Arquivo da categoria: Gastronomia

Bullguer lança, em parceria com a Bauducco, opções para lanche da tarde e caixa vegetariana

A partir de R$ 10, lançamentos da rede de hamburguerias pioneira em smashburguer trazem ingrediente especial, os Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural

Inovação e combinações descoladas são constantes no cardápio do Bullguer, rede de hamburguerias pioneira em smashburguer. Para oferecer novas opções com ótima relação qualidade/benefício para os consumidores, a rede lança, em parceria com a Bauducco, o Smash Club e Cheese Club, sanduíches montados com os Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural, tostados e ideais para pedir como lanche da tarde, todos os dias da semana.

Batizado de Smash Club (R$ 16), o novo lanche da casa leva o smashburguer, blend de 100 g preparado com carne fresca 100% Angus, e creme de queijo no pão de forma tostado. Para os apaixonados por queijo, o Cheese Club (R$ 10) traz a combinação clássica do Pão Bauducco Fermentação Natural Tradicional com um delicioso creme de queijo, opção que agrada os vegetarianos.

“Criamos o Cheese Club e Smash Club com o objetivo de ampliar as opções acessíveis do nosso cardápio”, afirma Catia Moura, gerente de marketing da rede Bullguer, destacando que todos os ingredientes foram selecionados para oferecer uma refeição simples e saborosa, que agradasse todas as faixas etárias.

Um dos segredos da combinação dos novos lanches é o Pão Bauducco de Fermentação Natural, feito com a tradicional massa madre da marca, que foi trazida da Itália ao Brasil, há 70 anos, pelo fundador da empresa. “Estamos felizes em anunciar mais uma grande parceria cheia de sabor, que mostra ainda mais a versatilidade dos Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural, que possuem a mesma massa madre utilizada há anos nos Panettones e, agora, em uma nova receita que une aroma, textura e sabor, oferecendo um produto leve e macio”, afirma Juliana Corá, grouper de Marketing da Bauducco.

Os novos sanduíches estão disponíveis para consumo no salão, retirada para viagem e via delivery pelo aplicativo da Rappi. O Bullguer conta com cerca de 30 unidades localizadas em São Paulo, Campinas, Santo André, Tamboré, Cotia, Jundiaí, São José dos Campos, Santos, Rio de Janeiro (Ipanema), Belo Horizonte (Vila da Serra e Centro) e Brasília (Venâncio Shopping e Bloco C/410 Sul).

Bullguer na Caixa Vegetariano

Após lançar no ano passado o Green One, hambúrguer vegetariano que é sucesso no cardápio, o Bullguer apresenta neste mês o Bullguer na Caixa Vegetariano. A novidade para três a quatro pessoas inclui dois Cheese Club (feitos com o Pão Bauducco Fermentação Natural Tradicional, com as fatias tostadas e recheadas com creme de queijo), um Green One (hambúrguer de falafel com coentro, coleslaw, picles de rabanete e ovo montado no pão personalizado com carimbo exclusivo), um Cheese Please (pão, carne, queijo, picles e molho) e acompanhamentos de três Crinkles (batatas temperadas com páprica) e três maioneses da casa. O box está disponível pelo valor de R$ 99 via Rappi, para retirada e para viagem, nas unidades Bullguer espalhadas pelo país.

Delivery

Para pedidos feitos via delivery da Rappi, os clientes terão desconto no valor do lanche e bebida, que será vendido das 15h às 18h. Cada Smash Club + Refri Lata 220ml, sai de R$ 22 por R$ 18. Cada Cheese Club + Refri Lata 220ml, sai de R$16 por R$ 12,99.

Nos pedidos para consumo no salão ou retirada para viagem, os clientes podem pedir o Cheese Club e Smash Club em qualquer dia da semana ou horário.

Casa de Bolos tem delícias que confortam em tempos de pandemia

Bolo fresquinho e uma xícara de café são receitas infalíveis para aliviar a saudade

Há um ano, as medidas de distanciamento e isolamento social provocadas pela chegada do coronavírus foram impostas na vida dos brasileiros. Aquelas visitas na casa da vovó para degustar um bolo caseiro fresquinho, por enquanto, devem continuar suspensas. Mas, para quem está precisando desse aconchego gastronômico para recordar momentos importantes da vida antes da pandemia, a Casa de Bolos é a solução ideal para resgatar essas memórias chamadas de afetivas.

Entre os mais pedidos pelos clientes estão o Bolo de Fubá e, suas variantes Fubá com Goiabada e Fubá com Erva-doce, o Bolo de Milho, além do fofíssimo Bolo de Mandioca.

Bolo de Fubá com Goiabada R$ 16,90

Bolo de Fubá com Erva-Doce R$ 16,90

Bolo de Milho R$ 16,90

Bolo de Mandioca R$ 18,90

Com mais de 370 lojas espalhadas pelo país, a rede é pioneira no segmento de bolos caseiros e consegue agregar a cada bolo o carinho que proporciona a experiência do simples e familiar. São mais de 100 sabores feitos com ingredientes fresquinhos e frutas de verdade, que também podem ser solicitados pelo aplicativo de delivery próprio disponível para ser baixado gratuitamente na App Store e no Google Play.

Bob’s lança segunda versão de hambúrguer vegetal à base de plantas

Pioneiro entre as redes de fast-food, o Tentador Zero Frango está disponível no cardápio de São Paulo e Rio de Janeiro por R$ 28,00

Um hambúrguer para agradar o paladar de quem deseja uma alternativa à proteína animal. Com textura, sabor e suculência semelhante ao frango, o Tentador Zero Frango chega às lojas Bob’s de São Paulo e Rio de Janeiro com uma receita única à base de plantas, reforçando o pioneirismo e liderança no mercado de sanduíches à base de plantas no país.

Os consumidores das capitais já podem provar o lançamento acompanhado de alface, tomate e maionese em um pão brioche quentinho. O novo sanduíche foi pensado especialmente para vegetarianos e clientes que têm vontade de consumir um hambúrguer saboroso sem proteína animal, os chamados flexitarianos.

Novo Tentador Zero Frango preparado com proteína à base de plantas

“Mais uma vez, o Bob’s sai na frente no lançamento de produtos à base de proteína à base de plantas. Nós trabalhamos fortemente para ser a única rede fast-food no Brasil com uma proteína vegetal que remete à carne de frango, fruto de toda inovação e tecnologia utilizada sem abrir mão do sabor. Oferecemos alternativas saborosas aos consumidores vegetarianos; para aqueles que buscam redução do consumo de proteínas animais ou para aqueles consumidores que são ávidos por novidades.”, revela Raquel Paternesi, diretora de Marketing da rede Bob’s.

Em agosto de 2019, o Bob’s também saiu na frente ao lançar, em parceria com a Fazenda Futuro, o Tentador Zero Beef – um hambúrguer a base de plantas que remete a proteína bovina. “O Tentador Zero Beef foi produto inovador que teve muito sucesso entre os consumidores da categoria, desta forma decidimos ampliá-la. Em ambos os produtos, tivemos um intenso trabalho de pesquisa para entregar sabor e textura semelhantes a carne e frango respectivamente ao consumidor. Foram testadas diversas receitas e formas de preparo até o hambúrguer chegar à consistência e sabor ideal, sem deixar de lado a indulgência. Um processo rico e inspirador que combina muito com o espírito da marca, que está sempre próxima do público, inovando para atender seus desejos”, completa Raquel.

O Tentador Zero Frango possui preço sugerido de venda de R$ 28,00 (sanduíche avulso) e R$ 34,50 (trio com batata palito média e refil de refrigerante). Cabe ressaltar que todas as lojas Bob’s oferecem refil de molhos (Big Bob, Barbecue, maionese e ketchup) e refil de refrigerante Coca- Cola.

Informações: Bob’s

Vinícola Guatambu lança vinho em lata Mysterius

A nova bebida pretende descomplicar o consumo de vinhos para o público jovem brasileiro e para os jovens de espírito de todas as idades

Sim, os jovens brasileiros estão bebendo mais vinho desde o início da pandemia. Estudo realizado pela Dotz, afirma que o jovem de até 30 anos passou a consumir mais vinho, o aumento nessa faixa etária foi de 38%, o que indica uma mudança no comportamento de compra e hábitos de consumo.

Para aproveitar o momento e ajudar na democratização do vinho, a Vinícola Guatambu, juntamente com um grupo de empresários, desenvolveu o vinho Mysterius.

Como tudo começou

Ariel Kogan é de Mendoza, Argentina, e trabalha no universo do vinho desde 2009. Tem grande histórico no ativismo socioambiental em prol do desenvolvimento sustentável, e, em uma conversa sobre esse cenário e sobre a mudança de consumo de vinhos com o produtor da Vinícola Guatambu – uma das mais modernas do Brasil – Valter Potter, começaram a amadurecer a ideia sobre a produção de um vinho em lata, visto que a vinícola, tecnologicamente por meio de seus parceiros, estava pronta para encarar essa produção, porém em uma versão diferente: um vinho produzido especificamente para esse projeto.

Para completar o projeto, Ariel convidou o argentino Pablo, publicitário especializado em construção de marca e o empresário brasileiro Rafael Donatiello, com ampla expertise em vendas on-line e marketing digital. Assim se formou um time que deu origem à criação do Vinho Mysterius.

“O Brasil tem um potencial enorme para comportar essa nova tendência. Tanto para as novas gerações, quanto consumidores mais assíduos têm consumido vinho cada vez mais, sempre buscando novas experiências de formatos e sensoriais”, explica Ariel Kogan, diretor comercial.

A vinícola desenvolveu os vinhos especialmente para a versão em lata. “O lançamento da Mysterius é um marco para nós, da Guatambu. Além da praticidade, tem como diferencial o cuidado com o meio ambiente e a grande qualidade dos produtos”, declara Valter Potter, proprietário da vinícola.

Essência

Os vinhos Mysterius não se revelam de uma vez. Não são óbvios. Suas uvas amadurecem lentamente no silêncio e imensidão do pampa gaúcho. São cuidadosamente selecionadas e escondem uma sutileza que precisa ser investigada, descoberta. Para entender o enigma dos vinhos Mysterius, é preciso chegar de mansinho, de coração aberto, que o sabor oculto irá, aos poucos, se mostrar em todas suas nuances e delicadeza.

Além disso, o Mysterius é um vinho em lata, que traz inúmeros benefícios: é reciclável e diminui o desperdício daquele restinho chato que sobra na garrafa. Além disso, devido ao isolamento com o ambiente externo, a vedação à entrada de luz, a lata esfria mais rápido, protege o vinho dos raios UV e preserva todo o seu sabor. São democráticas e descomplicadas. As belas ilustrações são do artista plástico Fabio Issao. “A lata deixa a experiência mais despretensiosa, colocando de lado a cultura de ter de escolher a melhor taça ou harmonizar com o prato correto.” – explica Donatiello, diretor de marketing.

São duas opções:

Mysterius Veraz é um vinho tinto seco (com 14% de graduação alcoólica) e surpreendente, um corte de Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Tannat.

Mysterius Intuição é um sedutor espumante (com 11,5% de graduação alcoólica), como deve ser: com aromas, borbulhas e todo o frescor.

“O Mysterius nasce para fazer um convite a todos sobre um novo estilo de beber vinho, sem muitas formalidades”, declara Pablo Nobel, sócio responsável pela comunicação.

Fonte: Musterius

SYN Kiwi ICE é o novo lançamento da Arbor Brasil

A bebida chega para competir no crescente mercado de ‘ready to drink’

A vodca gaseificada da Arbor Brasil ganha um novo sabor. Atendendo ao pedido dos consumidores, neste mês, chega às gôndolas de varejistas, bares e distribuidoras o SYN Kiwi ICE. A “space ice”, como a bebida é chamada, agora ganhou uma versão de kiwi com sabor doce e único.

Promovendo experiências de outro mundo, SYN Ice ganha o seu quinto sabor. As bebidas são reconhecidas por serem refrescantes e prezam pela explosão de sabores de cada versão: limão, apple, berry, açaí e, agora, kiwi.

“Temos um estreito relacionamento com os nossos consumidores em nossas mídias sociais, tendo um SAC eficiente. Isso cria oportunidades para atender as vontades deles e ficar ainda mais próximos. Em relação ao mercado, criamos um sabor competitivo dentro da categoria de ready to drink, que só tem crescido no país”, diz Carla Soares, gerente de marketing da Arbor Brasil.

De acordo com dados divulgados em uma pesquisa, no setor de bebidas alcoólicas, o aumento foi de 960% de março a outubro de 2020, e de 195% em relação ao mesmo período de 2019. Na lista das cinco bebidas mais compradas nesse período, estão cerveja, uísque, ice, vinho e outros destilados.

Fonte: Arbor Brasil

Para celebrar o aniversário, Txai Resorts cria o drinque “Txai 20”

Elaborado pelo bartender Lucas Mota, bebida leva ingredientes regionais

O Txai Resorts nasceu há 20 anos para acalmar os corações mais acelerados com ajuda do som das ondas, o calor do sol e a brisa que impulsiona o voo dos pássaros. Situado na Costa do Cacau em uma área de 92 hectares em meio à uma região de proteção ambiental e na rota de passagem de baleias, golfinhos e tartarugas marinhas em Itacaré, na Bahia, o Txai reúne o que há de luxuoso no que diz respeito a lazer, a hospedagem e a gastronomia.

Com 38 acomodações, entre apartamentos geminados e bangalôs construídos sob um deck de madeira suspenso, o resort é certificado pelo seleto grupo de hotéis de luxo Relais & Châteaux e é a opção de hospedagem para quem quer desbravar a natureza exuberante do Nordeste brasileiro.

Foto: Matias Ternes

A gastronomia também merece um destaque. Os restaurantes Orixás e Praia apresentam versões sofisticadas da culinária baiana, além de reunir técnicas internacionais e valorizar os ingredientes regionais com destaque para o cacau, o coco, o cajá, o cupuaçu, a graviola, o dendê e os frutos do mar.

Para celebrar os 20 anos, o resort contou com a expertise de Lucas Mota, bartender da propriedade há 9 anos, para criar o drinque “Txai 20”. No processo de criação, Lucas inspirou-se no clima quente da região para conceber um drinque frozen e utilizou-se de ingredientes locais como o coco, a cachaça e o cacau: “Os hóspedes do Txai amam drinques que tenham coco e cacau. Muitos deles, assim que fazem o check-in, já nos pedem uma bebida que tenha esses ingredientes para se refrescar”.

Confira a seguir o passo a passo:

Txai 20

Ingredientes:
50 ml de cachaça em infusão com coco
20 ml de suco de limão siciliano
200 gramas de poupa de cacau
2 colheres de açúcar
Canela em pó e nibs de cacau para decoração

Modo de preparo
Coloque no liquidificador a poupa de cacau, o suco de limão, a cachaça e o açúcar.Bata todos os ingredientes.Separe uma taça de dry martini e deixe-a resfriando. Passe um pouco de limão na borda da taça, seguido da canela em pó. Coloque o drink na taça e finalize-o com nibs de cacau.

Rendimento: 1 drinque

Txai Resort Itacaré: Rodovia Ilhéus – Itacaré/Bahia BA 001 – km 48
Telefone: (11) 3040-5010 / (73) 2101-5000
Email: central.reservas@txairesorts.com e

Conheça fatos curiosos sobre a margarita

Sem dúvida, a tequila é a legítima bebida mexicana, o drinque mais icônico do país não poderia ser outro se não a margarita, a clássica combinação do destilado com licor de laranja e um pouco de suco de limão, sem esquecer a inconfundível crosta de sal na borda da taça.

Considerada a primeira bebida alcoólica comercializada na América do Norte, a tequila, e o drinque mais emblemático feito com ela, ganharam o mundo, chegando a originar um dia para comemorá-lo – 22 de fevereiro. Ou seja, na última segunda-feira, comemoramos o Dia Internacional da Margarita.

Para comemorar a data, conheça cinco fatos curiosos sobre um dos mais célebres drinques de todos os tempos!

1) Jose Cuervo traduz o que é a tequila. A marca criou o destilado em 1795, um feito de Don Jose Antonio de Cuervo, que há mais de 200 anos adquiriu do Rei da Espanha terras enriquecidas pela lava do vulcão de Tequila, localizadas no estado de Jalisco, no México. Seu intuito era cultivar a sagrada planta indígena – o Agave Azul – naquelas terras ricas em minerais vulcânicos e criar uma bebida única no mundo: a Tequila Cuervo. Até hoje, na mesma destilaria, a 10ª geração da família Cuervo continua produzindo sua surpreendente família de Tequilas.

Getty Images

2) Começamos pelo destilado, pois a margarita não tem uma certidão de nascimento precisa. Existem diferentes versões sobre onde, como e quando o drinque foi criado. Por isso não é possível creditar a invenção da margarita a uma pessoa específica em uma data exata – apesar de a maioria das histórias apontarem o nascimento do coquetel nos anos 1940.

3) Uma delas chama atenção por envolver a grande diva de Hollywood, Rita Hayworth. Essa lenda alega que o bartender Danny Negrete é o criador do drinque, inspirado na jovem dançarina mexicana – sim, mexicana! – que arrebataria corações alguns anos mais tarde. Mas seja uma socialite americana ou um barman apaixonado, entre outras versões, em todas as prováveis histórias a bebida nasce de uma amálgama de momentos e inspirações com os ingredientes certos.

4) A tradução do nome margarita do espanhol para o inglês é daisy. Sendo assim, encontrar o momento exato de criação da bebida pode ser complicado (como acontece com a maioria dos coquetéis), mas podemos facilmente enquadrá-la na categoria de coquetéis com delicadeza floral – uma combinação de destilado, ácido (limão) e doce (neste caso, licor de laranja) que remonta a um estilo de coquetel da era vitoriana.

5) Para comemorar a data em grande estilo e com praticidade, aposte na Margarita Mix, uma combinação de sabores que contém uma mistura de suco de limão com outros ingredientes necessários para o preparo da Margarita ideal. Não tem erro, é só combinar 150ml do produto com 50ml da Tequila Jose Cuervo e misturar em uma coqueteleira com gelo.

Fonte: Jose Cuervo

Cervejaria Nacional tem novidades de verão

Casa apresenta witbier na carta e descontos na unidade da Zona Leste

Para refrescar ao longo dos dias mais quentes do ano, a Cervejaria Nacional, com unidades em Pinheiros e agora no Tatuapé, apresenta como fixa no carta de verão o rótulo sazonal Ossanha, uma witbier. A cerveja já está disponível no atendimento de salão e nas plataforma de delivery da casa. Outra novidade da microcervejaria são os super descontos na unidade da Zona Leste, que atende o público no esquema take away e serviço de entregas por toda região.

Foto: Lara Santos

Ossanha leva em seu preparo Casca de Mexerica, semente de Coentro e Capim Limão (R$ 29 | R$ 34 – 1 Litro), que proporciona frescor e intensidade aromática. Clássica como uma witbier deve ser, tem corpo leve, refrescante e turbidez, com 5% de álcool e 15 IBU (escala de amargor). Já a promoção na unidade da Zona Leste, o público terá descontos nos pedidos realizados no site da Cervejaria Nacional de até 60%, de terça e quarta, em todos os produtos; e de quinta a domingo, a promoção é de até 50% nas compras.

Cervejaria Nacional – Aplicativo Delivery: Cervejaria Nacional No Google Play. Rappi, Uber Eats e iFood

Milk & Mellow apresenta novidades no cardápio

Gelato de Caramelo Salgado e Gelato de Chocolate Absoluto nas versões taça e milkshake estão entre lançamentos

Com um cardápio que há 45 anos faz a alegria dos apaixonados por burgers and shakes, a Milk & Mellow acaba de ganhar nova casa: a unidade JK, na Vila Nova Conceição, próxima ao Parque Ibirapuera, na capital paulista. E o novo espaço chega com novidades no cardápio.

São três itens exclusivos no menu: o JK Burger, com duplo cheese cheddar, picles e maionese rosa; Miniburgers, combo com Xsalada, Xbacon, Xcebolafrita, acompanhado de batata chips; e Waffle Sweet Bacon, com bacon, ovo e mel.

Também no cardápio outros três lançamentos de dar água na boca – disponíveis em todas as unidades: Gelato de Caramelo Salgado e Gelato de Chocolate Absoluto (zero lactose e zero açúcar) nas versões taça ou milkshake e Bananacream, um smoothie denso.

Para aqueles que tanto prestigiaram e frequentaram a casa, clássicos que nunca saem da moda, como o Beirute Stan (filé mignon, queijo prato, ovo, tártaro, alface, tomate e orégano) e o Beirute Ollie (filé de frango, queijo prato, creme de milho, tomate e orégano), inspirados nos nomes dos atores protagonistas da dupla Laurel Stan e Oliver Hardy (O Gordo & O Magro), que marcaram uma geração de fãs e inspiraram a criação de Milk & Mellow. Além de, é claro, os milkshakes mais premiados pela crítica paulistana acompanhados do cheesessalada com o hambúrguer clássico – o atual hambúrguer raiz.

Milk & Mellow
=Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 101, na Vila Nova Conceição. Funciona de segunda à sexta, das 12h às 20h; aos sábados e domingos, fechado. Telefone: (11) 4118-7878 (delivery e drive-thru).
=Av. Cidade Jardim, 1.085, continua atendendo de segunda a sexta, das 12h às 20h; sábados e domingos, fechado. Telefone: (11) 3168-4516.
Os horários informados de funcionamento seguem a fase Laranja do Plano SP, podendo mudar de acordo com as determinações do poder público. Pedidos podem ser feitos ainda pelo app: Milk & Mellow, disponível para iOS e Android.

Vinhos produzidos a partir de vinhedos argentinos centenários chegam ao Brasil

MMV Importadora traz ao Brasil rótulos da Paso a Paso Wines, vinícola argentina que resgata tradição, vinhedos e uvas há tempos esquecidas por produtores argentinos

Gastronomia, cultura e identidade nacional são conceitos que caminham lado a lado. Quando pensamos na Argentina, é impossível dissociar a história da nação da longa jornada e tradição na produção de vinhos.

Foi esse resgate histórico que levou Norberto Páez e Sebastián Bisole, agrônomos e enólogos argentinos, a embarcarem na aventura de produzir seu próprio vinho resgatando métodos, tradições e, acreditem, uvas, que fizeram parte da constituição da Argentina como uma das referências mundiais na produção de vinhos.

Assim surgiu a vinícola Paso a Paso Wines, situada no famoso Vale do Uco, em Mendoza, que traz um conceito muito particular na produção dos seus vinhos, que agora chegam ao Brasil através de uma parceria com a MMV, importadora com sede em Curitiba (PR).

Os diferenciais começam pelos vinhedos. Páez e Bisole literalmente “caçam” vinhedos centenários e esquecidos em busca de uvas antigas, esquecidas e que no passado eram muito comuns nos vinhos da região. Em 2010, no início da Paso a Paso Wines, os proprietários descobriram em El Cepillo, San Carlos, um vinhedo de 72 anos com videiras da uva Bonarda, usada por camponeses no passado na produção de vinhos artesanais e caseiros. Foi o passo inicial e primeiro vinho produzido pela dupla de enólogos.

O nome Paso a Paso inclusive não é à toa. Além da garimpagem de vinícolas esquecidas, algumas centenárias, os processos de produção do vinho, desde a colheita das uvas, passando pela fermentação, envelhecimento e engarrafamento, remetem aos processos tradicionais usados no passado, na busca por um vinho totalmente orgânico e menos industrial. Por ano, a Paso a Paso não produz mais que 5 mil garrafas, o que torna cada garrafa um item muito especial.

Agora no Brasil

A Paso a Paso Wines chega ao Brasil através de uma parceria inédita e exclusiva com a MMV Importadora. Jonas Martins, também enólogo e diretor comercial da MMV, diz que o interesse pelos vinhos da Paso a Paso surgiu desde a primeira conversa com eles: “São vinhos muito peculiares e especiais, exatamente o que procurávamos para o nosso portfólio, que tem o objetivo de trazer ao público brasileiro vinhos dessa qualidade”, ressalta Martins.

Uma das linhas trazidas pela MMV foi a Inmemorial Viñedo Ancestral, que remete às uvas “memoráveis” e chega com três blends diferentes. O Blend Blanco é um vinho branco composto por quatro uvas: a Criolla Grande e a Pedro Ximenes foram uvas trazidas pelos colonizadores espanhóis e “resgatadas” pela vinícola, a Moscatel Rosado, famosa pelos frisantes, e a Torrontés, uva que surgiu na natureza do cruzamento da Criolla e Moscatel. A combinação gera um vinho branco bastante refrescante e floral, com rusticidade, acidez elevada e boa persistência.

O Blend Rosé também é feito com as mesmas uvas do Blend Blanco, com o acréscimo da uva Bonarda, ignorada por muito tempo pelos produtores por ser considerada uma uva colonial. A Bonarda dá o aspecto rosé ao vinho, que tem aromas complexos por conta da variedade de uvas, sendo rústico em boca e com acidez marcante.

Ainda da linha Inmemorial, o Blend Tinto é composto pela famosa uva Malbec junto da Bonarda. O objetivo deste vinho é unir presente e passado, conferindo ao consagrado Malbec um toque de rusticidade que remete aos vinhos do passado na Argentina. É untuoso em boca, com alta acidez e final de boca longa.

Já a linha Barril por Barril vem em consonância com o nome da vinícola, Paso a Paso, para mostrar que todos os processos são bem trabalhados e pensados. Toda a linha é orgânica, não havendo produtos químicos na fermentação, além disso, as uvas vêm dos vinhedos “garimpados” por Norberto Páez e Sebastián Bisole. Também chegam em três rótulos diferentes.

O Barril por Barril Bonarda é composto 100% por esse tipo de uva e passa por nove meses de envelhecimento em barril de carvalho. De cor violácea, em boca é estruturado e encorpado, muito redondo, com leve amargor e rusticidade. O Gran Bonarda + Petit Verdot é produzido com um blend 80% – 20%, apresentando taninos bem domados, estrutura em boca e um final longo, com um leve toque de baunilha.

O Cabernet Franc, uva oriunda da França, tem pré-fermentação em ovos de concreto, como era feito antigamente na Argentina. Isso faz com que o gás carbônico circule naturalmente durante a fermentação e movimente o vinho, que fica sem contato com o ambiente externo. O frescor do aroma faz referência ao método, sendo longo, maduro, um vinho para guarda.

Segundo Jonas Martins, esses vinhos chegam com um ótimo preço ao mercado brasileiro, dada a extrema qualidade oriunda do cuidadoso processo de produção:

“Os vinhos Barril por Barril ficam na casa dos 200 reais a garrafa, mas facilmente competem com vinhos muito mais caros, tamanha a qualidade e valor agregado a esse produto tão especial”

Onde encontrar: os vinhos da Paso a Paso Wines podem ser encontrados no site da MMV Importadora