Arquivo da categoria: doação de sangue

Campanha Junho Vermelho alerta para risco de falta de sangue em São Paulo

Déficit de 50% nos estoques pode comprometer tratamento de pacientes; Banco de Sangue de São Paulo convoca doadores

Se em um inverno ‘normal’ as pessoas já deixavam de doar sangue por sair menos de casa, imagine em uma situação de pandemia, com isolamento social. Por esta razão, os Bancos de Sangue em geral estão com seus estoques em situação crítica, operando com déficits que ultrapassam a marca de 50% de sua capacidade.

“Neste período em que aumentam as doenças respiratórias, corremos o risco de ficar totalmente sem sangue para os pacientes dos hospitais que necessitam de transfusões e outros procedimentos. Convocamos urgentemente doadores de todos os tipos sanguíneos a se solidarizarem a esta causa e comparecem aqui no Banco de Sangue de São Paulo. Esse gesto salva muitas vidas”, diz Bibiana Alves, líder de captação do Banco de Sangue de São Paulo.

Esse alerta à população coincide com a campanha Junho Vermelho, uma mobilização nacional, alusiva à cor do sangue, que tem o intuito de conscientizar a sociedade sobre a importância do gesto solidário de doar sangue, especialmente nesta época do ano. Nesta edição, sua importância assume um papel ainda maior em razão do momento que o país enfrenta.

“As pessoas estão com medo de sair de casa para doar sangue. Mas é preciso que elas saibam que estamos tomando todas as medidas de segurança e proteção. E que o sangue, em muitos casos, é a única esperança de vida, para o qual não existe nenhum substituto”, ressalta Bibiana.

Em comemoração ao Junho Vermelho, o Banco de Sangue de São Paulo estará presenteando os doadores ao longo deste mês com máscaras personalizadas.

como-doar-sangue

Requisitos básicos para doação de sangue:
• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
• Estar em boas condições de saúde;
• Pesar no mínimo 50 kg;
• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar três horas. Não é necessário estar em jejum;
• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
• Não ter tido sífilis, Doença de Chagas ou Aids;
• Não ter diabetes em uso de insulina;
❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o coronvírus:
• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Banco de Sangue de São Paulo
Unidade Paraíso
Endereço: Rua Tomás Carvalhal, 711 – Paraíso – Metrô Paraíso, saída C, Rua Vergueiro
Telefone: (11) 3373-2050 | (11) 3373-2000
Atendimento: Segunda a sexta, das 08h às 17h, e sábado, das 08h às 16h
Estacionamento Matsubara Hotel (Conveniado): Rua Tomás Carvalhal, 480
Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos
Endereço: Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino – Metrô AACD, Rua Pedro de Toledo
Tel.: (11) 5080-4435
Atendimento: Segunda a sábado, das 8h ao 12h
Estacionamento gratuito.

 

São Paulo está entre as 10 cidades no ranking de doações de sangue no Brasil

• Levantamento da 99 destaca as 10 cidades que mais contribuíram com hemocentros durante campanha de incentivo à doação promovida por app
• Corridas realizadas pelo app acumulam 12 mil doações e cerca de 50 mil pessoas impactadas no Brasil
• Campanha será prorrogada para junho, quando se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue, em 14 de Junho

EXAME DE SANGUE MNT
MedicalNewsToday

Os moradores da Grande São Paulo aceitaram o convite da 99, empresa de mobilidade urbana, juntando-se ao movimento de solidariedade para aumentar os estoques dos bancos de sangue da região, com intuito de incentivar a doação de sangue na maior metrópole do Brasil. Entre as 16 cidades que participaram da campanha da empresa, São Paulo ficou entre as dez primeiras colocadas no ranking, que considera o número de doações por 100 mil habitantes.

Foram mais de 2.500* corridas para os hemocentros. E como cada doação pode salvar 4 vidas, mais de 10,2* mil pessoas foram beneficiadas com a iniciativa.
O aplicativo iniciou a campanha em abril e disponibilizou descontos para os principais pontos de doações de sangue do país. Foram mais de 12* mil corridas, que impactaram cerca de 50 mil pessoas por meio das bolsas de sangue coletadas no Brasil.

Confira o TOP10 de cidades mais engajadas na campanha de incentivo a doação de sangue:
• Manaus (151,77)**
• Teresina (91,99)**
• Belo Horizonte (63,49)**
• Goiânia (57,76)**
• Ribeirão Preto (53,91)**
• Brasíla (35,52)**
• Curitiba (24,83)**
• Rio de Janeiro (23,87)**
• Recife (23,41)**
• São Paulo (22,73)**

Em razão do Junho Vermelho, quando é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue (14/06), a 99 irá prorrogar a campanha até 30 de junho, para que mais pessoas possam doar.

“A 99 facilita a conexão das pessoas às cidades diariamente e, dessa vez, nós fomos além. Criamos uma conexão ainda maior de solidariedade, transportando em segurança para os pontos de coletas, os doadores que com um gesto tão simples podem salvar vidas. Ao apoiarmos os hemocentros, reforçamos nossa escolha em agir para transformar”, afirma Pedro Gomes, gerente regional de operações da 99.

Para utilizar os descontos de R$ 30,00 para ir e voltar dos hemocentros participantes da campanha em São Paulo e região, válidos até 30/06, basta incluir o código DOESANGUESP no app. Confira as regras e lista de endereços e cidades participantes clicando aqui.

*Os dados considerados para o levantamento foram fechados em 1º/6
**Número de doações a cada 100 mil habitantes

Hemocentro (HSP/HU Unifesp) precisa de doação de sangue

O Hemocentro do Hospital São Paulo, hospital Universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP/HU Unifesp) necessita de doações de sangue para abastecer seu baixo estoque. Para doar é necessário ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar em boas condições de saúde e alimentado. Não devem doar temporariamente pessoas com sintomas de gripe ou resfriado.

Interessados em doar devem agendar atendimento pelo telefone (11) 5576-4240. O cuidado é para evitar eventuais aglomerações e filas diante do cenário de covid-19. O hemocentro funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h30, na Vila Clementino, zona Sul de São Paulo.

doar sangue

Hemocentro Hospital São Paulo / HU Unifesp
Endereço: Rua Dr. Diogo de Faria, 824 – Vila Clementino, São Paulo – SP.
Telefone: (11) 5576-4240
De segunda à sexta, das 8h às 17h30

Para aumentar estoque em bancos de sangue, 99 incentiva doações em São Paulo

Como parte do 99Mobiliza, conjunto de ações durante a pandemia, empresa dará descontos em corridas para hemocentros das principais capitais do país

A 99, empresa de mobilidade urbana, está unindo forças com as autoridades locais, os motoristas parceiros e os passageiros para vencer a corrida contra o coronavírus. Para isso, a empresa mobiliza toda a sociedade para aumentar os estoques dos hemocentros brasileiros e incentivar a doação de sangue.

O aplicativo oferecerá descontos de R$ 30,00 para ir e voltar dos principais pontos de doações de sangue no país até o final de abril. Além de São Paulo, também estarão nesta campanha Brasília, Goiânia, Manaus e Curitiba. Outras cidades devem ser anunciadas nos próximos dias e a empresa espera contemplar todas as regiões com a iniciativa, que faz parte do 99Mobiliza – conjunto de ações promovidas pela plataforma para engajar mais pessoas no combate ao coronavírus e no apoio a causas que fazem a diferença na sociedade.

“Convidamos toda população a se juntar a nós nesse movimento para aumentar o número de doações de sangue. Temos certeza de que o que importa, mobiliza as pessoas. Seja para doar sangue, ajudar com mantimentos para quem não tem, apoiar iniciativas locais de geração de renda ou mesmo ficando em casa para proteger a si e ao próximo. O momento exige da sociedade compromisso e mobilização para vencermos esta corrida contra o Corona. Ao apoiarmos os hemocentros, reforçamos nossa escolha em agir para transformar”, afirma Pedro Gomes, gerente regional de operações.

Para a 99, garantir a segurança dos motoristas parceiros que ainda estão trabalhando é também prioridade. Por isso, além de reforçar todas as recomendações do Ministério da Saúde e de disponibilizar um fundo de US$ 10 milhões aos infectados pelo coronavírus, também oferece desinfecção dos carros de parceiros em cinco cidades do Brasil com uma técnica inovadora, certificada pela Anvisa e que cria uma camada de proteção por até 72 horas.

doar sangue

“Desde o início da pandemia, a equipe da 99 tem trabalhado arduamente para colaborar com a sociedade nesse momento tão delicado. Por isso, nas últimas semanas disponibilizamos R$ 4 milhões em corridas para estados e municípios utilizarem em deslocamentos de profissionais de saúde e outras atividades essenciais”, reforça Pedro Gomes, gerente regional de operações.

Para ativar os descontos para endereços selecionados, basta incluir o código DOESANGUESP no app. Confira as regras e lista de endereços participantes clicando aqui.

 

Kopenhagen estimula doação de sangue em São Paulo, adoçando a vida dos doadores

Ação agradece pessoas que mantêm a rotina de doação no período de isolamento social

Este ano, a Kopenhagen, marca com 92 anos de história, vai se conectar com as pessoas e fazer com que as pessoas se conectem entre si de uma maneira diferente durante a Páscoa. Neste momento tão incerto e cheio de desafios, expressar gratidão por todo mundo que está fazendo algo para ajudar as pessoas é essencial.

Mas, já que devemos ficar em casa e não dá para agradecer de perto, a Kopenhagen lança a campanha #AdoceAVidaDeAlguém e propõe um jeito diferente de abraçar, beijar e dizer muito obrigado para todas essas pessoas, mesmo à distância.

KOP PASCOA 2019_OVO_LG_TRADICIONAL_500g

A Páscoa é uma época de amor ao próximo e poucas atitudes simbolizam esse amor tão bem quanto a doação de sangue. Infelizmente, por causa do isolamento causado pelo Coronavírus Covid-19, as pessoas estão doando ainda menos. Os estoques estão cada vez mais baixos, atingindo níveis alarmantes. As pessoas dispostas a sair do isolamento para doar sangue merecem toda a nossa gratidão. E a Kopenhagen vai expressar a gratidão de toda a sociedade por essas pessoas presenteando-as com ovos de Páscoa.

KOP_PASCOA2020_OVINHOS_CHUMBINHO

Além da entrega de 2.000 ovos de chocolate para quem fizer doação de sangue no Banco Paulista de Sangue, hemocentro localizado na cidade de São Paulo, até 11 de abril, a Kopenhagen vai presentear médicos e enfermeiros do Incor, um dos hospitais de referência contra o Coronavírus Covid-19, e do Einstein M’Boi Mirim (Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch) com mais de 7 mil ovos variados, para agradecer por todo o seu trabalho e dedicação neste momento tão delicado. O projeto conta com cocriação da Artplan.

A primeira ação da campanha #AdoceAVidaDeAlguém, a distribuição de ovos de chocolate no Incor, acontece em 26 de março, às 9h da manhã; já no Einstein M’Boi Mirim, será realizada nos próximos dias.

KOP PASCOA 2019_OVO_4 CLASSICOS_650g

Serviço da ação #AdoceAVidaDeAlguém

Os ovos Kopenhagen serão distribuídos no hemocentro enquanto durarem os estoques no período da ação e com limite de um produto por doador.

Banco Paulista de Sangue: Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46, 14º andar – Itaim Bibi – São Paulo – SP

Alerta: coronavírus e doação de sangue

Estima-se que, se a população não se mobilizar doando sangue, o déficit de doações pode chegar a mais de 50%, o que comprometerá o atendimento de inúmeros pacientes em tratamento

Com o receio da população em sair de casa, os bancos de sangue de todo o país já estão sofrendo queda significativa nas doações. Porém, é importante salientar que as pessoas saudáveis devem sair de suas casas para doar sangue, assim como fazem para ir à farmácia, ao mercado e outras atividades essenciais.

A doação de sangue é essencial à vida de inúmeros pacientes internados nos hospitais. “Se as pessoas pararem de doar sangue, além da crise que o Brasil enfrenta com o surto do coronavírus, poderemos enfrentar também grande crise de desabastecimento de sangue”, explica Sandra de Paula, coordenadora de captação do Banco de Sangue de São Paulo.

O ato da doação de sangue não oferece riscos de contaminação pelo Covid-19, informa a coordenadora de captação. “As estruturas dos locais de doação estão adequadas e preparadas para receber os doadores. As precauções de contágio devem ser mantidas, mas o ato solidário não pode parar”.

sangue juralmin pixabay

No Banco de Sangue de São Paulo há motivos de sobra para que a população possa ir doar com tranquilidade, pois a unidade fica fora de um ambiente hospitalar, com acesso exclusivo a doadores. E ainda reforçou várias medidas de segurança:

• Agendamento de doadores para evitar horários com grandes aglomerações;
• Disponibilização de transporte para doadores;
• Maior distanciamento entre as cadeiras de espera na recepção;
• Maior distanciamento entre as cadeiras na sala de doação;
• Equipe treinada e orientada para lidar com a situação atual;
• Assepsia dos colaboradores, doadores, equipamentos e área física com álcool gel 70% em todas as etapas do processo de doação;
• Utilização de materiais e insumos estéreis e descartáveis;
• Dispensers com álcool gel 70% à disposição nas dependências do banco de sangue;
• O ambiente do banco de sangue é composto por profissionais e doadores em bom estado de saúde.

Novas regras de triagem:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 30 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
• Candidatos à doação de sangue, que tenham se deslocado ou que sejam procedentes de fora do país, deverão ser considerados inaptos por 30 dias após o retorno destas áreas.
• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 30 dias após o último contato com essas pessoas;
• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 90 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

“Convocamos todas as pessoas saudáveis a comparecerem aos bancos de sangue para realizar suas doações e garantir aos pacientes necessitados maior esperança de vida”, conclui Sandra.

doação de sangue pixabay
Pixabay

Banco de Sangue de São Paulo

Unidade Brigadeiro Endereço: Av. Brigadeiro Luis Antonio , 2533 – 4º. Andar – Jardim Paulista – Tel.: (11) 3373-2000. Atendimento: segunda a sexta das 7h às 17h e sábado das 7h às 16h – estacionamento gratuito.

Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos: Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino – Tel.: (11) 5080-4435. Atendimento: segunda a sexta das 7h às 17h e sábado das 7h às 16h – estacionamento gratuito.

Hoje e amanhã: tutores e cães se unem em campanha de doação de sangue

Ação do Continental Shopping beneficia Banco de Sangue Paulista e Banco de Sangue Pet

O Continental Shopping inicia o ano de 2020 com ação que estimula a ajuda ao próximo. A campanha “Doe Sangue, Doe Vida” será realizada nos dias 24 e 25 de janeiro, a coleta dividida em dois dias receberá doações de humanos e pets. O objetivo é que os doadores incentivem amigos e familiares para ajudar outras pessoas e levem seus cachorros para ajudarem outros cachorros.

Hoje, dia 24, a coleta acontece das 10 às 16 horas, no piso Boulevard e tem como meta arrecadar 100 bolsas de sangue, que serão destinadas para o Banco de Sangue Paulista. Para ser um doador, o interessado deve apresentar documento oficial com foto, passar por uma breve entrevista de triagem, ter entre 18 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha acontecido até os 60 anos, além de estar dentro dos requisitos necessários:

=O peso deve ser superior a 53 kg para homens e 50 kg para mulheres;
=Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
=Se mulher, deve ter doado há mais de 90 dias, não estar grávida, não estar amamentando, já terem se passado pelo menos 3 meses de parto ou aborto;
=Não ter tido Hepatite após os 10 anos de idade;
=Não ter histórico de contato com o inseto barbeiro, transmissor da Doença de Chagas;
=Não ter histórico de malária ou se esteve em região de malária nos últimos 6 meses;
=Não ter realizado Endoscopia / Colonoscopia nos últimos 6 meses;
=Não ter ou ter tido Sífilis;
=Não ter tatuagens e/ou piercings recentes (menos de 1 ano);
=Não ter recebido transfusão de sangue ou hemoderivados no último ano;
=Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação;
=Estar alimentado e com intervalo mínimo de 2 horas após a última refeição;
=Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas que antecedem a doação;
=Não ter mais de 3 parceiros sexuais nos últimos 12 meses;
=Não ter fumado na última hora que antecede a doação;
=Não possuir comportamento de risco para HIV tais como: não usar preservativos em
relações sexuais com parceiros novos ou ocasionais, ter mais de 3 parceiros sexuais nos últimos 12 meses ou ser usuário de drogas ilícitas.

Doacao-de-Sangue---Continental-Shopping

Já no dia 25 é a vez dos cãezinhos fazerem a contribuição para o Banco de Sangue Pet. Das 10 às 16 horas, o Continental Shopping recebe um hemocentro móvel da Pets & Life que fará a coleta na entrada principal do centro de compras. Cada bolsa de sangue pode salvar a vida de até três cães.

Antes da coleta é realizado o hematócrito (exame que verifica se o cão não possui anemia) e exame físico do animal. Após a doação os cachorros receberão gratuitamente exames de sangue e acompanhamento renal, essa parceria garante um controle geral da saúde do pet.

Doacao-pet2

Para participar da ação os cachorros deve seguir alguns critérios:

=Ter entre 1 e 8 anos;
=Estar clinicamente saudável;
=Estar vacinado e vermifugado (comprovado via carteira de vacinação);
=Estar sem pulgas e carrapatos;
=Não ter passado por procedimento cirúrgico recente (nos últimos dois meses);
=Caso seja fêmea, não estar no período de gestação ou com filhotes

Campanha Doe Sangue, Doe Vida – Continental Shopping
Data: 24 de Janeiro
Horário: das 10h às 16h
Local: Piso Boulevard

Doação de Sangue Pet
Data: 25 de Janeiro
Horário: das 10h às 16h
Local: Entrada principal

Continental Shopping: Avenida Leão Machado, 100 – Jaguaré – São Paulo – SP
Informações: (11) 4040-4981 – 

Beneficência Portuguesa de São Paulo realiza ação para estimular doação de sangue

Iniciativa faz alusão ao Dia do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro, e contará com distribuição de brindes, cartão personalizado e local para tirar fotos

Para conscientizar a população e incentivar ainda mais a doação de sangue, a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo promove nos dias 23 e 25 de novembro uma ação especial no banco de sangue da instituição e também na Unidade Paulista, localizada na Rua Maestro Cardim, no bairro da Bela Vista.

A iniciativa, realizada em prol do Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro, terá distribuição de brindes, cartão personalizado reforçando a importância da prática e um local para que as pessoas possam fazer selfies e brincar de multiplicar as imagens na mesma foto, simbolizando que o ato de doar também é o de multiplicar vidas.

Todo mês, cerca de sete mil vidas são salvas na BP por meio da doação de sangue. Por isso, a continuação desse trabalho e o convite para que outras pessoas venham até o local é tão importante. Para ser um doador, basta estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg e ter entre 18 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido realizada até os 60 anos. No site da BP , é possível checar todas as recomendações e alertas.

sangue doação

Ação no Banco de Sangue da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo
Data: 23/11/2019.
Horário: das 10h às 17h.
Local: Rua Maestro Cardim nº 1.041 – Bela Vista

Ação na recepção da Unidade Paulista
Data: 25/11/2019.
Horário: das 10h às 17h.
Local: Unidade Paulista -Rua Maestro Cardim nº 769 – Bela Vista

Junho Vermelho: doar sangue pode salvar vidas e reduzir doenças do doador

Ato reduz o risco de alguns tipos doenças cardíacas e até de câncer, além de promover a satisfação pessoal pela boa ação

Doar sangue faz bem. Além de salvar vidas, o ato promove uma série de benefícios à saúde do doador, que vai desde a redução de risco de doenças cardíacas e alguns tipos de câncer até a satisfação em promover uma boa ação. Neste mês, quando é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue (14), o médico e intensivista do Hapvida, João Rodolfo, ressalta os benefícios dessa atitude, que já foi cercada de mitos e que hoje é um procedimento simples, seguro e indolor.

O médico explica que existem estudos que comprovam que a doação de sangue reduz a viscosidade do sangue, permitindo assim, que os doadores sejam menos propensos a desenvolver doenças do coração. Sem falar que, segundo ele, o processo funciona como uma espécie de ‘limpeza sanguínea’.

“O nosso sangue é produzido na medula e renovado a cada três, quatro meses. Nesse processo, de uma forma bem simbólica, é como se dentro desse período o sangue fosse para o lixo; a doação de sangue é pegar algo que é nosso, que leigamente vai para o lixo e ajudar pessoas. Um processo simples, seguro e indolor”, afirma.

A doação também colabora com a redução de certos tipos de câncer. “Já houve a comprovação que a doação sanguínea promove a redução de alguns tipos de câncer pela redução oxidativos. Com a doação há uma renovação das células, com isso, as células velhas são renovadas”, ressalta João Rodolfo.

sangue juralmin pixabay

Outro benefício, conforme explicou o médico, é a possibilidade de fazer uma espécie de mini-check up, já que o doador precisa ser submetido a uma bateria de exames para identificação de possíveis doenças infecto-contagiosas, a exemplo de AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, contato prévio com hepatite B e C e vírus HTLV, permitindo que o voluntário esteja mais atento à saúde.

“Sem falar na satisfação de promover o bem: o sentimento de poder ajudar de uma a quatro pessoas com uma única doação. Não existe outra forma de salvar a vida de quem precisa de doação se não for doando. Dessa forma, é possível ter uma satisfação, fortalecer a autoestima e ter a sensação de felicidade”, destaca.

Junho Vermelho

João Rodolfo ainda aproveitou para lembrar que este mês é dedicado a campanha de doação de sangue, no movimento que foi denominado de Junho Vermelho. “Esclarecer a importância da doação é o principal caminho. É preciso levar informação clara e objetiva sobre a doação para combater as ‘fake news’, que muitas vezes afastam os doadores’, reforça.

Médica hematologista da Aliança Instituto de Oncologia fala sobre benefícios importância e tipos de doação

sangue doação

O Dia Mundial do Doador de Sangue foi criado em 2014 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para homenagear o empenho dos doadores voluntários e conscientizar a população sobre a falta de doadores em todo o mundo. De acordo com o Hemocentro de Brasília, apenas 2,4% dos brasilienses são doadores de sangue. Em 2018, a entidade recebeu mais de 53 mil doações.

Dados recentes mostram que no Brasil 1,8% da população doa sangue, número que está dentro dos parâmetros de pelo menos 1%, mas longe da meta da OMS, que seria de 3% da população doadora.

A médica hematologista Nadia Misael da Aliança Instituto de Oncologia afirma que a doação pode trazer diversos benefícios também para o doador. “Com o gesto nobre, ele pode se orgulhar de poder ajudar muitas pessoas em situação de risco de vida, seja para sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), realizar uma quimioterapia ou até mesmo se recuperar de uma cirurgia. Além disso, ele pode ter certeza que a sua saúde está adequada e que a quantidade de células de sangue será reposta ao organismo”.

De acordo com Nadia há dois tipos de doação, por aférese ou doação de sangue total. A modalidade mais comum é a doação de sangue total, na qual, é retirado cerca de 400 a 450 ml de sangue. Neste tipo, o doador não entra em contato com o anticoagulante, diferente da aférese. Essa doação é rápida, dura menos de 10 minutos, com poucos efeitos colaterais.

Menos comum, na doação por aférese o sangue do doador é processado em uma máquina, para isso, é utilizado um anticoagulante. “Nesta modalidade, é retirado um grupo específico de células, apenas as plaquetas ou hemácias”, explica.

Segundo a médica, essa doação demora um pouco, cerca de uma hora ou mais, a depender do acesso venoso do paciente. Ela acrescenta que existe o retorno para o doador de anticoagulante, por isso, alguns pacientes podem ter alguns efeitos colaterais desta medicação. São candidatos a doação por aférese os doadores frequentes com bom acesso vascular.

Nadia destaca que para realizar a doação de sangue é necessária uma entrevista prévia para avaliação da saúde do doador, que precisa ter entre 16 e 69 anos e ainda pesar mais de 50 quilos. “Não é necessário jejum para a doação de sangue”, finaliza.

Oito motivos para Doar Sangue:

doar sangue.jpg

1. Alguém precisa de sangue a cada 3 segundos. Uma média de 40.000 unidades são necessárias todos os dias no Brasil. Não há substituto para o sangue humano.
2. 60% da população necessitará de sangue em algum momento das suas vidas, mas menos de 5% da população doa.
3. Desastres como acidentes automobilísticos, incêndios e outros casos de trauma acontecem todos os dias e esses pacientes precisam de sangue, e raramente precisam de apenas um litro.
4. Se todos os doadores elegíveis doassem regularmente, quatro a seis vezes por ano, as necessidades de sangue seriam satisfeitas e a escassez poderia ser uma coisa do passado.
5. Durante décadas, o Brasil contou com um grande grupo de doadores de sangue mas, infelizmente, essa geração está desaparecendo rapidamente e outros novos doadores não estão avançando para substituí-los.
6. Doar sangue é seguro e saudável. Não só você recebe um miniexercício físico gratuito, incluindo a verificação da pressão arterial, a frequência cardíaca, a temperatura e os níveis de ferro, mas é o modo mais rápido de perder um quilo.
7. Para os homens há um benefício salvador de vidas para doar sangue. Os homens correm um risco maior de “hemocromatose ou sobrecarga de ferro”, um problema potencialmente mortal em que muito ferro se acumula no sangue. Pode levar a doenças cardíacas e outros grandes problemas de saúde. A pesquisa mostra que se os homens derem sangue 3 vezes por ano, eles podem reduzir sua sobrecarga de ferro e, portanto, o risco de um ataque cardíaco em até 50%.
8. Os doadores de sangue são verdadeiros heróis. Na verdade, sua doação de sangue será dividida em vários componentes, permitindo que você, com apenas uma doação, economize até três vidas.

Junho Vermelho pretende conscientizar a população sobre doação de sangue

Nesta quarta-feira (12), Dia dos Namorados, a Avenida Paulista será palco de ação que visa conscientizar as pessoas sobre a importância da doação regular de sangue. Conduzida por alunos do Senac Tiradentes, em parceria com o Movimento Eu Dou Sangue, a iniciativa acontecerá em frente a Casa das Rosas, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis, com distribuição de flores em tecido e apresentação de dados sobre funciona a doação.

“É muito satisfatório ver jovens tão engajados nessa causa. Quando criamos o Junho Vermelho, em 2011, nosso objetivo era, justamente, fazer com que os outros entendessem a importância desse ato. Nosso futuro está na mão dos mais novos, ou seja, é reconfortante saber que existe pessoas que vão defender essa bandeira com a mesma garra que nós tivemos e ainda temos”, declara Debi Aronis, fundadora do Eu Dou Sangue.

sangue juralmin pixabay

Por que no mês de junho?

O mês, que tem baixas temperaturas, aumento na incidência de infecções respiratórias e marca o encerramento do período letivo em universidades e escolas como início das férias escolares, costuma registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue, públicos e privados.

O fato das pessoas estarem menos propensas a sair de casa não diminui, e por vezes até aumenta, a rotina dos hospitais que atendem desde vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana até os portadores de doenças que requerem transfusões sanguíneas com frequência, como câncer, anemia falciforme e outras patologias, incluindo os procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, como transplantes e cirurgias cardíacas.

“É importante ressaltar que a demanda de sangue permanece inalterada, apesar da redução da oferta nos estoques dos hemocentros”, afirma Debi.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que cada país tenha entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, enquanto em alguns países da Europa, está em cerca de 7%.

Como funciona a doação de sangue?

Interessados devem ir a um hemocentro e preencher a ficha de cadastro, para verificar os requisitos obrigatórios: é preciso estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos; pesar no mínimo 50 kg.

No dia da doação, é preciso estar descansado e ter se alimentado normalmente. O doador deve levar documento original com fotografia recente, que permita sua identificação.

Quem teve Hepatite A após os 11 anos de idade não pode doar. Também não está apto para a doação quem teve em qualquer idade Hepatite B ou C, doença de Chagas, Malária ou é portador do vírus HIV.

doação de sangue pixabay

Movimento Eu Dou Sangue
Data: 12 de junho (quarta-feira)
Horário: das 9h às 14h
Local: Casa das Rosas
Endereço: Av. Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo

Shopping Penha faz campanhas de doação de sangue e arrecadação de agasalho

O mês de maio está repleto de ações voltadas para a comunidade no Shopping Penha. Desde o 20, entrou no ar a Campanha do Agasalho. Ano passado, o Shopping recolheu mais de 6 mil itens entre roupas, sapatos, agasalhos e cobertores que foram doados para 8 instituições distintas.

Hoje, dia 28, entre 8h30 e 11h30, o Shopping Penha se une a uma campanha solidária de doação de sangue em parceria com a Fundação Pró-Sangue do Hemocentro de São Paulo. O ponto de recolhimento será no Piso 1 e tem capacidade para atender até 70 doadores nas 3 horas de funcionamento.

Para doar é importante observar alguns requisitos, entre eles estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg e apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial. Além desses é preciso respeitar os intervalos para doação – homens: 60 dias e mulheres: 90 dias.

doação de sangue pixabay
Pixabay

“Fazer parte de uma campanha como esta reforça o compromisso do Shopping de estar próximo da sua comunidade participando e oferecendo ações solidárias”, conclui Débora Blanco, superintendente do Shopping Penha.

Doação de Sangue no Shopping Penha
Data: 28 de maio
Horário: das 8h30 às 11h30
Local: Shopping Penha – Piso 1 – próximo ao banheiro feminino
Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, nº 304 – Penha‎ – São Paulo, SP