Arquivo da categoria: doação de sangue

Beneficência Portuguesa de São Paulo realiza ação para estimular doação de sangue

Iniciativa faz alusão ao Dia do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro, e contará com distribuição de brindes, cartão personalizado e local para tirar fotos

Para conscientizar a população e incentivar ainda mais a doação de sangue, a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo promove nos dias 23 e 25 de novembro uma ação especial no banco de sangue da instituição e também na Unidade Paulista, localizada na Rua Maestro Cardim, no bairro da Bela Vista.

A iniciativa, realizada em prol do Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado em 25 de novembro, terá distribuição de brindes, cartão personalizado reforçando a importância da prática e um local para que as pessoas possam fazer selfies e brincar de multiplicar as imagens na mesma foto, simbolizando que o ato de doar também é o de multiplicar vidas.

Todo mês, cerca de sete mil vidas são salvas na BP por meio da doação de sangue. Por isso, a continuação desse trabalho e o convite para que outras pessoas venham até o local é tão importante. Para ser um doador, basta estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg e ter entre 18 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido realizada até os 60 anos. No site da BP , é possível checar todas as recomendações e alertas.

sangue doação

Ação no Banco de Sangue da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo
Data: 23/11/2019.
Horário: das 10h às 17h.
Local: Rua Maestro Cardim nº 1.041 – Bela Vista

Ação na recepção da Unidade Paulista
Data: 25/11/2019.
Horário: das 10h às 17h.
Local: Unidade Paulista -Rua Maestro Cardim nº 769 – Bela Vista

Junho Vermelho: doar sangue pode salvar vidas e reduzir doenças do doador

Ato reduz o risco de alguns tipos doenças cardíacas e até de câncer, além de promover a satisfação pessoal pela boa ação

Doar sangue faz bem. Além de salvar vidas, o ato promove uma série de benefícios à saúde do doador, que vai desde a redução de risco de doenças cardíacas e alguns tipos de câncer até a satisfação em promover uma boa ação. Neste mês, quando é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue (14), o médico e intensivista do Hapvida, João Rodolfo, ressalta os benefícios dessa atitude, que já foi cercada de mitos e que hoje é um procedimento simples, seguro e indolor.

O médico explica que existem estudos que comprovam que a doação de sangue reduz a viscosidade do sangue, permitindo assim, que os doadores sejam menos propensos a desenvolver doenças do coração. Sem falar que, segundo ele, o processo funciona como uma espécie de ‘limpeza sanguínea’.

“O nosso sangue é produzido na medula e renovado a cada três, quatro meses. Nesse processo, de uma forma bem simbólica, é como se dentro desse período o sangue fosse para o lixo; a doação de sangue é pegar algo que é nosso, que leigamente vai para o lixo e ajudar pessoas. Um processo simples, seguro e indolor”, afirma.

A doação também colabora com a redução de certos tipos de câncer. “Já houve a comprovação que a doação sanguínea promove a redução de alguns tipos de câncer pela redução oxidativos. Com a doação há uma renovação das células, com isso, as células velhas são renovadas”, ressalta João Rodolfo.

sangue juralmin pixabay

Outro benefício, conforme explicou o médico, é a possibilidade de fazer uma espécie de mini-check up, já que o doador precisa ser submetido a uma bateria de exames para identificação de possíveis doenças infecto-contagiosas, a exemplo de AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, contato prévio com hepatite B e C e vírus HTLV, permitindo que o voluntário esteja mais atento à saúde.

“Sem falar na satisfação de promover o bem: o sentimento de poder ajudar de uma a quatro pessoas com uma única doação. Não existe outra forma de salvar a vida de quem precisa de doação se não for doando. Dessa forma, é possível ter uma satisfação, fortalecer a autoestima e ter a sensação de felicidade”, destaca.

Junho Vermelho

João Rodolfo ainda aproveitou para lembrar que este mês é dedicado a campanha de doação de sangue, no movimento que foi denominado de Junho Vermelho. “Esclarecer a importância da doação é o principal caminho. É preciso levar informação clara e objetiva sobre a doação para combater as ‘fake news’, que muitas vezes afastam os doadores’, reforça.

Médica hematologista da Aliança Instituto de Oncologia fala sobre benefícios importância e tipos de doação

sangue doação

O Dia Mundial do Doador de Sangue foi criado em 2014 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para homenagear o empenho dos doadores voluntários e conscientizar a população sobre a falta de doadores em todo o mundo. De acordo com o Hemocentro de Brasília, apenas 2,4% dos brasilienses são doadores de sangue. Em 2018, a entidade recebeu mais de 53 mil doações.

Dados recentes mostram que no Brasil 1,8% da população doa sangue, número que está dentro dos parâmetros de pelo menos 1%, mas longe da meta da OMS, que seria de 3% da população doadora.

A médica hematologista Nadia Misael da Aliança Instituto de Oncologia afirma que a doação pode trazer diversos benefícios também para o doador. “Com o gesto nobre, ele pode se orgulhar de poder ajudar muitas pessoas em situação de risco de vida, seja para sair da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), realizar uma quimioterapia ou até mesmo se recuperar de uma cirurgia. Além disso, ele pode ter certeza que a sua saúde está adequada e que a quantidade de células de sangue será reposta ao organismo”.

De acordo com Nadia há dois tipos de doação, por aférese ou doação de sangue total. A modalidade mais comum é a doação de sangue total, na qual, é retirado cerca de 400 a 450 ml de sangue. Neste tipo, o doador não entra em contato com o anticoagulante, diferente da aférese. Essa doação é rápida, dura menos de 10 minutos, com poucos efeitos colaterais.

Menos comum, na doação por aférese o sangue do doador é processado em uma máquina, para isso, é utilizado um anticoagulante. “Nesta modalidade, é retirado um grupo específico de células, apenas as plaquetas ou hemácias”, explica.

Segundo a médica, essa doação demora um pouco, cerca de uma hora ou mais, a depender do acesso venoso do paciente. Ela acrescenta que existe o retorno para o doador de anticoagulante, por isso, alguns pacientes podem ter alguns efeitos colaterais desta medicação. São candidatos a doação por aférese os doadores frequentes com bom acesso vascular.

Nadia destaca que para realizar a doação de sangue é necessária uma entrevista prévia para avaliação da saúde do doador, que precisa ter entre 16 e 69 anos e ainda pesar mais de 50 quilos. “Não é necessário jejum para a doação de sangue”, finaliza.

Oito motivos para Doar Sangue:

doar sangue.jpg

1. Alguém precisa de sangue a cada 3 segundos. Uma média de 40.000 unidades são necessárias todos os dias no Brasil. Não há substituto para o sangue humano.
2. 60% da população necessitará de sangue em algum momento das suas vidas, mas menos de 5% da população doa.
3. Desastres como acidentes automobilísticos, incêndios e outros casos de trauma acontecem todos os dias e esses pacientes precisam de sangue, e raramente precisam de apenas um litro.
4. Se todos os doadores elegíveis doassem regularmente, quatro a seis vezes por ano, as necessidades de sangue seriam satisfeitas e a escassez poderia ser uma coisa do passado.
5. Durante décadas, o Brasil contou com um grande grupo de doadores de sangue mas, infelizmente, essa geração está desaparecendo rapidamente e outros novos doadores não estão avançando para substituí-los.
6. Doar sangue é seguro e saudável. Não só você recebe um miniexercício físico gratuito, incluindo a verificação da pressão arterial, a frequência cardíaca, a temperatura e os níveis de ferro, mas é o modo mais rápido de perder um quilo.
7. Para os homens há um benefício salvador de vidas para doar sangue. Os homens correm um risco maior de “hemocromatose ou sobrecarga de ferro”, um problema potencialmente mortal em que muito ferro se acumula no sangue. Pode levar a doenças cardíacas e outros grandes problemas de saúde. A pesquisa mostra que se os homens derem sangue 3 vezes por ano, eles podem reduzir sua sobrecarga de ferro e, portanto, o risco de um ataque cardíaco em até 50%.
8. Os doadores de sangue são verdadeiros heróis. Na verdade, sua doação de sangue será dividida em vários componentes, permitindo que você, com apenas uma doação, economize até três vidas.

Junho Vermelho pretende conscientizar a população sobre doação de sangue

Nesta quarta-feira (12), Dia dos Namorados, a Avenida Paulista será palco de ação que visa conscientizar as pessoas sobre a importância da doação regular de sangue. Conduzida por alunos do Senac Tiradentes, em parceria com o Movimento Eu Dou Sangue, a iniciativa acontecerá em frente a Casa das Rosas, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis, com distribuição de flores em tecido e apresentação de dados sobre funciona a doação.

“É muito satisfatório ver jovens tão engajados nessa causa. Quando criamos o Junho Vermelho, em 2011, nosso objetivo era, justamente, fazer com que os outros entendessem a importância desse ato. Nosso futuro está na mão dos mais novos, ou seja, é reconfortante saber que existe pessoas que vão defender essa bandeira com a mesma garra que nós tivemos e ainda temos”, declara Debi Aronis, fundadora do Eu Dou Sangue.

sangue juralmin pixabay

Por que no mês de junho?

O mês, que tem baixas temperaturas, aumento na incidência de infecções respiratórias e marca o encerramento do período letivo em universidades e escolas como início das férias escolares, costuma registrar quedas significativas nos estoques dos bancos de sangue, públicos e privados.

O fato das pessoas estarem menos propensas a sair de casa não diminui, e por vezes até aumenta, a rotina dos hospitais que atendem desde vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana até os portadores de doenças que requerem transfusões sanguíneas com frequência, como câncer, anemia falciforme e outras patologias, incluindo os procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, como transplantes e cirurgias cardíacas.

“É importante ressaltar que a demanda de sangue permanece inalterada, apesar da redução da oferta nos estoques dos hemocentros”, afirma Debi.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que cada país tenha entre 3% e 5% de sua população doadora de sangue frequente. No Brasil, o índice fica em 1,8%, enquanto em alguns países da Europa, está em cerca de 7%.

Como funciona a doação de sangue?

Interessados devem ir a um hemocentro e preencher a ficha de cadastro, para verificar os requisitos obrigatórios: é preciso estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos; pesar no mínimo 50 kg.

No dia da doação, é preciso estar descansado e ter se alimentado normalmente. O doador deve levar documento original com fotografia recente, que permita sua identificação.

Quem teve Hepatite A após os 11 anos de idade não pode doar. Também não está apto para a doação quem teve em qualquer idade Hepatite B ou C, doença de Chagas, Malária ou é portador do vírus HIV.

doação de sangue pixabay

Movimento Eu Dou Sangue
Data: 12 de junho (quarta-feira)
Horário: das 9h às 14h
Local: Casa das Rosas
Endereço: Av. Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo

Shopping Penha faz campanhas de doação de sangue e arrecadação de agasalho

O mês de maio está repleto de ações voltadas para a comunidade no Shopping Penha. Desde o 20, entrou no ar a Campanha do Agasalho. Ano passado, o Shopping recolheu mais de 6 mil itens entre roupas, sapatos, agasalhos e cobertores que foram doados para 8 instituições distintas.

Hoje, dia 28, entre 8h30 e 11h30, o Shopping Penha se une a uma campanha solidária de doação de sangue em parceria com a Fundação Pró-Sangue do Hemocentro de São Paulo. O ponto de recolhimento será no Piso 1 e tem capacidade para atender até 70 doadores nas 3 horas de funcionamento.

Para doar é importante observar alguns requisitos, entre eles estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg e apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial. Além desses é preciso respeitar os intervalos para doação – homens: 60 dias e mulheres: 90 dias.

doação de sangue pixabay
Pixabay

“Fazer parte de uma campanha como esta reforça o compromisso do Shopping de estar próximo da sua comunidade participando e oferecendo ações solidárias”, conclui Débora Blanco, superintendente do Shopping Penha.

Doação de Sangue no Shopping Penha
Data: 28 de maio
Horário: das 8h30 às 11h30
Local: Shopping Penha – Piso 1 – próximo ao banheiro feminino
Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, nº 304 – Penha‎ – São Paulo, SP

Hospital Veterinário com um dos maiores bancos de sangue para pets do Brasil

Cães e gatos, assim como seus tutores, podem precisar de transfusão de sangue e a ação dos doadores é fundamental para garantir a recuperação dos pets

A transfusão de sangue em animais acontece há tempos na Medicina Veterinária e, da mesma forma que ocorre com humanos, elas acontecem quando os animais são vítimas de acidentes, entram em um quadro de hemorragia, adquirem doenças transmitidas pelo carrapato, sofrem algum tipo de intoxicação ou mesmo passam por um tratamento específico, como o de câncer.

Desde a implantação do Banco de Sangue Veterinário é possível otimizar a captação dos doadores em um modelo com a máxima biossegurança, para evitar que doenças sejam transmitidas pela transfusão. Além disso é possível fracionar a bolsa de sangue total e obter com isso hemocomponentes, entre eles, concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas e plasma fresco. A prática torna mais eficiente a utilização do material, pois uma única bolsa pode salvar até 3 outros pets.

O Hospital Veterinário Anhembi Morumbi é o único que disponibiliza este serviço de banco de sangue entre os hospitais de escolas particulares e está preparado para receber os pets doadores. O processo de doação de sangue de animais é bastante similar ao dos humanos e a ação é benéfica para todos os envolvidos, inclusive para o pet doador, pois além de auxiliar no tratamento de outro bichinho, o doador tem o sangue totalmente analisado por meio de exames gratuitos, funcionando como um ‘check up’ para o doador.

cachorro sangue

Para ser doador o animal precisa atender alguns pré-requisitos:

– Peso mínimo de 25 quilos para cachorro e entre 4 e 5 quilos para gatos;

– A idade deve ser entre um e oito anos;

– Deve ter temperamento dócil;

– Deve ser vacinado e ter em dia o controle de carrapatos e pulgas;

– Não pode ter processo cirúrgico recente (2 a 3 meses).

Após a coleta, o sangue passa por uma média vinte exames para certificar que o animal doador está bem no que diz respeito a parte ambulatorial. Estando resultado adequado, o pet passa a fazer parte do banco de doadores. Cada doação pode acontecer com intervalos de dois meses e são retirados cerca de 20 ml por quilo, sem qualquer prejuízo para o bichinho.

doaçao sangue gato toronto star
Foto: Toronto Star

É importante destacar que a doação – coleta da bolsa – leva em torno de 15 minutos. O período inteiro com a realização dos exames necessários, leva entre 1h e 1h40 e cada bolsa ajuda, no mínimo, outros três animais. O sangue retirado do doador é reposto em média de 21 dias.

Hovet – Hospital Veterinário Anhembi Morumbi
Local: Rua Conselheiro Lafaiette, 64 – Brás
Tels.: 2790-4642 ou 2790-4643

Complexo Tatuapé recebe segunda edição da Virada Aunimal

Evento com feira de adoção, desfile, show de cães e doação de sangue pet reúne “aumigos”

Neste mês celebramos o Dia de São Francisco de Assis, o protetor dos animais. E, já que se trata de um mês festivo para os apaixonados por bichos, não existiria período melhor para os shoppings Metrô Tatuapé e Metrô Boulevard Tatuapé receberem a segunda edição da Virada Aunimal, programada para o fim de semana dos dias 20 (sábado) e 21 (domingo).

Nessa edição, o evento contempla também o grande sucesso do primeiro ano de Amigo Pet, iniciativa que possibilita momentos de lazer, interatividade e companheirismo entre os pets e seus donos nos empreendimentos do Complexo Tatuapé.

O evento é gratuito e conta com uma incrível e divertida estrutura, onde brinquedos, circuitos, piscina de bolinhas e outras atividades proporcionam lazer e interatividade para cães de diferentes portes. Além disso, Sargento Alexandre e seu fiel companheiro, cabo Pitoco voltam ao Complexo Tatuapé com a campanha Ração do Coração, que no ano passado arrecadou 10 toneladas de rações para cães e gatos. A arrecadação feita durante a Virada Aunimal será destinada ao abrigo Vitoriosos Guerreiros e a ONG Amigos 4 Patas.

“Nosso empreendimento busca trazer ações que agreguem opções de lazer para toda a família. Os pets são sempre muito bem-vindos e poder realizar esse encontro novamente nos enche de alegria”, declara a gerente de marketing do Complexo Tatuapé, Flávia Tegão.

Feirão de Adoção: encontre seu cãopanheiro

cachorro e gato adocao

A ONG Amigos 4 Patas realizará uma feira de adoção de cães e gatos, durante os dois dias de eventos. Portanto, para quem está procurando um amor sincero para completar a família e levar felicidade à sua vida, a hora é essa. Para realizar a adoção é preciso ter idade superior a 21 anos, e estar com RG e comprovante de residência em mãos.

Concurso & Show de cães

Os “aumiguinhos” presentes poderão participar dos Cãocursos “cara de um, focinho do outro” e “a melhor fantasia de Halloween”, que serão realizados no segundo dia de evento (21), às 17 horas, no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé. Além disso, no dia sábado (20), a Cobasi vai apresentar um lindo espetáculo de interatividade e entretenimento, com o show de cães comandado por Luiz Oliveira, adestrador da empresa Estrelas Animais.

Neste evento, a Cosabi é responsável também pelo lounge, espaço repleto de atividades, como fotografia e distribuição de brindes por meio de uma máquina parecida com aquelas de pegar pelúcia, só que com acessórios para cães e gatos. A brincadeira é gratuita e ficará disponível durante os dois dias.

Cão doador, um ato de amor

Doação de sangue Golden

A Sanimvet, primeiro banco de sangue veterinário em São Paulo a oferecer unidade móvel de coleta na América Latina, prestará atendimento no Shopping Metrô Tatuapé durante todo o evento. Para ser doador, o animal precisa estar clinicamente saudável, não ter passado por procedimento cirúrgico recente (dois meses), não estar prenhes, ser vacinados e apresentar temperamento dócil. Os cachorros precisam ter entre 1 e 7 anos, peso acima de 25 kg e realizar controle de ecto e endoparasitos. Já os gatos devem ter de 1 a 8 anos, peso acima de 4,5 kg, realizar controle de ectoparasitos e ser vermifugados.

A expectativa da organização é receber cinco mil pessoas, que poderão passear tranquilamente com seus pets, não só nas dependências dos shoppings, como também na plataforma do metrô (fora das catracas), para realizarem a travessia entre os shoppings e curtirem ao máximo toda atração.

virada aunimal.png

Evento: Virada Aunimal
Quando: 20 e 21 de outubro
Horário: das 12h às 20h
Onde: Shopping Metrô Tatuapé – Bolsão externo
Endereço: Rua Domingos Agostim, 91 – entrada do Banco Santander

Cães poderão doar sangue em encontro de raças no Golden Square Shopping

Centro de compras pet friendly promove encontro de cães da raça pug e incentiva doação de sangue

O Golden Square Shopping promove mais um Encontro de Raças neste domingo, 14 de outubro, e promete reunir uma turminha da pesada com cães da raça pug, a partir das 14 horas. O encontro tem como objetivo incentivar também a doação de sangue pet.

O encontro é realizado em parceria com o Grupo Pug Amigos de São Paulo e ABCD e tem enfoque social para arrecadar ração para ajudar pugs resgatados. Fundado por Sônia Blanco, o grupo organiza encontros para trocas de experiências e trabalhos sociais, como auxílio a cães abandonados e vítimas de maus-tratos.

Além do encontro, os donos de pets poderão conhecer um pouco mais sobre a leishmaniose visceral canina com palestra de Marli Pó, da campanha “Diga Não à Leishmaniose”, que irá falar sobre a segunda doença que mais mata no mundo e os cães são as maiores vítimas.

Doação de sangue

Pouco conhecida, a doação de sangue animal é feita de forma cuidadosa, obedece a critérios rígidos e é indolor. Coordenada pelo Sanimvet, primeiro Banco de Sangue Veterinário da América Latina a utilizar uma unidade móvel de coleta, a doação será das 10 às 17 horas na van que estará na Praça Externa do Golden, ao lado da entrada do shopping.

Para ser considerado doador, o cachorro precisa pesar pelo menos 25 kg e ter idade entre um e sete anos, ser saudável, sem doenças infecciosas, ser vacinado e desparasitado, não tomar medicamento, não ser obeso. No caso da fêmea, a cadela não pode estar prenhe e nem no cio. Os tutores podem ficar tranquilos que não existem riscos na doação. O Sanimvet disponibiliza ainda os resultados dos exames, ou seja, o animalzinho solidário ganha um check-up completo já com o exame para a leishmaniose também.

A transfusão de sangue em animais acontece em casos emergenciais, como acidentes ofídicos, atropelamentos, doenças transmitidas pelo carrapato, insuficiência renal, pancreatite, intoxicação, coagulopatias (incluem distúrbios de coagulação e hemorragia) anemias por ocorrência da leishmaniose.

Doação de sangue Golden

Para doar, é necessário fazer um agendamento prévio via telefone (11) 3644-8805 ou (11) 9 6335-0307, falar com Adriana ou Amanda.

cães de raça

Encontro de Raças
Data: Domingo, 14 de outubro
Horário: Doação de sangue, das 10 às 18 horas, e Encontro de Pugs, das 14 às 18 horas
Local: Espaço Pet – Golden Square Shopping
Endereço: Avenida Kennedy, 700/São Bernardo do Campo, São Paulo, Piso L1
Entrada gratuita

Doação de sangue deve ser feita antes da vacinação

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo será realizada pelo Ministério da Saúde a partir do dia 6 de agosto com o objetivo de imunizar a população diante do aparecimento de casos da doença no Brasil. A orientação é para que todas as crianças, adolescentes e adultos de até 29 anos recebam duas doses da vacina e adultos com idade entre 30 e 49 anos recebam uma dose.

As vacinas são impeditivos temporários para a doação de sangue – o tempo varia entre 48 horas e cinco anos. No caso do sarampo, o período de espera é de 30 dias. Por isso, o Time do Sangue faz um apelo para que os voluntários doem sangue antes da imunização. “Os hemocentros não podem ficar tanto tempo sem receber doações, especialmente nesta época do ano em que os estoques costumam estar abaixo do ideal. Por esse motivo, recomendamos que os voluntários façam as suas doações antes da campanha de vacinação”, alerta Juliana Aguiar, diretora da startup.

doação de sangue pixabay
Pixabay

Sobre o Time do Sangue

Time do Sangue é uma startup do bem, que tem o objetivo de facilitar o processo de doação de sangue por meio do agendamento via aplicativo. O Time do Sangue conecta hemocentros e doadores e pode, inclusive, ser utilizado em campanhas de doação para atender demandas de emergência. Para o usuário, o diferencial é que o app significa uma melhoria no atendimento, evitando filas de espera.

Criado em 2017, o Time do Sangue está disponível gratuitamente para as plataformas IOS e Android. Por meio do app, o usuário tem acesso a informações pertinentes e recebe lembretes para que possa voltar a doar sangue assim que possível. Já os hemocentros têm a possibilidade de conhecer a demanda de doação e preparar seus colaboradores para receber os doadores de acordo com os horários de agendamento. O Time do Sangue tem como missão atingir os níveis ideais de doação no Brasil, tornando a doação de sangue um hábito.

Estação Fradique Coutinho encerra campanha Junho Vermelho

Serão realizados exames de tipagem sanguínea e de glicemia, além da conscientizaçãode continuar doando sangue nos demais meses do ano

Hoje, dia 29 de junho, o Movimento Eu Dou Sangue realizará, na estação Fradique Coutinho da Linha 4-Amarela de metrô, o encerramento da campanha Junho Vermelho. Das 10h às 16h, serão realizados exames de tipagem sanguínea, por alunos e professores do Curso Técnico em Enfermagem do Instituto Cimas, e testes de glicemia oferecidos pela Fundação Deborita, além da conscientização sobre a importância de se doar sangue.

“O mês de junho está acabando, mas as doações de sangue não podem encerrar. As pessoas precisam ter em mente que esse ato de solidariedade deve ser realizado o ano todo”, destaca Debi Aronis, uma das fundadoras do Movimento Eu Dou Sangue. “O brasileiro não costuma doar sangue, então precisamos nos conscientizar para fazer isso com frequência”, conclui.

Essa falta de conscientização ficou evidente após uma pesquisa realizada pelo Instituto DataFolha. Segundo o levantamento, 92% dos brasileiros não doaram sangue nos últimos 12 meses, o que explica a dificuldade que muitos bancos de sangue passam com seus estoques.

“Esperamos mostrar ao brasileiro como é importante doar sangue”, explica Diana Berezin, também fundadora do Movimento Eu Dou Sangue. “O que coletamos neste mês não será suficiente para manter os bancos de sangue por muito tempo”.

doação de sangue pixabay
Pixabay

No ano passado, as ações do Movimento Eu Dou Sangue resultaram em um aumento de 25% nas doações no mês de junho. O balanço deste ano só será fechado em julho.

Encerramento campanha Junho Vermelho
Estação Fradique Coutinho
Dia: 29/6 (sexta-feira)
Horário: das 10h às 16h

Time do Sangue: um ano de solidariedade

Hoje, Dia do Doador de Sangue, aplicativo que facilita o processo de doação de sangue comemora um ano com o aumento do número de doadores e hemocentros parceiros

Hoje, data em que é comemorado o Dia do Doador de Sangue, o aplicativo Time do Sangue celebra um ano de criação. A ferramenta, disponível gratuitamente nas plataformas IOS e Android, tem o objetivo de manter os estoques de sangue dos hemonúcleos, captar e fidelizar doadores. Todo o processo é feito de forma simples e rápida, facilitando a doação.

Após um ano de operação em Sorocaba, o Hemonúcleo Colsan da cidade teve um aumento de cerca de 11% nas doações voluntárias. Nas regiões atendidas (Sorocaba, Santos, Jundiaí e São Paulo), já são mais de 12 mil downloads e quase cinco mil agendamentos. Segundo Juliana Aguiar, coidealizadora do app, o número de desistências reduziu com a ferramenta. “Por causa da demora e burocracia, às vezes as pessoas desistem de doar. Com o Time do Sangue, o processo é bem mais rápido, já que o voluntário não precisa esperar na fila para fazer a sua doação”, afirma.

O número de hemonúcleos parceiros do aplicativo vem aumentando gradativamente. Além de Sorocaba, atualmente o Time do Sangue opera nas cidades de São Paulo, Jundiaí e Santos e está em fase de implantação em São José do Rio Preto e na região do ABC Paulista, totalizando 13 hemocentros no estado de São Paulo. A ideia é expandir o serviço para todo o país em até dois anos. Porém, a expansão depende de recursos, já que o Time do Sangue é um aplicativo gratuito para usuários e hemocentros.

A solidariedade como motivação

O aplicativo Time do Sangue surgiu depois que Juliana precisou de cinco bolsas de sangue após uma complicação cirúrgica. “Alguém me ajudou naquele momento difícil e então eu quis retribuir, de alguma forma, ajudando outras pessoas que necessitam de transfusão”, conta.

Por meio da ferramenta, o voluntário faz o agendamento da doação após preencher um cadastro simples. Então, ele passa a fazer parte de uma rede unificada que aciona o doador mais próximo quando alguém precisa de sangue, realiza campanhas, envia lembretes e permite ainda que sejam salvos laudos médicos e documentos pessoais com sigilo absoluto.

Neste Dia do Doador de Sangue, o aplicativo quer incentivar mais pessoas a fazer este gesto de amor e que salva vidas. “Essa data faz com que as pessoas reflitam sobre a solidariedade, pois quem precisa de uma transfusão depende exclusivamente da ajuda de outras pessoas, pois o sangue humano é insubstituível”, finaliza a empreendedora.

Sobre o Time do Sangue

doação de sangue pixabay
Pixabay

O Time do Sangue é uma startup do bem, que tem o objetivo de facilitar o processo de doação de sangue por meio do agendamento via aplicativo. O Time do Sangue conecta hemocentros e doadores e pode, inclusive, ser utilizado em campanhas de doação para atender demandas de emergência. Para o usuário, o diferencial é que o app significa uma melhoria no atendimento, evitando filas de espera.

Criado em 2017, o Time do Sangue está disponível gratuitamente para as plataformas IOS e Android. Por meio do app, o usuário tem acesso a informações pertinentes e recebe lembretes para que possa voltar a doar sangue assim que possível. Já os hemocentros têm a possibilidade de conhecer a demanda de doação e preparar seus colaboradores para receber os doadores de acordo com os horários de agendamento. O Time do Sangue tem como missão atingir os níveis ideais de doação no Brasil, tornando a doação de sangue um hábito.