Arquivo da categoria: CORPO

Levantar os seios, colocar implante ou fazer preenchimento: entenda as diferenças

Silicone não é a única alternativa para quem quer realçar os seios

O procedimento mais falado para mudar a insatisfação da mulher com as medidas do sutiã é o implante de silicone, mas essa não é a única solução e pode até não ser a mais indicada para todos os casos. As alternativas são a lipoenxertia e a mastopexia, que colocam ‘tudo no lugar’ com um menor risco de rejeição. Pedro Lozano, cirurgião plástico integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica tudo sobre cada método.

A primeira alternativa é o implante de silicone. Esse método proporciona aumento do volume, forma e tamanho das mamas. “Com a grande variedade de formatos e volumes de implantes disponíveis no mercado, conseguimos um resultado bastante satisfatório. Analisamos sempre o perfil da paciente e decidimos em conjunto qual o mais indicado”, conta o doutor.

Outra opção é a enxertia de gordura. Essa técnica é comumente associada com a lipoaspiração. A gordurinha que está sobrando em um lugar é aplicada em outro para dar contorno e realçar o corpo. “São práticas muito usadas em conjunto por se complementarem e o resultado é ótimo, com risco mínimo de rejeição”, afirma o especialista.

Já a mastopexia não muda o volume dos seios. O cirurgião trabalha com o tecido das mamas para levantar e ajustar, dando um aspecto natural e removendo a flacidez. “Esse procedimento é muito usado em caso de emagrecimento, gravidez e pós-amamentação, ou como consequência da idade. É como voltar no tempo e recuperar os seios da fase jovem da mulher”, indica Lozano.

A combinação das técnicas também é bastante solicitada. “É possível fazer o levantamento das mamas e o implante mamário no mesmo procedimento”, explica Lozano. É comum as mães solicitarem esses dois métodos ao final do período de amamentação, para deixar os seios mais firmes e volumosos.

Diante de tantas variáveis, o melhor é contar com um profissional de confiança para essa avaliação em conjunto e, assim, decidir qual a opção mais adequada para o tipo físico da paciente.

seios corpo mulher

“Há sempre a preocupação de adequar os procedimentos com a expectativa da paciente. Procuro explicar muito bem e sanar todas as dúvidas para só então decidir o que fazer para alcançar o resultado desejado. O importante é a paciente sair satisfeita e com a autoestima reestabelecida. A confiança e a autoimagem de uma mulher são fundamentais para uma vida saudável”, finaliza o cirurgião.

Fonte: Pedro Lozano é integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, possui graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de Botucatu – Universidade Estadual Paulista (Unesp), Residência (Especialização) em Cirurgia Geral: Faculdade de Medicina de Botucatu – Unesp, Botucatu, Residência Médica (Especialização) em Cirurgia Plástica pela Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Título de Especialista em Cirurgia Plástica: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – SBCP, é Professor de Habilidades Cirúrgicas da Universidade Cidade de São Paulo – (Unicid). Diretor e responsável técnico da Clínica Vix – Medicina & Saúde.

Neutrogena lança hidratante corporal com textura ultraleve inovadora

O corpo é diariamente exposto a agressores externos que podem prejudicar a integridade da barreira da pele – até mesmo os tratamentos diários que buscam remover sujeira e oleosidade podem comprometê-la. Por isso, a utilização de produtos hidratantes é importante não apenas para reforçar a barreira natural da pele e evitar o seu ressecamento e fragilidade, mas também promover o reabastecimento de água na pele, diminuindo sua perda ao longo do dia.

Com o propósito de trazer ao mercado uma inovação com o mesmo nível de tecnologia dos produtos faciais, Neutrogena lança a linha Hydro Boost Corporal especialmente para o corpo, propondo hidratação intensa, uma pele mais preenchida por meio de uma textura ultraleve, fresca e não-oleosa.

Com ácido hialurônico na fórmula, os produtos têm absorção eficiente e respondem às necessidades específicas do corpo, enquanto o derivado de oliva ajuda na hidratação continua ao longo do dia. Completando a linha da família Hydro Boost, os hidratantes chegam ao mercado em dois formatos: Water-Gel e Sobert Corporal.

Indicado para uso diurno, o Water-Gel apresenta textura refrescante e promove uma pele mais firme em até 10 dias, quando usado duas vezes ao dia. Já o Sorbet Corporal é recomendado para o uso noturno e recupera a pele desde a primeira noite, possuindo textura sorbet e toque aveludado.

A linha Hydro Boost devolve a hidratação da pele graças a combinação de ácido hialurônico, glicerina e derivado de oliva. Estes ingredientes associados à textura agradável do creme deixam a pele hidratada, revitalizada e bonita.

Hydro Boost Water Gel

neutrogena
Pele firme em 10 dias*
Textura refrescante
Uso diurno
Hidratação intensa
Rápida absorção
Contém ácido hialurônico e glicerina
* Resultado clínico com uso do produto duas vezes ao dia.
Preço sugerido: R$ 39,90

Hydro Boost Sorbet Corporal

neutrogena_-_hydro_boost_sorbet_ba_lsamo_corporal_200ml
Pele recuperada desde a primeira noite
Textura aveludada
Uso noturno
Hidratação intensa
Rápida absorção
Contém ácido hialurônico e glicerina
Preço sugerido: R$ 39,90

Informações: Central de Relacionamento com o Consumidor Johnson & Johnson 0800 703 63 63

Conheça os benefícios para a pele da macadâmia unida à amêndoa

Com combinações exóticas de elementos sofisticados, um dos óleos Paixão é feito com a macadâmia, um ingrediente nobre e cheio de benefícios para o corpo. Além dos benefícios nutricionais já amplamente conhecidos, o óleo de amêndoa também é muito eficaz para quem quer manter a pele do corpo sempre hidratada e bonita. O ingrediente ajuda a combater os radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce da pele, além de ter uma fragrância muito gostosa.

O Óleo Paixão Amêndoa com Macadâmia traz o melhor desse tipo de noz, além de hidratar e perfumar suavemente, trazendo uma deliciosa experiência sensorial criada com a mistura desses dois ingredientes. Para usar o óleo é só aplicar o produto no corpo após o banho, com a pele ainda molhada. Se desejar, enxágue levemente.

Preço sugerido:

oleo macadamia.png

Óleos: R$ 10,90 (unidade de 100ml)

Informações: Paixão – SAC: 0800 12 68 88

L’Occitane au Brésil amplia linha de óleos corporais Licuri com nova textura e fragrância

Além de lançar uma nova fragrância mais fresca e moderna para a linha de óleos, a marca também traz textura inovadora para o mercado com o Óleo Corporal em Gel Reparação Licuri

Com a proximidade do inverno a L’Occitane au Brésil, marca franco-brasileira do Grupo L’Occitane, traz novidades para a linha Licuri: o Óleo Corporal em Gel Reparação Licuri e o Óleo Corporal Reparação Licuri chegam para tornar a oferta de óleos corporais da marca ainda mais variada, com nova fragrância e textura, além do Óleo Corporal em Bastão Licuri, que garante uma aplicação mais prática com um novo formato.

Com textura inovadora para a categoria de óleos, o Óleo Corporal em Gel Reparação Licuri oferece rápida absorção, além de promover uma sensação refrescante para a pele. Já o Óleo Corporal Recuperação Licuri pode ser utilizado com ou sem enxágue, levando os benefícios do óleo para o momento do banho.

Os dois produtos Reparação Licuri contém óleo de licuri que hidrata e repara a barreira da pele com o uso contínuo. A nova fragrância oriental aromática amadeirada traz mais frescor e modernidade para a linha, com chá verde no topo da pirâmide, um meio quente e texturizado com coco e folha de bambu, e um fundo inusitado de âmbar.

O Óleo Corporal em Bastão Licuri é outra novidade da linha, desta vez com a já conhecida fragrância da linha Licuri. Com fórmula indicada para áreas mais ressecadas do corpo como cotovelo, joelho e calcanhar, o produto chega em uma embalagem prática e em tamanho ideal para levar no nécessaire.

“Acreditamos que a experiência sensorial é um diferencial na rotina de cuidados com a pele, e as novidades da linha Licuri vêm, justamente, trazer novas opções de textura e fragrância para esse momento de indulgência, mantendo os benefícios para a pele proporcionados pelo óleo do licuri”, comenta Victoria Gallo, diretora de marketing da L’Occitane au Brésil.

As novidades da linha estão disponíveis em todas as lojas físicas e virtual da marca.

Para os produtos Reparação Licuri, a L’Occitane acessou o conhecimento tradicional associado da Cooperativa de Produção da Região de Piemonte e Diamantina (Coopes) sobre os usos do Licuri.

Lançamentos:

Óleo Corporal em Bastão Licuri 6,5g – R$ 49,90

362940_887480_licuri_oleo_corpo_bastao.png
Óleo corporal em bastão hidratante de textura agradável. Desenvolvido para aplicar nas áreas ressecadas como cotovelo, joelho, calcanhar, exceto rosto, e massagear para que o produto seja absorvido.

Óleo Corporal em Gel Reparação Licuri 250ml – R$ 79,90

ODB_14174
Este óleo corporal com textura em gel possui rápida absorção e promove uma sensação refrescante. Sua fórmula contém óleo de licuri que hidrata e repara a barreira da pele com o uso contínuo, deixando-a perfumada com um toque aveludado* e reduzindo o seu ressecamento.

Óleo Corporal Reparação Licuri 200ml – R$ 99,90

362940_887479_still_A3leo_licuri_ii
Este óleo corporal pode ser usado com ou sem enxágue. No caso do uso sem enxágue, possui rápida absorção. Sua fórmula é enriquecida com óleo de licuri que hidrata e repara a barreira da pele com o uso contínuo, deixando-a perfumada com um toque aveludado e reduzindo o seu ressecamento.

Informações: L’Occitane au Bresil – SAC: 0800 779 1555

Fibrose após cirurgia plástica: como prevenir e tratar essa condição

Descubra o que é uma fibrose e como você pode evitar seu surgimento durante o período pós-operatório

A fibrose após cirurgia plástica é um tema que costuma causar grande preocupação nos pacientes, e até mesmo nos cirurgiões plásticos. Para quem não sabe, a fibrose é basicamente uma espécie de cicatriz interna que pode alterar visivelmente a pele da região afetada.

Uma das principais medidas para amenizar seu surgimento são os cuidados no período pós-operatório, no qual o corpo precisa de muitos cuidados para que não aconteçam desconfortos, problemas de cicatrização e/ou funcionais.

Normalmente, as pessoas que passam por uma cirurgia plástica na região abdominal, por exemplo — onde a fibrose costuma acontecer com mais frequência —, fazem uso de cinta modeladora, drenagem linfática e outros métodos para auxiliar na cicatrização.

Tudo isso auxilia o organismo a evitar uma cicatrização errada e o surgimento de uma fibrose exacerbada, que pode colocar todos os seus resultados por água abaixo e gerar inúmeros desconfortos mais à frente.

Abaixo, falaremos mais sobre as fibroses, como elas acontecem e como elas podem ser prevenidas e tratadas. Pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final.

O que são as fibroses?

cicatriz-mulher-corpo

Uma fibrose nada mais é que o desenvolvimento de tecido conjunto em uma região corporal que está passando por um processo de cicatrização. Basicamente, todo e qualquer ferimento apresenta algum tipo de fibrose, que é, na verdade, uma resposta natural do organismo para a reparação daquela área danificada.

Vale também mencionar que essa reparação fica “por baixo da pele”, ou seja, ela faz parte da cicatrização mais interna do ferimento. As fibroses são comuns de todas cirurgias, independentes de serem plásticas ou não.

Normalmente elas são indolores, possuem pequeno tamanho e podem ser sentidas — em alguns casos — com um exame de toque no local em que foi realizado a cirurgia. Abaixo da cicatriz superficial, há uma espécie de “massa” que pode ser sentida pelo paciente.

O problema somente acontece quando há um desenvolvimento exacerbado desse mecanismo natural do corpo, o que faz com que o indivíduo sinta dores e perceba rapidamente mudanças superficiais na sua pele.

É bem difícil não perceber uma fibrose anormal e certamente ela necessita de inúmeros cuidados para ser tratada corretamente, caso contrário, podem surgir problemas no futuro. Dentre eles, talvez um dos que costuma mais chamar atenção dos pacientes é a aparente modificação na pele, que fica ondulada e com aspecto deformado.

Atualmente, não há um consenso sobre o que realmente causa as fibroses anormais, mas ao que tudo indica, os poucos cuidados no período pós-operatório podem estar intimamente relacionados com seu desenvolvimento.

Quais são as cirurgias que costumam causar as fibroses anormais?

corpo cirurgia

Como mencionado acima, não existe um consenso atual na Medicina sobre quais são as cirurgias que aumentam os riscos para a fibrose anormal. Entretanto, podemos informar que existem claramente algumas circunstâncias em que elas costumam aparecer com maior frequência.

Uma dessas circunstâncias ocorre na lipoaspiração, na qual, após a retirada do tecido adiposo, pode surgir uma flacidez natural e esperada pela remoção da gordura. Quando essa gordura é removida, acontecem traumas e outras microlesões nas camadas mais profundas da pele. Quando os cuidados essenciais não são tomados, o quadro pode evoluir para o desenvolvimento da fibrose indesejada.

Neste caso, o abdômen fica com um aspecto deformado e com a pele toda irregular, o que certamente não é o objetivo do paciente que passou pelo procedimento estético. A falta da utilização da cinta e a não realização da drenagem linfática podem estar relacionadas com o aumento da fibrose após a cirurgia.

Vale ressaltar, que o excesso de líquido após qualquer cirurgia é um dos fatores de risco para o desenvolvimento dessa condição. Portanto, é essencial seguir à risca as recomendações médicas no período de recuperação.

Outras cirurgias que podem causar fibrose são a rinoplastia e a abdominoplastia. A mamoplastia de aumento também pode causar essa condição, porém, elas são mais raras de acontecer nessas circunstâncias.

Prevenindo e tratando a fibrose

drenagem linfatica sbbti
Foto: SBBTI

Para prevenir é fácil: basta seguir todas as recomendações médicas e ter um cuidado especial com o seu corpo no período de cicatrização. O espaço de tempo costuma durar algumas semanas, e é essencial se alimentar corretamente, evitar atividades físicas e, principalmente, utilizar a cinta modeladora e não faltar às sessões de drenagem linfática.

Tomando conta desses detalhes e das demais recomendações do seu cirurgião plástico, as probabilidades do surgimento de uma fibrose anormal diminuem drasticamente. O importante é ter disciplina e paciência para não cometer erros ou equívocos durante essa importante fase que, inclusive, é responsável para quem quer alcançar o melhor resultado.

Quanto ao tratamento, ele varia bastante e, normalmente, é utilizado um conjunto de técnicas e de equipamentos para fazer com que o corpo reduza a fibrose. O ultrassom estético, a carboxiterapia, a endermoterapia e a drenagem linfática são todos métodos interessantes e que são aplicados rapidamente. Entenda que, quanto mais rápido eles forem inseridos na sua rotina, melhores serão seus resultados e menor a chance do desenvolvimento de uma fibrose definitiva.

Apenas para que você tenha um parâmetro de tempo, uma fibrose anormal deve ser identificada e ter o início do seu tratamento dentro do primeiro mês. Por essa razão, não deixe de estar em contato constante com seu doutor para evitar desconfortos e prevenir o desenvolvimento desta condição.

Em casos mais extremos, uma nova cirurgia pode ser realizada para tentar diminuir a cicatriz interna. Porém, tudo dependerá do quadro clínico individual, fazendo com que seja importantíssima a recomendação médica após uma análise clínica minuciosa.

Seja como for, entenda que o desenvolvimento de uma fibrose anormal não é tão comum quanto se imagina. E, como citado, basta seguir todas as recomendações para evitar os problemas desagradáveis que podem ocorrer em uma má cicatrização.

Gostou do post de hoje sobre a fibrose após a cirurgia plástica? Não deixe de comentar sua opinião sobre o assunto e de compartilhar este material nas redes sociais.

Fonte: AesCare

Alimentação no inverno: cuidados necessários para manutenção do corpo

Com a chegada da estação mais fria do ano, a atenção ao consumo de alimentos aumenta

Ao levantar da cama durante a manhã com a presença do frio, a busca por uma bebida que aqueça o corpo, como o café e o chocolate quente, por exemplo, é uma das preocupações daqueles que acordam cedo para iniciar as atividades do dia. Com a chegada do inverno, o metabolismo utiliza mais energia para que o corpo permaneça aquecido. O cuidado com a alimentação na estação mais fria do ano auxilia no vigor e prevenção de doenças que atingem o sistema imunológico.

Uma alternativa é incluir alimentos da época às refeições. Além da compra de frutas, verduras e legumes com preços acessíveis, há variedade nas preparações do cotidiano. As cores dos alimentos influenciam em sua atuação no corpo. Os laranja-avermelhados, por exemplo, contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico.

tangerina pixabay
Pixabay

De acordo com o Manual de Sucos, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, a laranja e a tangerina são algumas frutas com maior oferta no inverno. Os alimentos verdes, como a acelga e a couve, são ricos em vitaminas A e C. A nutricionista Katlly Sousa ressalta a atuação dos nutrientes no corpo e a relevância dos carboidratos.

“As vitaminas e minerais têm importante ação no organismo como na prevenção de doenças, absorção de outros nutrientes, tornando-se indispensáveis para uma alimentação saudável em qualquer época do ano. Os carboidratos, que são os principais responsáveis pelo fornecimento de energia ao organismo, são igualmente necessários na alimentação diária.”

Katlly sugere que no momento da escolha do tipo de carboidrato, prefira os integrais. Além de conter mais vitaminas e minerais, as fibras auxiliam no bom funcionamento intestinal.

sopas

Com o gasto energético, o desejo pela ingestão de comidas gordurosas aumenta. Sopas e caldos podem ser opções saudáveis com a utilização de verduras e legumes. “Deve-se ter cuidado com as sopas industrializadas, que normalmente são ricas em sódio, além de não conter ingredientes frescos como uma sopa feita em casa”, explica a nutricionista. “O preparo não é difícil e pode ter variações. Na escolha dos ingredientes, evite o uso de embutidos e enlatados, e dê preferência para os vegetais\ in natura, tornando a sopa mais saudável e saborosa”, completa Katlly.

sanduiche natural

Entre o almoço e o jantar, os sanduíches podem estar presentes nas refeições intermediárias. Uma opção é a combinação do pão integral, fonte de carboidrato, acompanhado de legumes e verduras, ricos em fibras e que contribuem para a saciedade.

Ao praticar exercícios físicos, a escolha das roupas apropriadas e o aquecimento correto antes da atividade são fatores a serem observados. Ao desempenhar as ações, há perda de calorias e necessidade de reposição, por isso, uma alimentação correta antes e após o exercício físico é importante.

água com frutas

Nesta fase do ano, a hidratação é outro fator que colabora para manutenção da saúde. O consumo da água, sucos e chás são uma excelente alternativa.

No inverno, a alimentação adequada em diferentes situações da rotina colabora para o bom funcionamento do corpo e para a manutenção de todas as funções do organismo.

Por: Lucas Rodrigues Assessoria de Comunicação Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Procedimentos para definir músculos, elevar glúteos e tratar gordura, varizes e estrias

Saiba o que há de mais novo para tratar alterações estéticas como gordura localizada, celulite, estrias e varizes

Definir os músculos, perder medidas e elevar os glúteos, tudo isso sempre pareceu uma tarefa árdua, mesmo para quem é acostumado a passar horas na academia. Mas agora, novas tecnologias prometem dar um empurrãozinho para que você tenha o corpo dos sonhos. Confira:

Trate gordura localizada, celulite e flacidez 

Celulite

Total Sculptor é o único equipamento do mundo a associar criolipólise, ultrassom macrofocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada, promover remodelação corporal e definir o músculo, além de atuar na firmeza da pele e contra a celulite. “O protocolo começa com o congelamento das células (criolipólise) de gordura com consequente morte celular. Mas na mesma sessão, logo após a criolipólise, algumas células de gordura ainda são destruídas por um potente ultrassom macrofocado, que potencializa muito a perda de gordura localizada”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia). Enquanto isso, a corrente de estímulo muscular age, em uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. “Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a definição da área muscular”. O médico enumera as vantagens: “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior; o ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados; não há cuidados especiais pós-tratamento e nem downtime, ou seja, após o procedimento, o paciente pode voltar normalmente para suas atividades normais; uma sessão é necessária para atingir os resultados”, completa.

Defina a musculatura e reduza medidas 

corpor fita metrica magra

A tecnologia do EmSculpt é a única que ajuda a construir músculos e queimar gordura. “A tecnologia não invasiva Hifem (High-Intensity Focused Electromagnetic) induz contrações musculares supramáximas não alcançáveis por meio de contrações voluntárias. Quando exposto a essas contrações, o tecido muscular é forçado a se adaptar a essa condição extrema. Ele responde com uma profunda remodelação do interior da estrutura que resulta em construção muscular e queima de gordura”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da SBD. Uma das novidades é que, além da definição muscular, o tratamento também é indicado para lifting não invasivo dos glúteos. São necessárias de quatro a seis sessões.

Apague estrias 

estrias

Eletroderme é uma radiofrequência microagulhada com excelentes resultados para estrias. No método, as agulhas ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70ºC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas, explica Salomão. “A ação do Eletroderme provoca o estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos)”, completa. São necessárias, em média, quatro sessões com intervalos mensais.

Eleve o glúteo

corpo mulher

O glúteo recebeu destaque no último congresso da academia americana de dermatologia e o mundo deseja copiar o padrão brasileiro. “Agora, resultados discretos de melhora do formato e elevação do glúteo são conseguidos com os bioestimuladores do colágeno, aplicados no ápice e lateral do bumbum. Para um efeito mais marcante, maior quantidade do produto é necessária e não há riscos nessa aplicação, já que o produto não reage com o nosso organismo”, afirma a dermatologista Kédima Nassif, também membro da SBD.

Trate as varizes 

varizes-pernas-veias- winzy lee shuttestock
Foto: Winzy Lee/Shuttestock

O procedimento Clacs utiliza laser não-invasivo e injeções de glicose, para aumentar eficácia do tratamento contra as varizes e reduzir os efeitos colaterais. “Com o método combinado, o laser pode ser aplicado com energia mais baixa (o que diminui a dor no tratamento) emitindo pulsos de luz que penetram no corpo do paciente e são absorvidos pelo sangue – agindo nas varizes sem causar dano à pele”, explica Aline Lamaita, cirurgiã vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Logo em seguida, a glicose é aplicada nos mesmos locais onde foi realizado o laser, potencializando seu efeito e secando as varizes. Sendo assim, o método inovador reduz a quantidade de sessões. “Outros tratamentos também podem ser indicados, dependendo do grau das varizes”, acrescenta. “Em apenas três sessões, é possível notar uma melhora significativa, de 70%”, comenta a médica.

Fontes:
Abdo Salomão Jr: doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.
Aline Lamaita: cirurgiã vascular e angiologista, é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina.
Claudia Marçal: médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.
Kédima Nassif: dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.

Seis áreas esquecidas durante a rotina diária de cuidados com a pele

Dermatologista Kédima Nassif explica como prevenir o envelhecimento precoce de regiões como pescoço, colo e pálpebras, que geralmente não recebem a atenção e os cuidados que necessitam

Na hora da rotina de beleza diária da pele, muitas pessoas tendem a concentrar-se no rosto, afinal é a região onde surgem os sinais de envelhecimento mais evidentes, como rugas e linhas de expressão. Porém, outras regiões do corpo, como joelhos e cotovelos, também sofrem igualmente, e as vezes até mais (por conta das características da pele da região), com os danos externos que levam ao processo de envelhecimento precoce. Logo, necessitam de cuidados tanto quanto o rosto.

Então, para ajudar você a manter estas regiões saudáveis, a dermatologista e tricologista Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, apontou as áreas geralmente esquecidas durante a rotina diária de cuidados com a pele e explicou como tratar de cada uma delas. Confira:

cotovelo pele cuidados.png

– Joelhos e cotovelos: são áreas com poucas glândulas sebáceas, sendo naturalmente mais secas, além de serem regiões de dobra e atrito, o que faz com que fiquem endurecidas e ásperas. Por isso, os cuidados mais importantes com estas partes do corpo são a esfoliação e a hidratação. “A esfoliação dos cotovelos e joelhos deve ser realizada uma vez por semana com produtos formulados com partículas esfoliantes maiores, como a semente de apricot, e ativos como ureia em alta concentração, entre 15 a 20%. Isso vai fazer com que o tecido fique mais macio, pois a pele que estava por baixo, coberta pelas células mortas, é mais jovem e com maior poder de hidratação”, explica a médica. “Já com relação a hidratação, esta deve ser feita duas vezes ao dia, de preferência logo após o banho, para proteger as regiões contra a desidratação e os atritos que elas sofrem. O ideal é que estes produtos sejam formulados com substâncias que melhoram a textura e nutrição da pele corporal, como as vitaminas E e C e os óleos naturais de amêndoas, maracujá, framboesa ou girassol”. Quando essas áreas, além de ásperas e desidratadas, também estão acinzentadas, a médica sugere o uso de hidratantes com ácido salicílico, que possui um maior poder de penetração nessa região onde os poros estão mais fechados.

pescoço

– Pescoço e colo: de acordo com a dermatologista, a pele do pescoço e colo é muito fina e sensível devido à menor quantidade de glândulas sebáceas, por isso envelhece mais rápido do que em outras áreas do corpo. Dessa forma, manter alguns cuidados diários com essa região é fundamental para evitar o envelhecimento precoce. “Deve-se começar sempre pela limpeza, utilizando um sabonete líquido ou óleo de banho. Após isso, recomendo aplicar um creme hidratante com ativos antioxidantes, como vitamina C e Alistin. Clareadores e cremes estimuladores de colágeno, como o Densiskin e Hyaxel, também ajudam a manter a pele do colo mais jovem”, afirma. “Para finalizar, é essencial a aplicação de um fotoprotetor com FPS 30, que deve ser reaplicado a cada duas horas, principalmente se você estiver utilizando roupas decotadas.”

orelha rosto ouvido.jpg

– Atrás das orelhas: “Pessoas que possuem a pele e os cabelos oleosos tendem a apresentar descamação da pele atrás das orelhas, o que pode indicar doenças, como a dermatite seborreica, que, ao contrário do que muitos pensam, não atinge apenas o couro cabeludo. Da mesma forma, quem tem a pele mais seca também pode apresentar desidratação nessa região, que também deve ser fotoprotegida – assim como a orelha em si. Também é fundamental investir nos cuidados com esta região, lavando o local de uma a duas vezes por dia com um sabonete à base de extratos de alecrim, camomila e zinco ou até mesmo com o shampoo para cabelos oleosos que você utiliza. Em seguida, utilize um cotonete para aplicar um pouco de tônico adstringente na região.”

olho

– Pálpebras: o principal problema que afeta as pálpebras é a flacidez que surge na região com o passar dos anos. Porém, é possível retardar o aparecimento da alteração através do uso de cremes específico para a área dos olhos, que devem conter ativos que não agridem a pele e são menos propensos a causarem irritações, além de possuírem propriedades tensoras, antioxidantes e hidratantes, como a vitamine C, A e E. “Além disso, é fundamental o uso de um fotoprotetor, visto que, nos últimos anos, a incidência de câncer de pele aumentou em 10% nas pálpebras. O ideal então é que este produto seja hipoalergênico e oftalmologicamente testado, pois a área dos olhos é muito sensível e suscetível a irritação. No dia a dia, vale a pena apostar nos óculos escuros com proteção UV, para garantir que a pele dessa região não seja agredida”, finaliza a dermatologista.

Kédima Nassif é dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. 

Por que não se deve usar produtos corporais de beleza no rosto?

A diferença de textura entre um produto corporal e facial é nítida: e esse é um dos motivos que você deve evitar ao usar produtos corporais no rosto, fora outros problemas de pele que podem aparecer

A pele é uma extensão só, mas sua lubrificação e suas características são diferentes no corpo todo. Por isso, nada de passar esfoliante corporal no rosto e hidratante de corpo na face. A dermatologista Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, explica abaixo por que os produtos de uso corporal não devem ser passados no rosto e os riscos que essa prática pode trazer:

freegreatpicture-mulher-banho

Sabonete corporal no rosto: essa, definitivamente, não é uma boa ideia. O sabonete corporal contém um pH incompatível com a pele do rosto e pode trazer problemas como ressecamento e aumento de oleosidade. “Em peles oleosas, há o risco de primeiramente ela ficar mais ressecada e sofrer, depois, com o que chamamos de efeito rebote, que é uma produção exagerada de oleosidade, porque o organismo entendeu que houve uma agressão. Isso pode deixar a pele com excesso de brilho e piorar a acne”, afirma a médica.

pele rosto hidratante3

Hidratante corporal no rosto: você não deve usar o mesmo hidratante do corpo para a face. Geralmente o hidratante corporal é mais espesso, já que essa pele tem menos glândulas sebáceas e deve ser hidratada com produtos de veículos mais pesados. “A pele do rosto é mais sensível, então você pode deixá-la por último e usar o seu hidratante facial de uso diário, que deve hidratar, mas pode ter princípios ativos antienvelhecimento, calmantes e que estimulem a produção de colágeno. Então, após passar o hidratante no corpo todo, lave as mãos para poder passar o hidratante facial no rosto”, diz a médica. “Hoje temos uma vantagem onde os protetores podem ter hidratação, ativo antiaging, um controlador da oleosidade, um ativo calmante e o protetor propriamente dito. Praticamente um 5 em 1. Previne toda a ação do UV, que danifica o DNA da pele, diminui os impactos do ressecamento e tem uma ação nutritiva e antioxidante”, afirma a médica. Além disso, muitos produtos de tratamento facial, como ácidos mais agressivos, podem ressecar a pele corporal, que pode ser hidratada no banho com óleos corporais ou imediatamente após a ducha.

mulher rosto esfoliante liveabout
Foto: LiveAbout

Esfoliante do corpo na face: um bom esfoliante facial deve ter partículas de pequeno ou médio porte, uniformes e de preferência de origem natural, como a seda do arroz retirada da casca deste alimento, das sementes de apricot, linhaça ou um triturado natural como as sementes de tâmara. “Além disso, deve ter a capacidade de remover as impurezas sem agredir o tecido cutâneo por apresentar na sua formulação produtos calmantes anti-inflamatórios, hidratantes e antissépticos”, afirma a dermatologista. No entanto, os esfoliantes corporais devem ter partículas maiores em relação às utilizadas para o rosto, e de preferência incorporadas em sabonetes cremosos para usos no banho, ou misturadas a óleos naturais que promovam fácil aplicação, espalhabilidade, promovendo uma esfoliação homogênea, que resultará em uma pele mais fina de textura regular e luminosa, explica a médica. “Também podem conter partículas esfoliantes naturais, ou mesmo, sal marinho embebido em óleos que promovem reposição de lipídeos”, diz. Ou seja, as partículas maiores podem ser agressivas para o rosto, deixando a pele vermelha, machucada e sensibilizada, o que pode resultar em ressecamento e, também, efeito rebote.

mulher usando protetor solar

Protetor solar: também mais espesso, o protetor solar corporal não deve ser aplicado no rosto, sob o risco de deixar a pele mais oleosa e com brilho. “As peles mais secas devem investir em proteção solar facial hidratante, enquanto as peles oleosas precisam de produtos com efeito mate, oil-free e antioleosidade”, finaliza a médica.

Fonte: Valéria Marcondes é dermatologista da Clínica de Dermatologia Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser. 

Cosmético age regenerando o tecido para atuar contra estrias

Com Fitoesteróis, Vitamina E e ômegas 3 e 6, Striaway, da Pharmapele, age nas estrias e promove regeneração dos tecidos, ajudando também na hidratação e com ação antioxidante

StriAway da Pharmapele previne o aparecimento e promove melhora das estrias jovens e maduras, por meio de sua fórmula ultraconcentrada, rica em substâncias hidratantes e firmadoras, como ômegas 3 e 6, Fitoesteróis e Vitamina E. Sua sinérgica combinação de ativos confere propriedade regeneradora e recupera a integridade da pele, aumentando sua firmeza e elasticidade. Resultados comprovados após 28 dias de uso: 93% melhora na firmeza e elasticidade da pele e 75% melhora do aspecto da estria.

Diferencial: todos os ativos do StriAway são nanosferizados, o que aumenta a capacidade de absorção do produto e permite que ele atinja as camadas mais profundas da pele. Pode ser usado por gestantes e lactantes.

Indicação: estrias, prevenção de estrias, hidratação corporal.

Modo de uso:  deve ser usado duas vezes ao dia, aplicando nas regiões afetadas até completa absorção.

corporal_stri_away.png

StriAway – Preço: R$ 100,00

Informações: Pharmapele – SAC: 81 3202-2000