Arquivo da categoria: Rosto

ADCOS lança potente preenchedor de rugas para a área dos olhos

O Hyalu 6 Área Olhos vem para complementar a linha de ácido hialurônico da marca brasileira de dermocosméticos

A família de produtos com ácido hialurônico da ADCOS já é super consolidada no mundo do skincare, e a agora, com o novo potente preenchedor de rugas pensado especificamente para a área dos olhos, o Hyalu 6 Área Olhos, ela está ainda mais completa. Oftalmologicamente testado, ele traz inovação na textura e fórmula concentrada, associando ativos que hidratam profundamente e tratam os sinais do envelhecimento da área dos olhos, estimulando a produção de colágeno e ajudando a reduzir as rugas profundas.

O Hyalu 6 possui em sua fórmula a associação de 4 tipos de Ácido Hialurônico com 2 bioestimuladores e garante 6 formas diferentes de estímulo à produção de ácido hialurônico e de colágeno. Preenche rugas e linhas de expressão, aumenta a produção de AH dérmico e epidérmico, recupera a firmeza além de hidratar de forma profunda e prolongada.

Com extrato de albizia, ativo precursor de melatonina, ele traz benefícios visíveis na redução dos sinais de fadiga, como bolsas, pele sem luminosidade e traços contraídos, além de proteger e reparar colágeno contra danos causados pela glicação. A associação com pigmento iluminador de última geração e textura rica ultra hidratante, promove uma excepcional eficácia com uma experiência sensorial única com disfarce imediato de imperfeições. O contorno dos olhos fica hidratado, visivelmente liso e o olhar revigorado, um resultado duradouro e mais potente já é notado com 28 dias de uso do produto.

Contém também importante associação de ativos hidratantes como a manteiga de karité, glicerina e cera de soja que caracterizam a textura especial do creme ultra hidratante. O Hyalu 6 Área Olhos é um produto desenvolvido especialmente para peles maduras que almejam o rejuvenescimento com resultados de iluminação do olhar e redução do visual de cansaço desde a primeira aplicação, comprovados em testes de eficácia. Sua fórmula de alta tolerância respeita a frágil região do contorno dos olhos.

O produto custa R$ 209,00 e está disponível nas lojas físicas e e-commerce da marca.

Australian Gold apresenta nova linha de proteção solar com fórmula que não agride corais marinhos

Marca lança protetores solares específicos para o rosto e corpo

Australian Gold apresenta uma nova linha de protetores solares dividida em duas categorias: corporais e faciais. Há 12 anos, os produtos Australian Gold chegaram ao Brasil e, em 2017, o Grupo Boticário adquiriu a licença para produção e distribuição da marca no país. Há 30 anos, a Fundação Grupo Boticário tem atuado com estudos e pesquisas voltada à proteção dos oceanos.

Estima-se que, a cada ano, até 14 mil toneladas de filtro solar sejam levadas para os recifes de coral em todo o mundo. O impacto de alguns dos ingredientes na composição desses cosméticos está sob controvérsia científica porque podem gerar o branqueamento de corais – uma condição que os deixa vulneráveis e impede que obtenham os nutrientes necessários para sobreviver.

Com a nova linha de produtos, Australian Gold deseja estar presente em outros momentos da vida do consumidor, levando proteção e cuidado com a pele e o rosto, não somente na praia ou piscina, mas também para o dia a dia.

Com textura ultraleve, toque seco e rápida absorção, a linha de proteção solar para o corpo traz produtos de FSP 30, 50 e 70. O gel creme da sua fórmula é enriquecido com extrato de chá-verde e ameixa kakadu, poderosos antioxidantes.

Já para o rosto, com textura leve, toque seco e acabamento matte, o gel creme traz produtos de FSP 30 e 50. Além disso, os protetores faciais são Oil Free, criando uma barreira protetora contra os efeitos diários da poluição na pele e contribuindo para o antienvelhecimento. Dando continuidade aos princípios da marca, já presentes em sua linha atual, os lançamentos são veganos, não testados em animais, e com embalagens feitas em plástico vegetal.

Australian Gold

Dermatologista alerta para riscos de tratamentos estéticos caseiros

A Internet é como um livro de receitas que compartilha orientações sobre os mais variados tratamentos estéticos caseiros, de soluções simples a resultados milagrosos. No entanto, é preciso ficar alerta, já que qualquer método oferece risco à saúde, como explica a dermatologista Cibele Tamietti Durães, da Clínica Leger.

“Todo tratamento estético realizado em casa, sem supervisão médica, tem seus riscos, pois cada pele é única e nem sempre o que é bom para uma será para outra”, explica Cibele, que é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Você já se aventurou em alguma dessas receitas e não conquistou o resultado que queria? Cibele é categórica ao falar dos riscos aos quais você se expôs: “Produtos e substâncias aparentemente inofensivas podem desencadear irritações e alergias. Procedimentos realizados de forma incorreta, ou com aparelhos não confiáveis, podem provocar queimaduras na pele e até necrose tecidual no local, com consequentes manchas e cicatrizes”.

Esfoliantes caseiros, o uso de limão como clareador, remoção de pintas e verrugas em casa. a dermatologista alerta para o risco de cada processo. Confira:

Quais os perigos das receitas de esfoliantes com grânulos muito grosseiros para a pele e intervalos não adequados entre as esfoliações?

Pinterest

Os esfoliantes com grânulos grosseiros podem agredir a pele e escoriá-la, e se a pele for muito fina e sensível, o estrago será ainda pior. Como consequências, podem aparecer marcas e manchas na pele. É preciso cautela e supervisão do profissional na escolha de um esfoliante.

O uso do limão como clareador de manchas também oferece riscos para a pele? Quais?

O uso de limão como clareador vem da cultura popular, mas o limão, além de não clarear a pele, pode deixar resíduos (mesmo após lavar a pele) que, expostos à radiação solar, ocasionam uma reação denominada “fotofitodermatose”. Ela consiste em uma queimadura na pele, com consequentes manchas escuras, e até bolhas ou cicatrizes.

Quais os perigos da remoção caseira de pintas e verrugas?

Getty Images

São dois os principais riscos. Primeiro, uma lesão que aparenta ser inofensiva, mas pode se tratar de uma lesão maligna ou câncer de pele, e ao tentar remover de forma inadequada só piora o diagnóstico e a evolução da lesão, agravando a doença. Segundo, o próprio processo de remoção, de forma incorreta, pode causar agressões na pele, dificuldade de cicatrização, manchas e cicatrizes.

O microagulhamento com dermaroller é um procedimento estético para estímulo de colágeno e elastina, que melhora o aspecto da pele. No entanto, muitas pessoas têm aderido às versões caseiras desse tratamento. Qual é a gravidade de realizar esse procedimento em casa? O que pode ocasionar?

São vários os riscos deste procedimento realizado em casa. O procedimento feito fora de um ambiente preparado aumenta muito os riscos de infecções por bactérias, fungos e vírus, podendo desencadear não só uma infecção localizada, mas também uma infecção generalizada (quando a infecção se espalha pelo corpo). O processo evolutivo da infecção também pode deixar manchas escuras e cicatrizes. O demaroller deve ser de uma marca de qualidade e reconhecido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para não correr o risco de a agulha se soltar do roller e ficar presa na pele. A forma de utilizar o roller requer movimentos e pressão sobre a pele de forma correta, além da escolha adequada do tamanho da agulha para cada situação. O uso de forma errônea pode causar escoriações na pele, com consequentes manchas e cicatrizes. E se trata de um procedimento doloroso, que requer anestesia. Sem a anestesia a dor limita os movimentos, deixando-os ainda mais inadequados, de forma não homogênea e com maior chance de escoriações.

Na internet, podemos ver diferentes anúncios de aparelhos que conseguem congelar gordura em casa. Que risco isso pode trazer para o corpo e para a pele do paciente?

Esses aparelhos chegam a menos de zero grau Celsius, diminuindo a passagem de oxigênio e causando a morte das células de gordura, além de ocasionar um grande processo inflamatório no local. O uso de aparelhos requer treinamento, tecnologia reconhecida pela Anvisa, entre outras exigências. Esses procedimentos realizados de forma incorreta, ou com aparelhos não confiáveis, podem ocasionar queimaduras na pele e até necrose tecidual.

Existe algum tratamento caseiro confiável?

Nenhum tratamento na pele, sem supervisão médica, é totalmente confiável, por mais inofensivo que possa parecer. Pois são muitas as variáveis que interferem na pele, que é o maior órgão humano e é muito suscetível ao ambiente, ao clima e a situações do dia a dia.

Fonte: Clínica Leger

Três tendências de beleza perigosas que você deve seguir somente com orientação médica

Médicos reforçam uma mensagem que deveria ser óbvia: nem todo modismo é seguro. Por isso, tome muito cuidado antes de se aventurar em uma tendência de beleza

Quando se trata de cuidados com a pele, parece que sempre há uma nova tendência. É necessário tomar muito cuidado com os modismos populares de cuidados com a pele ou de tratamentos estéticos. Nem todas as pessoas estão aptas a passar por algum procedimento, por isso a indicação médica é fundamental sempre. Abaixo, as três principais tendências que reforçam a ideia de que nem todo modismo é livre de ser perigoso:

Harmonização facial e injetáveis nem sempre são seguros

A aplicação de toxina botulínica e substâncias preenchedoras para rejuvenescer a face têm ficado cada vez mais populares. O problema é que, com a demanda por injetáveis crescendo cada vez mais, começam a surgir versões mais baratas destes procedimentos que, apesar de parecerem um bom negócio à primeira vista, podem trazer sérias complicações, ainda mais se forem aplicados por profissionais não-médicos.

“A aplicação de produtos de qualidade duvidosa pode levar a consequências como irritações, reações inflamatórias, alergia e infecções”, alerta a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “Quando falamos de preenchedores o cuidado deve ser ainda maior, pois ainda hoje são utilizadas substâncias como o metacrilato, um preenchedor permanente e de baixo custo que, apesar de ter registro na Anvisa, possui uma grande taxa de complicação a longo prazo, podendo provocar o aparecimento de nódulos endurecidos e avermelhados que necessitam de cirurgia para serem retirados”, destaca a cirurgiã plástica.

Dessa forma, é importante ressaltar que o procedimento deve ser realizado apenas por um médico, como um cirurgião plástico ou dermatologista. “Isso por que o procedimento requer grande conhecimento das estruturas faciais, visto que o rosto é uma região de grande vascularização, e destreza no manuseio de agulhas e cânulas por parte do profissional. Além disso, apenas o profissional especializado poderá realizar uma avaliação correta do seu rosto, tratando apenas as partes necessária para garantir um resultado natural e um procedimento sem complicações”, explica o cirurgião plástico Paolo Rubez, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

O tratamento antiacne sem prescrição pode piorar sua pele

A acne é uma doença inflamatória de pele que tem causa multifatorial e, se um dermatologista não for consultado, o corpo pode não responder tão bem ao tratamento. Na verdade, pode haver até mesmo um processo de piora: o chamado efeito rebote. “Existem alguns produtos que secam demais a pele, dando a impressão do controle da oleosidade, porém o sistema biológico desenvolve mais óleo para dar o equilíbrio necessário. Este desenvolvimento com produção de mais óleo é chamado de efeito rebote e, associado à descamação da pele causada pelo ressecamento, aumenta o acúmulo da acne, piorando o processo infeccioso e formando comedões”, explica a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Para um tratamento efetivo contra a acne, o primeiro passo é consultar um médico que fará uma verdadeira investigação para começar o tratamento. Em alguns casos, ele pode pedir um exame genético. Segundo o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene, quando você sabe qual o genótipo de genes pró-inflamatórios, você consegue modular a expressão desse gene.

“Então se é um processo inflamatório exagerado que está piorando a acne, o que você pode fazer: você genotipa alguns genes, o TNF-alfa é um deles que está associado com o processo inflamatório, e se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, você vai usar alguns ativos orais em uma determinada concentração para frear e adequar a expressão desse gene”, diz o geneticista.

“Isso significa que para haver essa adequação, você vai precisar de mais ativos orais ou tópicos em uma concentração maior, para frear essa maior produção, já que está sendo produzido em maior intensidade por esses dois alelos”, explica ele. E o exame pode ajudar até mesmo no controle da dieta, já que alguns alimentos estimulam a inflamação no corpo. “Então, se você tiver uma dieta adequada, você vai minimizar a inflamação sistêmica. E inclusive vai minimizar a inflamação na pele que está levando à acne”, afirma Sady.

Além disso, em alguns casos o médico pode indicar limpeza de pele feita por esteticista, que ajuda a limpar os cravos. E acredite: espremer o seu cravo em casa não é a mesma coisa que limpeza de pele. “Isso por que, quando você espreme um cravo, pode estar na verdade empurrando o sebo e as bactérias para o fundo do poro causando inflamação e até mesmo uma espinha. Podendo evoluir para uma cicatriz. O ideal é que a extração seja feita por uma profissional através da limpeza de pele para diminuir o risco de inflamações ao invés de alastrar o problema ainda mais”, afirma a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Aspiradores de poros podem causar lesões na pele

Cravos são um desconforto estético para muitas pessoas, que utilizam das mais diversas técnicas para se verem livres destes poros entupidos de sebo e óleo. Uma dessas técnicas consiste na remoção das impurezas presentes nos poros por meio de gadgets conhecidos como removedores de cravos ou aspiradores de poros. Mas, afinal, esses aparelhos realmente funcionam? “Ao contrário dos cosméticos, que atuam sobre os cravos através da esfoliação e dissolução do sebo e células mortas, os removedores de cravos utilizam a sucção para extrair fisicamente as sujidades de dentro dos poros”, explica Paola.

“O problema é que esses aparelhos podem ser perigosos quando utilizados da maneira incorreta, pois a grande pressão exercida pelo dispositivo sobre a pele pode provocar o surgimento de lesões como cicatrizes, manchas, vasinhos e hematomas.” Segundo a dermatologista, o uso do aparelho é ainda mais arriscado para pacientes que sofrem com rosácea, pele sensível ou vasinhos no rosto, já que força da sucção pode agravar essas condições.

“Além disso, esses aparelhos também são pouco eficazes e funcionam apenas como uma solução temporária, já que os poros tendem a entupir novamente após certo tempo”, alerta a especialista. Além da rotina skincare recomendada pelo dermatologista, sessões de limpeza de pele com um profissional capacitado são fundamentais para a extração dos cravos já instalados na pele. Existem também medicamentos orais que podem acabar definitivamente com o problema em casos mais graves. “Caso você sofra constantemente com cravos e espinhas, o ideal é que você consulte um dermatologista”, finaliza Paola.

Sugestões de cosméticos para você cuidar bem da pele da face

Mousse com 40% de Vitamina C reduz 5 tipos de rugas e promove clareamento intensivo da pele

Desenvolvido pela Ada Tina Italy, Pure C 40 Ultra traz uma das maiores concentrações de Vitamina C do mercado para atuar profundamente na pele e proporcionar máxima eficácia rejuvenescedora e clareadora, tornando a pele mais jovem e iluminada após 14 aplicações

A poluição, a exposição solar e outros agressores ambientais aos quais estamos constantemente expostos no dia-a-dia causam danos importantes na pele que, a longo prazo, podem acelerar o processo de envelhecimento, que é acompanhado pelo surgimento de manchas, rugas e flacidez. Por isso, devemos utilizar cosméticos diariamente que ajudem a combater esses danos, como o Pure C 40 Ultra.

“Desenvolvido pela marca italiana de dermocosméticos Ada Tina Italy, o Pure C 40 Ultra é um mousse ultraconcentrado formulado com Vitamina C Pura a 40%, uma das maiores concentrações da substância disponível no mercado. Dessa forma, o produto possui alta eficácia na redução de 5 tipos de rugas (profundas, periorais, na testa, entre as sobrancelhas e pés-de-galinha) e no clareamento intensivo da pele, atuando inclusive no tratamento e controle do melasma”, explica o farmacêutico Maurizio Pupo, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy.

Sem água em sua formulação, o que evita que a Vitamina C oxide e ajuda a manter a eficácia do ativo, o produto conta com uma tecnologia exclusiva de liberação prolongada da Vitamina C. “Isso faz com que o ativo seja liberado aos poucos na pele durante todo o tempo de uso, o que garante maior eficácia e resultados mais rápidos”, destaca o especialista.

“A Vitamina C é um poderoso ingrediente antioxidante, rejuvenescedor e clareador. Logo, além de estimular a produção de colágeno e combater os danos causados pelos radicais livres, o ativo atua direta e indiretamente sobre a tirosinase, enzima responsável pelo processo de formação do pigmento que dá cor à pele, resultando assim na diminuição da produção de melanina e, consequentemente, da hiperpigmentação da pele”, diz Pupo. Além disso, a Vitamina C presente no Pure C 40 Ultra é altamente estável, mantendo-se eficaz e segura para uso por muito mais tempo que o ácido ascórbico comum.

Com toque extrasseco e aveludado graças a sua inovadora textura “Cream to Powder”, que promove rápida absorção não oleosa, o produto reduz rugas e linhas de expressão, diminui a flacidez, ilumina e uniformiza a pele em apenas 14 dias de uso com uma única aplicação diária.

“Em testes clínicos, o produto mostrou, após 14 aplicações, ter eficácia de 75% no clareamento da pele, 83% na redução dos sinais do envelhecimento e 83% no aumento da firmeza, promovendo assim melhora global da aparência da pele”, afirma o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy. Hipoalergênico e dermatologicamente testado, o Pure C 40 Ultra é livre de óleo mineral, parabenos, ingredientes ou testes em animais, sendo assim cruelty free. “Quanto ao modo de uso, o produto deve ser aplicado sobre a pele previamente limpa e seca antes de deitar-se”, finaliza Pupo.

Vita D Cream rejuvenesce, promove luminosidade e hidrata pele ressecada e com rugas

Antiaging da Buona Vita age suprindo a necessidade de vitamina D em peles maduras e desvitalizadas

O Vita D Cream tem a função de suprir integralmente as necessidades do tecido cutâneo, proporcionando a desaceleração dos sinais de envelhecimento e resultando em uma pele mais saudável, com textura restaurada, uniformização da cor e luminosidade, além de deixá-la mais firme e com menos linhas de expressão.

A ação do produto deve-se à sinergia entre a exclusiva tecnologia Vitamina D Like com um pool de ativos que inclui principalmente o Revinage (Vitamina A Like) e o Óleo de Rosa Mosqueta (possui alto poder de regeneração dos tecidos), o que promove rejuvenescimento, devolve luminosidade e oferece hidratação às peles maduras e desvitalizadas.

O produto é potencializado com a exclusiva tecnologia Vitamina D Like, um ativo que age de maneira similar à Vitamina D e atua restaurando as funções dos receptores da Vitamina D lesados pelo processo de envelhecimento, controlando também os fatores de crescimento e agindo na diferenciação e proteção celular.

Hidratação e ação antienvelhecimento de peles maduras e desvitalizadas. Indicado para rugas, flacidez e falta de luminosidade.

O Vita D Cream deve ser usado duas vezes ao dia, de manhã e à noite, após a limpeza e tonificação da pele. Preço: R$ 180,00

Creme para massagem facial com óleo de Monoï tem ação nutritiva e melhora elasticidade da pele

Monoi Face, da Buona Vita, traz o óleo de Monoï de Tahiti, extrato de coco, manteiga de cupuaçu e de karitê, além de óleo vegetal, para nutrir a pele e promover hidratação facial poderosa

O creme para massagem facial com óleo de Monoï e ingredientes naturais traz poderosa ação nutritiva para auxiliar nas manobras de massagem facial (rosto, pescoço e colo). O produto melhora a hidratação e elasticidade, proporcionando uma aparência mais saudável e radiante à pele.

Além do óleo de Monoï (com propriedades suavizantes, calmantes e purificantes), o creme traz: extrato de coco (hidratante, emoliente, antienvelhecimento, nutritivo e tônico); manteiga de cupuaçu (hidratante que confere toque agradável, macio e suave à pele); manteiga de karitê (ação hidratante, emoliente, nutritiva, antioxidante e protetor); e óleo vegetal (previne o ressecamento da pele, auxilia no restabelecimento da hidratação da pele, normalizando e reforçando a estrutura do manto hidrolipídico).

Poderosa ação nutritiva advinda de ingredientes naturais. Pode ser usado de manhã e à noite após limpeza e tonificação. Preço: R$ 80,00

Dermocosméticos 100% cruelty free para o cuidado diário com a pele

A Dermatus, farmácia de manipulação especializada em formulações de uso tópico e no desenvolvimento de dermocosméticos, separou cinco produtos ideias para o cuidado facial diário. E o melhor, a marca não realiza testes em animais.

1 – Loção Facial Beatriz

Tônico facial com combinação única e exclusiva de ativos para todos os tratamentos. Traz benefícios imediatos como: Limpeza profunda; ação antioxidante; controle de oleosidade e ação antipoluição. E benefícios a médio prazo: Peeling suave; redução de comedões; clareamento suave; melhoria na textura da pele

Modo de usar: nas duas primeiras semanas indicamos umedecer o algodão com água e aplicar algumas gotas de Loção Beatriz. Após isso, pode usar diretamente o produto e não retirar. Pode ser usado duas vezes ao dia ou conforme orientação médica. Dica: estender o uso para pescoço, colo e mãos.

Ativos: ácido salicílico, hexylresorcinol, cânfora e mentol

2 – Photoplus Multidefense

Potente sérum multi proteção para uso diário que promove bio hidratação e proteção além do filtro (luz azul + poluição ambiental).

Modo de usar: dia e noite antes do filtro solar ou antes do tratamento anti-idade e clareador.

Ativos: Proshield, Exo P, Ecoskin, Ext. de Girassol, Kakadu (considerado o fruto de maior fonte de Vitamina C).

3 – Revitalize Infusion C

Sérum Booster com potente  ação Antioxidante, Anti-idade e Clareadora.

Modo de usar: aplicar sobre a pele limpa de uma a duas vezes ao dia. Passar suavemente no rosto e pescoço, permitindo que o produto absorva completamente.

Ativos: concentrado de Vitamina C 20% +, ácido ferúlico + vitamina E + lírio branco

4 – Revitalize Hyalupower

Potente sérum para uso cotidiano com 10% de Ácido Hialurônico + Ação antipoluição

Modo de usar: aplicar de 3 a 4 gotas pela manhã e à noite na pele limpa e seca na face, pescoço e colo. Espalhar massageando suavemente até completa absorção. Complementar com o uso do filtro solar pela manhã.

Ativos: blend de AH 10%(Ác. Hialurônico, Ác. Hialurônico  Fracionado + Silício, Ác. Hialurônico Nano),  Peptídeos do Arroz + Silício e Agentes  Antipoluição

5 – D-Blanc Sérum Clareador

Indicado para clareamento da pele, contribui na prevenção da formação de novos pigmentos e renova e auxilia na uniformização do tom e da textura da pele

Ativos: alfa arbutin, ácido kójico encapsulado, ácido fítico, belides, hexyl resorcinol, Nicotinamida, extrato de pérolas, gluconolactona e ácido hialurônico.

Informações: Dermatus

As diferenças entre aplicação de toxina botulínica A e preenchimento de ácido hialurônico

A dermatologista Adriana Vilarinho conta em detalhes as diferenças entre os procedimentos dermatológicos mais solicitados no consultório

Com o grande volume de informação sobre procedimentos estéticos e dermatológicos, principalmente os minimamente invasivos, tem sido mais comum o desejo de mudança, mas, antes de qualquer procedimento, principalmente na face, é importante consultar a opinião de um médico para entender as diferenças entre os tratamentos e o que é recomendado ou não em cada caso.

A dermatologista Adriana Vilarinho, esclarece alguns pontos para diferenciarmos dois dos principais tratamentos não cirúrgicos: a aplicação de toxina botulínica A (Botox) e o preenchimento de ácido hialurônico, que compõe a linha de produtos Juvéderm.

Botox, marca comercial registrada da Allergan, é utilizada também para fins estéticos. Trata-se de uma substância injetável derivada de uma toxina produzida pelo Clostridium botulinum, a bactéria responsável pelo botulismo. Segundo Adriana, por meio da inibição da neurotransmissão entre terminações nervosas e fibras musculares, o Botox relaxa a musculatura e suaviza as rugas. “A aplicação do produto representa um dos procedimentos mais realizados no rejuvenescimento facial e, desde 1992, tem sido usado na medicina estética e dermatológica. É um método seguro para melhorar as famosas ‘ruguinhas’”, completa a profissional.

Os efeitos da toxina começam a surgir em um a três dias após a aplicação e atingem o efeito máximo cerca de duas semanas após o procedimento. Segundo a dermatologista, a duração da resposta depende do local onde foi aplicada e da dose usada e os pontos ideais para a aplicação são: linhas horizontais na testa; elevar o olhar; suavizar rugas entre sobrancelhas; melhora das linhas nos cantos dos olhos, os “pés de galinha”, e atenuar rugas periorais verticais, o “código de barras” que fica acima dos lábios.

Os tratamentos com toxina botulínica A e preenchimentos faciais com ácido hialurônico são procedimentos distintos. A aplicação da toxina tem o intuito de relaxar a musculatura, suavizando rugas já existentes e evitando que novas apareçam, não tem a ação de preenchimento e por isso não é indicado para aplicação nos lábios, por exemplo.
Já os preenchedores possuem a finalidade de reestruturar a face, melhorar o contorno, recuperar volume e hidratar a pele. O ácido hialurônico é uma das substâncias usadas para esta finalidade. Ele preenche o espaço entre as células e, em função da sua capacidade de atrair água para o local em que foi aplicado, preenche as rugas e sulcos.

preenchimento bigode chines university of utah health
Foto: University of Utah Health

Na linha de preenchedores de ácido hialurônico Juvéderm, podemos contar com os seguintes produtos:
• Volite: hidrata e melhora a elasticidade e textura da pele.
• Volbella: indicado para linhas finas e refinamento.
• Volift: indicado para contorno e volume labial.
• Voluma: indicado para rugas e linhas mais profundas, para restauração de volume e estruturação do rosto.

Segundo a médica, alguns dos lugares mais comuns de aplicação do preenchedor de ácido hialurônico são: olheiras – com o envelhecimento podem ocorrer depressões nessa região; bochechas, para garantir uma aparência mais jovem; as dobras nasolabiais, famoso “bigode chinês”; “linhas de marionete”, os sulcos que se estendem do canto da boca até o queixo e para aumento de volume labial. “Os preenchedores de ácido hialurônico têm duração média de 9 a 24 meses, dependendo do produto e do organismo, ou seja, da resposta de cada paciente”, completa a médica.infografico_botox_juvederm_Prancheta 1 (002)

Apesar de funções distintas, os procedimentos podem se complementar para um tratamento em conjunto. Segundo a profissional, o envelhecimento facial resulta de uma combinação de alterações que envolvem a pele e os tecidos subjacentes. Rugas, redução dos níveis de colágeno, atrofia e deslocamento da gordura subcutânea, bem como a redução óssea, estão envolvidos neste processo.

“A toxina botulínica A diminui as rugas dinâmicas da face, enquanto os preenchedores a base de ácido hialurônico ‘restauram’ uma aparência jovem, através da substituição do volume perdido dos tecidos. Com os preenchedores, podemos projetar ângulos faciais, preencher espaços e apagar rugas mais grossas. A associação dos dois pode ser benéfica quando bem indicada e feita com parcimônia. É possível combiná-los e eles podem, inclusive, ser feitos no mesmo dia. ”

A dermatologista comenta que cada paciente deve ser avaliado individualmente, com suas características próprias e peculiaridades. Antes do tratamento, o médico deve determinar se as queixas são apropriadas para o tratamento com toxina botulínica A e preenchedores. “Nenhum procedimento é isento de complicações, por isso, certifique-se de que o profissional em questão é habilitado e pode tratar qualquer efeito colateral ocasional relacionado aos preenchedores ou à aplicação da toxina botulínica A”.

Para atender as expectativas do paciente e a naturalidade dos procedimentos, a médica aconselha que na consulta sejam definidas prioridades e expectativas conjuntas (necessidade e resultados possíveis/previstos). “Fotografias tiradas antes e depois são úteis e importantes para avaliar a melhora e acompanhar todo o tratamento”, revela a médica.

Os procedimentos podem resgatar uma beleza original e a confiança de cada paciente, sem que se perca a naturalidade. Ser original também é encarar a mudança que deseja e se abrir para novas experiências, como um procedimento estético.

Fonte: Allergan

Vult apresenta linha de cosméticos voltada aos cuidados da pele

O foco é proporcionar uma rotina completa de cuidados em poucos passos

Sabemos que a maquiagem é uma grande aliada das mulheres, mas uma boa make exige, antes de tudo, uma pele bem cuidada. Pensando nisso, Vult desenvolveu um ritual completo de cuidados, que entrega resultados eficazes de maneira descomplicada.

Os produtos da linha de cuidados Vult foram pensados a partir dos principais desejos das mulheres em relação ao cuidado com o rosto. Entre os ingredientes e ativos, estão os que são tendência e desejo para essa categoria.

A linha traz uma plataforma de séruns com ácido hialurônico puro e vitamina C na concentração de 10% – que ajudam na produção de colágeno e no combate aos radicais livres, evitando o envelhecimento e a mantendo a elasticidade e a hidratação da pele. Os ativos ainda contribuem para suavizar a aparência de manchas. Além disso, todos os produtos são veganos, produzidos sem testes em animais, livre de parabenos e vêm em embalagens feitas de plástico verde.

A proposta da linha é oferecer cuidado e tratamento em apenas 3 passos – limpar, tratar e hidratar. Deixando de lado a ideia de complexidade e necessidade de muitos produtos para uma rotina de pele saudável.

ÁGUA-MICELAR-FRONTAL

A etapa da limpeza é o primeiro passo para uma rotina de cuidados. Deve-se remover a maquiagem e as impurezas do rosto. Para isso, a linha conta com três produtos: uma água micelar com extrato de camomila, que demaquila, limpa e acalma a pele;

DEMAQUILANTE OIL FREE

um demaquilante oil free com alga marinha e extrato de aloe vera, indicado para remoção da maquiage;

TÔNICO FACIAL HIDRATANTE

e o tônico facial com extrato de aloe vera e pantenol, que complementa a limpeza, ajudando na eliminação das impurezas mais difíceis, enquanto ajuda a equilibrar o ph da pele, auxiliando na eficácia dos produtos de tratamento e hidratação usados posteriormente.

vult vitamina c

Na etapa de tratamento, o sérum de vitamina C pura tem a função de deixar a pele mais firme e radiante. O produto tem eficácia comprovada, trazendo resultados visíveis após 15 dias de uso. Indicado para uso noturno, previne o envelhecimento da pele, estimula a produção de colágeno, além de melhorar a aparência de manchas.

vult acido hialuro

Para complementar a rotina diurna, Vult também lança o sérum preenchedor ácido hialurônico puro, com resultados visíveis na pele a partir do 28º dia de uso. O produto possui ácido hialurônico e probióticos, deixando a pele hidratada, auxiliando na firmeza e preenchendo rugas e linhas de expressão.

vult mascara detox

Para os amantes de máscara, a detox de carvão, com tecnologia prebiótica, mistura de extratos vegetais e carvão ativado, tem com o objetivo de acalmar, suavizar, hidratar e reduzir a vermelhidão da pele. É a escolha ideal para acrescentar na sua rotina duas vezes por semana.

bb primer vult

Para trazer mais benefícios e praticidade no seu dia a dia, o bb primer, completa a rotina diurna. É um produto multifuncional que além de preparar a pele para a make, hidrata, tem efeito blur e auxilia na produção de colágeno.

vult lips on

Para os lábios, o Lips On é um gloss labial que proporciona efeito espelhado e sensação de refrescância, além de ser enriquecido com ácido hialurônico que é reconhecido pelo seu poder hidratante.

Informações: Vult– SAC: (11) 4736-8890 – sac@vult.com.br

Inchaço matinal no rosto é constante na quarentena? Você precisa seguir estas dicas

Várias são as causas para acordar com o rosto inchado pela manhã. Alguns são fáceis de consertar, enquanto outros exigem atenção médica. Saiba algumas dicas para lidar com o problema

Durante o isolamento social, por conta da pandemia do novo coronavírus, estamos mais atentos aos cuidados de saúde e beleza dentro de casa. E é comum perceber que, às vezes, mesmo após uma noite bem dormida, o temível inchaço matinal aparece – e ele tem várias causas.

“Durante o sono, o sistema linfático fica mais lento e, sendo ele o responsável pela absorção de líquido das células, há uma predisposição para esse inchaço. Além disso, há uma influência também da alimentação, bebidas alcoólicas, remédios, alterações hormonais, posição de dormir e até causas genéticas”, explica a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

De acordo com a médica, a tireoide fora de sintonia também tem relação com esse tipo de inchaço. “A glândula produz um hormônio que regula o metabolismo e a temperatura corporal. Se estiver produzindo muito pouco, as alterações metabólicas podem fazer com que aumente o inchaço também”, diz. “Nesse caso, é aconselhável procurar um médico para prescrever a medicação correta”, completa.

Abaixo, ela dá algumas dicas para melhorar o aspecto inchado do rosto durante a quarentena:

mulher bebendo água ibbl

Beba mais água e consuma menos sódio – começando pelo básico, a médica indica o consumo de pelo menos dois litros de água por dia, pois isso é essencial para desinchar o corpo todo. “Água de coco e chá verde também são opções. Mas sempre se lembre de controlar a quantidade de sódio nas refeições, pois ele colabora na retenção de líquido. Temos visto que, dentro de casa por conta da pandemia, as pessoas acabam descuidando muito da alimentação e consumem mais produtos enlatados e processados, ricos em sódio. E fique de olho em sucos de caixinha, que também têm muito sódio na composição”, afirma a médica.

shutterstock_ mulher lavando o rosto
Shutterstock

Lave o rosto com água fria – assim que acordar, lave o rosto com água fria e com um sabonete específico para seu tipo de pele, de preferência com extratos botânicos com ação anti-inflamatória, calmante e descongestionante, como a camomila e erva doce. Eles vão ajudar na diminuição do edema.

mulher agua termal pele beleza

Use água termal (gelada) – na noite anterior, deixe sua embalagem de água termal com ativos calmantes na geladeira. Logo após lavar o rosto, pela manhã, borrife no rosto. “A temperatura fria do produto refresca e descongestiona a pele”, explica.

mulher-dormindo-sono

Fique de olho na posição de dormir – deitar de bruços é a opção que mais favorece o inchaço matinal do rosto. Se possível, eleve a cabeça com mais de um travesseiro e durma de barriga para cima. “Isso também ajuda a não marcar tanto o rosto, o que favorece o aparecimento de rugas”, diz a dermatologista.

mulher madura fazendo exercicio em casa 123rf
123RF

Atividade física e dieta – mesmo confinados dentro de casa, é necessário lembrar que corpo em movimento é corpo saudável, então procure fazer uma atividade física durante o dia, de preferência dentro de casa. “A própria contração muscular já contribui para a drenagem dos líquidos. Alie os exercícios com uma dieta equilibrada, aumentando o consumo de couve, brócolis, repolho, couve-flor, pois tais vegetais melhoram a eliminação de toxinas. Isso vai beneficiar o corpo todo na diminuição do inchaço”, finaliza.

Fonte: Paola Pomerantzeff é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), tem mais de 10 anos de atuação em Dermatologia Clínica. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina Santo Amaro, a médica é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Lavar o rosto no chuveiro faz mal? Confira a melhor forma de limpar a pele

Paola Pomerantzeff desmistifica algumas questões relacionadas ao assunto e dá dicas de como higienizar a pele corretamente.

Sabemos que para uma pele impecável no rosto a higienização é uma das partes mais importantes, não é? E é muito provável que você já tenha ouvido que o rosto deve ser lavado na pia, nunca no chuveiro. Certo? Mas isso é realmente prejudicial? Segundo a Dra. Paola, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), não existe lugar certo ou errado para lavar o rosto.

“Lavar o rosto no chuveiro remove a sujeira, o sebo, a maquiagem, os detritos e a poluição, assim como seria caso fosse lavado em uma pia, por exemplo. Se a lavagem está sendo feita da forma adequada, não existe diferença”, afirma a médica.

banho cabelo agua chuveiro pixabay

Outras duas questões que circundam o tema são a regra dos 60 segundos e a temperatura ideal da água. “A regra dos 60 segundos não possui fundamento: não é necessário ficar por um minuto esfregando o rosto para que a pele fique limpa e hidratada. Se você estiver sendo cuidadosa e utilizando os produtos corretamente, não precisa ficar contando o tempo de lavagem do rosto, contanto que não haja fricção exagerada”, afirma.

E quanto à temperatura da água? Segundo ela, a água quente não necessariamente é responsável por abrir os poros, ao passo que a água fria não consegue fechar poros. Pior: uma temperatura muito quente pode desidratar a pele. “Para limpar as impurezas do rosto, o melhor é a água fria a morna. A água fria pode beneficiar quem sofre de vermelhidão ou inflamação na pele, já que ajuda a acalmar e reduzir a irritação ao contrair os vasos sanguíneos”, destaca.

Sobre a quantidade de vezes que devemos lavar o rosto por dia, Paola afirma que o ideal é duas vezes – de manhã e à noite. “Em nenhuma hipótese devemos dormir sem lavar o rosto, principalmente se fizermos uso de maquiagem. Isso por que a camada que se forma na sua pele ao longo do dia pode obstruir os poros, causando aumento da oleosidade e inflamações que se transformam em espinhas. Depois de dormir alguns dias de maquiagem pode acontecer o efeito contrário: a pele se tornar mais ressecada”, explica.

A lavagem pela manhã, segundo a médica, é tão importante quanto a noturna, principalmente para quem aplica cremes antes de dormir ou algum produto antienvelhecimento como é o exemplo do retinol.

“Lavar pela manhã remove os produtos noturnos, deixando a pele renovada para os produtos da manhã e para a aplicação da maquiagem, mas cuidado com os excessos. Se você costuma usar agentes muito secativos à noite, como retinoides, e faz a maioria dos tratamentos – máscaras, esfoliantes químicos, etc. – no período noturno, é necessário limpar o rosto pela manhã com um produto menos abrasivo”, complementa.

chuveiro banho mulher rosto

Por fim, a médica ressalta que só a lavagem não é suficiente para manter a pele firme, bonita e saudável. “Cada pele possui suas próprias demandas. Por isso, é ideal que as escolhas dos produtos utilizados na rotina de skincare sejam tomadas em conjunto com um dermatologista”, finaliza.

Fonte: Paola Pomerantzeff é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), tem mais de 10 anos de atuação em Dermatologia Clínica. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina Santo Amaro, a médica é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, e participa periodicamente de Congressos, Jornadas e Simpósios nacionais e internacionais.