Arquivo da categoria: envelhecimento

Sete cuidados que a mulher madura precisa ter com a pele

O cirurgião plástico Marco Cassol, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), indica alguns cuidados que as mulheres, com mais de 40 anos, têm de tomar para ter uma pele saudável e bonita. Confira:

mulher pele rosto

1) Usar protetor solar. O sol é maravilhoso e benéfico (melhora o humor e é fundamental para a síntese de vitamina D), mas devemos ter prudência na exposição: antes das 10h e depois das 15h.

2) Nutrição. A pele é um reflexo da saúde do corpo todo, por isso, o ideal é consumir menos alimentos calóricos e mais fibras. O suco anti-inflamatório é ótimo. Basta tomar duas vezes por dia. É só bater no liquidificador 500 ml de água com 1/2 cenoura, 1 pedaço de gengibre, 1 folha de couve, 1/4 beterraba, 4 laranjas com bagaço (cortar a laranja em 4 e retirar a casca e sementes), 1 maçã (retirar as sementes), 2 limões espremidos, 1 morango, 2 ameixas secas e colocar uma colher de chá de quinoa, psyllium, amaranto, chia ou linhaça.

nutricosmeticos

 

3) Nutricosméticos. São microcomponentes em cápsulas ingeridos pela boca. A moderna cosmética passa necessariamente pela tecnologia e produz resultados clínicos práticos. Alguns dos princípios ativos:

Bio-arct – biomassa marinha padronizada originária de uma alga vermelha encontrada no mar ártico, a Chondrus crispus. Nos mares gelados, especialmente no inverno, esta alga concentra o dipeptíteo citrulil-arginina para assegurar reservas energéticas para a Primavera. Melhora osmoregulação, detoxificação, metabolismo e síntese energética.
Exsynutriment – silício orgânico reestruturador que se apresenta solúvel, de uso oral. Promove efeito lifting e alta hidratação cutânea; aumenta a síntese de colágeno e elastina; potencializa a fixação de cálcio no tecido ósseo; e estimula a reposição de cabelos mais resistentes e espessos. Ligado à queratina, promove dureza e estabilidade das unhas. Também age na manutenção da elasticidade da parede dos vasos sanguíneos e do miocárdio.
Fosfolipídeos Caviar Oral – consiste em uma associação de fosfolipídeos de origem marinha (principalmente fosfatidilcolina) e lipídeos neutros extraídos das ovas de arenque. É particularmente rico em ácidos graxos poli-insaturados (PUFA); omega-3 (DHA e EPA) na proporção 20:10; e contem vitamina E e Astaxantina.
Glycoxil – Estrutura dipeptídica que mimetiza um peptídeo do organismo, tornando possível a biossíntese em larga escala e de forma sustentável. Constituída de carcinina, cujo nome químico é beta-alanil-histamina, apresenta propriedade antiglicante, antiglicoxidante e desglicante.
In.Cell – ingrediente funcional preparado a partir da gema do ovo esterelizado que oferece os aminoácido essenciais de forma 100% disponível. Estes aminoácidos são essenciais para a formação de diversas proteínas, enzimas e ácido nucleico. Adquirido por meio de suplementação, é rico em ácido graxos monoinsaturados, ômega-9 e ômega-7. Fornece um perfil completo de ácidos graxos essenciais mono e poli-insaturados (ômegas 3, 7, 9) nas proporções adequadas para o consumo humano.

dermaroller-

4) Uso de estimuladores da derme profunda sem machucar a epiderme (camada superficial). O dermaroller é um ótimo exemplo.

 

mulher madura espelho pele

5) Dermocosméticos. Cremes com princípios ativos que retardam o envelhecimento da pele. Alguns deles são:

Adipofill – ajuda a reverter a lipodistrofia e reduz os sinais visíveis do envelhecimento estrutural, conferindo um efeito PLUMP. Promove uma pele mais firme.
Arct-Alg – biomassa marinha padronizada originária de uma alga vermelha encontrada no mar ártico, a Chondrus crispus, que concentra o biopeptídeo citrulilarginina, aminoácido taurina e agentes osmorreguladores e triplica a produção de óxido nítrico.
Connect-cell – neuropeptídeo envolvido na preservação da capacidade neurosensorial da pele. Combate a neurodegeneração e melhora a conexão e comunicação celular, aumentando a resistência da pele contra o estresse ambiental.
Densiskin D+ – complexo biológico exclusivo. Ajuda a atenuar as linhas e marcas de expressão por efeito de bioadesão molecular. Estimula a biosíntese de colágeno e aumenta a densidade cutânea.
OTZ 10 – protetor contra danos causados por IRA, UVA e UVB, que no processo de neutralização gera pró-taurina, um aminoácido protetor do DNA, osmorregulador e que diminui a expressão gênica de MMP1 (enzimas degradadoras de colágeno).
Sculptessence – poliosídeo purificado da linhaça e rico em xilose que tem ação remodeladora do contorno facial. Restaura a substância fundamental da pele, estimula a síntese de GAGs e protege a degradação do colágeno.
Phloretin Lemma – flavonoide antioxidante com potente efeito regenerador do foto dano e clareamento cutâneo. Reduz linhas finas de expressão e rugas e promove o clareamento e a uniformidade da pele.
Synovea HR – antioxidante e clareador, quatro vezes mais potente e seguro que a hidroquinona, age regulando cinco diferentes etapas do processo de melanogênese. Também inibe a tirosinase, a peroxidase (H2O2) e estimula a produção de glutadiona, a conversão de glutadiona oxidada em glutadiona e protege proteína e o DNA. Promove rejuvenescimento, clareamento e a uniformidade da pele.

6) Ulthera. Ultrassom microfocado que realiza um lifting facial sem cirurgia e pode ser feito uma vez por ano. O procedimento é bem desconfortável, mas os resultados são expressivos. Não é indicado para pacientes com muita flacidez ou face muito pesada (mais comum em homens). Neste caso há necessidade de lifting cirúrgico.

cosmetic-injectables-botulinum-toxin botox

7) Não abusar do uso de toxina botulínica (botox). O corpo produz anticorpos contra a toxina botulínica que inativam a paralisia do músculo em pouco tempo e suspendem os resultados. Dependendo da marca usada, pode ser mais pura ou menos. Também não abusar do uso de preenchedores para não ficar com a face estigmatizada (por exemplo, lábios muito grandes e artificiais).

Fonte: Marco Cassol é cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) com mais de 20 anos de experiência. É formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Especialista em plástica facial.

 

Pele madura tem menor firmeza e hidratação, saiba como tratá-la

Além de tratamentos em clínica, cremes e cápsulas prescritas por dermatologistas melhoram a qualidade da pele madura, que sofre com deficiência natural de estrogênio

Na faixa etária dos 40 aos 50 anos, as rugas se acentuam e a pele começa a ficar marcada com “rugas em repouso”, a flacidez já está em um grau moderado e as queixas são de perda do contorno facial e formação do aspecto “buldogue” das bochechas caídas.

“Ocorre a diminuição dos coxins de gordura da face, a bochecha começa a murchar, então, além da consulta a um dermatologista, que poderá propor alguns tratamentos como toxina botulínica e estimuladores do colágeno, os cremes devem ser usados para melhorar a qualidade da pele, sua hidratação e a questão das manchas”, afirma a farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, Mika Yamaguchi.

Mas sabe por que isso acontece? “O hormônio estrogênio aumenta a elasticidade, firmeza, produção de matriz extracelular e hidratação. Há uma deficiência natural desse hormônio após esse período, então isso contribui para a menor elasticidade, firmeza e hidratação da pele madura”, completa a especialista em dermo e nutricosméticos.

Além disso, outro tratamento que deve ser feito, segundo a farmacêutica, é o de manchas, justamente porque nessa idade elas podem ter várias origens, sejam hormonais, por exposição solar, poluentes ambientais, poluentes digitais, estresse, cigarro e o próprio envelhecimento sistêmico.

“As hormonais são as mais difíceis de serem tratadas, as demais com um bom tratamento tópico e oral e acompanhamento médico são passíveis de tratamentos; mas as manchas do melasma caracterizam uma doença crônica, em que é necessário um acompanhamento contínuo para controle”, diz a especialista.

Pensando nas necessidades da pele madura, Mika afirma que é necessário o uso de ativos que melhorem os seguintes parâmetros: reepitelização da epiderme, auto-hidratação, redensificação, luminosidade e combate à inflamação. Por isso ela sugere os seguintes tratamentos:

mulher meia idade creme

Reepitelização da epiderme: uso de cremes com os ativos Hyaxel e SWT-7, que vão hidratar a pele profundamente, ao mesmo tempo em que ajudam no preenchimento das células. “As cápsulas também devem ser usadas, com ativos como Exsynutriment e Bio-Arct, que juntos promoverão uma melhora da síntese de colágeno, com melhora da firmeza e do funcionamento celular”, afirma.

suplementos vitaminas Jeltovski
Foto: Jeltovski

Auto-hidratação: a farmacêutica sugere os ativos Hyaxel e Arct-Alg, que juntos melhorarão a hidratação natural da pele, triplicando a produção de energia das células da pele. As vitaminas orais indicadas são Exsynutriment (silício para melhorar a sustentação e a flacidez da pele) e In.Cell, que combina vários nutrientes para beneficiar a saúde da pele.

THERAPEUTIQUE FEMMEWOMAN  TAKING MEDICATION
FreeGreatPicture

Redensificação: a união de Scupltessence, Progeline e Densiskin em um mesmo creme promove o redesenho e rearquitetura facial, com efeito ‘Dermorelax’. Para ingestão oral, além de Exsynutriment e In.Cell, a farmacêutica sugere Glycoxil, um ingrediente que tem a capacidade de diminuir os malefícios do açúcar e carboidratos na pele.

gettyimages- mulher pele meia idade

Luminosidade: por meio da associação entre Superox C (aumenta produção de colágeno e ácido hialurônico), Silpearl (associação de silício biodisponível com nutrientes funcionais da pérola para restaurar a luminosidade e o equilíbrio hídrico da pele), Arct-Alg (triplica produção de energia celular) e Overnight Repair (poderoso defensor ambiental além de anti-idade e hidratante), o creme diminui o aspecto opaco da pele, melhorando seu brilho natural. Nas cápsulas, Mika sugere Glycoxil para evitar as manchas provenientes dos malefícios do açúcar e carboidratos, e Bio-Arct, antioxidante que triplica a produção energética, melhorando o aporte de nutrientes.

GettyImages remedios pilulas suplementos.jpg
Getty Images

Combate à inflamação: para tratar a pele inflamada, Mika sugere Pro Barrier Repair e Connect Cell, que vão minimizar os efeitos da inflamação, além de restabelecer a comunicação celular. Para as cápsulas, além de Glycoxil e Bio-Arct, é indicada a suplementação de FC Oral, um modulador inflamatório, com efeito antioxidante e hidratante.

Mika lembra que, antes de qualquer tratamento, é necessário consultar um médico para personalizar as fórmulas de acordo com a necessidade do paciente.

Fonte: Biotec Dermocosméticos–  SAC: 0800-7706160

Suplemento previne envelhecimento da pele e auxilia o equilíbrio hormonal

Desenvolvido especialmente para mulheres maduras, Keep Lady, da Buona Vita, é rico em vitaminas e minerais que atuam prevenindo a formação de rugas, melhorando a elasticidade da pele, protegendo o sistema cardiovascular e promovendo o bom funcionamento do intestino.

Pensado para a mulher madura e experiente, Keep Lady contribui para a firmeza, reduz rugas, regula a imunidade e atua no rejuvenescimento celular. Indicado para mulheres de todos os tipos e fototipos de pele, o produto contém ácido ortossilícico em sua composição, que atua na sustentação da epiderme. Além disso, a formulação também conta com colágeno hidrolisado (resistência e elasticidade dos tecidos), ácido ascórbico (vitamina C – antioxidante, melhora a qualidade da pele) e Vitamina A (proteção imunológica e saúde da epiderme).

O Keep Lady é um nutricosmético desenvolvido especialmente para mulheres com mais de 40 anos que previne o envelhecimento da pele e a formação de rugas, estimula a produção de colágeno e auxilia no equilíbrio hormonal, além de melhorar a função intestinal.

Modo de uso: para resultados satisfatórios devem ser ingeridas, sempre sob orientação de um profissional especializado, duas cápsulas do produto por dia, juntamente com líquido.

keep_lady_rejuvenescimento_mulher.png

Keep Lady Preço: R$ 145,00

Informações: Buona Vita – SAC: (41) 3023-1855

O envelhecimento e os cuidados com a pele

O envelhecimento ainda é um tema delicado para o ser humano. Não à toa, inúmeros procedimentos, pílulas e chás, entre tantas outras opções, surgem com a promessa de desacelerar ou até mesmo reverter as transformações físicas que a velhice traz.

“Claro que a inteligência humana e suas incríveis descobertas podem (e devem) ser usadas para aumentar nossa qualidade de vida e nossa autoestima em qualquer momento da vida. A dermatologia clínica e estética, por exemplo, fez diversas contribuições. No entanto, o processo de envelhecimento é contínuo e inevitável, seja do ponto de vista anatômico, cardiovascular, alimentar, imunológico ou metabólico”, avalia Luciana Maluf, dermatologista e consultora de beleza da Condor.

A pele, o maior órgão do corpo humano, também sofre mudanças com o passar dos anos. É o que chamamos de envelhecimento intrínseco: aquele que ocorre naturalmente com a passagem do tempo. Essas alterações vão muito além do que os olhos conseguem ver e atingem as três camadas da pele: epiderme, derme e hipoderme.

Na primeira, a camada mais externa, surgem as manchas e alterações de cor (mais amarelada)e de textura, ficando mais áspera e com um aspecto translúcido. Essa transformação acontece porque a renovação celular diminui com a idade.

A camada intermediária (derme), que sustenta a pele, sofre uma atrofia pela destruição das fibras colágenas e fibras elásticas. É aí que surgem as rugas mais profundas. E, por fim, na camada interna (hipoderme), formada basicamente por células de gordura e cujas funções são unir a derme ao corpo e fazer a manutenção da temperatura corporal, a tendência é de diminuição da espessura.

Nova fase, novas rotinas

hellen mirren
A atriz britânica Helen Mirren, de 74 anos

A pele do idoso apresenta uma menor atividade das glândulas produtoras de sebo e de suor, por isso tende a ser mais ressecada e desidratada. Além disso, com a menor atividade de células produtoras de colágeno e elastina, fibras que dão firmeza e sustentação, a pele fica mais fina, flácida e com sulcos, as chamadas linhas de expressão e rugas.

Outro fator comum nessa fase é a diminuição da atividade imunológica, que torna a pele mais suscetível a infecções como micoses, viroses e herpes (do tipo simples e a chamada zoster – causada por infecção viral e capaz de provocar bolhas). O câncer de pele também aparece como risco por conta da exposição exagerada ao sol. Por isso, é fundamental uma observação cuidadosa em caso de lesões persistentes, que não cicatrizam. Elas devem ser examinadas por um especialista para descartar ou confirmar esses diagnósticos.

“Entre os cuidados diários com a pele nesse momento da vida, as recomendações incluem banhos mornos (com sabonetes delicados e que não façam tanta espuma) e hidratação constante. É possível utilizar hidratantes à base de glicerina, uréia ou mesmo produtos que contenham as gorduras normalmente encontradas na pele humana. Isso ajuda a manter a hidratação e evita a coceira decorrente da espessura mais fina e da textura seca”, recomenda a dermatologista e consultora de beleza da Condor.

A hidratação contribui ainda para aumentar a resistência da pele às infecções oportunistas. Uma pele hidratada sofre menos com traumas e microlesões.

Pele e menopausa

julianne moore
A atriz norte-americana Julliane Moore que fará 59 anos em dezembro

A menopausa, conjunto de transformações e reações comuns no processo de envelhecimento feminino, também implica em mudanças na pele. O período fisiológico se dá após a última menstruação espontânea, fase em que a secreção hormonal dos ovários é interrompida, em média por volta dos 45 e 50 anos. Com a queda gradativa dos hormônios estrogênio e progesterona, a pele fica mais ressecada e há a perda das fibras elásticas e de colágeno. Esse cenário provoca uma “baixa” na elasticidade e no tônus, levando à flacidez.

“A prevenção e o combate ao problema estão na fotoproteção, uma vez que a radiação é uma grande vilã no processo de envelhecimento da pele. O ideal é fazer uso diário do protetor com FPS 30, com reaplicações. Para evitar o ressecamento cutâneo, comum nesta fase, o hidratante também é indispensável. Uma dica é buscar informações sobre os dermocosméticos que tenham propriedades antioxidantes, que incentivam a produção de colágeno e garantem a nutrição da pele”, ressalta a dermatologista.

A dermatologia estética entra como grande aliada para a melhoria do aspecto da pele. Procedimentos como o preenchimento com ácido hialurônico, tratamentos com laser de CO2 e luz pulsada, realização de peelings e aplicação de toxina botulínica estão entre os indicados, porém vale sempre consultar um médico dermatologista para saber qual o mais adequado para cada caso.

Fonte: Condor

 

Saiba como ativar proteínas da longevidade e melhorar a qualidade da pele

Estudos apontam que uso de substâncias capazes de ativar as enzimas ligadas à extensão da vida celular pode ajudar a retardar o envelhecimento da pele e prevenir doenças ligadas à idade.

Você já ouviu falar em sirtuínas? As sirtuínas (SIRTs) são enzimas encontradas em diferentes compartimentos das células que desempenham papéis importantes em diversas funções celulares e biológicas. Estudos apontam, por exemplo, que as SIRTs estão diretamente ligadas à extensão da vida celular e da longevidade.

cosmetico face rosto mulher

“As sirtuínas são um conjunto de enzimas que regulam a atividade dos genes responsáveis por processos metabólicos relacionados à reprodução e defesa das células. Dessa forma, as SIRTs atuam na preservação dos tecidos do corpo, assim atrasando o envelhecimento e prevenindo doenças ligadas à idade, como o Alzheimer”, explica o pesquisador em Cosmetologia Lucas Portilho, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma.

Porém, segundo o especialista, o papel destas proteínas no combate ao envelhecimento cutâneo ainda não está totalmente esclarecido, sendo alvo de muitas investigações. Pesquisas demonstram, por exemplo, que as SIRTs participam de eventos desencadeados pela radiação UVA e UVB, o que sugere que as enzimas são participantes chave no fotoenvelhecimento.

“Estudos apontam também que o estresse oxidativo, um dos principais desencadeadores do envelhecimento cutâneo, está correlacionado com uma redução dos níveis de SIRT-1 nos queratinócitos. Sabe-se ainda que este tipo de sirtuína atua na inibição da degradação de colágeno e que a SIRT-3 tem um papel na manutenção cutânea através da diferenciação induzida pelo estresse oxidativo, um processo crucial para a regeneração da pele e importante em doenças cutâneas”, afirma.

Apesar dos estudos nesta área ainda estarem caminhando, a descoberta do papel notório das sirtuínas na promoção da longevidade celular fez com que rapidamente se procurassem substâncias que fossem ativadoras destas enzimas.

“Por exemplo, o resveratrol, substância que pode ser encontrada em vinhos e diversos cosméticos disponíveis no mercado, é comprovadamente um ativador da SIRT-1. Dessa forma, o polifenol é capaz de inibir a expressão das enzimas MMP-1 e MMP-9, responsáveis pela degradação do colágeno”, destaca o pesquisador. “Além disso, ativos como NR Nobel e Resverevine, que podem ser encontrados em dermocosméticos manipulados, também apresentam resultados muito positivos na ativação das sirtuínas”.

Segundo a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o uso destes ingredientes que estimulam e biomimetizam a ação das sirtuínas, principalmente durante a noite, são fundamentais para que não ocorra o envelhecimento precoce das células e, consequentemente, da pele, pois essas substâncias também ajudam a melhorar e controlar o encurtamento dos telômeros, trechos de DNA encontrados nas extremidades dos cromossomos que estão diretamente relacionados ao processo de envelhecimento.

mulher pele madura oleosa

“Dessa forma há a melhora da elasticidade, firmeza, hidratação, lubrificação e preservação da pele por muito mais tempo”, finaliza a médica.

Fonte: 
Claudia Marçal é médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.
Lucas Portilho é consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma e Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Especialista em formulações dermocosméticas e em filtros solares. Diretor das Pós-Graduações do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional, Hi Nutrition Educacional e Departamento de Desenvolvimento de Novas fórmulas. Atuou como Coordenador de Desenvolvimento de produtos na Natura Cosméticos e como gerente de P&D na AdaTina Cosméticos. Professor e Coordenador dos cursos de Pós-Graduação com MBA do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional. 

Especialista revela como prevenir envelhecimento da pele causado pela poluição

Sabe-se que a poluição é um fator muito prejudicial à saúde da pele. Pesquisas mostram que ela tira oxigênio da pele e provoca o envelhecimento precoce, assim como os radicais livres no ar também diminuem a quantidade de colágeno, e como consequência, a pele perde elasticidade. Mas para pessoas que vivem nos grandes centros, como Rio e São Paulo, conviver com a poluição é algo inevitável.

Thais Mugani, especialista em estética e CEO da Slimcenter, aponta como a poluição pode prejudicar não apenas o meio ambiente mas a nossa saúde e a da nossa pele: “A poluição é mudança indesejada nas características do meio ambiente, sendo elas físicas, químicas ou biológicas. Os impactos da poluição na pele são silenciosos, ao contrário da radiação solar”.

O que fazer para prevenir os efeitos da poluição na pele? A especialista aponta algumas soluções para atenuar os efeitos nocivos da poluição. Confira:

Limpeza diária

demaquilante limpeza pele mulher

A poluição desencadeia processos inflamatórios que também obstruem os poros, favorecendo o aparecimento de cravos e espinhas. Por isso a limpeza diária da pele é fundamental. O uso de esfoliantes, água modelar e até mesmo substâncias próprias para a remoção de impurezas e maquiagem ajudam a manter a pele saudável e com menor incidência de cravos e espinhas.

Invista em uma higienização diária com um sabonete que limpa profundamente a sua pele, retirando todos os vestígios de produtos utilizados durante o dia e também desobstruindo os poros de resíduos de poluição. O ideal é realizar a higienização pela manhã, ao acordar, e à noite, antes de dormir.

Antioxidantes

270054_560069_mascara_de_vitamina_c_web_

Há a necessidade de prevenir a ação da poluição sempre com produtos antioxidantes como vitamina C, resveratrol, romã, chá verde entre outros. O antioxidante auxilia na redução dos radicais livres, reduzindo também os danos causados por eles.

Hidrate-se

shutterstock mulher pele rosto

Outra questão que a poluição pode influenciar no ressecamento da pele. Já sentiu sua pele ultra ressecada depois de passar um dia inteiro andando no centro de alguma grande cidade? Isso acontece porque as micropartículas, junto com o vento, desequilibram o pH da pele e, em resposta, ela pode apresentar uma textura mais seca e até vermelhidão. Por isso, a hidratação é fundamental para proteger a barreira cutânea. Aposte em produtos com ativos potentes, que vão nutrir a sua pele profundamente, como por exemplo o ácido hialurônico.

Tonifique a sua pele

creme pele indian express
Foto: Indian Express

Lembre-se também de tonificar a pele, para equilibrar o pH, e de hidrata-la. Além disso, é necessário protegê-la com o filtro solar, a fim de manter a radiação longe de causar algum dano permanente.

Fonte: Slimcenter

Descubra alimentos que aceleram o processo de envelhecimento e como substituí-los

Cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro do American College of LifeStyle Medicine e do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida, explica qual a relação desses alimentos com os terríveis produtos avançados de glicação, agentes que envelhecem a pele

Existem dois principais culpados por acelerar o processo de envelhecimento da pele: a exposição solar e os produtos avançados de glicação (AGEs). “Os AGEs se formam quando a molécula de glicose (açúcar) reage com as proteínas do organismo. Isso gera a glicação que, somada ao excesso de radicias livres produzidos por má alimentação e outros hábitos como tabagismo e privação do sono, leva o organismo ao estresse oxidativo, que danifica o DNA das células provocando menor atividade celular, menor produção de colágeno e fibras elásticas, menor atividade de células de defesa e menor poder de cicatrização”, explica a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Como resultado desse processo, há o aparecimento de rugas, manchas e flacidez.

Há outra parte ruim nessa história. Se não ficou claro, os AGEs são formados principalmente pela má alimentação, incluindo deliciosos bolos, tortas, doces, massas e frituras. Mas o problema é alavancado pelo excesso: é o açúcar excedente que faz mal. E além disso, segundo a cirurgiã plástica, devemos incluir também em nossa dieta os alimentos antirradicais livres, e começar a fazer exercícios físicos, que estimulam nosso sistema antioxidante endógeno a combater os radicais livres. Abaixo, a médica lembra os principais alimentos responsáveis pelo envelhecimento da pele:

Açúcar – o excesso de açúcar em doces e bolos contribui para a formação de AGEs prejudiciais ao colágeno, mas também está envolvido em processos inflamatórios, como a acne. Além de adequar o paladar, buscando consumir menos açúcar, é possível em muitas receitas substituir esse ingrediente por frutas mais doces e mel, que são fontes de vitaminas, ou versões mais ‘magras’, como o açúcar demerara ou o adoçante xylitol – também evitando o excesso.

Batatas fritas – ninguém discute o sabor, mas alimentos feitos em alta temperatura e baixa umidade causam a reação de glicação, com a formação de AGEs, além de aumentarem a produção de radicais livres que podem causar danos celulares à pele. “A exposição aos radicais livres acelera o processo de envelhecimento. A interligação afeta as moléculas de DNA e pode enfraquecer a elasticidade da pele”, diz a médica. O excesso de gorduras do óleo também causa danos ao organismo. Além disso, no caso das batatas fritas, elas são servidas com muito sal, sendo que o excesso de sódio pode tirar água do tecido cutâneo e levar à desidratação, tornando sua pele ainda mais propensa às rugas. Uma boa opção é substituir as batatas fritas por chips de babata doce assada.

Pão – o francês, de fôrma e o croissant são exemplos de alimentos com farinha branca, carboidrato de alto índice glicêmico. Além de envolvido no processo de glicação, seu excesso pode causar inflamação no corpo por aumentar muito a produção de radicais livres. Uma alternativa é apostar nas versões integrais e com grãos, que são excelentes fontes de fibra, e atingem a corrente sanguínea mais lentamente.

Margarina – se você já disse adeus ao pãozinho, mas ainda continua com a margarina, saiba que ela é rica em gordura hidrogenada e muitos aditivos químicos que tornam nossa pele mais vulnerável à radiação ultravioleta, que pode danificar colágeno e elastina, as proteínas de sustentação da pele. Em receitas, o azeite e até o abacate podem ser boas trocas. Para passar no pão, aposte no creme de gergelim (tahine), boa fonte de proteínas e fibras.

Carnes processadas – salsicha, calabresa, bacon e linguiça são exemplos de carnes processadas que podem ser prejudiciais à pele. “Essas carnes são ricas em sódio e gorduras saturadas, que podem desidratar a pele e enfraquecer o colágeno, causando inflamação”, lembra a médica. Esse tipo de proteína pode ser substituído por ovos e frangos ou proteínas vegetais como feijão, grão-de-bico e ervilha.

Sucos industrializados – os de caixinha, no geral, contam com açúcar e sódio em excesso, uma combinação perigosa para acentuar os danos de desidratação da pele e enfraquecimento do colágeno. Sempre que possível, em vez de sucos, o ideal é investir na ingestão da fruta, que traz o carboidrato e as fibras.

Álcool – embora não seja necessariamente um alimento, o álcool é muitas vezes o acompanhamento ideal, mas ele pode causar uma série de problemas quando se trata da pele, incluindo vermelhidão, inchaço, perda de colágeno e rugas. “O álcool esgota seus nutrientes, hidratação e níveis de vitamina A, os quais têm um impacto direto sobre as rugas. A vitamina A é especialmente importante no que diz respeito ao crescimento de novas células e à produção de colágeno, assegurando que a pele seja elástica e livre de rugas”, diz a médica. Uma boa dica é manter-se hidratado e fazer boas escolhas com moderação, como o vinho tinto, que traz a molécula de resveratrol, um poderoso anti-idade. “Essa molécula traz vários benefícios para a saúde em virtude da sua ação antioxidante, que funciona para combater o envelhecimento. Além disso, o resveratrol é capaz de ativar a sirtuína-1, proteína que age no aumento da longevidade celular”, explica. Mas o consumo de álcool deve ser em pequenas quantidades e em pessoas capazes de metabolizar o álcool, ou seja o benefício do vinho tinto não é para todos.

pele beleza alimentação frutas mulher

De acordo com a médica, evitar o excesso desses alimentos é um hábito que deve ser aprendido o quanto antes a fim de impedir que os problemas de pele surjam de maneira precoce. “Consulte sempre seu médico ou nutricionista para adequar sua alimentação”, finaliza a médica.

Fonte: Beatriz Lassance é cirurgiã plástica formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e residência em cirurgia plástica na Faculdade de Medicina do ABC. Trabalhou no Onze Lieve Vrouwe Gusthuis – Amsterdam -NL , é Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery) e da American Society of Plastic Surgery. Além disso, é membro do American College of LifeStyle Medicine e do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida.

Beautification utiliza os padrões de proporções para embelezar o rosto – sem modificá-lo

O mundo da beleza está em constante evolução. Os estudos na área não param e, com eles, novos conceitos são criados. É o exemplo das intervenções faciais realizadas hoje, que diferem de anos atrás. A busca não é a perfeição do rosto e, sim, criar uma harmonia do todo, deixando-o com aspecto mais atraente e menos cansado.

É aí que entra o conceito de Beautification. Segundo a Merz, uma das principais empresas de estética do mundo, este termo refere-se a uma combinação de intervenções não cirúrgicas para obter equilíbrio estético e funcional da face.

De acordo com a dermatologista Bárbara Saavedra, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, é possível embelezar o rosto a partir de um estudo criterioso de proporções, medidas e ângulos.

hyaluronic-acido

“A ideia é alcançar o embelezamento da face, com intervenções sutis, minimizando as assimetrias e realçando áreas que merecem destaque, sempre com naturalidade e preservando as características de cada pessoa. Para isso, é necessário um olhar individualizado e um conhecimento adequado de anatomia”, explica a médica.

Primeiro é importante fazer uma análise aprofundada dos pontos de sustentação da face. Segundo a dermatologista, é preciso dar atenção a três camadas diferentes: ossos, músculos e gordura. “Elas compõem a estrutura facial e são responsáveis por alterações que podem ocorrer ao longo do tempo. A partir daí, são definidas as áreas que devem ser melhoradas e os procedimentos adequados para cada caso – e até mesmo a combinação deles”, diz.

Muitas técnicas são usadas na abordagem de Beautification. O preenchimento à base de ácido hialurônico é uma delas. “Pode ser usado, por exemplo, para dar volume e/ou reposicionamento malar, é o caso do famoso ‘efeito blush’; melhorar o contorno do rosto e dar projeção para o queixo; e aperfeiçoar a proporção dos lábios”, explica. Neste último, é possível aplicar a Liplush Technique, um método inovador que utiliza produtos da linha Belotero, com diferentes densidades de ácido hialurônico, e atua em áreas e pontos pré-definidos para realçar a beleza dos lábios, com mudanças sutis.

Outro exemplo é a toxina botulínica. Ela é usada para melhorar o sorriso – pessoas que têm sorriso gengival ou invertido -, para suavizar rugas e modelar as sobrancelhas. “O Grid 21 é uma das grandes invenções aqui. Lançado recentemente, é uma técnica personalizada de aplicação da toxina botulínica purificada. É usado para modelar a sobrancelha e tratar a testa, funcionando como um guia de orientação para o médico”, explica Bárbara.

Por último, o bioestimulador de colágeno e o ultrassom microfocado são usados para tratar flacidez superficial e profunda e melhorar a qualidade da pele. “Muito vezes, utilizo a combinação do Ulthera e Radiesse para potencializar os resultados. Cada um atinge uma camada da pele e, juntos, estimulam uma quantidade maior de colágeno, deixando a pele mais firme e bonita”, explica.

“Além disso, em alguns casos, costumo usar o Radiesse para dar suporte para o rosto. Ele é um bioestimulador versátil e consegue atuar no contorno facial também, deixando-o mais definido. É ideal para interferências menores, nas quais o preenchedor não se faz necessário, já que a ideia não é volumizar”, acrescenta.

mulher rosto face tratamento.jpg

A médica diz que o conceito está longe de propagar padrões ideais. Não existe um nariz ou uma boca que se adaptem a todas as pessoas. O importante é fazer um tratamento que valorize a beleza de cada um. “O objetivo é que o paciente conquiste uma face mais proporcional, com ângulos e contornos definidos, uma pele bonita e com frescor, sem exageros e respeitando a sua personalidade”, finaliza.

Fontes:

Bárbara Saavedra é médica dermatologist, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) inscrita no Cremesp sob número 143664.

Merz: uma das principais empresas de estética do mundo e oferece um portfólio completo para tratamentos estéticos minimamente invasivos. A farmacêutica é detentora das marcas Belotero (preenchedor e volumizador à base de ácido hialurônico, consagrado em mais de 50 países em todo o mundo), Radiesse (bioestimulador de colágeno) e Xeomin (toxina botulínica A purificada). 

Sérum combate rugas e a perda de firmeza da pele com efeito preenchedor

Eau Thermale Avène lançou o Physiolift Sérum Preenchedor e Reparador, que chega ao mercado para completar a reconhecida linha anti-idade Physiolift com uma proposta inovadora para combater com eficácia os sinais de envelhecimento da pele como rugas, perda de firmeza e densidade, e falta de viço da pele.

Sua Tecnologia Smart Hyaluron com dois tipos de Ácido Hialurônico promove uma dupla ação anti-idade: resultados instantaneamente visíveis, graças às Microesferas de Ácido Hialurônico que fazem um preenchimento óptico imediato de rugas e linhas finas, e ação antienvelhecimento de longa duração por conta do mono-oligômero de ácido hialurônico, que bioestimula a produção natural e fisiológica de ácido hialurônico.

O produto tem efeito preenchedor óptico imediato, corrige rugas e sulcos profundos, recupera a firmeza e densidade, além de devolver o viço da pele. Sua eficácia foi comprovada e seus resultados podem ser vistos na pele a partir de 8 semanas*:
96,5% – Pele mais firme
95,5% – Pele mais densa
93,0% – Rugas suavizadas
90,5% – Pele rejuvenescida

Enriquecido com alta concentração de Água termal Avène, Physiolift Sérum é adequado para todo os tipos de peles, até as mais sensíveis. O produto pode ser usado diariamente de uma a duas vezes por dia no rosto, pescoço e colo.

Complexo Preenchedor e Reparador:
=Ascofilline, um ativo high-tech de última geração que reabastece a pele de Colágenos tipo I e IV.
=Pré-Vitamina E, com uma potente ação antioxidante, protege a pele dos danos do estresse oxidativo e restaura a sua luminosidade.
=Água Termal Avène, com suas propriedades, calmante, anti-irritante e antioxidante.
=Tecnologia Smart Hyaluron com duplo Ácido Hialurônico: microesferas de ácido hialurônico, que promovem imediatamente um disfarce óptico das imperfeições como rugas e linhas finas associadas aos mono-oligômeros de ácido hiialurônico, de tamanho muito específico, ideais para estimular intensamente a síntese natural do ácido hialurônico para preencher rugas e redensificar a pele.

366624_899685_18new_physiolift_serum_30ml.png

Physiolift Sérum 30mlPreço sugerido: R$ 229,90

*Autoavaliação de eficácia de Physiolift Sérum por um grupo de 85 sujeitos entre 40 e 60 anos (idade média: 49 anos) com pele sensível, rugas e perda de firmeza no rosto. Produto aplicado por 56 dias no rosto, pescoço e decote, de manhã e/ou à noite.

Cinco maus hábitos que estão acabando com a beleza da sua pele

Ainda dá tempo de modificar alguns hábitos e perceber grandes diferenças na pele; confira as dicas de dois dermatologistas

Todo mundo sabe que a rotina skincare é muito importante para a beleza e saúde da pele, mas mesmo assim alguns cuidados são negligenciados. Então é hora de fazer as pazes com sua pele, lembrando sempre dos passos de limpeza, com higienização complementar com tônicos ou águas micelares, assim como hidratação e fotoproteção, que são essenciais para manter a pele cuidada e saudável.

“Consulte sempre um dermatologista, para prescrição de substâncias rejuvenescedoras como alfa e poli-hidroxiácidos, retinoides, vitamina C, ácido ferúlico, Vitamina E, peptídeos, antioxidantes e fatores de crescimento”, explica a dermatologista Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. “Esses colaboram muito para a hidratação, luminosidade e textura da pele.

Abaixo, saiba de quais maus hábitos você deve se afastar.

Dormir mal e com maquiagem

mulher sono insonia

A falta de sono diminui todo o metabolismo do ciclo circadiano, o que compromete o tempo necessário para que ocorra o reparo e regeneração durante o período noturno. “Então isso afeta a produção natural de melatonina que também é parte da defesa antioxidante primária do nosso organismo”, explica Valéria. Nessa questão, outro ponto também deve ser analisado: a forma como dormimos. “O fato de dormir com o rosto de lado ou de bruços ajuda a formar rugas dinâmicas importantes, e que muitas vezes nos faz envelhecer mais assimetricamente com demarcações mais profundas das linhas e das rugas. O ideal é dormir com a barriga para cima”, conta.

Além disso, não durma de maquiagem, mesmo que às vezes o sono fale mais alto. “Para deixar a pele do rosto sempre bonita e saudável é preciso ter o hábito diário de remover toda a maquiagem, principalmente antes de dormir. E para auxiliar nessa tarefa, existe o demaquilante”, afirma Jardis Volpe, dermatologista de São Paulo. Dormir com a maquiagem pode acelerar o envelhecimento da pele, causar alergias e até acne.

Não usar filtro solar todo dia

protetor solar creme rosto mulher

Com a exposição UVA e UVB em alta no verão, o protetor solar deve ser parte de sua rotina matinal como escovar os dentes. Mas também no inverno e em dias encobertos o produto deve ser usado, uma vez que as nuvens não conseguem bloquear os raios. “A exposição solar sem fotoproteção é o mais importante agressor da pele, que leva a um dano cumulativo, com consequente fotoenvelhecimento precoce, inflamação, manchas, melasma e um aumento do risco de câncer de pele”, afirma o médico.

O filtro solar deve ter proteção eficiente contra as radiações UVA e UVB, mas também deve proteger da luz visível e da Infrared. Esse protetor deve contar com filtros físicos, como o óxido de zinco e dióxido de titânio, associado a filtros químicos para aumentar o grau de fotoproteção. Além disso, a exposição direta ao sol deve ser feita preferencialmente antes das 10 horas da manhã e após as 16 horas, para evitar o dano oxidativo e a produção de enzimas que degradam colágeno, explica o médico.

Alto consumo de açúcar e carboidratos

doces mulher chocolate

A ingestão de açúcar em excesso na dieta colabora para um processo de glicação, que é quando as fibras de colágeno e elastina endurecem por reagirem com esses açúcares. “Com isso, elas perdem a questão da maleabilidade, da flexibilidade, da sustentação e ancoragem da pele. O açúcar também está ligado, segundo estudos, ao aparecimento de manchas”, explica a dermatologista.

O acúmulo de AGEs (espécies avançadas de glicação) gera ação inflamatória e envelhecimento precoce de todo o sistema. “Para reverter esse quadro, é necessária a aplicação tópica e o uso de produtos via oral com ação antiglicante e desglicante. Mas a diminuição do açúcar na dieta é necessária”, explica. Atenção também aos carboidratos, que viram açúcar no fim da digestão!

Fumar

Lovely and fashionable senior woman enjoying a cigarette outdoors on a rooftop.

O consumo de cigarro induz ao envelhecimento, já que as substâncias tóxicas presentes estão associadas à vasoconstrição periférica por um período de dez minutos, o que diminui o fluxo sanguíneo para o tecido cutâneo e cabelos. “Isso traz consequências na perda da viço e luminosidade da pele além de favorecer o amarelamento do tecido; também há uma perda de firmeza por conta da oxigenação e nutrição diminuídas”, finaliza Valéria.

Fontes:

Jardis Volpe é dermatologista; Diretor Clínico da Clínica Volpe (São Paulo). Formado pela Universidade de São Paulo (USP); Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Membro da Sociedade Americana de Laser, da SBD e da Academia Americana de Dermatologia; Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela FMABC; Atualização em Laser pela Harvard Medical School.

Valéria Marcondes é dermatologista da Clínica de Dermatologia Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser.