Arquivo da categoria: frutas

Ribeirão Pires terá 6º Festival do Cambuci neste fim de semana

Nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro, Complexo Ayrton Senna sediará programação com atrações culturais e gastronômicas com fruta sensação do momento

Neste fim de semana, Ribeirão Pires recebe o 6º Festival do Cambuci, no Complexo Ayrton Senna. O evento reúne produtores do fruto para exposição e comercialização de itens variados. Além de Ribeirão Pires, o Festival conta com participantes de cidades como Bertioga, São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André, Salesópolis, Rio Grande da Serra e São Lourenço.

Entre os produtos oferecidos, será possível encontrar doces, licores, cachaças, geleias, mousses, sucos, xaropes, cerveja, sorvete, bolo de pote, antepastos e muitas outras delícias derivadas do fruto.

Originário da Mata Atlântica, o cambuci é a fruta sensação entre os produtores. No estado de São Paulo, a produção tem aumentado a cada ano e, em 2019, a expectativa é de colher 80 toneladas. Para o plantio, é preciso apenas roçar o terreno para controlar o mato. Além disso, o gado não come e nenhuma praga consegue atacar a fruta.

Origem tupi-guarani

cambuci

A palavra cambuci vem do tupi guarani kãmu-sí, que significa “pote de água”. O formato da fruta lembra o de um vaso de cerâmica. Por dentro, ela tem bastante polpa, mas o ideal não é consumir a fruta desse modo, já que ele é bastante cítrica e azeda.

Uma das possibilidades é consumir em forma de geleia, mergulhado na cachaça ou transformado em suco. O suco tem o sabor semelhante ao de goiaba verde e, no final, pode ficar com gosto de caju.

O evento realizado Festival Sabor do Brasil tem o apoio da Prefeitura da estância turística de Ribeirão Pires, por meio de parceria entre a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e a Rota do Cambuci. O 6º Festival do Cambuci ocorre na sexta-feira (29/11) – das 19h às 22h; sábado (30/11), das 12h às 22h; e domingo (1º/12), das 12h às 22h, na Tenda Multicultural do Complexo Ayrton Senna – Av. Prefeito Valdírio Prisco, 193, Centro. A entrada é gratuita.

Diversas opções gastronômicas

cambuci_2

A 6ª edição do Festival do Cambuci também contará com diversas opções de lanches – pernil, calabresa, hambúrguer artesanal, fondue no pote, pipoca gourmet, milk-shake, churros, entre outros, disponíveis em foodtrucks.

Valorização de artistas locais

O evento também promove a valorização dos artistas locais. Todas as atrações são de Ribeirão Pires. Estão confirmados “On The Vibe”, “Ricardo Reis”, “Siderais” “Aya”, “Paulo Barbosa”, “Carol Melo”, “Luana Giampietro e Junior Gomes”, “Hosana Anjos”, “Steve Sill” e apresentações de Dança da Escola Municipal (confira a programação artística completa).

Confira a programação artística:

29/11/19 – Sexta
19h – On the Vibe
20h – Ricardo Reis
21h – Siderais

30/11/19 – Sábado
12h – Abertura
13h – Workshop / Palestra
15h – Escola Municipal de Dança
16h30 – Aya
19h – Paulo Barbosa
21h – Carol Melo

1º/12/19 – Domingo
12h – Abertura
13h – Workshop/Palestra
15h – Escola Municipal de Dança
16h30 – Luana Giampietro e Junior Gomes
19h – Hosana Anjos
21h – Steve Sill

Festival_Cambuci.jpg

6º Festival do Cambuci
Sexta-feira (29/11) – das 19h às 22h
Sábado (30/11), das 12h às 22h
Domingo (1/12), das 12h às 22h
Local: Tenda Multicultural do Complexo Ayrton Senna
Endereço: Av. Prefeito Valdírio Prisco, 193, Centro, Ribeirão Preto (SP) 
Entrada gratuita

“Batidão” oferece mistura de açaí com outras frutas

Inspirado no smoothie, a Fast Açaí, única com polpa de açaí 100% orgânica, traz o Batidão, uma mistura de açaí e frutas. Com versões de 300ml e 500ml, o produto é mais um do mix com o conceito de healthy food, em que os clientes poderão acrescentar ao açaí frutas como: banana, manga, morango, kiwi, abacaxi, criando sabores únicos ao misturar até três opções.

“O Batidão é mais uma opção saudável que a Fast Açaí oferece. O produto chega para integrar nosso mix, que conta também com wraps, tapioca, suco de açaí e energético com açaí (parceria com a Red Bull)”, explica André Braga, gerente de operações da Fast Açaí.

açai.png

O produto pode ser encontrado nas unidades da marca em 12 estados e no Distrito Federal.

Fonte: Fast Açaí

Na primavera, drinques com frutas ganham destaque nos restaurantes

A primavera é conhecida como a estação das flores, mas proporciona muito mais do que jardins floridos. Nessa época, as frutas também ganham destaque. Caju, jabuticaba, kiwi, laranja lima, pera, mamão formosa, maracujá, melão, morango, pêssego e tangerina são algumas das que colorem as prateleiras dos mercados. Com isso, os restaurantes aproveitam para refrescar os cardápios em todos os aspectos, inclusive a cartela de drinques.

Abaixo, alguns que aproveitam frutas da época para colorir, refrescar, ou mesmo adoçar as opções de bebidas.

Spotlab

Lab Spirits.png
No Rio de Janeiro, localizado na Ilha da Gigoia (Barra da Tijuca), a hamburgueria oferece o Lab Sprits (R$ 26,00), um espumante com xarope de melancia e suco de maracujá, tropical e levemente adocicado. Crédito da foto: Divulgação.

Social Lab

Jambu Lab
Em Brasília, o bar inovou e apresenta aos seus clientes o Jambu Lab (R$ 24,00). Com elementos regionais e toques da alta coquetelaria, o drinque é a mistura perfeita de cachaça artesanal de Jambu, hortelã, limão tahiti e ginger ale. Exótico, refrescante e cítrico na medida certa.

Nido Ristorante

Caipivodka de Caju.jpg
O restaurante italiano com menu autoral, é um ponto queridinho dos cariocas e visitantes na zona sul da cidade maravilhosa. Nos drinques, o destaque fica para a caipivodka de caju, do Alexandres Veras, super-refrescante e colorida. Crédito foto: Tomas Rangel.

Convento do Espinheiro

blue monday.png
Diretamente de Évora, em Portugal, o hotel Convento do Espinheiro oferece o drinque Blue Monday (9€), com groselha e limão. Crédito da foto: Divulgação.

Spotlab: Ilha da Gigóia – Acesso às barcas pelo metrô Jardim Oceânico – Barra da Tijuca. Horário de funcionamento: sexta das 18h às 24h, sábado, das 16h às 24h, domingo, das 16h às 23h

Social Lab Bar: CSL 306, bloco B, loja 4 – Asa Sul – Brasília/ DF. Horário de funcionamento: das 17h à 1h, terças a sábados

Nido Ristorante: Rua San Martin, 1011, Leblon, Rio de Janeiro – RJ. Horário de funcionamento: de quarta a domingo, das 12h às 24h, e segunda-feira a partir das 19h.

Convento do Espinheiro

Delicie-se com um colorido smoothie de frutas vermelhas e banana

Para a primavera, bebidas refrescantes são boas alternativas para deixar as manhãs, o fim de tarde ou o final de semana ainda mais coloridos. Então, que tal saborear um smoothie de frutas vermelhas e banana na estação mais florida do ano?

Smoothie de frutas vermelhas e banana

ARNO_Feed smoothie sem mixer

Ingredientes:
1 banana fatiada congelada
100g de frutas vermelhas congeladas
¼ xícara de chá de leite de coco
Gelo

Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes no Arno TurboMix Pro 3 em 1 e triture bem até atingir uma consistência cremosa. Caso seja necessário, adicione um pouco de água. Sirva bem gelado.

Rendimento: 1 porção
Tempo de preparo: 15min
Grau de dificuldade: fácil

Equipamento utilizado: Arno TurboMix Pro 3 em 1

ARNO_Feed smoothie com mixer

O Arno TurboMix Pro 3 em 1 é mixer, triturador e batedor. Com 400W de potência e 2 velocidades para diferentes alimentos e lâminas de aço inoxidável mais largas, ele entrega resultados perfeitos em pouco tempo. Seu copo medidor de 500 ml, miniprocessador que pica diferentes tipos de especiarias, faz com que ele possa ser usado para triturar carne, também. O produto acompanha batedor para preparar clara em neve ou massas leves, tem detalhe cromado e botão laminado. Preço sugerido: R$ 164,99.

Fonte: Arno – SAC (11) 2060-9777

Você já ouviu falar sobre alimentação sazonal?

Prática auxilia no emagrecimento e na economia doméstica

Durante os próximos meses começa a época do mamão, das nozes, da uva e do rabanete. Além desses, outros inúmeros alimentos se tornam mais ou menos frequentes nas feiras livres de todo o país de acordo com a sua sazonalidade e região. Mas por que respeitar essa característica quando, dia após dia, os alimentos se tornam mais fáceis de serem encontrados durante todo o ano?

frutas

Entre os benefícios de priorizar o consumo dos alimentos de acordo com a safra, há o aumento da qualidade, os impactos na saúde e o baixo custo que essa prática pode oferecer. “Cada hortaliça, legume e fruta tem um período propício para o cultivo. Basicamente, há o que chamamos de início de safra, quando os alimentos começam a chegar aos balcões; safra, quando a oferta é abundante; fim de safra, quando encontrar aquele item começa a ser mais difícil; e, por fim, a entressafra, quando o alimento não é cultivado e vendido”, explica o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta.

Durante o ápice da safra, os alimentos encontram condições naturalmente favoráveis para seu cultivo e colheita e se mostram maiores, melhores e em grande quantidade. “Essa qualidade vai além da fruta bonita e chega também no valor nutricional. Alimentos consumidos dentro do período da safra tendem a se desenvolver melhor, podendo conter mais vitaminas e minerais , já que a semente encontra solo e ambiente propícios para se desenvolver”, ressalta o especialista.

Quem já tentou comprar morango fora de época sabe que uma fruta também pode ser salgada. Isso acontece em função da oferta e da procura. A dificuldade em cultivar um alimento diminui a quantidade e afeta a qualidade do item ofertado. Matheus conta ainda que em função disso, conhecer e respeitar as safras também auxilia – além da manutenção da saúde, na economia doméstica.

alimentos frutas vermelhas

Luciana Daudt, gestora jurídica e Associada do Vigilantes do Peso, adotou a sazonalidade na alimentação depois de perceber que alguns itens da lista de compras estavam caros demais. “Fui procurar o porquê e descobri que o aumento nos preços era em decorrência da entressafra”, explica.

Alimento melhor significa saúde melhor? Para Luciana, sim. “Sou uma pessoa muito alérgica e a alimentação impacta bastante no funcionamento do meu organismo. Ingerir alimentos mais frescos e nutritivos, cultivados com respeito à sazonalidade, melhorou bastante as minhas crises de alergia na pele”.

De acordo com Matheus, a saúde é beneficiada porque há uma variação nas escolhas. “Se a pessoa segue a sazonalidade, ela passa a adaptar o cardápio mês a mês e, assim, consome uma maior variedade de alimentos  e, consequentemente, de nutrientes, vitaminas e minerais”, complementa.

verduras legumes frutas

“Para quem quer emagrecer, essa variação ajuda a deixar a alimentação mais leve e fugir da rotina, a probabilidade da pessoa enjoar de comer um único legume é menor, e, assim, o engajamento dela na reeducação alimentar também é beneficiado”, conclui.

Fonte: Vigilantes do Peso

Frutas da primavera: veja quais são e como aproveitá-las

Nutricionista lista frutos da temporada e sugere receita de smoothie que é a cara da estação

A chegada da primavera marca a safra de várias frutas que trazem múltiplos benefícios para a saúde e oferecem diversidade de cor e sabor aos pratos. Manga, maçã e banana nanica são apenas algumas opções de alimentos que estarão em alta nos próximos meses.

“O clima mais quente da primavera ainda é perfeito para incluir sucos ou smoothies das frutas da estação no cardápio”, sugere Jéssica Santos, nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis.

Conheça seis frutas da temporada e as vantagens de incluí-las no cardápio:

manga

Manga: as fibras alimentares presentes melhoram o sistema digestivo e também o trânsito intestinal. Sucos e sobremesas de manga são algumas formas de diversificar o consumo da fruta.

jabuticaba pixabay
Pixabay

Jabuticaba: por ter antioxidantes atua no combate de inflamações, desintoxicação do organismo e até na prevenção de doenças cancerígenas. “O ferro contido na jabuticaba ainda a torna ideal para ajudar no tratamento contra a anemia”, indica.

abacaxi-pippalou-morguefile

Abacaxi pérola: amplamente utilizado em sucos detox por ter propriedades que ajudam na eliminação de toxinas do corpo, a vitamina C presente no abacaxi ainda ajuda a manter a imunidade em alta.

maca-fuji

Maçã fuji: a especialista pontua que apesar de muitas pessoas retirarem a casca da fruta, a parte externa da maçã possui uma importante propriedade: a pectina, tipo de fibra solúvel que ajuda na redução do LDL, conhecido como colesterol ruim.

bananas- pixabay

Banana nanica: esta variedade da fruta tem maior concentração de potássio, mineral responsável por evitar cãibras. “Além disso, a banana nanica tem maior concentração de carboidratos, que ajuda quem busca fontes energéticas para o pré-treino”, esclarece.

Para ajudar quem busca receitas práticas e fáceis de fazer no dia a dia, a nutricionista apresenta abaixo uma receita de smoothie saudável e deliciosa com banana e suco de maçã. “Os smoothies são ótimas opções para complementar o café da manhã porque são ricos em diversos nutrientes e promovem a saciedade”.

Receita de Smoothie de Banana e Maçã

smoothie-de-banana-e-maca-1024x640-1.jpg

Ingredientes:

200ml de suco de maçã 100% Fruta Superbom
2 bananas congeladas
1 colher (sopa) de canela em pó
Pedras de gelo
1 embalagem de snack Kroc morango Superbom para decorar

Modo de preparo:

Em um liquidificador, bata todos os ingredientes, exceto o Snack Kroc. Distribua em taças e adicione o Snack Kroc. Sirva.

Rendimento: 3 porções
Tempo de preparo: 10 minutos

Informações: Superbom                                                                                                                                                                                       

Conheça os benefícios do maracujá para a saúde

Além de ser rico em nutrientes, o maracujá é indicado para quem está de dieta e na prevenção de doenças

O maracujá é uma fruta rica em nutrientes e também conhecida pelo seu uso terapêutico. Na composição desse excelente fruto aproveitamos tudo: fruto, casca e semente e folhas para várias finalidades. A nutricionista clínica e funcional Cleonice Pereira, que atende pelo GetNinjas, detalhou quais são os benefícios da fruta para saúde, inclusive para quem está de dieta ou quer se prevenir de doenças.

1 – Liberado para quem está de dieta

maracujá sementes ari farca pixabay

O maracujá é uma excelente opção para quem quer perder peso, pois as calorias nele contidas são de baixíssimo índice glicêmico. Além disso, a pectina presente na casca do maracujá é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea, o que auxilia na perda de peso. Cada fruto tem em média 28 kcal ou 97 cal se considerarmos cada 100 gramas de polpa fresca. Em comparação com outras frutas com as mesmas propriedades nutricionais, como a manga e a uva, notamos que é uma das que tem a menor quantidade de caloria.

2 – Rico em nutrientes

maracujá arica farca pixabay

São muitos os nutrientes importantes para nosso organismo encontrados no maracujá, pois é uma fruta rica em várias vitaminas e minerais, em sua composição estão relacionadas as seguintes propriedades: fonte de vitamina C, vitaminas do complexo B2, B3, B6, vitamina A, e os seguintes minerais: ferro, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, cobre, potássio e fibras.

3 – Benefícios à saúde

maracujá3

Entenda como os nutrientes do maracujá auxiliam em várias funções orgânicas e reações químicas em nosso organismo:

– A vitamina A age como protetora da pele e visão;
– As vitaminas A, C e B favorecem o metabolismo e as reações enzimáticas do organismo como um todo;
– A niacina (vitamina B3) é auxiliadora na síntese de proteína. É importante para atletas e pessoas com necessidade de aporte proteico aumentado na dieta;
– Graças à sua riqueza em vitamina C, é considerada um potente antioxidante que combate radicais livres, fortalece o sistema imunológico, auxilia no combate às infecções e aumenta a absorção de minerais como ferro, zinco e magnésio quando consumido perto das grandes refeições.
– Também atua como protetor ósseo e tecidos. A pectina, presente na casca do maracujá, é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea, e por isso auxilia no tratamento do diabetes e colesterol.
– Além disto tudo, o maracujá contém uma substância chamada passiflorina que age como calmante. Já as sementes do maracujá são poderosos vermífugos da dieta.

4 – Tratamento e prevenção de doenças

maracujá fruta oiluarb_ai pixabay

Como vimos, as propriedades do maracujá proporcionam benefícios para saúde e boa forma. Os casos em que seu consumo é recomendado e auxiliará no tratamento e prevenção de doenças são:

Prevenção e combate contra o câncer
Suporte ao sistema imunológico
Insônia
Má circulação
Ajuda a manter as células do cólon saudáveis
Má digestão
Necessidade de aumento da hemoglobina no sangue
Melhoria da saúde dos olhos
Alteração da pressão sanguínea
Ajuda a manter o bom humor
Alívio para a asma
Baixa densidade dos ossos

A seguir,  Cleonice indica uma receita leve e prática para quem quer se deliciar com a fruta, além de indicar os valores nutricionais e calóricos da sobremesa.

Gelado de Maracujá

creme maracujá pinterest
Foto meramente ilustrativa – Pinterest

Ingredientes
– 3 colheres (sopa) de adoçante em pó
– 4 colheres (sopa) de suco de maracujá
– 1 envelope de gelatina em pó sem sabor
– 1 copo de iogurte desnatado

Modo de Preparo
Colocar a gelatina numa tigela e hidratar com 3 colheres (sopa) de água. Levar ao fogo, em banho-maria, por 5 minutos, ou até amolecer. Bater no liquidificador a gelatina, o iogurte, o suco de maracujá e o adoçante, bater por 2 minutos, ou até ficar homogêneo. Distribuir em 2 taças individuais e levar para gelar por 2 horas, ou até endurecer. No momento de servir, decorar com folha de hortelã.

Rendimento: 2 porções.

Valor nutricional e calórico:
Cada porção equivale a uma taça de 130g
Calorias = 115 Kcal
Carboidratos = 14,58g
Proteínas = 10,79
Lipídios = 1,69 g

Fonte: GetNinjas

Nove motivos para consumir goiaba vermelha

Fruta in natura, polpa e goiabada reúnem nutrientes muito importantes para nosso organismo

Seja nos sucos, vitaminas, goiabadas ou geleias, a goiaba é uma excelente opção para alimentação funcional, rápida e nutritiva. Pesquisas recentes mostram que a goiaba é rica em vitamina C, licopeno, caroteno e proteínas, firmando-se como excelente alimento para diabéticos, prevenção ao câncer, fortalecimento da saúde cardiovascular, saúde dos olhos, desenvolvimento fetal, além de apresentar propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas, prevenir a constipação intestinal e ajudar relaxar e emagrecer.

A nutricionista Bianca Naves, da Predilecta, destaca dez motivos para o consumo da fruta:

goiaba

1 – Fortalece o sistema imunológico: por ser rica em vitamina C, a polpa de goiaba aumenta nossa imunidade, ajudando na prevenção de infecções por vírus e bactérias. Pouca gente sabe, mas a goiaba tem mais vitamina C do que a laranja;

2 – Combate o câncer: por conter compostos antioxidantes, como vitamina C, licopeno e polifenóis, a goiaba ajuda a prevenir o câncer de mama, próstata, intestino e pulmão, entre outros;

3 – Protege contra o envelhecimento precoce: a goiaba possui elementos que ajudam a manter a pele jovem e saudável, como as vitaminas A e C, caroteno, licopeno e antioxidantes. Essas substâncias auxiliam o organismo em seu processo de renovação celular, prevenindo o aparecimento de rugas e linhas de expressão;

4 – Beneficia a pele: justamente por combater o estresse oxidativo, a goiaba ainda possui o licopeno e a vitamina A, substâncias diretamente associadas a um bronzeado saudável e que age em prol da saúde da pele, além de melhorar a fotoproteção, ao proteger a pele dos raios ultravioletas;

GOIABA

5 – Intestino saudável (combate prisão de ventre): rica em fibras, a goiaba se torna responsável por proporcionar saciedade, ajudar a emagrecer, facilitar o trânsito intestinal e manter glicemia controlada, devido à quantidade de fibras e poucas calorias encontradas na fruta (5g de fibras e 54 calorias em 100g da fruta);

6 – Melhora o humor e o estresse: em função da presença de magnésio, a goiaba ajuda a melhorar o humor e reduzir os níveis de estresse causados no dia a dia;

7 – Controle de açúcar no sangue: a fruta ainda tem pectina, uma fibra solúvel que ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue. Amiga dos diabéticos. Por ter um baixo índice glicêmico e conter muitas fibras, a goiaba ajuda os diabéticos a evitarem picos de insulina e glicose no sangue. Estudos recentes indicam que a goiaba pode ainda ter um efeito preventivo contra o diabetes tipo 2;

8 – Previne e combate problemas cardiovasculares: o potássio, presente em abundância nas goiabas, é um nutriente fundamental para manter a saúde do sistema cardiovascular. Ao equilibrar as quantidades de potássio e sódio no organismo, a goiaba ajuda a diminuir a pressão arterial, baixar os níveis de triglicerídeos e colesterol LDL (o “colesterol ruim”), além de aumentar o “bom colesterol” (HDL);

goiaba vermelha

9 – É um bom alimento para a saúde ocular:  por ser uma fonte de vitamina A (embora não supere a campeã cenoura), a goiaba não pode faltar no cardápio de quem se preocupa em manter a saúde dos olhos. Lembrando que a vitamina A é responsável pela prevenção da degeneração macular, da catarata e da cegueira noturna.

Fonte: Predilecta

Mantenha a boa forma durante o inverno sem alterar a alimentação

Médico explica quais tipos de alimentos são indicados para a estação

Durante o inverno, costumamos consumir alimentos mais calóricos. Isso ocorre, na maioria das vezes, por uma associação emocional a tipos de alimentos consumidos na estação, como chocolate quente e caldos. Alguns vegetais, frutas e hortaliças são ricos em vitaminas e minerais importantes para a saúde humana, pois possuem compostos bioativos que auxiliam no bom funcionamento dos órgãos. Em geral os alimentos perdem parte do seu valor nutricional quando submetidos ao calor.

Estudos realizados pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) avaliaram o impacto de diferentes técnicas no preparo dos alimentos. Por exemplo, na couve, a forma de cozimento menos prejudicial foi o refogado. Não existe uma regra válida e uma melhor forma de cozimento para todos os alimentos. Mas em termos de atividade antioxidante, podemos dizer que o melhor é consumir os alimentos cozidos no vapor.

O diretor médico do Spazio Essenza, Bruno Menezes, explica que não é necessário trocar as frutas durante o inverno, mas o ideal é sempre consumir as frutas da estação, que mudam conforme a sazonalidade. O médico avalia que, em geral, as frutas e legumes da estação são:

abacate-avocado-org

Abacate: rico em ferro, magnésio e vitamina C, é rico em gorduras boas, auxilia a aumentar o colesterol bom e diminuir o ruim. Além disso, é rico em fibras, o que melhora também o fluxo intestinal.

banana

Banana: rica em potássio e magnésio, a banana é excelente para os músculos e o coração. Ela também possui vitaminas C e B6, que são antioxidantes. A banana acaba tendo um efeito antidepressivo e calmante, pois é uma fonte de Triptofano, um aminoácido precursor de serotonina no cérebro, o que pode reduzir a vontade de comer doces, além de melhorar o sono.

caquis

Caqui: rico em ferro, cálcio, vitaminas A, B e C, essa fruta também é uma excelente fonte de antioxidantes.

carambola pippalou
Foto: Pippalou/MorgueFile

Carambola: além de refrescante, a carambola também é rica em vitaminas A, B e C. Possui propriedades diuréticas. Deve ser consumida com moderação por pessoas que possuam problemas renais.

figo pixabay
Pixabay

Figo: fonte de zinco e fibras, a fruta é um poderoso antioxidante. Uma excelente combinação é acrescentá-lo na salada.

maçã

Maçã: rica em vitaminas do complexo B e C, é uma fruta excelente para a saúde. A casca possui uma grande quantidade de fibras, o que ajuda a melhorar o funcionamento do intestino.

tangerina pixabay
Pixabay

Tangerina: essa fruta que pertence às cítricas possui uma grande quantidade de potássio, um mineral que auxilia na prevenção das câimbras e demais contrações musculares. Além de muito gostosa, ela também combate a prisão de ventre, resfriados e gripes.

Sopas costumam ser calóricas. Quais tipos de caldo são indicados?

caldo verde

Muita gente acredita que sopas são sinônimos de poucas calorias, mas isso não é necessariamente assim. Em geral, caldos feitos com legumes e hortaliças são menos calóricos.

“A dica é utilizar ervas frescas ou secas para reduzir a ingestão de sal, evitar acrescentar carnes ou queijos gordurosos, dando preferência a alimentos como a batata baroa, batata doce, inhame, aipim e cenoura. Evite o creme de leite e use uma pequena quantidade de azeite”, orienta Bruno Menezes.

No inverno é comum bebermos menos água. O que fazer?

mulher bebendo água ibbl

Bruno Menezes alerta: “No inverno, em geral, as temperaturas são mais baixas, o que faz a sensação de sede ser menor. Mas um consumo adequado de água é fundamental, pois ela é importante para a manutenção da temperatura corporal”.

Trocar achocolatado por cacau em pó pode ser mais saudável?

leite vegetal

O médico explica que o termo achocolatado é utilizado na maioria das vezes por não poder ser utilizado o termo chocolate. “Devido a enorme quantidade de açúcar presente nestes achocolatados, o nome correto deveria ser açúcar achocolatado, então, uma excelente substituição seria utilizar leites vegetais, como o de castanha, amêndoas ou coco e acrescentar cacau. Uma opção para adoçar seria utilizar tâmaras ou uvas passas batidas junto ao leite vegetal”, finaliza Bruno Menezes.

Fonte: Spazio Essenza

É possível cultivar acerola, amora, goiaba, pitanga e jabuticaba em apartamentos

Quem cresceu ou passou parte da infância no interior certamente lembra com saudade da sensação boa de comer frutas no pé. A boa notícia é que, mesmo com pouco espaço, é possível produzir nos grandes centros urbanos. Segundo o pesquisador da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, José Antônio Alberto da Silva, que atua na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), é possível produzir acerola, gabiroba, amora, araçá, goiaba, pitanga e jabuticaba até mesmo em vasos.

Silva explica que essas frutas nem sempre são fáceis de serem encontradas nos supermercados das grandes cidades. “São frutas com alto potencial produtivo e que possuem mercado nos grandes centros. Há pessoas, que por conta desse saudosismo da época de vivência no interior, pagam caro por elas. O problema é que estragam muito rápido depois de colhidas, por isso, nem sempre são fáceis de serem encontradas no mercado”, explica.

Para driblar o problema, o pesquisador da Apta dá algumas dicas. Confira:

Plantio no vaso

carambola logees
Foto: Logee’s

O primeiro passo é adquirir mudas de boa procedência em viveiros idôneos. Isso evita que se compre plantas improdutivas ou que acabe levando para casa um tipo de fruta e mais tarde descobre que é outra. A Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), também ligada à Secretaria de Agricultura, vende mudas e sementes de alta qualidade em diversas cidades de São Paulo. Clique aqui e confira onde é possível encontrar mudas e sementes.

– O plantio pode ser feito no chão ou em vasos com pelo menos 40 litros.
– Primeiro, é necessário fazer um dreno com pedras no fundo do vaso, evitando acúmulo e excesso de água.
– Faça o plantio da muda utilizando terra fértil, rica em matéria orgânica, que pode ser facilmente encontrada em casas especializadas.
– É necessário escolher bem o local em que o vaso ficará no quintal. Geralmente as fruteiras gostam de locais bem arejados e que batam sol pelos menos durante um período do dia.
– É importante estar atento se a planta está com água suficiente. Sempre verifique se a terra está úmida, pois, tanto a falta quanto o excesso de água faz mal a planta.
– Faça adubação complementar a cada dois ou três meses, utilizando esterco curtido e formulações NPK (nitrogênio, potássio e fósforo). Se perceber que há alguma praga ou doença na planta, procure um engenheiro agrônomo.

Plantio no chão

pitanga- pixabay
Pixabay

Para o plantio no chão, deve-se ter os mesmos cuidados. A diferença é a necessidade de realizar a poda da copa das árvores mais frequentes. “Como no chão a planta tem mais espaço para se desenvolver, crescerá com mais vigor, por isso, a necessidade de sempre realizar a poda de ramos que crescerem demasiadamente e assim manter a copa no formato e altura que quiser. Vale lembrar que estas frutíferas não possuem sistema radicular muito agressivo, principalmente, quando é realizada a poda”, explica Silva.

Por Fernanda Domiciano Assessoria de Imprensa – Apta