Arquivo da categoria: vinho

Vila Don Patto anuncia o lançamento de seu e-commerce

Inicialmente, a loja está com sucos e vinhos de sua marca e a partir de julho serão comercializados produtos de empório e presentes

A Vila Don Patto, complexo enogastronômico localizado no município de São Roque (SP), anuncia o lançamento de seu e-commerce. A partir de agora, sucos naturais e vinhos próprios da casa e que normalmente são comercializados na Adega Don Patto, poderão ser adquiridos com segurança e comodidade pelo site. Além disso, os clientes também poderão comprar itens de seu empório gourmet e presentes, totalizando assim o projeto da loja virtual.

linha-don-patto---ecommerce

Neste soft opening, a loja está com 5% de desconto e, entre as opções de vinhos estão Espumante Edma Del Patto Brut Branco 750ml (R$ 49,40), Vinho Don Patto Selezione Frisante Prosecco Demi-Sec 660ml (R$ 29,45), Vinho Don Patto Selezione Frisante Lambrusco Suave 660ml (R$ 29,45), Vinho Chileno Don Patto Terroir Cabernet Sauvignon 2019 (R$ 44,17). Já entre as bebidas não-alcoólicas no e-commerce tem Suco de Uva Integral Don Patto 1 litro (R$ 17,57) nas versões Tinto e Branco e o Suco de Uva Tinto Integral Don Patto 290ml (R$ 9,03).

pattao3
Para beber, vinho Pattão

Para realizar a compra de forma segura e rápida, as instruções do site são:

1) Basta navegar entre as diversas páginas de produtos (categorias, novidades, ofertas, destaques) e clicar sobre o ícone Comprar. Ou clicar em Ver Detalhes para maiores informações sobre o produto. Após isso o produto será inserido em seu carrinho de compras;
2) Continuar a navegação até escolher todos os produtos que deseja adquirir. Clicar no link à direita, Finalizar, e concluirá a compra;
3) Entrar com o email e senha. Caso não for cadastrado, cadastrar-se rapidamente clicando no link de Cadastro.
4) Feito isso, escolher a forma de envio do produto. As operações são via Correio. Pode-se optar por sedex ou encomenda simples, sendo que o Sedex tem um valor maior, porém, a entrega é mais rápida, por isso ele é mais recomendado.
5) Em seguida, basta escolher a forma de pagamento.
6) Demais instruções serão enviadas via e-mail após a finalização da venda.

Os pagamentos a prazo podem ser feitos com cartões: Visa, Mastercard, Diners Club International, American Express, ELO, Aura, Hipercard e Hiper. Já os pagamentos a vista podem ser efetuados por boleto eletrônico e Itaú, Discover, JCB, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal.

vinhos don patto

Todas as garantias são dadas pelos fabricantes, e variam de produto para produto. Elas serão informadas nas páginas de cada produto. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco. Para devoluções, os produtos deverão ser remetidos em suas embalagens originais e caso for constatado mal uso, o custo será por parte do comprador.

Informações: “Fale Conosco” da Vila Don Patto pode ser feito pelos telefone (11) 4711-1930, WhatsApp (11) 99774-7044, e-mail: loja@viladonpatto.com.br

Dia dos Namorados: Fabenne e L’Entrecôte de Paris presenteiam casais

O Dia dos Namorados está chegando e, especialmente este ano, casais e comércio estão se reinventando para que a data não passe em branco. Experiências como a de um jantar romântico em casa vêm se tornando cada vez mais comuns depois da chegada do novo coronavírus no Brasil e as recomendações de isolamento social que recentemente mudaram comportamentos.

É nesse cenário que a Fabenne , startup de vinhos bag-in-box e o L’Entrecôte de Paris , um dos mais famosos restaurantes de comida francesa no Brasil, se juntaram para presentear casais no Dia dos Namorados.

No dia 12 de junho, a cada prato pedido no restaurante via iFood, o cliente ganhará uma taça de vinho Fabenne. As opções incluem os três varietais da marca, que podem ser escolhidos no momento da compra: Cabernet Sauvignon (tinto), Moscato Giallo (branco) e Rosé (com uvas Malvasia e Cabernet Sauvignon).

vinhos entrecorte12
Foto: Maíra Duarte

Entre as unidades participantes estão restaurantes em São Paulo do Itaim Bibi, Jardins, Tatuapé, West Plaza, Campinas, Ribeirão Preto e São Caetano. Além disso, a ação também acontece no Rio de Janeiro, em localidades como Gávea e Barra da Tijuca, e nas cidades de Goiânia, Brasília e Curitiba.

Que tal harmonizar vinho com hambúrguer?

Especialista em vinhos, Paula Daidone, ensina como encontrar o vinho ideal para seu hambúrguer preferido

O hambúrguer coleciona apaixonados mundo a fora. Por conta de sua fama, ganhou uma data só para ele: 28 de maio. Nesse dia, o mundo inteiro celebra comendo hambúrguer, é claro. Mas que tal inovar e experimentar o seu harmonizado com um vinho?

Dia do Hambúrguer - Paula Daidone (002)

Por mais inusitado que pareça, o hambúrguer é uma receita que combina perfeitamente com a bebida. “O hambúrguer transcendeu. Deixou de ser comida de fast food para se tornar uma receita refinada. Hoje, figura entre opções em restaurantes sofisticados mundo a fora. É injusto não levamos em conta a bebida que irá acompanhar o prato”, afirma a especialista em vinhos Paula Daidone.

De acordo com Paula, existe um estilo de vinho ideal para cada tipo de hambúrguer. Desde os clássicos com carne de vaca até os novos plant-based. “Para fazer uma harmonização perfeita, devemos levar em consideração o ingrediente utilizado para a elaboração do hambúrguer”, explica a especialista.

Quando falamos da receita tradicional, que leva carne bovina com pelo menos 25% de gordura, o par ideal é um vinho tinto médio ou encorpado. O vinho tinto possui taninos que agem como um “limpador” da gordura proveniente da proteína animal. Ou seja, ele ajuda a secar aquela untuosidade deixada pela gordura. O tanino limpa a boca e neutraliza o paladar, preparando a boca para a segunda mordida.

Entre as sugestões de uvas, Merlot, Malbec, Cabernet Sauvignon e Syrah. “Particularmente, eu gosto muito da uva Syrah ou Shiraz para acompanhar um hambúrguer. Ela tem aromas que lembram pimenta do reino e isso combina muito com o tempero da carne. Inclusive, essa é minha dica para intensificar a experiência, escolher vinhos com aromas semelhantes à receita”, revela.

Hambúrgueres de frango e peixe, que normalmente são fritos, pedem por um vinho branco com acidez elevada. As uvas Alvarinho, Pinot Grigio e Sauvignon Blanc são excelentes opções. A escolha varia de acordo com a intensidade e peso do ingrediente usado como base.

Legumes e vegetais de sabor mais leve, como couve-flor, cenoura, brócolis, e tofu, vão bem com vinho branco como Riesling, Sauvignon Blanc e Chardonnay. Essa também é a melhor escolha para os grãos, como lentilha e grão de bico. Já preparações com ingredientes mais terrosos ou com sabor mais marcante, como berinjela e cogumelos, e os plant-based, aceitam um tinto leve, como Pinot Noir, Grenache, Tempranillo.

Paula Daidone - Dia do Hambúrgeur (002)

Para ajudar na sua comemoração, Paula preparou um vídeo com uma receita do famoso Smash Burger para acompanhar um vinho tinto da uva Syrah. Para assistir, clique aqui.

Sesmarias 2018, o sexto lendário da Miolo

A arte em forma de vinho num corte de seis castas da Campanha Meridional

Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Tannat, Tempranillo e Touriga Nacional. O Sesmarias Safra 2018 nasceu dessas seis castas, cultivadas em seis vinhedos próprios da vinícola Seival Estate da Miolo na Campanha Meridional. É uma criação precisa entre natureza e homem, uma experiência rica em detalhes que exige do enólogo sensibilidade a flor da pele, além, é claro, de muita técnica. O sexto vinho da série The 2018’s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários, chega com 6.930 garrafas de um vinho nobre único e poderoso.

É o primeiro tinto elaborado no Brasil com fermentação integral em barricas de carvalho. Todo processo de elaboração é minucioso e extremamente preciso. O cuidado começa ainda no vinhedo, onde nasce o vinho. A seleção contempla uma profunda triagem entre as próprias plantas, onde apenas os frutos perfeitos são colhidos. As uvas são cuidadosamente desengaçadas sem esmagamento.

A remontagem é feita com o rolamento da própria barrica. Tanto a fermentação alcoólica quanto a malolática acontecem na madeira em contato com as cascas. O corte dos seis vinhos estagia por mais de dezoito meses em barrica nova de carvalho francês. O vinho não passa por nenhum tratamento de estabilização para melhor conservar suas características naturais.

Elegante e longevo, o Sesmarias Safra 2018, ícone neste conceito, é um exemplar da vocação e expertise da Miolo na elaboração de vinhos tintos com qualidade internacional. “Aprendemos com a natureza e junto com ela aplicamos o que melhor sabemos fazer.”, destaca o enólogo Adriano Miolo, Diretor Superintendente da vinícola.

Este é o vinho mais conceitual da Miolo, tanto que esta, 2018, é apenas a terceira edição. O rótulo foi também produzido em 2008 e 2011, e agora também confirmado em 2020. É o único vinho da marca comercializado com exclusividade ao consumidor final em pré venda, a conhecida Vente en premier, prática dos grandes châteaux franceses, que resultou na comercialização de aproximadamente 50% do lote de 2018. Agora, a venda será aberta ao mercado nacional e internacional.

O vinho

Sesmarias 2018 (002)

De um vermelho escuro profundo mesclado com importante matiz de tom violáceo, este vinho tem uma fragrância arrebatadora, com predomínio de florais com depuradas notas de frutas negras bem amadurecidas, condimentadas com nuances de especiarias. É um vinho poderoso, altamente estruturado, com grande volume em boca e intrigantemente elegante, com taninos redondos e sedosos que proporcionam um retrogosto longo e muito demorado.

A sofisticação e o requinte do vinho Sesmarias exige também engrandecido acompanhamento gastronômico. Como se trata de um vinho elegante, longevo, corpulento, de acidez refrescante, harmoniza com iguarias à base de carnes nobres e de caça. Por ser um vinho moderno é um excelente parceiro de qualquer obra culinária, mesmo da tão em voga cozinha contemporânea. Ideal ser apreciado a uma temperatura que varia entre 16ºC e 18ºC.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 será compartilhada na taça por meio do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos serão lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

“Nos 30 anos da Miolo, podemos dizer que tivemos duas grandes safras, a de 2005 e a de 2018. Ambas foram semelhantes climatologicamente, porém muito diferentes do ponto de vista tecnológico. 2018 é, com certeza, a melhor safra da nossa história. Por isso, nós a chamamos de Lendária”, comemora Adriano Miolo. Ele explica, ainda, que a Safra 2018 ficará na história da Miolo, pois a vinícola produzirá todos os seus grandes vinhos elaborados, exclusivamente, em safras excepcionais. “Uma safra de qualidade como esta vem para coroar todo o trabalho de dedicação e inovação que foi realizado ao longo dos anos em prol da melhoria da qualidade”, afirma Miolo.

The 2018’s Seven Legendaries of Miolo surgem justamente para mostrar ao Brasil e ao mundo o potencial do vinho tinto brasileiro. Afinal, são sete vinhos tintos nobres, onde a Miolo é especialista, colocando o Brasil no mapa dos grandes rótulos mundiais.

testardiquintamerlo terroir

Lançamentos Safra 2018
1. Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
2. Testardi Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
3. Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
4. Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
5. Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
6. Sesmarias – Miolo / Campanha Meridional
7. Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

Informações: Miolo

Espumante Amitié é indicado pelo sommelier Manoel Beato como excelente opção

Um dos mais respeitados e premiados sommeliers do Brasil, Manoel Beato – que comanda, há mais de duas décadas a carta e o serviço de vinhos do Grupo Fasano – indicou o Amitié Brut como uma excelente opção de espumante por até R$ 50,00.

A indicação se soma a outras importantes premiações conquistadas pelo rótulo, atestando a qualidade e personalidade do espumante, elaborado pela enóloga Juciane Casagrande e pela sommelière Andreia Gentilini Milan, que uniram expertise e sensibilidade para criar a marca Amitié, há dois anos.

Produzido na Serra Gaúcha (RS) com as uvas Chardonnay (60%) e Malvasia (40%), o Amitié Brut tem aroma intenso de flores e toques de frutas tropicais que recentemente conquistaram os paladares dos mais de 100 jurados do Effervescents du Monde, maior degustação de espumantes do mundo, realizada na França, berço dos famosos champagne. Entre produtos de 22 países, o Amitié Brut conquistou uma medalha de prata.

“Para nós é uma alegria imensa a conquista de premiações e destaques de profissionais e concursos tão relevantes, com apenas dois anos de existência da Amitié”, resume Andreia Gentilini. “São indicativos bastante importantes do êxito de nossa aposta em desenvolver produtos únicos e chamam a atenção para o potencial da nossa marca”, finaliza Juciane Casagrande.

amitie
Os rótulos Amitié carregam em sua identidade a celebração inerente ao espírito dos espumantes e expressa o sentimento de amizade, presente também no nome da marca: ‘amitié’ é uma palavra francesa que significa amizade.

Informações: Espumantes Amitié

Miolo Wild Gamay 2020: vegano e livre de alergênicos

Vinícola resgata variedade agora com novo apelo, criando uma nova família. Vinho vegano e livre de alergênicos é o primeiro a exibir no contra rótulo o Selo The Vegan Society

Elaborado a partir de fermentação espontânea com leveduras selvagens, naturais da própria uva Gamay e sem a adição de sulfitos (SO2), o Miolo Wild Gamay 2020 chega com um apelo totalmente voltado para quem está em busca de produtos mais naturais.

É o primeiro do portfólio a exibir o Selo da The Vegan Society, como 100% vegano e livre de alergênicos. A novidade também chega para matar a saudade – quem não lembra do emblemático Miolo Gamay Nouveau? –, apostando na variedade que se tornou ‘o vinho da Páscoa’, por ser o primeiro de cada safra a ser lançado, porém com novo conceito.

Seguindo o método ancestral de maceração carbônica de cachos inteiros, este Gamay tem como grande diferencial a ausência de SO2 adicionado, que o torna único. A novidade abre uma nova família de produtos voltada ao consumidor jovem, que procura um vinho descomplicado, leve, frutado, democrático, ou seja, fácil de beber. Com edição limitada de 12 mil garrafas, a Miolo inova mais uma vez sendo pioneira no Brasil a desenvolver um Gamay desta forma, a exemplo do que ocorre na França.

Com 100% de sua produção vegana, agora certificada pela The Vegan Society, mais antiga sociedade vegana do mundo, reconhecida pela International Vegetarian Organization, a Miolo inaugura mais um capítulo de sua história ao exibir no contra rótulo do Wild Gamay 2020 o selo que comprova que a vinícola não usa nenhum coadjuvante de origem animal. Daqui para frente, todo vinho da Miolo chegará ao mercado exibindo em seu contra rótulo os selos da Vegan e da Alergenic Free, este cumprindo a legislação brasileira.

Para o enólogo Adriano Miolo, a proposta abre uma nova experiência. “Este é um vinho para quem está em busca de novidades, para quem busca produtos naturais, sem adição de SO2 e fermentação com leveduras selvagens. Conseguimos reunir neste Gammay todas as condições técnicas para viabilização deste novo conceito. É fantástico poder mostrar que fazemos vinhos altamente diferenciados”, destaca.

O Miolo Wild Gamay 2020 é o primeiro tinto da Safra 2020 a chegar no mercado, excelente opção para a Páscoa porque harmoniza muito bem com bacalhau.

O vinho

Miolo - Wild - Gamay 2020 (002)

Elaborado a partir de uvas cultivadas nos vinhedos do Seival, na Campanha Meridional, este vinho é resultado do processo de maceração carbônica de cachos inteiros e por gravidade, sem adição de sulfitos e fermentação com leveduras selvagens da própria uva. Límpido, de coloração rubi intensa com bordas violáceas, apresenta alta intensidade aromática e tipicidade trazido pelo processo de maceração, com aromas de morango, goiaba e maçã caramelada.

Na boca, um vinho de estrutura leve, equilibrado, extremamente agradável e descompromissado. Ideal ser degustado como aperitivo com temperatura entre 10°C e 12°C. Devido sua baixa concentração tânica harmoniza muito bem com saladas, sopas, peixes, massas de molhos brancos, pizzas, carnes brancas e queijos de massa mole e semidura, com destaque para o Emmenthal.

O lançamento está disponível, por R$ 52,09, na loja virtual Miolo.

Grappa di Amarone chega ao Brasil

RAR, em cobranding com a vinícola italiana MASI, apresenta a novidade

A bebida destilada, de agradável potência alcoólica, é produzida a partir de três tipos de uvas desidratadas, exclusivas da Itália. Reconhecida pela produção de maçãs, queijos e vinhos, a RAR, empresa idealizada por Raul Anselmo Randon, lança a Grappa di Amarone, produzida a partir da parceria que mantém com a MASI, vinícola italiana da região do Vêneto.

A origem do destilado, de agradável potência alcoólica, é de Serego Alighieri, que se localiza em Gargagnago di Valpolicella, propriedade da família descendente do poeta Dante desde 1353. Para produzi-la, três tipos de uvas desidratadas são utilizadas: Corvina, Rondinella e Molinara.

A produção da Grappa di Amarone é extensa. “Existe toda uma preparação para a realização do processo, que precisa ocorrer na temperatura e no tempo certo”, explica o diretor-superintendente da RAR, Sergio Martins Barbosa. Sobre as características únicas da bebida, ele descreve: “por ser diretamente ligada às uvas de origem, a Grappa confere percepção de doçura, que permite uma sensação saborosa, equilibrada e elegante”. Sérgio ainda fala sobre o melhor momento para a bebida ser degustada. “É ideal após o jantar, acompanhada de sobremesas, frutas secas e chocolate”, finaliza.

A parceria entre RAR e MASI deu origem à série “RAR MASI Wineproject”, que conta com duas linhas de rótulos, uma italiana e outra argentina. O projeto surgiu do encontro de seus fundadores, Raul Randon e Sandro Boscaini. “MASI e RAR são empresas familiares, venezianas, com uma longa história de negócios e com a mesma atitude em relação à busca pela beleza, bom gosto e qualidade. Consequentemente, a satisfação do consumidor”, finaliza Sergio.

grapa

Grappa di Amarone = Preço: R$ 200,00

Sobre a RAR

A RAR, de Raul Anselmo Randon, teve origem na fruticultura, com o cultivo da maçã na década de 1970. Hoje, é a terceira maior produtora e comercializadora da fruta no Brasil. Nos anos 1990, montou a primeira fábrica de queijo Tipo Grana fora da Itália lançando a marca Gran Formaggio. A RAR tem, em seu portfólio, linha de importados com queijos e acetos italianos, presuntos e salames italianos e espanhóis, e azeites de oliva chilenos. A linha de derivados é composta por creme de leite fresco, manteiga e queijo parmesão. A empresa, com sede em Vacaria (RS), ainda conta com linha de 19 rótulos entre vinhos e espumantes e azeite de oliva a partir de produção própria.

5180_serego_alighieri_grappa_liggend

Esses e outros produtos com a qualidade RAR podem ser encontrados na loja virtual da empresa.

Três receitas de drinques para curtir o Carnaval

Bartender cadastrado no GetNinjas ensina a fazer bebidas práticas e refrescantes que ajudam no “esquenta” antes do bloquinho

Ah, o Carnaval! Uma das festividades mais esperadas do ano une glitter, fantasias e muita alegria. Em um contexto tão festivo, drinks são essenciais. Pensando nisso, o bartender Flávio Felix dos Santos, que atende pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, preparou três receitas práticas para animar os dias de folia. Confira abaixo quais são elas:

Caipijuru

caipijuru

Ingredientes
Vinho branco com alto teor alcoólico, semelhante à pinga
Limão
Açúcar
Gelo

Modo de preparo
Encha um copo com gelo, acrescente o limão espremido, coloque o açúcar a gosto e complete o copo com o vinho branco. Misture com uma colher.

Juruaba

juruaba

Ingredientes
Vinho branco com alto teor alcoólico, semelhante à pinga
Bebida à base de Catuaba
Gelo

Modo de preparo
Encha um copo com gelo. Em seguida, complete o copo com medidas de iguais de vinho e Catuaba. Misture com uma colher.

Céu Azul

ceu azul

Ingredientes
Licor curaçau blue
Vodca
Refrigerante de limão
Gelo

Modo de preparo
Encha um copo com gelo. Acrescente uma dose de vodca, em seguida uma dose igual de licor curaçau blue e complete o copo com refrigerante de limão. Misture com uma colher.

Fonte: GetNinjas

Pisa da Uva na Quinta do Olivardo termina neste fim de semana

Evento tradicional da cultura portuguesa acontece em São Roque

Um dia diferente, cheio de tradição é o que oferece a 9ª Pisa da Uva da Quinta do Olivardo em São Roque. O evento tem sua última data desta edição no dia 8 de fevereiro, das 10h30 às 16h, e traz uma experiência incrível aos visitantes. O valor é de R$ 259,00 por pessoa, criança de 8 a 12 anos paga meia, menor não paga.

colheitauva 1uvas pisa

A tradição portuguesa já encanta os visitantes logo na entrada, quando todos recebem um chapéu de palha, uma cesta de vime e uma tesoura e, assim como os antigos colonos, são convidados a percorrer os caminhos entre as videiras para colher e provar os frutos.

pisa

Depois da colheita, começa a Pisa. “Esse processo manual separa as uvas da casca do sumo e da semente. Nas prensas esse processo demora minutos, mas com os pés é um trabalho de horas, que vale cada minuto, pois a qualidade e o sabor do vinho são densos em cores e sabores”, afirma Olivardo Saqui, proprietário da Quinta do Olivardo.

cortejo

A festa é animada pelo Grupo Folclórico da Casa da Ilha da Madeira Infanto Juvenil, que encanta a todos com suas músicas tradicionais portuguesas. Logo após a Pisa os convidados seguem para o almoço que tem no cardápio Bacalhau à Moda e Espetada Madeirense (ambos à vontade), 2 bolinhos de bacalhau por pessoa e 1 pastel de Belém. Todos ganham uma caneca personalizada do evento. Vinho e suco à vontade o dia todo.

9ª Pisa da Uva na Quinta do Olivardo
Onde: Estrada do Vinho, km 4, com acesso pelo km 58,5 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270)
Quando: 8 de fevereiro
Horário: das 10h30 às 16h
Quanto: Pisa da Família – R$ 259 por pessoa. Criança de 8 a 12 anos paga meia, menor não paga.

Carnaval é época de festa e combina com vinho Rosé Piscine

Foliões brasileiros estão cada vez mais aderindo aos vinhos rosés na data mais festiva do ano

No Brasil, poucas pessoas associam carnaval com o consumo de vinho. Porém, nos últimos anos, o folião brasileiro que curte todos os ritmos, do samba de raiz ao afoxé dos Filhos de Gandhy, tem aderido cada vez mais à essa típica bebida francesa. Por ser uma bebida refrescante, que pode ser servida gelada, ou com gelo, amantes do vinho rosé relatam uma experiência degustativa descontraída e sem necessidade de cerimônia, ideal para brindar a alegria de viver que é o espírito de carnaval.

Um levantamento recente divulgado pela Ideal Consulting mostrou que, no Brasil, o consumo de vinhos rosé importados quase triplicou nos últimos cinco anos. De acordo com Walter Junior, sócio-proprietário da Wine to You, distribuidora do Rosé Piscine no Brasil – vinho rosé feito exclusivamente para beber com gelo, e um dos franceses mais vendido no país – explica que o aumento de consumo do produto durante a época de férias mostra como a bebida caiu no gosto do brasileiro.

“O Rosé Piscine foi inspirado no verão das praias do mediterrâneo de Côte d’Azur, na França, onde são servidos drinks de vinhos rosés com cubos de gelo, e é muito consumido em momentos de descontração e festa”, explica o executivo.

Walter Júnior ainda diz que essa tradição francesa foi muito bem adaptada em terras para o paladar brasileiro: “Aqui no Brasil, essa bebida é uma boa companhia durante o carnaval, seja para subir e descer as ladeiras de Olinda, curtir o circuito Barra-Ondina em Salvador, pegar uma prainha em Florianópolis e aquela sunset com o melhor pôr do sol, dançar pelas ruas de Ouro Preto e a tradição dos ritmos estudantis ou, por fim, exaltar a passagem das escolas de samba em plena Sapucaí no Rio de Janeiro. No Brasil, em 2018, foram importadas aproximadamente 175 mil garrafas”.

Faltando algumas semanas para uma das maiores festas populares do Brasil, a expectativa da Wine2U é um aumento considerável nas vendas de sua linha de Rosé Piscine. Abaixo, confira as dicas de produtos da marca:

O Rosé Piscine tradicional é produzido na região sudoeste da França, em uma das vinhas mais famosas da região. A bebida tem em sua composição a uva 100% negrete e o paladar é de um vinho rosé de mesa suave, de aroma levemente frutado que traz notas de pêssego, limão e morango, com um toque especial de lichia que dá um toque exótico. O vinho rosé deve ser consumido a uma temperatura entre 6ºC e 8ºC, sempre acompanhando de 2 ou 3 pedras de gelo.

Vinho-Piscine-1

Preço sugerido: R$ 146,00 para 750 ml

O Sea Sun by Rosé Piscine é um vinho rosé frutado que está bem adaptado ao clima tropical, composto por um paladar suave e redondo, terminando em notas exóticas de framboesas e morango. Tem em sua composição uma variedade de uvas, entre elas a famosa Gamay, Muscat e Negrette que está presente em todos os vinhos da marca. O Sea Sun by Rosé Piscine é ideal para degustar com aperitivos, saladas, cozinha mediterrânea e queijos brancos de massa mole, e tem aroma floral e frutas vermelhas.

sea sun]

Preço sugerido: R$ 84,00 para 750 ml

O Rosé Piscine Freez é uma bebida charmosa e refrescante. O paladar é espumante e fresco, com uma boca intensa e suave e um final exótico. Traz um aroma de nariz floral com notas de flores brancas e rosas. O produto foi concebido na Itália, na charmosa região Piemonte, famosa pelas colheitas de uvas finas. Fabricado pela Vinovalie, trata-se de um vinho rosé com teor alcoólico de 7,5%, com produção de uvas 100% Moscato Rosso.

Rose-Piscine-Freez

Preço sugerido: R$ 146,00 para 750 ml

Informações: Rose Piscine