Arquivo da categoria: suplemento

Conheça os benefícios da spirulina, a “alga azul”

Fonte de nutrientes e proteínas, ela diminui os níveis de colesterol e auxilia no funcionamento do metabolismo

Popularmente conhecida como a “alga azul”, a spirulina é, na realidade, uma cianobactéria, rica em nutrientes e que é capaz de realizar a fotossíntese. Seus inúmeros benefícios vão do auxílio no tratamento da osteoporose até à prevenção do envelhecimento precoce. Além disso, é um importante aliado no processo de emagrecimento, nutrição e saciedade do corpo.

Eleita pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como “alimento do milênio,” por conter mais de 50 nutrientes fundamentais ao organismo, a spirulina traz grandes vantagens para quem incluí-la em uma dieta balanceada. Ela é rica em proteína, aminoácidos, vitamina A (dez vezes mais que qualquer alimento), vitamina do complexo B, vitamina E, minerais e ácidos fenólicos.

A nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo , rede de lojas que busca promover saúde e bem-estar por meio de produtos saudáveis, explica os benefícios do suplemento no dia a dia. “O consumo recomendável diário fica entre 500mg duas vezes ao dia, dependendo da necessidade de cada um. Já quem busca consumir o produto são desde atletas até pessoas que buscam melhorar a qualidade de vida”, explica.

Abundante em proteína

spirulina

Indicada até mesmo como complemento alimentar para atletas, a spirulina é composta de até 70% de proteínas. “A abundância desse componente é essencial para o organismo, visto que o nosso corpo não consegue produzi-lo sozinho e só o obtém por meio da própria nutrição. Pode ser uma grande parceira para quem está introduzindo uma alimentação restrita à carne”, destaca a especialista.

Parceira do coração

coracao

Querida pelos cardiologistas, a spirulina previne e reduz os níveis de LDL – colesterol ruim ao corpo – através de seus ácidos graxos. “Ela atua na dilatação dos vasos sanguíneos e na diminuição da pressão arterial”, explica Ellen.

Poderoso anti-idade e anti-inflamatório

mulher-rosto

A spirulina combate os radicais livres por meio da sua grande quantidade de antioxidantes, além de vitaminas B1 e E, dos minerais, magnésio, ferro, manganês e betacaroteno, presentes em menor quantidade em frutas e legumes. Esses componentes estimulam na renovação da pele, cabelo e unha; além de auxiliarem na recuperação de processos inflamatórios e prevenir doenças degenerativas.

Ferro para o corpo

insonia cama mulher sono cansaço pixabay

Se comparado ao espinafre, a spirulina oferece mais que o dobro de ferro. O mineral é capaz de aliviar sintomas como dor de cabeça, cansaço e estresse por meio do aumento da oxigenação celular. “Claramente, a prevenção da anemia também é uma das vantagens, o ferro é fundamental para isso”, completa a nutricionista.

Cuidado de dentro para fora

spirulina alga azul pixabay
Pixabay

O sistema imunológico é fortalecido a partir da enorme quantidade de vitamina E e de Zinco que a spirulina fornece. O componente estimula a produção das chamadas “células T” – responsáveis pela identificação de invasores no organismo – e aminoácidos capazes de fazer renovação celular.

Auxilia no processo de emagrecimento

lipoaspiracao corpo barriga fita metrica

E até para quem busca diminuir os números na balança, a spirulina dá essa “mãozinha”. A sensação de saciedade, fornecida pela fenilanina, faz com se coma menos. O suplemento também favorece na limpeza e desintoxicação do organismo, já que sua ação depurativa acelera o metabolismo. “Uma pessoa com síndrome metabólica, por exemplo, pode se beneficiar da ação anti-inflamatória da alga, refletindo na diminuição do tecido adiposo” finaliza a especialista.

Fonte: Bio Mundo

Hyaluronic Skin, suplemento para nutrição avançada da pele

Primeiro produto do segmento de alimentos com ácido hialurônico, combina ativos fundamentais que auxiliam na formação de colágeno, ajudam na hidratação e manutenção da pele

A beleza da pele depende de cuidados diários como o uso do protetor solar, boa hidratação, limpeza adequada e hábitos saudáveis. A indústria da beleza, no entanto, nos apresenta soluções e tecnologias cada vez mais avançadas para auxiliar homens e mulheres que desejam uma pele linda e saudável. Atenta a essas inovações, a Sanavita lança o Hyaluronic Skin, primeiro produto do segmento com ácido hialurônico.

Pensado para integrar a rotina de cuidados diários, Hyaluronic Skin é um suplemento completo com ativos que agem de dentro para fora no cuidado da pele. Sua fórmula contém ativos inteligentes, entre eles o ácido hialurônico biodisponível e os peptídeos ativos de colágeno. Uma única dose oferece 100% das necessidades diárias de substâncias antioxidantes que auxiliam na formação do colágeno e inibem a ação dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce. O resultado é uma pele nutrida, saudável e mais hidratada.

“Aos 30 anos os primeiros sinais do envelhecimento já podem ser percebidos em maior ou menor intensidade porque o colágeno, proteína que dá sustentação à pele, começa a ser perdida. Aos 50, essa redução é ainda mais severa porque passamos a perder também o ácido hialurônico, substância responsável pela hidratação e preenchimento da pele”, explica Andrea Dario Frias, PhD em nutrição e coordenadora do Centro de Pesquisas Sanavita.

hyaluronic-skin

Hyaluronic Skin contém ainda 100% dos valores diários de antioxidantes importantes, como vitaminas A, C, E e o mineral zinco, que protegem contra os danos nocivos dos radicais livres, mantendo a pele mais viçosa e firme. Além disso, contém biotina, que contribui para a manutenção da pele e cabelo, e ácido pantotênico. O produto é indicado para mulheres e homens a partir dos 19 anos de idade e que buscam mais nutrição, saúde e beleza da pele.

Informações: Sanavita

Os benefícios da vitamina E na menopausa

Nutriente ajuda a aliviar sintomas típicos, como as ondas de calor e a sensibilidade dos seios, além de auxiliar na firmeza e hidratação da pele

O climatério marca um novo ciclo na vida da mulher, quando há a diminuição do estrogênio, hormônio feminino que o organismo começa a produzir durante a puberdade. É durante esse período que ocorre a última menstruação, conhecida como menopausa, e vários sintomas se manifestam, sendo que, para muitas mulheres, eles podem ser incômodos e impactar na qualidade de vida.

Embora o climatério geralmente não necessite tratamento, certos cuidados amenizam os sintomas, proporcionando bem-estar. Uma mera mudança nos hábitos e na rotina pode trazer resultados positivos, especialmente se estiver alinhada ao consumo de determinadas vitaminas e alimentos saudáveis.

Alimentação balanceada e hábitos saudáveis são essenciais

oleaginosas castanhas
Pixabay

Ter uma alimentação balanceada é muito importante, uma vez que ela fornece os nutrientes necessários. A vitamina E (acetato de racealfatocoferol), por exemplo, pode amenizar as ondas de calor, a sensibilidade dos seios e a secura vaginal. “Além disso, ela beneficia a pele, que, durante a menopausa, tende a ficar mais seca, fina, frágil, flácida e, consequentemente, propensa a rugas”, diz  Ive Franca, ginecologista do Núcleo Médico Científico do Aché Laboratórios Farmacêuticos.

Por ser um antioxidante com atuação nos receptores hormonais, a ingestão de vitamina E também é importante na pós-menopausa, ajudando a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e na manutenção das funções cognitivas. Dentre as fontes naturais do nutriente estão os cereais integrais, oleaginosas, gema de ovo e fígado.

Alguns dos sintomas típicos da menopausa são ondas de calor, desaceleração do metabolismo, dores de cabeça, alterações do humor (irritabilidade, ansiedade e depressão) e do sono, e diminuição da libido. “A prática de atividades físicas ajuda no controle de alguns deles, especialmente exercícios aeróbicos. Logo, é recomendado ter uma vida mais ativa”, observa Ive. O fumo, por outro lado, é prejudicial, especialmente na menopausa, sendo associado às ondas de calor.

Suplementação: aporte adequado de vitamina E

vitamina e.jpg

Em alguns casos, a mulher não consegue suprir as necessidades de vitamina E por meio da alimentação. Neste caso, a suplementação do nutriente é indicada, especialmente por oferecer outros benefícios, como ajudar o organismo a manter o aporte adequado para que haja um equilíbrio entre substâncias oxidantes e antioxidantes, evitando o dano celular. VitaE, do Aché Laboratórios Farmacêuticos, contém vitamina E concentrada (400 mg), atuando na redução dos radicais livres do organismo.

Fonte: Aché Laboratórios Farmacêuticos

Novas pesquisas expandem os poderes anti-inflamatórios do ômega 3

Ao mesmo tempo em que os benefícios do ômega 3 para a saúde humana – entre eles o seu poder anti-inflamatório – já estavam comprovados, quanto mais pesquisas são feitas, mais ocorrem novas descobertas sobre as propriedades desses ácidos graxos poli-insaturados, que deveriam já fazer parte da rotina nutricional de tantos brasileiros.

“A ingestão diária e em quantidade ideal desse nutriente traz, comprovadamente, melhora nos quadros inflamatórios, como os envolvidos em algumas doenças de pele, como a psoríase e a dermatite. Além disso, ele é um aliado da saúde do coração, pois contribui de forma significativa para a redução dos triglicerídeos”, afirma Maria Inês Harris, PhD e consultora da Biobalance.

Um dos trabalhos mais recentes foi publicado em março no jornal Arthritis Care & Research. Nesse estudo, observou-se que o consumo elevado de ômega 3 pode ajudar na melhora do quadro de artrose nos joelhos, caracterizado pela condição inflamada das estruturas articulares (cartilagem, membrana e líquido sinovial).

Os pesquisadores avaliaram 2.092 pacientes com artrose ao longo de quatro anos, monitorando sua ingestão de gorduras totais, inclusive ômega 3. Para analisar a progressão do quadro, mediram o espaço entre os ossos que se juntam nos joelhos, normalmente a principal causa da dor e inflamação. De acordo com os resultados, as pessoas que consumiram mais ácidos graxos mono e poli-insaturados tiveram uma perda menor nesse espaço, caracterizando o controle da doença.

osteoartrose-joelho

Em Londres, também no início deste ano, um grupo de pesquisadores descobriu novos poderes anti-inflamatórios e preventivos do ômega 3. Os cientistas apuraram que uma dieta rica nesse nutriente pode precaver problemas inflamatórios do intestino, como a Doença de Crohn, além de outras patologias graves, como obesidade e diabetes. O trabalho contou com a participação de 876 mulheres, cujo microbioma intestinal foi examinado, bem como a ingestão de ômega 3. Segundo os resultados obtidos e publicados no jornal Scientific Reports, as mulheres que consumiam maior quantidade do ômega-3 apresentavam, relativamente, uma flora intestinal mais equilibrada (bactérias boas x ruins), além um número maior de nutrientes no sangue.

Pesquisa brasileira

Um grupo acadêmico no Brasil também realizou recentemente uma pesquisa sobre a atuação do ômega 3 em processos inflamatórios. O trabalho foi publicado em julho na revista Metabolic Brain Disease e teve como foco os benefícios da suplementação para a proteção da memória e diminuição da resistência à insulina e dos marcadores de inflamação.

“Relacionando os resultados, podemos concluir que a ingestão de ômega 3 pode ser muito benéfica ao sistema nervoso, inibindo a progressão da neuro inflamação, inclusive nos quadros de obesidade”, declara a consultora da Biobalance.

suplemento omega 3

Sobre a base de ingestão por meio do consumo alimentar, principalmente de peixes com alto teor do nutriente, não é raro que a carne desses animais esteja contaminada por metais pesados como o mercúrio, que são prejudiciais à saúde e acabam inclusive comprometendo a absorção de ômega 3 pelo organismo.

Dessa forma, uma alternativa a essa ingestão do ácido graxo é a suplementação por meio de cápsulas que contenham apenas ácidos graxos ômega 3 de cadeia longa (EPA e DHA) e sejam altamente purificadas, livres de colesterol, metais pesados ou contaminantes, como o OmegaPURE da Biobalance, vendido em farmácias de manipulação em todo o país.

Informações: Biobalance – SAC 0800-771-8438

Jet Lag: suplemento ajuda a combater a falta de energia causada por viagens

Com a chegada do final de ano aproximam-se também as viagens de férias. Apesar de muito divertidas, o caminho até o local de destino pode ser longo demais, causando dores musculares, cansaço, inchaços, entre outras consequências das muitas horas passadas no avião.

Uma delas é o jet lag, distúrbio temporário do sono devido a viagens que atravessam diversos fusos horários que pode causar fadiga e dificuldade de concentração e é uma verdadeira dor de cabeça para os viajantes já que acaba atrapalhando os momentos após a chegada no destino. Para combater esta falta de disposição a Biotec oferece o Bio-Arct, ativo que atua como booster energético afastando a fadiga e o cansaço.

O Bio-Arct é uma biomassa marinha padronizada que estimula a produção de energia das mitocôndrias, sendo assim ideal para melhorar o metabolismo energético. “O ativo é a Alga Chrondus Crispus moída de forma integral, que possui alta concentração de peptídeos ricos em nitrogênio, elemento essencial para a produção de energia no organismo.

mulher avião jet lag

Por aumentar a produção energética e o metabolismo celular, o Bio-arct também aumenta a resistência natural do organismo, tornando o mais resistente ao estresse físico e variações climáticas”, afirma Mika Yamaguchi, farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

Além dos peptídeos presentes na alga, o Bio-Arct também possui taurina, florosideos, microminerais em sua composição, componentes importantes para o bom funcionamento da mitocôndria. “A taurina é um aminoácido semi essencial protetor do DNA . Portanto, ao ingerir o Bio-Arct, as células recebem nutrientes importantes para produzir mais energia ajudando a reequilibrar o nosso sistema energético”, explica a especialista.

O Bio-Arct ainda ajuda no alívio das dores musculares recorrentes após viagens demoradas já que, de acordo com a farmacêutica, o aumento de produção de óxido nítrico aumenta a vasodilatação e melhora a circulação sanguínea do organismo como um todo, fornecendo uma oxigenação e produção energética adequada.

cápsulas

Dessa forma, o ativo, que é vendido em cápsulas de uso oral, contribui para minimizar os sintomas causados pelo jet lag e as dores musculares para que assim você consiga aproveitar todos os momentos de sua viagem. Sobre o uso do ativo, Mika Yamaguchi ressalta que é sempre importante consultar um médico para personalizar as fórmulas manipuladas para cada caso.

Informações: Biotec Dermocosméticos

Vitamina C: escolha a sua combinação

Reconhecida por melhorar o sistema imunológico, por neutralizar a ação dos radicais livres e melhorar a absorção de ferro, a Vitamina C está presente em frutas e legumes, como caju, morango, laranja, couve e brócolis. Outra opção de consumo são os suplementos, incluindo as opções combinadas com minerais e outras vitaminas. Converse a respeito com seu médico. Abaixo, apresentamos sugestões de produtos:

Ferro e Vitamina C

Suplemento Ferro e vitamina C Schraiber: oferece nutrientes reconhecidos por melhorar o desempenho físico, prevenir a anemia e o envelhecimento precoce, além de estimular a imunidade. Vegano e cruelty free, não contém ingredientes de origem animal. Preço médio: R$ 39,00, frasco com 60 cápsulas.

viamina c e e

Suplemento de Vitaminas C e E Schraiber: combina os benefícios da Vitamina C potencializados com a Vitamina E, reconhecida por proteger as células, melhorar o sistema imunológico e pela ação antioxidante. Vegano e cruelty free, não contém ingredientes de origem animal. Preço médio: R$ 23,00, frasco com 30 cápsulas.

acerola_bx

Suplemento de Vitamina C a base de acerola Schraiber: a acerola foi escolhida por ser uma das frutas mais ricas de Vitamina C. Vegano e cruelty free, não contém ingredientes de origem animal. Preço médio: R$ 36,00, frasco com 60 cápsulas.

Informações: Schraiber 

 

Alimento proteico para ser consumido com cereais matinais

A Vitafor lançou durante o 2º Congresso Brasileiro de Gastronomia Funcional, realizado em julho, o Isocrisp Vegan. Trata-se de um alimento proteico à base de proteína de ervilha e rico em fibra de beterraba, indicado para ser consumido com cereais matinais, saladas de frutas, entre outras preparações.

É uma excelente opção de fonte proteica e oferece melhor digestibilidade e aporte nutricional. Estudo recente e experimental demonstrou resultados positivos no ganho de força e hipertrofia muscular com a suplementação de proteína de ervilha.

A fibra de beterraba, também presente no Isocrisp Vegan, traz diversos benefícios à saúde, como a manutenção da saúde do colón, favorecendo o equilíbrio da microbiota intestinal. Também promove saciedade, fortalece o sistema imunológico e auxilia na absorção de nutrientes.

O crisp mastigável é indicado para pessoas vegetarianas e veganas e, por se tratar de um produto hipoalergênico, pode ser consumido por intolerantes à lactose e à proteína do glúten e celíacos. Com sabor neutro, pode ser utilizado para enriquecer qualquer preparação doce ou salgada, seja nos pré e pós-treino ou nos lanches intermediários durante o dia.

isocrisp

Informações: Vitafor

Ingerir vitaminas engorda?

Um dos principais mitos que envolvem os suplementos vitamínicos é sobre o ganho de peso. É comum as pessoas associarem, erroneamente, a ingestão de nutracêuticos a alterações no peso, mas, de acordo com especialistas, trata-se de um mito. “Os suplementos vitamínicos reúnem nutrientes e vitaminas sem valor energético e, por isso, não contribuem para o aumento de peso”, informa Helaine de Lima, farmacêutica da Liteé Farma do Brasil.

O fato de não influenciar no peso, entretanto, não quer dizer que o consumidor não deva procurar pelo suplemento mais adequado para suas necessidades específicas.

As embalagens trazem recomendações de doses diárias dentro das faixas de segurança estabelecidas para vitaminas e minerais, mas é aconselhável uma avaliação nutricional completa ou uma conversa com um médico, antes de usar qualquer suplemento, pois é importante não apenas abordar a ingestão adequada de micronutrientes como também assegurar a combinação com um consumo energético adequado.

Vale ainda lembrar que os suplementos vitamínicos não substituem a alimentação. Eles devem ser utilizados de maneira complementar, conforme necessidades de cada organismo.

Abaixo você confere exemplos de suplementos vitamínicos e suas indicações para complementar a alimentação:

liteeaz

· Liteé Vit A/Z: polivitamínico rico em vitaminas e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo, como Ferro, Manganês, Zinco e vitaminas: A, B1, B6, B12, C e D. Com 100% das principais vitaminas, aumenta o bem-estar e a imunidade. É recomendado para qualquer pessoa. Ele não contém glúten, lactose ou açúcar, não engorda e deve ser ingerido uma vez ao dia, de preferência acompanhado de uma refeição.

mulher

· Liteé Vit Mulher: possui todas as vitaminas fundamentais para o organismo feminino. Como o corpo da mulher é diferente do corpo do homem, suas necessidades se diferem um pouco. Além de conter as principais vitaminas para as mulheres, ainda contém Biotina que é ótimo para a pele, cabelo e unha. Não contém glúten, lactose ou açúcar e também não engorda.

senior

· Liteé Vit Senior: possui todas as vitaminas e minerais necessários para pessoas com mais de 50 anos de idade. A partir dessa idade, o organismo passa por importantes mudanças físicas e nutricionais e, de acordo com especialistas, a massa muscular e óssea tende a diminuir e a gordura corporal aumentar, o que implica na necessidade de mais atenção à nutrição. Ele ainda contém uma dose extra de Zinco, um mineral ótimo para a memória. Assim como os outros, não contém glúten, açúcar e lactose.

Fonte: Litee Farma do Brasil

 

Extrato produzido a partir de laranjas brasileiras é novidade contra obesidade

Não é de hoje que a obesidade tem atingido índices alarmantes no país. Contudo, cada vez mais a indústria farmacêutica tem se desenvolvido para apresentar alternativas eficazes para a prevenção e o tratamento desse mal. Agora, quem apresenta a novidade é a Idealfarma que lançou recentemente o Sinecitrus, um extrato 100% vegetal produzido a partir dos frutos de quatro diferentes tipos de laranjas brasileiras.

Se tratando de doenças crônicas, a obesidade tem sido reconhecida como o maior problema de saúde pública mundial, cuja prevalência é crescente. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 50% da população brasileira está acima do peso, ou seja, na faixa de sobrepeso e obesidade. Mas, felizmente, estudos recentes tem demonstrado que a prevenção de algumas desordens metabólicas pode ser possível com modificações na dieta e estilo de vida.

E, no que diz respeito ao controle do peso corporal, a introdução de agentes derivados de plantas tem apresentado considerável efeito positivo sobre o metabolismo, reduzindo ainda os riscos da administração das drogas antiobesidade conhecidas, cuja maioria está relacionada a sérios efeitos colaterais, como alteração da pressão arterial e enxaquecas.

Dentro desse contexto que o Sinecitrus se destaca como um poderoso aliado contra a obesidade. São diversas as evidências científicas que apresentam o papel das laranjas como mediadoras das respostas inflamatórias, apontando o papel modulador dos seus compostos bioativos, como os flavonoides, na prevenção e no tratamento de doenças crônicas mediadas por processos inflamatórios.

“Ao unir em sua composição quatro tipos de laranjas brasileiras, incluindo a laranja amarga e a laranja moro, conhecida pelo seu tom mais avermelhado, o Sinecitrus se apresenta ao mercado com uma excelente alternativa ao controle de peso, por aumentar a saciedade e reduzir a adiposidade visceral e o tecido adiposo subcutâneo”, explica Daniela Ferraz, farmacêutica da marca.

laranja fatias pixabay.png

Por se tratar de um extrato vegetal seco, cuja técnica de obtenção ocorre por spray drying, esse composto tem todas as características tecnológicas adequadas para um produto com maior qualidade. Dentre seus principais efeitos estão a redução da gordura corporal e dos níveis de colesterol e triglicerídeos, a melhora da sensibilidade à insulina, a diminuição da quantidade de calorias ingeridas diariamente e a aceleração do metabolismo e do gasto calórico em repouso. Isso sem contar sua potente atividade antioxidante e anti-inflamatória que possibilita uma ação direcionada aos múltiplos mecanismos ativos na obesidade.

Apesar de ter chegado agora ao mercado, uma das principais vantagens do Sinecitrus é a sua facilidade de acesso, visto que está disponível em diversas farmácias de manipulação espalhadas pelo país. Assim, todos que sofrem ou desejam prevenir a obesidade e a diabetes podem usufruir de seus benefícios. Se esse é o seu caso, basta consultar seu nutricionista ou farmacêutico.

Informações: Idealfarma