpus traz todo sabor do chá para o iogurte

Corpus, da Danone, lança dois novos sabores deliciosos e inusitados: chá branco, uva verde e água de coco e matchá com limão, ambos em versão líquida 170g. A empresa é uma das primeiras no mercado de iogurtes no Brasil a apostar nesta proposta inovadora de combinações com chá. As novidades reafirmam o propósito da marca, baseado também na preocupação dos brasileiros em relação a alimentação e bem-estar. O consumidor encontra em Corpus um produto com aromas naturais, 0% de gorduras, 0% adição de açúcares e 0% lactose.

Com o matchá e o chá branco sendo os ingredientes que mais cresceram no último ano, a marca lança produtos que seguem essa tendência, mostrando que continua evoluindo e caminhando junto com as mudanças e desejos dos consumidores. Além disso, estas uniões de ingredientes deliciosos combinam com a leveza da marca Corpus.

O formato colherável de morango com baunilha; maracujá com manga; e amora com framboesa, além do iogurte líquido de morango e melancia, completam a linha Corpus.

danone-corpus

Os novos sabores já estão disponíveis nas prateleiras dos principais supermercados do Brasil com preço de venda sugerido de R$ 2,99 (embalagens de 170g).

Informação: Corpus

Saúde renal: cuidados com a alimentação no inverno

Pouca ingestão de líquidos e maior consumo de alimentos gordurosos podem afetar o funcionamento dos rins

Com a chegada do inverno, as temperaturas mais baixas são um convite para o aumento do consumo de bebidas e alimentos mais gordurosos. Devido ao alto gasto calórico, o organismo, para manter a temperatura corporal, aumenta a sensação de fome, que faz com que muitas pessoas abusem das guloseimas e se alimentem de forma inadequada.

De acordo com a nutricionista Mayara Olikszechen, da Fundação Pró-Renal, nesta época do ano é importante manter uma alimentação rica em alimentos naturais, como frutas e hortaliças, e optar por carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata doce, inhame e arroz integral.

A nutricionista explica que devemos cuidar do consumo de alimentos industrializados e hipercalóricos, como, por exemplo, carnes processadas, bolachas, chocolates, molhos e sopas prontos, para não sobrecarregar o organismo, principalmente o funcionamento dos rins. “No inverno, é importante priorizar o consumo de alimentos ricos em Vitamina C, pois são antioxidantes e melhoram a imunidade. Por isso, evite a monotonia alimentar. Um prato saudável é sempre colorido”, explica.

rins-healthtap

Os rins são responsáveis por manter o sangue limpo e quimicamente equilibrado. Além disso, o rim é o órgão que participa da liberação de alguns hormônios que regulam a produção de glóbulos vermelhos e são fundamentais para o controle da pressão arterial. O sódio em excesso pode levar ao desenvolvimento da Hipertensão Arterial Sistêmica, a qual é fator de risco para a Doença Renal Crônica. O consumo abusivo de carnes e alimentos industrializados também pode acarretar a Litíase Renal, popularmente conhecida como pedras nos rins.

Para quem já sofre com alguns tipos de doenças, como a diabetes e a hipertensão, os cuidados no inverno devem ser redobrados. Consumir menos sal e açúcares pode evitar a pressão alta e manter os rins saudáveis. Por isso, a hidratação é fundamental para a saúde. “A atividade física também é importante durante o ano todo e não apenas no inverno. Ela regula o peso corporal, reduz níveis de glicose sanguínea, controla a pressão arterial, reduz o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). Além disso, auxilia no controle da ansiedade e depressão, entre outros benefícios”, ressalta a nutricionista.

Consumo de chás e sopas

chá com flores.jpg

Chás e sopas bem quentes são sempre uma delícia em dias mais frios. Existem inúmeros benefícios do consumo, mas, no caso dos chás, nem todos são indicados. Segundo Mayara, existem alguns tipos de chás que podem agravar a função renal de pacientes com Doença Renal Crônica. Os mais indicados são os chás de camomila, maracujá, hortelã e espinheira santa. Devem ser evitados chás mate (por causa do excesso de cafeína), cavalinha e sene.

Já em relação às sopas, a indicação é sempre pelas opções caseiras, feitas com ingredientes naturais e sem temperos industriais e conservantes. “As sopas industrializadas contêm muito sódio, corantes e conservantes, entre eles, o glutamato monossódico, que é um realçador de sabor e que pode ser responsável pelo desenvolvimento de várias doenças, como câncer, enxaqueca, entre outros”, alerta a nutricionista.

Fonte: Fundação Pró-Renal

Compulsão alimentar no inverno

É comum que o apetite aumente durante a estação mais fria do ano, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes

Durante o inverno, é recorrente escutar comentários de que se come mais que o normal, ou até mesmo que o frio engorda. E os comentários são verdadeiros. Nessa época do ano é comum que o apetite aumente, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes, a exemplo de massas, caldos e doces.

Isso acontece porque no frio, o organismo tem maior gasto energético e a tendência é que carecemos de mais energia para manter a temperatura do corpo, provenientes dos alimentos. Além de nos sentirmos mais aquecidos e predispostos ao nos alimentar, é importante estar atento também quanto à reposição de nutrientes.

mousse chocolate

“O inverno é uma época do ano em que o nosso corpo precisa de vitaminas e minerais para aumentar nossas defesas e prevenir gripe, resfriados e demais enfermidades típicas da época de frio”, explica Henrique Eloy, médico especialista em cirurgia, endoscopia bariátrica e gastroenterologia.

Mas mesmo que tenhamos a necessidade de comer mais nesse período, é preciso ficar atento às calorias extras que estamos ingerindo. Muitas vezes, o aumento no consumo de alimentos ocorre de forma exagerada, o que pode trazer consequências sérias e prejudiciais à nossa saúde, incluindo o sobrepeso. É preciso estar vigilante aos alimentos ingeridos que irão proporcionar energia e aquecer o corpo, sem ganhar quilos a mais.

Por isso, de acordo com Eloy, é imprescindível seguir uma alimentação equilibrada também no inverno. O ideal é apostar em alimentos que dão maior saciedade durante as refeições, com preferência para os alimentos sazonais, que possuem menos pesticidas e são nutricionalmente mais ricos. Além disso, alguns alimentos típicos da estação mais fria do ano têm o poder de fortalecer o sistema imunológico e aliviar os principais incômodos que atacam nessa época, como doenças respiratórias, alergias, dores musculares e até cólicas menstruais.

chá quente pixabay
Pixabay

“Privilegiar as sopas de legumes e queijos ‘magros’ como a mussarela, ingerir alimentos ricos em fibras, como aveia, pão e arroz integral, devido a maior saciedade que eles proporcionam, e consumir chás sempre bem quentes são boas dicas para manter o equilíbrio alimentar no frio”, aconselha o médico.

esteira-exercicio-academia-1400x1000-0517

Outro agravante do inverno é o desânimo por conta do frio. Normalmente, a frequência dos exercícios físicos diminui ou até mesmo são interrompidos nessa época do ano, o que não pode acontecer de forma alguma, segundo Eloy. “A atividade física aquece o corpo, melhora a disposição e contribui para prevenção e cura de muitas doenças. Por fim, a vontade de comer não está atrelada apenas à necessidade fisiológica, mas também nas nossas cabeças”, finaliza o médico.

Suívie lança ice tea de jabuticaba

A startup Suíve, de origem suíço-brasileira, apresenta mais uma novidade para o mercado. A linha de chás gelados ganha novo sabor de jabuticaba, maçã e gengibre. A mistura tem como objetivo valorizar o fruto nobre nacional, que além de queridinho do paladar brasileiro, possui antioxidantes potentes, controla os radicais livres e o processo de envelhecimento.

Com sabor único, a novidade é feita com a casca seca da jabuticaba e é oriundo do cultivo sustentável em pequenas propriedades. Para o desenvolvimento do chá foi montado uma cooperativa local no interior de São Paulo e realizado um trabalho artesanal de despolpe do fruto. Entre os benefícios do ice tea vale citar que é fonte de vitamina B e C, tem impacto positivo na circulação sanguínea, altamente antioxidante e anti-inflamatório, equilibra a flora intestinal e ajuda a controlar o colesterol.

“Atualmente existem poucos produtos feitos com insumo de jabuticaba no Brasil e, apesar de ser um fruto sazonal, decidimos explorar o ingrediente, que além de ser brasileiro e fazer parte do conceito da Suívie, traz uma memória afetiva, da casa de vó com pés de jabuticabeiras. O ingrediente nos proporcionou criar uma bebida saborosa e saudável ao mesmo tempo, com benefícios para o corpo e a mente”, afirma Elisa Kretzer, Diretora Executiva da Suívie.

suvie jabuticaba.png

O ice tea de jabuticaba está disponível na rede St Marche, Cafés Le Manjue e Empório Frutaria. O preço de venda sugerido varia entre R$ 9,80 a R$ 12,00. Além do jabuticaba também é possível encontrar versões de hibiscus com limão gaseificado e hibiscus com morango.

Informações: Suívie

 

Escolhas corretas ajudam a controlar o apetite durante o inverno

Nutricionista indica as melhores escolhas para aproveitar a estação sem descuidar da dieta

Para muita gente manter a dieta nos meses mais frios é um grande desafio, afinal, basta a temperatura começar a cair para bater a vontade de ficar embaixo do edredom, assistindo filme e comendo guloseimas. No entanto, com escolhas corretas, é possível aproveitar a estação sem comprometer a balança.

“Além de trazer a sensação de conforto e aconchego, no inverno nosso corpo gasta mais calorias para manter a temperatura corporal estável. Para suprir esse gasto, sentimos mais fome, principalmente por alimentos mais calóricos, como carboidratos e gorduras”, explica Ione Leandro, nutricionista da Onodera Estética.

Abaixo, a especialista separou algumas trocas alimentares para aproveitar o inverno aquecido e, principalmente, com saúde.

Chocolate quente por cacau quente ligth ou chá

cha-alcacuz

Além de nos manterem aquecidos, as opções saudáveis como o cacau e chá são ótimos aliados para manter a forma. “Utilize as ervas que fazem bem ao aparelho digestivo como, por exemplo, chá de alcaçuz (1 colher de chá de alcaçuz para 300ml de água), chá de camomila, mulundu, melissa, jasmim e erva-cidreira”.

Massas por sopas

IG_KNORR_sopa_de_carne_com_legumes_3_baixa160620_150634

Os segredos das sopas estão na escolha dos ingredientes que serão usados. Evite preparos cremosos com adição de leite e queijos. Dê preferência a alimentos mais frescos e leves, utilizando legumes e verduras.

Chocolate ao leite por chocolate com maior quantidade de cacau

chocolate amargo cacau elsenaju

Dentro dos padrões nutricionais, o cacau é um alimento muito bem-vindo, pois é fonte de magnésio, manganês, potássio, ferro, cobre e vitaminas B e E. Em sua composição ainda encontramos antioxidantes que protegem os tecidos contra radicais livres e retardam o envelhecimento. “Para não sair da dieta, deve-se evitar os chocolates brancos e ao leite, que são repletos de açúcar, aditivos e gordura hidrogenada. Opte pelo amargo ou meio amargo e com maior quantidade de cacau”.

Cerveja por vinho

vinhos

“Apesar do vinho ser mais calórico, em seus componentes encontramos diversas substâncias benéficas para a saúde. Além disso, a tendência é beber menos que a cerveja, o que resulta em uma menor ingestão de calorias”, finaliza Ione.

Fonte: Onodera Estética

Porto Alegre tem Chá da Rainha oferecido pelo Notting Hill

Agora já é possível tomar um legítimo “chá das cinco” na capital gaúcha. E num local com clima bastante londrino, o Notting Hill. Recheado de cantinhos especiais que remetem a Londres e de um cardápio bem diferenciado, o primeiro Garden Coffee Lounge de Porto Alegre, com inspiração britânica, oferece o “Chá da Rainha”.

Composto por chás ingleses e uma farta torre provençal com doces e salgados, serve de três a quatro pessoas e custa R$ 80,00. Entre as iguarias servidas estão cake de nozes, tartalete de frutas vermelhas, cheesecake de goiabada, tartalete de caramelo salgado com flor de sal, scones, Orange ckae, gougeres e dark brownie.

O cardápio do Notting Hill possui ainda doces franceses e portugueses, salgados, mini porções de risotos, tábuas de frios, pizzas, cervejas e vinhos premiados, espumantes, sucos, 8 tipos de chás e 12 de cafés. Quem assina as delícias é a Chef Pretta Santos, que lidera a cozinha, e o chef de pâtisserie, Andrius Grassi, graduado na Le Cordon Bleu, na França.

Apaixonado por Londres, o empresário Rogério Pontes, idealizador do projeto e também proprietário do Liverpool Restaurante, pretende tornar o local uma extensão do Reino Unido em Porto Alegre.

chá da rainha
Foto: Isaias Mattos

Notting Hill – Rua Santa Cecília nº 1535, Santa Cecília, Porto Alegre. Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 21h

 

Conheça seis benefícios do chá preto

O chá preto é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Ele vem da planta Camellia sinensis e, geralmente, é misturado a outras plantas para diferentes sabores. Tem um gosto forte e possui mais cafeína que outros chás, porém, ainda menos que o café propriamente dito.

Além disso, o chá preto oferece uma grande variedade de benefícios à saúde, uma vez que contém antioxidantes e compostos que podem ajudar na redução de inflamações no corpo. A Casa Madeira, empresa do Grupo Famiglia Valduga, apresenta a seguir alguns destes benefícios. Confira:

peso-fita-metrica-balanca

1 – Ajuda a emagrecer: principalmente pela presença da cafeína, substância que acelera o metabolismo e facilita a queima de gordura. Outro ponto importante é que a bebida apresenta substâncias antioxidantes, ajudando na redução do apetite e na diminuição de gorduras no organismo.

cabeça cerebro doença geralt-pixabay

2 – Protege o cérebro: a degeneração do cérebro é um processo natural que acontece, em geral, por inflamações e pela oxidação das células cerebrais causadas por radicais livres. Por ter polifenóis, o chá preto age neutralizando este problema. Sua potente ação antioxidante é a responsável por proteger o cérebro e outros órgãos, como a pele. Além disso, a cafeína presente em altos níveis aumenta o fluxo sanguíneo cerebral e estimula a atenção e a concentração.

mulher tomando chá frio inverno

3 – Controla o colesterol: o consumo regular de chá preto ajuda a controlar o colesterol, graças aos polifenóis presentes na bebida. Além disso, a cafeína tem influência na dilatação dos vasos sanguíneos e evita ataques cardíacos, por exemplo.

GUDRUN SJÖDÉN mulher chá
Foto: Gudrun Sjïdén

4 – Combate vírus: os taninos presentes no chá preto garantem a saúde do sistema digestivo e ainda têm a capacidade de combater vírus como os responsáveis pela gripe, disenteria e hepatite. Além disso, a bebida tem efeito antibacteriano.

chá preto pixabay

5 – Reduz incidência de tumores: a catequina, por exemplo, ajuda a reduzir a incidência de tumores e o desenvolvimento de doenças como o câncer. O chá também contém antígenos, substâncias que elevam a imunidade do corpo e diminuem a frequência do aparecimento de problemas de saúde.

chá pixabay

6 – Estimula órgãos vitais: a cafeína do chá preto funciona como um estimulante e pode servir como substituto do café. Além disso, existe uma substância encontrada apenas no chá: a teofilina. Este composto estimula o sistema respiratório, rins e coração, mantendo o organismo saudável e com bastante energia.

O chá preto pode ser consumido quente ou frio, de preferência entre as refeições. Isso porque algumas substâncias presentes na bebida atrapalham a absorção de certos nutrientes, como o ferro. Também não é recomendado ingerir o chá durante a noite, pois a cafeína pode dificultar o sono.

A linha de chás da Casa Madeira está disponível em lojas especializadas e no e-commerce da marca.

 

Nutricionista cria cardápio detox pós-Páscoa

Excessos no consumo de chocolate podem gerar sintomas como cansaço, dor de cabeça e má digestão

Para muitas pessoas, pode ser difícil evitar alguns excessos durante a Páscoa, sobretudo com a grande oferta de chocolates. “Embora o chocolate tenha muitas propriedades benéficas, o exagero nunca é saudável”, frisa a nutricionista do Grupo São Cristóvão Saúde, Cintya Bassi, que elaborou um cardápio para auxiliar a desintoxicar o organismo após o feriado.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a média do consumo de chocolate em 2018 supera 5 kg por pessoa na Grande São Paulo. A nutricionista conta que uma das principais razões dessa atração por chocolate é que ele age como uma espécie de antidepressivo natural. “O chocolate faz com que o sistema nervoso libere substâncias estimulantes, o que nos leva a ter momentos de prazer intenso”, comenta.

Ela explica que o chocolate costuma ser visto como um vilão por conter grande quantidade de gordura saturada e açúcar. Porém, ele também conta com nutrientes e vitaminas que fazem muito bem ao organismo, especialmente, quando fazemos escolhas corretas de chocolates com maior teor de cacau e menor teor de gordura e açúcar. “Chocolate é rico em fósforo, ferro, cálcio e potássio, além de conter magnésio, manganês, vitaminas A, D e E e do complexo B”, diz Cintya.

alimentacao

A solução, segundo a especialista, é não exagerar. “Quando comemos uma grande quantidade em um curto espaço de tempo, acabamos sobrecarregando o organismo com toxinas que geram sintomas como cansaço, má digestão, dor de cabeça, enfraquecimento do sistema imunológico etc.”, alerta.

Pensando nisso, a nutricionista do Grupo São Cristóvão elaborou um cardápio detox de três dias. “As refeições sugeridas priorizam alimentos de fácil digestão, baixo potencial alergênico e com propriedades depurativas que agem principalmente no fígado e intestino, órgãos responsáveis pela metabolização da maior parte dos nutrientes”, explica. Confira:

Cardápio Detox pós Páscoa

Primeiro dia

pão de queijo

Café da manhã:
1 Pão de queijo
Leite fermentado (1 unid)
1 banana com aveia

Lanche da Manhã:
Abacaxi salpicado com hortelã (1 fatia grande)

Almoço:
Salada de almeirão com cenoura ralada (1 pires)
Azeite (1 colher de chá)
Arroz integral (3 col. de sopa)
Feijão (2 colheres de sopa)
Couve refogada (3 col. de sopa)
Filé de frango grelhado (1 unidade)
Laranja (1 unid. média)

Lanche da tarde:
Suco de acerola (1 copo)

Jantar:
Salada de tomate, agrião e alho (1 pires)
Limão (1 colher de chá)
Arroz integral (2 colheres de sopa)
Lentilha (2 colheres de sopa)
Omelete de forno (médio)
Pera (pequena)

chá verde

Ceia:
Chá verde (1 xícara de chá)

Segundo dia

xgeleia-de-framboesa.jpg.pagespeed.ic.rcv9hctnha

Café da manhã:
Pão de mandioquinha (2 fatias)
Geleia de frutas vermelhas light (1 colher sopa)
Iogurte natural semidesnatado com quinoa (1 copo)

Lanche da Manhã:
Suco de melancia com gengibre (1 copo)

Almoço:
Salada de rúcula com cebola (4 folhas)
Azeite (1 colher de sopa)
Arroz integral com açafrão (3 colheres de sopa)
Feijão (2 colheres de sopa)
Farofa de linhaça dourada (2 colheres rasas)
1 filé de peixe grelhado
Manga (1/2 pequena)

Lanche da tarde:
Mamão (1 fatia grossa)

IG_KNORR_sopa_de_carne_com_legumes_3_baixa160620_150634

Jantar:
Sopa de legumes com macarrão integral (1 prato fundo)
Kiwi (1 médio)

Ceia:
Chá preto (1 xícara de chá)

Terceiro dia

nozes

Café da manhã:
Tapioca recheada com queijo branco (1 unidade)
Suco de uva integral (1 copo)
Nozes (3 unidades pequenas)

Lanche da manhã:
Melão (1 fatia)

Almoço:
Salada de beterraba com cebola (1 pires)
Azeite (1 colher de chá)
Arroz integral (3 colheres de sopa)
Feijão (2 colheres de sopa)
Frango ao molho (2 unidades pequenas)
Berinjela refogada (1/2 xícara de chá)
Romã (1 fatia média)

coconut-with-coconut-water
Foto: Kamdora

Lanche da tarde:
Biscoito integral (2 unidades)
Água de coco (1 copo)

maçã

Jantar (Salada completa):
Alface americana picada (4 folhas)
Cenoura ralada (½ unidade)
Repolho roxo picado (2 folhas)
Salsão em tiras (1 talo)
Peito de peru defumado em tiras (50g)
Molho de mostarda e iogurte (2 colheres)
Maçã (1 unidade)

Ceia:
Chá branco (1 copo)

* O cardápio elaborado sugere uma dieta de consumo de 1600 kcal/dia.

Fonte: Grupo São Cristóvão Saúde

Salvar

Matte Leão inspira sabor especial na Bacio di Latte

Edição limitada do gelato Matte Leão será vendida durante o mês de março em todas as lojas da Bacio di Latte no Brasil

Chá mais famoso do Brasil, o Matte Leão mantém a tradição e vai refrescar ainda mais o verão nacional no mês de março. A novidade é a parceria entre a marca e a Bacio di Latte, rede especializada em sorvetes do tipo italiano, que lança o sabor Matte Leão inspirado na icônica bebida brasileira.

Sem aromatizantes, conservantes ou corantes, o gelato Matte Leão será oferecido em todas as 109 lojas e quiosques da Bacio di Latte espalhados pelo Brasil, em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Pernambuco e no Distrito Federal. O produto estará disponível durante todo o mês de março, ou enquanto durarem os estoques.

“O hábito de tomar Matte Leão gelado surgiu no calor do Rio de Janeiro na década de 1950 e até hoje a bebida é muito associada a temperaturas mais elevadas. Agora, os consumidores poderão se deliciar e driblar o calor com o gelato Matte Leão, especialmente criado para a rede Bacio di Latte”, destaca Marcelo Correa, gerente nacional de vendas da Leão Alimentos e Bebidas, joint-venture responsável pela gestão e produção de parte da cadeia produtiva da linha nacional de bebidas sem gás do portfólio da Coca-Cola no Brasil. Essa é a primeira ação da marca Matte Leão voltada ao mercado de sorvetes.

bacio di latte.png

A inovação faz parte da campanha “Gelato Folia”. Todos os meses, a Bacio di Latte promove o lançamento de três sabores especiais com edições limitadas. Para março, o tema escolhido foi Carnaval. Além do sabor Matte Leão, também foram escolhidos os sabores de Limonada & Gengibre e Malte Crocante.

Fonte: Leão Alimentos e Bebidas