Arquivo da categoria: pão

Palmirinha lança linha de pães de queijo aos 90 anos

Receitas exclusivas incluem sabores tradicional, calabresa e alho-poró

Aos 90 anos de idade, Palmirinha acaba de lançar uma linha exclusiva de pães de queijo. A novidade traz três opções de sabores em versão congelada de rápido preparo. Além do pão de queijo tradicional, os apaixonados pela iguaria mineira podem saborear também o pão de queijo de calabresa ou alho-poró. “Sempre pensei na oportunidade de dividir com meus amiguinhos e amiguinhas uma das receitas que mais gosto de fazer”, diz Palmirinha.

A receita, desenvolvida com ingredientes selecionados e especialmente preparados, conta com a produção de renomado fabricante de produtos alimentícios e pode ser encontrada em embalagens de 400 gramas e um quilo.

A vovó mais amada do Brasil quer manter a veia empreendedora em constante evolução e não pensa em estacionar as atividades por aí. Após esse grande lançamento, o próximo passo é ampliar a linha de produtos com receitas exclusivas, que também estarão disponíveis para venda. “Cada vez mais, quero dividir com vocês minhas receitas preferidas, produzidas com muito amor e carinho, aliadas à comodidade de preparo em casa”, completa.

A linha completa dos pães de queijo da Vovó Palmirinha está disponível pelo site, nos valores que variam entre R$ 9,90 e R$ 19,99 . As entregas para pessoas físicas são realizadas na região metropolitana de São Paulo, no ABC Paulista, Campinas, Guarulhos, Osasco, Barueri e Alphaville.

Para quem tem comércio e deseja adquirir os produtos da linha, basta preencher um formulário disponível no site e receber as condições especiais. Neste caso, as entregas são feitas por todo país.

Pão de Queijo Vovó Palmirinha – Preços entre R$ 9,90 e R$ 19,99
Sabores: Tradicional, Calabresa e Alho-Poró
Vendas e mais informações: Vovó Palmirinha

Gosto umami: três receitas saborosas para incluir o quinto gosto nas refeições

O quinto gosto pode ser encontrado em diversos alimentos e em realçadores de sabor que contenham glutamato monossódico

Ao consumir algum alimento conseguimos identificar se é doce, salgado, azedo ou amargo. E quando ingerirmos um prato e não conseguimos “encaixá-lo” em nenhuma dessas opções que estamos saboreando? Nesses momentos é provável que o gosto percebido seja o umami.

Descoberto há 114 anos no Japão, pelo professor e pesquisador Kikunae Ikeda, o quinto gosto básico do paladar humano recebeu o nome umami, que significa “delicioso” ou “saboroso”, e foi reconhecido cientificamente nos anos 2000.

A nutricionista do Comitê Umami, Mariana Rosa, conta que os alimentos que conferem o gosto umami estão presentes nos pratos do dia a dia e colocá-los nas receitas é simples, além de promover benefícios à saúde.

“Os alimentos ricos em umami estão presentes na mesa dos brasileiros, como: tomate, alho, cebola, cenoura, brócolis, cogumelos, ovos, carnes (bovina e suína), frango, milho, queijos, peixes – entre outros. Além da facilidade da inserção nos pratos, os alimentos ricos em gosto umami podem contribuir para a saúde bucal por meio do estímulo no aumento da salivação, proporcionando uma melhora na mastigação e ampla sensibilidade ao sabor do que está sendo ingerido, aproveitando assim a riqueza de nutrientes para o organismo”, destaca a nutricionista.

Para ajudar a incluir alguns desses alimentos na rotina, a nutricionista separou três receitas para acompanhar as principais refeições do seu dia: café da manhã com um delicioso pão de queijo crocante, almoço com o saboroso talharim ao sugo e o jantar com uma apetitosa batata rosti.

Confira as receitas e adicione deliciosidade ao seu paladar:

Pão de Queijo Crocante

Ingredientes
4 xícaras (chá) de polvilho doce (400 g)
1 e meia xícara (chá) de leite (300 ml)
meia xícara (chá) de óleo (100 ml)
1 ovo (50 g)
1 colher (chá) de sal (5 g)
meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado (50 g)
1 xícara (chá) de queijo tipo minas padrão ralado (100 g)

Modo de preparo
Em uma tigela grande, coloque o polvilho e reserve. Em uma panela média, coloque o leite e o óleo, e leve ao fogo médio até ferver. Transfira para a tigela com o polvilho e misture bem com o auxílio de uma colher. Espere a massa esfriar um pouco e amasse com as mãos até amornar. Acrescente o ovo e incorpore-o à massa. Adicione o sal e os queijos, e continue mexendo até obter uma massa lisa e homogênea. Modele pequenas esferas e disponha-as em uma assadeira untada. Leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 20 minutos, ou até dourarem.
Retire do forno e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 30 minutos (+20 minutos de forno)
Serve: 42 unidades

Talharim ao Sugo

Ingredientes
500 g de tomates maduros, sem pele e sem sementes, picados
2 colheres (sopa) de azeite de oliva (30 ml)
1 cebola média picada (150 g)
2 dentes de alho picados (10 g)
meia colher (chá) de sal (2,5 g)
meia colher (chá) de glutamato monossódico Aji-No-Moto (2 g)
meio pacote de macarrão tipo talharim, cozido (250 g)

Modo de preparo
No copo do liquidificador, coloque metade do tomate e bata até obter um suco. Reserve.
Em uma panela média, coloque o azeite e leve ao fogo alto para aquecer. Junte a cebola e o alho, e refogue por 3 minutos, ou até que dourem ligeiramente. Acrescente o tomate restante e deixe cozinhar em fogo baixo, com a panela semitampada, por 10 minutos, ou até desmanchar parcialmente. Adicione o tomate batido, o sal e o glutamato monossódico, e cozinhe em fogo médio, por 5 minutos. Retire do fogo, regue o macarrão e sirva em seguida.

Dica: Se preferir um molho mais encorpado, acrescente 2 colheres (sopa) de extrato de tomate.
Tempo de preparo: 30 minutos
Serve: 4 porções

Batata Rosti

Ingredientes
3 batatas asterix médias com casca (600 g)
1 colher (chá) de sal (5 g)
4 colheres (sopa) de azeite de oliva (60 ml)
1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado (100 g)

Modo de preparo
Em uma panela grande, coloque as batatas, cubra com água e leve ao fogo alto para cozinhar por 10 minutos, contados após o início da fervura, ou até ficar al dente. Retire do fogo, escorra e mergulhe as batatas em um recipiente com água e gelo para interromper o cozimento. Quando esfriarem por completo, escorra novamente e remova a casca. Com um auxílio de um ralador, rale-as no ralo grosso, junte o sal, e reserve. Em uma frigideira média e antiaderente, coloque metade do azeite e leve ao fogo médio para aquecer. Cubra o fundo da frigideira com metade da batata reservada e pressione levemente com uma espátula. Distribua o queijo ralado e, por cima, espalhe o restante da batata. Regue com o azeite restante e pressione novamente com a espátula, para compactar. Abaixe o fogo e cozinhe por 10 minutos, virando na metade do tempo, ou até dourar dos dois lados. Retire do fogo e sirva em seguida.

Dica: a batata asterix é mais sequinha e, por isso, é a variedade ideal para o preparo desta receita.
Tempo de preparo: 30 minutos
Serve: 4 porções

Fonte: Umami

Pão integral feito com pasta de amendoim é novidade Wickbold

Com formulação vegana e ingredientes selecionados para proporcionar saudabilidade e bem-estar, novidade chega para ampliar a linha Grão Sabor

Wickbold apresenta o novo Grão Sabor Pasta de Amendoim. Feito com a pasta de amendoim, que é queridinha do público fitness, o lançamento conta com uma formulação vegana e integral para oferecer sabor e saudabilidade a todos os consumidores que buscam alternativas para uma dieta equilibrada.

O amendoim é fonte de gorduras boas como os ômegas 6 e 9, é rico em proteínas e uma excelente fonte de fibras insolúveis. Conta, ainda, com triptofano, um precursor da serotonina ― conhecida como hormônio da felicidade ― que auxilia na sensação de bem-estar, além de melatonina, hormônio responsável pela indução do sono. O ingrediente também é rico em vitamina E, que tem ação antioxidante e possui um papel importante na saúde da pele; além de vitaminas do complexo B, que auxiliam na produção de energia e atuam no sistema nervoso; zinco, que contribui com o fortalecimento do sistema imunológico; e magnésio, essencial para as funções musculares e nervosas e para a regulação da pressão arterial.

“A nossa responsabilidade, como líderes absolutos do mercado de panificação industrial saudável no Brasil, é sempre trazer inovações para o setor. Para isso, contamos com um time que se empenha todos os dias para entregar produtos com alto valor nutricional aos consumidores. Oferecer lançamentos como e

ste, que sejam de qualidade e contribuam para um portfólio cada vez mais amplo, é um propósito muito claro dentro da companhia”, afirma Pedro Wickbold, diretor geral da companhia.

Disponível em embalagem de 500 g, a novidade já pode ser encontrada nas principais gôndolas do Sudeste, Sul e Centro-Oeste do Brasil. O preço pode variar de acordo com a localização, mas o valor de saída indicado pela marca é de R$ 12,99.

Fonte: Wickbold

Pão Crocante de Panela

Que tal um pão muito mais crocante, perfeito para ser utilizado em preparos como a brusqueta, desenvolvido cm muita facilidade em casa? Este é o Pão Crocante de Panela, uma receita especial de José Araújo Netto, idealizador de grandes referências do mercado gastronômico nacional: do Bar Quermesse, O Bar do Açougueiro, Porks – Porco & Chope e Mr. Hoppy.

Pão Crocante de Panela

Ingredientes
600ml de farinha
300ml de água
20g de sal
10g de açúcar
5g de fermento biológico seco
50g de Lemon Pepper

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes em uma bacia, mas adicione a água aos poucos, mexendo com uma colher de pau. Depois de misturado é hora de colocar a mão na massa. Amasse até a massa desgrudar da mão. Unte uma fôrma. Deixe a massa descansar por 10 minutos com um pano por cima para não pegar vento frio. Sove a massa por 10 minutos e, na sequência, deixe descansar por 40 minutos. Coloque a massa em uma panela de ferro untada. Preaqueça o forno a 230 graus. Asse o pão por 40 minutos. Para completar, coloque 100ml de água na bandeja dentro do forno e aguarde evaporar. Isso fará com que o pão asse com um pouco de vapor, deixando a casca mais crocante.

Dia Mundial do Pão: conheça receitas inspiradas na cultura holandesa

Entre tantos tipos, o pão cozido de centeio e o de abóbora são opções para inovar no cardápio

Pão de centeio, marraqueta, alentejano, australiano, ciabatta e brioche. Há diversos tipos de pães que se tornam cada vez mais conhecidos dos consumidores que buscam variar nas receitas e no cardápio. Um levantamento feito pela Kantar WorldPanel e pela Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães e Bolos Industrializados (Abimapi) mostrou que, só no primeiro quadrimestre de 2020, a categoria de pães industrializados teve um crescimento de 6,2% no faturamento e de 7,1% em volume. Segundo a mesma pesquisa, entre as refeições mais rápidas, a escolha pelo sanduíche teve um aumento de 34% justamente pela praticidade que a pandemia exigiu.

E os brasileiros começam a variar na escolha, indo além do pãozinho francês ou de forma e incluindo versões típicas de outros países também na rotina. São tipos de pães que trazem um pouco da cultura e tradição dos povos que formaram cada região do Brasil. De acordo com a engenheira de alimentos Harmke Marlena Kok Kooistra, moradora de uma colônia holandesa em Arapoti (PR), o pão de centeio costumava ser o alimento básico para muitas pessoas na Holanda e na Bélgica. Ela conta que a composição e a preparação desse tipo de pão são determinadas historicamente e regionalmente no país holandês. “Além do cheiro, da cor, da textura e do sabor, o método de preparação do pão de centeio é bem diferente do pão normal”, destaca Harmke, que também é produtora de pães de centeio artesanais.

Esse pão é muito tradicional nas regiões frias da Europa, como a Holanda, devido ao clima. O pão de centeio se popularizou pela possibilidade de ser armazenado por mais tempo que o pão de trigo, ou seja, pode durar por semanas e em baixas temperaturas.

Harmke afirma que uma curiosidade é que o pão de centeio costuma ser cozido e não assado. “No sul da Holanda, o cozimento do pão de centeio leva de uma hora e meia a duas horas. Em Frísios, levam de quinze a vinte horas e em Gelderland a preparação leva dez a quinze horas”, revela. Ela também comenta que o sabor é levemente adocicado e azedo. Já a textura é úmida e densa. A cor marrom escuro se deve justamente pelo longo período de cozimento. “O pão de centeio é composto de sementes de centeio e de girassol, água e sal. Esse pão não contém fermento, nem conservantes e é muito rico em fibras”, explica.

Costume de consumo diário

Margriet Lucy Straatsma, filha de imigrantes holandeses, que mora em Carambeí (PR), conta que o povo holandês costuma comer pão uma ou duas vezes por dia, costume trazido justamente pela praticidade. “Holandeses levam pão para o trabalho, piquenique e jantam cedo, por volta das 18 horas. Além disso, adoramos o cheirinho de pão fresco em casa”, comenta.

Para a conselheira da Associação Cultural Brasil-Holanda (ACBH), Janny Erkel, o pão é um alimento muito característico da cultura holandesa. “O povo holandês aprecia muito a variedade de pães. Além de ter um significado pela nossa cultura, permite sabores para todos os gostos”, salienta.

Para apreciar um pouco da cultura holandesa, a Harmke Marlena Kok Kooistra disponibilizou uma receita de Pão de Centeio. Outra receita é de Pão de Abóbora da Graciane Eckermann, uma das três influencers que venceu o concurso “Seja um Influencer Herança Holandesa”, marca de farinha de trigo da Unium.

Gekookt Roggebrood – pão cozido de centeio

Foto: Harmke Marlena Kok Kooistra

Ingredientes:
500 gramas de farinha de centeio
300 ml de água
10 gramas de sal
20 ml de glicose de milho

Modo de preparo:
Junte todos os ingredientes e forme uma massa. Unte uma fôrma com tampa, coloque a massa e aperte, se necessário, até que feche bem. Coloque a fôrma de alumínio dentro de uma panela de pressão com água até 2 cm abaixo da altura da fôrma. Deixe ferver por uma hora na panela de pressão. Depois retire e pode ser servido com café ou chá.

Pão de abóbora – por Graciane Eckermann

Ingredientes:
1 xícara (chá) de abóbora cozida amassada
3 xícaras (chá) de farinha de trigo Herança Holandesa
¾ de xícara (chá) de leite morno
2 colheres (chá) de fermento biológico seco
2 colheres (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
2 ovos
1 colher (chá) de sal
Uma pitada de páprica doce
Uma pitada de pimenta síria
Uma pitada de zattar
Raspas de limão siciliano
Farinha de trigo para polvilhar a bancada

Modo de preparo:
Numa tigela pequena misture o fermento e o açúcar com ¼ de xícara (chá) de leite morno até dissolver. Deixe descansar por cerca de 5 minutos. Em outra tigela misture a farinha com o sal. Acrescente a abóbora e misture bem. Abra um buraco no centro e junte o fermento dissolvido. Em outra tigela pequena quebre os ovos e bata levemente. Acrescente o restante do leite morno, misturando bem com a mão e adicione os temperos. Enfim, junte a manteiga e amasse bem. Sove até ficar em ponto de véu. Modele uma bola, volte a massa para tigela e cubra com um pano de prato. Deixe descansar até dobrar de tamanho. Assim que tiver crescido, transfira a massa para a bancada e modele o pão no formato de abóbora. Cubra com o pano de prato e deixe crescer por mais 40 minutos. Preaqueça o forno a 200 °C (temperatura média). Pincele uma gema de ovo batida no pão já crescido e coloque para assar por 30 minutos.

Fonte: Unium

Piraquê ensina como fazer Pão de Presunto e Queijo

A receita é ser original e inovar durante a semana com um lanche cheio de sabor

Para sair da rotina, um lanche saboroso é sempre uma boa opção. Pensando nisso, a Piraquê sugere a receita de Pão de Presunto e Queijo, uma dica deliciosa e original.

A massa do pão é feita e coberta com o Biscoito Presuntinho Piraquê esfarelado e recheada com presunto e queijo. O resultado é incrível e único. Sirva com um cafezinho no fim de tarde.

Confira abaixo o modo de preparo:

Pão de Presunto e Queijo

Ingredientes:
1 pacote de Biscoito Presuntinho Piraquê + biscoitos
¼ de xícara de farinha
220 g de farinha de trigo
4 g de fermento seco
100 ml de água morna
1 ½ colher de sopa de açúcar
1 ovo
50 g de manteiga temperatura ambiente
Sal a gosto
100 g de presunto em fatias
100 g de queijo muçarela em fatias
1 gema

Modo de Preparo:
Em um processador, triture os biscoitos até obter uma farofa. Reserve. Em uma tigela, disponha ¼ de xícara de farinha de trigo, o fermento, a água, o açúcar e misturar bem. Reserve por 20 minutos. Coloque o ovo, a manteiga e misture bem. Adicione o sal e, aos poucos, a farinha. Junte a farofa de biscoitos, deixe sovar por 10 minutos até obter uma massa lisa. Cubra com um pano limpo e deixe descansar por mais 30 minutos. Com auxílio de um rolo, abra a massa em uma superfície enfarinhada. Disponha o presunto e a muçarela e enrole a massa envolvendo o recheio. Feche bem. Disponha em uma forma untada, pincele com a gema e finalize com os Biscoito Presuntinho Piraquê. Leve ao forno preaquecido a 180 °C por 30 minutos ou até que esteja bem dourado. Sirva.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 1 hora e 45 minutos

Fonte: Piraquê

Tirolez ensina duas receitas especiais em homenagem ao pão de queijo

Aprenda como fazer Pão de Queijo Mineiro e Pão de Queijo Zero Lactose

Neste mês, em 17 de agosto, celebramos o Dia do Pão de Queijo. Com cheirinho e sabor irresistíveis, a delícia nacional surgiu em meados século XVII em Minas Gerais e conquistou todo o Brasil ao longo dos anos. Ideal para aquele lanche saboroso, acompanhado de um cafezinho no fim da tarde ou logo ao despertar, o seu diferencial está no queijo de verdade no preparo. E disso, a Tirolez, uma das marcas mais tradicionais de laticínios do país, entende.

Por isso, a Tirolez sugere duas receitas especiais para homenagear esta delícia. Aprenda como fazer o tradicional Pão de Queijo Mineiro, que leva o queijo meia cura ralado na massa. Para quem é intolerante à lactose, a marca que tem a linha de queijos mais completa do Brasil ensina uma receita especial, o Pão de Queijo Zero Lactose, opção que atende a restrição preservando o sabor único da iguaria.

Confira o modo de preparo das receitas abaixo:

Pão de Queijo Mineiro

Ingredientes
½ xícara (chá) de leite (100 ml)
½ xícara (chá) de óleo (100 ml)
1 colher (sopa) de sal
500g de polvilho azedo
3 ovos
250 g de Queijo Minas Meia Cura Tirolez ralado grosso

Modo de Preparo
Aqueça o óleo com o leite e o sal até ferver. Apague o fogo e, aos poucos, acrescente ao polvilho, mexendo com uma colher de pau até obter uma massa macia. Deixe esfriar.
Acrescente o queijo meia cura à massa ainda quente e junte um dos ovos, amassando com as mãos. Junte o restante dos ovos, um a um, e amasse até obter uma massa homogênea com consistência de enrolar. Modele 50 pequenas bolinhas e coloque em uma assadeira untada, deixando 2 cm de espaço entre elas. Leve ao forno preaquecido (200°C), e asse por cerca de 20 minutos ou até que os pãezinhos comecem a dourar.

Rendimento: 50 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Pão de Queijo Zero Lactose

Ingredientes
¾ de tablete de Manteiga Sem Sal Tirolez (150 g)
½ colher (sopa) de sal
500 g de polvilho doce
1 embalagem de Queijo Minas Padrão Zero Lactose Tirolez (350 g)
2 ovos médios (90 g)

Modo de preparo
Aqueça 1 xícara (chá) de água (200 ml) com a manteiga até a água ferver e a manteiga derreter.
Misture o sal e o polvilho em uma tigela grande e despeje a mistura de água e manteiga, bem quente, mexendo bem com uma colher para que forme uma massa. Rale o queijo minas padrão no ralo fino. Misture-o com os ovos e mexa bem. Incorpore a mistura de queijo e ovos no polvilho e amasse com as mãos até obter uma massa lisa e homogênea. Porcione a massa em 35 partes e modele bolinhas. Preaqueça o forno a 200 ºC e distribua os pães de queijo em uma forma grande. Asse por cerca de 25 minutos ou até que fiquem ligeiramente dourados. Sirva os pães de queijo quentes e puros. Se preferir, você também pode recheá-los com Requeijão Cremoso, Cottage ou Minas Frescal Zero Lactose Tirolez. Para uma versão adocicada, acrescente goiabada cremosa, geleias ou doce de leite sem lactose.

Dicas: se, depois de amassar bem, a massa continuar seca, corrija a textura adicionando 1 colher (sopa) de água. Você pode congelar os pães de queijo: disponha-os na assadeira, cubra e leve ao freezer. Depois de congelados, passe-os para um saquinho para congelar, para que ocupem menos espaço no freezer. Para assar, leve-os ao forno ainda congelados.

Variação: acrescente sabores à massa de pão de queijo. Tempere com salsinha, cebolinha ou orégano, pimenta-calabresa, azeitonas pretas, pimenta-biquinho ou peito de peru picado.

Rendimento: 35 porções
Tempo de preparo: 25 minutos

Fonte: Tirolez

Dia dos Namorados: cardápio especial pode ser uma forma de surpreender na comemoração

A comemoração do Dia dos Namorados deste ano também será durante uma pandemia. Então, que tal aproveitar o isolamento para colocar a mão na massa com uma boa dose de romantismo? Para ajudar os consumidores nessa missão, a Companhia Wickbold, detentora das marcas Wickbold e Seven Boys, sugere duas receitas especiais para incrementar o cardápio da data.

A primeira opção é um Waffle Especial para começar o dia com um café da manhã supergostoso. Para o preparo, a fabricante sugere o pão Wickbold 100% Integral Freekeh e Noz-pecã, que vai deixar o resultado final mais saudável. Já o almoço fica por conta da Lasanha de Pão, feita com o Integral Seven Boys da linha Sanduíche. Com o produto, a nova versão dessa receita tradicional fica ainda mais prática e saborosa.

Café da manhã) Waffle especial de Dia dos Namorados – Wickbold

Ingredientes:
4 fatias de Wickbold 100% Integral Freekeh e Noz-pecã
1 ovo
4 colheres (sopa) de iogurte natural
1 colher (café) de essência de baunilha
1 colher (chá) de óleo
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 xícara (chá) de frutas vermelhas para servir
1/2 xícara (chá) de maple syrup para servir

Modo de Preparo:
Corte as fatias do Pão Wickbold 100% Integral Freekeh e Noz-pecã em cubos pequenos e coloque em um bowl médio. Acrescente o ovo, o iogurte, a baunilha, o óleo e o fermento;
Misture até ficar uma massa homogênea. Coloque na fôrma de waffles em formato de coração;
Deixe assar até firmar e começar a dourar, por cerca de 8 minutos. Sirva acompanhados de maple syrup e frutas vermelhas.

Dica: se não tiver a máquina de waffle em formato de coração, faça na fôrma de waffle normal e use uma tesoura para recortar em formato de coração.
Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 20 minutos

Almoço) Lasanha de Pão – Seven Boys

Ingredientes:

Molho Bolonhesa:
1 dente de alho descascado e amassado;
1 colher (chá) de azeite;
100 g de patinho moído;
½ lata de tomates pelados picados;
1 pitada de sal;
Pimenta-do-reino preta moída a gosto.

Molho Branco:
1 colher (sobremesa) de manteiga;
1 colher (sobremesa) de farinha de trigo;
1 ½ xícara (chá) de leite desnatado;
1 pitada de sal e noz-moscada.

Montagem:
Queijo mussarela em fatias;
Fatias de Pão de Sanduíche Integral.

Modo de Preparo:

Molho Bolonhesa:
Em uma panela, doure o alho no azeite, acrescente o patinho e refogue. Acrescente os tomates e deixe cozinhar até desmanchar. Tempere com sal, pimenta e reserve.

Molho Branco:
Em uma panela, derreta a manteiga, acrescente a farinha e misture até começar a dourar. Acrescente o leite e mexa continuamente, até que engrosse. Tempere com sal, noz-moscada e reserve.

Montagem:
Em um refratário, coloque uma fatia de pão seguida por 2 colheres de sopa de molho bolonhesa, 2 de molho branco e uma fatia de mussarela. Coloque outra fatia de pão e repita a sequência. Repita o procedimento para as outras lasanhas individuais e as leve para gratinar em fogo alto por cerca de 20 minutos. Sirva em seguida.

Rendimento: 2 porções
Tempo médio: 40 minutos

Pão de hambúrguer sabor Brioche é novidade Wickbold

Um pão de hambúrguer para quem cozinha mais em casa durante a quarentena e procura inovações para incrementar suas receitas. Com maciez diferenciada, toque gourmet e textura do tipo caseira, o Do Forno Brioche chega às gôndolas brasileiras como nova aposta da Wickbold, líder no segmento de pães especiais e saudáveis.

O lançamento atende duas tendências do setor alimentício brasileiro, segundo a pesquisa Food Trend Report 2021 desenvolvida pela Galunion. A primeira é a estima pela comida feita em casa, pois a novidade complementa a experiência do consumidor, que pode fazer um lanche artesanal do seu próprio jeito e gosto, com praticidade.

Outro ponto é que o produto está alinhado com a atratividade pela descoberta de novas culinárias. Isso porque, além do sabor diferenciado, ele é inspirado nas hamburguerias especiais, e possibilita a criação de inúmeras receitas.

“Esse lançamento vai de encontro a propósitos muito claros com a marca Do Forno: oferecer produtos de qualidade dentro de um portfólio cada vez mais amplo e diverso e ouvir o que o público nos pede em nossos canais de comunicação. A marca nos permite explorar o que há de melhor em termos sensoriais e de versatilidade”, conta Denise Pacheco, Gerente de Marketing e Sustentabilidade da companhia.

Ainda de acordo com a executiva, os consumidores e clientes enviaram muitas mensagens solicitando o lançamento do produto, cuja apresentação também conta com um diâmetro maior, favorecendo receitas e bons momentos em família – algo muito valorizado durante o isolamento social.

O lançamento pode ser encontrado nos principais pontos de venda do Brasil por um preço sugerido de R$ 8,99.

Informações: Wickbold

Dia do Chef de Cozinha: profissão movida pela paixão entrou em novos lares e famílias

Pandemia transformou rotinas e trouxe gastronomia e culinária para mais perto dos brasileiros

Com 15 anos de idade, Ana Spengler já estava habituada com o ambiente de cozinha e se aventurava em pratos para a família, mas foi lendo uma reportagem de jornal sobre o curso de Gastronomia que viu ali uma porta para a vida profissional. Há 20 anos atuando na área, hoje Ana se intitula como cozinheira e ressalta que, muito mais do que o preparo do prato, a culinária é a degustação de uma experiência.

“A culinária, mais do que técnica, é uma linguagem de afetos. Cozinhar me dá um prazer enorme, degustar um prato bem feito também. Mas, nada se compara ao prazer do encontro, do servir, do partilhar estes prazeres que, de outra forma, seriam experiências individuais”, conta.

E, com a necessidade do isolamento social e o afastamento de atividades em grupo, as famílias precisaram inovar na forma de compartilhar momentos, principalmente cuidando uns dos outros.

“Muitas pessoas em isolamento tiveram que passar a pensar em cuidados para não adoecer física ou mentalmente. Eu acho que cozinhar é uma ótima forma de cuidar de si, porque você pode buscar uma alimentação saudável e ao mesmo tempo praticar uma atividade que desafia o intelecto, amplia seus horizontes culturais, instiga sua percepção e desperta sua criatividade”, explica Ana, que é responsável também por criar receitas usando os ingredientes das cooperativas que fazem parte da Unium e incentivar o gosto pela cozinha em mais pessoas.

Cozinhando em casa

E para quem passou a cozinhar, seja por hobby ou necessidade, Ana deixa claro que errar faz parte. “A técnica do cozinheiro não é feita apenas de acertos, mas principalmente dos erros. É preciso ter passado por momentos ruins para saber evitá-los”, conta. Por isso, é preciso manter o foco e não desistir da atividade nos primeiros desafios.

Além disso, aos que estão precisando inovar no cardápio, a cozinheira tem uma dica. “Explore várias possibilidades com um mesmo ingrediente, variando os preparos, para entender como um mesmo ingrediente muda de aspecto (sabor, cor , textura) dependendo da forma de preparo. Assim, dá aumentar tanto o repertório de receitas quanto explorar técnicas variadas”, ressalta.

E, claro, além das dicas e da história inspiradora, fica também uma sugestão de receita elaborada pela Unium e pela indústria de produtos suínos Alegra para a próxima refeição em família. Bom apetite e feliz Dia do Chef de Cozinha.

Pão de Batata com Linguiça

Ingredientes
450g de farinha de trigo tradicional Herança Holandesa
10g de fermento biológico seco
200g de batata cozida e amassada
250ml de água
50g de açúcar
10g de sal
50g de manteiga
2 gemas

Ingredientes para o recheio:
1 linguiça calabresa Alegra
1 talo de alho-poró
150g de cream cheese

Modo de preparo:
Ralar a linguiça calabresa, colocar em uma panela e dourar na própria gordura. Juntar o alho-poró cortado em rodelas finas e refogar até murchar. Desligar o fogo e misturar o cream cheese. Misturar o fermento com 100ml de água e 100g de trigo. Reservar por 30 minutos. Juntar os demais ingredientes (pode ser na batedeira, com gancho), até incorporar. Descansar por 10 minutos. Sovar na bancada por 15 minutos (ou 10 minutos na batedeira), moldar uma bola e cobrir com pano. Deixar fermentar por 1 hora. Dividir a massa em 12 pedaços, moldar bolinhas e achatar como minipizzas. Colocar uma colher de recheio e fechar como uma trouxinha, apertando bem. Colocar na forma, untada com óleo, lado a lado, com a emenda voltada para baixo. Cobrir com pano e deixar crescer de 45 minutos a 1 hora. Pincelar as gemas batidas. Assar por 35 a 45 minutos, em forno preaquecido em 180ºC até que estejam dourados.

Rendimento: 12 pães
Tempo de preparo: 120 minutos
Dificuldade: fácil

Fonte: Unium