Arquivo da tag: Abdo Salomão

Como tratar pequenas manchas que surgem com a idade devido à exposição solar

Dermatologista Abdo Salomão dá dicas de prevenção e tratamento para as melanoses solares, manchas escuras que surgem na pele conforme envelhecemos

Com o passar dos anos, nossa pele sofre com uma série de mudanças devido ao processo de envelhecimento, que são, em sua maioria, provenientes dos danos causados ao longo da vida por fatores como poluição e exposição solar desprotegida. Entre as alterações mais comentadas causadas por esses agressores estão as rugas, as linhas de expressão e a flacidez. Porém, é muito comum também que, com a idade, apareçam pequenas manchas escuras conhecidas popularmente como manchas senis.

“As manchas senis, também conhecidas como melanoses, são marcas acastanhadas do tamanho de uma lentilha que surgem em locais como mãos, braços, rosto e pescoço, sendo causadas principalmente devido a radiação solar, visto que essa estimula a produção de melanina, pigmento que dá cor à pele, levando assim a formação de manchas”, explica o dermatologista Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

melanose pele mancha scielo

Mas, apesar de serem constantemente relacionadas ao processo de envelhecimento, as manchas senis podem surgir em qualquer momento da vida, até mesmo nos mais jovens. Porém, por dependerem de fatores como exposição solar, tipo de pele e predisposição genética, é realmente mais comum que as melanoses surjam a partir dos 40 anos em pacientes de fototipo alto e após os 50 anos em pacientes de peles mais escuras.

“De qualquer forma, ao perceber o surgimento dessas manchas é importante buscar o auxílio de um dermatologista para tratá-las, pois, apesar de inicialmente não representarem nenhum risco à saúde, causando no máximo desconforto estético ao paciente, existe o risco das melanoses solares evoluírem para problemas mais sérios, como queratose actínia e câncer de pele”, alerta o dermatologista.

O ideal, no entanto, é prevenir o aparecimento dessas alterações, o que pode ser feito através da fotoproteção eficiente durante a vida. Para isso, é importante que, diariamente, você aplique um protetor solar com, no mínimo, FPS 30 e amplo espectro de proteção, ou seja, que proteja contra todos os tipos de radiação, inclusive da luz visível. De acordo com o especialista, é fundamental também que você reaplique o filtro solar ao longo do dia, se possível a cada duas horas, e evite se expor ao sol entre as 10h e as 16h, investindo também na proteção por meio do uso de chapéu e óculos de sol.

Tratamentos

Porém, se você já sofre com as manchas causadas pelo sol é possível clareá-las através da realização de tratamentos em consultório, como a aplicação do laser Vektra Microtarget, da plataforma Solon. “Trabalhando com comprimentos de onda muito curtos, na faixa de nanossegundos, o laser do tipo Q-Switch age diretamente no alvo, fragmentando o pigmento que dá com a pele em pequenas partículas que são imediatamente absorvidas e eliminadas pelo organismo”, afirma o médico.

Segundo o médico, as melanoses também podem ser tratadas com o auxílio da luz intensa pulsada Expert Light, que possui alta performance no clareamento de manchas, pois atua em diferentes profundidades da pele, sendo capaz de concentrar fótons em comprimentos de onda específicos que agem diretamente na melanina. “É possível ainda associar essas tecnologias ao drug delivery, aplicando diretamente na pele substâncias como o ácido tranexâmico, que age diretamente nos comunicadores celulares responsáveis pela pigmentação, bloqueando assim os processos inflamatórios relacionados a essas manchas”, destaca.

manchas_senis

O tratamento também pode ser feito em casa com o uso de dermocosméticos clareadores formulados com ativos como vitamina C, ácido retinoico, ácido glicólico, ácido kójico, ácido tranexâmico e niacinamida, que vão uniformizar a pele por meio da renovação celular, garantindo assim melhora na aparência das manchas.

“Porém, antes de optar por qualquer um desses tratamentos, o ideal é que você consulte um dermatologista. Apenas ele poderá realizar uma avaliação e indicar o melhor tratamento para o seu caso, seja no consultório ou em casa”, finaliza Salomão.

Fonte: LMG – Laser Medical Group 

Três tratamentos para clarear olheiras escuras

Laser, skinbooster e preenchimento são três técnicas para acabar com as olheiras, principalmente as de origem genética

A pigmentação escura ao redor dos olhos, a famosa olheira, é uma das coisas mais difíceis de se tratar, explica Abdo Salomão, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. “As olheiras podem ser pigmentares quando são castanhas e tem origem na melanina ou vasculares cuja cor provém da hemoglobina, quando são mais avermelhadas. Existem esses dois tipos. Em uma o predomínio é vaso. Na outra o predomínio é melanina, de forma genética”, explica.

olheiras13539564941_web_

O médico lista alguns tratamentos poderosos para resolver o problema:

Laser Vektra —  é um laser que aplicado nessa região e que melhora a textura e principalmente clareia as olheiras. “Ele melhora tanto o castanho que é o pigmento de melanina quanto o pigmento férrico que é o da hemoglobina. Vektra age no melanócito impedindo a célula de liberar o pigmento para as células mais superficiais. É como se o melanócito guardasse o pigmento para ele”, explica o médico. O ideal é fazer uma sessão a cada 15 dias, num total de 4 a 6 sessões. “As sessões são rápidas, duram 10 minutos, o tratamento não dói, não fica roxo, é possível fazer e o paciente ir trabalhar na mesma hora”, afirma.

Skinbooster —  uma técnica em que é colocado ácido hialurônico de baixa concentração na camada inferior da pele, na derme profunda ou no subcutâneo. “Ele aumenta bem a hidratação dessa região, ajuda a clarear e melhora rugas finas”, explica.

Preenchimento — “Também temos o recurso do preenchimento da goteira lacrimal. Pegamos ácido hialurônico de maior densidade, preenchemos e isso melhora o ângulo da região e aquele aspecto de olho fundo, escuro; tudo isso melhora bastante em uma sessão. O paciente já vê melhora na hora.”

Em casa

creme olhos.jpg

Para usar diariamente, cremes com a combinação do MeiYanol (antiolheira) com Hydroxyprolisilane CN (regenerador) e B-White (clareador) são boas opções, segundo a farmacêutica Mika Yamaguchi, diretora científica da Biotec Dermocosméticos.

“O primeiro diminui a inflamação além de ser quelante de ferro, por isso age nas olheiras férricas também; o segundo é um regenerador que recupera a elasticidade da região; o terceiro impede a síntese de melanina e atua quando a pigmentação tem origem genética”, explica. “Mas é importante sempre consultar um dermatologista que pode personalizar a fórmula”, finaliza.

Fonte: A LMG – Laser Medical Group

Lumina Face clareia manchas, suaviza rugas e devolve brilho natural da face

Apesar das rugas serem consideradas as principais marcas do processo de envelhecimento, outras alterações, como manchas e flacidez, também surgem na pele com o passar da idade. Pensando nisso, a LMG traz ao Brasil o Lumina Face, novo procedimento da multiplataforma Solon capaz de tratar, na mesma sessão, as mais diversas consequências do envelhecimento do tecido cutâneo.

manchas-pele-sol-mulher

“Indicado para o tratamento de manchas, sardas, vasinhos, flacidez, rugas e poros abertos, o Lumina Face reúne o laser Erbium:YAG Pro Collagen com a luz intensa pulsada Expert Light para promover rejuvenescimento completo da face”, afirma o dermatologista Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo o especialista, o tratamento inicia-se com a aplicação do Pro Collagen, que age de maneira mais profunda e é capaz até de conferir volume ao tecido sem a necessidade de nenhum tipo de preenchedor. “Isso por que o equipamento age desde a camada muscular até a derme, retendo água na pele e hipertrofiando os tecidos. Dessa maneira, ele aumenta a espessura da derme, enrijece os músculos e aumenta o volume dentro das células, conferindo o aspecto volumizador”, explica o dermatologista.

“Além disso, o Pro Collagen estimula o fibroblasto a produzir colágeno, retificando as células e, consequentemente, melhorando a textura da pele e promovendo o fechamento dos poros e a suavização das rugas”, completa.

Em seguida, é realizada a aplicação do Expert Light, luz intensa pulsada focada no tratamento de manchas, sardas, vasinhos e outras alterações tanto de origem vascular quanto pigmentar. “O equipamento possui alta performance no clareamento de manchas e outras alterações pigmentares por atuar em diferentes profundidades da pele, sendo capaz de concentrar fótons em comprimentos de onda específicos, dessa forma agindo diretamente no alvo necessário, seja ele a hemoglobina ou melanina”, destaca o dermatologista.

O resultado é o rejuvenescimento global da pele do rosto, com melhora das manchas, sardas, vasinhos, rugas, dos poros abertos, marcas do tempo e flacidez. “Para chegar a estes resultados são recomendadas três sessões com intervalos mensais entre cada uma delas e com novas sessões sendo realizadas anualmente para manutenção dos efeitos do protocolo”, ressalta Salomão.

A vantagem do procedimento é o fato de não possuir downtime, possibilitando ao paciente retornar as atividades imediatamente, e exigir somente os cuidados básicos após o tratamento, sendo necessário apenas que se invista em proteção solar e evite se expor ao sol até que as marcas que surgem na pele em consequência do procedimento sumam, o que leva de quatro a cinco dias.

Studio portrait of an attractive mature woman posing against a grey background
iStockPhoto

“Porém, o procedimento é contraindicado para pessoas com a pele bronzeado e que sofrem de vitiligo ou outras doenças fotossensibilizantes. Dessa forma, o ideal é que você consulte um médico especializado antes de realizar qualquer tipo de procedimento”, finaliza o médico.

Informações: LMG – Laser Medical Group

Procedimentos para definir músculos, elevar glúteos e tratar gordura, varizes e estrias

Saiba o que há de mais novo para tratar alterações estéticas como gordura localizada, celulite, estrias e varizes

Definir os músculos, perder medidas e elevar os glúteos, tudo isso sempre pareceu uma tarefa árdua, mesmo para quem é acostumado a passar horas na academia. Mas agora, novas tecnologias prometem dar um empurrãozinho para que você tenha o corpo dos sonhos. Confira:

Trate gordura localizada, celulite e flacidez 

Celulite

Total Sculptor é o único equipamento do mundo a associar criolipólise, ultrassom macrofocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada, promover remodelação corporal e definir o músculo, além de atuar na firmeza da pele e contra a celulite. “O protocolo começa com o congelamento das células (criolipólise) de gordura com consequente morte celular. Mas na mesma sessão, logo após a criolipólise, algumas células de gordura ainda são destruídas por um potente ultrassom macrofocado, que potencializa muito a perda de gordura localizada”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia). Enquanto isso, a corrente de estímulo muscular age, em uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. “Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a definição da área muscular”. O médico enumera as vantagens: “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior; o ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados; não há cuidados especiais pós-tratamento e nem downtime, ou seja, após o procedimento, o paciente pode voltar normalmente para suas atividades normais; uma sessão é necessária para atingir os resultados”, completa.

Defina a musculatura e reduza medidas 

corpor fita metrica magra

A tecnologia do EmSculpt é a única que ajuda a construir músculos e queimar gordura. “A tecnologia não invasiva Hifem (High-Intensity Focused Electromagnetic) induz contrações musculares supramáximas não alcançáveis por meio de contrações voluntárias. Quando exposto a essas contrações, o tecido muscular é forçado a se adaptar a essa condição extrema. Ele responde com uma profunda remodelação do interior da estrutura que resulta em construção muscular e queima de gordura”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da SBD. Uma das novidades é que, além da definição muscular, o tratamento também é indicado para lifting não invasivo dos glúteos. São necessárias de quatro a seis sessões.

Apague estrias 

estrias

Eletroderme é uma radiofrequência microagulhada com excelentes resultados para estrias. No método, as agulhas ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70ºC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas, explica Salomão. “A ação do Eletroderme provoca o estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos)”, completa. São necessárias, em média, quatro sessões com intervalos mensais.

Eleve o glúteo

corpo mulher

O glúteo recebeu destaque no último congresso da academia americana de dermatologia e o mundo deseja copiar o padrão brasileiro. “Agora, resultados discretos de melhora do formato e elevação do glúteo são conseguidos com os bioestimuladores do colágeno, aplicados no ápice e lateral do bumbum. Para um efeito mais marcante, maior quantidade do produto é necessária e não há riscos nessa aplicação, já que o produto não reage com o nosso organismo”, afirma a dermatologista Kédima Nassif, também membro da SBD.

Trate as varizes 

varizes-pernas-veias- winzy lee shuttestock
Foto: Winzy Lee/Shuttestock

O procedimento Clacs utiliza laser não-invasivo e injeções de glicose, para aumentar eficácia do tratamento contra as varizes e reduzir os efeitos colaterais. “Com o método combinado, o laser pode ser aplicado com energia mais baixa (o que diminui a dor no tratamento) emitindo pulsos de luz que penetram no corpo do paciente e são absorvidos pelo sangue – agindo nas varizes sem causar dano à pele”, explica Aline Lamaita, cirurgiã vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Logo em seguida, a glicose é aplicada nos mesmos locais onde foi realizado o laser, potencializando seu efeito e secando as varizes. Sendo assim, o método inovador reduz a quantidade de sessões. “Outros tratamentos também podem ser indicados, dependendo do grau das varizes”, acrescenta. “Em apenas três sessões, é possível notar uma melhora significativa, de 70%”, comenta a médica.

Fontes:
Abdo Salomão Jr: doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.
Aline Lamaita: cirurgiã vascular e angiologista, é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina.
Claudia Marçal: médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.
Kédima Nassif: dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.

Unhas fracas? Saiba o que fazer para mantê-las sempre saudáveis e bonitas

Dermatologista Abdo Salomão explica o porquê das unhas ficarem frágeis e quebradiças e dá dicas de como acabar com esse problema

A fraqueza das unhas é um problema que muitas pessoas enfrentam, atingindo cerca de 20% da população mundial. Mas, diferente do que muitos pensam, ter unhas frágeis e quebradiças não é normal, pois elas são um indicativo de que há algum desequilíbrio no organismo.

“Os principais sinais do problema são unhas finas, que descamam com facilidade, têm aspecto poroso e apresentam manchas e irregularidades, além de ficarem mais vulneráveis ao ataque de fungos”, explica o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Segundo o especialista, para resolver o problema, o primeiro passo é encontrar o motivo da fraqueza, que pode estar relacionada com diversos fatores como a baixa ingestão de proteínas e vitaminas, o uso constante de solventes e esmaltes à base de tolueno, microtraumatismos locais, o hábito de roer as unhas com frequência, e, principalmente, a retirada completa das cutículas. “As cutículas têm função de proteção e impedem a passagem de água e outras substâncias nocivas para dentro da matriz, que é a fábrica da unha”, afirma.

“A umidade excessiva ocasionada por exposição continua à água e detergentes também enfraquece a unha, além de causar uma inflamação nas matrizes germinativas e favorecer o crescimento de fungos nas unhas. Este processo inflamatório contínuo ocasiona uma parada temporária no crescimento e desenvolvimento das unhas, que, consequentemente, ficam fracas, finas e sem brilho.”

unhass

Mas é possível ter unhas fortes e bonitas por meio de mudanças nos hábitos e cuidados diários. Por exemplo, é essencial adotar uma alimentação saudável, ingerir de 2 a 3 litros de água por dia, manter as cutículas bem cuidadas, não utilizar esmaltes por, pelo menos, 10 dias no mês, fazer o uso diário de hidratantes e evitar a exposição prolongada à água e detergentes. “É importante ressaltar também que as unhas são constituídas de queratina, que é uma proteína. E a principal fonte de proteínas para o organismo é a dieta. Sendo assim, é importante consumir alimentos com bons níveis de proteína como ovo, peito de frango, amêndoas, brócolis, carne e peixes”, completa o dermatologista.

multi-station.png

Além disso, é importante buscar um dermatologista, pois apenas ele poderá dar o diagnóstico do problema, podendo prescrever bases fortalecedoras e fórmulas orais. Em casos extremos, é possível também aliar o tratamento diário com o uso de tecnologias, como o Laser Solon. “Com aplicações quinzenais e indolores, o Laser Solon possui uma ponteira de laser ND:Yag de 1064nm que estimula o crescimento das unhas, além de retirar a umidade em excesso”, destaca o médico.

Existem também produtos que ajudam a manter as unhas saudáveis e bonitas. Confira abaixo alguns deles:

base_fortalecedora_fortify_nails

Base Fortify Nails, da Pharmapele, é um tratamento para fortalecer, proteger e prevenir unhas descamativas, frágeis e quebradiças. O produto possui rápida secagem e alta durabilidade e sua fórmula traz um nanocomplexo de queratina hidrolisada, arginina e óleo de melaleuca, que promovem resistência e elasticidade, formando uma película flexível sobre as unhas. Outro destaque é a presença de Algisium, um ingrediente rico em silício e que favorece a síntese natural da queratina, deixando as unhas mais fortes e resistentes. A vitamina E e o Pantenol formam uma barreira natural que garante o brilho, proteção e aspecto saudável. O produto tem aplicação pré-esmalte e, em caso de unhas muito fracas, pode ser usado por 15 dias na unha limpa e sem esmalte.

serum_fortalecedor_fortify_nails

Sérum Fortify Nails, da Phamarpele, promove renovação e hidratação imediata das unhas e cutículas, proporcionando brilho natural e maciez desde a primeira aplicação. O nanocomplexo de queratina hidrolisada e a arginina ativam o crescimento das unhas, além de deixá-las mais flexíveis e resistentes à queda e descamação. A fórmula também traz óleos essenciais nanoencapsulados que, associados ao Pantenol e à vitamina E, são capazes de reparar, nutrir intensamente e desacelerar o crescimento da cutícula, deixando as unhas com aspecto de recém-feitas por mais tempo. O produto deve ser aplicado duas vezes ao dia e pode ser usado como pós-esmalte ou, em caso de unhas muito fracas, após a Base Fortify Nails em um tratamento fortalecedor.

micosione

Micozione, da Biozenthi, foi elaborado com ácido lático e salicílico e óleos vegetais fungicidas e bactericidas. A associação de todos estes ativos permite um excelente resultado para o tratamento de micoses de unha, com fortalecimento e reparação. O tratamento todo leva alguns meses dependendo do estágio em que se encontram as unhas. O produto não contém glúten, não é testado e nem conta com ingredientes animais. Quanto ao modo de uso, deve-se agitar antes de usar e depois pincelar por toda a unha, em ambos os lados e aguardar alguns minutos. Depois, pode retirar o excesso. É necessário aplicar de uma a duas vezes ao dia com a unha limpa. Para melhores resultados, no início do tratamento, corte toda a área afetada e lixe.

Fontes:

Abdo Salomão Jr é doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

LMG – Laser Medical Group 

 

Dez dicas de beleza para parecer mais jovem

Dos procedimentos aos cuidados com a saúde física, saiba o que fazer para realçar a sua beleza natural e exalar jovialidade

Truques de beleza fazem toda a diferença para esconder linhas de expressão e realçar a beleza natural. Muitas pessoas podem não se importar em querer parecer mais jovem, mas a maioria gosta de ser elogiada por isso. Se for o seu caso, preste atenção às dicas que médicos das mais diversas áreas dão para entregar os melhores truques para que sua pele fique mais jovem:

Aposte nos procedimentos mais naturais

laser estetica rosto mulher
Que o uso dos preenchimentos faciais à base de ácido hialurônico vieram para ficar, não é novidade. “Entretanto, estão sendo muito discutidas as técnicas de sua aplicação que visem resultados mais naturais e que promovam o efeito de lifting não cirúrgico na face. Agora, é possível atuar em pontos estratégicos para corrigir o desabamento da face”, afirma a dermatologista e tricologista Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Experimente um primer e não descarte o hidratante

pele rosto mulher
Quando as rugas e marcas estão aparentes, um bom primer pode ajudar a escondê-las. O seu efeito ‘lifting’ proporciona ao rosto um melhor semblante. Mas não esqueça dos hidratantes. “As peles mistas, secas ou oleosas precisam de hidratantes de acordo com a necessidade de cada uma. O produto dará a maciez que a pele precisa, dando aquela sensação mais aveludada de pele de bebê. É importante consultar um médico para saber qual o produto adequado para a sua pele”, afirma Jardis Volpe, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Enquanto um produto para pele oleosa deve ser em sérum ou gel, de preferência com ativos como Acneol SR e Miniporyl, pacientes de pele seca devem priorizar os cremes nutritivos, ricos em Hyaxel, Arct Alg e Nutriomega 3, 6, 7 e 9.

Escolha bem o corte, penteado e maquiagem

gettyimages- halle berry
Getty Images

Um bom corte faz milagres, isso não tenha dúvidas. Segundo especialistas, para dar um ar de jovialidade, os fios assimétricos fazem toda a diferença, então os cortes devem ser feitos com tesoura e navalha, que deixam o corte leve e sem marcas. Na hora de acertar o penteado, os coques deixam um aspecto despojado. A tricologista Kédima lembra: antes de realizar o processo químico, é importante fazer uma análise capilar e testar a resistência e a porosidade dos fios. “Após realizar uma descoloração, tintura ou alisamento, deve-se apostar no uso de produtos para reconstrução dos fios e nas hidratações potentes. No dia a dia, óleos reparadores e protetores térmicos são fundamentais”, afirma. Com relação às maquiagens, em peles com rugas ou flacidez, a base líquida com efeito iluminador é a melhor. O pó translúcido deve ser usado para selar a pele, em seguida o pó compacto pode ser usado para fazer um contorno; deve-se evitar o preto em peles maduras, pois a pálpebra começa a ficar mais caída nessa idade e o preto pode ir manchando e sobrecarregando o olhar.

Desfoque as olheiras

olheira cha camomila viralportalnet
Foto: ViralPortalNet

Quando se deseja um resultado rápido e momentâneo para as olheiras, Claudia Marçal, dermatologista da SBD, diz que a melhor opção é aplicar compressas de chá de camomila gelado por dez minutos e cabeceira elevada. “Isso promove vasoconstrição, diminuição do inchaço e ação anti-inflamatória pelo camazuleno e alfa bisabolol presentes na camomila”, afirma. No entanto, procure um especialista, que pode indicar cremes com meiyanol e b-white para ação antiolheiras.

Lembre-se: esfolie a pele facial

mulher rosto esfoliante liveabout
Foto: LiveAbout

A dermatologista Valéria Marcondes lembra que a esfoliação facial ajuda a manter o tecido mais jovem, pois estimula a renovação celular, melhorando a aparência de marcas e manchas e estimulando a produção de novas células, o que confere à pele renovação e uma textura mais homogênea. “Por remover o excesso de sebo acumulado nos poros, a esfoliação também previne a formação de cravos e espinhas, que nada mais são do que poros entupidos e, no caso das espinhas, infeccionados por bactérias. Além disso, o procedimento aumenta a capacidade de absorção dos cosméticos pelo tecido, deixando a pele pronta para a aplicação de cremes”, destaca.

Use sempre o protetor solar

mulher tomando sol protetor solar
Para evitar melasma, outros tipos de manchas no rosto e câncer de pele, o fotoprotetor é fundamental. “As manchas de pele são provocadas, sobretudo, por um pigmento chamado melanina, que dá a cor marrom para a pele e seu estímulo depende da radiação ultravioleta que vem do sol. Tanto a UVB quanto a UVA podem causar manchas de envelhecimento”, explica o dermatologista Jardis Volpe. “Novas manchas podem surgir por conta do sol tomado há muitos anos, e por causa disso, novas lesões podem aparecer na mesma região tratada. Se a pessoa continua tomando muito sol, o problema se agrava”, explica. Ele acrescenta que a radiação UVA ultrapassa vidros e janelas e pode causar manchas e acelerar o envelhecimento da pele. Por isso: use sempre filtro solar de no mínimo FPS 30.

Cuide das sobrancelhas e valorize os cílios

sobrancelha desondulação

Uma sobrancelha muito fina e rala pode não ajudar. Você pode optar por uma micropigmentação, caso ache que vá facilitar a sua vida, ou simplesmente passar um pouco de sombra marrom no dia a dia. Já os cílios bonitos deixam o olhar mais levantado e expressivo. Escolha um rímel adequado para deixá-los mais definidos e separados, o que dará um toque jovial. “Não esqueça de usar o demaquilante adequado para evitar acúmulo de produto e causar inflamação e alergias”, afirma a Claudia Marçal.

Dê atenção aos lábios

labios
Quando a mulher envelhece, os lábios tendem a afinar. Além de mantê-los sempre hidratados, já há um tratamento para preencher os lábios sem agulha. Trata-se do Pro Collagen V+ especialmente desenvolvido tratar rugas periorais e realizar resurfacing labial. “O laser Pro Collagen V+ utiliza a tecnologia Erbium:YAG 2940nm de forma inovadora, pois age através de um pulso tão longo que a dissipação de calor se dá tanto na derme profunda, quanto na musculatura dos lábios”, explica o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da SBD. Dessa forma, o calor produzido pelo laser de forma modulada e com temperatura pré-programada promove o endurecimento e volumização dos lábios, deixando-os maiores, mais rígidos e com aspecto jovial e volumoso. O resultado completo é visto após três ou quatro sessões de 15 minutos.

Cuide das suas mãos, cotovelos, pescoço e colo

papada pescoço mulher meia idade

Essas áreas nem sempre são lembradas na hora dos cuidados. Quando negligenciadas, podem envelhecer mais cedo. Portanto, tenha uma alimentação adequada, aposte em um creme anti-idade e também faça uso do protetor solar. “De preferência logo após o banho (5 a10 minutos), aplicar em camada generosa hidratantes ricos em óleos emulsionantes (óleo de oliva, óleo de girassol e óleo de canola), sequestradores da molécula de água (ureia, ácido hialurônico e lático) extratos vegetais (lavanda, camomila, frutos vermelhos aloe vera), nutriomega 3, 6, 7 e 9 e vitaminas como a E, B5, C e F. Lembrar também das mãos e unhas, retirando o esmalte pelo menos um ou dois dias por semana antes de esmaltar novamente”, explica Claudia Marçal.

Cuide da saúde física e mental

Outdoor Running Series
“Durante a atividade física, toda a nossa circulação fica mais solicitada. O sistema arterial (sangue que ‘alimenta’ os músculos em movimento, por exemplo) aumenta seu fluxo, e consequentemente, o aporte de nutrientes e oxigênio para todos os tecidos, inclusive a pele. Os sistemas venoso e linfático também aumentam a velocidade de drenagem, retirando toxinas e diminuindo a retenção de líquidos. Isso se reverte na pele deixando-a mais hidratada, corada e mais viçosa”, explica a angiologista Aline Lamaita, médica atuante em Medicina do Estilo de Vida e membro do American College of Lifestyle Medicine. Um aspecto mais jovem também é sentido no jeito da pessoa. Caso você não se sinta bem com a sua mente em algum aspecto, procure uma psicoterapia.

Fontes:

Abdo Salomão Jr: é doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo), sócio-efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.
Aline Lamaita: cirurgiã vascular e angiologista, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine.
Claudia Marçal:  médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).  É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.
Jardis Volpe: dermatologista; Diretor Clínico da Clínica Volpe (São Paulo). Formado pela Universidade de São Paulo (USP); Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Membro da Sociedade Americana de Laser, da SBD e da Academia Americana de Dermatologia; Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela FMABC; Atualização em Laser pela Harvard Medical School.
Kédima Nassif: dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC.
Valéria Marcondes: Dermatologista da Clínica de Dermatologia Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser.

Equipamento reúne tecnologias para reduzir gordura, celulite e flacidez

Procedimento com resultado em uma sessão para gordura, Total Sculptor é a única plataforma corporal do mundo a associar criolipólise, ultrassom inovador focado em gordura, corrente de estímulo muscular, além da radiofrequência multipolar (para flacidez e celulite) e criofrequência (para gordura).

Chega ao mercado Total Sculptor, uma nova plataforma de tratamento corporal que oferece maior rapidez nos resultados de diminuição de medidas, definição do contorno corporal, melhora da celulite e enrijecimento da pele. Isso acontece porque o equipamento é o único do mundo a associar criolipólise, ultrassom macrofocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada e celulite, promover firmeza e remodelação corporal, além de ajudar a definir o músculo

“Essa associação de tecnologias em uma mesma máquina é exclusiva e pode ser associada em uma mesma sessão. O trunfo do procedimento é associar duas tecnologias padrão ouro no tratamento de gordura: a criolipólise e o ultrassom macrofocado. E o mais brilhante é que, durante o tratamento de gordura, também há estímulo do músculo”, comenta o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

O equipamento dispõe de duas ponteiras de criolipólise que tratam ao mesmo tempo duas áreas do corpo e fazem um congelamento tridimensional. “A criolipólise é um método não invasivo que elimina as células de gordura através do frio, com segurança. A aplicação em baixa temperatura promove a redução da área pela destruição seletiva das células de gordura por congelamento”, explica.

No mesmo momento em que é feita a criolipólise, a corrente de estímulo muscular começa a agir: “É uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a definição da área muscular.” Essa tecnologia já existe há algum tempo, segundo o dermatologista, mas é a primeira vez que é associada à criolipólise no momento do procedimento.

Logo após à criolipólise, entra em cena uma das tecnologias mais comentadas dos últimos congressos de Dermatologia: o ultrassom macrofocado para gordura, que “derrete” a célula de gordura condensada pelo frio. “Ele vibra intensamente o ponto e destrói a gordura no momento da aplicação. Trata-se do mesmo ultrassom que foi feito para quebrar pedras nos rins, mas nesse caso ele está focado para queimar gordura e potencializar ainda mais o resultado da criolipólise”, explica o dermatologista.

Segundo o médico, a técnica dói só no início do procedimento. “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior. O ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados”, garante. Não há cuidados especiais pós-tratamento e nem downtime: “Após o procedimento, o paciente pode voltar normalmente para suas atividades normais.”

Uma sessão é necessária para atingir os resultados. “A perda de gordura é muito maior do que todos os métodos não invasivos que vieram até então. Primeiro porque tem a criolipólise, segundo porque a gordura congelada vai ser quebrada na hora e terceiro porque melhora a musculatura”, explica o dermatologista.

mulher corpo banho beautyheaven
BeautyHeaven

O procedimento é seguro e não há risco de trombose segundo estudos da empresa: “essa gordura é metabolizada e boa parte (lipossolúvel) sai pela bile enquanto a parte hidrossolúvel sai pela urina”, assegura. Os resultados são visíveis logo após a primeira semana e a perda máxima é depois de três meses. Como dispõe de radiofrequência multipolar, há ainda a possibilidade de aquecer a pele para promover o colágeno, tratar celulite e enrijecer.

Contraindicações: grávidas, pessoas com intolerância ao frio, pacientes que não podem fazer radiofrequência ou que têm marcapasso cardíaco não podem fazer o procedimento.

Informações: LMG – Laser Medical Group

Salvar

Tratamentos rejuvenescedores para um rosto impecável e rápida recuperação

Alterações na textura da pele, flacidez e manchas são alterações estéticas difíceis de serem tratadas com dermocosméticos, por esse motivo é melhor recorrer a procedimentos dermatológicos, que usam tecnologias como lasers e radiofrequências para acelerar os resultados

Nos últimos anos, as cirurgias plásticas com cunho estético despencaram em número, enquanto os procedimentos menos invasivos obtiveram crescimento expressivo. Além disso, a procura por procedimentos dermatológicos tem crescido. “As manchas do sol, as alterações de textura, os poros abertos e as olheiras são problemas que podem ser solucionados de maneira muito mais rápida e efetiva com lasers”, aponta Abdo Salomão Jr, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

O especialista explica quatro tratamentos menos invasivos que podem ser feitos nos consultórios dermatológicos e com curto tempo de recuperação:

Manchas e olheiras – Procedimento: Vektra QS

olhos olheiras
Usado no tratamento de melasma, manchas, olheiras e remoção de tatuagens, o laser Vektra QS, da plataforma Solon, tem duração de pulso de 15 nanossegundos e é fracionado. “Solon Vektra age no melanócito (células produtoras de melanina) impedindo a célula de liberar o pigmento para as células mais superficiais. É como se o melanócito guardasse o pigmento para ele, por isso acaba clareando”, afirma o médico. Com relação às olheiras, Vektra melhora a textura e principalmente clareia: “Ele age tanto no castanho que é o pigmento de melanina quanto no pigmento férrico que é o da hemoglobina”, afirma. O ideal é fazer uma sessão a cada 15 dias (total de quatro a seis sessões rápidas). O resultado dura um ano, depois é necessário fazer manutenções. “Esse procedimento é bem interessante porque consegue chegar onde não conseguíamos com as tecnologias anteriores”.

Poros abertos -Procedimento: Eletroderme (+ Laser Pro Collagen)

poros
Segundo o dermatologista, a associação da radiofrequência microagulhada Eletroderme com o laser 2940 Pro Collagen resolve o problema dos poros abertos com efeito benéfico sobre a textura da pele. “A radiofrequência microagulhada Eletroderme penetra profundamente na pele, promovendo coagulação, aquecimento e reorganização das fibras de colágeno. A temperatura da derme chega até a 70ºC, estimulando a regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos)”, explica o médico. Já o laser 2940 Pro Collagen age na derme estimulando intensamente o colágeno. Este novo colágeno melhora o tônus da derme fazendo com que os ductos das glândulas se fechem com melhora da sua aparência”, completa. A associação é feita da seguinte maneira: um mês é feito o Eletroderme, no segundo o Pro-Collagen. “Em três meses a melhora é exuberante e definitiva”, garante.

Alterações na textura e cicatriz de acne – Procedimento: Eletroderme

274172_573153_saiba_como_se_livrar_da_acne_web_

“Para cicatriz de acne, o recurso mais moderno e atual, que se fala em todo congresso, também é o Eletroderme, uma radiofrequência microagulhada segura, profunda, com resultados rápidos e oferece a possibilidade do drug delivery, com abertura de canais para inserção de fármacos como o ácido retinoico, Vitamina C, Ácido Hialurônico Hyaxel, Silicium P e Progenitrix, que ajuda na renovação das células”, explica. A ação de neocolagênese da radiofrequência microagulhada é potencializada com o uso das substâncias.

Flacidez facial – Procedimento: D&D (Drug Delivery Digital)

mulher rosto
A novidade D&D, drug delivery digital, é um procedimento que acaba com a flacidez facial em sessões rápidas. “A técnica permite a inserção de ácido hialurônico na região facial por meio de agulhas, com total controle do médico e na dosagem perfeita, que é 100% aproveitada”, explica. A substância promove firmeza ao estimular as fibras de sustentação da pele. Segundo o dermatologista, diferente da técnica de drug delivery comum, em que as microagulhas perfuram a pele e as substâncias são aplicadas posteriormente aproveitando esses canais de entrada das agulhas, o D&D funciona como uma injeção, então não há perda de substância na camada mais superficial da pele. “Com a nova tecnologia D&D, as agulhas fazem a entrega dos ativos diretamente no alvo, como se fosse uma ‘injeção’. Por isso, D&D permite um tratamento homogêneo e preciso”, afirma o médico. O tratamento para flacidez facial é feito em quatro sessões mensais. “Após 30 dias da primeira sessão já é possível notar mais firmeza, com melhora do aspecto geral da pele. Diferentemente de cirurgias, que tem pós-operatório complicado, o D&D tem tempo de recuperação tranquilo. Além disso, não fica cicatriz”, finaliza o médico.

Fonte: Abdo Salomão Jr é doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo), sócio-efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

Sinais que a pele está envelhecendo mais rápido do que deveria e o que fazer para evitar

Algumas evidências do envelhecimento aparecem com a idade, outras — mais sutis — servem para ativar o sinal de alerta: alguma coisa pode estar errada nos cuidados com a pele

Alguns momentos são bem claros ao evidenciar que o envelhecimento chegou e muitos a gente sente (e nota) na pele: sulcos da testa, pés de galinha, e bolsas abaixo dos olhos. E há alguns que aparecem antes mesmo de você envelhecer, segundo especialistas. Apesar da sutileza com que surgem, você deve ficar de olho nestes sinais.

“E tendo em vista esses indícios, podemos indicar tratamentos preventivos com respostas mais eficientes e que evitam o aparecimento de rugas, flacidez e outras alterações causadas pelo fotoenvelhecimento”, explica o dermatologistaJardis Volpe, da Clínica Volpe (SP). “Quanto antes você notar, com ajuda do médico especialista, melhor será sua aparência e o trabalho preventivo”, acrescenta.

Fique de olho nos cinco presságios que podem acender o sinal de alerta:

Manchas de sol aos 20/30 anos no rosto

manchas-pele-sol-mulher

A presença de manchas ou sardas tem relação direta com a fotoexposição solar precoce e intensa até os primeiros 20 a 25 anos de vida, explica a dermatologista Claudia Marçal. “Já existe um declínio na capacidade de reparo e proliferação celular, pois após os 25 anos em média, temos a primeira perda no metabolismo de regeneração e começamos a ter deficiência em produzir espontaneamente os antirradicais livres e antiglicantes que combatem os superóxidos que envelhecem o nosso organismo”, explica a dermatologista. Isso, segundo a médica, facilita o aparecimento de manchas.

“Indícios como as hiperpigmentações solares são um importante sinal de alerta dos danos cumulativos do sol”, comenta Volpe. E, nesse momento, a consulta com o dermatologista é primordial, pois ele pode prescrever fórmulas ou até mesmo fazer um tratamento em cabine com Picoway, um laser ultrarrápido, sem downtime (tempo de recuperação) e com pulsos em picossegundos que, ao entrar em contato com o cromóforo (pigmento), fragmenta a mancha em pedaços minúsculos, sendo então absorvida pelo organismo.

Após o procedimento, protetor solar de amplo espectro, com FPS de no mínimo 30, é indicado e anteriormente deve ser aplicado creme com Vitamina C e E, como U.SK Super C Restorative Cream, da Under Skin – que combina os dois ingredientes e apresenta a Vitamina C altamente estável e a 20%.

Rugas ao longo das bochechas

mulher-espelho-rosto-rugas

“As pessoas desenvolvem rugas com o movimento e expressões, de modo que não é realmente um mau sinal de envelhecimento. Mas se as linhas finas e rugas aparecem no meio das bochechas, nos vinte ou trinta anos, é hora de se preocupar”, explica o Dr. Jardis. Além das expressões, o sol aparece de novo como um grande vilão. Para rejuvenescer a região, o dermatologista Abdo Salomão indica sessões de DermAction, um ultrassom microfocado que é novidade no Brasil. A tecnologia atinge até o músculo e em apenas uma sessão promove melhora significativa no aspecto da pele, por causa do estímulo de produção de colágeno.

“O músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação e isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento”, afirma o dermatologista. Em casa, o ácido hialurônico é um ingrediente que pode ser usado, como os manipulados com Hyaxel e DSH CN (baixo e alto peso molecular). Além disso, o dermatologista Dr. Jardis enfatiza a importância dos nutracêuticos, com substâncias como Exsynutriment, Bio-Arct e In.Cell, que agem de dentro para fora promovendo estímulo de colágeno.

Pescoço irritável e flácido

papada pescoço mulher meia idade

Claudia Marçal explica que o pescoço é uma região cuja pele é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região. O fotodano provoca, então, envelhecimento precoce e influencia também na função de barreira, deixando a pele facilmente irritável e mais flácida. A solução? A tecnologia do Legacy, uma poderosa radiofrequência que aquece a região e tem resultados expressivos nas rugas, flacidez e colares que aparecem no pescoço.

Sua pele está mais sensível que o habitual

rejuvenescimento envelhecimento.jpg

“A pele é parte de um sistema que precisa estar em equilíbrio, então, se o paciente está em desordens alimentares, em privação ou carência nutricional, ou fazendo uso de medicamentos de controle de colesterol (quando essas concentrações são altas), a pele que já tem tendência a ser mais sensível, pode se tornar-se mais seca”, explica a dermatologista.

“Essa sensibilidade, que pode vir conjuntamente com coceira, também é um presságio importante de que alguma coisa na sua rotina de beleza não está em ordem”, comenta Volpe. É necessário fazer uso de vitaminas orais como FC Oral, In.Cell e Bio-Arct, ter alimentação balanceada e aplicar produtos tópicos com ação calmante e altamente hidratante, como U.SK Advanced Defense Booster, que traz uma concepção exclusiva com ácido hialurônico que hidrata por mais de 24 horas, ácido maslínico para potente ação anti-inflamatória, calmante e hidratante, além do ácido ferúlico que é um poderoso antioxidante.

Seu olhar já não é mais o mesmo 

thumbnail coceira olhos
Thumbnail

“A região dos olhos é bastante sensível e delicada, com característica e estrutura epidérmica diferenciada. A área também conta com a fragilidade das fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação dessa pele que fica, em média, 6% mais fina a cada dez anos”, explica Volpe.

Na região, as olheiras pioram com a alimentação rica em açúcar e sal pois, assim como o álcool, torna a pálpebra mais inchada e o pigmento depositado mais evidente. “As olheiras mais violáceas ou mesmo as mistas com tons acastanhados e arroxeados podem surgir por noites mal dormidas, por excesso de bebida alcoólica, tabagismo, na TPM, entre outras causas”, comenta Claudia.

Além dos tratamentos em consultório, uma novidade é U.SK Dual Eyes, um poderoso bálsamo duplo (diurno e noturno) para tratar olheira, flacidez e rugas na região dos olhos.

Fontes:
Abdo Salomão Jr.: Dermatologista de Guaxupé (MG), Doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Membro da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

Claudia Marçal — Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.

Jardis Volpe — Dermatologista; Diretor Clínico da Clínica Volpe (São Paulo). Formado pela Universidade de São Paulo (USP); Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Membro da Sociedade Americana de Laser, da SBD e da Academia Americana de Dermatologia; Pós-graduação em Dermatocosmiatria pela FMABC; Atualização em Laser pela Harvard Medical School.

Ultrassom DermAction remodela e deixa pele facial firme em apenas uma sessão

A mais nova tecnologia para promover lifting facial não cirúrgico, remodelando a face e deixando a pele firme, é o DermAction, um ultrassom microfocado que — com apenas uma sessão — estimula a produção de colágeno para acabar com a flacidez facial e corporal.

“Diferente de outros aparelhos, ele atinge também o músculo, enrijecendo-o e tornando-o mais firme”, explica o dermatologista Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Com indicação para flacidez de pele, de leve a moderada, na face, pescoço e região dos olhos, o procedimento pode ser realizado em algumas áreas do corpo que apresentam flacidez.

Segundo o dermatologista, o ultrassom microfocado DermAction entrega pontos de coagulação térmica em uma série de linhas em duas profundidades: derme profunda (a 3 mm de profundidade) e na camada muscular – SMAS (sistema músculo aponeurótico, a 4,5 milímetros de profundidade).

“A energia de ultrassom é focada em um ponto abaixo da superfície da pele, concentrando-se em uma área de aproximadamente de 1,5 mm cúbico por ponto. O aquecimento ocorre na derme e no sistema superficial do músculo aponeurótico (SMAS) através de pontos de coagulação. Trata-se de um tratamento cuja ação é dentro da pele não gerando nenhum tempo de inatividade”, explica.

O músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação, segundo o especialista. “Isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento, quando o novo colágeno continua a ser produzido. O objetivo, então, é encurtar o músculo para tracionar a pele para cima, resultando em um efeito lifting não cirúrgico”, destaca.

Natural Beauty

Como age de dentro para fora, sem atingir a epiderme, a recuperação é imediata e a paciente pode voltar às atividades de rotina no mesmo dia. Apesar disso, o dermatologista explica que, nos locais tratados, pode ocorrer inchaço, eritema, hematoma ou apresentar formigamento e leve sensação de dor muscular. “Todos estes sintomas melhoram rapidamente. Não há períodos de inatividade”, completa.

A indicação é de uma sessão. “A melhora na flacidez começa a aparecer 20 dias após o início do tratamento, mas os melhores resultados, depois de três meses”. As contraindicações são: gestantes, pacientes em tratamento com anticoagulantes, doença autoimune, diabetes, epilepsia, implantes, queloides e preenchedores.

Informações: LMG – Laser Medical Group