Arquivo da categoria: orgânico

Como montar um café da manhã low carb com opções saudáveis e deliciosas

É muito comum escutar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, e por isso, independente dos hábitos alimentares de cada um, é importante tomar um cuidado especial com a escolha dos alimentos. E para ajudar àqueles que querem montar um café da manhã saudável e reforçado com opções low carb, a startup de alimentação saudável Liv Up resolveu dar algumas dicas.

Quando se fala no método low carb, ou seja, uma rotina de alimentação baixa no consumo de carboidratos, é importante frisar que o ideal é que não seja uma alimentação restritiva. Os carboidratos não devem ser extintos, apenas reduzidos, ou em certas situações, substituídos por alternativas de índice glicêmico menor. Isso porque os alimentos ricos em carboidratos, como pães, cereais, biscoitos, massas, entre outros, além de compor uma média de 50% dos nutrientes ingeridos diariamente, são importantes fontes de energia para o organismo.

Contudo, os carboidratos. quando ingeridos, viram açúcar no organismo e o consumo em excesso pode ser prejudicial à saúde. Assim, as opções low carb surgem tanto para quem quer perder peso, quanto para quem busca se alimentar bem e reduzir as porções de açúcar.

Viviane Kim, uma das nutricionistas da Liv Up, ensina: “Ao optar por uma rotina alimentar de redução de carboidratos, é necessário suprir os gastos de energia elevando o consumo de gorduras e proteínas”.

Dessa forma, enquanto alguns alimentos são cortados, outros são incorporados para ajudar no equilíbrio nutricional de uma rotina alimentar saudável. Confira algumas sugestões que a empresa separou do seu cardápio:

Quiche low carb de frango

O quiche de frango da Liv Up tem em seu recheio um extrato de tomate que traz um sabor especial e deixa o prato mais colorido. Alguns outros ingredientes como tomilho, salsinha, e demais temperos naturais, dão um toque final que deixa qualquer um com água na boca.

Ovos cage free

Foto: Scibosnian

Importantes fontes de proteína e ricos em vitaminas, para um café da manhã low carb, uma boa opção é apostar em uma omelete com queijo branco. Na Liv Up, os ovos são cage free, ou seja, as galinhas são criadas livres gaiolas e recebem espaço e condições para viver como se estivessem na natureza.

Frutas (seleção e orgânicos)

Além de ricas em nutrientes, também aumentam a sensação de saciedade e ajudam no bom funcionamento do intestino, porém, em uma alimentação low carb, é preciso se atentar à escolha de qual fruta consumir já que algumas delas possuem bastante açúcar. Na Liv Up, as frutas podem ser encontradas na opção de cesta de orgânicos ou ainda é possível escolher morangos ou laranjas orgânicos disponíveis à parte da cesta.

Castanhas

Sunnysun0804/Pixabay

São oleaginosas ricas em ácidos graxos, potássio, magnésio e fibras, que além de serem fontes de gordura boa, ajudam na regulação do colesterol. Uma boa opção da Liv Up, principalmente para quem quer algo prático, são as castanhas-de-caju ou as castanhas-do-pará – ótimas para consumir sozinhas, ou para incrementar iogurtes e demais preparações.

Fonte: Liv Up

KaÉ Cosméticos lança linha de produtos orgânicos, naturais e veganos

Produtos usam ingredientes da flora brasileira, como cupuaçu e jambu, e são livres de parabenos, petrolato, sulfato, corantes artificiais e crueldade animal

A KaÉ Cosméticos lança nova linha de produtos com formulação baseada em ingredientes presentes na flora brasileira e embalagens ecologicamente corretas. Ingredientes tipicamente brasileiros como cupuaçu e jambu são encontrados na formulação de hidratantes corporais e sabonetes líquidos. São cinco novos produtos que já estão disponíveis na loja virtual da marca: Creme corporal hidratante com óleo de girassol e óleo essencial de May Chang; Manteiga corporal de cupuaçu e óleo essencial de May Chang, Sérum facial de Niacinamida; Sabonete líquido com extrato de Jambu, Desodorante corporal em creme com oliva, girassol e ésteres de xilitol.

A linha ainda conta com inovações cosmetológicas como Sérum Facial com 10% de Niacinamida, forma ativa da vitamina B3, que é um poderoso aliado no cuidado da pele. Além disso, é um antioxidante que mantém a hidratação da pele, combate o envelhecimento, reduz as linhas finas e rugas por promover o aumento da elasticidade cutânea, ajuda no combate à acne, regula a produção de sebo, reduz a pigmentação, ajuda na redução da sensibilidade. A vitamina B3 ainda ajuda a reduzir a perda da água, resultando em uma barreira mais forte na pele.

Todos os produtos da KaÉ Cosméticos têm atestado de cosméticos naturais, ou seja, possuem em sua formulação mais de 98% de matérias primas de origem natural. Além disso, todos os produtos são veganos, livres de parabenos, petrolato, sulfato, corantes artificiais e crueldade animal.

Creme Corporal Hidratante

O creme corporal hidratante KaÉ é usado para ter uma pele macia, hidratada e perfumada, deixando-a mais bonita e saudável. Elaborado com óleo de girassol, um óleo leve, muito rico em vitamina E, um poderoso antioxidante que tem efeito reparador de tecidos e ajuda a reduzir a perda de umidade da derme, mantendo-a hidratada e nutrida, além de suavizar e amaciar a pele. O perfume é do óleo essencial de litsea cubeba, também conhecido como May Chang, tem aroma doce e cítrico, é um excelente tonificante da pele. É conhecido como o óleo da tranquilidade, promovendo o relaxamento físico e a calma mental.

Manteiga Corporal hidratante

Mais concentrada e densa que o creme hidrante, ela trata, nutre, restaura, dá brilho e devolve a elasticidade natural da pele, inclusive nas áreas mais ressecadas do corpo. Feita com Manteiga de Cupuaçu – é um excelente emoliente que proporciona um toque agradável, maciez, suavidade e nutrição, possibilitando a recuperação de sua umidade e elasticidade natural por meio da reposição de lipídios. É considerada um “super-hidratante” por suas propriedades hidrofílicas, sendo extremamente eficaz no tratamento da pele seca, queimada ou envelhecida, e Óleo de Girassol – muito rico em vitamina E, um poderoso antioxidante que ajuda a reduzir a perda de umidade da derme, mantendo-a hidratada, nutrida, suave e macia. O perfume é do óleo essencial de litsea cubeba, também conhecido como May Chang, tem aroma doce e cítrico, é um excelente tonificante da pele. É conhecido como o óleo da tranquilidade, promovendo o relaxamento físico e a calma mental.

Sérum Facial Niacinamida 10%

A Niacinamida, forma ativa da vitamina B3, é um poderoso aliado no cuidado da pele. Extremamente versátil, seus benefícios vão desde o tratamento anti-idade, controle da oleosidade, até o clareamento de manchas. É um poderoso antioxidante que mantém a hidratação da pele, combate o envelhecimento, reduz as linhas finas e rugas por promover o aumento da elasticidade cutânea, ajuda no combate à acne, regula a produção de sebo, reduz a pigmentação, ajuda na redução da sensibilidade. A vitamina B3 ajuda a reduzir a perda da água, resultando em uma barreira mais forte na pele. Também é ótimo para condições de pele seca e oleosa: na pele seca pode ser incrivelmente restauradora, ajudando a aumentar a produção natural de ceramidas, fortalecendo a barreira da pele; para a pele oleosa, ajuda a reduzir a produção excessiva de sebo e age como um anti-inflamatório, acalmando vermelhidão e erupções cutâneas, e visivelmente reduzindo o tamanho dos poros para uma pele mais suave em geral. Finalmente, a niacinamida pode ajudar a suavizar muito as cicatrizes e a pigmentação vindas da acne a longo prazo, pois ajuda a melhorar a regularidade dos pigmentos da pele.

Sabonete líquido

O sabonete líquido KaÉ é feito com extrato de Jambu, que relaxa as tensões das fibras de colágeno e elastina que dão origem às rugas e linhas de expressão. O Jambu é rico em polifenóis, antioxidantes que atuam contra a perda de energia celular. Desenvolvido para proporcionar uma limpeza suave do rosto e do corpo. Ajudando sua pele a recuperar a energia e deixando-a revigorada, hidratada e com uma textura aveludada. É vegano e natural.

Desodorante Corporal Creme

Usado para criar uma camada protetora da pele, mantendo- a hidratada, perfumada e livre de maus odores. Ingredientes; oliva, girassol e ésteres de xilitol. O éster de xilitol é uma molécula 100% biodegradável e vegetal com alto poder antimicrobiano que combate o mau odor da pele causado pela transpiração. O desodorante natural da KaÉ Cosméticos é livre de:
-Propilenoglicol: um princípio ativo que quando absorvido pelo organismo pode causar problemas no coração, no fígado e no sistema nervoso.
-Triclosan: é usado nos desodorantes como antisséptico. Mas estudos têm mostrado que quando ele é usado por um longo tempo aumenta o risco de alergias e problemas nos músculos.
-Alumínio: em alta concentração está relacionado ao surgimento de câncer de mama, de próstata, impotência e maior risco de Alzheimer.
-Parabeno: componente que altera o equilíbrio hormonal. Estudos apontam seu risco para o câncer e efeitos acentuados de menopausa (na mulher) e andropausa (no homem).

Sobre a KaÉ Cosméticos

A KaÉ Cosméticos é uma marca criada, sonhada e desenvolvida para remeter a sensação gostosa de voltar a essência, não só pelos produtos serem naturais, respeitarem e amarem o planeta, mas por contar a história de duas amigas de infância (Karla e Elza = KaÉ) que mantiveram e dividiram suas histórias ao longo da vida. A KaÉ Cosméticos vem para lembrar o gostinho da infância, do poder da natureza e de nossos ancestrais, despertando a criança interior que habita em cada um de nós.

Informações: KaÉ Cosméticos – Site / Faceook / Instagram



Outono: conheça frutas, verduras e legumes da estação

A vitamina C presente nos alimentos da época fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados

É preciso ter atenção especial com a alimentação durante todo o ano, mas em algumas épocas, como outono, o organismo precisa de nutrientes diferenciados e alimentos que fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados por conta das temperaturas mais baixas. Uma forma de atingir esse objetivo é investir em alimentos da estação com a presença de vitamina C, que vão aumentar as defesas do corpo. Além dos benefícios para a saúde, o cliente ganha em qualidade e sabor, já que os alimentos quando colhidos no auge de sua produção têm um gosto mais acentuado.

A Boa Terra selecionou alguns alimentos da estação de outono para você incluir na sua dispensa, confira:

Silverstylus/Pixabay

Abacate: a fruta é repleta de nutrientes, além de ter fibras, potássio, magnésio e vitaminas do complexo B, K e C, ideias para o bom funcionamento do organismo. O abacate também apresenta um aminoácido chamado triptofano que ajuda na produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar no corpo.

Laranja: é rica em vitamina C, cálcio, fósforo e ferro que vai melhorar a imunidade. Os antioxidantes presentes ajudam a diminuir o colesterol, além de bloquear células cancerígenas. As fibras presentes também auxiliam na diminuição de problemas intestinais.

Banana: muito comum em todo o Brasil, é um alimento rico em vitaminas do complexo B, como B1, B2, B6 e B12 que auxiliam diretamente no sistema nervoso. A presença de ferro estimula a produção de hemoglobina, sendo indicada para o combate de anemia.

Maçã: famosa por diminuir o índice glicêmico, a fruta é rica em fibras solúveis que eliminam impurezas pelo intestino. A florizina, substância encontrada na maçã, protege o fígado contra a ação dos radicais livres, incentivando que ele elimine toxinas e excesso de gordura.

Shutterbug75/Pixabay

Limão: o suco da fruta já é conhecido por suas propriedades alcalinas e digestivas, que facilitam a desintoxicação do organismo. O limão também é rico em vitamina C e minerais como cálcio, ferro e magnésio que são importantes para a manutenção da saúde.

Gengibre: ingrediente sempre presente em chás e sucos, a especiaria ajuda a acelerar o metabolismo. Suas propriedades anti-inflamatórias e digestivas, melhoram a limpeza do intestino e a digestão de gorduras, o que facilita o trabalho do fígado.

Espinafre: as folhas apresentam boas doses de ferro, cálcio, fósforo, potássio, magnésio, fibras, proteínas, carboidratos, além de vitaminas A, K e B2. O consumo regular contribui para a saúde dos olhos e pode prevenir doenças cardiovasculares. Para a absorção de todos os minerais, é recomendado ingerir a hortaliça com alimentos ricos em vitamina C, tais como laranja, abacaxi ou acerola.

Agrião: de sabor marcante, o agrião é rico em cálcio, ferro, potássio e vitaminas A e C. A vitamina C, aliás, atua na prevenção e combate de problemas respiratórios, resfriados e gripes graças a sua ação expectorante e descongestionante. O alimento pode ser consumido como salada e também usado como complemento em carnes refogadas, sopas e caldos.

Pepino: o pepino não é somente bom para a pele, ele é rico em vitamina C, B5, potássio, magnésio, folato, fibras e antioxidantes. Composto de 90% de água, o vegetal apresenta 24% de proteína que podem beneficiar os músculos.

Além desses alimentos acima, compõem a estação: abóbora, abobrinha brasileira, ameixa estrangeira, atemoia, batata-doce, beringela, canjica, caqui, cará, carambola, cebola, chuchu, cupuaçu, ervilha-torta, figo, graviola, inhame, jiló, kiwi, lima-da-pérsia, louro, mamão, mandioca, mandioquinha, mexerica, milho, pera, pinhão, pitaya, rabanete, salsa, tangerina, tomate e uva.

Para facilitar a semana e ter sempre alimentos fresquinhos na dispensa, A Boa Terra, empresa pioneira na produção e comercialização de produtos orgânicos, entrega cestas com frutas, verduras e legumes fresquinhos na porta de casa. O cliente ainda pode personalizar ou escolher a sugestão do sítio (R$ 36,00 a R$ 124,00) – assinaturas semanais custam de R$ 50,00 a R$ 163,00. As encomendas podem ser feitas diretamente no site.

Fonte: A Boa Terra

Beleza consciente: você sabe escolher cosméticos sustentáveis?

Especialista explica termos e expressões para ajudar adeptas do consumo consciente na hora da compra

Muitas reflexões importantes vieram à tona no ano da pandemia, e uma delas foi o consumo consciente. Munidos de informação e postos a refletir sobre questões chave em decorrência das mudanças provocadas pela Covid-19, mais consumidores passaram a optar por produtos sustentáveis, que agridem menos o meio ambiente e também respeitem o bem estar dos animais. No mercado de beleza, sempre atento ao comportamento de compra, já se encontram produtos que atendem ao requisito, mas os rótulos ainda causam dúvidas entre o público.

Expressões como cosmético natural, orgânicos, veganos, biodinâmicos e cruelty free estão cada vez mais presentes nas embalagens, mas o que significam e o que está por trás da produção da elaboração dos produtos? Para ajudar, o especialista no assunto, Rafael Zarvos, especialista em Gestão de Resíduos Sólidos e fundador da Oceano Resíduos, criou um pequeno dicionário explicando tudo o que há para saber sobre os produtos eco-friendly. Confira!

Cosmético Natural – no Brasil não existe norma, portaria e nem diretrizes que regulamentem a classificação de “Cosmético Natural”. Adotamos aqui os conceitos da IBD, maior Certificadora da América Latina. Para que o cosmético possa receber um Selo de “Natural”, precisa utilizar matérias-primas naturais cujas substâncias sejam de origem vegetal, inorgânica-mineral ou animal (exceto vertebrados) e suas misturas. As matérias-primas derivadas do natural devem preferencialmente ser oriundas de insumos orgânicos. Insumos não naturais ou a partir de reações não permitidas a partir de uma substância natural, desqualifica seu uso em produtos cosméticos orgânicos ou naturais. São exemplos de matérias-primas proibidas: corantes sintéticos, fragrâncias sintéticas, polietilenoglicóis (PEGs), quaternários de amônio, silicones, conservantes sintéticos, dietanolamidas, derivados de petróleo etc. Os cosméticos naturais deverão destacar em seu rótulo quais ingredientes são naturais e/ou orgânicos e/ou oriundos de extrativismo certificado.

Cosméticos Orgânicos – baseado na sustentabilidade, usam produtos naturais e o seu manuseio não agride o meio ambiente. Precisam ser certificadas para receberem a denominação “Orgânico”. O cosmético a ser classificado como orgânico deve conter pelo menos 95% de matérias-primas orgânicas. Os cosméticos orgânicos devem destacar quais são os ingredientes orgânicos utilizados e deverão obrigatoriamente apresentar o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SISOrg) ou então o selo “IBD Orgânico”.

Cosméticos Veganos – produção que não utiliza matéria-prima de origem animal. Além disto, a empresa que cria o produto não pode fazer o teste final em animais bem como os fornecedores dos insumos devem comprovar que os ingredientes não foram testados em animais. É preciso prestar atenção na etiqueta para ver se o fabricante não está usando substancias derivadas do petróleo. Em 2013 a Sociedade Vegetariana Brasileira (SBV) criou um selo para certificar os produtos veganos.

Cosméticos Cruelty-free – produtos desenvolvidos e que não foram testados em animais. Exige-se ainda que a empresa implemente um sistema de monitoramento da cadeia de fornecedores. Atualmente existe um selo internacional, o “Leaping Bunny”,que garante que o produto é “Cruelty-Free”.Contudo, não significa que em sua composição não haja ingrediente de origem animal.

Stocksy

Cosméticos Biodinâmicos – precursor do conceito orgânico, surgiu em 1924 na Polônia com uma abordagem holística, onde o produtor utiliza os conceitos da Homeopatia e do calendário lunar para cultivar a matéria-prima que será usada na produção. A agricultura biodinâmica utiliza os mesmos meios de produção orgânica, praticando a compostagem e utilizando substâncias vegetais e minerais para fazer a adubação. A sua produção é mais restrita. É considerado uma espécie de “Orgânico Premium”. Somente são considerados biodinâmicos se tiverem o selo “Demeter”.

Oceano Resíduos

Rafael Zarvos, 44 anos, empresário carioca e defensor do meio ambiente, fundou em junho de 2019 a Oceano Gestão de Resíduos como uma forma de ajudar a população no descarte de lixo poluente de maneira correta e contribuir com a diminuição de agentes poluentes nos mares e rios. A empresa faz a gestão de resíduos e coleta inteligente, responsável pela correta destinação do lixo produzido no dia a dia. O foco é principalmente nos chamados micropoluentes, substâncias de uso comum em nosso dia a dia que constituem uma ameaça emergente à qualidade de águas, rios, lagos, reservatórios, mares e oceanos, uma vez que inexiste tecnologia para remoção destas substâncias provenientes de esgotos sanitários e hospitais, com coleta domiciliar e planos adequados para cada necessidade.

Bolo de cenoura vivo: sobremesa crua é muito saborosa e nutritiva

Essa receita plant-based é divina para dar energia na semana agitada

A alimentação viva, ou crudivorismo é um tipo de dieta baseada no consumo de alimentos crus, evitando alimentos de origem animal e alimentos processados. A dieta é simples e inclui frutas, verduras, castanhas e todos os alimentos in natura que podem ser consumidos sem precisar de cozimento. Porém, as leguminosas e os grãos devem ser germinados ou cozidos em uma temperatura de até 42º C – nunca acima disso, porque as propriedades dos alimentos devem ser preservadas.

A alimentação viva oferece alguns benefícios como, bem estar físico e mental e emocional; equilíbrio do peso corporal; melhora da qualidade do sono; rejuvenescimento da pele, cabelos e melhora da visão; melhor disposição e mais intuição para que os problemas sejam resolvidos com mais facilidade. Amélia Whitaker, empresária e entusiasta da alimentação saudável, ensina como fazer bolo de cenoura vivo. Confira abaixo:

Bolo de cenoura vivo

Ingredientes:
• 2 xícaras de cenoura ralada;
• 1 xícara de tâmaras sem caroço (demolhadas);
• 1 xícara de nozes pecan;
• ½ xícara de coco ralado fresco;
• ½ xícara de farinha de coco #homemade orgânico;
• 1 colher de chá de gengibre ralado;
• 1 colher de chá de canela em pó;
• 1 pitada de noz-moscada ralada na hora;
• Raspas de limão siciliano limão.

Modo de preparo:
Bata os ingredientes no liquidificador e leve à geladeira por aproximadamente 2 horas, em forminhas de cupcake.

Gostou da dica? Amélia Whitaker compartilha essas outras dicas no perfil dela no Instagram. As dicas podem ser acompanhadas também pela hashtag #melrecipe. Na medida do possível, opte por alimentos orgânicos para obter toda a riqueza nutricional que a alimentação crua oferece.

Onde comprar produtos frescos e orgânicos?

A Boa Terra é uma empresa delivery de produtos orgânicos que leva até você o melhor da roça e sem venenos. Há cestas montadas de diversos tamanhos e as entregas podem acontecer semanalmente ou conforme necessidade de cada pessoa.

Informações: Sítio A Boa Terra WhatsApp (19) 99169-7729. No Instagram, você pode encontrar um pouco mais da rotina dos produtores e mais receitas saborosas.

A Boa Terra ensina a preparar Sorvete de Frutas Congeladas

Aprenda como fazer um delicioso Sorvete de Frutas Congeladas que leva apenas dois ingredientes. As frutas e as demais combinações podem ser compradas e entregues em casa pelo delivery da A Boa Terra.

O sítio é um dos mais antigos na comercialização de produtos orgânicos e oferece uma série de produtos de mercearia, além de frutas, verduras e legumes que são colhidos fresquinhos semanalmente.

Confira a receita:

Sorvete de Frutas Congeladas

Ingredientes:
• 2 bananas orgânicas bem maduras e congeladas;
• ½ xícara de amoras orgânicas;
• ½ xícara de “leite” vegetal” @ataldacastanha;
• 1 ou 2 colheres de melado para adoçar (opcional).

Modo de fazer:
Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva com granola. Você pode adicionar superalimentos como maca peruana, aloe vera, óleo de coco, proteína vegetal e outros.

Fonte: A Boa Terra

Nativa SPA Orgânico: fragrância amadeirada oriental, com matérias-primas orgânicas

Um mix de sensações e muito frescor. Toda entrega olfativa usando apenas ingredientes naturais e orgânicos, foi o desafio do Boticário ao desenvolver a fragrância do seu último lançamento de cuidados pessoais, Nativa SPA Orgânico. A linha que chega às lojas com a certificação Ecocert/Cosmos, possui fórmulas e ingredientes certificados e com uma diferenciada proposta olfativa.

Desenvolvida em parceria com a renomada casa de fragrâncias Givaudan, a linha Nativa SPA Orgânico pertence à família olfativa Amadeirada Oriental e proporciona uma sensação de leveza e frescor, sem perder a identidade da marca, com muita cremosidade e sensualidade.

Todo o projeto, pioneiro no Brasil, foi um grande desafio, uma vez que a certificadora exige a utilização de ingredientes naturais e orgânicos, limitando a paleta de matérias-primas do perfumista.

“A provocação de perfumar a linha Nativa Spa Orgânico de forma natural e sustentável me inspirou por ser o primeiro projeto desta natureza no Brasil. Com a linda e única coleção de matérias-primas naturais da Givaudan foi possível traduzir o desafio em uma linda fragrância natural, sem perder a sofisticação e sensualidade da marca”, afirma Leandro Petit, que criou a fragrância em parceria com Hernan Figoli, ambos perfumistas da Givaudan.

“Além da fragrância ser 100% natural e com matérias-primas orgânicas, a linha também conta com um diferencial olfativo. Nossa intenção era não entregar uma fragrância predominantemente verde como é praticado no mercado, e sim uma experiência olfativa nível Boticário”, comenta Vanessa Machado, gerente de Cuidados Pessoais, do Boticário.

Para que a linha fosse qualificada como orgânica, a marca passou por uma exigente auditoria da certificadora Ecocert – organismo de inspeção e certificação. No Brasil, a Ecocert/Cosmos, concede o selo de produto orgânico certificado controlando os protocolos e exigências desde o plantio das matérias-primas até o fim da cadeia produtiva.

O portfólio de Nativa SPA Orgânico apresenta quatros produtos para os cuidados com a pele e cabelos. O segredinho fica por conta do nutritivo extrato de quinoa orgânica, combinado com óleos, extratos naturais e manteigas, que nutrem e dão saúde à pele e cabelos. São eles, loção hidratante nas versões 400ml e 200ml, shampoo (300ml) e condicionador (300ml).

Conheça mais sobre a certificação Ecocert e maiores informações do universo de orgânicos no blog Nativa SPA Orgânico , no site do Boticário.

Nativa SPA Orgânico Shampoo Nutritivo, 300 ml Preço: R$ 74,90

• Ingredientes orgânicos, veganos e naturais;
• Livres de sulfatos, corantes, silicones, parabenos e óleo mineral;
• Poder nutritivo do extrato orgânico de quinoa;
• Fórmula biodegradável;
• Embalagem de plástico vegetal;
• Limpa sem agredir, abrindo as cutículas.

Nativa Spa Orgânico Condicionador Nutritivo, 300 ml Preço: R$ 84,90

• Agricultura orgânica e livre de componentes químicos agressivos;
• Nutre e sela a cutícula dos fios;
• Fórmula biodegradável;
• Embalagem de plástico vegetal;
• Ingredientes orgânicos, veganos e naturais.

Nativa Spa Orgânico Loção Nutritiva 400 ml Preço: R$ 154,90

• Enriquecida com ingredientes nutritivos e hidratante;
• Deixa a pele macia, aveludada e mais saudável;
• Poder nutritivo do extrato orgânico de quinoa;
• Embalagem de PET 100% reciclado pós consumo;
• Ingredientes orgânicos, veganos e naturais.

Nativa Spa Orgânico Loção Nutritiva, 200 ml Preço: R$ 84,90

• Enriquecida com ingredientes nutritivos e hidratante;
• Deixa a pele macia, aveludada e mais saudável;
• Poder nutritivo do extrato orgânico de quinoa;
• Embalagem de plástico vegetal;
• Ingredientes orgânicos, veganos e naturais.

Nativa SPA Orgânico já está disponível em todas as lojas do Brasil e no e-commerce da marca, além do app do Boticário, disponível para as versões Android e iOS. Também é possível fazer pedidos pelo WhatsApp no número 0800 744 0010 – número oficial e seguro – diretamente na plataforma do dispositivo. Basta o cliente contatar a marca por esse número para verificar a disponibilidade na sua região. Há ainda a opção de contatar um revendedor da marca clicando aqui.

Corretivo cremoso vegano e natural: novo hit de beleza

Ingredientes naturais auxiliam no cuidado da pele e atuam como os outros

Para as apaixonadas por make e aquelas que usam só em ocasiões especiais, o corretivo é um produto muito usado, mas que pode causar dúvidas quanto ao seu uso. Como devemos fazer? Como descobrir a cor certa para o meu tipo de pele? Devo usar líquido, cremoso ou em bastão?

Diferentemente da base, que proporciona uma cobertura para uniformizar a pele, os corretivos possibilitam a correção de áreas específicas do rosto. Ele é a melhor opção para cobrir as olheiras, manchas, espinhas, entre outras marquinhas que você pode ter no rosto e causam desconforto quando não camufladas corretamente pela maquiagem.

Cores disponíveis

O destaque do momento no mundo da beleza são as opções em creme vegano e natural. A Use Orgânico, multimarcas de produtos naturais, oferece em um gama de produtos o Corretivo Cremoso da Almanati. “O produto é indicado para todos os tipos de pele, possui 9 tons de fácil aplicação, super versáteis, ricos em ativos que trazem hidratação, regeneração, proteção e um efeito calmante na pele dos olhos e do rosto”, conta José Youssef, sócio e diretor comercial da marca.

A fórmula é livre de glúten, fragrância sintética, corante sintético, estrogênio, parabenos, ingredientes sintéticos tóxicos, ingredientes geneticamente modificados. E claro, não é testado em animais nem contém ingredientes de origem animal em sua fórmula. “O produto também possui Camomila Romana que auxilia na cicatrização de espinhas, diminuição da inflamação, hidratação e regeneração da área dos olhos, além de auxiliar em casos de pele hipersensível, dermatite, psoríase e alergias”, explica.

O produto cremoso cobre melhor do que o líquido?

Vale lembrar que, a textura não define necessariamente a cobertura, isso varia muito da proposta de cada corretivo. Além também de precisarmos entender que nos cosméticos naturais:

1.Possuir ingredientes naturais, consequentemente tem uma cobertura e tempo de duração menores que os tradicionais que possuem ingredientes sintéticos;
2.Por não conter ingredientes sintéticos ou conservantes sintéticos, promessas como “12 horas de duração” ou “cobertura total” não é possível;
3.A grande vantagem é que os ingredientes naturais auxiliam no cuidado da pele enquanto você utiliza a maquiagem.

Preço sugerido: R$ 67,92

Informações/venda: Use Orgânico

Farmácia na cozinha: alimentação saudável é cultivar saúde

Mais feira e menos processados podem prevenir doenças cardiovasculares

Adotar uma alimentação saudável com mais produtos de feira e menos industrializados pode significar mais saúde e menos gastos com remédios. Essa máxima vale para pessoas de todas as idades, já que uma dieta fresca com alimentos orgânicos, além de sono reparador, atividade física e hidratação vale para qualquer um.

Para começar, a dica é eliminar a dieta monocromática e dar mais cor ao cardápio, incluindo frutas, verduras, legumes e evitar alimentos gordurosos, açucarados e ultraprocessados. Alimentos ultraprocessados, em sua maioria, apresentam muitos aditivos artificiais e uma quantidade muito alta de sódio que pode comprometer a saúde com o tempo.

Jill Wellington/Pixabay

É aquela máxima: dificilmente um problema de saúde começa de um dia para o outro. Normalmente, é o resultado de uma dieta desregrada, sedentária e com alguns vícios, como o tabagismo e o álcool. Para ser ter ideia, o infarto agudo do miocárdio, evento cardiovascular que mais mata no mundo, é responsável por mais de 100 mil óbitos por ano, em média, no Brasil. Mulheres, idosos e diabéticos precisam ficar ainda mais atentos a esses sintomas, segundo informações da Agência Einstein.

O que poucos sabem é que a maior causa de óbitos do século pode ser tratável e, em alguns casos, até revertida com alimentação. As nossas artérias podem relaxar e ficar livres de gordura quando damos prioridade para vegetais verdes, frutas e alimentos naturais e integrais. Prevenção é sempre a melhor escolha.

O chá, por exemplo, é o remédio preferido das avós. A bebida de camomila, erva doce, erva cidreira ou hortelã é capaz de acalmar as pessoas mais agitadas. Uma boa dieta deve ter vegetais frescos no almoço e jantar, sendo 70 % cru e 30% refogado ou levemente cozido. Não se esqueça do tomate, da beterraba e cenoura.

Dê preferência para alimentos fontes de proteínas mais magras e saudáveis como as de origem vegetal: feijão, lentilhas, grão de bico, ervilha, cereais integrais, sementes, castanhas e vegetais verdes escuros, procure escolher de origem orgânica. Tempere generosamente com cúrcuma, coentro, orégano, cebola e abuse do azeite. A ingestão de brócolis, por exemplo, pode reduzir o risco de câncer. Na hora da sobremesa, prefira frutas, dando preferência as cítricas, como acerola, laranja, mexerica, kiwi e abacaxi.

Você não fica sem leite? Troque o alimento animal pelo vegetal, como o de castanha-de-caju ou amêndoas produzidos pela A Tal da Castanha. A marca trabalha apenas com rótulos clean label que são aqueles produzidos apenas com ingredientes naturais, de forma sustentável e sem nenhum aditivo químico. As bebidas vegetais também atendem ao público alérgico e intolerante ao leite de vaca. Para quem não sabe, a castanha-de-caju é rica em antioxidantes que neutralizam a ação dos radicais livres, inibindo ou diminuindo o processo de estresse oxidativo, além de auxiliar na prevenção do envelhecimento celular precoce e doenças degenerativas, coronarianas e alguns tipos de cânceres.

E não se esqueça da hidratação. A regra é consumir — ao menos — dois litros de água por dia para manter o corpo em pleno funcionamento. Refletir sobre o que comemos é muito importante, assim como ter disciplina para que possamos ter momentos de prazer.

O que você acha de começar a ter uma alimentação mais saudável e alcançar o equilíbrio do seu corpo? A Boa Terra produz e comercializa de forma orgânica frutas, legumes e verduras. Há também produtos de mercearia e de primeira necessidade como arroz, feijão, café e azeite. E tem mais: as cestas são entregues na modalidade delivery quando encomendadas pelo site ou por mensagem WhatsApp.

O cliente pode personalizar ou escolher a sugestão do sítio (R$ 32,00 a R$ 115,00) – assinaturas semanais custam de R$ 50 a R$ 163 reais. As encomendas podem ser feitas diretamente no site. No Instagram, o cliente pode matar a curiosidade de como é a rotina de produção orgânica.

Sobre A Boa Terra:

A Boa Terra é pioneira na agricultura orgânica no Brasil e na entrega de cestas orgânicas na porta de casa. Em 1981 os fundadores Joop e Tini seguiram o sonho de uma sociedade e agricultura mais justa, respeitando o equilíbrio com a natureza, e o homem que produz e que se alimenta da terra. Tudo isso em uma época que a grande maioria das pessoas não sabia, nem nunca tinha ouvido falar o que era um alimento orgânico. Atualmente, centenas de famílias são atendidas por semana na grande São Paulo, Ribeirão Preto e cidades mais próximas ao Sítio.

Danoninho caseiro e saudável com quatro ingredientes

O grande protagonista desta receita é o inhame

Todo mundo, independente da origem, possui uma memória afetiva relacionada à comida. Seguindo esse pensamento, temos certeza de que você tem alguma lembrança com relação ao danoninho, já que o alimento era servido como sobremesa após o almoço ou depois de daquela farra entre os amigos.

Pensando nisso, o Sítio A Boa Terra separou uma receita de danoninho usando o inhame como grande protagonista por apresentar uma série de nutrientes que vão ajudar na prevenção de doenças do coração, além de fortalecer os ossos e melhorar a saúde. Confira o passo a passo.

Danoninho de Inhame

danone morango inhame

Ingredientes:
• 2 inhames grandes cozidos e sem casca
• 250g de morango
• Leite de coco a gosto
• Mel a gosto

Preparo:
Bata no liquidificar os inhames, os morangos e o leite de coco até ficar homogêneo. Em seguida, adoce com mel. Deixe na geladeira por pelo menos uma hora e consuma gelado.

Sobre A Boa Terra

O Sítio A Boa Terra é um dos pioneiros na agricultura orgânica no Brasil e na entrega de cestas orgânicas na porta de casa. Em 1981 os fundadores Joop e Tini seguiram o sonho de uma sociedade mais justa e uma agricultura também mais justa, mais em equilíbrio com a natureza, com o homem que produz e que se alimenta da terra. Tudo isso em uma época que a grande maioria das pessoas não sabia, nem nunca tinha ouvido falar o que era um alimento orgânico. Atualmente, centenas de famílias são atendidas por semana na grande São Paulo, Ribeirão Preto e algumas cidades mais próximas ao Sítio.