Arquivo da categoria: sangue

Convocação de doadores de sangue urgente

Alerta de risco de falta de sangue, Banco de Sangue de São Paulo necessita de doação do tipo ‘O negativo’

O Banco de Sangue de São Paulo está com os estoques de sangue tipo O- (negativo) em estado crítico, cujo déficit está em 50%, sob risco de falta para casos emergenciais. Por isso, está convocando os doadores para que se sensibilizem e compareçam ao local para, mais do que nunca, praticar esse gesto voluntário de doar sangue e reverter essa situação.

O sangue ‘O negativo’ é considerado universal e pode ser transfundido em qualquer pessoa, pois, em casos de extrema urgência, quando não há tempo para exames que comprovem qual o tipo de sangue do paciente, ele é utilizado pelos hospitais. Por isso, esse tipo sanguíneo é de fundamental importância e não pode faltar nos bancos de sangue.

O Banco de Sangue de São Paulo alerta: “O seu tipo sanguíneo salva muitas vidas, então, se você está saudável e pode doar, venha fazer a sua doação o quanto antes”!

Requisitos básicos para doação de sangue:
• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
• Estar em boas condições de saúde;
• Pesar no mínimo 50 kg;
• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
• Não ter diabetes em uso de insulina;
Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o Coronavírus:
• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Ilustração: Kalhh/Pixabay

Banco de Sangue de São Paulo

Unidade Paraíso
Endereço: Rua Tomas Carvalhal, 711 – Paraíso-Tel.: (11) 3373-2000
Atendimento: Segunda a sexta, das 8h às 17h, e sábado, das 08h às 16h
Estacionamento gratuito Hotel Matsubara – Rua Tomas Carvalhal, 480
Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos

Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos
Endereço: Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino-Tel.: (11) 5080-4435
Atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h às 12h
Estacionamento gratuito.

MorumbiShopping recebe ação para coleta segura de sangue

Por meio de agendamento, as coletas serão realizadas até amanhã, 22 de agosto

O MorumbiShopping é ponto de doação de sangue até o dia 22 de agosto. Realizada em parceria com o projeto Amor se Doa e da da organização social SAS Brasil, que adaptou uma das carretas para ser usada como banco de sangue móvel, a ação tem como objetivo incentivar as doações, que estão em queda por conta da pandemia e das medidas de isolamento. O sangue coletado irá abastecer as reservas do Hemocentro São Lucas.

Buscando garantir o cuidado com a saúde e segurança de todos, os interessados devem realizar agendamento prévio pelo perfil da entidade Amor se Doa no Instagram (@amorsedoa) e comparecer ao shopping no horário marcado. Os doadores estão isentos de pagar estacionamento.

Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam do consentimento de um responsável, que deve acompanhar o doador), pesar mais de 55 kg, estar em bom estado de saúde e apresentar documento oficial com foto no momento da doação. Pessoas com sintomas como tosse, febre e dores no corpo não podem realizar a coleta. Quem teve contato com pessoas infectadas deve aguardar 14 dias para fazer a doação enquanto quem foi curado da doença deve esperar 30 dias.

kalhh por Pixabay

Coleta Segura de Sangue
Data e horário: até 22 de agosto
Horário: 22 de agosto (sábado), das 9h às 14h
Local: Estacionamento do MorumbiShopping
Endereço: Av. Roque Petroni Jr., 1089 – São Paulo/SP
Agendamentos pelo perfil no Instagram (@amorsedoa)
Informações: Morumbi Shopping
Instagram: @morumbishopping | #EuNoMbs

Continental Shopping promove Campanha de Doação de Sangue

Agendamento via WhatsApp garante distanciamento e segurança para doadores

O Continental Shopping recebe, no dia 19 de agosto, mais uma edição da campanha “Doe Sangue, Doe Vida”, ação em parceria com o Rotary Clube de São Paulo – Parque Continental e o Banco de Sangue Paulista.

Para garantir a segurança de todos, os interessados precisam agendar um horário para a doação, pelo WhatsApp do empreendimento no número (11) 97622-7395. Os atendimentos acontecem a cada 30 minutos, com no máximo nove pessoas por horário, medida para evitar a aglomeração.

“O mundo está passando por um momento delicado e precisamos ter cada vez mais empatia pelo próximo. A campanha é uma forma de promover a mais solidárias das ações, a doação de sangue, e contribuir com aqueles que precisam”, afirma Juliana Garbini, coordenadora de marketing do empreendimento.

A coleta será realizada das 9 às 15h30, no piso Boulevard e tem como meta arrecadar 100 bolsas de sangue, que serão destinadas para o Banco de Sangue Paulista. Para ser um doador, o interessado deve apresentar documento oficial com foto, passar por uma breve entrevista de triagem, ter entre 18 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha acontecido até os 60 anos). Menores de idade a partir de 16 anos com termo de autorização assinado pelos pais também podem contribuir, o termo está disponível aqui.

É necessário estar dentro dos requisitos abaixo:

• O peso deve ser superior a 50 kg para homens e 55 kg para mulheres;
• Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
• Se mulher, deve ter doado há mais de 90 dias, não estar grávida, não estar amamentando, já terem se passado pelo menos 3 meses de parto ou aborto;
• Não ter tido Hepatite após os 10 anos de idade;
• Não ter histórico de contato com o inseto barbeiro, transmissor da Doença de Chagas;
• Não ter histórico de malária ou se esteve em região de malária nos últimos 6 meses;
• Não ter realizado Endoscopia / Colonoscopia nos últimos 6 meses;
• Não ter ou ter tido Sífilis;
• Não ter tatuagens e/ou piercings recentes (menos de 1 ano);
• Não ter recebido transfusão de sangue ou hemoderivados no último ano;
• Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação;
• Estar alimentado e com intervalo mínimo de 2 horas após a última refeição;
• Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas que antecedem a doação;
• Não ter mais de 3 parceiros sexuais nos últimos 12 meses;
• Não ter fumado na última hora que antecede a doação;
• Não possuir comportamento de risco para HIV tais como: não usar preservativos em
relações sexuais com parceiros novos ou ocasionais, ter mais de 3 parceiros sexuais nos últimos 12 meses ou ser usuário de drogas ilícitas.

como-doar-sangue

Campanha Doe Sangue, Doe Vida – Continental Shopping
Data: 19 de agosto
Horário: das 9h às 15h30
Local: Piso Boulevard
WhatsApp para agendamento: (11) 97622-7395
Endereço: Avenida Leão Machado, 100 – Jaguaré – São Paulo – SP
Mais informações: (11) 4040-4981

Grande SP: carreta itinerante para coleta de sangue incentiva doação de forma segura

Com a pandemia estoques de banco de sangue do estado estão muito baixos. A parceria, idealizada pela Roche e com apoio do SAS Brasil, rodará a Grande São Paulo durante os meses de julho e agosto

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que apenas 16 a cada mil brasileiros são doadores de sangue, o que representa 1,6% do total da população, quando o número ideal seria 5%. Neste momento de pandemia a situação está ainda pior. As medidas de isolamento social e o medo que as pessoas têm de contrair o vírus fizeram com que os estoques de bancos de sangue de vários Estados despencassem.

O fato é muito preocupante, pois em casos graves de Covid-19, por exemplo, o paciente pode ter complicações que o levam a precisar de transfusão. A urgência em aumentar os estoques de sangue uniu mais uma vez a Roche e a organização sem fins lucrativos SAS Brasil, junto do Hemocentro São Lucas, para levar um banco de sangue móvel a diversos pontos da Grande São Paulo nos meses de julho e agosto. O objetivo é incentivar as pessoas e melhorar os estoques dos hemocentros por meio de doações feitas de forma segura para todos e mais cômoda para o doador.

Este é mais um dos projetos que a Roche realiza em parceria com o SAS Brasil, que desde 2013, por meio de ações que levam saúde, sustentabilidade e entretenimento, já impactou mais de 55 mil pessoas em regiões com baixo IDH de todo o território brasileiro.

“Consideramos essencial participar para o estabelecimento de uma sociedade desenvolvida e socialmente mais justa. Neste momento de pandemia, entendemos ser ainda mais importante ter uma atuação proativa e solidária, apoiando causas que emergem em nossa sociedade, como a questão da queda nas doações de sangue e a necessária reposição dos estoques dos hemocentros. Ao incentivar a união de forças, percebemos que é possível fazer a diferença e gerar benefícios concretos ao nosso país”, ressalta Sarah Chaia, Diretora Jurídica, de Responsabilidade Social e Sustentabilidade, Políticas Públicas & Compliance Officer da Roche Farma.

EXAME DE SANGUE MNT
MedicalNewsToday

Doar com Segurança
Para garantir que tudo seja feito dentro dos protocolos vigentes e evitar aglomerações, as doações acontecem com horário marcado via agendamento por WhatsApp. O cadastro é realizado na parte externa da carreta, em salas separadas e com uma pessoa por vez, para permitir a realização de triagem e identificar possíveis infectados por Covid-19. As cadeiras para coleta ficam a 1,5m de distância entre elas e há fluxos para não ter circulação cruzada, como entrada e saída independentes, evitando ao máximo contato físico. Todos, funcionários e doadores, devem estar de máscara. O lanche após a doação é oferecido na parte de fora da unidade móvel, que é frequentemente higienizada. O Hemocentro São Lucas, responsável pela coordenação técnica da ação, tem um protocolo para que as coletas ocorram dentro do padrão de qualidade e segurança exigidos.

Quem pode doar sangue
Para doar sangue os candidatos precisam ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam estar acompanhados do responsável), pesar no mínimo 55 quilos, estar em bom estado de saúde e levar documento oficial com foto no momento da doação. Em relação ao coronavírus não podem doar pessoas que apresentem sintomas como tosse, febre e dores no corpo. Quem teve contato com pessoas infectadas deve aguardar 14 dias para fazer a doação. Já quem foi curado da doença deve esperar 30 dias para doação. Para saber sobre pré-requisitos mais específicos clique aqui.

Serviço
O agendamento para doação de sangue na carreta itinerante deve ser feito pelo WhatsApp: (11) 95897-1046, das 8h às 20h, também aos finais de semana. O horário de coleta é entre 8h e 16h, sendo que o último cadastro será realizado às 14h.

hemocentro-itinerante-SAS-Brasil_atodeamorAgenda
Confira os locais e datas da carreta de doação de sangue aberta ao público:

Julho:
• 24/07 (6ª feira): Jardim Apurá – UBS Jardim Apurá (Rua Dr. Dari Barcellos, nº 37 – Jardim Apurá, São Paulo – SP).
• 27/07 (2ª feira): Jardim Apurá – em frente ao Condomínio Bilbao (Rua Projetada 1, nº 281 – Jd. Apurá, São Paulo – SP).
• 28 e 29/07 (3ª e 4ª feira): Paraíso – em frente ao 8° Batalhão do Exército (R. Manuel da Nóbrega, nº 1015 – Paraíso, São Paulo – SP) nas proximidades do Ginásio do Ibirapuera.
• 30 e 31/07 (5ª e 6ª feira): Jardim Colombo – em frente ao Colégio Santo Américo (R. Santo Américo, nº 275 – Jardim Colombo, São Paulo – SP) nas proximidades do Cemitério Gethsêmani Morumbi

Agosto:
• 10 e 11/08 (2ª e 3ª feira): Barueri – em frente ao 22° Batalhão do Exército (Estr. Velha de Itapevi, S/N – km 29 – Fazenda Militar, Barueri – SP).
• 12 e 13/08 (4ª e 5ª feira): Capão Redondo – em frente ao Projeto Vida Corrida (R. Arroio do Engenho, nº 161 – Conj. Hab. Instituto Adventista, São Paulo – SP).
• 20, 21 e 22/08 (5ª feira a sábado): Morumbi – Shopping Morumbi (Av. Roque Petroni Júnior, nº 1089 – Jardim das Acacias, São Paulo – SP).
• 24 e 25/08 (2ª e 3ª feira): Osasco – em frente ao 2° Batalhão do Exército (R. Raul Lessa, nº 52 – Aliança, Osasco – SP).
• 26/08 (4ª feira): Arujá – em frente a Distribuidora Aurora (Av. PL do Brasil, nº 3001 – Fontes, Arujá – SP).
• 28 e 29/08 (6ª feira e sábado): Guarulhos – Shopping Bonsucesso – Guarulhos (Estr. Juscelino Kubtischek de Oliveira, nº 5308 – Jardim Albertina, Guarulhos – SP).

Informações: SAS Brasil/Hemocentro

Campanha Junho Vermelho alerta para risco de falta de sangue em São Paulo

Déficit de 50% nos estoques pode comprometer tratamento de pacientes; Banco de Sangue de São Paulo convoca doadores

Se em um inverno ‘normal’ as pessoas já deixavam de doar sangue por sair menos de casa, imagine em uma situação de pandemia, com isolamento social. Por esta razão, os Bancos de Sangue em geral estão com seus estoques em situação crítica, operando com déficits que ultrapassam a marca de 50% de sua capacidade.

“Neste período em que aumentam as doenças respiratórias, corremos o risco de ficar totalmente sem sangue para os pacientes dos hospitais que necessitam de transfusões e outros procedimentos. Convocamos urgentemente doadores de todos os tipos sanguíneos a se solidarizarem a esta causa e comparecem aqui no Banco de Sangue de São Paulo. Esse gesto salva muitas vidas”, diz Bibiana Alves, líder de captação do Banco de Sangue de São Paulo.

Esse alerta à população coincide com a campanha Junho Vermelho, uma mobilização nacional, alusiva à cor do sangue, que tem o intuito de conscientizar a sociedade sobre a importância do gesto solidário de doar sangue, especialmente nesta época do ano. Nesta edição, sua importância assume um papel ainda maior em razão do momento que o país enfrenta.

“As pessoas estão com medo de sair de casa para doar sangue. Mas é preciso que elas saibam que estamos tomando todas as medidas de segurança e proteção. E que o sangue, em muitos casos, é a única esperança de vida, para o qual não existe nenhum substituto”, ressalta Bibiana.

Em comemoração ao Junho Vermelho, o Banco de Sangue de São Paulo estará presenteando os doadores ao longo deste mês com máscaras personalizadas.

como-doar-sangue

Requisitos básicos para doação de sangue:
• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
• Estar em boas condições de saúde;
• Pesar no mínimo 50 kg;
• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar três horas. Não é necessário estar em jejum;
• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
• Não ter tido sífilis, Doença de Chagas ou Aids;
• Não ter diabetes em uso de insulina;
❗ Consulte a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

Critérios específicos para o coronvírus:
• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação).

Banco de Sangue de São Paulo
Unidade Paraíso
Endereço: Rua Tomás Carvalhal, 711 – Paraíso – Metrô Paraíso, saída C, Rua Vergueiro
Telefone: (11) 3373-2050 | (11) 3373-2000
Atendimento: Segunda a sexta, das 08h às 17h, e sábado, das 08h às 16h
Estacionamento Matsubara Hotel (Conveniado): Rua Tomás Carvalhal, 480
Unidade Hospital Edmundo Vasconcelos
Endereço: Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino – Metrô AACD, Rua Pedro de Toledo
Tel.: (11) 5080-4435
Atendimento: Segunda a sábado, das 8h ao 12h
Estacionamento gratuito.

 

São Paulo está entre as 10 cidades no ranking de doações de sangue no Brasil

• Levantamento da 99 destaca as 10 cidades que mais contribuíram com hemocentros durante campanha de incentivo à doação promovida por app
• Corridas realizadas pelo app acumulam 12 mil doações e cerca de 50 mil pessoas impactadas no Brasil
• Campanha será prorrogada para junho, quando se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue, em 14 de Junho

EXAME DE SANGUE MNT
MedicalNewsToday

Os moradores da Grande São Paulo aceitaram o convite da 99, empresa de mobilidade urbana, juntando-se ao movimento de solidariedade para aumentar os estoques dos bancos de sangue da região, com intuito de incentivar a doação de sangue na maior metrópole do Brasil. Entre as 16 cidades que participaram da campanha da empresa, São Paulo ficou entre as dez primeiras colocadas no ranking, que considera o número de doações por 100 mil habitantes.

Foram mais de 2.500* corridas para os hemocentros. E como cada doação pode salvar 4 vidas, mais de 10,2* mil pessoas foram beneficiadas com a iniciativa.
O aplicativo iniciou a campanha em abril e disponibilizou descontos para os principais pontos de doações de sangue do país. Foram mais de 12* mil corridas, que impactaram cerca de 50 mil pessoas por meio das bolsas de sangue coletadas no Brasil.

Confira o TOP10 de cidades mais engajadas na campanha de incentivo a doação de sangue:
• Manaus (151,77)**
• Teresina (91,99)**
• Belo Horizonte (63,49)**
• Goiânia (57,76)**
• Ribeirão Preto (53,91)**
• Brasíla (35,52)**
• Curitiba (24,83)**
• Rio de Janeiro (23,87)**
• Recife (23,41)**
• São Paulo (22,73)**

Em razão do Junho Vermelho, quando é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue (14/06), a 99 irá prorrogar a campanha até 30 de junho, para que mais pessoas possam doar.

“A 99 facilita a conexão das pessoas às cidades diariamente e, dessa vez, nós fomos além. Criamos uma conexão ainda maior de solidariedade, transportando em segurança para os pontos de coletas, os doadores que com um gesto tão simples podem salvar vidas. Ao apoiarmos os hemocentros, reforçamos nossa escolha em agir para transformar”, afirma Pedro Gomes, gerente regional de operações da 99.

Para utilizar os descontos de R$ 30,00 para ir e voltar dos hemocentros participantes da campanha em São Paulo e região, válidos até 30/06, basta incluir o código DOESANGUESP no app. Confira as regras e lista de endereços e cidades participantes clicando aqui.

*Os dados considerados para o levantamento foram fechados em 1º/6
**Número de doações a cada 100 mil habitantes

Para aumentar estoque em bancos de sangue, 99 incentiva doações em São Paulo

Como parte do 99Mobiliza, conjunto de ações durante a pandemia, empresa dará descontos em corridas para hemocentros das principais capitais do país

A 99, empresa de mobilidade urbana, está unindo forças com as autoridades locais, os motoristas parceiros e os passageiros para vencer a corrida contra o coronavírus. Para isso, a empresa mobiliza toda a sociedade para aumentar os estoques dos hemocentros brasileiros e incentivar a doação de sangue.

O aplicativo oferecerá descontos de R$ 30,00 para ir e voltar dos principais pontos de doações de sangue no país até o final de abril. Além de São Paulo, também estarão nesta campanha Brasília, Goiânia, Manaus e Curitiba. Outras cidades devem ser anunciadas nos próximos dias e a empresa espera contemplar todas as regiões com a iniciativa, que faz parte do 99Mobiliza – conjunto de ações promovidas pela plataforma para engajar mais pessoas no combate ao coronavírus e no apoio a causas que fazem a diferença na sociedade.

“Convidamos toda população a se juntar a nós nesse movimento para aumentar o número de doações de sangue. Temos certeza de que o que importa, mobiliza as pessoas. Seja para doar sangue, ajudar com mantimentos para quem não tem, apoiar iniciativas locais de geração de renda ou mesmo ficando em casa para proteger a si e ao próximo. O momento exige da sociedade compromisso e mobilização para vencermos esta corrida contra o Corona. Ao apoiarmos os hemocentros, reforçamos nossa escolha em agir para transformar”, afirma Pedro Gomes, gerente regional de operações.

Para a 99, garantir a segurança dos motoristas parceiros que ainda estão trabalhando é também prioridade. Por isso, além de reforçar todas as recomendações do Ministério da Saúde e de disponibilizar um fundo de US$ 10 milhões aos infectados pelo coronavírus, também oferece desinfecção dos carros de parceiros em cinco cidades do Brasil com uma técnica inovadora, certificada pela Anvisa e que cria uma camada de proteção por até 72 horas.

doar sangue

“Desde o início da pandemia, a equipe da 99 tem trabalhado arduamente para colaborar com a sociedade nesse momento tão delicado. Por isso, nas últimas semanas disponibilizamos R$ 4 milhões em corridas para estados e municípios utilizarem em deslocamentos de profissionais de saúde e outras atividades essenciais”, reforça Pedro Gomes, gerente regional de operações.

Para ativar os descontos para endereços selecionados, basta incluir o código DOESANGUESP no app. Confira as regras e lista de endereços participantes clicando aqui.

 

Shopping Penha faz campanhas de doação de sangue e arrecadação de agasalho

O mês de maio está repleto de ações voltadas para a comunidade no Shopping Penha. Desde o 20, entrou no ar a Campanha do Agasalho. Ano passado, o Shopping recolheu mais de 6 mil itens entre roupas, sapatos, agasalhos e cobertores que foram doados para 8 instituições distintas.

Hoje, dia 28, entre 8h30 e 11h30, o Shopping Penha se une a uma campanha solidária de doação de sangue em parceria com a Fundação Pró-Sangue do Hemocentro de São Paulo. O ponto de recolhimento será no Piso 1 e tem capacidade para atender até 70 doadores nas 3 horas de funcionamento.

Para doar é importante observar alguns requisitos, entre eles estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50kg e apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial. Além desses é preciso respeitar os intervalos para doação – homens: 60 dias e mulheres: 90 dias.

doação de sangue pixabay
Pixabay

“Fazer parte de uma campanha como esta reforça o compromisso do Shopping de estar próximo da sua comunidade participando e oferecendo ações solidárias”, conclui Débora Blanco, superintendente do Shopping Penha.

Doação de Sangue no Shopping Penha
Data: 28 de maio
Horário: das 8h30 às 11h30
Local: Shopping Penha – Piso 1 – próximo ao banheiro feminino
Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, nº 304 – Penha‎ – São Paulo, SP

Grãos integrais melhoram circulação sanguínea e favorecem funcionamento intestinal

Prisão de ventre aumenta a pressão intra-abdominal e dificulta retorno venoso, piorando inchaço, dor nas pernas e varizes. Médica explica que a ingestão de fibras pode ajudar

Você já deve ter ouvido falar que o consumo de fibras, a ingestão de água e a prática de exercícios físicos evitam uma série de problemas. Mas o consumo de fibras no Brasil ainda é baixo, cerca de 10 a 15 gramas diariamente, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda consumir de 25 a 35 gramas diárias.

“Essenciais para o bom funcionamento do organismo, as fibras fornecem nutrientes e são aliadas na manutenção de uma dieta saudável, inclusive para diabéticos. Além disso, elas estão relacionadas à boa circulação de sangue de uma maneira geral”, explica a angiologista Aline Lamaita, membro do American College of Lifestyle Medicine.

A médica explica que uma boa maneira de adicionar fibras à dieta é por meio dos grãos e farinhas integrais, das frutas e das verduras. “Elas, por serem ricas em fibras, favorecem o bom funcionamento intestinal, que é vital para se ter uma boa circulação”, diz a médica.

graos_integrais

Segundo Aline, quando estamos obstipados, aumentamos a pressão intra-abdominal, o que dificulta muito o retorno venoso, piorando inchaço, dor nas pernas e piora das varizes. “Ou seja, por conta da prisão de ventre e inchaço, a circulação nas veias das pernas pode ficar comprometida”, diz.

Além disso, a médica lembra que um bom funcionamento do intestino significa melhora da imunidade e nos protege de quadros infecciosos. “Por isso, acrescente ao cardápio frutas como mamão, legumes, verduras, grãos integrais e sementes. Se não funcionar, os pré e probióticos podem ajudar, desde que bem orientados por médicos ou nutricionistas”, afirma.

Ao ingerir mais fibras, a ingestão de líquidos também deve aumentar. Água, sucos e chás são recomendados para melhorar a circulação do sangue. “Quanto menor a ingestão de água, maior a viscosidade do sangue. Além disso, a desidratação também favorece a queda da pressão arterial, ameaçando vários órgãos. O consumo adequado de água garante que o organismo seja irrigado e bem nutrido de sangue”, enfatiza.

Mais cuidados na alimentação

De acordo com a médica, além de incluir os grãos integrais e alimentos com mais fibras, é necessário frear a ingestão de sódio, bebida alcoólica, alimentos processados e gordura hidrogenada. Ela explica abaixo os principais problemas de cada um:

sal - morguefile

-Excesso de sal: “Além de usar o saleiro, a maioria dos produtos industrializados tem o sódio adicionado para melhorar sua conservação. Então, no geral, o brasileiro consome muito mais sal do que deveria”, diz a médica. “O sal favorece a retenção de líquido, provoca inchaço e aumenta a pressão sobre os vasos sanguíneos e deixa o sangue mais denso, pesado, podendo favorecer a formação de coágulos”, explica. Também devemos tomar cuidado com doces light e refrigerantes, pois geralmente contém muito sódio. “Quando se fala em sódio, as pessoas automaticamente pensam em salgados e, em boa parte da população, o consumo excessivo está nos doces e produtos industrializados”, afirma a médica.

bebida cerceja amigos

-Bebida alcoólica: ao favorecer a desidratação, o álcool pode fazer o organismo reter mais líquidos e aumentar a pressão sobre veias e artérias. Quem gosta de fumar quando está bebendo aumenta ainda mais os riscos, já que a nicotina tem efeito constritor, explica a médica.

bolachas
Foto: Xandert/Morguefile

-Alimentos processados: você ama biscoitos, macarrão instantâneo, refrigerantes, refrescos em pó e salgadinhos? Fique atento: “Ricos em sal, açúcar e gorduras, eles favorecem o ganho de peso e também a inflamação, o que pode colaborar para o aparecimento de doenças circulatórias”, afirma.

fast food

-Gordura hidrogenada: fast-foods, sorvetes industrializados e bolos são três exemplos de alimentos que podem contar com esse tipo de gordura, que retarda a circulação e pode agravar a inflamação dos vasos sanguíneos

Fonte: Cirurgiã vascular e angiologista, Aline Lamaita é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira/Conselho Federal de Medicina.

Saúde oferta testes de HIV e sífilis no Terminal Jabaquara

Testes gratuitos e preservativos masculinos serão ofertados nesta quinta (29), entre às 9 e 15h30; finalidade é incentivar a prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oferta hoje, 29 de novembro, a partir das 9 horas, testes gratuitos de HIV e sífilis para os frequentadores do Terminal Jabaquara. A finalidade da ação é orientar a população quanto à importância da prevenção para evitar o HIV e a sífilis.

A testagem ocorre na plataforma A do Terminal Jabaquara, até às 15h30, e é realizada pelo Centro de Referência e Treinamento DST/ Aids, em parceria com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Serão ofertados 300 testes rápidos de HIV e 300 testes rápidos de sífilis. Além disso, haverá distribuição de 8 mil preservativos masculinos e folhetos informativos sobre os testes realizados.

A iniciativa marca o início das atividades do Dezembro Vermelho, mês de conscientização e combate à Aids.

O teste rápido detecta anticorpos no fluído oral e o resultado é obtido em 30 minutos. “É simples, rápido e indolor, realizado com privacidade e sigilo, indicado para todas as pessoas que tem vida sexual”, orienta coordenadora adjunta do Programa Estadual DST/AIDS-SP, Maria Clara Gianna.

exame de sangue são luiz

Para obter mais informações sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e os serviços especializados disponíveis pelo SUS (Sistema Único de Saúde), basta acessar o site ou ligar para Disque DST/Aids, pelo número 0800-16-2550, de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Portal alerta sobre a importância do diagnóstico precoce da Hepatite C

Site ‘Hepatite C Fala com Você’ reforça a estratégia nacional de conscientização sobre os riscos da doença e incentiva à testagem para hepatite C

A hepatite C é uma epidemia silenciosa e considerada a mais perigosa das hepatites. Grande parte das pessoas não sabe que é portadora da doença e isso dificulta o tratamento, podendo levar a graves consequências, muitas vezes, irreversíveis.

Para conscientizar a população sobre essa patologia e, principalmente, incentivar o diagnóstico, a Gilead Sciences, biofarmacêutica global, que tem a Hepatite C como uma de suas principais áreas terapêuticas de pesquisa e desenvolvimento, lança o portal ‘Hepatite C Fala com Você’, com explicações médicas e científicas sobre a doença, diagnóstico, tratamentos e doenças relacionadas.

“Nosso objetivo é reforçar e colaborar com a estratégia da Organização Mundial da Saúde que visa a eliminação da Hepatite C até 2030. Nossa iniciativa é oferecer à comunidade uma oportunidade de conhecer mais sobre a doença e se atentar à necessidade de testagem para o vírus (anti-HCV), que é um exame simples feito com uma gota de sangue”, explica Isabela Dutra, gerente médica da Gilead.

sangue - qimono pixabay
Foto: Qimono/Pixabay

A médica ressalta que, apesar da simplicidade do exame para diagnóstico e de estar disponível pelo SUS, os índices de detecção ainda são muito baixos e este é o maior obstáculo a ser vencido quando se pensa em eliminação. Atualmente, os tratamentos têm altas taxas de cura, mas primeiro é preciso encontrar os pacientes.

“Há uma longa estrada a percorrer até atingir a meta da OMS de testar 90% das pessoas, mas há grande disposição das autoridades de saúde nacionais em facilitar o conhecimento e entendimento sobre a necessidade de atenção com a hepatite C, objetivo no qual a Gilead está totalmente envolvida”, afirma Isabela.

O site traz informações objetivas e de fácil entendimento. “Neste portal, é possível compreender como a doença se manifesta, como altera os outros órgãos, quais os sintomas mais comuns e também as perguntas mais frequentes relacionadas à hepatite C, despertando no leitor a importância da testagem”, destaca.

A transmissão da Hepatite C se dá por contato com sangue infectado pelo vírus causador da doença. O vírus pode provocar várias manifestações extra-hepáticas, que são aquelas que surgem em outros órgãos e tecidos além do fígado.

doencas-que-podem-estar-relacionadas-ao-hcvdoencas-allergy

“Essas manifestações podem ser leves e discretas, mas algumas vezes são graves, podendo levar à perda da função do órgão, como no caso das manifestações renais”, esclarece a médica, que finaliza: “O tratamento da Hepatite C, nesses casos, pode fazer com que os sintomas melhorem ou até desapareçam”.

Por isso, identificar sinais que possam levar à suspeita da doença é importante, e isso é feito por meio do conhecimento.

Fonte: Gilead