Arquivo da categoria: gim

Destilaria brasileira conquista medalhas em competição de bebidas mais antiga dos EUA

Neste ano, o San Francisco World Spirits Competition 2021 bateu o recorde de inscrições: foram mais de 3.500, divididas entre diversas categorias como vodkas, gin, cachaças, whiskys, entre outras

O San Francisco World Spirits Competition é um dos mais prestigiados e respeitados concursos de destilados do mundo. É também um dos mais tradicionais: é a competição de destilados mais antiga dos Estados Unidos, datando de 1980, e a segunda mais antiga do mundo. Prova de sua trajetória de sucesso foi a edição de 2021, a qual bateu o recorde de inscrições: foram mais de 3.500, divididas entre diversas categorias como vodcas, gim, cachaças, uísques, entre outras.

A Kalvelage, destilaria nacional, acaba de ser premiada três vezes na edição de 2021. Na categoria Vodka, a Kalvelage Vibe recebeu a medalha de ouro. Na categoria Gin, o ouro também brilhou, mas dessa vez com o Kalvelage London Dry Gin. Para fechar o podium, a vodca Kalvelage OAK recebeu medalha de prata, na categoria vodka flavored (saborizada).

Com isso, a destilaria soma 20 medalhas em concursos internacionais na sua trajetória, um grande feito para uma marca que nasceu no ano de 2012. Além disso, foi a primeira vez que a Kalvelage recebeu duas medalhas de ouro na mesma competição, conquistando um novo recorde pessoal para a marca.

Para os irmãos Marcos e Mauricio Kalvelage, essas novas premiações reforçam ainda mais a qualidade tão almejada em seus destilados, além de fortalecer a qualidade dos produtos brasileiros. “Ficamos muito orgulhosos com nosso resultado nessa edição. É muito gratificante ajudar a representar o Brasil no cenário internacional de destilados premium”

Informações: Kalvelage

Negroni Milanese Riposato agora também em lojas boutiques

Negroni Milanese Riposato é produzido por meio da mistura de gim, vermute e bitter descansados em barricas de carvalho “port wine casc” e de cor intensa, oferece o equilíbrio perfeito da madeira com frescor e leveza, o que torna o sabor único.

Prestes a completar um ano de estrada a grande novidade é que a marca agora está disponível para compra em mais de 20 pontos comerciais, e nas principais lojas boutiques, como Supermercado Varanda Cidade Jardim e Ponte Cidade Jardim, St.Marche, Empório Santa Maria e Eataly.

O Negroni Milanese Riposato nasceu a partir do hobby de um apreciador, Enrico Milanese, com diversos testes, ao longo de dois anos, em um barril de cinco litros, que ele realizou na própria residência. No decorrer do tempo, a qualidade chegou a um patamar que levou amigos e familiares a incentivá-lo a produzir em escala maior e disponibilizar para outros apreciadores.

Para realizar o projeto e se inserir no mercado, se uniu à Hof Microdestilaria, uma empresa boutique experiente e premiada no assunto de destilados. O nome do produto é uma homenagem à família do criador, que tem ascendência italiana. Tendo o mesmo berço do drinque, o sobrenome caiu como uma luva.

Para quem não conhece a história deste clássico da coquetelaria, ele nasceu em Florença, no ano de 1919. O Conde Camilo Negroni, em uma das inúmeras visitas ao Casoni Bar, para tomar seu regular Americano (bitter, vermutee água gaseificada), faz o pedido de uma bebida mais forte ao barman Fosco Scarselli que prontamente lhe atende substituindo a água gaseificada por London Dry Gin. Nascia o famoso Negroni em homenagem ao Conde.

O Negroni Milanese Riposato é uma bebida pronta para consumo, basta apenas acrescentar gelo e saborear. Um ponto importante a destacar é a exclusividade da bebida, que descansa dois meses em barrica de carvalho francês de vinho do porto, a qual é adicionada insumos de altíssima qualidade, com fórmula exclusiva, o que a torna sofisticada e equilibrada. Na composição leva o Gin Minna Marie, bebida premiada em 2018 com dupla medalha de ouro (Concours Mondial Bruxelles), somado aos outros ingredientes: vermute e bitter, que serão logo mais lançados no mercado.

O Negroni Milanese Riposato vem ao mercado como um presente, pois se trata de um produto premium, com produção exclusiva. Hoje, é produzido em lotes de 300 garrafas por tiragem, que são enumeradas, permitindo aos fiéis amantes que tenham uma com um número desejado.

A empresa escolhida para fazer a produção no Negroni Milanese Riposato, Hof Microdestilaria, obedece a todo o processo idealizado pela marca, e a elabora de forma única, com qualidade superior. Milanese, ao definir produção, queria estar aliado a quem tem know how de elaborar bebidas alcoólicas de alto padrão. “Eles atuam com pequenos lotes que são feitos em alambiques de cobre tipo pot still, o que nos permitiu extrair a melhor qualidade da matéria-prima e proporcionar autenticidade a cada garrafa de Negroni”, comenta.

A bebida não contém glúten, tem graduação alcoólica de 29,5°C e vem em embalagem de 700ml.

Valor – preço sugerido entre R$ 175,00 a R$ 250,00.

Pontos de Vendas: e-commerce, Supermercado Varanda Cidade Jardim e Ponte Cidade Jardim, St.Marche, Empório Santa Maria e Eataly.

Dia das Mães: celebre brindando com o melhor que a coquetelaria pode oferecer

As marcas da Pernod Ricard Brasil compartilham algum dos melhores drinks para brindar as mães

O Dia das Mães chegou e para quem está atrás de um presente especial para celebrar a data, pode encontrar boas ideias de presenteáveis aqui. A Pernod Ricard Brasil oferece não só os melhores destilados para esta data especial , mas sugestões de drinques para diversas ocasiões, seja um almoço especial para quem mora junto, ou para brindar virtualmente.

Todos os destilados citados nesta nota estão disponíveis para compra no e-commerce Drinks and Clubs com descontos especiais. Confira:

Absolut Vodka | Absolut Apeach Mimosa

Esse drinque é perfeito para datas comemorativas e momentos especiais, leve, frutado e vibrante acompanhe com petiscos leves e queijos suaves.

Ingredientes
30 ml Absolut Apeach
50 ml Sumo de laranja
90 ml Espumante Brut

Modo de prepararo
Não tem erro: em uma taça flutê adicione os ingredientes gelados. Com a ajuda de uma colher de bar mexa levemente. Aprecie!

Beefeater | Larangin Tônica

Com um toque da acidez e doçura da laranja, esse drinque faz uma mistura primorosa de gim e geleia. Quer aprender? Siga o passo a passo abaixo:

Ingredientes
50 ml Beefeater Dry
150 ml de água tônica
2 colheres de geleia de laranja
1 fatia de laranja
3 grãos de café

Modo de preparo
Espalhe geleia nas paredes de uma taça. Coloque pedras de gelo e, em seguida, despeje a dose de Beefeater. Acrescente a água tônica, a fatia de laranja e finalize com o café. Misture tudo delicadamente e sirva.

Ballantine’s | Fervo

Esse drinque cítrico, mas adocicado, é a cara de Ballantine’s, além de ser superfácil de fazer, definitivamente vale experimentar.

Ingredientes
50 ml Whisky Ballantines
25 ml de suco de limão siciliano
25 ml xarope de açúcar
3 ramos pequenos de alecrim
Água com gás gelada

Modo de preparo
Coloque diretamente no copo: o suco de limão siciliano e deixe infusionar com o whisky Ballantines. Adicione depois o xarope de açúcar e os ramos pequenos de alecrim. Complete com gelo filtrado e água com gás. Mexa bem com a ajuda de uma bailarina. Decore com um trevo de alecrim flambado sobre a receita e sirva em um copo long drink com muito gelo!

Chivas Regal | Golden Mule

O Moscow Mule todo mundo já conhece, mas nessa versão, feita com whisky Chivas XV, você vai ver que um drinque clássico pode ter suas variações – e continuar sendo único e refrescante.

Ingredientes
50ml Chivas XV
20 ml sumo de limão
15ml xarope de açúcar
10ml suco de gengibre
120ml Club Soda

Modo de preparo
Em uma caneca de cobre, adicione a dose de Chivas XV, sumo de limão, xarope de açúcar, suco de gengibre e mexa levemente. Complete a caneca com gelo, adicione o Club Soda e finalize com folhas de hortelã.

Fonte: Pernod-Ricard

Seis tipos de mães e os drinques que combinam com elas

Que mãe só tem uma, a gente sabe. Mas há características típicas que fazem com que as identifiquemos prontamente. De clássicas às mamães irreverentes, descubra o drinque que irá agradá-la e proponha o brinde neste Dia das Mães

A mãe clássica: ela gosta de transmitir uma imagem tradicional, desde o corte de cabelo até as roupas que decide usar. Como tem preferência por símbolos atemporais, que não dão brecha a erros, brinde com ela com um Kir Royal, um drinque refrescante e elegante, que combina licor de cassis Gabriel Boudier com espumante e é sempre uma escolha certeira. Modo de preparo: coloque 50 ml do licor em uma taça do tipo flute, complete com espumante e decore com frutas vermelhas. Pronto, você terá um drink sofisticado e delicioso, que nunca sai da moda.

A mãe poderosa: ela é sofisticada, vaidosa e cheia de energia. Sua presença invade todos os espaços – é conhecida e admirada na escola, no parque, nas salas médicas – e seus filhos são motivo de orgulho. Quer surpreendê-la? Aposte do drinque Carajillo 43, a união do mítico Licor 43 com café, que resulta em uma harmoniosa mistura de sabores. Modo de preparo: coloque 3 pedras de gelo em um copo baixo, 50 ml de Licor 43 e adicione 50 ml de café espresso. Misture todos os ingredientes e complete com mais gelo. Para a versão batida, basta adicionar todos os ingredientes em uma coqueteleira e bater vigorosamente.

A mãe prática: a maternidade não é algo de outro mundo e, sim, ela mais aproveita o paraíso do que padece nele. A criança caiu? Levanta que sara, sem muito tempo para os dramas. Essa mãe procura equilibrar as dores e delícias do dia a dia na criação dos filhos. Se sua mãe tem esse perfil, ensine a ela um drinque fácil e rápido como o Fizzy Peachtree. Seu principal ingrediente, o licor de pêssego Peachtree, dá o toque especial ao coquetel. Modo de preparo: sirva em uma taça de vinho com gelo 50ml de Peachtree, 10ml de suco de limão e complete com água com gás.

A mãe fitness: ela ama esportes e incentiva os filhos a praticá-los desde cedo. Ioga, natação, futebol, dança ou o que for, o importante é movimentar o corpo. A alimentação saudável também é prioridade em sua vida, por isso para brindar o Dia das Mães com ela escolha um drink sem glúten como o Stoli Moscow Mule. Modo de preparo: você irá precisar de 60 ml da vodca Stoli Gluten Free, 45 ml de suco fresco de limão, 15 ml de mel agave, 5 folhas de hortelã, 1 pedaço pequeno de gengibre macerado e água com gás. Adicione os ingredientes, menos a água, em uma coqueteleira e bata. Coe e sirva sobre gelo moído em uma caneca. Finalize com água com gás.

Dry Martini – Imagem meramente ilustrativa – DroppedImage

A mãe obstinada: ela é exigente em sua maternidade e espera o mesmo dos filhos. Quer nota 10 porque acredita que sua prole é capaz de chegar ao nível máximo do que quer que seja. Experimente oferecer a esta mãe um potente Dry Martini feito com Elit by Stolichnaya, a vodca Ultra Luxury que foi consagrada com o prêmio ‘2020 Best Vodka’. Irá combinar perfeitamente com esta mãe. Modo de preparo: coloque gelo em uma taça Martíni, e em um mixing glass; adicione 10ml de vermute branco seco no mixing class e misture por 10 segundos com uma colher bailarina, até ficar bem gelado. Pegue o copo pela base, para não esquentar, e dispense o gelo derretido; em seguida acrescente 100ml de Elit e misture por 10 segundos. Volte à taça Martíni, dispense o gelo (que estava ali apenas para gelá-la) e transfira o drinque a ela. Por fim, decore com a azeitona ou um zest de limão.

A mãe irreverente: mente aberta, não tem assunto tabu que a deixe constrangida. Procura quebrar regras na educação dos filhos, claro que com responsabilidade. Quando as crianças crescem, quer buscá-las de madrugada nas festas, conhecer seus amigos e conversar de igual para igual. Está antenada aos drinques do momento, por isso uma taça de Gin&Tonic com MOM Love – o pink gim da mulher moderna infusionado com morangos – irá conquistá-la. Modo de preparo: ofereça uma dose de MOM Gin em uma taça baloon com morangos, folhas de hortelã e muito gelo.

Dicas de Spencer Amereno para um coquetel perfeito

Head Bartender do Guilhotina bar sugere o passo a passo para caprichar e curtir com um dos drinks mais famosos

Em 9 de abril foi comemorado o Dia Nacional da Gim Tônica nos EUA. Não se sabe ao certo o motivo, mas podemos dizer que um coquetel tão saboroso e tradicional merece, sim, a própria data. E para aproveitar a comemoração, Spencer Amereno, premiado Head Bartender do Guilhotina Bar (eleito em 2019 o 15º melhor bar do mundo), sugere o passo a passo para montar o gin tônica perfeito.

Como montar o Gin & Tonic perfeito, por Spencer Amereno

=Primeiro, é preciso saber que um bom gin & tonic leva basicamente dois ingredientes, além do gelo e garnish – aquela guarnição que acompanha o coquetel. Então, certos detalhes do drinque vêm mais à tona do que em outras configurações de misturas. Pense nesta estrutura na hora de montar a sua combinação.

=Ao montar o coquetel, coloque primeiro o gelo. Sirva o gim em seguida e deixe a tônica para o final. Verta o líquido o mais perto possível do copo, sempre. A intenção é que, com gentileza, você não desperdice as microbolhas da tônica.

=Na hora de escolher o copo que será servido o drinque, lembre-se de que a taça bojuda (ou conhecida como taça balão) concentra mais os aromas do coquetel, mas na prática é mera questão cultural entre utilizar essa taça ou o copo highball, mais tradicional. Se for servir ou consumir o drinque na taça, é interessante carregar pela haste para não transferir calor com o copo e esquentar seu coquetel.

=O gelo é parte essencial do coquetel. Se quiser ser um ice expert, crie uma prateleira na parte superior da geladeira ou embaixo do freezer (algumas geladeiras já vêm com esse compartimento) para estocar suas pedras, esferas ou outros formatos. Use sempre fôrmas de silicone, pois, na mudança de estado físico de líquido para sólido, ocorre uma expansão e pode quebrá-las.

=Gosto de utilizar cítricos como garnish (casca ou fatia) nesse drinque, pois combinam super bem com gim e são muito aromáticos. Apenas tome cuidado, pois os óleos essenciais, por serem bem ácidos, podem eliminar algumas borbulhas da tônica. Use com moderação e criatividade.

Fonte: Guilhotina Bar

Comemore o Dia do Café preparando um Espresso Martini de primeira

Sócio-proprietário do Cafe Hotel, especializado em curadoria de cafés especiais, indica a receita deste novo clássico

Como todo bom amante de café sabe, todo dia é dia de curtir uma xícara de sua torra especial. Porém, 14 de abril é uma das muitas datas que celebram a bebida mais brasileira de todas. Além de vários benefícios para a saúde, o líquido que embala as nossas manhãs é extremamente saboroso e versátil. Prova disso é que a coquetelaria mundial considera incluir café em toda receita que for possível.

Assim, Caio Tucunduva, mestre de torra, especialista em cafés especiais e sócio-proprietário do Cafe Hotel, em São Paulo, sugere a combinação ideal para um dos coquetéis mais tradicionais dos bares: o Espresso Martini.

Inventado por Dick Bradsell em 1983, o drinque foi batizado, naquela época, de Vodka Espresso. De acordo com as lendas de balcão, a receita teria sido criada para uma garota, futura supermodel, que visitara Dick e pedira um coquetel que levasse café. “Como fazemos uma curadoria em cafés especiais brasileiros, sempre colhidos a mão e na safra do ano, gosto de usar gim premium nacional porque combina melhor com os os perfis que escolhemos, também brasileiros”, explica Tucunduva sobre a receita de Espresso Martini do Cafe Hotel.

Espresso Martini, por Caio Tucunduva do Cafe Hotel

Ingredientes

50 ml de gim premium nacional (recomendado Jardim Botânico)
50 ml de café espresso tirado na hora50 ml de licor de café artesanal (veja abaixo como preparar)

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira. Adicione gelo e bata vigorosamente. Em seguida, sirva em uma taça martini com a ajuda de um coador. Como preparar o licor de café artesanal: Em um pote de vidro, coloque 75 gramas de café especial moído, 300 ml de vodka orgânica (recomendada TIIV) e deixe infusionar por cerca de 60 min. Depois, passe a infusão por um filtro de café. Para finalizar, adicione o mesmo volume de xarope simples de açúcar e misture.

Fonte: Cafe Hotel

Picolé é destaque em versão refrescante de gim tônica

Chef Melchior Neto ensina a versão de um dos drinques queridinhos do momento

Durante muito tempo o gim foi considerado “bebida de velho”, nos últimos tempos ele ganhou espaço entre todas as idades e hoje é um dos destilados mais consumidos no Brasil.

Apesar de ser consumido de diversas formas, o mais tradicional é preparar o gim combinado com água tônica. Mesmo sendo um clássico, cada um tem um jeitinho especial de preparar o drinque. O chef Melchior Neto abriu o livro dos segredos e ensinou a sua versão que leva alecrim e picolé.

Gincolé por Chef Melchior Neto

Ingredientes
50ml de gim
10ml de curaçao blue
200m de água tônica
1 ramo de alecrim
1 picolé de groselha
Gelo

Modo de preparo
Em uma taça coloque o gelo e deixe resfriar por alguns segundos, em seguida coloque o gim e o curaçao. Complete com a água tônica, finalize com o picolé e o alecrim. Beba com moderação.

Gema Restaurante: Rua das Paineiras, 378 – Jardim, Santo André– SP. Telefone para reserva e delivery: 4436-3773

Aprenda a preparar Ginger: drinque feito com gim e brotos de poejo

A bebida é do premiado restaurante D’autore, de Campinas (SP)

Que tal aprender um drinque novo? Ginger é a dica do D’autore, casa especializada em alta gastronomia, localizada em Campinas, interior de São Paulo. A bebida é perfeita para saborear no verão, além ser sofisticada e refrescante.

O drinque leva gim, água tônica, suco de limão siciliano, gengibre, zimbro e refrescantes brotos de poejo, uma planta da família das plantas mentoladas como o hortelã. Confira a receita:

Ginger do D’autore

Ingredientes
50 ml de gim
110 ml de água tônica;
10 ml de suco limão siciliano;
3 fatias de gengibre;
4 bagas de zimbro;
2 brotos de poejo.

Modo de Preparo
Em uma taça de vinho coloque os brotos de poejo, as bagas de zimbro, o suco de limão siciliano e as fatias de gengibre picadas. Encha de gelo, acrescente o gim e a água tônica. Com uma colher bailarina, mexa para misturar os ingredientes. Decora com hortelã ou alecrim.

D’autore: Rua dos Bandeirantes, 313, Cambuí, Campinas (SP). Horário de funcionamento: terça a quinta: das 12h às 15h / das 19h às 22h; sexta: das 12h às 15h / das 19h às 22h; sábado: das 12h às 15h / das 19h às 22h e domingo: das 12h às 16h. Reservas: (19) 3307-3921.

Gim da Virada: aprenda a preparar o drinque da Água Doce para comemorar o novo ano

Pensando no que beber na virada de 2020 para 2021? A rede Água Doce ensina a preparar o “gim da virada”, um drinque para comemorar a chegada do novo ano. Confira:

Gim da Virada – Drinque de Ano-Novo

Ingredientes
50ml de gim
150ml de água tônica
Sementes de ½ romã
Especiarias: anis estrelado e cravo da índia

Modo de preparo
Coloque a romã no fundo da taça, cubra com gelo, coloque o gim e complete com água tônica. Decore com um ramo de hortelã.

Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 10 minutos
Rendimento: 1 taça de 300ml

Fonte: Água Doce

Leve e versátil, gim é uma ótima opção para brindar as festas de fim de ano

Para quem quer aprender como preparar algumas receitas simples e práticas, Maurício Kalvelage, um dos fundadores da Kalvelage, ensina o passo a passo

Ele conquistou o paladar dos brasileiros nos últimos anos e provou que não é apenas uma bebida passageira. Sim, estamos falando do gim que, apesar de parecer algo criado nos últimos tempos,tem origem bem mais antiga do que se imagina. Tudo começou na Holanda, no século XVII (1650), quando o professor e médico Francisco de La Boie, conhecido como Sylvius, estava tentando achar um remédio diurético capaz de suavizar problemas renais. Sendo assim, decidiu misturar o zimbro ao destilado de cereais e criou o que posteriormente ficaria conhecido como gim.

Hoje é possível encontrar diversas opções da bebida, incluindo versões nacionais, internacionalmente premiadas, como é o caso da Kalvelage London Dry Gin. Feito a partir de um destilado mundialmente premiado e produzido em Santa Catarina, na região do Vale Europeu, a bebida combina oito ervas aromáticas, com a riqueza de sabores brasileiros.

A receita é composta por zimbro, coentro, cardamomo, casca de laranja, rosas, melissa, cidrão, angélica e tem 43% de teor alcoólico. Um Autêntico London Dry Gin tem em destaque o sabor do zimbro, juntamente com notas herbáceas e cítricas, especialmente o cardamomo.

“O London Dry é o gim mais consumido e mais famoso do mundo, e sua principal característica é o aroma e o sabor marcante do zimbro, harmonizando com a complexidade criada pela seleção de botânicos, sendo permitido apenas a adição de água (para adequar o teor alcoólico) depois do processo de destilação.”, explica Maurício Kalvelage, um dos fundadores da marca.

O Kalvelage London Dry Gin é feito com 100% de cereais brasileiros e livre de açúcar e glúten. Logo na sua primeira competição, conquistou medalha de bronze no San Francisco World Spirits Competition em 2020.

Gim para todos os gostos

Tanto no verão quanto nas festas de final de ano, o gim pode ser uma boa opção para saborear durante esses períodos.

Para quem quer aprender como preparar algumas receitas simples e práticas, Maurício Kalvelage ensina o passo a passo, confira:

Gim & Tônica com chá de frutas vermelhas

Ingredientes
• 50ml de Kalvelage London Dry Gin;
• 1 Sachê de chá de frutas vermelhas;
• 150ml de água tônica

Modo de preparo
Em uma taça de 400ml coloque 50ml de Kalvelage London Dry Gin e o sachê de chá de frutas vermelhas. Espere por aproximadamente dois minutos para liberar os sabores e cor do chá. Complete a taça com gelo e finalize com 150ml de água tônica tradicional!

Gim & Tônica

Ingredientes
• 50ml de Kalvelage London Dry Gin;
• 2 fatias de limão siciliano;
• 150ml de água tônica
Modo de preparo
Complete uma taça de 400ml com gelo e adicione 50ml de Kalvelage London Dry Gin. Coloque as duas fatias de limão siciliano e finalize com 150ml de água tônica tradicional!

Fonte: Kalvelage