Arquivo da categoria: pães

Confira duas receitas para aproveitar o outono em casa

As marcas Wickbold e Seven Boys apresentam dois preparos práticos e aconchegantes, que são ideais para o tempo seco e frio desta estação

Com um clima mais frio, o outono é ideal para os consumidores aproveitarem a quarentena com receitas saborosas e momentos aconchegantes em família. Diante disso, a Wickbold, que detém a marca de mesmo nome e a Seven Boys, apresenta dois preparos para o período.

Com um tempo médio de apenas 20 minutos para ficar pronto, o primeiro é o Brie dentro do pão, que é feito com o Fermentação Natural Wickbold e mais dois ingredientes somente. Enquanto isso, o segundo é o mini Sanduíche de Outono, que traz as Bisnaguinhas Seven Boys recheadas com salada fria de carne desfiada.

Confira tudo abaixo

Brie dentro do pão (Wickbold)

Ingredientes:
1 pão Fermentação Natural Wickbold
1 queijo brie
Alecrim fresco a gosto

Modo de Preparo:
Retire a tampa do pão Fermentação Natural Wickbold. Reserve. Corte o queijo brie ao meio e recheie o pão. Leve ao forno a 180ºC por 15 minutos ou até o queijo dourar e derreter. Corte a tampa do do pão em cubinhos e asse até ficarem crocantes e douradas. Finalize com alecrim e sirva em seguida!

Rendimento: 6 porções
Tempo médio: 20 minutos
Dificuldade: fácil

Sanduíche de Outono (Seven Boys)

Ingredientes:
Bisnaguinhas Seven Boys
1 quilo de músculo (limpo e em cubos grandes)
2 cebolas
2 dentes de alho picados
4 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de vinagre
Óleo para refogar
Cheiro verde
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo:
Tempere os pedaços de músculo com sal, pimenta-do-reino e alho. Pique 1 cebola em cubinhos e reserve. Em uma panela de pressão com um fio de óleo, refogue os pedaços de músculo com a cebola em cubos. Cubra com água (2 dedos acima da carne) e cozinhe por 25 minutos (a contar da pressão) ou até que a carne fique macia. Espere esfriar e desfie os pedaços. Guarde este caldo para outros preparos que desejar (pois ele tem muito sabor). Tempere a carne desfiada, com 1 cebola cortada em lâminas finas, o azeite, o vinagre e cheiro verde. Caso ache necessário, ajuste o sal. Conserve em geladeira.

Montagem:
Corte as bisnaguinhas ao meio, sem separá-las totalmente. Recheie cada uma com uma porção de salada fria.

Rendimento: 3 porções
Tempo médio: 30 minutos
Dificuldade: fácil

Fonte: Wickbold

Pãodemia: criatividade e sabor sem sair de casa – e-book ensina a fazer pães coloridos

A jornalista e padeira Camila Ribeiro lança, pela plataforma digital do Atelier Gourmand, o e-book que ensina a fazer pães artesanais coloridos

Durante a quarentena, a busca pelo termo “como fazer pão” teve um aumento de 72%. Inspirados por ter mais tempo em casa, muita gente resolveu botar a mão na massa de verdade. Para alguns, a incursão se tornou um hobby de fim de semana; outros, vestiram a camisa de ‘padeiro’ e se aventuraram pelas receitas, passando a vender pão por aí. Esses comportamentos deram origem a uma verdadeira “pãodemia”.

Na percepção da jornalista e padeira Camila Ribeiro, o produto sempre encantou a humanidade e foi ganhando características próprias a cada contexto social. Hoje, por exemplo, nada mais contemporâneo do que os pães coloridos e saudáveis – tema do e-book que ela está lançando pela plataforma digital do Atelier Gourmand.

“A mistura de água e farinha resulta em um dos alimentos mais antigos do mundo: o pão. E é algo unânime por aí: todo mundo gosta de pão. Nem por isso ele tem de ser consumido sempre da mesma maneira. Dá para criar infinitas receitas e experimentar adicionar ingredientes, como vegetais e frutas, para dar mais cor e sabor aos pães de todo dia. Pensando nisso, elaborei receitas de pães coloridos, em formatos diferentes, rústicos, feitos com fermento natural. As possibilidades são infinitas”, afirma Camila, acrescentando que quem entrou nessa onda de fazer pão em casa admite que virou mais do que um bom negócio, mas uma terapia também.

No e-book, suco de beterraba, pó de cacau, purê de cenoura e uma colher de spirulina se tornam ingredientes para belas e saudáveis receitas. Camila – autora do perfil Bread Social Club – traz 18 receitas de pães de levain coloridos naturalmente. Camila conheceu os pães de fermentação natural em 2018, mas só no ano seguinte começou a fazê-los em casa para os amigos.

Desde então, prepara pães e pizzas por encomenda, além de outras experiências com levain. Em 2019, criou o perfil @breadsocialclub no Instagram, como um lugar para #breadlovers de verdade. A proposta é conectar pessoas por meio do pão artesanal e ser um laboratório de pães de levain. Foi assim que surgiu a ideia dos pães coloridos. É pão sempre, mas com algo diferente. Cada combinação, uma paleta de cores e de sabores. Dos ingredientes naturais aos artificiais, contando os prós e os contras de cada um e ainda um capítulo inteiro dedicado a dobras e modos de servir, combinando cores, texturas e sabores. Assista ao vídeo de uma das receitas do e-book: Pão de levain e cenoura, do Bread Social Club.

Pães Coloridos
Total de Receitas: 49
Páginas: 105
Preço do e-book: R$ 24
Instagram: @breadsocialclub

Informações: Tá Na Mesa

Bullguer lança, em parceria com a Bauducco, opções para lanche da tarde e caixa vegetariana

A partir de R$ 10, lançamentos da rede de hamburguerias pioneira em smashburguer trazem ingrediente especial, os Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural

Inovação e combinações descoladas são constantes no cardápio do Bullguer, rede de hamburguerias pioneira em smashburguer. Para oferecer novas opções com ótima relação qualidade/benefício para os consumidores, a rede lança, em parceria com a Bauducco, o Smash Club e Cheese Club, sanduíches montados com os Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural, tostados e ideais para pedir como lanche da tarde, todos os dias da semana.

Batizado de Smash Club (R$ 16), o novo lanche da casa leva o smashburguer, blend de 100 g preparado com carne fresca 100% Angus, e creme de queijo no pão de forma tostado. Para os apaixonados por queijo, o Cheese Club (R$ 10) traz a combinação clássica do Pão Bauducco Fermentação Natural Tradicional com um delicioso creme de queijo, opção que agrada os vegetarianos.

“Criamos o Cheese Club e Smash Club com o objetivo de ampliar as opções acessíveis do nosso cardápio”, afirma Catia Moura, gerente de marketing da rede Bullguer, destacando que todos os ingredientes foram selecionados para oferecer uma refeição simples e saborosa, que agradasse todas as faixas etárias.

Um dos segredos da combinação dos novos lanches é o Pão Bauducco de Fermentação Natural, feito com a tradicional massa madre da marca, que foi trazida da Itália ao Brasil, há 70 anos, pelo fundador da empresa. “Estamos felizes em anunciar mais uma grande parceria cheia de sabor, que mostra ainda mais a versatilidade dos Pães Bauducco feitos com Fermentação Natural, que possuem a mesma massa madre utilizada há anos nos Panettones e, agora, em uma nova receita que une aroma, textura e sabor, oferecendo um produto leve e macio”, afirma Juliana Corá, grouper de Marketing da Bauducco.

Os novos sanduíches estão disponíveis para consumo no salão, retirada para viagem e via delivery pelo aplicativo da Rappi. O Bullguer conta com cerca de 30 unidades localizadas em São Paulo, Campinas, Santo André, Tamboré, Cotia, Jundiaí, São José dos Campos, Santos, Rio de Janeiro (Ipanema), Belo Horizonte (Vila da Serra e Centro) e Brasília (Venâncio Shopping e Bloco C/410 Sul).

Bullguer na Caixa Vegetariano

Após lançar no ano passado o Green One, hambúrguer vegetariano que é sucesso no cardápio, o Bullguer apresenta neste mês o Bullguer na Caixa Vegetariano. A novidade para três a quatro pessoas inclui dois Cheese Club (feitos com o Pão Bauducco Fermentação Natural Tradicional, com as fatias tostadas e recheadas com creme de queijo), um Green One (hambúrguer de falafel com coentro, coleslaw, picles de rabanete e ovo montado no pão personalizado com carimbo exclusivo), um Cheese Please (pão, carne, queijo, picles e molho) e acompanhamentos de três Crinkles (batatas temperadas com páprica) e três maioneses da casa. O box está disponível pelo valor de R$ 99 via Rappi, para retirada e para viagem, nas unidades Bullguer espalhadas pelo país.

Delivery

Para pedidos feitos via delivery da Rappi, os clientes terão desconto no valor do lanche e bebida, que será vendido das 15h às 18h. Cada Smash Club + Refri Lata 220ml, sai de R$ 22 por R$ 18. Cada Cheese Club + Refri Lata 220ml, sai de R$16 por R$ 12,99.

Nos pedidos para consumo no salão ou retirada para viagem, os clientes podem pedir o Cheese Club e Smash Club em qualquer dia da semana ou horário.

Receitas de Natal: confira quatro sugestões Wickbold para a ceia

Para ajudar as famílias brasileiras na comemoração de fim de ano, as marcas Wickbold e Seven Boys apresentam preparos práticos e saborosos à base de pão

O ano de 2020 marca um período de incertezas diante do avanço da Covid-19. Agora, com as últimas notícias sobre a vacinação e a proximidade com o Natal, as famílias têm a oportunidade de ter uma noite mais tranquila e recheada de esperança. Para levar bem-estar aos lares brasileiros durante a ceia, a Companhia Wickbold, detentora da marca de mesmo nome e da Seven Boys, traz quatro receitas para a ocasião.

A primeira sugestão da Wickbold é a entrada Do Seu Forno Integral com cebolas caramelizadas e sálvia, opção para quem segue rituais de fim de ano, pois contém a planta famosa por trazer boa sorte. Enquanto isso, a segunda, chamada Do Forno Cremoso de Natal, é ideal para comer durante o jantar, pois conta com o espinafre e o pão Do Forno Grãos Ancestrais na lista de ingredientes.

Já a Seven Boys chega com duas propostas que prometem agradar toda a família: as Renas de Mini Panettones sabor gotas de chocolate, que levam o produto de mesmo nome recém-lançado pela marca e prometem mais diversão para a ceia; e a Banoffee Tone, sobremesa rápida e natalina, feita com o lançamento Panettone de Churros para trazer uma explosão de sabores irresistíveis.

Confira todos os passos abaixo:

Do Seu Forno Integral com cebolas caramelizadas e sálvia (Wickbold)

Ingredientes:
· 1 embalagem da mistura para pão – Do Seu Forno Integral
· 2 cebolas
· Folhas de sálvia a gosto
· Sal a gosto
· Pimenta-do-reino a gosto
· Azeite

Modo de Preparo:
Corte as cebolas em lâminas. Em uma panela e com o fogo baixo, coloque um fio de azeite e refogue as cebolas com o sal e a pimenta, mexendo sempre até começarem a dourar levemente. Desligue o fogo e acrescente as folhas de sálvia picadas. Deixe esfriar para usar.

Montagem:
Prepare a massa de pão conforme as instruções da embalagem. Para modelar, divida-a em 12 porções. Com a mão, vá abrindo cada uma e dê formato circular. Recheie com o refogado de cebolas, depois feche bem a massa apertando com os dedos e modele em pequenas bolas. Distribua na assadeira, deixando um espaço entre os pães. Após o período de descanso da massa já recheada, com o auxílio de uma tesoura, faça dois cortes no topo de cada pão em formato de X. Leve para assar.

Rendimento: 12 porções

Do Forno Cremoso de Natal (Wickbold)

Ingredientes:
· 1 dente de alho descascado e amassado
· 1 colher (sopa) de azeite
· 4 xícaras (chá) de folhas de espinafre picadas
· 1 colher (sopa) de amido de milho
· 2 xícaras (chá) de leite
· 1 colher (café) de sal
· Pimenta-do-reino preta moída a gosto
· 4 fatias de pão Wickbold Do Forno Grãos Ancestrais rasgados grosseiramente
· 4 colheres (sopa) de parmesão ralado

Modo de Preparo:
Em uma panela, refogue o alho no azeite, acrescente o espinafre e faça a mesma coisa rapidamente. Dissolva o amido de milho no leite e junte ao espinafre. Depois, misture continuamente até ficar com consistência de creme. Tempere com o sal e a pimenta. Agora, acomode o pão no fundo de um refratário próprio para forno e cubra com o creme de espinafre. Salpique o parmesão e leve para gratinar em forno alto por, aproximadamente, 15 minutos, até dourar. Sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Preparo: 35 minutos

Renas de Mini Panettones sabor gotas de chocolate (Seven Boys)

Ingredientes:
· Mini panetone Seven Boys Gotinhas de chocolate
· Pasta de amendoim
· Cereja em calda
· Pretzel
· Confeitos de chocolate

Montagem:
Corte o mini panettone Seven Boys em fatias e posicione no prato. Passe sobre ele uma camada de manteiga de amendoim. Use uma cereja para o nariz, centralizando na fatia. Faça os olhos com confeitos de chocolate e finalize com os pretzel formando os chifres.

Banoffee Tone (Seven Boys)

Ingredientes:
· 1 panettone churros Seven Boys
· 200g de doce de leite
· 200g de banana nanica madura e firme
· 150ml de creme de leite fresco batido em ponto de chantilly
· Raspas de chocolate a gosto

Modo de preparo:
Retire o papel que envolve o panettone. Corte em 3 fatias horizontais. Sobre a primeira fatia coloque cerca de 3 colheres (sopa) de doce de leite e metade da banana. Repita o processo e finalize com o topo do panettone. Cubra com o chantilly e as raspas de chocolate. Sirva em temperatura ambiente ou com 30 minutos de geladeira.

Dica: Se preferir elimine o chantilly e unte o topo do panettone com o doce de leite e salpique com as raspas.
Rendimento: 6 porções

Fonte: Wickbold

Pão na Chapa e bolos tradicionais brasileiros são novidades Artesano

Pullman e Plusvita reforçam seu pioneirismo com o lançamento do primeiro Pão na Chapa da categoria. A versão de pão mais amada dos brasileiros agora nas fatias grossas e o sabor incomparável de Artesano. Para complementar o portfólio caseiro da companhia, para o estado de São Paulo, Pullman apresenta a nova linha de bolos Artesano – redondos, macios e fofinhos como feitos em casa – nos sabores: Cenoura e Chocolate com sachê de chocolate, Coco, Fubá e Banana.

De acordo com a pesquisa feita pelo instituto Mindminers, em 2019, com homens e mulheres com idades entre 25 e 54 anos, de diferentes Estados do País, o pão na chapa é o sabor preferido de 57% dos brasileiros.

“Artesano tem pioneirismo em seu DNA, assim como a primeira marca a levar o pão artesanal para a casa dos consumidores, com praticidade e versatilidade, este ano, lança a versão Pão na Chapa, o mais pedido nas padarias para a mesa dos brasileiros. Suas principais características são maciez, fatias grossas, aroma suave e sabor inconfundível. Além do pão, observamos a oportunidade de expandir o portfólio de bolos Pullman por meio de uma linha caseira com sabores tradicionais da cultura brasileira”, comenta Alejandro Lacorte, diretor de marketing e inovação da Bimbo Brasil.

Artesano Pão na Chapa chegou nas regiões Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Sul do paí. Já as cinco novas opções de bolos foram apresentadas primeiramente para o estado de São Paulo, sendo estendidas posteriormente para outras regiões brasileiras.

Já fez seu pão caseiro? A Gomes da Costa sugere três receitas

Muita gente está fazendo ou aprendendo a fazer pães em casa. Já fez o seu? A Gomes da Costa sugere três: Pão com Sardinhas, Azeitonas e Cebola; Pão Integral Recheado de Patês de Salmão e Pão de Sardinha com Curry. Escolha o seu. E depois faça os outros também. Confira abaixo o passo a passo do preparo.

Pão com Sardinhas, Azeitonas e Cebola

Ingredientes
• Meia xícara (chá) de leite (120ml)
• 2 ovos
• Meia xícara (chá) de óleo (120ml)
• 1 lata de Sardinha com Molho de Tomate Gomes da Costa (125g)
• 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 colher (chá) de sal
• 1 cebola pequena picada
• 2 colheres (sopa) de azeitona preta picada
• 1 colher (sopa) de fermento em pó
• Orégano a gosto

Modo de Preparo
Em uma tigela, junte o leite, os ovos, o óleo e o molho de tomate da Sardinha. Misture bem. Acrescente a farinha e o sal. Misture novamente. Adicione a cebola, a azeitona e as Sardinhas Gomes da Costa. Por fim junte o fermento. Despeje a massa numa fôrma de bolo inglês (cerca de 22 x 11cm) untada e enfarinhada. Polvilhe orégano por toda a superfície da massa. Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 40 minutos ou até que enfiando-se um palito na massa este saía limpo. Desenforme e sirva morno ou frio.

Dica do Chef: ao juntar as Sardinhas, procure não quebrá-las muito para que se mantenham em pedaços no pão.
Variação: use fatias desse pão para montar um delicioso sanduíche.
Preparo: 55 minutos.
Rendimento: 10 porções.

Pão Integral Recheado de Patês de Salmão

Ingredientes
• 1 colher (chá) de fermento biológico seco (2,5g)
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo (150g)
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral fina (150g)
• 1 colher (chá) de sal
• ¾ xícara (chá) de água morna (180ml)
• 1 colher (sopa) de alecrim fresco picado
• Cerca de 1 colher (sopa) de óleo para untar
• 1 clara + 1 colher (sopa) de água
• 2 embalagens de Patê de Salmão Gomes da Costa (150g)

Modo de Preparo
Junte os ingredientes secos, misture e reserve. Acrescente lentamente a água morna na mistura de ingredientes secos, mexendo com uma colher até obter uma massa homogênea. Junte metade do alecrim. Quando a massa ficar pesada demais para ser mexida com a colher, vire sobre uma superfície enfarinhada e trabalhe em movimentos de vai e vem, até soltar das mãos, ficar elástica e bem lisa (cerca de 5 minutos). Unte uma bacia com óleo, coloque a massa em formato de bola, unte a massa e cubra com um pano de prato. Deixe crescer até dobrar de tamanho. Vire a massa sobre uma superfície polvilhada e trabalhe, para que o pão tenha uma textura mais uniforme. Divida a massa em 14 porções. Abra cada porção e recheie com o Patê Gomes da Costa. Feche novamente a massa e dê a ela o formato de uma bolinha. Numa assadeira redonda baixa, junte as bolinhas lado a lado em formato de flor, isto é, 2 a 3 bolinhas no centro e o restante fazendo a volta do círculo (deixe um pequeno espaço entre as bolinhas para que a massa possa crescer). Pincele com a clara misturada com a água e polvilhe o alecrim. Asse em forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 40 minutos.

Rendimento: 1 pão em formato de flor
Dica do Chef: para que a massa cresça com mais facilidade, coloque-a em local abrigado de vento (dentro do forno morno desligado). A massa deve ser untada com óleo para que sua superfície não resseque.
Variação: substitua o Patê de Salmão por Patê de Atum.
Preparo: 65 minutos.
Rendimento: 7 porções.

Pão de Sardinha com Curry

Ingredientes
• Meia xícara (chá) de leite
• 2 ovos
• 2 colheres (sopa) de óleo
• 1 a 2 latas de Sardinha com Óleo Gomes da Costa (125g)
• 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 colher (chá) de sal
• Cerca de 1 colher (chá) de curry
• 1 cebola pequena picada
• 3 colheres (sopa) de azeitona verde picada
• 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo
No liquidificador junte o leite, os ovos, o óleo e o óleo da sardinha. Bata por cerca de 1 minuto. Numa tigela coloque a farinha, o sal e o curry. Junte a mistura do liquidificador e misture bem. Adicione a cebola, a azeitona e o fermento. Misture. Por último junte as Sardinhas Gomes da Costa. Despeje a massa numa fôrma de bolo inglês ( com cerca de 22×11 cm) untada e enfarinhada. Leve a fôrma ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 45 minutos ou até que enfiando-se um palito na massa este saía limpo. Espere amornar e desenforme.

Dica do Chef: ao juntar as Sardinhas, procure não quebrá-las muito para que se mantenham em pedaços no pão. Se for usar 2 latas elimine as 2 colheres (sopa) de óleo da receita, use somente o óleo das sardinhas.
Variação: este pão pode ser feito em assadeira e cortado em quadrados.
Preparo: 60 minutos.
Rendimento: 10 porções.

Fonte: Gomes da Costa

Dia Mundial do Pão: receitas práticas e saudáveis para celebrar

Com diferentes composições, sabores e texturas, o pão é um dos alimentos mais tradicionais do mundo, seja como prato principal ou acompanhamento

Hoje, 16 de outubro, é celebrado o Dia Mundial do Pão, data instituída em 2000, em Nova York, pela União Internacional de Padeiros e Afins, para homenagear este que é um dos alimentos mais populares nas mesas de todo o mundo, e que se adapta às diferentes culturas e hábitos diários. Seja ele francês, sírio, australiano, italiano ou de forma, o pão leva em sua composição ingredientes básicos, como água, sal e trigo. Contudo, com o passar dos anos, as receitas foram aprimoradas, levando ingredientes mais saudáveis e completos, também com opções como integral e sem glúten.

Segundo a engenheira de alimentos Amanda Roman Guedes, há algumas combinações que podem deixar o prato mais saudável e nutritivo. “Pão é um alimento muito versátil. Contudo, como ele é normalmente feito com a farinha branca, que perde grande parte dos nutrientes no processo de refinamento, ele não é um alimento muito rico em nutrientes. Por isso vale a pena testar opções mais saudáveis, saborosas e menos calóricas. Outra alternativa é buscar no mercado opções prontas, como pães sem glúten, por exemplo”, explica a engenheira de alimentos da Jasmine Alimentos.

Além das receitas para fazer pães, há também possibilidades que levam o pão já pronto como ingrediente, seja como prato principal ou acompanhamento. Confira três opções de receitas:

Pão lowcarb de frigideira

Ingredientes:
• 1 colher de farinha de linhaça dourada Jasmine;
• 1 colher de farinha de linhaça marrom Jasmine;
• 1 colher de farinha de chia Jasmine;
• 1 ovo inteiro;
• 1 colher de óleo de coco extravirgem;
• 1/2 colher de café de fermento em pó;
• Ervas secas a gosto;
• Pitada sal e pimenta-do-reino.

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes até a massa ficar homogênea. Pode ser com garfo mesmo. Preaqueça a frigideira e despeje. Deixe dourar dos dois lados em fogo médio e a receita está pronta. A receita pode ser combinada com uma variedade de recheios, como de carne, frango, queijo, legumes ou maionese de tofu.

Brusquetas

Ingredientes:
• 1 abobrinha;
• ½ xícara de tomate cereja;
• Azeite a gosto;
• Orégano a gosto;
• Sal a gosto;
• ¼ de xícara de molho de tomate tradicional orgânico Jasmine;
• 1 pacote de pão sem glúten multigrãos Jasmine.

Modo de preparo:
Em uma panela refogue o molho de tomate com os legumes selecionados. Pegue o pão Multigrãos, coloque em uma forma e os disponha sobre ela. Coloque os legumes refogados por cima do pão e leve ao forno por 20 minutos na temperatura média. Em seguida estará pronto para servir!

Farofa de Repolho e Mix de Soja

Ingredientes:
• 1 colher de sopa de azeite de oliva
• 3 xícaras de repolho verde cortado
• 4 colheres de sopa de manteiga ghee ou azeite
• Pão Sem Glúten Jasmine Tradicional Fatiado
• Mix de Soja Natural Jasmine
• Sal Atlantis Jasmine
• Cebolinha verde picada
• Pimenta-do-reino preta

Modo de Preparo:
Torre e processe o pão sem glúten até virar uma farinha e reserve. Em seguida esquente 1 colher de sopa de azeite de oliva. Coloque o repolho e refogue por 4 minutos até amolecer. Tempere com sal e pimenta e acrescente o ghee e a farinha de pão sem glúten, mexendo por mais uns 5 minutos até secar bem. Finalize com o mix de soja, o sal e a cebolinha verde.

Fonte: Jasmine Alimentos

Dia Mundial do Pão: chef de padaria artesanal incentiva o consumo do “pão de verdade”

Pascal Abadie da boulangerie Jules L’art du Pain, com duas unidades na capital paulista, explica em detalhes porque o pão com fermentação natural pode fazer um bem danado para sua saúde

O pão é um dos alimentos mais consumidos no dia a dia, em todos os países do mundo. Na data em que se celebra o Dia Mundial do Pão (16), o chef Pascal Abadie, da Jules L’art du Pain, boulangerie artesanal francesa, mostra por que o produto deve fazer parte do cardápio das pessoas. Ele quebra vários paradigmas — ao dizer, por exemplo, que o pão não deve ser encarado como o vilão das dietas. Na conversa abaixo, o chef explica detalhes importantes sobre a fermentação natural e mostra porque esse estilo de panificação traz, sim, grandes benefícios para a saúde. Veja abaixo o que ele diz:

P: Pascal, você defende o “pão de verdade”. O que seria isso?

Pascal: Aqui na Jules, a gente produz o pão com fermentação natural e ingredientes selecionados. As diversas farinhas que usamos (trigo, centeio, sarraceno, espelta…) são uma fonte importante de carboidratos complexos, fibras, proteínas vegetais, vitaminas e micronutrientes. Mas é preciso lembrar, que por aqui, no geral, as técnicas, o material e as matérias-primas usadas para panificação não seguiram a evolução que houve no mundo da panificação nos últimos 30 anos. Por isso, nós fazemos questão de mostrar que temos tudo aqui no Brasil para mudar isso e demonstrar que o pão não é vilão da dieta. Quando ele é produzido com rigoroso processo, equipamentos modernos permitindo longas fermentações e seleção de matérias primas de qualidade, ele carrega uma série de vantagens.

P: Qual o segredo dos ingredientes dos pães da Jules?

Pascal: As nossas massas são batidas lentamente e preservam os carboidratos complexos das farinhas. Esses carboidratos são digeridos aos poucos pelo organismo e fornecem a energia necessária para o dia a dia. Os pães com fermentação natural têm um índice glicêmico baixo e são aliados de dietas. As fibras presentes nas farinhas em nossos produtos ajudam a melhorar o trânsito intestinal, evitando constipação e reduzindo o risco de câncer de cólon. Os produtos da Jules contém entre 10% e 13% de proteína vegetal, fazendo dele o alimento cerealista mais rico em proteína. Vale também ressaltar que nossos pães são feitos apenas de farinha, água e sal e, por isso, são produtos veganos.

P: Como é feita a fermentação natural da Jules?

Pascal: O grande diferencial dos pães da Jules é a fermentação natural ou levain, em francês. Esse levain é criado ao misturar água, farinha e suco de uma fruta fermentada (como maçã ou uva) e deixar a combinação exposta aos microrganismos presentes ao nosso redor: na farinha, na água, no ar e até no recipiente onde o pão é feito. Esse processo faz parte da Jules em, praticamente, todos os nossos pães. Nossos produtos são produzidos com farinha 100% naturais, sem nenhum aditivo ou melhorador artificial. Aqui na boulangerie, os pães ficam entre 24 e 48 horas em processo de fermentação natural.

P: Quais são os principais benefícios da fermentação natural para a saúde?

Pascal: O fermento natural apresenta vários benefícios. O mais importante é que ele torna os pães muito mais digeríveis. O fermento natural é ácido e, durante o longo processo de fermentação em nossas câmaras, a massa tem seu PH diminuído e desenvolve uma acidez que ajuda na pré-digestão do glúten. Dessa forma, pessoas que são mais afetadas por pães industrializados e quem não é celíaco pode comer pães de fermentação natural com mais prazer e segurança. O beneficio mais imediato é o sabor muito mais agradável e sutil do que o pão de fermento comercial. O levain também cria uma crosta mais crocante e grandes buracos no miolo do pão, trazendo um aspecto rústico. O pão de fermento natural também pode ser conservado por muito mais tempo do que o de fermento comercial. Enquanto um pão rústico, de fermento natural, dura até uma semana, pães comerciais perdem a textura e o sabor em menos de um dia.

P: O pão no Brasil não é tão valorizado quanto na França?

Pascal: Verdade. Aqui no Brasil, em muitas ocasiões, o pão é cortado do cardápio diário das pessoas. Na França, o pão de fermentação natural já está em um patamar em que ele está sendo, até mesmo, indicado em dietas de emagrecimento como o pão 100% integral ou o pão rústico. Entendemos que um dos nossos papéis, aqui no Brasil, é o de conscientizar as pessoas de que o pão tem um valor nutricional fantástico.

Jules L’art du Pain:

Moema: Al. dos Anapurus, 942. Tel. (11) 5055-4537 e (11) 98090-5050.
Vila Nova Conceição: R. Afonso Braz, 355, Tel.: (11) 3848-9206 e (11) 96739-6909.
Obs.: Também pode ser encomendado pelo aplicativo da Jules, disponível para Android e IOS
.

Wickbold lança linha de pães especiais inspirados nas mulheres

Disponível nas versões exclusivas +Cálcio, +Proteína e +Fibras, Wickbold+ oferece ingredientes funcionais e fundamentais para uma rotina alimentar completa e mais equilibrada

A Wickbold inova mais uma vez e apresenta a nova linha Wickbold+, disponível nas versões +Cálcio, +Proteína e +Fibras. O lançamento oferece benefícios nutricionais e funcionais inspirados no principal público da marca: as mulheres.

“Por meio de um aprofundamento em pesquisas, como ponto de partida, entendemos as principais necessidades das mulheres. Posteriormente, com base em estudos feitos pela nossa assessoria nutricional, avaliamos também ingredientes funcionais e os seus perfis nutricionais, além de sua aplicação nos pães. O resultado foi uma linha inovadora e funcional, cujo portfólio foi pensado de forma a complementar a jornada do público. Estamos satisfeitos com o resultado e temos o objetivo de fortalecer a linha a médio prazo”, explica Denise Pacheco, Coordenadora de Marketing.

“O propósito da Wickbold é nutrir e inspirar pessoas para uma vida mais equilibrada e, com o lançamento da Linha Wickbold+, além de suprir uma demanda da categoria e mercado, nós trazemos ainda mais diferenciação e percepção de valor para o nosso principal segmento: pães especiais”, conta Pedro Wickbold, Diretor Geral da companhia.

Conheça os pães Wickbold+

+Proteína – ótima opção para quem busca mais desempenho e melhores resultados nos treinos, o +Proteína (com Whey Protein e Caseínato de Cálcio) é um pão 100% integral, que conta com a maior quantidade de proteína do mercado, sendo 11g a cada duas fatias.

+Fibras – com cranberries em sua formulação, o +Fibras proporciona mais equilíbrio para o dia a dia e chega como o pão com mais fibras do segmento, já que conta com 6,2g a cada duas fatias. 100% integral, o lançamento se destaca também pela sua textura diferenciada.

+Cálcio – rico em vitamina D, o +Cálcio foi desenvolvido com a proposta de oferecer mais qualidade de vida para todas as pessoas que precisam de uma quantidade maior desse elemento no dia a dia. O novo produto oferece 34% do ingrediente a cada duas fatias e conta com a vitamina D na composição, que é ideal para uma melhor absorção do ingrediente principal.

Embalagens diferenciadas

Com o objetivo de chamar a atenção do consumidor na gôndola e reforçar os benefícios nutricionais de cada produto, a Wickbold escolheu embalagens diferenciadas e vibrantes, que destacam as principais características de cada pão. Disponíveis em pacotes de 400g, os lançamentos podem ser encontrados em todo o Brasil por um preço médio de R$ 10,90.

Informações: Wickbold

Zero Glúten: nutricionista indica receitas para dietas restritivas

Renata Guirau, especialista em nutrição do Oba Hortifruti ensina o passo a passo de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador sem glúten

Com o objetivo de conscientizar sobre a doença celíaca, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau ensina receitas práticas e saborosas de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador para serem feitas por quem precisa seguir uma dieta restritiva.

De acordo com a nutricionista, uma série de reações inflamatórias e que prejudicam a saúde ocorrem quando as pessoas celíacas ou que possuem sensibilidade ao glúten consomem cereais como trigo, centeio, triticale, cevada e aveia.

“A doença celíaca é uma questão autoimune, na qual ocorre a atrofia da estrutura intestinal, tendo como consequência a má absorção de nutrientes, desnutrição, entre outros sintomas. É grave, prejudica muito a qualidade de vida dos portadores e pode inclusive evoluir para outras doenças”, explica a profissional.

Já a intolerância e a alergia ao glúten – também chamada de sensibilidade ao glúten não celíaca – é caracterizada por uma reação de intolerância ou “má digestão” dessa proteína dos cereais no intestino. É mais leve que a doença celíaca e mais frequente, embora ainda assim possa causar sintomas muito desconfortáveis para quem possui.

Apesar de não haver evidências de que a exclusão do glúten faz mal à saúde, a nutricionista ressalta que quem não apresenta doença celíaca ou intolerância não precisa tirar esse componente da rotina alimentar.

“Essa prática se tornou “moda” entre as dietas de emagrecimento, o que não tem nenhum fundamento científico. O que ocorre é que o glúten está presente em alimentos mais calóricos, como pães, macarrão, pizza, lanches e o consumo exagerado desses alimentos favorece aumento de peso. Quando não como esses alimentos, reduzo meu consumo calórico e obtenho emagrecimento. Não pela exclusão do glúten, mas pela redução na quantidade de calorias ingerida”, salienta Renata.

Já que preparar em casa a maioria das refeições dentro das próprias necessidades faz parte da rotina do grupo de pessoas que possuem alguma patologia relacionado ao glúten, a nutricionista sugere receitas simples para o dia a dia e que podem ser completadas com os mais variados sabores.

E para quem não é muito fã de aventuras na cozinha e prefere mais praticidade na rotina, a mercearia das mais de 50 lojas da rede Oba Hortifruti possui uma seção especial de produtos sem glúten, que inclui opções de pães, biscoitos, massa, entre outros itens.

Pão integral

Ingredientes
3 ovos
5 colheres de sopa de azeite
1 xícara de chá de leite desnatado ou leite de arroz
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de psyllium em pó
1 e ½ xícara de farinha de arroz
½ xícara de polvilho doce
½ xícara de fécula de batata
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador e coloque em forma de bolo inglês untada. Leve para assar até que o pão fique dourado.

Massa para panqueca

Ingredientes
1 ovo
½ xícara de chá de leite desnatado ou leite de arroz
1 xícara de chá de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó
½ colher de chá de sal (se quiser fazer recheio doce, não acrescente o sal)
Opcionais: parmesão e orégano.

Sugestões de recheios: frango desfiado, carne moída, ricota temperada, cogumelos refogados.

Massa para torta de liquidificador

Ingredientes
3 ovos
250 ml de água
1/3 de xícara de chá de azeite
1 xícara de chá de farinha de arroz
1 colher de sopa de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de chá de sal

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador até a mistura ficar homogênea e coloque em uma assadeira untada. recheie com a opção de sua preferência e leve para assar até que a massa fique dourada.

Sugestões de recheio: frango desfiado, atum, cogumelos, palmito, legumes.

Fonte: Oba Hortifruti