Arquivo da categoria: verão

Creed lança a luxuosa fragrância Love in White for Summer

A edição especial traz notas frescas e acordes atemporais que remetem às noites veraneias do sul da França

A Casa de Fragrâncias Creed apresenta Love in White for Summer, edição especial e limitada inspirada no best-seller feminino da marca, Love in White. O perfume é uma versão floral refrescante, que remete às noites quentes e à eterna busca por um verão sem fim em Côte d’Azur, litoral sul da França.

Love in White for Summer nos transporta à Riviera Francesa, onde ondas cristalinas, o reflexo das tonalidades do oceano, íris e cedro brilham no coração desta essência.

Creed-Love-in-White-for-Summer.jpg

Notas de cabeça: rosas da Bulgária, bergamota da Calábria, magnólia doce
Notas de coração: íris florentino,  arroz, cedro da Virgínia
Notas de fundo: âmbar cinza, sândalo, maçã e jasmim

Creed Love in White for Summer EDP 75ml – Preço: R$ 1.459,00

 

Nutricionista dá dicas para evitar a intoxicação alimentar em dias quentes

Os maiores vilões são a água, maionese, frango, carne bovina, ovos e, principalmente, a ostra. Se forem mal preparados ou indevidamente manuseados, esses produtos ficam suscetíveis a contaminações. Quando ingeridos, esses agentes podem causar diversos problemas

Com as altas temperaturas aumentam os casos de intoxicação alimentar, como é popularmente chamada a gastroenterocolite aguda, causada principalmente pela ingestão de água ou alimentos contaminados por micro-organismos. Nesta época do ano, grande parte da população frequenta praias e clubes, lugares bastante propícios para contrair uma intoxicação alimentar. Por isso, é preciso ficar atento. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, janeiro e fevereiro são os meses em que há mais notificações de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA’s).

A principal causa do aumento de intoxicação alimentar são as altas temperaturas da estação que podem comprometer a conservação de alimentos e favorecer a proliferação dos microorganismos nocivos à saúde, entre eles bactérias (salmonela e estafilococos) e vírus (rotavírus).

De acordo com a nutricionista do Clinic Check-up do HCor, Maria Fernanda D’Ottavio, essa ocorrência está ligada à temperatura mais alta nesse período, o que favorece a proliferação de micro-organismos nocivos à saúde. “Nessa época, temos que ter mais cuidado com o que comemos e onde comemos”, alerta a nutricionista.

Fique atento aos vilões!

Ostra_3

Os maiores vilões são água, maionese, frango, carne bovina, ovos e, principalmente, a ostra. Se forem mal preparados ou indevidamente manuseados, esses produtos ficam suscetíveis a contaminações. Quando ingeridos, esses agentes podem causar diversos problemas. “De modo geral, os sintomas mais comuns são vômito, diarreia, náuseas, dor abdominal e cólicas, às vezes com presença de febre, ou até mesmo paralisia, se for caso de botulismo. A manifestação dos sintomas, após a ingestão, pode variar de horas (no caso da salmonela) até semanas (hepatite A)”, esclarece Maria Fernanda.

Cuidado redobrado com a alimentação no verão

Para a nutricionista do HCor, poucos casos exigem internação, mas é importante que um posto médico seja procurado assim que os sintomas se manifestarem. Para amenizar o mal-estar, o ideal é muito repouso e hidratação. “Os cuidados que temos usualmente com os alimentos devem ser redobrados, principalmente ao nos alimentarmos fora de casa. Na praia, os cuidados devem ser ainda maiores, já que além do calor intenso, vários alimentos são vendidos sem os devidos cuidados com a higiene”, recomenda.

Dicas da nutricionista do HCor para evitar a intoxicação alimentar no período de altas temperaturas:

sashimi peixe cru pixabay
Pixabay

=Evitar alimentos crus ou malcozidos. Prefira alimentos que passem por altas temperaturas para serem preparados;

geladeira cheriedurbin morguefile
Morguefile

=Atente-se à temperatura dos refrigeradores onde os alimentos são armazenados. Temperaturas inferiores a 4ºC são mais seguras para evitar a proliferação de micro-organismos;

geladeira aberta

=Consuma imediatamente os alimentos cozidos. Caso sobre, guarde-os em recipientes na geladeira;

carne

=Mantenha os alimentos crus longe dos cozidos;

comida estragada mulher.jpg

=Não consuma alimentos com alteração de odor, cor e sabor;

palmito.JPG

=Evitar alimentos em conserva como palmito e molhos caseiros como maionese;

lata amssada

=Não ingira alimentos em embalagens danificadas;

mesa jantar comida pixabay

=Evitar porções feitas com excessiva antecipação;

mulher meia idade tomando agua

=Consuma apenas água potável;

restaurante praia mar.jpg
Pixabay

=Evite o consumo de alimentos em ambulantes. Prefira quiosques, lanchonetes ou estabelecimento com estrutura e higiene adequada;

quiosque praia mar férias

=Atente-se a higiene do local, desde higiene pessoal dos funcionários e também dos utensílios e local.

Fonte: HCor

Projeto verão: ainda dá tempo de entrar em forma

Confira dicas fitness poderosas para eliminar os quilinhos e aproveitar a estação mais esperada do ano

Faltam pouco mais de 30 dias para o verão chegar. Há quem esteja satisfeito com os resultados que têm obtido durante meses de treino e alimentação regrada. Mas, para aqueles que não conseguiram inserir no dia a dia uma rotina fitness, nem tudo está perdido. Um mês é tempo o para correr atrás dos seus objetivos.

Giuliano Cangiani, Master Trainer da modalidade fitness Strong by Zumba, tem uma boa notícia para aqueles que querem mudar seus hábitos. “Ainda dá tempo para dar adeus àqueles quilos indesejados e definir o corpo para aproveitar a estação mais quente do ano sem culpa. O jeito é investir em uma modalidade de alta intensidade, que em até 60 minutos de treino, três vezes por semana, é possível ter o corpo mais definido em 28 dias”, ressalta.

O segredo para obter resultados satisfatórios em pouco tempo está na combinação de alimentação regrada e treino adequado. Escolher uma atividade física completa é fundamental. “O objetivo de um treino de HITT, por exemplo, é manter o batimento cardíaco elevado, otimizando a queima de calorias durante e após o treino — chamado de efeito EPOC, quando o organismo continua trabalhando após a atividade física, por conta da alta intensidade”, explica o especialista.

Giuliano Cangiani listou algumas dicas para quem quer dar o start no Projeto Verão e entrar em forma em poucos dias:

1. Comece 

corrida caminhada inverno
Não perca tempo lamentando que não começou a rotina de vida saudável no início do ano. Foque no que é possível fazer agora. Nunca é tarde para adotar hábitos saudáveis que irão beneficiar a sua saúde.

2. Escolha uma atividade física que combine com você

exercicio academia ginastica
Optar por um treino completo é fundamental, mas é essencial que seja prazeroso. Só assim o “projeto verão” vira uma rotina. Analise quais exercícios têm mais a ver com você. Eles vão te estimular a sair de casa para treinar.

3. Preze pelos exercícios de alta intensidade

agachamento - pop sugar
Foto: Pop Sugar

Os treinamentos funcionais, que utilizam o peso do próprio corpo, podem auxiliar no processo de definição e emagrecimento em curto prazo. Agachamentos com explosões e saltos, por exemplo, são exercícios que ativam o sistema cardiorrespiratório, melhorando a resistência do corpo e mantendo o metabolismo acelerado, proporcionando a queima de gordura.

4. Treinamento completo

divulgação strong by zumba.jpg
Foto: Strong by Zumba

Na correria do dia a dia, é natural não encontrar tanto tempo livre na agenda para treinar, especialmente no final do ano. Não é todo mundo que consegue passar horas na academia diariamente. Se você quer resultados rápidos, é importante pensar em uma modalidade que exercite o corpo todo em poucos minutos. Assim, é possível ter todos os grupos musculares trabalhados em uma única aula.

5. Não dispense os especialistas

fitnees ginástica exercicio academia
Treinar sozinho ou seguir uma dieta sem ter o auxílio de profissionais adequados não é o melhor caminho. É fundamental ser acompanhado por um nutricionista e outros médicos que possam avaliar a evolução do praticante de esportes, evitando qualquer lesão. O instrutor nas academias também tem papel importante, uma vez que está acompanhando de perto o aluno, desde a postura para executar os movimentos — evitando lesões – e toda a sua evolução.

Fonte: Strong by Zumba 

Caladryl agora também é protetor solar

A marca que mais entende de danos causados pelo sol agora passa a prevenir e tratar os efeitos da exposição solar. A linha de protetor solar Caladryl chegou ao mercado em outubro. “Agora, a confiança e eficácia de Caladryl acompanha os consumidores antes, durante e depois da exposição ao sol”, explica a gerente de produto Priscilla Florêncio.

Com amplo espectro UVA + UVB, o lançamento da Cellera Farma está disponível nas versões corporal (FPS 30 e 50), facial oil free (FPS 60) e na opção Baby & Kids (FPS 60) – todos sem fragrância, corantes, parabenos e livres de oxybenzona.

Caladryl-

Pós-sol

A linha pós-sol de Caladryl também ganhou nova fórmula com tecnologia exclusiva Hydra3D de hidratação inteligente que ativa os mecanismos naturais de hidratação de dentro para fora e fora para dentro. “A hidratação 6 vezes maior (comparada com a fórmula anterior) alivia e suaviza a pele após exposição solar e proporciona uma agradável sensação de frescor, devolvendo a hidratação”, afirma Priscilla. Além de embalagens novas e modernas, a versão aerossol, novo integrante da família Caladryl, promete facilitar a aplicação.

Pos-sol-Aerosol--150mL

Informações: Caladryl SAC: 0800 177 003 – sac@cellerafarma.com.br

Quatro receitas de saladas para incluir no cardápio durante o verão

Verão indo embora, mas os dias quentes continuam e com eles vem aquela necessidade de uma alimentação mais leve e saudável, e consequentemente as saladas viram as nossas queridinhas da estação.

Para Karol Coelho nutricionista funcional “Quando estamos em ambientes frios aumenta a necessidade energética para manter a temperatura corporal, por este motivo é que sentimos mais fome e damos preferência aos alimentos mais calóricos no inverno. No calor essa necessidade enérgica para manutenção da temperatura é reduzida, consequentemente sentimos menos fome e normalmente preferimos alimentos mais leves e menos gordurosos.”

E para ajudar com esse cardápio abaixo há quatro receitas de saladas deliciosas, elaboradas pela culinarista e influenciadora Emília Lobato do canal Cozinha Tudo, e da Youtuber Cecilia Padilha, do Canal Experimente por Cecilia Padilha.

Salada ou Patê de Atum – por Emilia Lobato

salada ou pate atum.jpg

Ingredientes
1 lata de atum ao natural sem a água
1/2 cenoura ralada
1/2 alho poró refogado no azeite
2 colheres de sopa de azeitona sem caroço
2 colheres de sopa de cream cheese
2 colheres de sopa de aveia em flocos
Sal
Pimenta
Salsa para decorar

Modo de fazer
Misture todos os ingredientes e faça o formato que desejar
Sirva com torradas, wraps de alface ou salada como sugeri na foto.
Servir gelado e guardar por no máximo 2 dias na geladeira.

Salada de Manga com Cebola – por Emilia Lobato

salada de manga.jpg

Ingredientes
1 cebola roxa em fatias
2 mangas Palmer firmes
1/2 xícara de chá de amêndoas em lâminas
1/2 colher de sopa de manteiga
Salsa
Azeite
Sal a gosto
Suco de 1/2 limão

Modo de fazer
Ferva a cebola em fatias na água quente e depois lave na água fria em uma peneira e deixe escorrer. Corte as mangas em tiras largas ou em cubos. Reserve. Em uma frigideira com manteiga adicione as amêndoas até dourar. Monte a salada com a manga, cebola e amêndoas. Tempere com limão, sal e azeite. Decore com salsa e pimenta rosa (opcional).

Salada de Camarões com Manga Agridoce, por Cecilia Padilha

salada de camaroes com manga.jpg

Ingredientes
Folhas de rúcula (de preferência baby, aquelas folhinhas menores)
2 cogumelos paris grande em fatias
2 colheres de sobremesa de manga picada em pedacinhos pequenos
4 cubos de manga (para o espetinho, como os da foto)
4 camarões rosa grandes
1 dente de alho picado
1 colher de chá de raspas de limão siciliano
1/2 colher de chá de pimenta dedo de moça picada
1 limão siciliano
Azeite de oliva extravirgem
1 colher de sobremesa de açúcar mascavo
1 colher de sobremesa de mel

Para o molho:
6 colheres de sopa de azeite de oliva
1/2 limão siciliano (suco)
1/2 laranja pera (suco)
1/2 colher de chá de gengibre ralado
Salsinha e ciboulette picados

Modo de Fazer:

Molho: misturar todos os ingredientes e incorporá-los com um fouet, batendo.

Salada: em uma frigideira, grelhar os 4 cubos de manga com o açúcar mascavo e quando já estiver derretido, acrescentar o mel. Reservar.
Em outra frigideira, colocar 4 colheres de sopa de azeite de oliva, 3 colheres de sopa de suco de limão siciliano, raspa de limão e pimenta dedo de moça. Grelhar os camarões. Cortar dois dos camarões em pedacinhos. Arrumar nas taças as folhas de rúcula, colocar as fatias de cogumelo e por cima um camarão picado e a manga. Cobrir com o molho por cima. Em um palito comprido, colocar um cubo de manga grelhada, um camarão inteiro e outro cubo de manga grelhada. Colocar dentro da taça e servir.

Salada de Rúcula e Batatas com Tagliata (filet selado), por Cecilia Padilha

salada de rucula e batatas.jpg

Ingredientes (para 2 pessoas):
4 medalhões de filet
10-12 batatas bolinha
Rúcula (cerca de 50g)
1 colher de chá de mostarda
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
1 colher de sopa de alcaparra (não usei pois meu marido não é fã, mas se não tiver restrições, vá em frente!)
3 colheres de sopa de azeite de oliva (se tiver um aromatizado, melhor ainda! Usei um aromatizado com manjericão)
1 colher de sopa de estragão
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Fazer:
Cozinhar a batata em água por cerca de 20 minutos. Escorrer e deixar esfriar. Selar os filets em uma grelha já preaquecida com um pouquinho de azeite, por 2 a 3 minutos cada lado, dependendo do ponto da carne desejado. Temperar com sal e pimenta e reservar depois de selados. Cortar as batatas ainda quentes ao meio e misturar com a mostarda, vinagre, alcaparras, azeite e estragão. Cortar o filet em fatias bem fininhas (o mais finas que conseguir) e acrescentar à salada. Juntar a rúcula e temperar com sal e pimenta do reino.

Emilia Lobato

emilia lobato - facebook
Reprodução Facebook

Formada em administração de empresas, com especialização em marketing e vendas, Emília Lobato enfrentou diversas mudanças em sua vida. Trabalhou na área de vendas, foi gerente na Villa Daslu por algum tempo, até resolver montar seu próprio negócio. Sempre apaixonada por gastronomia, no final de 2011, viu a chance de realizar seu sonho, criando algo onde pudesse dar dicas sobre organização de casa, com dicas de receitas. À partir daí, iniciou o blog CozinhaTudo e sua página no Facebook, alcançando mais de 500 mil seguidores. Com o grande sucesso de suas mídias sociais, Emília viu a necessidade de melhorar os engajamentos e decidiu postar vídeos ao vivo, com receitas deliciosas, diferenciadas e práticas, feitas em sua casa e testadas por sua família e amigos, atraindo ainda mais fãs para o seu trabalho.

Para fortalecer ainda mais seus conhecimentos, no ano de 2014, participou de um curso, na renomada Le Cordon Bleu, em Londres, aprendendo novas técnicas e explorando ingredientes desconhecidos à culinária brasileira.

Além de realizar o sonho de se tornar uma culinarista de sucesso, também proporciona isso a muitas outras pessoas, que acompanham o desenvolvimento de seu trabalho e sempre estão em busca de dicas e novas receitas de Emília. Para facilitar a aproximação com seu público, criou seu próprio aplicativo, facilitando a vida de quem adora cozinhar, com dicas e receitas diversas. Além disso, em breve, quem tiver o App também poderá adquirir cupons de descontos e oportunidades exclusivas, em produtos usados por ela, em seus vídeos.

Cecilia Padilha

sobremim2.jpg
Reprodução Blog

Administradora, com MBA pela Swiss Business School, escreve o site Yes We Cook! há 7 anos com foco em gastronomia, viagens, kids, esportes, beleza e lifestyle. Depois de mais de 15 anos no mercado financeiro, decidiu abrir mão do estresse e da pressão em busca de qualidade de vida. Participante da 1ª temporada do Masterchef Brasil, teve destaque pela quantidade de vitórias em provas da competição. Colunista da Revista do Gramado, focada no mercado de luxo para o interior de São Paulo

Karol Coelho

karol coelho face
Reprodução Facebook

Karol Coelho CRN 45318/ Nutricionista graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, pós graduanda em Nutrição Clínica Funcional pela VP Centro de Nutrição Funcional, Coach formada pela Sociedade Latino Americana de coaching.

Culinária: três receitas rápidas e práticas para o verão

Chef da Alegra ensina a preparar pratos simples com carne de porco

O auge da estação mais quente do ano pede pratos simples e leves, que podem ser consumidos em piqueniques no parque, passeios na praia ou até mesmo em casa, com amigos e familiares. Confira três receitas práticas e de fácil preparo do consultor da Alegra, Chef Dobis:

Shawarma recheado com pernil suíno

imagem_release_1575638

De origem árabe, o shawarma é um prato que se popularizou no Brasil por ser de rápido preparo e permitir grandes variações de recheios. “Comumente, são preparados com frango e carne bovina, mas podemos utilizar também a carne de porco”, conta Chef Dobis. O pernil suíno é uma ótima opção de recheio, por ser considerada uma carne leve e sem muita gordura.

Ingredientes:
100g de pernil suíno em tiras
Pão Sírio
Alface picada
1 tomate fatiado
1/2 cebola roxa
Pimenta
Sal
Creme de alho (pronto ou feito em casa com alho, leite, sal e azeite)
Azeite de oliva

Modo de preparo:
Coloque um fio de azeite na frigideira e, quando estiver quente, adicione a carne já temperada com sal e pimenta a gosto. Enquanto estiver grelhando (demora em torno de cinco minutos), comece a montagem do prato. Primeiro, passe o creme de alho no pão Sírio. Na sequência, coloque o alface picado, o tomate fatiado e a cebola roxa picada. Acrescente o pernil e feche o pão.

Dica do chefe: para facilitar o manuseio, embrulhe o sanduíche em um papel vegetal ou papel alumínio.

Sanduíche de lombo suíno

weap

Os sanduíches são excelentes opções de lanches rápidos, que agradam principalmente às crianças. Podem ser feitos de forma simples ou mais elaborada, de acordo com a preferência do consumidor e com os ingredientes utilizados. A sugestão do Chef Dobis para um lanche da tarde é o sanduíche de lombo.

Ingredientes:
180g de lombo
1 pão
2 fatias de queijo
Óleo de canola
Sal
Pimenta
½ Cebola
2 rodelas de tomate
1 folha de alface
Molho de mostarda.

Modo de preparo:
O primeiro passo é passar o óleo na frigideira e, assim que estiver bem quente, colocar o lombo fatiado e temperar com sal e pimenta, a gosto. Cada lado deve ser frito por aproximadamente três minutos e, quando os dois lados estiverem dourados, adicione as cebolas e tempere-as também com sal e pimenta. O queijo deve ser colocado sobre a carne ainda na frigideira, a fim de dar uma leve derretida. Na sequência, é hora de montar o sanduíche: abra o pão, adicione o molho de mostarda nos dois lados, alface e tomate. Coloque a carne com o queijo, cubra com a cebola temperada e feche. “O bacana é que, caso tenha sobrado um pedaço de lombo do almoço, por exemplo, é possível aproveitar e criar uma nova receita para o lanche da tarde, sem desperdiçar alimentos”, comenta o Chef Dobis.

Salada Caesar com picanha suína

salada

Quem disse que salada é um prato “sem graça”? Com ingredientes variados, acompanhamentos diferentes e molhos saborosos, esses pratos se tornam a alimentação ideal, capaz de agradar até os paladares mais exigentes. A segunda sugestão de prato simples para o verão é uma salada Ceasar com picanha suína. “Aos poucos, estamos conseguindo mudar a visão das pessoas com relação à carne de porco. Muitas diziam que o alimento era muito gorduroso e que fazia mal por desencadear doenças. Mas esses problemas só acontecem quando a carne não é de qualidade e o preparo é feito de modo inadequado”, comenta o consultor da Alegra.

Ingredientes:
180g de picanha suína
1 alface americana
1 pacote de queijo parmesão ralado grosso
Torradinhas
Maionese
Suco de ½ limão
1 dente de alho
Azeite de oliva

Modo de preparo:
Aqueça a frigideira (ou grill), coloque a picanha suína, tempere conforme preferência (sal, alho, cebola, etc) e grelhe por aproximadamente quatro minutos. Vire a carne e mantenha por mais quatro minutos. Para a salada, bata a maionese, o alho, o suco de limão e o azeite até formar um molho. Pique a alface em pedaços grandes e forre o prato com as folhas. “O segredo é preservar a crocância da alface e das torradas, que podem ser compradas prontas ou feitas em casa com pão”, comenta o Chef Dobis. Derrame o molho por cima com as torradinhas e com o queijo parmesão e junte com a carne já preparada.

Fonte: Alegra

Os tecidos mais indicados para se manter fresco e confortável no verão

Manter-se fresco em dias quentes não é uma tarefa fácil, principalmente para quem precisa se deslocar durante o dia. O sol escaldante e o tempo mais abafado incomodam e refletem na roupa. Muitos podem não perceber, mas o segredo para o bem-estar nesses dias está justamente no tipo de tecido das roupas.

Claro que as reações em relação ao calor variam de pessoa para pessoa, mas o tecido adequado e algumas dicas podem amenizar essa sensação de calor excessivo. Ricardo Monteiro, gerente operacional da rede Quality Lavanderia, explica quais são tecidos mais indicados, e conhecidos, para se manter fresco e confortável nesta estação:

Tecidos Naturais

pantacourt_linho_r__590_00_e_camisa_100__seda_pura____r_539_00

Opte por tecidos naturais e leves, que deixam o corpo respirar naturalmente, não impedindo o fluxo de ar circular. Há vários tecidos para isso, o algodão é o mais conhecido de todos. Mas também há as roupas compostas por seda, linho e cetim, apostas tão fáceis de encontrar quanto o algodão.

“As fibras naturais vegetais, como o algodão, linho e viscose, respiram e deixam o corpo transpirar normalmente. Permitem tanto a penetração do ar externo como a saída do calor do nosso corpo, ou seja, é possível se sentir mais confortável”, ressalta Monteiro.

uma_18798_tricot_zupa

Nesse sentido, também há os tecidos naturais como lã e seda, de acordo com Monteiro, e as roupas oriundas desses materiais são mais indicadas para os dias frios. “Os tecidos naturais animais, lã e seda, são ótimos para o frio, pois, diferentemente dos tecidos naturais vegetais, bloqueiam a saída do ar quente do corpo e a entrada do ar frio, protegendo da sensação fria causada no inverno, por exemplo.”

Tecidos Sintéticos

suor2

Existem vários tecidos sintéticos que permitem o corpo respirar, como a poliamida e o polipropileno. A respirabilidade é a propriedade que um tecido tem de transportar o vapor (suor) para o lado externo da roupa, fundamental para manter o equilíbrio térmico do corpo. Vale ressaltar que algumas roupas unem em sua composição as matérias-primas sintéticas e naturais, o que auxilia também nesse processo de respirabilidade da peça.

Monteiro ainda destaca que “as fibras sintéticas são umas das mais importantes propriedades das roupas para aventuras e esportes. E podem casar perfeitamente com fibras naturais, mantendo o mesmo conforto. Porém, a utilização ou escolha incorreta de uma fibra não respirável deixará a roupa menos confortável, por isso é preciso estar atento à etiqueta.”

Tecidos para evitar são poliéster e acrílico, por serem mais ‘fechados’, isto é, o ar não passa pelo tecido, evitando a transpiração e até possibilitando o mal cheiro.

Uma sugestão para controlar o excesso de suor e as marcas nas camisetas, principalmente para quem usa roupa social, é vestir uma camiseta branca, de algodão, por baixo. Isso absolve o suor e evita que transpareça na roupa principal.

Tecido com cor escura interfere na sensação de calor?

vestido preto mulher

Não é mito que se deve evitar usar roupa preta no verão. As cores escuras, principalmente o preto, absorvem e seguram mais o calor, tanto o externo, como o interno, deixando assim o corpo mais quente.

“Quanto mais escuro o tecido de uma roupa, maior o FPU (Fator de Proteção Ultravioleta), isso ocorre porque o pigmento ajuda a absorver os raios ultravioleta. Por causa disso, a cor escura pode aumentar o FPU do tecido em até cinco vezes, sendo as roupas claras as mais indicadas para serem usadas sob o sol, pois esquentam menos, são mais confortáveis e ajudam a proteger contra a insolação”, esclarece Monteiro.

“As condições climáticas afetam o metabolismo e a transpiração do corpo. O calor e o frio, associados a roupas inadequadas reduzem o nível de proteção e conforto térmico, por isso, seguindo essas indicações é possível passar o verão de maneira confortável sem perder o estilo”, conclui Monteiro.

Fonte: Quality Lavanderia

Aprenda a fazer Bolo Salgado de Pão de Forma e Lasanha de Panquecas

Lili Aguiar nos ensina pratos práticos para mudar a rotina do dia a dia

Verão, carnaval, feriado prolongado… A busca por receitas práticas, refrescantes e que facilitem a vida são grandes, até para diversificar o cardápio. Lili Aguiar ensina duas receitas deliciosas e bem fáceis, para agradar a família, principalmente a criançada.

São receitas simples e extremamente satisfatórias, usando ingredientes que sempre encontramos na geladeira e que podem ser usados nas receitas.

Deixe de lado os pratos básicos e inove com um Bolo Salgado de Pão de Forma que poderá ser saboreado em várias refeições sem precisar ficar requentando. Uma ótima receita de lanche da tarde para toda a família.

Bolo Salgado de Pão de Forma

bolo salgado de pão.jpg

Ingredientes

2 Pacotes de pão de forma (preferencialmente sem bordas)

Recheio
2 Peitos de frango
1 Tomate picado sem semente
1 Cebola grande picada
1 Dente de alho picado
1 Tablete de caldo de galinha
1 Lata de creme de leite
1 cenoura ralada
1 Lata de milho
1/2 Pote de maionese
Azeitonas picadas
Champignon picado
Salsinha
Sal
Azeite

Cobertura

1/2 Pote de maionese
Batata palha

Modo de preparo

Recheio:
Cozinhe os peitos de frango com água, sal e o caldo de galinha na panela de pressão por 30 minutos. Escorra a água e desfie todo o frango. Em uma panela, refogue o azeite, a cebola, o alho e o tomate.Acrescente o frango, corrija o sal se necessário, mexa por alguns minutos e desligue o fogo. Coloque o milho, azeitonas, champignon, creme de leite e 1/2 pote de maionese, mexa um pouco e reserve.

Montagem:
Retire as cascas dos pães e reserve. Em uma forma coloque as fatias de pão, coloque um pouco de maionese, acrescente metade do recheio e metade da cenoura ralada. Coloque a segunda camada de pão de forma e repita o processo. Leve à geladeira por 30 min. Após a espera, passe a maionese restante em volta do bolo e cubra com a batata palha.

E que tal uma deliciosa lasanha? E por que não substituir a massa tradicional por massa de panquecas? Lili ensina uma receita baratinha, prática e tão gostosa quanto e que você consegue fazer sua própria massa em casa. Veja como é fácil:

Lasanha de Panqueca

lasanha de panqueca 2

Ingredientes
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de leite
3 ovos
500 g de carne moída
100 ml de molho de tomate
1 cebola picada
2 cenouras raladas
12 fatias de queijo
azeite
Orégano
Sal
Molho branco

Modo de preparo

No liquidificador, bater os ovos, farinha, leite e sal. Em uma frigideira com o auxílio de uma concha, despejar aos poucos o líquido para fazer as panquecas. Refogar a carne moída com a cebola, azeite e a cenoura. Acrescentar orégano e o molho de tomate.
Rechear as panquecas com a carne (em quadradinhos). Colocar as panquecas fechadas numa forma retangular. Cobrir cada Panqueca com 1 colher de molho branco. Acrescentar 1 fatia de queijo sobre o molho branco. Levar ao forno por 25 minutos a 180 graus.

Fonte: Lili Aguiar

Carnaval gastronômico: guia para saborear delícias brasileiras

Carnaval é época de folia, de felicidade e muita viagem. Uma boa forma de descobrir um pouco mais da cultura do local é se deliciando com os pratos típicos. Roberta Saldanha, autora do livro Culinária brasileira, muito prazer (ed. Alaúde), preparou um guia de cinco destinos brasileiros e os pratos típicos para conhecer ainda mais o seu destino. Confira:

Salvador-BA

acaraje tastemade

Acarajé: bolinho de feijão-fradinho frito no azeite de dendê, servido com camarão seco, cebola e molho ardente de pimenta. Típico da culinária baiana, o famoso bolinho foi tombado pela Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2004.O ofício das baianas do acarajé também foi reconhecido e regulamentado como profissão.

bebidas drinques
foto: Bebidas e Drinks

Capeta: bebida que mistura mel, guaraná em pó, limão-Taiti espremido e uma dose de bebida alcoólica (gim, rum, uísque, cachaça, conhaque ou tequila).

Rio de Janeiro-RJ

bolinho_bacalhau

Bolinho de bacalhau: herança portuguesa, iguaria apreciadíssima nos botecos cariocas, a massa que leva batata e bacalhau dessalgado desfiado é moldada na forma de pequenas bolinhas, fritas em óleo bem quente.

bombeirinho cocktail para todos
Foto: Cocktail Para Todos

Bombeirinho: drinque de botecos dos anos 1980, é uma mistura de cachaça com xarope de groselha.

Recife – PE

chegadinho veja sp
Foto: VejaSP

Chegadinho: biscoito de massa crocante, feito de farinha, açúcar e água em forma de canudo ou de cone, que leva nomes como cavaco chinês, biju, taboca, cascalho ou cavaquinho. Seco e quebradiço, o biscoito é comercializado por ambulantes, que anunciam a iguaria tocando triângulo pelas ruas.

capile comidas caseiras
Foto: Comidas Caseiras

Capilé: refresco de verão, feito com um pouco de vinho tinto, água e muito açúcar.

São Paulo – SP

bolovo godelicias
Foto: Gordelícias

Bolovo: bolinho frito de ovo cozido e carne moída, empanado com farinha de rosca, é tradição nos botecos da cidade paulista.

catuaba ibahia
Foto: Ibahia

Catuaba: destilado feito à base da planta que promete efeito afrodisíaco. Pode ser consumido quente ou gelado.

Fortaleza – CE

maxixada helena peixoto ed globo
Foto: Helena Peixoto/Editora Globo

Maxixada: prato que leva cebola, coentro e maxixe: leguminosa verde, redonda e de sabor suave, é ingrediente tradicional do Nordeste brasileiro, onde é largamente consumido em refogados e cozidos. O prato sofre variações em alguns estados nordestinos. No Ceará, é feito com carne seca.

aluás o mel e pimenta
Foto: Mel e Pimenta

Aluá: também chamado de aruá, tem origem indígena e é preparo com milho ou casca de abacaxi, água, raiz de gengibre (esmagada ou ralada) e açúcar. A mistura é posta para fermentar em pode de barro por no mínimo três dias. No Ceará é comumente preparada com farinha de milho e água.

Ouro Preto – MG

file a jk div

Filé à JK: filé mignon à milanesa, recheado com queijo e presunto, acompanhado de arroz com ervilhas e ovos, batata e banana fritas. Reza a lenda que o prato foi criado pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek em uma de suas inúmeras visitas a Minas Gerais.

pinga RODRIGO BARK getty
Foto: Rodrigo Bark/Getty Images

Pinga: bebida feita a partir da garapa, do caldo de cana fermentado. Recebe as mais variadas denominações, dependendo da região em que é consumida. As pingas artesanais da região de Salinas, em Minas Gerais, representam a excelência da bebida.

Carnaval também é tempo de se cuidar

Médicos do Hospital Sírio-Libanês dão dicas sobre como evitar problemas com o uso do glitter e alertam sobre importância do protetor solar, do repelente de insetos e do preservativo

O Carnaval chegou muita gente se prepara para sair nos blocos ou para viajar a fim de relaxar. Os médicos alertam que, nos dois casos, é preciso se precaver para evitar que a festa termine antes por causa de situações inesperadas como irritação nos olhos provocada pela maquiagem e queimaduras de sol. Ou, mais grave ainda, pegar febre amarela. Isso sem falar nas precauções necessárias para evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).

Mas, com pequenos cuidados, é possível evitar esses problemas e aproveitar a folia ou o descanso. Veja, abaixo, as dicas de médicos do Hospital Sírio-Libanês.

Glitter e maquiagem

olhos maquiagem brilho carnaval

O glitter e a maquiagem colorida fazem parte da rotina carnavalesca, mas eles exigem certos cuidados. O glitter, por exemplo, é uma partícula sólida e, se entrar no olho, pode arranhar a córnea (porção transparente, anterior do olho, como se fosse o vidro de um relógio). “Uma lesão na córnea, mesmo pequena, pode provocar dor, sensação de corpo estranho e vermelhidão ocular, podendo evoluir para infecções como conjuntivite e úlcera de córnea”, explica Newton Kara Jose Junior, oftalmologista do Hospital Sírio-Libanês.

Caso o produto entre no olho, o oftalmologista recomenda não esfregar, mas sim lavá-lo com bastante água corrente, inicialmente, ou instilar colírio lubrificante, preferencialmente. “Se não sair, é preciso ir a um pronto-socorro.”

Com relação à maquiagem, ele alerta: “Verifique a data de validade dos produtos antes de aplicá-los nos olhos”. Outra recomendação é não compartilhar produtos como base, sombras, lápis e pincéis – assim, evite maquiagem colocada à disposição de convidados em banheiros e camarotes, por exemplo. Os principais sinais de problemas provocados pelo mau uso de cosméticos são irritação e vermelhidão, olhos secos, coceira, visão embaçada, sensação de areia nos olhos, secreção e pálpebras inchadas.

limpeza maquiagem glitter fita

Por fim, mas não menos importante, o oftalmologista lembra que é necessário limpar toda a maquiagem ao chegar em casa: “Nunca durma com maquiagem. Isso evitará irritações nos olhos.”

Protetor solar

mulher tomando sol protetor solar

Para quem sairá em blocos, ou vai para a praia, o protetor solar é item obrigatório de acordo com médica dermatologista Cristina Abdalla. “O ideal é usar um protetor com FPS 30, que oferece quase 96% de proteção”, explica.

A médica alerta que o protetor deve ser usado mesmo que o dia esteja nublado. Além disso não esquecer das medidas gerais de proteção, como procurar a sombra, usar roupas protetoras, como chapéu, boné, camiseta etc.

A dermatologista explica que, para quem vai sair em blocos, o ideal é passar o protetor e só depois aplicar a maquiagem. Dessa forma, a pele fica protegida e não interfere na produção carnavalesca.

Outra dica importante é reaplicar o protetor a cada duas horas ou sempre que necessário, ou seja, depois de transpirar ou de entrar no mar ou piscina.

Febre amarela

mulher passando repelente - Foto WiseGeek

Para quem vai viajar no Carnaval, a recomendação da médica infectologista Mirian Dal Ben é se informar se a área tem registro de febre amarela. Há casos registrados recentemente no litoral paulista (norte e sul), vale do Ribeira e região Sul do país. Por isso, a vacina é essencial e deve ser tomada dez dias antes da viagem.Quem não pode tomar a vacina, caso de maiores de 60 anos com restrições médicas, gestantes, crianças com menos de seis meses e transplantados ou pacientes que tomam imunossupressores, devem usar repelente o tempo todo.

“Repelentes devem ser aplicados sobre a pele exposta e podem ser borrifados sobre as roupas, mas não é necessário passar o produto nas áreas cobertas pelas roupas”, explica a médica. Para gestantes e crianças, uma boa dica é usar roupas que cubram boa parte do corpo para que a quantidade total do repelente a ser aplicado seja reduzida”, afirma a médica.

Pode-se aplicar uma fina camada na face, colocando o repelente nas mãos, esfregando uma palma contra a outra e, em seguida, aplicando-o à face. Deve-se evitar o contato com os olhos e boca. “Mas lembre-se de higienizar as mãos depois da aplicação para evitar contato inadvertido com os olhos, mãos e genitais”, alerta a infectologista. E lembre-se de reaplicar o produto conforme a indicação da embalagem, pois ele vai perdendo a eficácia.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)

preservativo pixabay.png

Outro aliado importante e que não pode ser esquecido no Carnaval é o preservativo. É a forma mais eficaz e barata de se prevenir as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), como Aids, sífilis e gonorreia. De 2006 a 2015, a taxa de detecção de casos de Aids no Brasil entre jovens do sexo masculino de 15 a 24 anos aumentou em mais de duas vezes. O boletim do Ministério da Saúde aponta, também, um aumento expressivo no número de casos de sífilis no país. “Por isso, o uso de preservativo é muito importante”, alerta a infectologista Mirian Dal Ben.

Fonte: Hospital Sírio-Libanês