Arquivo da categoria: sopa

Inverno: dicas de alimentos ideais + receita de sopa

Com a proximidade da chegada do inverno, no próximo dia 20, a nutricionista clínica e esportiva Renata Pigliasco Branco dá algumas dicas para fortalecer o sistema imunológico em dias frios. “Devemos ter alguns cuidados com a alimentação, pois existem alguns alimentos que contribuem com nutrientes e compostos bioativos que podem nos ajudar”, conta ela.

A seguir, uma lista feita pela nutricionista:

repolho pixabay
– Repolho: fonte de glutationa, um poderoso antioxidante que melhora a função das células imunes.

purple Garlic in a bowl
Depositphotos

– Alho: tem função imunoprotetora, além de fornecer selênio e zinco, nutrientes importantes para evitar gripes, resfriados e outras doenças.

leite amendoas 2
– Amêndoas: ricas em vitamina E e vitaminas do complexo B, ajudam a proteger o sistema imune da oxidação, principalmente em situações de estresse.

batata doce amazon
– Batata doce: rica em betacaroteno, precursor de vitamina A, um nutriente fundamental para o sistema imunológico. Pode ser usada no lugar do pão no café da manhã, cozida, ou em purê e sopas.

shitake cogumelo dissolve
Dissolve

– Shitake: rico em vitaminas do complexo B que ajudam na proteção do corpo, também oferece efeitos antivirais e antibacterianos, dando um super-reforço à imunidade.

oregano pixabay
Foto: Pixabay

– Orégano: ótimo contra intoxicações alimentares, contém carvacrol, que ativa as defesas do corpo. Para garantir os seus benefícios, deixe para salpicá-lo só depois do pronto já pronto.

gengibre
– Gengibre: rico em vitaminas C, B6 e com ação bactericida, ajuda a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo.
– Erva Dente de Leão: aumenta a resposta imune e a produção de óxido nítrico, melhorando a oxigenação dos tecidos. Utilize na forma de infusão, com 1 colher chá para 1 xícara de água aquecida.

frutas-citricas-limao-laranja
– Frutas cítricas: fontes de vitamina C, são responsáveis pela cicatrização de feridas, fraturas e contusões. Atuam no processo inflamatório e na integridade das mucosas. Consuma em forma de sucos ou frutas in natura.

propolis
– Própolis: contém proteínas e compostos com capacidade de alterar e regular o sistema imunológico, além dos benefícios de ser antibacteriano e estimular receptores específicos e a produção de citocinas, que modulam os mecanismos da imunidade.

oleo de coco pixabay
Pixabay

– Óleo de coco: o ácido láurico e o ácido cáprico, presentes no óleo de coco tem propriedade de modular o sistema imunológico, agindo contra fungos, vírus e bactérias. Além disso, uma forma indireta de ele contribuir com a imunidade está na melhora do trabalho do intestino ao eliminar as bactérias ruins.

Não consuma

Evite sopas instantâneas e macarrões instantâneos, muito utilizados no inverno devido à praticidade. Mas esses alimentos podem aumentar a pressão arterial, causando problemas cardiovasculares. Esse tipo de refeições não traz nenhum benefício ao sistema imunológico, uma vez que a quantidade de nutrientes é mínima, pois são alimentos ricos em glutamato monossódico, que é um realçador de sabor e aditivo nada saudável.

Vale a pena perdeu um tempinho para fazer umas sopinhas e congelar para o seu dia ficar mais pratico. Utilize legumes e verduras frescas, carne magra ou frango e temperos naturais. Abaixo, a nutricionista ensina a preparar uma sopa saudável.

Sopa de inverno

sopa caras cravings
Imagem meramente ilustrativa/Cara’s Cravings

Ingredientes:
*150g de shitake
*2 colheres (sopa) de óleo de coco
*1 cebola picada
*4 dentes de alho picados
*1 colher (sopa) de gengibre picado
*2 tomates maduros em cubos
*1 cenoura em cubos
*2l de água fervente
*1 abobrinha em cubos
*1 chuchu em cubos
*1 xícara (chá) de repolho em tiras
*1 xícara (chá) de folhas de espinafre
*1 xícara (chá) de couve em tiras
*Sal a gosto
*Farinha de linhaça a gosto para polvilhar

Modo de preparo
Em uma panela grande, aqueça o óleo em fogo médio e refogue a cebola e o alho. Acrescente gengibre, tomate, cenoura e shitake; refogue por dois minutos. Adicione a água fervente, a abobrinha e o chuchu. Deixe cozinhar até ficar macio. Junte o repolho, deixe cozinhar por dois minutos. Desligue o fogo, misture o espinafre e a couve, tampe a panela e deixe descansar por 10 minutos. Acerte o sal e sirva em seguida, polvilhada com farinha de linhaça.

Festival de Sopas Ceagesp deste ano também terá drive-thru

A partir desta sexta-feira (22), começa a temporada de sopas na Ceagesp. Desta vez, também pelo drive-thru. Com entrada de veículos pelo Portão 3, em uma faixa exclusiva para acesso às sopas, o público compra e retira sem sair do carro.

O Festival de Sopas Ceagesp pelo drive-thru vai funcionar às sextas, sábados e domingos, das 18 às 23 horas, até o final de agosto. O pagamento será preferencialmente por cartões ou outros dispositivos de pagamento por aproximação, tendo em vista a segurança do público e dos funcionários.

Sopa de Cebola Gratinada (Divulgação)_19

Quem preferir receber as sopas em casa, também pode recorrer ao aplicativo iFood. Também é possível pedir sopas pelo site dos Festivais Ceagesp e pelo WhatsApp. Para retirada, o público pode ir aos postos avançados na Vila Ipojuca (região da Ceagesp), Santana e Guarulhos. Novos postos avançados do Festival de Sopas devem ser implantados na cidade e na Grande São Paulo ainda nesta temporada. Isso vai ampliar a área de cobertura de entregas pelo iFood de sopas quentes e para retirada pessoalmente.

A nova configuração do evento, depois de mais de dez anos sendo realizado presencialmente, obedece às atuais regras de distanciamento social. Um dos eventos mais populares do inverno paulista, o Festival de Sopas Ceagesp é famoso por servir a icônica Sopa de Cebola e por receber milhares de pessoas todos os anos.

Nesta temporada, a tradição das sopas na Ceagesp permanece, mas dentro desta nova realidade a que todos estamos tendo de nos adaptar. O drive-thru no Entreposto da Ceagesp na Vila Leopoldina, onde acontecem os festivais presencialmente, vai garantir um pouco da nostalgia do evento, tradição do inverno paulista desde 2009, em meio a essa pandemia.

Postos avançados

O primeiro posto avançado de delivery dos Festivais Gastronômicos Ceagesp foi montado na Vila Ipojuca, região da Ceagesp. O segundo foi instalado na cidade de Guarulhos. O mais recente está localizado no bairro de Santana. A área de cobertura dessa unidade abrange bairros da zona norte, mas alcança ainda localidades na zona leste e da região central da cidade.

Em breve, novos postos deverão ser abertos pela capital e região metropolitana de São Paulo. Com isso, os Festivais Gastronômicos Ceagesp vão acontecer o ano todo em casa, pelo drive-thru e presencialmente, quando as coisas puderem voltar ao normal.

Sopa de Cebola Gratinada

Sopa de Cebola Gratinada Saco (Divulgacao)

A estrela do cardápio continua sendo a Sopa de Cebola mais famosa da cidade. Tradição na Ceagesp há mais de 50 anos, o público recebe em casa até a versão gratinada deste prato, que era servido no antigo restaurante que funcionou no Entreposto da Ceagesp na capital de São Paulo, na Vila Leopoldina. Uma embalagem especial conserva a temperatura e o sabor exclusivo dessa iguaria.

Dá para receber em casa ainda vários sabores de sopas. No cardápio do delivery, Creme de Pinhão com Cream Cheese, Creme de Abóbora com Gengibre, Fondue de Queijo com Brócolis, Caldo Verde, Minestrone, Canja de Galinha, entre outros sabores.

Mas, assim como o evento presencial, o delivery e o drive-thru do Festival de Sopas Ceagesp também terão novidades no cardápio toda semana. Para acompanhar tudo o que acontece no evento, o público precisa ficar atento às informações do site e das mídias sociais dos Festivais Gastronômicos Ceagesp.

Sopa de Cebola_sem gratinar (Divulgacao)

Festivais Gastronômicos Ceagesp – Na região da Ceagesp
Horário: das 11h às 23h – (todos os dias)
· Pelo iFood: Pesquisar por Festival do Pescado e Frutos do Mar
· Pelo site do evento
· Pelo Telefone: (11) 3675-0219
· Pelo WhatsApp: (11) 94081-2910
· Retirada: rua Toneleiro, 302 – Vila Ipojuca – São Paulo (SP)
· Drive-Thru: av. Dr. Gastão Vidigal, 1.946 – Vila Leopoldina – São Paulo (SP) – Atenção! Somente das 18h às 23h

Delivery Festival de Sopas Ceagesp – Santana
Horário: das 17h às 23h – (Todos os dias)
· Pelo iFood
· Retirada: Rua Carlos Escobar, 95 – Santana – São Paulo (SP)⁣

Delivery Festival de Sopas Ceagesp –  Guarulhos
Horário: das 17h às 23h – (Todos os dias)
·Pelo iFood
· Retirada: Rua Judith Queiroz Morais, 63 – Vila Almeida – Guarulhos (SP)

Festivais Gastronômicos Ceagesp adotam o sistema de delivery

Um dos eventos mais tradicionais da cidade aderiu ao sistema de entregas em domicílio para atender aos seus milhares de fãs. Quem quiser receber em casa pratos dos Festivais Gastronômicos Ceagesp pode fazer pedidos pelo iFood, por telefone ou WhatsApp.

Pelo iFood, basta procurar por Festival de Sopas Ceagesp, Festival do Pescado e Frutos do Mar e Salada Online. Também dá para ligar para o 11-3675-0219 ou pedir pelo WhatsApp 11-94081-2910. Os pedidos de sopas também podem ser feitos pelo site Cia. das Sopas.

Por enquanto, a área de entregas de pratos quentes, pelo iFood, está restrita a bairros da zona oeste, próximos à Ceagesp (ver lista abaixo). Em breve, a cobertura vai atingir mais regiões da cidade. Porém, pelo site Cia. das Sopas , é possível encomendar a entrega de sopas congeladas para toda a região metropolitana de São Paulo.

Enquanto estiver valendo a recomendação de distanciamento social, esta será a forma de as atrações dos Festivais Gastronômicos Ceagesp chegarem até o público. É possível pedir para entrega as famosas sopas do tradicional Festival de Sopas Ceagesp. Também dá para encomendar pratos do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp, do Festival de Camarão e Massas, além de uma variada seleção de saladas.

Sopa de Cebola Gratinada Saco (Divulgacao)

A Sopa de Cebola Gratinada, por exemplo, chega quentinha, em embalagem de 500 ml, por R$ 26,00 (mais taxa de entrega).

Delivery Pescado Paella

A porção de 600 g de Paella à Marinera, que serve bem duas pessoas, pode ser encomendada por R$ 64,90.

Delivery Pescado Camarão Rosa

Seis Camarões Rosa, os mesmos do famoso Espeto servido nos Festivais, saem por R$ 99,00 pelo delivery.

Todos os pratos dos Festivais Gastronômicos Ceagesp chegam até a casa dos fãs com a mesma qualidade de sempre. Os ingredientes fresquinhos, direto do maior entreposto de alimentos da América Latina, a Ceagesp, da Vila Leopoldina.

Caldinho de Feijão com aroma de cachaça_(Divulgação).4Caldo verde (Divulgação)r1Canja com Galinha20190425_0006Sopa de Cebola_sem gratinar (Divulgacao)Delivery Pescado Casquinha

Alguns dos bairros atendidos pelo iFood:

Vila Leopoldina, Lapa, Alto da Lapa, Alto de Pinheiros, Pinheiros, Vila Leopoldina, Vila Romana, Perdizes, Água Branca, Vila Anastácio, Vila Jaguara, Vila Ipojuca, Jaguaré, Butantã, Cidade Universitária, entre outros bairros da zona oeste.

Festivais Gastronômicos Ceagesp – Delivery
• Pelo iFood: (procurar por Festival de Sopas Ceagesp, Festival do Pescado e Frutos do Mar e Salada Online)
• Pelo telefone: 11-3675-0219
• Pelo WhatsApp: 11-94081-2910
• Pelo site: Cia. das Sopas

Sopa de Milho Verde para esquentar a noite

Para os dias mais frios, como o de hoje em São Paulo,sopa de milho verde, receita do Divino Fogão. Confira:

Sopa de Milho Verde

Ingredientes:
1 colher de sopa de óleo
½ cebola picada
3 dentes de alho amassados
Sal a gosto
200g de calabresa cortada em cubos
Cheiro verde a gosto
400g de milho
600ml de água

Modo de preparo:
Bater metade do milho no liquidificador e reservar. Em uma panela, aquecer o óleo, refogar a cebola e o alho até dourar. Colocar a calabresa cortada em cubos e refogar, colocar o milho verde batido no liquidificador, refogar por alguns minutos. Acrescentar a água, após ferver colocar o restante do milho em grãos. Voltar ao fogo até apurar por mais alguns minutos. Corrigir o sal, colocar em uma sopeira polvilhar o cheiro verde e servir.

sopa de milho verde df

Tempo de Preparo: 20 minutos

Rendimento: 5 pessoas

Fonte: Divino Fogão

Secretaria de Agricultura traz dicas e receitas de sopas para o inverno

Estamos no inverno, época do ano em que é comum as sopas e caldos invadirem as mesas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), separou algumas dicas para que se possa saborear da forma mais saudável possível esses pratos.

“As sopas devem ser preparadas conforme a preferência da pessoa. Com um bom tempero, utilizando ingredientes saudáveis como legumes e verduras. Adicionar algum tipo de proteína, animal ou vegetal, torna a sopa mais saborosa e nutritiva”, diz a nutricionista da Codeagro, Katlly Evillim Sousa.

Aqui estão algumas dicas:

=Prepare com legumes e hortaliças frescas (abobrinha, vagem, cenoura, abóbora, espinafre, escarola, acelga, berinjela, brócolis, chuchu etc.);
=Use e abuse de temperos naturais como salsinha, cebolinha, orégano, alecrim, louro. Além de alho e cebola, que vão deixar a sopa bem saborosa;
=Prefira cereais como arroz, macarrão integral, trigo em grãos e farelo, farinha de linhaça, amaranto, chia, quinoa, aveia em flocos, cevada ou cevadinha;
=Inclua feculentos (batata, inhame, cará, mandioca, mandioquinha ou batata doce) e leguminosas (feijão, grão-de-bico, lentilha, soja ou ervilha);
=Escolha cortes magros de carne bovina ou de frango e peixes;
=É preciso atenção na escolha dos ingredientes para não adicionar carboidratos excessivamente ou alimentos ricos em gorduras (paio, linguiça, bacon, costela, creme de leite, queijos gordos…);
=Caldos industrializados tornam a sopa desequilibrada, com alta densidade energética e rica em sódio;
=Não compre as sopas de pacotinho, são muito artificiais e ricas em sódio.

Essas escolhas são muito mais saudáveis e nutritivas do que a opção de sopas e caldos prontos, que contêm muito sal (sódio), gorduras e conservantes em sua composição. Sendo assim, podem apresentar muitas calorias e pouco ou nenhum nutriente. Outra opção são os cremes de hortaliças (aspargo, cebola, couve-flor, espinafre, palmito etc.). As mesmas bases usadas para molhos, servem para as sopas-creme, como velouté, bechamel, acrescentando-se caldo, leite ou ovos.

“A maioria das sopas é simples e de fácil preparo. Os ingredientes são de uso diário e ela pode ser feita em panela de pressão para acelerar o cozimento. Além de ser de fácil preparo, a sopa pode auxiliar em dietas, pois a maioria é de baixa caloria”, ressaltou Katlly.

Existe uma grande variedade de sopas, a maioria delas é servida quente, porém temos a opção de servi-las fria também, como, por exemplo, o gazpacho, que tem origem espanhola, e a vichyssoise, que tem origem francesa e pode ser servida quente ou fria.

“Seja em pedaços ou na forma de caldos, esse prato pré-histórico, que só foi ganhando forma ao longo dos anos, combina com croutons, que realça o sabor e pode ser servida também como entrada”, finaliza a nutricionista.

Confira agora três receitas de sopas que dão água na boca:

Sopa de Porpetinha

sopa porpetinha.png

Ingredientes
1 cebola média (150g)
2 dentes de alho médios (8g)
5 ramos de salsinha (30g)
1 pé de escarola médio (500g)
1 tomate grande (195g)
500g de carne magra moída
3 colheres (chá) de sal (18g)
2 ovos médios (130g)
1 xícara (chá) de farinha de trigo (130g)
1/2 colher (sopa) de óleo (8ml)
1,5l de água

Modo de Preparo
Descasque e lave a cebola e o alho. Passe pelo processador os dentes de alho e 3/4 da cebola; em seguida, passe pela peneira para retirar o excesso de líquido. Pique bem o restante da cebola e reserve. Lave a salsinha, pique-a e reserve. Lave as folhas de escarola, pique-as e reserve. Lave, retire as sementes do tomate, pique-o em cubinhos e reserve. Em um recipiente, misture a carne moída, a cebola e o alho processados, 1 colher (chá) de sal, os ovos, a salsinha e a farinha de trigo. Misture bem e, separando 1/2 colher (chá) dessa mistura (aproximadamente 2g), faça pequenas almôndegas, modelando-as na palma das mãos untadas com um pouco de óleo. Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola picada. Junte o tomate picado e deixe murchar. Adicione 2 colheres (chá) de sal e a água. Tampe e deixe ferver. Junte as almôndegas, misture e tampe novamente. Deixe cozinhar por 10 minutos. Acrescente a escarola picada e, com a panela tampada, deixe cozinhar por mais 10 minutos. Sirva bem quente e, se desejar, com queijo parmesão ralado e um fio de azeite.

Rendimento: 10 porções
Peso da Porção: 240g
Valor Calórico da Porção: 150 Kcal
Tempo de Preparo: 2 horas

Sopa de feijão branco com lombo

sopa feijão branco com lombo

Ingredientes
2 e 1/2 xícaras (chá) de feijão branco (500g)
1 cebola grande (210g)
2 dentes de alho pequenos (4g)
1/2 limão pequeno (40g)
500g de lombo suíno
1 colher (chá) de sal (6g)
1 cenoura grande (240g)
2 mandioquinhas médias (260g)
3 ramos de salsinha (18g)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva (45ml)
2,5l de água

Modo de Preparo
Lave o feijão e deixe de molho de um dia para o outro. Descasque, lave e pique a cebola e o alho em cubos pequenos e reserve. Lave e esprema a metade do limão e reserve seu suco. Lave o lombo, retire a gordura aparente e corte-o em cubos pequenos. Em uma bacia média, coloque o lombo, o suco do limão e metade do sal, misture bem, deixe descansar por 10 minutos. Lave, descasque e corte a cenoura e a mandioquinha em rodelas médias e reserve. Lave e pique a salsinha e reserve. Em uma panela de pressão, doure o alho e a cebola no azeite, em seguida, acrescente o lombo, e deixe refogar. Coloque o feijão, adicione 1l de água. Feche a panela e deixe cozinhar por 20 minutos, após pegar pressão. Na mesma panela de pressão, acrescente, a cenoura e a mandioquinha, adicionando mais 1l de água e deixe cozinhar por mais 10 minutos, após pegar pressão. No liquidificador, bata a cenoura e mandioquinha com um pouco do caldo do cozimento. Retorne o caldo batido para a panela, adicione a salsinha e o restante do sal e mais 500ml de água, e deixe cozinhar sem pressão até levantar fervura. Apague o fogo e sirva.

Rendimento: 10 porções
Peso da Porção: 330g
Valor Calórico da Porção: 200 Kcal
Tempo de Preparo: 1h50min

Sopa de milho com batata e calabresa

sopa milho com batata e calabresa

Caldo de Legumes
Ingredientes
1 cenoura média (274g)
2 batatas médias (470g)
1 cebola média (150g)
1 talo de alho-poró (15g)
3 e 1/2 xícaras (chá) de água (840ml)
1 colher (chá) de sal (5g)

Modo de Preparo
Lave e descasque a cenoura, a batata e a cebola. Em seguida corte-as na metade e coloque na panela de pressão. Lave e corte ao meio o talo de alho-poró e coloque na panela. Coloque a água, acrescente o sal e leve ao fogo. Após pegar pressão deixe cozinhar por mais 10 minutos. Apague o fogo, espere sair a pressão, reserve as batatas e a água. Os demais ingredientes que foram utilizados para o caldo de legumes, como sugestão poderão ser utilizados em outras preparações se for necessário.

Sopa
Ingredientes
1 gomo de calabresa (110g)
1 cebola média (150g)
1 dente de alho médio (5g)
1/2 colher (chá) de azeite (2ml)
3 colheres (sopa) de azeite (45ml)
1 lata de milho verde (300g)
2 e 1/2 xícaras (chá) de caldo de legumes (600ml)
2 colheres (sopa) de creme de leite (30g)
Manjericão para decorar

Modo de Preparo
Retire a pele da calabresa, corte-a em pequenos cubos e reserve. Lave a cebola, descasque-a, pique-a e reserve. Lave, descasque e amasse o alho e reserve. Frite a calabresa com 1/2 colher (chá) de azeite e reserve. Em uma panela, refogue o alho e a cebola com 3 colheres (sopa) de azeite. Junte o milho e o caldo de legumes e deixe cozinhas por 20 minutos. Junte as batatas e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Bata tudo no liquidificador e acrescente o creme de leite. Decore com manjericão e sirva com a calabresa.

Rendimento: 4 porções
Peso da Porção: 300g
Valor Calórico da Porção: 300 Kcal
Tempo de Preparo: 55min

Por: Adriana Luiza Assessoria de Comunicação Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Receita de sopa de lentilha com bacon

ADRIA sugere deliciosa sopa para você se aquecer nesses dias frios

Estamos no inverno e, claro, nada melhor do que aquela sopa bem quentinha para nos aquecer, não é mesmo? Por isso, a Adria sugere uma saborosa e irresistível sopa de lentilha com bacon.

Abaixo, o passo a passo completo da receita.

Sopa de Lentilha com Bacon

Ingredientes:
1 ½ xícara (chá) de macarrão Padre Nosso Adria
100g de lentilha
2 talos de salsão, em cubinhos
2 dentes de alho, picados
3 colheres (sopa) de azeite
sal, pimenta-do-reino e salsinha picada a gosto
2 cenouras em cubinhos
1 cebola picada
150g de bacon em cubinhos

Modo de preparo:
Em uma panela grande, aqueça o azeite, frite o bacon, refogue o alho e a cebola. Junte o salsão, a cenoura, a lentilha e mexa delicadamente. Acrescente na panela 2 ½ litros de água fervente e deixe cozinhar por 20 minutos. Acerte o sal, junte a massa e deixe cozinhar por cerca de 6 minutos ou até que fique al dente, ou seja, macia, porém resistente à mordida. Retire do fogo, tempere com a pimenta-do-reino, a salsinha e sirva a seguir.

Sopa de Lentilha com Bacon - Padre Nosso Adria.jpg

Rendimento: 8 porções
Calorias: 506 kcal
Tempo de preparo: 40 minutos

Fonte: Adria

Saúde renal: cuidados com a alimentação no inverno

Pouca ingestão de líquidos e maior consumo de alimentos gordurosos podem afetar o funcionamento dos rins

Com a chegada do inverno, as temperaturas mais baixas são um convite para o aumento do consumo de bebidas e alimentos mais gordurosos. Devido ao alto gasto calórico, o organismo, para manter a temperatura corporal, aumenta a sensação de fome, que faz com que muitas pessoas abusem das guloseimas e se alimentem de forma inadequada.

De acordo com a nutricionista Mayara Olikszechen, da Fundação Pró-Renal, nesta época do ano é importante manter uma alimentação rica em alimentos naturais, como frutas e hortaliças, e optar por carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata doce, inhame e arroz integral.

A nutricionista explica que devemos cuidar do consumo de alimentos industrializados e hipercalóricos, como, por exemplo, carnes processadas, bolachas, chocolates, molhos e sopas prontos, para não sobrecarregar o organismo, principalmente o funcionamento dos rins. “No inverno, é importante priorizar o consumo de alimentos ricos em Vitamina C, pois são antioxidantes e melhoram a imunidade. Por isso, evite a monotonia alimentar. Um prato saudável é sempre colorido”, explica.

rins-healthtap

Os rins são responsáveis por manter o sangue limpo e quimicamente equilibrado. Além disso, o rim é o órgão que participa da liberação de alguns hormônios que regulam a produção de glóbulos vermelhos e são fundamentais para o controle da pressão arterial. O sódio em excesso pode levar ao desenvolvimento da Hipertensão Arterial Sistêmica, a qual é fator de risco para a Doença Renal Crônica. O consumo abusivo de carnes e alimentos industrializados também pode acarretar a Litíase Renal, popularmente conhecida como pedras nos rins.

Para quem já sofre com alguns tipos de doenças, como a diabetes e a hipertensão, os cuidados no inverno devem ser redobrados. Consumir menos sal e açúcares pode evitar a pressão alta e manter os rins saudáveis. Por isso, a hidratação é fundamental para a saúde. “A atividade física também é importante durante o ano todo e não apenas no inverno. Ela regula o peso corporal, reduz níveis de glicose sanguínea, controla a pressão arterial, reduz o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). Além disso, auxilia no controle da ansiedade e depressão, entre outros benefícios”, ressalta a nutricionista.

Consumo de chás e sopas

chá com flores.jpg

Chás e sopas bem quentes são sempre uma delícia em dias mais frios. Existem inúmeros benefícios do consumo, mas, no caso dos chás, nem todos são indicados. Segundo Mayara, existem alguns tipos de chás que podem agravar a função renal de pacientes com Doença Renal Crônica. Os mais indicados são os chás de camomila, maracujá, hortelã e espinheira santa. Devem ser evitados chás mate (por causa do excesso de cafeína), cavalinha e sene.

Já em relação às sopas, a indicação é sempre pelas opções caseiras, feitas com ingredientes naturais e sem temperos industriais e conservantes. “As sopas industrializadas contêm muito sódio, corantes e conservantes, entre eles, o glutamato monossódico, que é um realçador de sabor e que pode ser responsável pelo desenvolvimento de várias doenças, como câncer, enxaqueca, entre outros”, alerta a nutricionista.

Fonte: Fundação Pró-Renal

Confraria Gourmet realiza temporada de sopas; confira receita de creme de ervilhas

Nada melhor nessa temporada de inverno que uma boa sopa. Para essas noites frias de São Paulo, a chef Jennifer Kreibich investe nas sopas funcionais e deliciosas. Voltado para o público seguidor de comida vegana, lactofree, funcional e, principalmente saudáveis, a chef procura sempre equilibrar os ingredientes dos pratos que serve.

Todas as noites uma sopa diferente para aquecer, claro, e se preferir, acompanhada de um bom vinho da carta da casa.

Abaixo uma das receitas (excelente para veganos devido alto teor de proteína vegetal).

Creme de ervilhas

Ingredientes
1 tomate;
1 cebola;
2 dentes de alho;
azeite;
1/2 pimentão verde;
200g de ervilha;
1 litro de água;
30g de cheiro verde (salsinha)
hortelã a gosto, porém essencial

Modo de preparo
Refogue a cebola e o alho no azeite, junto o tomate e o pimentão. Refogue mais um pouco e coloque as ervilhas a água e o restante dos ingredientes. Deixe ferver por 20 minutos ou até as ervilhas estarem cozidas por completo. Desligue acrescente cheiro verde e bata no liquidificador, devolva novamente para a panela e por fim finalize com a hortelã.

sopa de ervilha.jpeg

Confraria Gourmet: Rua Herculano de Freitas, 300 – Bela Vista. Horário de funcionamento: terça-feira a domingo – almoço das 11h30 às 15h. Jantar: 19h às 22h

Festival de Inverno com queijos, cachaça, vinhos e sopas vai aquecer São Paulo

Além do festejado queijo canastra, haverá vários outros tipos de queijo, inclusive premiados, e receitas suculentas e exclusivas para o festival. Para combinar, vinhos, cachaças, sopas, cremes e o delicioso Romeu e Julieta. Animação com o conceituado DJ Dinho Garcia e presença do hipnólogo e hipnoterapeuta Rafael Oliveira. Em local amplo, coberto, climatizado, acessível e com entrada gratuita.

Os loucos por queijo podem comemorar! Os “ratinhos” de plantão pediram um novo bis e o Espaço As Meninas Feiras e Eventos irá atender. Sim, haverá o 3° Festival do Queijo de São Paulo no próximo fim de semana! Será nos dias 13 e 14 de julho (sábado e domingo), das 12 às 19 horas, na Vila Mariana (a poucos metros do metrô Ana Rosa). O local é amplo, coberto, climatizado, de fácil acesso e com rampa para cadeirantes. Anote na agenda, confirme presença pelos links a seguir e fique por dentro de tudo que vai ter no evento.

“Queijo não é mais coisa só de mineiro. É de paulista também e já se consolidou como mais uma das Paixões Paulistanas. E esta nova edição está mais saborosa ainda! Ampliamos a quantidade de produtores artesanais e teremos vários queijos premiados. Ninguém precisa mais ir até Minas comprar! Esperamos todos lá!”, garante Elaine Vilela, sócia-proprietária do Espaço As Meninas Feiras e Eventos.

Um dos destaques é o aguardado Queijo Canastra, um tipo brasileiro de origem e produção na região da Serra da Canastra, em Minas Gerais, há mais de duzentos anos. Ele é primo distante do queijo de São Jorge, de Açores, Portugal, e foi trazido pelos imigrantes da época do Ciclo do Ouro. Há mais de 10 anos foi reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan).

Seis anos antes, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) já havia concedido o título de Patrimônio Imaterial ao alimento. O queijo minas artesanal sustenta mais de 30 mil famílias em mais de 600 municípios daquele Estado. Com uma produção de mais de 220 mil toneladas ao ano, o Brasil se mantém como o 6º maior produtor de queijo do mundo.

Vinho, Cachaça, Sopas e Cremes

sopas.jpg

Para acompanhar um bom queijo, existem três combinações campeãs. Uma delas é o vinho, por isso, em paralelo haverá o 1° Festival do Vinho e da Cachaça. Diversos rótulos de vinhos e cachaças artesanais estão confirmados. Para aquecer ainda mais o inverno, outra boa companhia: sopas e cremes. E para completar, um clássico brasileiro: o irresistível Romeu e Julieta.

Fim de semana aquecido

O 3° Festival do Queijo de São Paulo é uma excelente oportunidade para provar e adquirir o que há de melhor em queijos e convidar os familiares e amigos para passar um fim de semana saboreando deliciosas receitas de inverno. O encontro será animado por música da melhor qualidade, com o festejado DJ das noites paulistanas Dinho Garcia.

Para os curiosos de plantão, vale a pena uma experiência com o renomado hipnólogo e hipnoterapeuta Rafael Oliveira, que estará por lá com seus shows de hipnose. Neles é possível até mudar a percepção da realidade pessoal através desta prática que pode ser usada para trazer inúmeros benefícios.

No lado esotérico, leitura de tarot e venda de produtos e acessórios para proteção e bem estar. E os apaixonados por boas compras também terão vez: uma feira de variedades, com semijoias, acessórios, cosméticos e diversos itens de moda e decoração para casa também fará parte do evento.

Este festival traduz bem um dos objetivos dos eventos do Espaço As Meninas: promover um dia agradável o com o melhor da gastronomia, em ambiente acolhedor, amplo e familiar. Uma ótima oportunidade para relaxar, confraternizar, fazer novos e encontrar antigos amigos.

Cardápio Sedutor

Só delícias de encher a boca de água. Queijos variados, dentre eles: o famoso Canastra, o de nozinho, palitinho, minas padrão, meia cura, queijos trufados de damasco e nozes, trufados com azeitonas, trufados de requeijão, minas frescal, parmesão, vialat, provolone, napolitano, queijo com goiabada, provolone temperado, quejio bello (quejo cremoso), o premiado na França Senzala, o azul de Minas (mofo azul), os finos (camembert, brie, taleggio, poivre d’anne e gorgonzola), Vila Minas, du pote, netinho, vila caipira, palitinho temperado e requeijão, além de linguiça, salame, antepastos, sardella e pimentas.

Suculentas sopas de cebola gratinadas, abóbora com gorgonzola, legumes com carne, capelleti in brodo, caldos verdes, caldinho de feijão, caldo veggie, canja, sobá, cremes de abóbora com gengibre, milho com gorgonzola, mandioca com carne seca e queijo, entre outras opções. Pastel; lanche de pernil e calabresa, lanche de picanha; batata rösti, massas artesanais, coxinhas e pastéis assados com massa de ricota em vários sabores.

Para adoçar: fondue de chocolate e caldos de chocolate com morango, cannolis, pudins, coxinha de brigadeiro, merengue, brownie, mini churros, mini sonho, geleias, doce de leite, brigadeiros, carolinas, trufas, bolos de pote, confeitados e da vóbalas caramelizadas, goiabada cascão, balas de coco, balas de banana, sorvetes artesanais, milk shake, doces variados, compotas, biscoitos artesanais, biscoito de polvilho e tiras de laranja cristalizadas, entre outras gostosuras.

Vários rótulos de vinhos, cachaças artesanais, licores e cervejas artesanais.

Responsabilidade Social

Mantendo a parceria de vários anos com o Centro de Convivência Início de Luz, que abriga uma creche, serão arrecadados alimentos não perecíveis para a entidade sem fins lucrativos, que cuida de mais de cem crianças carentes das regiões do Cambuci e do centro da capital paulista.

Selo Paixões Paulistanas

O 3° Festival do Queijo de São Paulo, o 1° Festival do Vinho e da Cachaça e o 1° Festival de Sopas e Cremes do Espaço As Meninas têm a certificação dos eventos e ações idealizados sob medida para o gosto dos paulistanos. Para criar o selo e o calendário de eventos, os organizadores fizeram uma vasta pesquisa e identificaram os temas que mais atraem o público da cidade de São Paulo, terra de todos os gostos e sabores. Este selo está produzindo uma variedade de festivais inéditos que acontecem desde 2012 e continuarão ao longo de 2019.

queijoscachaça e vinhosopas e cremes

3° Festival do Queijo de São Paulo, 1° Festival do Vinho e da Cachaça e 1° Festival de Sopas e Cremes
Dias: 13 (sábado) e 14 (domingo) de julho
Horário: 12h às 19h
Local: Associação Hokkaido de Cultura e Assistencial
Endereço: Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana – próximo ao metrô Ana Rosa (local coberto)
Entrada Gratuita

Compulsão alimentar no inverno

É comum que o apetite aumente durante a estação mais fria do ano, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes

Durante o inverno, é recorrente escutar comentários de que se come mais que o normal, ou até mesmo que o frio engorda. E os comentários são verdadeiros. Nessa época do ano é comum que o apetite aumente, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes, a exemplo de massas, caldos e doces.

Isso acontece porque no frio, o organismo tem maior gasto energético e a tendência é que carecemos de mais energia para manter a temperatura do corpo, provenientes dos alimentos. Além de nos sentirmos mais aquecidos e predispostos ao nos alimentar, é importante estar atento também quanto à reposição de nutrientes.

mousse chocolate

“O inverno é uma época do ano em que o nosso corpo precisa de vitaminas e minerais para aumentar nossas defesas e prevenir gripe, resfriados e demais enfermidades típicas da época de frio”, explica Henrique Eloy, médico especialista em cirurgia, endoscopia bariátrica e gastroenterologia.

Mas mesmo que tenhamos a necessidade de comer mais nesse período, é preciso ficar atento às calorias extras que estamos ingerindo. Muitas vezes, o aumento no consumo de alimentos ocorre de forma exagerada, o que pode trazer consequências sérias e prejudiciais à nossa saúde, incluindo o sobrepeso. É preciso estar vigilante aos alimentos ingeridos que irão proporcionar energia e aquecer o corpo, sem ganhar quilos a mais.

Por isso, de acordo com Eloy, é imprescindível seguir uma alimentação equilibrada também no inverno. O ideal é apostar em alimentos que dão maior saciedade durante as refeições, com preferência para os alimentos sazonais, que possuem menos pesticidas e são nutricionalmente mais ricos. Além disso, alguns alimentos típicos da estação mais fria do ano têm o poder de fortalecer o sistema imunológico e aliviar os principais incômodos que atacam nessa época, como doenças respiratórias, alergias, dores musculares e até cólicas menstruais.

chá quente pixabay
Pixabay

“Privilegiar as sopas de legumes e queijos ‘magros’ como a mussarela, ingerir alimentos ricos em fibras, como aveia, pão e arroz integral, devido a maior saciedade que eles proporcionam, e consumir chás sempre bem quentes são boas dicas para manter o equilíbrio alimentar no frio”, aconselha o médico.

esteira-exercicio-academia-1400x1000-0517

Outro agravante do inverno é o desânimo por conta do frio. Normalmente, a frequência dos exercícios físicos diminui ou até mesmo são interrompidos nessa época do ano, o que não pode acontecer de forma alguma, segundo Eloy. “A atividade física aquece o corpo, melhora a disposição e contribui para prevenção e cura de muitas doenças. Por fim, a vontade de comer não está atrelada apenas à necessidade fisiológica, mas também nas nossas cabeças”, finaliza o médico.