Arquivo da categoria: Pele

Avon apresenta diferentes opções para se proteger do sol nas estações mais quentes

Essencial nos cuidados com a pele, o protetor solar é o nosso maior aliado no ritual de skincare

Não precisa necessariamente estar um dia de sol para que nossa pele sinta os efeitos nocivos da incidência de luz, certo? Mas, segundo estudo realizado pela Avon, em parceria com o IBOPE Conecta, apenas 32% das mulheres cuidam da pele do rosto com o objetivo de mantê-la protegida das ações do sol. A pesquisa também aponta que só 25% delas têm o hábito de reaplicar o protetor solar durante o dia.

Usar protetor solar é essencial em todo e qualquer dia, mas com a volta do sol às nossas rotinas é necessário que fiquemos ainda mais alertas e dedicadxs à proteção da pele do rosto! Para ninguém pular este passo fundamental do skincare, a Avon apresenta soluções em proteção solar. Seja unindo à antioxidantes, tratamentos, antipoluição ou até cobertura da pele, a marca possui a opção certa para você.

Veja abaixo qual é a versão que mais se encaixa no seu ritual – só não pode ficar sem:

Se você tem uma rotina super corrida, mora na cidade e precisa de uma barreira que te proteja tanto dos raios UVA/UVB quanto da poluição urbana, o Protetor Facial Diário Renew Pollution Protect+ é o ideal! Para todos os tipos de pele, sua fórmula exclusiva é livre de óleo, enriquecida com nutrientes e antioxidantes e com acabamento matte. Com FPS 50, ao mesmo tempo que protege a pele do rosto, dá um boost de hidratação e restauração, ajudando a reduzir marcas solares. Seu preço sugerido é de R$46,90.

renew pollution.jpg

Protetor Facial Diário Renew Pollution FPS 50 R$ 46,90

• Proteção FPS 50 contra raios UV;
• Antioxidante: protege a pele contra os radicais livres que aceleram o envelhecimento da pele;
• Livre de óleos;
• Acabamento matte;
• Pele protegida até 50 vezes mais contra queimaduras solares (UVB);
• Oferece hidratação 24h;
• Melhora as linhas finas e rugas até 50% após apenas 2 semanas de uso;
• Reduz manchas solares.

Já para aquelas que preferem unir a proteção solar à cobertura de linhas de expressão e rugas, o Protetor Solar Facial Matte com cor Anti-Idade tem FPS 50, proporciona a cobertura dos tons desiguais da pele e suaviza a vermelhidão, deixando-a mais uniforme e revitalizada. Possui fórmula não oleosa, leve e de rápida absorção, deixando a pele com toque seco e efeito matte durante o dia todo*.

Desenvolvido com a exclusiva tecnologia RepairShield, o produto estimula a reparação da pele danificada pelo sol enquanto protege completamente contra raios solares UVA/UVB, para manter a pele saudável e jovem. O Protetor Solar Facial Matte com cor Anti-Idade está disponível em três tonalidades – clara, média e escura.

renew solar advance.png

Protetor Solar Facial Renew Advance Matte com Cor Anti-idade FPS50 50g R$ 46,90

Para quem tem pele oleosa, o Protetor Solar Matte Ultraleve Anti-Idade tem FPS 70, fórmula livre de óleos e é de fácil absorção, deixando a pele com efeito matte e sem qualquer resíduo*. Com textura super levinha, ele ajuda a proteger contra os efeitos nocivos dos raios UV, enquanto estimula a reparação das células já danificadas pelo sol. Evita que a pele do seu rosto sofra agora e no futuro.

O Protetor Solar Matte Ultraleve Anti-Idade foi desenvolvido com a exclusiva tecnologia RepairShield, criada para ajudar na reparação da pele danificada pelo sol. O produto é dermatologicamente testado, não comedogênico (não obstrui os poros!), adequado para peles sensíveis e entrega uma proteção alta. Pode ser encontrado por R$ 53,90.

renew solar.png

Protetor Solar Renew Advance Matte Ultraleve Anti-idade FPS70 – R$ 53,90

*Baseado em estudos com consumidores.

Onde encontrar: por meio das revendedoras da Avon pelo Brasil, via Rappi para as consumidoras das cidades de São Paulo, Osasco, Região do ABC e Rio de Janeiro e também no site.

Amenize os efeitos do clima seco na pele com dicas simples

Além dos problemas respiratórios, dores de cabeça e irritações nos olhos, o clima seco também prejudica fortemente a pele, que precisa de cuidados redobrados nesses dias 

Em tempos de temperatura alta e umidade baixa a pele mostra imediatamente sinais de desidratação. A especialista em Cosmetologia Avançada e Farmacologia Jackeline Alecrim explica que nessa época do ano a pele tende a perder mais água.

“O clima seco contribui para o ressecamento da pele, e são esses fatores externos que fazem como que sinais de envelhecimento se tornem mais evidentes, daí a importância de redobrar os cuidados”, afirma a especialista.

A boa notícia é tratamentos simples amenizam os efeitos do clima e garantem que a pele continue bem cuidada apesar da estação.

Hidrate-se

mulher meia idade tomando agua

O maior segredo para não sofrer é a água, que deve ser consumida com mais frequência nos períodos secos. “Nosso organismo é composto por, aproximadamente, 70% de água e, principalmente nesta época, é fundamental ter cuidado com a hidratação, sendo fundamental não apenas para a pele mas para todas as células do organismo, inclusive para a saúde do couro cabeludo”, explica Jackeline.

Proteja a pele

pele hidratação protetor solar

Com as alterações do clima, a rotina de cuidados também deve ser alterada. Proteger a pele é um cuidado essencial já que nesse período as barreiras naturais ficam comprometidas e o chamado manto hidrolipídico é alterado. O ideal é dar preferência a sabonetes neutros, tônicos suaves e líquidos. “Para nutrir profundamente a pele e prolongar a hidratação é recomendado o uso de óleos vegetais como o óleo de coco e extravirgem, que possui lipídios altamente biocompatíveis com a nossa pele, podendo ser usado logo após o banho, com a pele ainda úmida. Além disso, evite lavar excessivamente a pele, preservando assim, a proteção natural”, orienta.

Atenção especial aos lábios

pexels protetor labial lábios
Pexels

Os lábios são extremamente suscetíveis ao ressecamento, já que nesta região não existem glândulas produtoras de suor ou oleosidade, por isso o primeiro sinal de ressecamento geralmente são sentidos nos lábios, que sofrem com as famigeradas rachaduras. “Como os lábios não possuem glândulas sebáceas como o resto do corpo, ficam mais sujeitos ao ressecamento. Por isso, opte por hidratantes labiais com vitamina E, pantenol e óleos vegetais”, finaliza Jackeline.

Descubra alimentos que aceleram o processo de envelhecimento e como substituí-los

Cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro do American College of LifeStyle Medicine e do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida, explica qual a relação desses alimentos com os terríveis produtos avançados de glicação, agentes que envelhecem a pele

Existem dois principais culpados por acelerar o processo de envelhecimento da pele: a exposição solar e os produtos avançados de glicação (AGEs). “Os AGEs se formam quando a molécula de glicose (açúcar) reage com as proteínas do organismo. Isso gera a glicação que, somada ao excesso de radicias livres produzidos por má alimentação e outros hábitos como tabagismo e privação do sono, leva o organismo ao estresse oxidativo, que danifica o DNA das células provocando menor atividade celular, menor produção de colágeno e fibras elásticas, menor atividade de células de defesa e menor poder de cicatrização”, explica a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Como resultado desse processo, há o aparecimento de rugas, manchas e flacidez.

Há outra parte ruim nessa história. Se não ficou claro, os AGEs são formados principalmente pela má alimentação, incluindo deliciosos bolos, tortas, doces, massas e frituras. Mas o problema é alavancado pelo excesso: é o açúcar excedente que faz mal. E além disso, segundo a cirurgiã plástica, devemos incluir também em nossa dieta os alimentos antirradicais livres, e começar a fazer exercícios físicos, que estimulam nosso sistema antioxidante endógeno a combater os radicais livres. Abaixo, a médica lembra os principais alimentos responsáveis pelo envelhecimento da pele:

Açúcar – o excesso de açúcar em doces e bolos contribui para a formação de AGEs prejudiciais ao colágeno, mas também está envolvido em processos inflamatórios, como a acne. Além de adequar o paladar, buscando consumir menos açúcar, é possível em muitas receitas substituir esse ingrediente por frutas mais doces e mel, que são fontes de vitaminas, ou versões mais ‘magras’, como o açúcar demerara ou o adoçante xylitol – também evitando o excesso.

Batatas fritas – ninguém discute o sabor, mas alimentos feitos em alta temperatura e baixa umidade causam a reação de glicação, com a formação de AGEs, além de aumentarem a produção de radicais livres que podem causar danos celulares à pele. “A exposição aos radicais livres acelera o processo de envelhecimento. A interligação afeta as moléculas de DNA e pode enfraquecer a elasticidade da pele”, diz a médica. O excesso de gorduras do óleo também causa danos ao organismo. Além disso, no caso das batatas fritas, elas são servidas com muito sal, sendo que o excesso de sódio pode tirar água do tecido cutâneo e levar à desidratação, tornando sua pele ainda mais propensa às rugas. Uma boa opção é substituir as batatas fritas por chips de babata doce assada.

Pão – o francês, de fôrma e o croissant são exemplos de alimentos com farinha branca, carboidrato de alto índice glicêmico. Além de envolvido no processo de glicação, seu excesso pode causar inflamação no corpo por aumentar muito a produção de radicais livres. Uma alternativa é apostar nas versões integrais e com grãos, que são excelentes fontes de fibra, e atingem a corrente sanguínea mais lentamente.

Margarina – se você já disse adeus ao pãozinho, mas ainda continua com a margarina, saiba que ela é rica em gordura hidrogenada e muitos aditivos químicos que tornam nossa pele mais vulnerável à radiação ultravioleta, que pode danificar colágeno e elastina, as proteínas de sustentação da pele. Em receitas, o azeite e até o abacate podem ser boas trocas. Para passar no pão, aposte no creme de gergelim (tahine), boa fonte de proteínas e fibras.

Carnes processadas – salsicha, calabresa, bacon e linguiça são exemplos de carnes processadas que podem ser prejudiciais à pele. “Essas carnes são ricas em sódio e gorduras saturadas, que podem desidratar a pele e enfraquecer o colágeno, causando inflamação”, lembra a médica. Esse tipo de proteína pode ser substituído por ovos e frangos ou proteínas vegetais como feijão, grão-de-bico e ervilha.

Sucos industrializados – os de caixinha, no geral, contam com açúcar e sódio em excesso, uma combinação perigosa para acentuar os danos de desidratação da pele e enfraquecimento do colágeno. Sempre que possível, em vez de sucos, o ideal é investir na ingestão da fruta, que traz o carboidrato e as fibras.

Álcool – embora não seja necessariamente um alimento, o álcool é muitas vezes o acompanhamento ideal, mas ele pode causar uma série de problemas quando se trata da pele, incluindo vermelhidão, inchaço, perda de colágeno e rugas. “O álcool esgota seus nutrientes, hidratação e níveis de vitamina A, os quais têm um impacto direto sobre as rugas. A vitamina A é especialmente importante no que diz respeito ao crescimento de novas células e à produção de colágeno, assegurando que a pele seja elástica e livre de rugas”, diz a médica. Uma boa dica é manter-se hidratado e fazer boas escolhas com moderação, como o vinho tinto, que traz a molécula de resveratrol, um poderoso anti-idade. “Essa molécula traz vários benefícios para a saúde em virtude da sua ação antioxidante, que funciona para combater o envelhecimento. Além disso, o resveratrol é capaz de ativar a sirtuína-1, proteína que age no aumento da longevidade celular”, explica. Mas o consumo de álcool deve ser em pequenas quantidades e em pessoas capazes de metabolizar o álcool, ou seja o benefício do vinho tinto não é para todos.

pele beleza alimentação frutas mulher

De acordo com a médica, evitar o excesso desses alimentos é um hábito que deve ser aprendido o quanto antes a fim de impedir que os problemas de pele surjam de maneira precoce. “Consulte sempre seu médico ou nutricionista para adequar sua alimentação”, finaliza a médica.

Fonte: Beatriz Lassance é cirurgiã plástica formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e residência em cirurgia plástica na Faculdade de Medicina do ABC. Trabalhou no Onze Lieve Vrouwe Gusthuis – Amsterdam -NL , é Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery) e da American Society of Plastic Surgery. Além disso, é membro do American College of LifeStyle Medicine e do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida.

Porque não podemos utilizar qualquer sabonete no rosto

Parte sensível do nosso corpo, o rosto requer cuidados especiais na hora da limpeza

Você sabe o que é filme hidrolipídico? É a mistura entre lipídeos, cerâmicas e líquidos, que juntos formam uma camada de proteção na pele do nosso rosto, nos protegendo contra microrganismos e auxiliando na preservação da água da camada córnea, o que mantém a hidratação. A pele do rosto costuma ser mais sensível que a de outras regiões do corpo, por isso requer alguns cuidados quando falamos da sua limpeza.

sabonete liquido.jpg

A grande maioria não sabe, mas o sabonete comum, quando utilizado para limpeza do rosto pode deixá-lo desprotegido e até irritado. “Quando utilizamos o sabonete em barra comum – que normalmente possui fórmula um pouco mais agressiva – para a limpeza do nosso rosto, o filme hidrolipídico acaba ficando comprometido, o que deixa a pele mais sensível e desprotegida, podendo causar sensibilidade e até irritações”, explica a esteticista Ângela Coelho.

Segundo a esteticista, em peles oleosas, por exemplo, essa limpeza inadequada pode causar um efeito rebote e aumentar a produção de sedo, o que propicia o surgimento de acnes e a obstrução dos poros. Já nas peles secas, a perda da proteção deixa a pele ainda mais ressecada e pode levar ao aparecimento de linhas de expressão. Além disso, o pH da pele do nosso rosto é diferente do resto do corpo, o que faz com que precise de ainda mais cuidado.

A limpeza correta do nosso rosto faz com que a nossa pele se mantenha bonita e saudável. O primeiro passo para evitar esse tipo de problema é escolher o sabonete ideal para o seu tipo de pele, que vai atender adequadamente as suas necessidades. “Na dúvida sobre o seu tipo de pele e em quais produtos investir, invista em um sabonete com pH neutro – pode ser sabonete de bebê, que na embalagem esteja identificado como pH Neutro, pH 7 ou pH balanceado – , pois esse pH é compatível com a pele do rosto”, completa.

Além do sabonete, existem algumas dicas e produtos que vão auxiliar no cuidado com o rosto. Use tônicos e hidratantes, mesmo tendo a pele oleosa; todas precisam de hidratação. Evite colocar a mão no rosto, ela costuma estar cheia de micro-organismos que podem contaminar a pele. Procure produtos com fórmulas livres de parabenos, álcool e corantes. E lembre-se: a hidratação da pele ocorre principalmente de dentro para fora, então tomar água é essencial para que os cremes hidratantes façam o efeito de criar uma barreira na pele que impede a perda de água excessiva.

Sabonetes e os tipos de pele

aloe-vera pixabay
Aloe vera – Pixabay

Pele normal: é a pele equilibrada, então um sabonete suave com propriedades hidratantes é o suficiente. Ativos como aloe vera, extrato de calêndula, extrato de ginseng, extrato de maracujá e argila branca são ótimos para esse tipo de pele.

chá erva deoce fresh design pedia
Erva doce / freshdesignpedia

Pele oleosa: é uma pele que possui um desequilíbrio na glândula sebácea e na glândula sudorípara, o que causa uma maior produção de óleo e de água. Apesar de oleosa, ela pode apresentar algumas zonas de ressecamento. Nessas áreas, o sabonete não deve ser usado, já que ele possui propriedades secativas. Produtos com ácido salicílico, erva doce, melaleuca, hamamelis e argila verde são boas opções e possuem ação sebo reguladora.

aveia

Pele seca: é uma pele que possui um desequilíbrio na glândula sebácea e na glândula sudorípara, e, diferente da pele oleosa, a seca tem pouca produção de óleo e de água. O ideal aqui é usar sabonetes que tenham ativos com propriedades hidratantes, como: extrato de aveia, extrato de melissa, óleo de framboesa e argila amarela.

Alecrim MGD©
Alecrim – Foto: MGD©

Pele Mista: este tipo de pele possui regiões com maior produção de lipídeos (normalmente na zona T), e alterna regiões secas e normais. Sabonetes com ativos como extrato de hortelã e extrato de alecrim são excelentes opções.

Fotolia homem pele creme cuidados
Fotolia

Peles Masculinas: os ativos são os mesmos, porém usados em concentrações diferentes, já que a pele dos homens geralmente tem maior produção de sebo e costuma ser mais resistente.

Fonte: Ângela Coelho

Saiba como cuidar da pele na primavera

Dermatologista Camila Moulin esclarece que características da época refletem no bem-estar da pele e que por isso merece cuidados especiais

Primavera, conhecida como a estação das flores, começou no dia 23 de setembro, e costuma ter temperaturas agradáveis e dias ensolarados. Porém, algumas das características da estação refletem no bem-estar da pele que por isso merece cuidados especiais.

A dermatologista Camila Moulin faz um alerta sobre os cuidados com a pele neste período. Com a primavera os dias ficam mais longos e a quantidade de radiação ultravioleta oscila assim como as temperaturas. Num mesmo dia podemos ver sair o sol forte e sofrermos uma mudança repentina acompanhada de uma chuva forte. Mudanças de estação significam mudanças no cuidado com a pele.

“Apesar de não estarmos ainda no alto verão é recomendado não descuidar do uso regular do filtro solar. Este item é obrigatório! Mesmo que você tenha diminuído suas reaplicações de filtro solar durante o dia, nos dias de inverno, recomendo voltar a reaplicar seu filtro de eleição a cada 4/4 horas, como você já fazia no último verão. Abuse de sombrinhas, roupas com filtro solar, chapéus e óculos escuros para ter uma maior proteção”, explica Camila.

A dermatologista elaborou algumas dicas para manter a pele sempre bem cuidada:

mulher meia idade creme

Hidrate a pele: o clima ainda está seco e é preciso repor a água que perdemos, mesmo que a pele seja oleosa. Lembre-se que óleo e água não são a mesma coisa. Há excelentes hidratantes para uma pele mista ou oleosa, que podem ser prescritos por dermatologista após uma análise minuciosa do seu tipo de pele. Produtos à base de ácido hialurônico são imbatíveis.

mulher rosto esfoliante liveabout
Foto: LiveAbout

Esfoliação: é importante para remover a pele morta. Primavera é período de renovação. Evite esfoliantes muito abrasivos. Nesta época mesmo a esfoliação deve ser suave para garantir o melhor resultado e não danificar a pele. Recomendo duas vezes por semana no período entre o inverno e verão.

Primavera é uma época interessante para uso de hidroxiácidos, menos irritantes que o ácido retinóico. Excelente momento também para iniciar depilação definitiva visando o uso de biquínis no verão – o que também ajuda a controlar casos de foliculite.

O segredo dos cuidados nesta época do ano é que ainda podemos realizar tratamentos de cor, textura e renovação celular, que muitas vezes não recomendamos no verão. É uma época ótima para tratamentos como peelings, lasers fracionados e microagulhamento. A pele, quando renovada na primavera, chega ainda mais brilhante no verão.

preenchimento

Tratamentos cosméticos que ajudam a retardar os sinais do envelhecimento são recomendáveis na primavera: ajudam a minimizar os danos que o tempo seco do inverno provocou. Toxina botulínica e preenchimento costumam ter uma excelente resposta nessa época. Outro tratamento interessante é o Ultraformer 3, que pode realizar uma espécie de “lifting sem cortes” nos mais velhos ou até mesmo uma espécie de “banco de colágeno” em pacientes mais jovens interessados em envelhecer com uma pele saudável.

É importante certificar-se de que os produtos utilizados em casa são mesmo os recomendados para a estação. Não deixe de se consultar com um médico especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para saber se você está no caminho certo.

camila moulin.jpg

Fonte: Camila Moulin é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). No exterior, fez Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Cosmética no Mount Sinai Medical Hospital, em Nova York, e no Ackerman Academy of Dermatopathology, na mesma cidade. É graduada em Medicina e pós-graduada em Dermatologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e formada em Cirurgia Dermatológica pelo Hospital Geral de Bonsucesso, no Rio de Janeiro.

Os benefícios da vitamina C para a pele

Essencial para a produção de colágeno, ela tem ação rejuvenescedora e antioxidante

A vitamina C é muito conhecida e ótima para a saúde de modo geral. Por não ser sintetizada pelo organismo, ela deve ser inserida por meio da alimentação ou de uso tópico. A vitamina C é essencial para a produção natural de colágeno no corpo, a proteína que dá sustentação e firmeza para a pele, cabelos, unhas e articulações.

frutas-citricas

Ela pode ser encontrada nas frutas e vegetais como a acerola, goiaba, kiwi, morango, laranja, pimentão, brócolis, couve-de-bruxelas e caju. No entanto, hoje, ela não existe apenas para consumo oral; os estudos evoluíram e surgiu a Vitamina C de uso tópico. Estudos provaram que com a Vitamina C oral o organismo absorve em torno de 10% de seus benefícios e no uso tópico constatou-se que ela pode ser reaproveitada em até 60% de seus benefícios.

Adélia Mendonça, especialista em dermocosméticos de alta performance, sendo pioneira no Brasil nas áreas de estética íntima e skincare de alto percentual ativo e fundadora da Adélia Mendonça Cosméticos, explica que é importante lembrar que a Vitamina C tem uma especificidade que necessita de uma atenção: ela é muito volátil e oxida facilmente.

“Por exemplo, se fizer um suco de laranja e não tomar ele na hora, deixando passar alguns minutos, você irá tomar apenas água com gosto de laranja, pois, ele já irá ter perdido todos os benefícios da vitamina C”, aponta Adélia.

Hoje, na área dos cosméticos, é possível encontrar a Vitamina C estabilizada. Adélia Mendonça explica que ela vem em nanopartículas e em cápsulas. “Isso é a nanotecnologia, que é a evolução dos cosméticos em nanopartículas e lipossomadas que preservam o ester da vitamina C em 100%. Ela deve ser medicamente fechada sem nenhum contato com a luz e ar, porque se acontecer o contato ela irá oxidar e perder suas propriedades”, esclarece.

Por isso, hoje é possível industrializar um produto com o princípio ativo da Vitamina C em até 30% da vitamina pura, mas, para isso, é necessário que ela tenha sido medicamente fechada em uma embalagem especial, para manter suas propriedades microbiológicas e físico químicas.

Benefícios para a pele

270054_560069_mascara_de_vitamina_c_web_

Adélia lembra que a vitamina C possui diversos benefícios para a pele, mas que os mais importantes são:

– Ação clareadora: no Brasil, existe uma miscigenação oriundas de várias raças, por isso, a pele brasileira tem uma predisposição muito grande para manchar, além de ser um país tropical com sol forte que favorece as manchas. Assim, é importante essa ação clareadora da vitamina.
– Ela estimula a síntese do colágeno: a vitamina C estimula o fibroblasto a produzir mais fibras de sustentação na pele, que são o colágeno e elastina. Assim, teremos uma pele mais firme, menos flácida, mais hidratada, mais luminosa.
– Ação oxidante: uma pele oxidada tem uma disposição maior para envelhecer, porque a oxidação é a “ferrugem” da célula, assim ela vai envelhecer a célula. Então, a vitamina C tem ação rejuvenescedora.
– Poder de regenerar a pele: ela tem a capacidade de regenerar as células danificadas, como cicatrizes, rugas e estrias.

Adélia lembra que, hoje, a vitamina C é um produto multifuncional e é muito conhecida e difundida na mídia. No entanto, cabe ao consumidor ficar atento a sua qualidade. “Por exemplo, algumas vitaminas C vêm em um conta-gotas, assim ela perde sua eficácia muito rápido, pois quando em contato com o ar e luz ela não consegue manter a estabilidade”, finaliza.

Fonte: Adélia Mendonça atua na área de estética há mais de 40 anos. Começou a se dedicar aos estudos em cosmetologia a partir de um problema estético pessoal para o qual não conseguia encontrar solução. Possui especialização em Estética Facial Corretiva, realizada em Buenos Aires (Argentina), e já participou de pesquisas na Europa, Estados Unidos e América do Sul. Fundou seu próprio laboratório, a Indústria de Cosméticos Adélia Mendonça, para aplicar os conhecimentos adquiridos ao longo de seus anos de estudos.

Beautification utiliza os padrões de proporções para embelezar o rosto – sem modificá-lo

O mundo da beleza está em constante evolução. Os estudos na área não param e, com eles, novos conceitos são criados. É o exemplo das intervenções faciais realizadas hoje, que diferem de anos atrás. A busca não é a perfeição do rosto e, sim, criar uma harmonia do todo, deixando-o com aspecto mais atraente e menos cansado.

É aí que entra o conceito de Beautification. Segundo a Merz, uma das principais empresas de estética do mundo, este termo refere-se a uma combinação de intervenções não cirúrgicas para obter equilíbrio estético e funcional da face.

De acordo com a dermatologista Bárbara Saavedra, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, é possível embelezar o rosto a partir de um estudo criterioso de proporções, medidas e ângulos.

hyaluronic-acido

“A ideia é alcançar o embelezamento da face, com intervenções sutis, minimizando as assimetrias e realçando áreas que merecem destaque, sempre com naturalidade e preservando as características de cada pessoa. Para isso, é necessário um olhar individualizado e um conhecimento adequado de anatomia”, explica a médica.

Primeiro é importante fazer uma análise aprofundada dos pontos de sustentação da face. Segundo a dermatologista, é preciso dar atenção a três camadas diferentes: ossos, músculos e gordura. “Elas compõem a estrutura facial e são responsáveis por alterações que podem ocorrer ao longo do tempo. A partir daí, são definidas as áreas que devem ser melhoradas e os procedimentos adequados para cada caso – e até mesmo a combinação deles”, diz.

Muitas técnicas são usadas na abordagem de Beautification. O preenchimento à base de ácido hialurônico é uma delas. “Pode ser usado, por exemplo, para dar volume e/ou reposicionamento malar, é o caso do famoso ‘efeito blush’; melhorar o contorno do rosto e dar projeção para o queixo; e aperfeiçoar a proporção dos lábios”, explica. Neste último, é possível aplicar a Liplush Technique, um método inovador que utiliza produtos da linha Belotero, com diferentes densidades de ácido hialurônico, e atua em áreas e pontos pré-definidos para realçar a beleza dos lábios, com mudanças sutis.

Outro exemplo é a toxina botulínica. Ela é usada para melhorar o sorriso – pessoas que têm sorriso gengival ou invertido -, para suavizar rugas e modelar as sobrancelhas. “O Grid 21 é uma das grandes invenções aqui. Lançado recentemente, é uma técnica personalizada de aplicação da toxina botulínica purificada. É usado para modelar a sobrancelha e tratar a testa, funcionando como um guia de orientação para o médico”, explica Bárbara.

Por último, o bioestimulador de colágeno e o ultrassom microfocado são usados para tratar flacidez superficial e profunda e melhorar a qualidade da pele. “Muito vezes, utilizo a combinação do Ulthera e Radiesse para potencializar os resultados. Cada um atinge uma camada da pele e, juntos, estimulam uma quantidade maior de colágeno, deixando a pele mais firme e bonita”, explica.

“Além disso, em alguns casos, costumo usar o Radiesse para dar suporte para o rosto. Ele é um bioestimulador versátil e consegue atuar no contorno facial também, deixando-o mais definido. É ideal para interferências menores, nas quais o preenchedor não se faz necessário, já que a ideia não é volumizar”, acrescenta.

mulher rosto face tratamento.jpg

A médica diz que o conceito está longe de propagar padrões ideais. Não existe um nariz ou uma boca que se adaptem a todas as pessoas. O importante é fazer um tratamento que valorize a beleza de cada um. “O objetivo é que o paciente conquiste uma face mais proporcional, com ângulos e contornos definidos, uma pele bonita e com frescor, sem exageros e respeitando a sua personalidade”, finaliza.

Fontes:

Bárbara Saavedra é médica dermatologist, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) inscrita no Cremesp sob número 143664.

Merz: uma das principais empresas de estética do mundo e oferece um portfólio completo para tratamentos estéticos minimamente invasivos. A farmacêutica é detentora das marcas Belotero (preenchedor e volumizador à base de ácido hialurônico, consagrado em mais de 50 países em todo o mundo), Radiesse (bioestimulador de colágeno) e Xeomin (toxina botulínica A purificada). 

Você pode incluir produtos infantis na rotina de beleza, mas não todos

Produtos cosméticos destinados aos adultos são proibidos para crianças. Mas alguns produtos infantis podem ser usados por adultos, desde que de forma correta

Grande parte das pessoas acredita que não há diferença entre produtos infantis e adultos. Não se engane, pois essa distinção existe, e usar o produto inadequado pode causar problemas à pele das crianças, como reações alérgicas.

“Isso porque até a puberdade a pele é muito mais delicada do que na vida adulta, já que produz menor quantidade de suor e sebo, o que torna as crianças mais sensíveis à ação de alguns produtos. E é justamente essa sensibilidade da pele que faz com que a indústria dermocosmética pense em produtos específicos para os pequenos, com fórmulas menos agressivas”, explica Lucas Portilho, consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma.

Em contrapartida, adultos podem fazer uso de produtos específicos para o público infantil, principalmente aqueles que possuem a pele sensível. Mas é importante ressaltar que nem todos os produtos infantis são indicados para o público mais velho. Para ajudar, o especialista apontou quais produtos infantis podem ser utilizados por adultos e quais devem ser evitados. Confira:

mulher lavando o cabelo

Xampus – por possuírem uma fórmula suave e pH neutro, xampus infantis são ótimos demaquilantes para a área dos olhos, já que limpam bem as pálpebras e cílios sem agredir a região. Para usar o produto para essa finalidade, basta colocar algumas gotas em um algodão úmido, aplicar levemente nas pálpebras e, em seguida, enxaguar. “Mas, apesar de atuarem bem como demaquilantes, estes produtos não devem ser usados por adultos como xampus, pois, geralmente, possuem pH igual a 7, ou seja, neutro, enquanto o pH do couro cabeludo de um adulto é por volta de 5. Logo, o produto não trará nenhum benefício ao couro cabeludo e aos cabelos, já que existe uma incompatibilidade entre o tipo de xampu e o couro cabeludo de adultos”, destaca Lucas.

talco pé wikihow
Foto: wikiHow

Talco – utilizado há anos como desodorante devido a sua alta capacidade de absorção de suor, o talco possui muitas aplicações no dia a dia de um adulto. Por exemplo, o produto pode ajudar a controlar a oleosidade do couro cabeludo nos dias em que o cabelo está um pouco mais oleoso ou então pode ser utilizado nos sapatos das pessoas que suam muito nos pés para diminuir o mau odor que fica no final do dia. “Porém, apesar de não ser contraindicado, o produto não é ideal para os adultos. Isso porque, quando aplicado de forma exagerada na pele, o talco pode causar a obstrução dos poros, facilitando assim o surgimento de foliculite, brotoejas e irritações. Por isso, utilize o produto com moderação”, alerta o pesquisador.

bebe fralda pomada mom loves best
Foto: Mom Loves Best

Pomada de assadura – usadas para combater assaduras em bebês são ótimas para serem utilizadas em regiões ressecadas, como lábios e cotovelos, e para acalmar a pele após a exposição solar exagerada. Esses produtos são ricos em substâncias hidratantes e calmantes, como a vitamina B5, que possui uma alta capacidade hidratante e regenerativa da pele, e óxido de zinco, que forma uma barreira de proteção sobre o tecido. “Mas é fundamental que você não utilize essas pomadas para combater olheiras, prática realizadas por muitas mulheres, pois, além de não amenizarem as alterações, já que não possuem ativos clareadores ou antioxidantes, as pomadas ainda podem causar alergias ou aumentar a oleosidade no rosto, afinal, esse tipo de produto não passa por testes de irritação ocular ou de comedogenicidade”, afirma o especialista.

mulher oleo

Óleo Vegetal – usados para hidratar a pele dos bebês são ótimos para serem utilizados após procedimentos de depilação para acalmar a pele irritada e avermelhada, pois a fórmula destes produtos proporciona alívio ao tecido, além de deixar a pele mais macia e lisa. De acordo com Portilho, os óleos vegetais ainda podem ser usados como demaquilantes para remover a maquiagem mais pesada, já que não agridem a pele.

lenços umedecidos bebê.jpg

Lenço umedecido –  faz parte do nécessaire da grande maioria das pessoas, seja para refrescar a pele, remover a maquiagem ou higienizar o rosto. Mas, segundo o pesquisador, estes produtos são feitos para realizar a higienização intima do bebê e não devem ser utilizados para outras finalidades. “Os lenços umedecidos, quando utilizados no rosto, removem em excesso a oleosidade da pele, deixando-a desprotegida e causando um efeito rebote, com consequente aumento da produção da oleosidade. Sendo assim, evite utilizar este tipo de produto e, se precisar utilizá-los em casos de emergência, prefira aqueles que não possuem perfume e enxágue o rosto logo após o uso”, completa.

cosmeticos_infantis criança.jpg

Por fim, Portilho lembra que, antes de utilizar qualquer um dos produtos citados acima, o mais importante é que você consulte um dermatologista. Apenas ele poderá realizar uma avaliação de sua pele e da fórmula dos produtos, indicando os mais recomendados para o seu caso.

Fonte: Lucas Portilho: consultor e pesquisador em Cosmetologia, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma, Pesquisador em Fotoproteção na Unicamp. Especialista em formulações dermocosméticas e em filtros solares. Diretor das Pós-Graduações do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional, Hi Nutrition Educacional e Departamento de Desenvolvimento de Novas fórmulas. Foi coordenador de desenvolvimento de produtos na Natura Cosméticos e gerente de P&D na AdaTina Cosméticos. Professor e Coordenador dos cursos de Pós-Graduação com MBA do Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele Educacional. Coordena Estágios Internacionais em Desenvolvimento de Cosméticos na Itália, França, Mônaco e Espanha.

Bepantol Derma Toque Seco deixa a pele hidratada e sequinha num toque

A linha Bepantol Derma ganhou um reforço de peso: o Bepantol Derma Toque Seco. A novidade, que mantém a fórmula única de Bepantol, ficou ainda melhor e deve ganhar o coração das consumidoras ao unir seu poder de hidratação intensa e restauração profunda à sensação de toque seco e textura mais leve.

Com o lançamento, a linha Bepantol Derma tem agora um produto para cada tipo de necessidade:

=Hidratante Intenso Toque Seco, para ser usado a qualquer hora e em qualquer lugar, indicado para peles normais e secas, ideal para mãos, rosto e pescoço;
o produto atual, Hidratante Multirrestaurador para a rotina de hidratação diária, indicado para peles extrassecas ou regiões sensibilizadas da pele.

Ambas as versões são indicadas para regiões afetadas pelo ressecamento e para regiões tatuadas ou micropigmentadas.

“Era muito comum ouvirmos de nossas consumidoras que já amavam o Bepantol® Derma a necessidade de algo com textura mais leve e com rápida absorção, para ser usado a qualquer hora do dia.”, comenta Ana Carolina Vaquero, gerente de marketing da marca, que completa: “Agora é possível atender a todos as ocasiões e tipos de pele com o mesmo resultado: a hidratação intensa e restauração profunda que só Bepantol® Derma proporciona”.

Sua formulação oil free com rápida absorção, combinada com o já conhecido dexpantenol (pró-vitamina B5), Bepantol Derma Toque Seco possui uma rica propriedade hidratante, ideal para restaurar profundamente as camadas da pele.

A marca também renovou toda a linha, com embalagens mais sofisticadas e informativas. O produto chega ao mercado com apresentação de 30g e já pode ser encontrado em farmácias e drogarias de todo o Brasil.

bepantol1.png

Preço sugerido de Bepantol Derma Toque Seco – 30g: R$ 35,90.

Informações: Bepantol

Neo Dermo Etage CC Cream Eudora proporciona barreira antipoluição e FPS 50

Buscando trazer praticidade nas rotinas de beleza das consumidoras, Eudora, marca do Grupo Boticário, apresenta o novo Neo Dermo Etage Protetor Solar Diário CC Cream FPS 50, um produto multifuncional que trata e uniformiza a pele de maneira leve e natural, além de protegê-la do sol.

neo eudora.png

O lançamento traz a combinação perfeita entre o FPS 50 e barreira antipoluição, que previne os sinais de envelhecimento precoce. Disponível em quatro opções de cores: Bege Natural, Bege Médio, Bege Intenso, Bege Caramelo, o novo produto possui textura oil free e efeito mate e forma uma barreira contra agressões externas, um dos grandes vilões do envelhecimento precoce.

“Itens com proteção solar são indispensáveis na rotina de beleza das pessoas, um reflexo desse comportamento é a procura cada vez maior por produtos com eficácia comprovada e que, principalmente, tragam praticidade para o dia a dia”, afirma a dermatologista Alessandra Fraga.

Conheça o lançamento:

Neo Dermo Etage Protetor Solar FPS 50 com cor CC Cream

neo 2.png

Proteção reforçada: FPS 50 e barreira antipoluição. Disponível em quatro cores: Bege Natural, Bege Médio, Bege Intenso, Bege Caramelo possui fórmula Oil free e efeito mate. R$54,99

Onde encontrar: por meio de Representantes Eudora, e-commerce, lojas próprias, quiosques ou no site.

Informações: SAC Eudora 0800 727 45 35