Arquivo da categoria: peixe

Aprenda a fazer lasanha de salmão com ervas e deixe as férias mais gostosas

Adria ensina receita que surpreende nos detalhes e promete encantar toda a família

Janeiro é o mês de férias e do verão. Não à toa, é um período muito esperado e apreciado por todos. Tudo fica ainda melhor com pratos que tornem os dias de descanso cheios de sabor. E para contribuir com esse momento, Adria ensina como fazer a deliciosa Lasanha de Salmão com Ervas, a união do peixe com as ervas trará um toque especial ao preparo. Confira:

Lasanha de Salmão com Ervas

Ingredientes:

Molho branco:
9 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
9 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 ½ litros de leite
sal, pimenta-do-reino e no-moscada a gosto

Para a montagem:
1 embalagem de Lasanha Direto ao Forno Adria (500g)
1 kg de filé de salmão
4 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho, picados
suco de 1 limão
ervas picadas a gosto (alecrim, tomilho, salsinha, coentro etc.)
400 g de mussarela, em fatias
queijo parmesão, ralado
Sal

Modo de preparo:

Comece preparando o salmão com ervas. Em uma assadeira média, acomode os filés de salmão e tempere com azeite, alho, suco de limão, ervas e sal. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180ºC) preaquecido por 25 minutos. Retire do forno, corte os filés de salmão em lascas e reserve.Prepare o molho branco. Em uma panela média, aqueça a manteiga ou margarina e doure com a farinha de trigo. Junte o leite aos poucos, mexendo sempre para não empelotar.Acerte o sal e tempere com pimenta-do-reino e noz-moscada. Retire do fogo e reserve. Monte a Lasanha Direto ao Forno em um refratário grande e fundo. Divida as tiras de lasanha em 4 partes, o molho branco em 5 e as fatias de mussarela e as lascas de salmão em 2. Alterne as camadas de molho e massa da seguinte forma: molho branco, fatias de mussarela, tiras de lasanha, molho branco, lascas de salmão, tiras de lasanha, molho branco, fatias de mussarela, tiras de lasanha, molho branco, lascas de salmão, tiras de lasanha, molho branco e finalmente queijo parmesão. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (200ºC) por 50 minutos. Para dourar a superfície, retire o papel-alumínio 10 minutos antes de finalizar o tempo.

Rendimento: 15 porções
Tempo de preparo: 1 hora e 50 minutos
Dica: para a lasanha ficar perfeita, coloque as tiras sempre entre os molhos e não se esqueça de utilizá-los ainda quentes. Para cada 500g de massa utilize no mínimo 3 ½ litros de molho. Querendo reduzir o tempo de preparo, deixe a lasanha montada por 10 minutos antes de levá-la ao forno.

Fonte: Adria

Festival do Pescado Ceagesp tem kits de Natal e Ano Novo

O Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp termina no próximo dia 20 de dezembro. Mas quem quiser prolongar os sabores do evento para o Natal ou para o Ano Novo pode encomendar Kits com alguns pratos à base de peixes e frutos do mar que fazem sucesso no evento.

O público terá duas opções disponíveis para encomendas: o Kit Paella, por R$ 329,90, e o Kit Salmão, por R$ 369,90. Cada um deles serve até cinco pessoas e ainda dá direito a um espumante nacional e a um panetone de 400g. Os dois kits ainda virão acompanhados de cinco Casquinhas de Siri e um Kit Acarajé (5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta).

O que tem nos kits

O Kit Paella segue com uma porção de 1,2 kg de Paella à Marinera, um dos pratos mais apreciados do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Esse kit também tem uma porção de Moqueca de Cação à Baiana (1,2kg), com arroz branco e farofa de banana da terra, e uma Salada de Frutos do Mar, com Camarão, Lula, Marisco, Vôngole e Kani Kama.

No Kit Salmão, o público encontra quatro postas de 200g de Salmão Grelhado, com molho de champignon paris, brócolis e pupunha, como acompanhamentos. Também faz parte desse kit uma porção de Bobó de Camarão (1,2kg), com arroz branco de acompanhamento. Além de tudo isso, segue ainda uma Maionese de Bacalhau (700g), com azeitonas pretas e ovos cozidos.

As retiradas das encomendas serão no Espaço Gastronômico Ceagesp, com entrada pelo Portão 4 do entreposto (av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946 – Estacionamento). As entregas em domicilio serão feitas na região metropolitana de São Paulo, mediante frete a combinar no momento da encomenda. Todos os pratos serão entregues resfriados para finalização em casa.

Últimos dias da Edição 2020

Quem ainda não veio ou pretende voltar, têm poucos dias para visitar o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Esta é a penúltima semana do evento gastronômico, realizado na Ceagesp desde 2013. A edição 2020 começou neste ano um pouco mais cedo do que o normal, em agosto.

A previsão é de que mais de 25 mil pessoas devem saborear mais de 20 toneladas de peixes e de frutos do mar. Só de camarão, até agora, foram consumidos cerca de 10 toneladas. A Paella à Marinera, gigante, e os Camarões Assados servidos no espeto à vontade nas mesas, são as grandes atrações do evento.

O Festival do Pescado funciona de quinta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quintas e sextas-feiras, o horário é das 18h às 22h. Aos sábados, das 12h até as 22h. Aos domingos, das 12h às 17h. O valor por pessoa é de R$ 98,90 com tudo incluso, exceto bebidas e sobremesas.

Serviço

Kits de Fim de Ano – Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp (Servem até cinco pessoas)

Casquinha de Siri
Acarajé
Paella

Moqueca

O que vem no Kit Paella
5 Casquinhas de Siri
Kit Acarajé (5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta)
1,2 kg de Paella à Marinera
1,2 kg de Moqueca de Cação à Baiana – Acompanham arroz branco e farofa de banana da terra)
1 Salada de Frutos do Mar (camarão, lula, marisco, vôngole e kani kama)
1 Panetone
1 Espumante nacional

O que vem no Kit Salmão
5 Casquinhas de Siri
5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta
Salmão Grelhado (4 postas de 200g cada) – Acompanham molho de champignon, brócolis e pupunha
Bobó de Camarão (1,2kg) – Acompanha arroz branco
Maionese de Bacalhau (700g) – Acompanham azeitonas pretas e ovos
1 Panetone
1 Espumante nacional

Preços: Kit Paella, R$ 329,90 | Kit Salmão, R$ 369,90
Para o Natal: Encomendas até 22/12 |Entrega ou retirada em 24/12 – das 10h às 17h
Para o Ano Novo: Encomendas 1té 29/12 |Entrega ou retirada em 29/12 – das 10h às 17h
Atenção: Todos os pratos serão entregues resfriados para finalização em casa

As encomendas para o Natal devem ser feitas até o próximo dia 22 de dezembro. A entrega ou retirada dos kits será no dia 24/12, das 10h às 17h. Quem optar pela Ceia de Ano Novo, deve fazer o pedido até o dia 29 de dezembro. Nesse caso, a entrega ou retirada será no dia 31/12, também das 10h às 17h. Os pedidos devem ser feitos pelo telefone 11-3675-0219 ou pelo WhatsApp 11-9-4081-2910.

Gomes da Costa sugere três receitas salgadas para o Natal

O Natal está chegando e todo mundo quer fazer uma ceia maravilhosa, não é mesmo? Para te ajudar, a Gomes da Costa separou três receitinhas especiais que vão colocar a noite de Natal em outro patamar. Dá só uma olhada nesses pratos maravilhosos, saudáveis e que cabem no seu bolso.

Biscoitinhos de Natal

Ingredientes:
• 1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo (225g)
• Sal a gosto
• 2 colheres (sopa) de manteiga cortada em pedaços (40g)
• 1 lata de Atum em Pedaços ao Óleo Gomes da Costa (170g)
• 1 gema (20g)
• Cerca de 2 colheres (sopa) de água (30ml)
• Ovo para pincelar

Modo de Preparo:
Numa tigela junte a farinha e o sal. Acrescente a manteiga, o óleo do Atum Gomes da Costa e trabalhe a massa até obter uma farofa. Acrescente a gema, água aos poucos (se necessário) e continue trabalhando até obter uma massa lisa e homogênea. Junte o Atum Gomes da Costa. Enrole a massa em filme plástico e leve à geladeira por cerca de 30 minutos. Sobre uma superfície enfarinhada ou entre filme plástico, abra a massa com o auxílio de um rolo na espessura de 0,7cm. Corte a massa com cortadores com temas natalinos. Distribua os biscoitos numa assadeira. Pincele o ovo ligeiramente batido pela superfície dos biscoitos. Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou até dourarem levemente.

Tempo de Geladeira: 30 minutos
Dica de chef: se quiser preparar os biscoitos para pendurar na árvore de Natal: distribua os biscoitos crus na assadeira, fure a ponta com um palito, fazendo um buraco de tamanho suficientemente grande para passar a fita.
Variação: se desejar biscoito coloridos, acrescente corante alimentício ao ovo usado para pincelar.

Sablés Salgados de Natal

Ingredientes:

Biscoito:
• 1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo (225g)
• Meia xícara (chá) de manteiga (100g)
• 1 gema
• Sal a gosto
• Cerca de 2 colheres (sopa) de água

Recheio:
• 2 embalagens de Patê de Atum Gomes da Costa (150g) do sabor de sua preferência (Atum, Salmão ou Sardinha)

Modo de Preparo:

Biscoito:
Em uma tigela junte a farinha e a manteiga cortada em cubos. Trabalhe com a ponta dos dedos até obter uma farofa. Junte a gema e o sal e misture. Acrescente a água aos poucos e trabalhe com as mãos até obter uma massa homogênea. Enrole em filme plástico e leve à geladeira por cerca de 1 hora. Sobre uma superfície enfarinhada, abra a massa com o auxílio de um rolo numa espessura de cerca de 0,3 cm. Corte a massa com um cortador de biscoito no formato de boneco de neve ou anjo (com cerca de 10 cm de altura). Distribua os biscoitos numa assadeira e leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 20 minutos ou até que a base do biscoito esteja levemente dourada. Retire da assadeira e espere esfriar.

Montagem:
Sobre a base de metade dos biscoitos, distribua cerca de 2 colheres (sopa) de Patê Gomes da Costa. Cubra com os outros biscoitos, formando sanduíches.

Tempo de Geladeira: 60 minutos
Dica de chef: monte os sanduíches no momento de servir.
Variação: ao invés de fazer sanduíches, monte canapés: sobre cada biscoito coloque o Patê Gomes da Costa e enfeite com rodelas finas de pepino ou tirinhas de pimentão ou cenoura ralada.

Salada Natalina de Batata Doce e Atum

Ingredientes:
• 2 batatas doces (600g)
• 1 cenoura média cortada em cubos, cozida
• Meia xícara (chá) de ervilha fresca ou congelada, cozida
• Meia xícara (chá) de salsão picado
• 1 lata de Atum Sólido ao Natural Gomes da Costa (170g)
• 1 copo de requeijão cremoso (220g)
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Cozinhe as batatas doces com casca, em água até que enfiando-se um garfo este entre sem dificuldade. Escorra, descasque as batatas e corte-as em rodelas e depois em cubos de cerca de 1 cm. Numa tigela junte as batatas em cubos, a cenoura, a ervilha, o salsão e o Atum Gomes da Costa escorrido. Misture bem. Envolva a salada no requeijão. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Sirva em temperatura ambiente.

Dica de chef: para retirar com facilidade a casca da batata doce depois de cozida, coloque-a imediatamente na água fria. O tempo de cozimento vai variar conforme o tamanho da batata.
Variação: salpique a salada com nozes ou castanha-de-caju.

Fonte: Gomes da Costa

Rede de fish n’chips promove descontos especiais em produtos sem origem animal

O “Veg Month” do Sirène Fish & Chips acontece simultaneamente nas cidades de Curitiba, Florianópolis, Balneário Camboriú, São Paulo e Belo Horizonte

Com o objetivo de democratizar cada vez mais o uso de alternativas de produtos sem origem animal, reduzindo os impactos ambientais e a exploração animal, o Sirène Fish & Chips, tradicional rede brasileira de fish n´ chips, entrou em uma corrente inédita no país. Junto com a Germinou, empresa que se propõe uma mudança na alimentação trocando produtos feitos de proteína animal por produtos à base de plantas, o Sirène preparou para o mês de dezembro uma promoção especial para as suas deliciosas opções veganas: o “Veg Month”.

Até o dia 30 de dezembro, o Fakie Fish & Chips, versão vegana do tradicional fish n’ chips, será comercializado nas unidades da rede com 30% de desconto, tanto para quem desejar consumir na loja, retirar no balcão ou ainda pedir via delivery. O preparo é desenvolvido com batatas rústicas e “Fakie Fish”, ingrediente produzido pela Germinou tendo como base soja não transgênica em um preparo que utiliza técnicas chinesas milenares, aprimoradas através de séculos. Além disso, o Sandufakie, delicioso sanduíche feito com pão baguete, o “Fakie Fish”, cebola caramelizada, rúcula e molho tártaro vegano, terá 20% até o final do mês.

Os dois preparos são exclusivos da rede Sirène Fish & Chips. Durante todo o mês de dezembro, os descontos do “Veg Month” estarão disponíveis nas três unidades da rede em Curitiba (Jockey Plaza, Vicente e Trajano) e, também, nas unidades das cidades de Balneário Camboriú (SC), Florianópolis (SC) e São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG).

Informações: Sirene Fish & Chips

Attimo Per Quattro participa do Festival Delivery Selvagem – Alaska Seafood

A iniciativa da Alaska Seafood Marketing Institute (ASMI) reúne os melhores restaurantes de São Paulo para uma ação delivery até o dia 12 de dezembro

Até o dia 12 de dezembro o Attimo per Quattro participa da primeira edição do Festival Delivery Selvagem – Alaska Seafood. Trata-se de uma iniciativa da Alaska Seafood Marketing Institute (ASMI), que reúne os melhores restaurantes de São Paulo para uma ação delivery repleta de receitas com os pescados considerados verdadeiras iguarias na gastronomia mundial.

A sugestão do restaurante é Bacalhau Selvagem do Alasca e o prato é o Carpaccio Alaska, que leva Lâminas finas de carpaccio de bacalhau defumado selvagem de Alaska, no leito de tomate fresco com brisa de manjericão, azeite evo, flor de sal, pimenta preta, e limão siciliano emulsionado, pétala de rabanete e broto de ervas finas.

Sobre o Festival Delivery Selvagem – Alaska Seafood

São mais de 10 restaurantes e diversos pratos tendo como protagonistas os peixes selvagens do Alasca, como os Salmões Selvagem Sockeye e Keta, Gindara do Alasca (Black Cod), Genuína Polaca, Bacalhau do Pacífico, entre outros. Os pedidos poderão ser feitos pela página do festival, lá estarão os links para pedidos diretamente nos restaurantes participantes e aplicativos de delivery com preços que variam de acordo com as espécies e produção de cada chef.

Todos os pratos estão disponíveis via delivery, take out ou no próprio menu das casas que já estão abertas para o público e aceitam reservas. E quem fizer o pedido ganha um exclusivo porta-copos com belas paisagens do Alasca. Detalhe: é um jogo colecionável. Um presente pra lá de útil e original.

“Neste projeto estamos embarcando junto com os chefs e restaurantes na missão de entregar uma experiência selvagem no formato delivery ao mesmo tempo em que buscamos oferecer uma estrutura extra para a promoção dos restaurantes parceiros e por fim, promover o encontro do consumidor, com as diversas criações gastronômicas com os peixes selvagens do Alasca”, diz Carolina Nascimento, porta-voz da ASMI na América do Sul.

A ação de delivery dos Pescados do Alasca vai até dia 12 de dezembro e tem como objetivo apoiar o setor de foodservice. Com o projeto, a ASMI reforça seu posicionamento como parceira junto à restaurantes e chefs de cozinha. Afinal, os restaurantes são peça fundamental na promoção das espécies provenientes do Alasca no país, pois trabalham com a excelência na apresentação e qualidade no preparo, oferecendo uma experiência completa para o consumidor.

“Esperamos que este seja um projeto que se expanda para outras cidades e estados à medida que a demanda por produtos Alaska Seafood aumente nestes lugares”, diz Carolina.

Confira a lista completa dos restaurantes participantes:
• Aizomê
• Attimo Per Quattro
• Gon-Gon Sushi
• Ícone Gastro Rock
• Jacarandá
• Kinoshita
• Le Manjue
• La Pergoletta
• Praça São Lourenço
• Sevillano Bistrô
• Sushi Nami
• Zucco

Seis questões que podem te fazer incluir mais peixes na alimentação

Pesquisadora da Secretaria de Agricultura e Abastecimento informa que peixe é um alimento saudável para adultos e crianças

O peixe é um alimento rico em proteínas de alto valor biológico e minerais, como cálcio, zinco, magnésio e ferro, além de algumas espécies serem fonte de gordura boa, como o ômega 3. O pescado é um alimento altamente nutritivo e traz como mais uma vantagem a preparação rápida, em poucos minutos, trazendo praticidade para o dia a dia das famílias.

A pesquisadora do Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Cristiane Rodrigues Pinheiro Neiva, responde seis dúvidas frequentes sobre o consumo de pescado que vão te fazer incluir mais peixes na alimentação. Confira!

Quais as melhores espécies para consumir?

Pixabay

No Brasil é possível encontrar uma rica diversidade de espécies de pescado, ou seja, de peixes, crustáceos (camarões e caranguejos), moluscos (ostras, mexilhões, polvo e lula), répteis (rã e jacaré), além de algas. “Portanto, temos muitas oportunidades de variar o consumo de espécies marinhas ou de água doce, provenientes da pesca ou da aquicultura ou ainda em preparações simples ou gourmet”, diz Cristiane. Os consumidores podem variar a preparação utilizando pescados magros, como pescada, linguado, merluza ou bacalhau, e gordos, como sardinha, salmão, atum e cavalinha. “O sabor de cada espécie sofre influências do conteúdo de gordura, sendo, em geral, os peixes gordos considerados por alguns consumidores como os mais saborosos, enquanto os magros apresentam sabor suave e agradam paladares mais requintados”, explica a pesquisadora do IP.

Os benefícios à saúde são reais?

Sim. Segundo Cristiane, há muitos dados científicos sobre os benefícios que o consumo de pescado e algas trazem a saúde, como redução do risco de morte por doença coronária e derrame, diminuição do risco de diabetes, aumento do período de gestação e melhora do desenvolvimento cognitivo e do desenvolvimento neural infantil – quando consumido antes e durante a gestação – e redução do risco de câncer de tireoide em mulheres.

O pescado é um alimento do futuro?

De acordo com a pesquisadora do IP, o pescado representa um alimento importante para o futuro em termos de nutrição, segurança alimentar e sustentabilidade e é a terceira proteína mais consumida pela humanidade depois de cereais e leite. “Uma alimentação rica e segura na infância estimula uma alimentação saudável na vida adulta. Portanto, a criança que cresce comendo peixe, provavelmente será um consumidor saudável quando adulto”, afirma.

Não gosto do cheiro… o que fazer?

O cheiro de peixe pode ser desagradável para muitas pessoas e é um indicador de como está o frescor do pescado, sendo uma característica importante para ser observada na compra do produto. “Peixes frescos e com qualidade apresentam cheiro e sabor suaves, sendo os odores ruins sinais de deterioração. Escolha locais de compra que demonstrem e garantam a procedência e os cuidados higiênicos e sanitários necessários e recomendados pelas autoridades sanitárias”, explica Cristiane. Como o peixe e os frutos do mar estragam mais rápido do que outras carnes, organize-se quanto a quantidade comprada e sua conservação refrigerada até o momento do preparo. Na dúvida congele pequenas porções a serem consumidas de cada vez, descongele-as sob refrigeração e evite o recongelamento.

Como fazer com a presença de espinhas?

Lena Eriksson/Pixabay

Algumas espécies de peixe possuem pequenos ossos ou espinhas intramusculares, o que pode causar acidente na hora do consumo. A sugestão é atenção para a retirada desses espinhos antes do consumo ou o preparo de peixes sem esses organismos, como cação, pirarucu, pintado, tambaqui e bagre, principalmente, quando se for servir pratos à base de pescado para as crianças. Outra opção é a compra de filé ou de carne mecanicamente separada que apresentam menores chances de terem espinhas.

Peixe pode ser consumido por crianças?

Sim, podem. Os especialistas em saúde recomendam incluir o pescado de duas a três vezes por semana para adultos, com porções de 100 a 120g, e de uma a duas vezes por semana para as crianças com porções de 30g a mais, conforme a idade. O Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 anos, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, recomenda a partir do sexto mês, pode-se fazer a introdução do peixe na dieta dos bebês.

As crianças podem ser mais receptivas ao pescado se a escolha começar por espécies com sabor mais suave como a pescada, a tilápia ou o linguado. Para conquistar o paladar infantil busque novas formas de preparo e inove nas receitas.

Cristiane sugere o preparo, por exemplo, de iscas ou pedaços de peixes empanados em casa. “Comece temperando o peixe com sal e limão, mergulhe as tiras no ovo batido e cubra com farinha de rosca caseira, regue com azeite, leve ao forno e sirva com um delicioso molho de iogurte ou mostarda com mel. O preparo ao forno de filés com azeite, tomates, cebolas e batatas em rodelas e ervas frescas, pode ser uma ótima alternativa a fritura! Não esqueça da praticidade dos enlatados no preparo de saladas de batata, patês e molhos para massas”, orienta a pesquisadora do IP.

Muitas crianças têm acompanhado o aumento de consumo de peixes crus, o qual pode acontecer com os cuidados relacionados a manipulação e conservação adequados antes do preparo para que não haja risco de contaminação microbiológica. “O peixe cru fica delicioso e mais seguro se servido como ceviche, mergulhado no caldo de limão, azeite e rodelas finas de cebola”, diz Cristiane.

Mais informações

Para mais informações sobre o consumo de pescado, acesse as publicações da série Pescado é Saúde, produzidas pelo IP e a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro):

Pescado é Saúde – Aproveitamento Integral do Pescado
Pescado é saúde: salga, secagem e defumação
Pescado é saúde: uso do frio

Água Doce Sabores do Brasil ensina como preparar um ceviche de tilápia

Ceviche é um prato da culinária peruana baseado em peixe cru marinado em suco de limão ou lima ou outro cítrico. O essencial é que o pescado seja branco, como nesta receita que leva tilápia. Delicie-se com esta receita sugerida pela Água Doce Sabores do Brasil:

Ceviche de Tilápia

Ingredientes:
300gramas de filé de tilápia cortado em cubos
5g de sal
1 colher de café de pimenta-do-reino
1 dente de alho picado
1 colher de café de pimenta dedo-de-moça picada
1 cebola roxa cortada em meia lua fina
2 colheres de sopa de cheiro verde
3 colheres de sopa de azeite
Suco de 5 limões
4 tomates cereja cortados em tiras

Modo de preparo:
Corte os filés de tilápia em cubos e reserve. Em uma vasilha, coloque o filé de tilápia, o sal, a pimenta-do-reino, o alho, a pimenta dedo-de-moça, a cebola roxa, o cheiro verde, o azeite, o suco de limão e os tomates cereja. Mexa bem, em seguida, leve à geladeira por 30 minutos. Sugestão: sirva com tortilhas de sua preferência.

Rendimento: 4 porções

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Camarão ao Catupiry no Coco Verde é novo prato especial da sexta-feira no Festival Ceagesp

Estreou no fim de outubro, Camarão ao Catupiry no Coco Verde. Este será o novo prato especial de todas as sextas no Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Essa receita substitui a Lagosta Sapateira ao Thermidor, que deve retornar ao cardápio especial até dezembro. Os demais pratos especiais do evento continuam os mesmos. Na quinta-feira, o prato especial é a Caranguejada. A partir de agora, a sexta-feira vai ser o dia do Camarão ao Catupiry no Coco Verde. Todo sábado tem Ostras e todo domingo é dia do Fettuccine Alfredo com Camarão no Parmesão Grana Padano.

Tudo isso sem contar as dezenas de opções para comer o quanto quiser no Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição 2020. Entre as grandes atrações de todos os dias, destaque para os Camarões Assados servidos nas mesas e a Paella à Marinera, gigante, feita num tacho de mais de um metro de diâmetro.

Peixes

Mas o evento oferece ainda muitas outras opções para comer o quanto quiser. Toda semana, por exemplo, o público encontra receitas preparadas com vários peixes. Casquinha de Siri e Acarajé são servidos à vontade na recepção do público. Ao entrar no salão do festival, as pessoas encontram um completo buffet de saladas diversas, que incluem várias opções com frutos do mar. Quem for ao evento também tem à disposição todos os pratos de acompanhamento, os peixes da semana e os camarões e a paella, as grandes atrações do evento.

Crianças

Pelo preço fixo de R$ 98,90 por pessoa, o público pode comer, quantas vezes quiser, todas as opções oferecidas (exceto bebidas e sobremesas). Crianças de até cinco anos, não pagam o valor do Festival. De seis a dez anos, pagam metade do preço. No Festival não há cobrança de taxa de serviço. O Festival do Pescado e Frutos do Mar funciona de quinta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quintas e sextas, o horário é das 18h às 22h. Aos sábados, funciona das 12h às 22h. Aos domingos, só tem almoço, das 12h às 17h. É recomendável fazer reservas antecipadamente.

Segurança

O público pode ficar tranquilo quanto à segurança. Os Festivais Gastronômicos Ceagesp cumprem todas as determinações das autoridades de saúde e da prefeitura. A entrada só é permitida com o uso de máscara e após medição de temperatura corporal. Na entrada, há um totem de álcool em gel, além de tapete sanitizante. As mesas estão dispostas com espaçamento uma das outras, assim como as cadeiras. Cada mesa conta ainda com álcool em gel à disposição. Para se servir no buffet, a pessoa precisa utilizar luvas descartáveis disponíveis no local. Todos os colaboradores contam com equipamentos de proteção individual. Isso sem contar que há limitação do número de pessoas de acordo com as regras estabelecidas para o funcionamento do evento.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição 2020
Quando: Até 20 de dezembro.
Horários: Quinta e sexta, das 18h às 22h (somente jantar). Sábado, das 12h às 17h (almoço) e das 18h às 22h (jantar). Domingo, das 12h às 17h (somente almoço).
Preço: R$ 98,90 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 10, pagam metade do valor do Festival. Bebidas e sobremesas são cobradas à parte.
Onde: No Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo – SP).
Estacionamento: Portão 4, com preço fixo especial para o festival.
Reservas: clique aqui

Receitas com dicas para o lanche

Para te ajudar a preparar uns quitutes especiais a Gomes da Costa separa três receitas  maravilhosas, saudáveis e que cabem no seu bolso para você fazer. Bom apetite.

Pão de Queijo de Sardinha

Ingredientes:
• 1 ovo
• 5 colheres (sopa) de leite (75ml)
• 3 colheres (sopa) de óleo(45ml)
• 3 colheres (sopa) de queijo tipo parmesão ralado (30g)
• 1 lata de Sardinha com Óleo Gomes da Costa (125g)
• 1 xícara (chá) de polvilho azedo (145g)
• Sal a gosto

Modo de Preparo:
Unte com margarina 20 forminhas de empada (com cerca de 6 cm de abertura, 2 cm de altura e 4 cm de base). Reserve. No liquidificador junte o ovo, o leite, o óleo, o queijo, o óleo da Sardinha Gomes da Costa e o polvilho. Bata em velocidade alta por cerca de 1 minuto ou até obter uma textura homogênea. Junte as Sardinhas Gomes da Costa e tempere com sal a gosto. Bata rapidamente somente até obter uma massa homogênea.  Porcione a massa (cerca de 2 colheres (sopa)) entre as forminhas reservadas (cerca de 2/3 da capacidade de cada forminha). Distribua as forminhas numa assadeira e leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 40 minutos ou até que o pão cresça e comece a dourar. Desenforme e sirva quente.

Dica de chef: o pão estará pronto quando ele “crescer” dentro da forminha.
Variação: substitua o queijo parmesão por queijo meia cura.

Torta de Arroz

Ingredientes:
Recheio:
• 3 xícaras (chá) de arroz cozido
• 2 latas de Atum Ralado ao Natural 170g
• 1 cebola grande picada
• 2 tomates picados
• 3 colheres (sopa) de cheiro verde picado
• Sal e pimenta do reino a gosto

Massa:
• 2 xícaras (chá) de leite
• 3 ovos
• 1 xícara (chá) de óleo
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo
• 1 xícara (chá) de queijo tipo parmesão ralado
• Cerca de meia colher (chá) de sal
• 1 colher (chá) de fermento em pó

Modo de Preparo:

Recheio:
Em uma tigela junte o arroz, o Atum Gomes da Costa, a cebola, o tomate e o cheiro verde. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve.

Massa:
Junte no liquidificador o leite, os ovos e o óleo. Bata rapidamente. Acrescente a farinha, o queijo, o sal e por último o fermento, bata até a preparação ficar homogênea. Unte um refratário médio e distribua metade da quantidade da massa. Espalhe o recheio reservado e cubra com o restante da massa. Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 35 minutos ou até que enfiando-se um palito na massa este saía limpo.

Dica de chef: a quantidade de sal usada na massa vai depender da marca de queijo parmesão utilizada.

Tortinhas de Atum

Ingredientes:
• 1 xícara (chá) de leite (240ml)
• 1 ovo (60g)
• 1 colher (sopa) de creme de leite (15g)
• 4 colheres (sopa) de farinha de trigo (40g)
• 1 colher (chá) de orégano (0,5g)
• Sal a gosto
• 1 lata de Atum em Pedaços em Óleo Gomes da Costa (170g)
• 1 tomate médio, maduro e firme picado (80g)
• 1 e meia xícara (chá) de mozarela cortada em cubos (200g)
• 1 pacote de massa de pastel (200g)

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador o leite, o ovo, o creme leite, a farinha de trigo, o orégano e o sal. Reserve. Numa tigela junte o Atum Gomes da Costa com seu óleo, o tomate e a mozarela.  Forre o fundo e as laterais de 12 forminhas com cerca de 7,5cm de diâmetro. Coloque a massa de pastel em forminhas com cerca de 10cm de diâmetro (com a massa de pastel). Recheie as tortinhas com a mistura de creme de leite e ovos. Distribua sobre o recheio de ovos a mistura de atum. Coloque as forminhas numa assadeira e leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 25 minutos ou até a superfície cozinhar e dourar levemente. Desenforme com o auxílio de uma ponta da faca e sirva quente.

Fonte: Gomes da Costa

Gomes da Costa ensina a preparar três receitas com sardinha e atum

Que tal uma Salada de Feijão Fradinho e Atum Defumado pra dar uma variada no cardápio da semana? A Gomes da Costa sugere ainda Abobrinha Recheada com Sardinha e, se a noite esfriar um pouco, uma Baked Potato Recheada com Requeijão e Filé de Atum.

Confira abaixo o passo a passo dos preparos.

Salada de Feijão Fradinho e Atum Defumado

Ingredientes:
• 2 xícaras (chá) de feijão tipo fradinho cozido (400g)
• 2 xícaras (chá) de abóbora Kabotiã picada em cubos pequenos, cozida (280g)
• 1 cebola média bem picada (80g)
• 1 tomate maduro e firme cortado em cubos (80g)
• 3 colheres (sopa) de pimentão verde bem picado (60g)
• 1 lata de Atum Sólido em Óleo sabor Defumado Gomes da Costa (170g)
• 1 pimenta dedo-de-moça pequena, sem as sementes, picada
• 2 colheres (sopa) de coentro picado (20g)
• 1 colher (sopa) de suco de limão (15ml)
• Sal a gosto

Modo de Preparo:
Numa tigela junte o feijão, a abóbora, a cebola, o tomate e o pimentão. Misture. Acrescente o Atum Gomes da Costa com seu óleo, a pimenta, o coentro, o suco de limão e sal a gosto. Misture.
Rendimento: 4 porções
Tempo total: 10 minutos

Abobrinha Recheada Com Sardinha

Ingredientes:
• 4 abobrinhas tipo italianas pequenas (600g)
• 1 lata de Sardinha com Óleo Gomes da Costa (125g)
• 6 colheres (sopa) de arroz cru
• 1 colher (sopa) de hortelã fresca picada
• Sal e pimenta a gosto
• 1 cebola grande picada
• 1 dente de alho amassado
• 2 tomates maduros, sem pele, picados
• 1 tablete de caldo de galinha
• 1 e meia xícara (chá) de água fervente
• Hortelã fresca para salpicar

Modo de Preparo:
• Corte uma das extremidades da abobrinha com uma faca. Com o auxilio de um furador próprio ou colher de café retire o miolo da abobrinha. Lave as abobrinhas e deixe-as escorrendo com a abertura para baixo. Reserve. Numa tigela, junte a Sardinha Gomes da Costa, o arroz e a hortelã. Tempere com sal e pimenta a gosto. Recheie as abobrinhas com esta mistura e reserve. Numa panela média, aqueça o óleo da sardinha e doure a cebola e o alho. Junte as abobrinhas e refogue de todos os lados. Acrescente o tomate e o caldo de galinha dissolvido na água fervente. Tampe a panela e cozinhe em fogo brando, por cerca de 20 minutos ou até que ao enfiar um garfo na abobrinha este entre sem dificuldade. Distribua as abobrinhas numa travessa, acrescente o molho e salpique a hortelã. Sirva em seguida.

Dica de chef: dê preferência para abobrinhas menores, pois são mais macias, tenras e saborosas.
Variação: use o miolo que foi retirado da abobrinha refogado (no azeite e cebola) ou em sopas.
Rendimento: 4 porções
Tempo total: 50 minutos
Cozimento: 30 minutos
Preparo: 20 minutos

Baked Potato Recheada com Requeijão e Filé de Atum

Ingredientes:
• 6 batatas grandes com casca (210g cada )
• Sal a gosto
• 1 sachê de requeijão cremoso tipo Catupiry (250g)
• 1 lata de Filé de Atum em Azeite de Oliva Gomes da Costa (125g)
• 1 colher (sopa) de cheiro verde picado

Modo de Preparo:
Lave bem as batatas e seque-as. Sobre um quadrado de papel alumínio (com cerca de 15 cm), coloque a batata e polvilhe sal a gosto. Embrulhe cada batata no papel alumínio.
• Coloque os pacotinhos de batata em uma assadeira e leve ao forno médio (180ºC), reaquecido, por cerca de 1 hora e 30 minutos ou até que enfiando-se um garfo na batata este entre sem dificuldade. Retire as batatas do forno e desembrulhe-as. Faça um corte horizontal na superfície de cada batata e com o auxílio de uma colher de café, retire um pouco da polpa da batata, formando uma cavidade. Regue a cavidade da batata com o azeite do Filé de Atum Gomes da Costa. Recheie com o requeijão. Na superfície disponha meio Filé de Atum Gomes da Costa. Sirva em seguida.

Dica de chef: a batata deve ser preparada enquanto ainda estiver bem quente para “derreter” o queijo.
Variação: ao invés de assar as batatas, cozinhe-as em água fervente abundante por cerca de 30 minutos ou até que espetando-se um garfo este entre sem dificuldade.
Rendimento: 6 porções
Tempo total: 100 minutos
Cozimento: 90 minutos
Preparo: 10 minutos

Fonte: Gomes da Costa