Arquivo da categoria: Primavera-Verão

Alergias e reações de defesa do organismo

Fatores externos, como a presença de ácaros e poluição, agravam problemas respiratórios que podem ser atenuados com a modulação do sistema imune

As alergias são reações de defesa do organismo a agentes que, a princípio, são considerados nocivos, como os ácaros presentes na poeira, por exemplo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as alergias respiratórias acometem 30% dos brasileiros, sendo que a rinite alérgica tem 25% de prevalência, seguida pela asma alérgica, que atinge 20% da população de crianças e adolescentes no país.

Segundo a alergista e imunologista, Ana Paula Castro, Médica Assistente da Unidade de Alergia e Imunologia do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, é importante saber que há dois pilares que constroem as alergias, que podem derivar em alergias alimentares, dermatites atópica, urticárias e alergias respiratórias. O primeiro deles está associado ao fator genético, pois filhos de pais alérgicos têm mais chances de desenvolver alergias. Sendo assim, as alergias respiratórias podem evoluir para doenças mais graves, afetando a qualidade de vida e a produtividade dessas pessoas. Porém, com os cuidados adequados, os sintomas são preveníveis e têm tratamentos bastante eficazes.

A mudança de estação é a época em que as crises alérgicas se agravam também por alguns motivos, conforme explica Ana Paula. “A população de ácaros é sazonal e varia de acordo com a estação. Quando tiramos roupas que estavam há tempos guardadas no armário, os ácaros se espalham e provocam reações alérgicas. A polinização, mais comum na região Sul do país, também é um agente desencadeador, além de alguns vírus, como o influenza, mais presente no outono e no inverno, o rinovírus e outros, que se proliferam em ambientes de maior circulação, como shoppings, escolas e locais que reúnem um grande número de pessoas”, afirma a médica.

Com a chegada da primavera e do verão nos próximos meses, é essencial deixar o sol entrar nas casas, assim como as roupas que estavam guardadas devem receber ventilação e ar natural. Isso faz com que a incidência de crises alérgicas diminua na alta estação.

Quando se pensa em prevenção de alergias, vale falar sobre o tipo de parto, outro pilar importante para as mamães de primeira viagem. Sim, pois o parto vaginal faz com que a criança tenha contato com bactérias que são muito importantes para o adequado funcionamento do intestino e desenvolvimento do sistema imunológico. “Desde o nascimento essa influência ocorre, já que o nosso organismo é formado por inúmeras bactérias, concentradas em sua maioria no intestino. A microbiota intestinal, conhecida há alguns anos como flora intestinal, abriga bactérias, vírus e fungos, sendo que a maior parte das células do sistema imunológico fica alojada no intestino.

Sendo assim, o tipo de parto também influencia na propensão a alergias, uma vez que no parto por cesárea não há transferência da microbiota da mãe para o bebê. Portanto, há uma relação direta entre o sistema imunológico e a microbiota intestinal. Vale reforçar que o aleitamento materno ajuda a fortalecer o sistema imunológico e uma criança que não foi amamentada também está mais vulnerável a processos alérgicos ao longo da vida”, afirma a médica.

Mesmo com a presença de fatores não controláveis que determinam a predisposição à alergias, é possível equilibrar o sistema imunológico. Evitar o contato com alérgenos, como saliva e epitélio de animais de estimação, bolor, fumaça de cigarro e poluição são formas de prevenção, assim como manter a higiene da casa, em especial do quarto, para evitar a proliferação de ácaros. “Já o uso contínuo de probióticos pode controlar a proliferação de bactérias patogênicas presentes no intestino, proporcionando a absorção de nutrientes para o organismo de forma equilibrada e fortalecendo o sistema imune. As alergias e a imunidade estão correlacionadas ”, explica a médica.

Os probióticos são microrganismos vivos (bactérias boas) que, quando ingeridos em quantidades adequadas, interagem com a microbiota intestinal e têm um papel importante no restabelecimento de seu equilíbrio. 1 “A ação dos probióticos no organismo têm um tempo de resposta. Quando usados durante a gravidez, por exemplo, os probióticos têm ações benéficas a longo prazo para o bebê, modulando o sistema imunológico e agindo na prevenção de doenças não infecciosas, metabólicas e alergias”.

Existem vários tipos de probióticos, com indicações para patologias diversas. O que difere um do outro é a cepa probiótica, determinante para a ação no organismo. O Lactobacilos rhamnosus GG (LGG) é a cepa mais estudada no mundo, com eficácia e segurança comprovadas em todas as faixas etárias, incluindo gestantes e idosos, para equilibrar e proteger a microbiota intestinal. As pesquisas científicas realizadas com o Lactobacilos rhamnosus GG (LGG) já chegam a 35 anos, com validação de mais de 200 estudos clínicos em humanos e mais de 1.000 estudos publicados com essa cepa.

Lactobacillus rhamnosus GG – LGG

O LGG é um bacilo Gram-positivo obtido a partir do intestino de um adulto saudável, totalmente sequenciado geneticamente, revelando-se mais 300 proteínas específicas – o que diferencia essa cepa das demais. Entre suas diversas atividades, consegue resistir bem ao ácido gástrico e à bile, adere de forma eficaz às células intestinais e favorece a produção de muco, fazendo com que o aumento da permeabilidade intestinal em situações onde há desequilíbrio da microbiota seja corrigido.

Fonte: Cellera Farma

Calor dispara contaminação de lentes de contato

Principais vilões são a maior proliferação de bactérias, ar condicionado, água do mar ou piscina.

Usar lente de contato em dias quentes requer o dobro de cuidado no manuseio e higiene. Segundo o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, os prontuários do hospital mostram que durante o calor o número de contaminações chega a dobrar em relação aos meses mais frios. Isso porque o clima facilita a proliferação de bactérias que formam depósitos nas lentes e podem contaminar o estojo. Caso esses depósitos não sejam eliminados por uma higienização profissional, antecipa o vencimento da lente. Isso explica porque o uso além do prazo de validade ou durante a noite respondem por 45% das contaminações.

Alerta

Queiroz Neto afirma que vermelhidão nos olhos, sensibilidade à luz e visão borrada são os principais sinais de que algo está errado. “Insistir no uso da lente sentindo desconforto pode provocar úlcera na córnea e até cegar”, alerta.

Por isso, quando o olho fica vermelho ele recomenda retirar as lentes e consultar um oftalmologista imediatamente. Colocar um colírio por conta própria pode piorar o problema, mesmo que os olhos fiquem temporariamente mais brancos, adverte.

Lente escleral protege os olhos

O oftalmologista explica que a lágrima tem a função de proteger os olhos das agressões externas e pode ressecar em pessoas que permanecem ambientes com ar condicionado. Uma alternativa são as lentes esclerais que funcionam como um protetor da superfície ocular . Isso porque, cobrem a córnea e a esclera (parte branca do olho), minimizando a evaporação da lágrima. Este tipo de lente, destaca, também é indicado para quem tem ceratocone, abaulamento da parte central da córnea e outras doenças que afetam a mucosa ocular, entre elas, a síndrome de Sögren e a síndrome de Stevens-Johnson.

Nadar ou dormir com lentes pode cegar

Jill Wellington/Pixabay

“Quem usa lente de contato deve optar por óculos de grau quando vai à piscina ou praia”, adverte o especialista. Isso porque o contato da lente com água contaminada por bactérias, cloro e até filtro solar pode causar uma infecção na córnea ou uma conjuntivite tóxica. Além disso, entrar na água do mar ou de piscina usando lente aumenta o risco de contrair acanthamoeba, um parasita que dificilmente é controlado com medicamentos. Já durante o sono, o especialista diz que a produção lacrimal diminui e a falta de oxigênio na córnea aumenta entre 10 e 20 vezes o risco de deformação da córnea.

Outro erro comum, observa, é usar soro fisiológico para higienizar a lente e o estojo. O produto pode contaminar os olhos porque não tem conservante. Para pessoas alérgicas às soluções higienizadoras a recomendação é usar frascos de dose única de soro.

Manutenção

As principais recomendações do médico para quem prefere usar lente são:

=Fazer a adaptação com um oftalmologista. Lentes que não acompanham a curvatura da córnea podem causar lesões graves.
=Lavar cuidadosamente as mãos antes de manipular as lentes.
=Utilizar soluções higienizadora tanto na limpeza quanto no enxágue das lentes e estojo.
=Friccionar as lentes para eliminar completamente os depósitos
=Não usar água de torneira ou sobra de soro fisiológico depois que a embalagem for aberta.
=Retirar as lentes antes de remover a maquiagem e quando usar spray no cabelo
=Colocar as lentes sempre antes da maquiagem
=Guardar o estojo em ambiente seco e limpo
=Trocar o estojo a cada quatro meses
=Respeitar o prazo de validade das lentes
=Jamais dormir com lentes, mesmo as liberadas para uso noturno.
=Interromper o uso a qualquer desconforto ocular e procurar o oftalmologista
=Retirar as lentes durante viagens aéreas que durem mais de três horas
=Não entrar no mar ou piscina usando lentes

Fonte: Instituto Penido Burnier

Doenças vasculares aumentam em até 30% nos dias quentes

Dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, seção Rio de Janeiro (SBACV-RJ), indicam que as altas temperaturas, comuns da época do verão, aumentam entre 20% e 30% o risco de doenças vasculares, ou venosas, nos membros inferiores. De acordo com os números, normalmente elas são associadas a varizes. Caio Focássio, cirurgião vascular de SP, conta porque isso acontece.

“O motivo de as altas temperaturas piorarem as doenças venosas no verão é porque o calor provoca vasodilatação, ou seja, a dilatação dos vasos sanguíneos, com uma sobrecarga nas veias dos membros inferiores. Por isso, pessoas com doença vascular prévia tendem a piorar no verão, enquanto as demais podem sentir edemas, dores nas pernas, cansaço, peso, cãibra, ressecamento da pele e coceira – que são intensificadas pelo calor”, fala.

Isso porque, nos dias quentes, o calor gera um fenômeno chamado vasodilatação, que retarda o retorno da circulação do sangue dos membros inferiores para o coração. Essa é uma das causas de inchaço nas pernas e pés, típicos dessa época. Os inchaços podem não ter nenhum problema associado, mas também podem representar doenças como varizes, trombose ou edema linfático. Por isso, é importante consultar um especialista se o inchaço for além do normal.

Focássio conta que o calor aumenta também a espessura do sangue, subindo a pressão e a frequência cardíaca. A chance de ter a doença é ainda maior para quem já tem colesterol alto, é diabético, hipertenso ou obeso.

Para evitar esses problemas, a recomendação mais importante que o médico deixa é com relação a hidratação: o consumo deve ser entre dois e três litros de líquidos por dia, com preferência para a água. “Além disso é recomendado evitar a exposição direta ao sol por longos períodos, fazer refeições leves, que exigem menos esforço do organismo durante a digestão, e evitar o abuso de sal, que absorve muito líquido e pode colaborar para o inchaço de membros inferiores e superiores”, alerta o vascular.

A desidratação no verão pode ter efeitos graves para o paciente que tem doença cardiovascular ou vascular periférica, relacionados à perda do nível de consciência, desmaios e queda de pressão arterial. “É importante cuidar bem da saúde durante todo o ano, controlar a hipertensão arterial, diabetes e sedentarismo que são fatores que podem desencadear sérios problemas”, finaliza Focássio, que ensina três exercícios físicos que melhoram a circulação e o retorno venoso e podem ser feitos dentro de casa:

StockSnap/Pixabay

Alongamento: é considerado um forte aliado da ativação circulatória. Uma dica é apostar em movimentos para esticar as pernas, afinal alongar e esticar aliviam dores e cansaços.

Dreamstime

Simulação de andar de bicicleta: deitado no chão ou em um colchonete, assegure-se de colocar as costas contra o chão e as mãos atrás da nuca. Levante as pernas e simule o pedalar durante 1 minuto, descanse e retome.

Flexões dos pés: sentado em uma cadeira com os calcanhares apoiados no chão. Levante as pontas dos dedos e as mantenha elevadas por alguns segundos. Depois, abaixe e levante os calcanhares de forma alternada. Complete 20 repetições com cada pé.

Fonte: Caio Focássio é cirurgião vascular formado pela Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Pós-graduado em Cirurgia Endovascular pelo Hospiten – Tenrife (Espanha). Médico assistente da Cirurgia Vascular da Santa Casa de São Paulo.

Vinhos e calor: bebida ganha cada vez mais espaço nas estações mais quentes do ano no Brasil

É incontestável que o Brasil é mundialmente conhecido como um país cervejeiro. Mas se o clima tropical com altas temperaturas durante a primavera e o verão exige a busca por bebidas refrescantes, o brasileiro tem ido além e elegido uma nova opção para amenizar, ao menos um pouco, a sensação térmica elevada nesta época do ano: o vinho. E embora carregue o status equivocado de opção que só combina com dias frios, a bebida pode sim ser uma excelente alternativa também para o calor.

Além de refrescantes, os vinhos possuem propriedades benéficas para a saúde humana e têm conquistado cada vez mais adeptos no Brasil. No início deste ano, uma pesquisa realizada pela Ideal Consulting apontou que em 2019 o país ultrapassou pela primeira vez a média dos 2 litros de vinho por habitante. Durante a quarentena, o hábito cresceu mais ainda entre brasileiros. Foram em média 2,81 litros consumidos por adulto somente entre os meses de abril e junho, registrando uma alta de 39% em comparação ao ano anterior.

Para aqueles que já apreciavam a bebida ou os que incluíram o costume de beber vinho a rotina recentemente, o sommelier José Vinícius Chupil, um dos grandes nomes do mercado paranaense, garante que é possível manter a companhia dos vinhos nas estações mais quentes do ano. Para isso, basta escolher as opções com as características ideais para o clima.

“Nesta época do ano, devido ao calor, temos a tendência de tornar a alimentação mais leve e menos calórica, e por sua vez passamos a consumir bebidas mais cítricas e frescas, deixando um pouco de lado as mais encorpadas. E os vinhos também oferecem opções que se encaixam nesse contexto. O ideal é convertemos o consumo para vinhos brancos minerais que harmonizam maravilhosamente com a época. Também os vinhos rosés, que estão cada vez mais em voga no Brasil, além de tintos de corpo leve mais delicados e, até mesmo, os vinhos de corpo mediano”, explica Chupil.

De acordo com o especialista, as condições de temperatura para armazenar e servir são cruciais para um consumo agradável. “Outra qualidade que faz desses vinhos opções ideais para os dias mais quentes, é o fato de que eles podem ser servidos numa temperatura mais baixa, o que os torna muito mais agradáveis. Os vinhos brancos, por exemplo, ficam bem interessantes ao ser degustados a uma temperatura média de 6 a 8 graus. Os rosés entre 8 e 10 graus e os tintos se prestam muito bem a uma temperatura entre 14 e 16 graus, ficando simplesmente magníficos mais frescos”, explica o sommelier.

No entanto, o profissional ressalta que vinhos jamais devem ser servidos com gelo. “Quando falamos em refrescar o vinhos, não é sobre colocar gelo na taça, isso prejudica e dilui os aromas, a textura e o sabor. A temperatura deve ser controlada deixando a garrafa numa climatização mais adequada” , detalha.

Entre os vinhos brancos, bastante tradicionais no Brasil, o especialista destaca o Abreu Garcia Sauvignon Blanc (Vinícola Campo Belo – Brasil – Preço médio: R$ 75,00). “É um vinho que expressa muito bem a personalidade do seu terroir. Com coloração amarelo palha com tons esverdeados e aroma que exala frutas tropicais, destacando-se notas elegantes de abacaxi, maracujá e goiaba, é um vinho que tem grande vivacidade e boa textura. É muito convidativo a uma nova taça e harmoniza muito bem principalmente com mexilhões, ostras e peixes magros, que também são alimentos que combinam muito com o calor”, sugere Vinicius.

Nos rosés, uma opção é o Pouca Roupa Rosado (João Portugal Ramos – Portugal – Preço médio: R$ 69,00). “O nome deste vinho vem do monte onde as videiras estão plantadas no sul de Portugal, e uma das qualidades que me encantam nesse exemplar é a cor, um rosé com um tom mais vibrante. O aroma traz jovialidade através do seu frescor, frutas vermelhas e algo de floral. Na boca tem médio corpo, é puro, alegre e tem como grande virtude o seu preço. Para mim, um verdadeiro achado. Também combina muito com comidas leves como peixes, rattatouille de legumes, camarão salteado e aves brancas”, conta o sommelier.

Mas para quem não abre mão dos tintos, a dica é o Sfizio Pinot Noir (Vinicola Legado – Brasil – Preço médio: R$ 110,00). “Este vinho é um belo exemplar do terroir paranaense. Desenvolvido com muita técnica e cuidado, o Sfizio Pinot Noir é delicado nos aromas, com predominância de frutas vermelhas como cerejas, groselhas e um tempero especiado, tudo isso conjugou uma bela trama. Casa perfeitamente com frutos do mar em caçarola e carne de aves como peru ou pato. Um vinho alegre, fino e provocativo”, garante o especialista em vinhos.

Confira mais opções de rótulos especiais para as estações mais quentes do ano:

• Dicas de vinhos brancos: Thera Chardonnay Lote 1 (Vinícola Thera – Brasil – Preço médio: R$ 159,00) e Muscadet Vielles Vignes Sèvre et Maine AOC Loire (Château des Gillieres – França – Preço médio: R$ 220,00)
• Dicas de vinhos rosés: Château de Porcieux (Côtes de Provence – França – Preço médio: R$ 110,00)
• Dicas de vinhos tintos: Dolcetto Cozzo Mário (Cozzo Mário – Itália – Preço médio: R$ 120,00) e Revoltosa (Vinã La Prometida – Chile – Preço médio: R$ 112,00)

Linhas Capim-Limão da L’Occitane au Brésil para os meses mais quentes

Sucessos da marca, Capim-Limão, Capim-Limão Tangerina e Capim-Limão Gengibre são as escolhas perfeitas para deixar os dias mais frescos

A L’Occitane au Brésil, marca franco-brasileira do Grupo L’Occitane, já se prepara para receber as estações mais quentes do ano com suas linhas queridinhas: Capim-Limão, Capim-Limão Tangerina e Capim-Limão Gengibre, que agradam a todos com suas fragrâncias unissex.

Lançada em 2014, Capim-Limão proporciona um sopro de frescor com sua fragrância fresca, picante e recheada de notas cítricas, proporcionando uma sensação de vigor que renova os sentidos. A linha conta com Deo Colônia, Sabonete Líquido, Loção Desodorante Corporal e Creme de Mãos, além de opções para o lavabo e tamanho viagem.

Com notas cítricas e frutadas graças à combinação do frescor do capim-limão com a energia da tangerina, Capim-Limão Tangerina emana uma energia vibrante que estimula e entusiasma através de sua Deo Colônia, Loção Desodorante Corporal e Sabonete Perfumado.

Equilibrando o brilho fresco do capim-limão com a contrastante força e rusticidade do gengibre, Capim-Limão Gengibre é uma fragrância repleta de nuances especiadas e efervescentes, presente na Deo Colônia e no Sabonete Perfumado.

As embalagens da linha trazem a imagem lúdica do Capim-Limão sob o olhar do designer Marcelo Rosenbaum. O artista também se inspirou nas garrafas pet, muito presentes nos mercados e feiras brasileiros, para criar o design dos frascos.

As linhas estão disponíveis em todas as lojas físicas e virtual da marca.

Conheça a linha Capim-Limão:

Desodorante Colônia Capim-Limão – 100ml | R$ 105,90

368522_906247_edc__campim_limAGBPo_100ml_r_98_00_l_occitane_au_brA_C_sil

Elaborada com extrato de capim-limão, transmite uma essência refrescante. Indicado tanto para o público feminino quanto masculino, perfuma com uma fragrância cítrica verde que traz uma sensação muito agradável.

Loção Desodorante Corporal Capim-Limão 250ml | R$ 59,90

368522_906252_loA_AGBPo_hidratante_capim_limao_250ml_r_58_00_edc_l_occitane_au_brA_C_sil

Esta leve Loção Corporal é rapidamente absorvida pela pele, deixando-a desodorizada, hidratada e macia. Com extrato de capim-limão, este item de cuidado corporal ainda deixa a pele delicadamente perfumada com uma fragrância cítrica verde.

Sabonete Líquido Capim-Limão 250ml | R$ 44,90

368522_906249_sabonete_lA_quido_capim_limAGBPo_250ml_r_49_00_l_occitane_au_brA_C_sil.jpg

Em contato com a água, este sabonete líquido em gel se transforma em uma generosa espuma e limpa a pele, deixando-a perfumada com uma fragrância cítrica verde. O produto contém extrato de capim-limão e é indicado para o uso diário.

Sabonete Perfumado Capim-Limão 100g | R$ 19,90

368522_906261_sabonete_perfumado_capim_limao_100g__3__r_19_00_l_occitane_au_brA_C_sil

Com extrato de capim-limão, este sabonete limpa a pele deixando-a suavemente perfumada com uma fragrância cítrica verde. Seu estilo clássico e decorativo traz em alto relevo a estampa característica dessa linha.

Capim-Limão Creme de Mãos 30ml | R$ 29,90

368522_906250_creme_de_maos_30ml_r_28_00

O Creme de Mãos Capim-limão é inspirado no frescor da planta capim-limão e traz um toque macio para a pele, deixando-a hidratada e perfumada com uma fragrância cítrica verde.

Loção Desodorante Corpo e Mãos Capim-Limão 250ml | R$ 49,90

368522_906260_capimlimao_lotion_r_49_00_l_occitane_au_brA_C_sil

Inspirado no frescor do capim-limão, esta loção deixa a pele desodorizada, hidratada e perfumada com uma fragrância cítrica verde. Com seu design decorativo e válvula de prática utilização, ela é ideal para ser utilizada em lavabos.

Sabonete Líquido para Mãos Capim-Limão 250ml | R$ 44,90

368522_906258_l_occitane_au_brA_C_sil_capimlimao_sabonete_para_as_mAGBPos

Inspirado no frescor do Capim-Limão, este sabonete líquido limpa as mãos, perfumando-as com uma fragrância cítrica verde. Com seu design decorativo e válvula de prática utilização, ele é ideal para ser utilizado em lavabos.

Conheça a linha Capim-Limão Tangerina:

Desodorante Colônia Capim-Limão Tangerina 100ml | R$ 105,90

368522_906259_l_occitane_au_brA_C_sil___capim_limAGBPo_tangerina_edc_100ml_r__92_00.jpg

L’Occitane au Brésil se inspirou no caminho do vento pela natureza para criar este spray corporal perfumado unissex de notas cítricas e frutadas que combina o frescor do capim-limão com a energia da tangerina. Contém extrato de capim-limão e óleo essencial de tangerina presente na fragrância.

Loção Desodorante Corporal Capim-Limão Tangerina 250ml | R$ 59,90

368522_906257_capim_limAGBPo_tangerina_loA_AGBPo_corporal_250ml.jpg

Esta leve loção corporal é rapidamente absorvida pela pele, deixando-a desodorizada, hidratada, macia e perfumada. Contém extrato de capim-limão e óleo essencial de tangerina presente na fragrância.

Sabonete Perfumado Capim-Limão Tangerina 100g | R$ 19,90

368522_906248_capim_limAGBPo_tangerina_sabonete_perfumado_100g_r__19_00

Este sabonete limpa a pele, deixando-a levemente perfumada. Contém extrato de capim-limão e óleo essencial de tangerina presente na fragrância.

Conheça a linha Capim-Limão Gengibre:

Desodorante Colônia Capim-Limão Gengibre 100ml | R$ 105,90]

 

368522_906254_deo_colA_nia_capim_limAGBPo_gengibre.png

Desodoriza e perfuma a pele com uma fragrância unissex de notas cítricas. A fragrância traz capim-limão, bergamota e notas aquosas nas notas de saída e gengibre, cardamomo e folhas de mandarina compõem as notas de corpo. Como notas de fundo, aparecem vetiver, cedro e musk cristal.

Sabonete Perfumado Capim-Limão Gengibre 100g | R$ 19,90

368522_906253_sabonete_capim_limAGBPo_gengibre

Este sabonete limpa a pele, deixando-a perfumada com uma fragrância com notas cítricas e repleta de nuances especiadas e efervescentes. Contém extrato de capim-limão e óleo essencial de gengibre.

Informações: L’Occitane au Brésil

Colcci entra em liquidação e oferece descontos de até 50%

A Colcci entra em liquidação e oferece descontos de até 50% em itens femininos e masculinos da coleção primavera/verão. Entram em sale peças como vestidos – curtos e longos que podem ser usados em diversas ocasiões; tops em renda, recortes especiais e estampados; shorts, entre outras peças. Já na seção masculina, destaque para as camisetas estampadas, bermudas e calças jeans. Além das peças, entram em liquidação acessórios como boné, sandálias de salto baixo e alto, botas e bolsas.

353503_855041_colcci_vestido_de_r_580_por_r_280353503_855045_colcci__vestido_maxi_de_r_876_por_r_438353503_855044_colcci_vestido_de_r_372_por_r_180353503_855046_colcci_jeans_5c_de_r_399_por__r_239353503_855043_colcci_bermuda_de_r_334_por_r__167

As peças podem ser encontradas no e-commerce, com entrega para todo o país e também em todas as lojas da marca.

 

 

Nebulizador ajuda a driblar problemas respiratórios

Estamos na primavera e logo chegará o verão. Épocas de problemas respiratórios. Para minimizar esses incômodos, a G-Tech apresenta um novo aliado da saúde nesse período: o Nebulizador G-Tech Nebmesh1.

Durante a primavera, segundo o clínico geral Alexander Gomes de Azevedo, as pessoas podem apresentar um aumento dos sintomas de vários tipos de doenças respiratórias, pois estão mais sensíveis ao pólen. Alterações climáticas que acontecem na passagem do inverno para a primavera são fatores que também desencadeiam crises respiratórias.

“Podemos citar casos como rinite alérgica, asma, conjuntivite alérgica, entre outras doenças respiratórias. Uma boa saída, nessa época, principalmente para quem tem problemas respiratórios, é o uso de um nebulizador” destaca o especialista.

Mas o que esse produto traz de diferente?

nebulizador 2.png

O Sistema Mesh ou de Rede Vibratória é o que há de mais avançado em tecnologia de nebulização, pois gera uma finíssima névoa, que penetra mais profundamente nos pulmões, aumentando a eficácia do tratamento.

Com zero ruído de funcionamento, a novidade, que funciona com apenas duas pilhas (alcalinas), promove um melhor aproveitamento do medicamento. E mais: não necessita de copinho, é extremamente portátil, fácil de utilizar e ainda vem com máscaras macias (adulto e infantil), que realizam uma melhor vedação e menor incômodo ao usuário.

O Nebulizador G-Tech Nebmesh1 tem a tela em liga de paládio, mais resistente e com maior capacidade de gerar partículas uniformes. Além disso, permite a nebulização em diversas posições, dispensando o uso de cabos ou tubos.

nebulizador.png

A linha de produtos G-Tech pode ser encontrada nas maiores redes farmacêuticas, lojas especializadas em material médico e em lojas de departamento como Casa&Video e Lojas Americanas, além das grandes redes de e-commerce do país.

Informações: Accumed

Prepare-se para o verão, com moderação

Diretor médico do Instituto do Joelho HCor, Prof. Dr. Rene Abdalla, alerta para o excesso na carga de treinos em busca de resultados “imediatos”

O verão está próximo e as pessoas correm para alcançar a boa forma e deixar o físico em dia para exibi-lo nos dias mais quentes. Mas é preciso cuidado. Iniciar atividade física pode se tornar um perigo se não for feita de maneira correta, com planejamento, orientação médica e, principalmente muita paciência para os resultados acontecerem.

De acordo com o Prof. Dr. Rene Adballa, ortopedista e diretor médico do Instituto do Joelho HCor, buscar resultados milagrosos não é a melhor maneira. “A palavra chave é orientação, tanto na parte nutricional quanto na musculoesquelética. Também é preciso ter paciência, pois os resultados vêm da combinação entre os exercícios físicos e a alimentação balanceada. Dessa forma, os benefícios para o corpo acontecem naturalmente, sem grandes problemas”, alerta Abdalla.

A prática errada e exagerada de exercícios é uma das maiores causas de pacientes nas clínicas. O ortopedista acrescenta que, além de ter músculos fortes, eles devem estar equilibrados para evitar problemas.

“Normalmente a musculatura posterior é 20% mais fraca em relação a anterior, e pode chegar até 40%. Por isso, antes de iniciar qualquer atividade é preciso checar como está a musculatura. E isso pode ser feito por meio de uma avaliação isocinética”, comenta o ortopedista.

O teste isocinético é uma análise muscular computadorizada que vai avaliar os possíveis desequilíbrios e déficits musculares que podem levar ao aumento de desgastes prematuros nas articulações (joelho, quadril, ombro, cotovelo, punho, tornozelo e coluna lombar).

“A partir da realização do teste teremos informações sobre força, potência e resistência muscular do paciente, podendo orientar de forma correta qual grupo de músculos deve ser trabalhado e de que maneira”, conclui.

Oito dicas importantes

O ideal é procurar orientação especializada antes de começar qualquer exercício físico, além de controlar a alimentação. Aqui vão algumas dicas para que a atividade seja prazerosa e segura e auxilie a chegar “no shape”, no verão.

1.Procurar um especialista e pedir orientação para a prática do exercício físico.

alongamento ioga pixabay
Pixabay

2.Antes dos exercícios alongar a musculatura para preparar o corpo para a atividade física.

3.Ficar atento com os exercícios praticados e procurar uma série que melhor se ajuste as suas necessidades para não agredir o sistema musculoesquelético.

4.Evite excessos e saiba respeitar os limites do corpo. Deve-se iniciar de forma gradativa.

musculacao

5.Intercale atividades, por exemplo, musculação com corrida.

6.Nas corridas, escolha um calçado adequado, que proteja primordialmente os membros inferiores dos impactos e repetições de movimentos.

7.Dê preferência a roupas com tecidos que permitam uma transpiração mais livre.

dor no joelho
Foto: chicagostemcelltherapy

8.Ao primeiro sinal de dor, interrompa os exercícios por 48 horas. Caso a dor persista procure o especialista.

Fonte: Prof. Dr. Rene Adballa

Primavera & verão Pernambucanas tem peças para todos estilos

A Pernambucanas buscou inspiração no clima boho romântico para criação da coleção Primavera-Verão 2018-2019. Texturas mais rústicas e com ar mais natural permeiam a estação.

Na linha Casual, o tema Espírito Natural é abordado e os principais destaques são o mix de tecidos como rendas e transparências e o mix de estampas como listras com floral, que trazem leveza e delicadeza para a estação. Peças fluidas, comprimentos mídi, macacões e fits clochards permeiam a coleção. E como destaque não podemos esquecer o queridinho da estação, o quimono. Entre os tecidos, destaque para os de aspecto natural e com texturas. Em clima otimista, a cartela de cores tem destaque para os tons quentes combinados com os neutros.

Para a linha Plus Size, as peças imprimem o clima de Boho Náutico, trazendo muita personalidade aos looks. As estampas permeiam entre um visual mais clean e florais multicoloridos.

Já na linha Cidade, o principal destaque são as estampas florais que trazem o clima de frescor para o Verão. A coleção imprime muita sofisticação em peças clássicas feitas em tecidos como linho, viscose, rendas e malhas. Destaque para peças de comprimento mídi e mix de estampas.

Na linha Jovem, o tema mexicana inspira a coleção repleta de florais de fundo colorido, além das já consagradas camisetas com estampas de bichinhos e frases, que desta vez aparecem com lhamas e gatinhos adornados com flores, referência do universo de Frida Khalo. Destaque para as sobreposições, quimonos, saias jeans com abotoamento, batas, ciganinhas e babados permeiam a coleção. A cartela de cores é viva e alegre, com verde, vermelho e azul.

O jeans está cheio de novidades nesta estação, além das modelagens queridinhas como a calça skinny, cigarrete e flare, chega por aqui o fit clochard, teremos também calças, shorts e saias com faixa lateral. O abotoamento na vista e as cinturas alta, além de muita sarja colorida. Para os tops, destaque para as bases leves de tecido e o colete jeans.

Na linha de lingerie, a inspiração natural está presente nos materiais como rendas rústicas, microfibras texturizadas e mesclas. As peças chaves são os queridos sutiãs com tiras.

Outra aposta da Pernambucanas são os licenciados, Mickey e Minnie, Star Wars, Harry Potter entre outros, e desta vez, a rede lança uma linha especial inspirada nos famosos personagens dos quadrinhos Snoopy e Charlie Brown, com peças de cama, banho, pijamas e roupas infantis.

 

 Coleção Alto Verão 2018-2019

A Pernambucanas buscou inspiração no tema Sereia Campestre para criação da coleção Alto Verão 2018-2019. Estampas de flores orientais com dália, floral liberty, listras, paisagens tropicais e elementos do fundo do mar como peixes, conchas e estrelas, permeiam as peças.

Detalhes como babados, bordados e franzidos também são ponto alto da coleção. Já a cartela de cores traz tons de candy color – rosa, lilás, azul, amarelo, coral e marinho e neutros – preto, branco e mescla.

Linha Casual

Na linha Casual feminina, o tema de Sereia Campestre é abordado e os principais destaques são as cores pastel e estampas florais e o tema listrado, que trazem frescor e delicadeza para a estação. Na coleção, peças como batas, pantacourt, blusas, saias e shorts jeans. E como destaque, temos o queridinho da estação, o quimono.

Já no masculino, a linha explora o tema Marinheiro Moderno e traz produtos despojados. Listras e estampas em cores ousadas aparecem em shorts, camisas e camisetas.

Linha Praia

Para a linha Praia, tanto peças masculinas quanto femininas imprimem o clima da estação, trazendo elementos do fundo do mar, folhagens e flores em biquínis, maios e saídas de praia.

Linha Esportiva

Na linha Esportiva, a Pernambucanas explora cores vibrantes, como neon, em camisetas tanto femininas quanto masculinas. Frases motivacionais estampam a linha e trazem personalidade e toque divertido aos looks. Shorts, bermudas, tênis, calças corsário trazem muito conforto para a hora do esporte.

Linha Casa

A linha Casa aborda o tema Mediterrâneo, com produtos que remetem ao natural com texturas feitas à mão e rústicas, que trazem sensação de conforto. Tricô, crochê, macramê, bordados e franjas são explorados juntamente com efeitos tie-dye, degrade e manchado.

O tema Tropical também é abordado e traz cores vibrantes e alegres e estampas com folhagens, tucanos, flores tropicais, cactos e flamingos, a cara da estação.

Informações: Pernambucanas

Mixed lança coleção Resort 2019

Tons de vermelho invadem o Alto Verão em referência ao vestuário colorido da tribo africana Massai

Seguindo a paleta de cores quentes apresentada no Verão, o vermelho ganha destaque no Resort 2019, em referência ao vestuário da tribo Massai, trazendo ainda mais personalidade para a coleção que tem a África como inspiração. Além do amarelo, laranja e toffe, tons de pink conferem suavidade às composições.

Em mood artsy, a marca apresenta camisetas estampadas com ilustrações assinadas pela artista plástica Camila Pinheiro, que trouxe sua identidade gráfica para representar as mulheres guerreiras – tema do Verão 2019 -, em momentos de descontração.

Para trazer uma estética mais fresh para a estação, a Mixed investe estampas botânicas e étnicas com fundo claro e em tecidos leves, como algodão, seda e linho. As peças-chave da coleção têm muita fluidez com babados e barras irregulares em saias e vestidos com comprimento longo e midi. Tricôs de seda colorido, blusinhas ombro a ombro e modelos com amarração frontal também estão entre os itens mais desejados. Na linha de acessórios, resina segue como tendência e aparece em colares e brincos em pingentes delicados.

 

Informações: Mixed