Arquivo da categoria: vinho

Receita de Steak Tartare e sugestão de vinho para harmonizar

Voilà! Quem disse que é difícil preparar clássicos franceses? A Wine.com.br preparou uma sugestão de prato com a harmonização perfeita. Agora é só por a mão na massa e se preparar para os elogios.

Dica: um dos macetes para fazer um Steak Tartare campeão é manter todos os ingredientes refrigerados até o momento do preparo – isso inclui a tigela que você for utilizar e os pratos para servi-lo. também não descuide da apresentação que, apesar de simples, deve ser caprichadíssima. E, já que a carne será consumida crua, não custa reiterar: compre de um fornecedor confiável.

Steak Tartare

img-harmonizacao.png

Ingredientes

600g de filé-mignon fresco e de origem confiável
2 pepinos em conserva picados
1 cebola-roxa pequena picada
2 colheres sopa de alcaparras picadas
4 colheres sopa de mostarda de Dijon
Molho de pimenta a gosto
2 colheres sopa de molho inglês
2 colheres sopa de suco de limão
2 colheres sopa de azeite
Sal e pimenta-do-reino  recém-moída a gosto
Salsa picada a gosto
4 gemas de ovos  de boa procedência (opcional)

Preparo
Com uma faca bem afiada, corte a carne em cubos muito pequenos. Misture a carne com os temperos até ficar homogêneo. Separe as porções  (utilize um aro para modelar, se preferir) e salpique a salsa na hora de servir. Retire o aro e derrame uma gema crua sobre cada porção  de steak tartare (opcional). Sirva com salada verde, torradas ou fritas.

Rendimento 4 porções
Tempo de preparo 30 min
Dificuldade moderada

Harmonização

18217-01
Baron Phiulippe de Rothschild La Bélière A.O.C. Bordeaux Rosé 2016
Bordeaux, França
Leveza e boa acidez que vão bem  com o prato. Notas de ervas frescas casam com o sabor da salsa da receita

Vinho em lata: versão rosé do Vivant está disponível no site e aplicativo da Evino

Evino, referência nacional em vendas online de vinhos, tem uma grande novidade. A partir deste mês de outubro, os consumidores encontram, tanto no site como no aplicativo da companhia, o vinho em lata Vivant, na versão rosé.

vivant.jpg

De acordo com o cofundador e coceo da Evino, Ari Gorenstein, o Vivant é um produto que tem o perfil da empresa, cujo propósito é democratizar, desmistificar e descomplicar o consumo da bebida. “Gostamos de quebrar tabus na Evino”, afirma o executivo. “E quer ruptura maior do que beber vinho em lata?”, questiona Gorenstein.

O Vivant rosé é feito com as uvas Syrah e Pinot Noir, tem aromas sutis de flores e frutas vermelhas e é refrescante, leve e fácil de beber. Com 269 ml, o vinho é ideal para quem não quer se preocupar em esquecer a garrafa na geladeira ou deseja consumidor a bebida sozinho.

Gorenstein ainda conta que a Evino também trouxe o vinho tinto em lata para os consumidores, mas a procura foi tanta que o produto esgotou em apenas cinco horas. “O vinho em lata pode ser consumido em qualquer lugar, em casa, em uma festa e na balada, por exemplo. Por isso, o sucesso entre nossos clientes”, comenta. “E, em breve, teremos outras opções de vinho tinto em lata no nosso site e no nosso aplicativo”, finaliza.

vinhoemlata.png

O Vivant rosé está disponível no site e aplicativo da Evino por R$ 14,90 a lata e por R$ 23,80 para quem adquirir duas latas.

 

Chega ao mercado nacional o Rosé Piscine Freez

Chega ao mercado brasileiro o Rosé Piscine Freez, frisante indicado para beber com cubos de gelo. A versão borbulhante da família Rosé Piscine, o vinho rosé francês mais vendido no Brasil em 2018, segundo dados da ideal Consulting, tem características do produto como o toque refrescante e festivo.

Concebido para satisfazer os novos padrões de consumo dos jovens, o Rosé Piscine Freez foi desenvolvido para ser consumido com cubos de gelo e é ideal para bebericar com um aperitivo, com os amigos à beira da piscina ou mesmo no campo, o vinho frisante chega ao mercado nacional para refrescar as noites do hemisfério sul.

rose piscine freez.png

O Rosé Piscine Freez é uma bebida charmosa e refrescante. O paladar é espumante e fresco, com uma boca intensa e suave e um final exótico. Traz um aroma de nariz floral com notas de flores brancas e rosas. O produto foi concebido na Itália, na charmosa região Piemonte, famosa pelas colheitas de uvas finas. Fabricado pela Vinovalie, trata-se de um vinho rosé com teor alcoólico de 7,5%, com produção de uvas 100% Moscato Rosso.

Durante a degustação, o vinho frisante deve ser servido em 8º C e com três pedras de gelo. Ele pode ser apreciado com frutos do mar, queijos leves, macarons e sobremesas a base de creme de baunilha.

Na origem desta nova forma de consumir vinho, há um homem: Jacques Tranier. O conceito do Rosé Piscine não foi inspirado em uma piscina, mas em um bar na Riviera francesa, um dos cenários mais elegantes e inspiradores para os franceses. Naquele dia, Jacques Tranier viu várias pessoas bebendo vinho rosé em taças de cognac, generosamente regado com cubos de gelo.

Foi como um profissional curioso que ele decidiu pedir ao garçom a mesma bebida, e, para seu espanto percebeu que o vinho perdia estrutura e complexidade após alguns poucos minutos, pois o mesmo era muito seco e não estava preparado para ser consumido com gelo. A partir desse momento, decidiu encarar o desafio de criar um vinho que tivesse estrutura para suportar o gelo por mais tempo, e de maneira prazerosa do início ao fim. Foi assim que em 2004 foi criada a primeira garrafa de Rosé Piscine.

Rose-Piscine-Freez-avec-reflet

Rosé Piscine Freez 750 ml – Preço sugerido: R$ 146,00

Informações: Rose Piscine 

 

Wine lança edição limitada de Casillero del Diablo no Brasil

O lançamento é uma comemoração ao Halloween e traz embalagem estilizada exclusiva

A Wine, maior clube de vinhos do mundo, e a vinícola Concha y Toro, maior empresa vitivinícola da América Latina, apresentam uma edição limitada do vinho Casillero del Diablo em comemoração ao Halloween. O novo produto, um Cabernet Sauvignon, é exclusividade da Wine e já está disponível no site.

Para Alexandre Magno, diretor de e-commerce da Wine, essa é uma oportunidade de trazer o Casillero del Diablo, um dos produtos mais pedidos e aguardados pelos nossos clientes e sócios. “Estamos muito animados com este lançamento, principalmente por ser a primeira vez que a edição limitada Concha Y Toro estará na Wine. Essa novidade reforça o nosso compromisso em inovar nosso portfólio para oferecer o que há de melhor em experiência ao nosso sócio”, completa o executivo.

O Casillero del Diablo Cabernet Sauvignon é um vinho de excelência, produzido com uvas selecionadas das principais regiões vitivinícolas do Chile, possui em sua essência uma mescla de sabores e estilo cuidadosamente trabalhados. Neste ano, pela segunda vez, foi reconhecido com 90 pontos no ranking do norte-americano James Suckling, considerado um dos críticos de vinho mais influentes do mundo.

“Esta é uma oportunidade única para quem aprecia um bom vinho, de adquirir uma garrafa exclusiva e limitada em comemoração ao Halloween”, acrescenta Lais Colla, brand manager da marca Casillero del Diablo.

DíadeMuertos (1)

Informações: Wine

Casillero del Diablo apresenta Red Blend, o vinho com espírito rebelde

Rótulo focado no público com atitude, que busca o consumo descomplicado de vinho, tem venda, inicialmente, apenas pela Evino

Um blend descomplicado com espírito rebelde. Esta é a definição do Red Blend, nova variação da Casillero del Diablo que acaba de chegar ao Brasil. O rótulo é voltado para um público moderno, que deseja um vinho premium e acessível ao mesmo tempo. O Red Blend está à venda inicialmente pelo aplicativo e pelo site da Evino, referência nacional em vendas online de vinhos, ao custo de R$ 49,90, na compra de uma garrafa, e por R$ 46,90, para quem adquirir três garrafas. Posteriormente, o vinho será distribuído também no varejo convencional.

O Red Blend é uma nova linha da marca Casillero del Diablo, sendo a 10ª variação a ser lançada no Brasil. Com um rótulo alusivo ao grafite urbano, o Red Blend faz parte das inovações disruptivas da marca. De acordo com o vídeo de lançamento, Red Blend foi pensado para atender aqueles com espírito rebelde, que procuram o desconhecido e gostam de quebrar as regras.

Composto por diferentes uvas do Valle Central do Chile, o Red Blend tem sabor aveludado com toque de ameixas e de taninos firmes. O aroma tem presença marcante de cereja e ameixa, além de notas de chocolate amargo. Por ser um blend, não tem pré-definição de harmonizações, embora seja um perfeito acompanhamento para variados tipos de carne.

Entre os reconhecimentos recentes, o Red Blend foi classificado como de “Great Value” pela Ultimate Wine Challenge 2019 e recebeu 90 pontos da Mesa de Cata de La CAV, grandes premiações da categoria de vinho. “Esse é um rótulo que chega com força ao Brasil por ser um blend de muita personalidade e claro, de alta qualidade”, afirma Lais Colla, gerente de Marketing de Casillero del Diablo no Brasil.

red blend.jpg

“O Casillero del Diablo é o vinho mais vendido no Brasil e trazer o Red Blend em primeira mão para o país é uma oportunidade única”, finaliza Ari Gorenstein, cofundador e co-CEO da Evino.

Informações: Evino

Esfriou: veja opções de bebidas para tomar em casa

Aproveite as baixas temperaturas, pegue sua mantinha, escolha sua série ou filme favorito e sirva uma dose de sua bebida favorita. Confira uma seleção com vinhos, uísques e até tequila entre R$ 120,00 e R$ 2.500,00 para você levar para casa e garantir que só sai de lá quando o calor voltar.

R$ 120,00 – Marques de Casa Concha Malbec

malbec.png

O lançamento Marques de Casa Concha Malbec é a prova viva de que a linha segue inovando e incorporando nos últimos anos mudanças na vinificação de algumas cepas mais emblemáticas. Da família Concha Y Toro, este vinho se caracteriza pela sua diversidade aromática, taninos firmes e notas de cereja ácida e ameixas negras. É frutoso, denso e vibrante, porém mantendo a complexidade no paladar com um final persistente.

R$ 300,00 – 1800 Tequila Añejo

-Anejo-F-750ML

De sabor picante e equilibrado, com notas de carvalho torrado, baunilha e caramelo, a tequila 1800 Añejo é envelhecida exclusivamente em barricas de carvalho francês por um período mínimo de 14 meses. De coloração dourada e sabores acentuados é ideal para pais que apreciam degustar tequila gelada, em estado puro.

R$ 348,00 – Triple Cask 12 anos

MAC-2018-Triple-Cask-12YO-Bottle-RGB-PNG-4

Mesmo sendo feito exclusivamente com cevada maltada e exclusivamente na destilaria da The Macallan, o líquido batizado de Triple Cask 12 anos visitou 3 diferentes tipos de barris de carvalho antes de ir para a garrafa. Disponível ao público brasileiro, é possível perceber delicadas notas adocicadas que remetem à baunilha e também suavidade em uma complexa combinação. Os barris utilizados na produção são de três tipos: carvalho americano que recebeu vinho de Jerez antes do whisky, carvalho europeu também com Jerez e ainda barris de carvalho americano que receberam Bourbon antes.

R$ 2.560,00 – The Macallan Rare Cask

Macallan-Rare-Cask-Batch-No2-2018-Pack-and-Bottle-700ml

Menos de 1% entre os 230 mil barris da The Macallan são os responsáveis pela preciosidade do Rare Cask, um single-malt da destilaria escocesa que carrega já no nome o destaque para um dos seis pilares da marca. O uso de barris excepcionais chegou a um patamar ainda mais especial nesta criação, que a cada lançamento recebe em seu rótulo o número do batch – seu lote de engarrafamento – e o ano no qual foi engarrafado. Ou seja, agora nas prateleiras brasileiras, será possível encontrar o segundo lançamento deste whisky, que foi envelhecido em barris tão raros que nunca mais existirão

Onde encontrar

Marques de Casa Concha: St. Marché (SP), Ville du Vin (SP), Empório Frei Caneca (SP).

1800 Tequila: Empório Santa Luzia (SP).

The Macallan Triple Cask e The Macallan Rare Cask: Loja de Whisky

Mais amor (e mais vinho), por favor

Um vinho para amadores: essa é a proposta dos rótulos I heart, que chegaram ao Brasil para embalar os apaixonados, os encontros com os amigos, o date ou aquele momento em que tudo o que se quer é curtir a própria companhia.

Por aqui, desembarcaram quatro versões – um tinto, um branco, um rosé e um prosecco – que vêm em rótulos cheios de amor, trazendo em destaque o nome da uva que compõe o vinho. E a experiência de consumo do I heart vai além dos seus aromas e sabores: a charmosa garrafa pode virar peça de decoração e também harmonizar perfeitamente com aquele close certeiro que vai direto para as redes sociais.

vinhos

Leve e refrescante, o branco I heart Sauvignon Blanc tem um toque picante de dar água na boca. Se a ideia é harmonizar a dica é: experimente. Ouse. Com carne levemente apimentada ou uma saladinha com salmão defumado e abacate vai ficar uma delícia.

Ouse também nas combinações com o tinto I heart Cabernet Sauvignon. Ele é versátil e democrático, podendo combinar ou descombinar (aka ‘harmonizar por contraposição’) com o menu ou, ainda, ser apreciado sozinho.

Para sentir estrelas no céu da boca, escolha o I heart Prosecco. Suas borbulhas são perfeitas para acompanhar petisquinhos e frutos do mar. La vie en rose na taça, que tal? Então opte pelo I heart Rosé! Fresquinho e jovem, fica delicioso com salmão.

A regra é consumir sem regras – mas com responsabilidade! Como o amor.

vinhpos

Os vinhos I heart podem ser encontrados em supermercados, lojas de vinho e empórios. Tinto, branco e rosé têm preço médio para consumidor final de R$ 59,90, e o Prosecco R$ 110,00.

#Iheart #iheartvinho #cantuimportadora #ch2a

Informações: Cantu Importadora – (11) 2144-4464

Acordo entre Brasil e Chile simplificará importação de vinhos orgânicos

Inédita no mundo, medida dará equivalência de produtos orgânicos comercializados entre os dois países

Um acordo de equivalência de produtos orgânicos de origem vegetal in natura e processados entre Brasil e Chile, que vigora desde o mês de abril, permitirá a simplificação da importação de vinhos chilenos orgânicos por distribuidoras, importadoras e lojas.

O acordo, assinado em setembro do ano passado, em forma de memorando pelas autoridades dos ministérios da agricultura dos dois países, estabelece que o Chile reconhecerá a certificação realizada no Brasil para produtos orgânicos e o Brasil também reconhecerá a certificação do Chile. O acordo é inédito na América do Sul e no mundo.

O acordo inclui produtos vegetais e processados de origem vegetal, para consumo humano, nos quais os vinhos são incluídos e é resultado do Memorando, assinado em setembro de 2018 pelos dois países, de reconhecimento dos sistemas de certificação e controle para a produção orgânica dos dois países.

O memorando determina que o Chile reconheça que o Sistema de Certificação de Produto Orgânico do Brasil cumpre as normas e objetivos do sistema de certificação agrícola orgânica chilena e, por sua vez, o Brasil reconhece que o Sistema Chileno de Certificação de Produto Orgânico está em conformidade com os padrões e objetivos do sistema de certificação de produtos agrícolas orgânicos no Brasil. Dessa forma, um produto que atenda ao padrão de certificação orgânica chileno terá garantia suficiente para o Brasil reconhecê-lo e vice-versa.

wines_of_chile_brasil___vinhedo_biodinamico.jpg

O acordo será válido por cinco anos e, segundo Claudio Cárdenas, chefe do departamento de Agricultura Orgânica, do SAG-Servicio Agrícola e Ganadero, do Chile, é inédito em diversos sentidos. Trata-se do primeiro deste nível assinado entre os países da América do Sul e é o primeiro no mundo que reconhece, sem restrições, os dois tipos de certificação orgânica: certificação de terceiros, na qual uma empresa certifica a operação orgânica de acordo com os regulamentos atuais de origem, e também o outro sistema, que é o de certificação própria (ou de primeira parte), realizado por meio de Organizações de Produtores, os chamados Sistemas Participativos, que cumprem os requisitos regulamentares que são estabelecidos e, consequentemente, a certificação é concedida. Este último sistema de certificação é garantido pela autoridade competente de cada país (SAG-Serviço Agrícola y Ganadero, do Chile e MAPA-Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Brasil).

O acordo abre a possibilidade de os produtos receberem uma certificação válida dos Sistemas Participativos de Garantia (organizações de agricultores orgânicos). Para poder exportar um produto orgânico, será necessário estar acompanhado do respectivo Certificado de transação, que deve ser emitido por um Organismo de Certificação reconhecido pelo Serviço Agrícola e Pecuária, sendo este um certificado de primeira parte ou uma organização de agricultores ecológicos.

No caso de vinhos, bem como outros produtos vegetais frescos e processados autorizados no âmbito deste acordo, para serem exportados e comercializados no Chile e no Brasil, haverá a necessidade da inclusão, pelos produtores, do selo orgânico chileno e brasileiro. No caso do Brasil serão dois selos: para diferenciar a origem da certificação, que poderá ser uma empresa certificadora ou uma organização de agricultores orgânicos no sistema participativo. Com o objetivo de começar e simplificar a operação, haverá um período de transição e adaptação, onde poderão ser utilizados rótulos com selo orgânico chileno ou selo orgânico brasileiro.

A expectativa de Claudio Cárdenas é que haja um aumento no comércio de produtos orgânicos em geral de ambos os países, já que o acordo tem como principais objetivos a promoção de ações que visem facilitar o comércio, bem como iniciativas e políticas que estimulem o desenvolvimento da produção orgânica de ambos países, mantendo uma comunicação fluida e colaborando mutuamente em questões de controle.

vinho amigos brinde.jpg

Angelica Valenzuela, diretora da Wines of Chile, diz que este acordo representa um grande avanço e que vai em direção às novas tendências do consumidor brasileiro que procura cada vez mais vinhos orgânicos e de qualidade premium. Para ela, esta medida também foi positiva para o trade, formado por importadores e distribuidores, por simplificar todo o processo de importação de vinhos orgânicos, que antes eram mais complexos.

A Wines of Chile foi criada com o nome de Associação de Vinhos do Chile, em abril de 2007, com o propósito de unificar os esforços da indústria chilena de vitivinicultura. A entidade reúne 74 produtores, que abrangem as diversas regiões vinícolas e é presidida por Aurelio Montes.

Site do vinho Rosé Piscine tem 72 horas de frete grátis para regiões Sul e Sudeste

De 28 (domingo) a 30 de abril (terça-feira) todo o site de Rosé Piscine, vinho francês feito para ser bebido exclusivamente com vinho, estará com frete grátis de todos os produdos da linha. São 72 horas dessa oferta imperdível.

A oferta é valida apenas para as regiões sul e sudeste, somente nas capitais (disponibilidade dos produtos enquanto durarem os estoques). Para as demais regiões existe frete promocional. Nas compras acima de 300 reais, o frete fica 10% no valor da compra. (exemplo: compra de R$350,00, frete fica em R$ 35,00).

rose-banner-drink

Perfeito para todos os momentos

Inspirado no verão das praias do mediterrâneo de Côte d’Azur, na França, onde são servidos drinks de vinhos rosés com cubos de gelo, o Rosé Piscine tem ganhado um patamar de glamour entre os brasileiros. Ideal para celebrar a qualquer momento, o vinho rosé é muito consumido, também, pela elite internacional, que frequenta lugares como Ibiza, Saint Barths e Saint-Tropez.

Vinho-Piscine-1

Rosé Piscine – Vinho rose de mesa suave
Origem: França
Região: Sudoeste
Produtor: Vinovalie
Uva: 100% Négrette
Graduação alcoólica: 11%
Temperatura: entre 6º e 8ºC – servir com 2 ou 3 cubos de gelo
Cor: rosa claro com tons salmão
Aroma: levemente frutado com aromas de pêssego, limão e morango
Sabor: toque de lichia com final exótico
Amadurecimento: vinho jovem pronto para consumo

Informações e onde encontrar: Rosé Piscine

Bistrô 558 promove rodízio de vinhos

Todos os dias, nos horários do almoço e do jantar, o Bistrô 558, charmoso restaurante no coração de Santo André, comandado pelo Chef Melchior Neto, promove um rodízio de vinhos brancos e tintos de rótulos chilenos e argentinos para degustar livremente por apenas R$ 49,90.

Para acompanhar a bebida, o bistrô oferece pratos com base na culinária franco-brasileira como o delicioso aligot (purê de batatas com muito queijo) acompanhado de alcatra grelhada e cebola crispy.

aligot com alcatra.jpg

Outra boa pedida é uma bela releitura da comida brasileira, com destaque para o picadinho de filé mignon cozido no vinho com um lindo ovo estrelado.

mil folhas.jpg

Além destes, destaque para os ceviches servidos de entrada e a maravilhosa sobremesa mil folhas com a logo do Bistrô impresso no chocolate.

imagem_release_1595966.jpg

Rodízio de vinhos no Bistrô 558
Horário: das 12h às 15h e das 19h às 23h (de terça à sábado)
das 12h às 16h aos Domingos
Valor: R$ 49,90 – Rótulos Chilenos e Argentinos – branco ou tinto
Endereço: Rua Cel. Ortiz, 558 – Vila Assunção, Santo André