Arquivo da categoria: Petisco

Shopping Light reúne melhores botecos de São Paulo em evento gastronômico

O sabor inigualável das comidas e bebidas dos points paulistanos se encontram em final de semana na região central da cidade. Festival “Botecaria” conta com apresentações musicais ao vivo e presença de DJ

Uma das paixões dos paulistanos é unir comida e bebida em um ambiente agradável e propício para happy hour. Os famosos botecos da cidade reúnem tudo isso. Para promover uma experiência nova em plena região central, o Shopping Light seleciona os melhores points de São Paulo e abraça a todos em um evento especial. É a “Botecaria”, que chega ao rooftop do empreendimento – um espaço icônico no centro da cidade – nos dias 5 e 6 de outubro. A entrada é gratuita.

Divulgação - Shopping Light (5)Divulgação - Shopping Light (4)Divulgação - Shopping Light (1)Divulgação - Shopping Light (6)

A ação é uma parceria com o Grupo FSN e reúne os melhores botecos da cidade de São Paulo em um mesmo espaço, apresentando seus drinques e petiscos já consagrados e adorados pelo público. A ideia é divulgar e fomentar a cultura botequeira, com destaque ao trabalho desses bares e suas histórias.

Ao todo, cerca de 30 expositores, entre os bares mais queridos da cidade, produtores gastronômicos de bebidas, queijos, embutidos e doces complementam o evento, com opções de doses e porções para serem consumidas no local ou levar para casa. O espaço conta também com muita música, apresentações ao vivo e a presença de um DJ.

Foram selecionados bares de diversas regiões da cidade pra enriquecer e agregar ainda mais ao evento. Histórias, quitutes deliciosos, drinks únicos e memória afetiva foram itens importantes para a montagem da lista de participantes. São eles: Bar do Luiz Fernandes, Guarita Bar, Bar Pirajá, Mocotó, Peixaria e Fôrno.

botecaria.jpg

Além dos estabelecimentos já confirmados, o evento terá a presença de produtores de comidas e bebidas que vão servir suas especialidades, como Fazenda Atalaia, Jais Hand Made, Sina, Taste Me!, Guará Vermelho, Pão di Queijo da Mineira, Negroni Ricetta 45, Santo Cutelo, Cerveja Avós, Cervejaria Vinil, Bufala & Co, Ama.zo, Da Mooca Pizza Shop, Joy, Desenrolha, O Chá Lá, Tabuleiro das Meninas, Totó Cannoli e Açucareiro da Nana.

“O Shopping Light aposta cada vez mais em festivais e eventos gastronômicos que se tornem verdadeiros programas culturais para serem aproveitados por toda a família e amigos. A região central da cidade é belíssima e nós estamos em um dos mais importantes cartões-postais. É uma nova opção para reunir a turma e curtir um final de semana saboroso, além de conhecer produtos novos e de alta qualidade”, comenta Wagner Patrocinio, Coordenador de Marketing do Shopping Light.

botecaria 11

Botecaria
Data: 5 e 6 de outubro
Horário: sábado, das 12h às 20h e domingo, das 12h às 18h
Local: Rooftop – Shopping Light
R. Cel. Xavier de Toledo, 23 – República, São Paulo/SP)
Entrada: Gratuita

Pipoca garante benefícios para o sistema digestivo e intestinal

Você sabia que a pipoca é uma ótima aliada para manter o sistema digestivo saudável? Por conter uma parte significativa de fibras em sua composição, o grão estourado auxilia no trânsito intestinal, contribuindo na redução da absorção de glicose e carboidratos, tornando-se muito benéfico no tratamento da constipação e desconforto intestinal.

Além disso, é um alimento rico em polifenóis, ou seja, antioxidante. E, ainda que exposto à altas temperaturas para estourar, mantém seus nutrientes. Em decorrência desses benefícios tão significativos, a pipoca tem ganhado cada vez mais espaço como opção de lanche entre as refeições. O snack ajuda a manter o metabolismo acelerado, promover saciedade e controlar o apetite, o que por sua vez pode reduzir o ganho de peso.

“O milho é um grão que apresenta diversos benefícios para a saúde. E a pipoca nada mais é do que esse mesmo grão que mudou de estado após ser aquecido em altas temperaturas. Mesmo que algumas pessoas sintam variações de sabor, as propriedades da pipoca são semelhantes se ela for preparada no fogão ou no micro-ondas”, assegura Taciana Kuroiwa, nutricionista da Equilibrium.

pipoca 2 pexels

Mas como qualquer outro alimento, a pipoca deve ser consumida com moderação e regulando os níveis de sódio e fontes de gordura.

“Preparada e consumida da forma correta, o milho se torna um grande auxiliar na manutenção da saúde. Além, é claro, de ser rápido e fácil de preparar” ressalta a especialista.

Fonte: Equilibrium

Pátio SP baixa preço de rodízio de petiscos e open chope no Happy Hour

O famoso happy hour é um bom motivo para reunir os amigos e relaxar um pouco depois do trabalho. Não tem regra: happy hour pode ser qualquer dia da semana, sempre depois do expediente. É nele que o bom papo, a cerveja gelada e a companhia fazem aliviar um pouco a rotina do dia a dia.

Para estas ocasiões, alguns locais oferecem boas promoções. Como é o caso do Pátio SP – bar de música brasileira localizado na boêmia Vila Madalena – que baixou o preço do rodízio de petiscos e resgatou o Open Chope, também com valor mais convidativo.

Agora, às quartas e quintas – das 17h às 21h30 – tem rodízio de petiscos que era R$ 29,90 e passou para R$ 24,90 por pessoa. E o sistema é o “coma à vontade”: batata rústica, polenta frita, pastel (carne queijo), coxinha de frango e sanduba de carne louca.

rodizio de petiscos reginaldo pupo.jpg
Foto: Reginaldo Pupo

Nos mesmos dias e horários, está de volta o Open Chope, que era R$ 49,90 e está por R$ 44,90 por pessoa. “Nossa qualidade com estes preços são bem atrativos. O custo benefício favorece tanto os nossos clientes, que já nos conhecem, como é uma boa oportunidade para quem não conhece”, diz Christian Caballero, sócio do Pátio SP.

open chope wellington nemeth
Foto: Wellington Nemeth

Nas quintas o happy hour fica ainda mais animado com o projeto “Samba no Pátio”, comandado pelo grupo Desejo Maior, formado por Marcelo Negrette, Didio Santana, Rick Santos e Nando Lins. A cada quinta, tem um convidado diferente para animar ainda mais o pagode. Nesta (25), por exemplo, será o grupo Barraco de Pau.

Pátio SP Bar – Rua Mourato Coelho, 1.272, Vila Madalena, São Paulo – Horário de funcionamento: segunda, das 11h30 às 15h; terça a sexta, das 11h30 às 15h e das 17h às 24h; sábado, das 12h à 1h e domingo, das 12h às 23h.

 

Petiscos deliciosos feitos com sardinha

O Carnaval chegou e se você for para a folia, nada melhor do que sempre ter alguns petiscos preparados para quando a fome bater. Para te ajudar a preparar uns petiscos megassaudáveis, a Gomes da Costa separou três receitas deliciosas para você ter sempre em mãos. Bom apetite:

Farofa de Sardinha

farofa-de-sardinha-desktop

Ingredientes:
· 1 lata de Sardinha com Óleo Gomes da Costa (125g)
· 1 colher (sopa) de margarina
· 1 cebola picada
· 1 xícara (chá) farinha de mandioca flocada
· Sal a gosto

Modo de Preparo:
Aqueça o óleo da Sardinha Gomes da Costa e a margarina. Refogue aí a cebola até começar a dourar. Junte a farinha e cozinhe mexendo sempre até ficar totalmente solta. Acrescente as Sardinhas Gomes da Costa e com a ajuda das costas de uma colher de pau, esfarele o produto. Tempere com sal a gosto.

Dica do chef: as sardinhas devem ser esfareladas para que fiquem integradas na farinha, o que dá mais sabor à farofa.

Variação: acrescente cheiro verde ou coentro picado à farofa.

Quadradinhos de Tapioca com Sardinha

quadradinhos-de-tapioca-com-sardinha-desktop

Ingredientes

Quadradinhos:
· 1 xícara (chá) de tapioca granulada (180g)
· 2 xícaras (chá) de queijo meia cura ralado (200g)
· Sal a gosto
· 1 e meia xícara (chá) de leite fervente (360ml)
· 1 lata de Sardinha em Óleo Gomes da Costa (125g)
· Óleo para fritar

Molho para acompanhar:
· 2 colheres (sopa) de açúcar (20g)
· 3 colheres (sopa) de água (60ml)
· 2 colheres (sopa) de vinagre tinto (30ml)
· 2 colheres (sopa) de cachaça (30ml)
· 1 dente de alho (médio) ou meia colher (chá) bem amassado (2g)
· ¼ de pimenta dedo de moça ou meia colher (chá) bem picada (4g)
· 4 cravos da Índia
· 1 colher (chá) de amido de milho (3g)
· Sal a gosto

Modo de Preparo

Quadradinhos:
Em uma tigela junte a tapioca, o queijo e o sal. Misture. Acrescente o leite fervente e mexa bem para que não se forme grumos. Deixe descansar por cerca de 5 minutos ou até que a mistura comece a firmar. Junte a Sardinha Gomes da Costa escorrida e misture novamente. Despeje numa assadeira pequena (com cerca de 18x22cm), forrada com filme plástico. Leve para gelar por no mínimo 4 horas ou até ficar bem firme. Desenforme e corte a massa em quadrados de cerca de 2 cm. Frite aos poucos, em óleo quente até dourar. Sirva quente.

Molho para acompanhar:
Em uma panela pequena derreta o açúcar até ficar cor de caramelo. Junte 2 colheres (sopa) de água, o vinagre, a cachaça, o alho, a pimenta e os cravos. Cozinhe em fogo baixo, até o açúcar desmanchar por completo. Dissolva o amido na água restante e acrescente ao molho, cozinhe mexendo sempre, por cerca de 1 minutos ou até começar a encorpar. Sirva os quadradinhos acompanhados do molho.

Dica do chef: congele os quadradinhos de massa crua em assadeira, deixando espaço entre eles. Depois de congelados, retire da assadeira e coloque-os em um saquinho plástico, feche bem e volte ao congelador/freezer. Use o óleo da Sardinha para temperar saladas.

Variação: substitua o queijo meia cura por queijo coalho.

Delícia Ardente de Sardinha

delicia-ardente-de-sardinha-desktop

 Ingredientes

Massa:
· 1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo (225g)
· 4 colheres (sopa) de manteiga (80g)
· Cerca de 5 colheres (sopa) de água (75ml)
· 1 colher (chá) rasa de sal
· 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g)

Recheio:
· 1 lata de Sardinha em Óleo Gomes da Costa (125g)
· ¾ xícara (chá) de pimentão verde picado (100g)
· ¾ xícara (chá) de pimentão vermelho picado (100g)
· Meia xícara (chá) de creme de leite, sem soro (130g)
· 1 colher (sopa) de requeijão (18g)
· 2 colheres (sopa) de aguardente (30ml)
· 1 colher (chá) de pimenta dedo de moça picada (5g)
· Sal a gosto

Modo de Preparo

Massa:
Em uma tigela junte a farinha, a manteiga, a água, o sal e o fermento. Trabalhe a massa até não grudar nas mãos. Reserve

Recheio:
Em uma panela aqueça o óleo da Sardinha Gomes da Costa e refogue os pimentões. Junte o creme de leite, o requeijão e a água ardente. Acrescente a Sardinha Gomes da Costa picada grosseiramente. Tempere com sal a gosto.

Montagem:
Separe 10 forminhas de empada com cerca de 7 cm de diâmetro. Porcione a massa entre as forminhas. Abra a massa diretamente nas forminhas, forrando fundo e laterais. Recheie com o refogado de sardinha. Distribua as forminhas numa assadeira e leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 15 minutos ou até as empadinhas ficarem ligeiramente douradas e cozidas. Retire as empadas das forminhas e sirva.

Fonte: Gomes da Costa

Sangrias e Petiscos, em Festival na Barra Funda

Tradicional Bacalhau, Vinho & Cia cria combos de sangrias e beliscos portugueses até 21 de março

Até 21 de março as temperaturas tendem a permanecer em alta, com pelo menos mais quase dois meses de verão pela frente, já que o Outono por aqui só dá o ar de sua graça em Abril. É nesse contexto que o Bacalhau, Vinho & Cia, tradicional casa na Barra Funda, cria um festival de Sangrias geladíssimas e refrescantes, para beber com seus apetitosos petiscos típicos portugueses, em combinações harmonizadas e perfeitas para curtir a dois.

São quatro versões em harmonia com um petisco, a preço fixo. A Sangria de Vinho Rosé ganha a companhia de 4 bolinhos cremosos de Bacalhau, e custa R$ 119 o “combo”. Já a de Vinho verde é escoltada pela isca de Bacalhau, a R$ 119,00.

bolinho de bacalhau cremososangria de vinho verdealheiras

Alheiras e Batatas portuguesas harmonizam com a de Vinho Tinto, a R$ 119, e para os que preferem as borbulhas, a Sangria de Espumante vem com 4 sardinhas grelhadas, a R$ 119.

Bacalhau, Vinho & Cia – Rua Barra Funda, 1067 – Barra Funda, São Paulo – SP
Horário de atendimento: terça a sábado das 11h às 23h / domingos e segundas-feiras das 11h30 às 17h

Yoki lança linha de pipoca de micro-ondas com redução de sódio e gordura

Para acompanhar os consumidores em diversos momentos do dia a dia, seja no lanche da tarde, no trabalho ou após um dia agitado, a Yoki lançou uma nova linha em seu portfólio. Aproveitando o melhor que o milho pode oferecer, as novas opções de pipoca de micro-ondas apresentam, além dos grãos 100% integrais, gordura e sódio reduzidos.

Disponível nos sabores Natural com Sal – 25% menos sódio e gorduras totais –; Natural – 0% sódio e 25% menos gorduras totais –; e Manteiga – 25% menos sódio –, a marca, pioneira e referência na categoria, está alinhada às tendências do mercado ao trazer para as gôndolas seus sabores clássicos em versões mais leves.

pipoca yokj 2pipoca yoki 1pipoca yoki 3

A novidade deve agradar, principalmente, o público que está de olho na tabela nutricional: “As pipocas Yoki são produzidas com os mesmos grãos 100% integrais e selecionados da Yoki Premium. O milho tem nutrientes que estão presentes nas camadas mais externas do grão e são preservados quando é integral, oferecendo maior aporte de fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, vitamina E e minerais, como zinco e magnésio” Afirma Marycarmen Mondragon, Gerente de Nutrição Latam da General Mills.

Ainda, para reforçar os benefícios do milho, as embalagens dos lançamentos destacam os principais atributos do produto em seus claims, como o “Milho Yoki Premium” – que reforça a qualidade do produto e a garantia dos grãos selecionados –, e o selo do Wholegrains Council, que endossa os grãos 100% integrais.

“A pipoca é um dos snacks mais queridos pelos brasileiros. E nós da Yoki, como referência nesta categoria, temos o compromisso de manter os consumidores informados sobre os benefícios, qualidade e tradição dos nossos produtos. Por isso, ouvimos os nossos consumidores e, com as novas versões, esperamos atender ainda melhor o nosso público e conquistar novos consumidores, que desejam controlar a ingestão de sódio e gordura”, comenta Manuel Garabato, Diretor de marketing Latam da General Mills.

Os produtos estão disponíveis nos principais pontos de venda de todo o Brasil. O preço médio sugerido é do R$ 2,39 cada.

Vila Seu Justino promove Rodízio de Petiscos toda quinta-feira

Quinta-feira, no Vila Seu Justino, agora também é dia de rodízio de petiscos. Das 18 às 22 horas, o bar serve porções diferentes a R$ 28,90, por pessoa. Estão inclusos: batata, polenta e mandioca frita, coxinha, calabresa acebolada, iscas de frango e uma opção que muda a cada semana, podendo ser bolinho de queijo, de aipim, costela ou dadinho de tapioca.

coxinha

mandioca
Fotos: Lecca Fernandes

Para acompanhar, a casa serve chope Amstel por R$ 8,40 e Heineken a R$ 8,90. Long necks, drinques alcoólicos e não alcoólicos, caipirinhas e sangrias complementam o menu de bebidas.

Vila Seu Justino: Rua Harmonia, 77 – Vila Madalena – São Paulo. Horário de funcionamento: Terça a sexta-feira, das 18h às 2h. Sábado e domingo das 12h às 2h30

Oh Freguês oferece rodízio de petiscos toda quinta-feira

Bar serve nove opções de comidinhas durante quatro horas, por R$ 28,90

As quintas-feiras estão mais gostosas para quem for ao Oh Freguês. O bar, recém-inaugurado na Zona Norte de São Paulo, agora conta com rodízio de petiscos das 18 às 22 horas, pelo valor de R$ 28,90 por pessoa.

São nove opções de comidinhas: batata frita, coxinha, mandioca frita, miniquibe, bolinho de queijo, pastéis (carne e queijo), polenta frita, bolinho de aipim com carne seca e iscas de frango crocante na farinha corn.

iscas de frango lecca fernandes
Foto: Lecca Fernandes

Todos os petiscos fazem parte do cardápio convencional, com valores que vão de R$ 22,90 a R$ 28,90, cada. Com isso, é possível consumir todos, à vontade, pelo preço de um.

A casa abre a partir das 18 horas e conta com DJ para movimentar a pista. Por isso, é cobrado o valor de R$ 10,00, opcional, referente ao couvert artístico.

Oh Freguês – Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 145 – Freguesia do Ó . Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 18h até último cliente. Sábado, das 14h até último cliente. Domingo, das 12h até último cliente

Páscoa: veterinário alerta sobre o perigo dos chocolates para os pets

Guloseima é altamente tóxica para cães e gatos. Para evitar problemas, a sugestão é oferecer frutas e petiscos saudáveis ou sabor chocolate elaborados especificamente para eles

O chocolate é a grande estrela da Páscoa. Ovos, barras, bombons. A casa fica repleta de gostosuras. Uma tentação não só para nós, seres humanos, como para os animais de estimação. Aí bate aquela dúvida: dar ou não dar um pedacinho? A recomendação é resistir à cara de pidão, pois o chocolate faz muito mal à saúde deles.

puppy cachorro filhote

Se a ideia for presenteá-los com guloseimas alusivas à data comemorativa, opte pelas fabricadas com ingredientes próprios para seu consumo. O mercado oferece muitas opções, incluindo chocolates sem cacau e açúcar e petiscos em formato de cenoura e coelho. Frutas como mamão, banana, maçã e morango também são uma ótima opção para agradá-los.

O médico-veterinário Luciano Granemann e Silva, proprietário da Cão.Com, de Florianópolis, faz um alerta para o consumo de chocolate entre os pets. “Ele contêm teobromina, substância presente no cacau, que representa risco para cães e gatos, afetando seu sistema nervoso central. Dependendo da quantidade ingerida e do tamanho do animal, os sintomas vão desde vômito, diarreia, taquicardia até convulsões, podendo levar à morte em alguns casos”, afirma. Como a teobromina demora até seis dias para ser eliminada pelo fígado, correm risco não somente aqueles que ingeriram muito chocolate de uma só vez, mas também os que comeram doses repetidas em dias sucessivos. “Os quadros de intoxicação grave são mais raros, mas existem. Para isso, um cão de pequeno porte, por exemplo, teria que ingerir 100g de chocolate puro”, explica.

Mas o problema não é apenas essa substância: chocolates contêm altas doses de açúcares e gorduras, que fazem muito mal à saúde dos pets.

Precauções

É importante tomar algumas precauções para evitar o acesso dos bichinhos a essa guloseima. A dica, segundo Luciano, é não deixar o alimento à vista, em locais de fácil acesso, para que eles não comam escondido. Quem tem filhos pequenos em casa precisa ficar de olho para que eles não alimentem os animais ou que seu doce seja abocanhado pelo amigão.

Mas o que fazer se meu pet ingerir chocolate? O veterinário recomenda a ida imediata a uma emergência veterinária para uma avaliação profissional do quadro de saúde. Como não existe antídoto para a intoxicação por teobrominas, o tratamento se baseia nos sintomas apresentados.

Além do chocolate, evite também oferecer aos pets os pratos que for servir nas refeições da família na Páscoa, pois a sua ingestão também pode causar problemas gastrointestinais, como inflamação e fermentação. “A ração é sempre o alimento mais adequado e completo do ponto de vista nutricional”, garante Luciano.

Quatro alimentos para seu Pet na Páscoa

– Chocolates da Chocodoc’s, produzidos sem cacau e com substâncias adequadas ao consumo dos animais, em formato de ossinhos, bombons e tabletes.

Petisco para a Páscoa

– Biscoitos em formatos comemorativos (coelho e ovo) da Pets du Monde.Petisco Pascoa

– Snacks assados da linha Dog Menu Baked (lentilha e cenoura; peru e arroz integral; chia e fibras de ervilha).

cao com alimentos pet saudaveis (6)

– Cesta de frutas com banana, maçã, mamão e morango.

Fonte: CÃO.COM

Livro traz receitas simples e práticas de petiscos de boteco em versões veganas

A Editora Alaúde acaba de lançar o livro 50 Petiscos Veganos, da jornalista Katia Cardoso. Nele você encontra tudo o que precisa para montar um boteco vegano em casa. A obra reúne receitas de petiscos e comidinhas de bar, delícias que transformam qualquer encontro de amigos em um saboroso bate-papo.

Seja em um almoço descontraído aos fins de semana ou uma pausa na rotina em um bom happy hour nos botecos, os petiscos são uma paixão do brasileiro. E para agregar cada vez mais pessoas a esses momentos de confraternização com parentes e amigos, trazer opções veganas ao cardápio é uma ótima opção.

Pensando nisso, trouxemos duas receitas simples e práticas de petiscos veganos que podem deixar qualquer happy hour mais sofisticado e sustentável.

Caldinho de Abóbora com especiarias

Foto_Caldo_de_Abobora_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
1 fio de azeite
1 talo pequeno de alho-poró
600g de abóbora japonesa, sem casca e sem sementes, cortada em pedaços
1 pedaço de gengibre, sem casca, de 5cm cortado em dois pedaços
Sal a gosto
½ colher (chá) de curry
2 anises-estrelados
1 xícara de caldo de legumes caseiro
¼ de xícara de leite de coco caseiro

Mode de preparo
Numa panela de pressão, leve ao fogo o azeite e refogue o alho-poró até ficar transparente. Junte a abóbora e mexa bem. Adicione os demais ingredientes, exceto o leite de coco. Tampe a panela e cozinhe por 15 minutos após o início da pressão. Retire do fogo e deixe a panela esfriar para abri-la. Retire os anises e descarte-os (se quiser, descarte também o gengibre para um sabor menos intenso). Ponha no liquidificador e bata bem. Transfira para uma panela e leve ao fogo por mais 5 minutos. Acrescente o leite de coco, mexa bem e deixe por mais 2 minutos para aquecer mais. Sirva decorados com um anis-estrelado.

Tempo de preparo – 25 Minutos | Rende – 6 porções

Croquete de lentilha vermelha

croquete-lentilha1_Cesar Godoy Fotografia.png

Ingredientes
2 xícaras de lentilha vermelha demolhada e cozida
1 xícara de tofu marinado
¼ de xícara de farinha de arroz
3 colheres (sopa) de azeite
Sal, pimenta vermelha e noz-moscada a gosto
Farinha de rosca a gosto para empanar

Modo de preparo
Bata no processador todos os ingredientes, exceto a farinha de rosca. Molde croquetes e passe-os ligeiramente na água. Depois, passe na farinha de rosca.
Preaqueça o forno a 180 °C e ponha os croquetes em uma assadeira forrada com papel-alumínio ligeiramente untado com azeite. Asse por 25 minutos ou até dourarem. Sirva quente.

Tempo de preparo – 40 Minutos | Rende – 14 unidades

Sobre a autora

Vegana por convicção, Katia Cardoso é uma apaixonada pela boa comida e por criar receitas sem nenhum produto de origem animal. Sempre atenta ao que consome, Katia procura elaborar suas receitas com ingredientes orgânicos e não refinados, sempre o mais saudável possível. Jornalista com mais de 20 anos de experiência, é editora de culinária e foi responsável pela edição e produção das revistas Claudia Cozinha, Delícias da Calu e Máxima, na Editora Abril, e Ana Maria, na Editora Caras.

Capa 50 petiscos veganos - alta

Título: 50 Petiscos Veganos
Editora: Alaúde
Autora: Katia Cardoso
Páginas: 136
Formato: 16 x 21 cm – brochura com orelha, miolo colorido
Preço: R$ 29,90